Terça-feira, 11 de agosto de 2020

Sagrada Semana
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO TERCEIRO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Para receber neste momento a perfeição da Igreja Celestial de Nosso Senhor, a Seu pedido, ponhamo-nos de pé e entoemos "Ha Rishon", para receber o impulso da Consciência de Emmanuel.

Canção: "Ha Rishon V´ha Acharon".

Acolham em seu interior a Presença de Emmanuel, um dos grandes aspectos de Deus, em Minha Igreja Celestial. É o Deus pensante e criador, que gestou em Seu Espírito tudo que existe na Criação e no Universo.

Seu Universo Mental não é apenas expansivo, mas também infinito.

De Emmanuel emana o poder do Propósito, a concretização da Sagrada Meta.

De Sua Mente criadora nascem todas as formas que fortalecem a expressão da Igreja Celestial.

Através de Emmanuel encontramos o caminho da retidão, do alinhamento e da harmonia.

Sua Mente Criadora deve atuar em tudo que existe e vive. Por isso, em Seu Plano não existe o erro nem o equívoco, geométrica e matematicamente tudo é perfeito. Dali nascem as formas sagradas, os chamados símbolos da Criação, que constituíram a manifestação dos universos espiritual, mental e material.

Hoje, na Igreja Celestial de seu Mestre e Senhor, estamos diante da Fonte Criadora de Emmanuel, regida pelo sagrado Raio Azul, que expressa Sua Mente infinita e pura.

De Emmanuel nasceram os Arcanjos. A Fonte original dos Pais Criadores está em Emmanuel, e através dos Pais Criadores, dos Arcanjos, nascem os princípios e os atributos da Divindade, especialmente para este universo material.

Em seu interior e neste momento, vejam dentro de vocês a grande Nebulosa criadora de Emmanuel, a poderosa Mente do Pai Eterno, que impulsionou, desde o princípio, a manifestação da Vontade.

Vejam dentro de vocês a sagrada Nebulosa de Emmanuel e retornem à origem da Origem, assim como hoje os Pais Criadores, por meio da Sagrada Igreja Celestial, retornam à Origem junto a todas as almas boas e bem-aventuradas.

É assim que devem encontrar, neste momento, no silêncio do coração como na vida imaterial, a essência de seu propósito, o motivo de sua criação e de sua existência.

Enquanto isso, o Pai os contempla, assim como Ele os contemplou em Sua Poderosa Mente Criadora antes que vocês tivessem vida, antes que fossem uma essência com um propósito criador.

Na Nebulosa de Emmanuel está o princípio de seus seres, a origem de seu surgimento, o caminho que os levará novamente a Deus.

Deus, hoje, quis que soubessem essas coisas, que tomassem consciência desse mistério, que vai além da vida material, e até da vida espiritual.

Perguntem-se internamente: "quem sou eu?", enquanto veem dentro de vocês a Sagrada Nebulosa de Emmanuel.

Quem sou eu?

E vejam escrito dentro de vocês o Sagrado Nome de Emmanuel, o Deus em Nós, e assim compreenderão que sua vida não termina aqui, que esta vida é uma passagem e uma experiência que os levará, algum dia, a encontrar a verdade, a verdade que está dentro de cada um de vocês, uma verdade livre de aparências, de erros, de traumas e de sofrimentos.

Deus deseja ardentemente que recordem sua vida essencial, o Deus em nós, e assim tudo superarão, tudo compreenderão e, finalmente, penetrarão o mistério da Consciência de Emmanuel, assim como o Filho de Deus vive no mistério de Seu Pai, assim como o Pai vive no mistério de Seu Filho.

O que brilha dentro de vocês, sob o Amor de Deus, é mais forte que tudo que é externo.

Vejam suas vidas de outra forma, compreendam seus caminhos através de outros símbolos, porque o "Deus em Nós" está aí, esperando até o dia de hoje que realizem Sua aspiração.

Continuem esvaziando-se e despojando-se de si mesmos para que possam compreender e amar a revelação desse mistério, que chega à consciência de todo o planeta e da humanidade.

Enquanto Minha Igreja emana este impulso para o mundo, os corações podem encontrar a verdade e a resposta que tanto esperam para entender que a vida não termina aqui e que é regida por um Sagrado Propósito, que está escrito em suas essências desde que surgiram da Fonte.

Neste tempo crucial da humanidade, os Pais Criadores retomam os princípios da Fonte para poder derramá-los e depositá-los em todas as essências possíveis a fim de gerar o despertar. Se isso sucede e as almas compreendem a mensagem que vem do universo, não será necessário o fim dos tempos, e o caos da humanidade terminará, porque milhões de almas estarão conscientes de seu propósito e poderão corrigir seus erros com experiências de amor e de redenção.

A Fonte puríssima da Consciência de Emmanuel se abre através da Igreja Celestial para chegar ao mundo e tentar corrigir seus erros, sob o impulso da Divina Vontade que os Pais Criadores trazem.

Se os oferecimentos continuarem sendo verdadeiros, muitas portas incertas se fecharão, e as almas não padecerão, porque terão encontrado o sentido de estar aqui neste planeta aprendendo com o que estão vivendo e experimentando, com o que estão sentindo, em união perfeita com o Criador.

Mas Emmanuel não é a única manifestação criadora do Pai; já sabem alguns de Seus Sagrados Nomes e deve ser sua aspiração conhecer ainda mais o mistério de cada Nome Sagrado, porque são vibrações que emanam da Fonte Suprema, banhando todo o universo espiritual, mental e material. 

Mas isso não termina aí. Os Nomes de Deus são grandes chaves de acesso à Consciência Suprema e ao reencontro com a Fonte que os gerou e que os emanou.

Emmanuel é o Grande Poder Restaurador do Universo. Durante os três dias no sepulcro, o poder da Luz de Emmanuel restaurou o Sagrado Filho e o levou à Ressurreição. Se as almas conhecessem ainda mais esse poder não se perderiam, porque quem adora a Deus, que está nos Céus, adora toda a Criação e toda a sua manifestação nos planos de consciência.

Hoje estão ante esta Nebulosa da Luz de Emmanuel, para que a vida da humanidade seja restaurada e a cura seja alcançada neste momento do planeta.

Muitas das essências caídas retornam à Fonte Primordial, por intercessão dos Pais Criadores, para recuperar os princípios que perderam e os atributos que abandonaram desde que surgiram da Fonte, e isso é possível pela descida da Igreja Celestial e por este espaço físico oferecido ao seu Mestre.

Hoje se dá a união interna entre os universos material, mental e espiritual, e as almas da Terra levam consigo um grande impulso que provém de Emmanuel.

Agora, colocando suas mãos em sinal de agradecimento e de recepção, acendamos dentro de cada ser a essência do Propósito, entoando o Nome sagrado de Emmanuel.

Podemos começar. Todos dentro da Nebulosa Azul de Emmanuel.

Cântico: Emmanuel

Levemos as mãos ao coração e agradeçamos. Agradeçamos ao nosso Pai Criador.

Vamos celebrar esta Eucaristia diante da Consciência de Emmanuel e de Cristo. Vamos pedir a Nosso Senhor que nos faça merecedores deste momento para que possamos participar dos mistérios de Amor de Cristo, revivendo Sua dolorosa Paixão.

Vamos oferecer, neste momento, uma oração por todos os sacerdotes do mundo, para que o Senhor sempre nos conceda a Graça de representá-Lo na superfície da Terra como Seus companheiros e apóstolos, para que a consciência sacerdotal também seja restaurada na Presença do Pai Criador, Emmanuel.

"Senhor, 
que meu espírito seja purificado neste momento,
para que eu possa participar
de Teus mistérios insondáveis de Amor.

Senhor,
que minha alma seja purificada 
neste momento, 
para que eu possa ser merecedor
de todas as Tuas Graças.

Senhor, 
que minha mente seja purificada
neste momento, 
para que minha consciência esteja unida 
à Divina Mente de Deus, e assim
eu possa ter a Graça de celebrar, amorosamente, 
este Santo Sacramento.

Senhor, 
que meu coração seja purificado
neste momento,
para que meus sentimentos estejam unidos
ao Teu puríssimo sentimento
de Amor pela humanidade.

Senhor, 
que minhas mãos sejam purificadas
neste momento, 
para que eu seja digno de participar 
da celebração e da consagração
de Teu Corpo e de Teu Sangue. 
Purifica minhas mãos
de tudo que fiz de impuro e incorreto, 
para que eu seja abençoado
ao poder tocar Teu glorioso Corpo.

Senhor, 
que meus olhos sejam purificados 
neste momento
de tudo o que vejo fora da Lei,
para que, durante a celebração, 
meu olhar sempre esteja fixo somente em Ti.

Senhor, 
que minha boca seja purificada 
neste momento
das palavras, ditos e julgamentos
que eu pronunciei contra o Amor de Deus,
para que tudo o que eu diga, a partir de agora,
seja a Santa Palavra de Teu Evangelho, 
sob a Graça do Espírito Santo.

Senhor,
que meus ouvidos sejam purificados 
neste momento 
de tudo o que eu escutei 
para que, a partir de agora,
apenas escute Tuas Palavras
e pratique, como sacerdote,
todos os Teus ensinamentos.

Senhor,
esvazia-me neste momento,
para que não seja a minha pessoa que atue,
mas a força e o poder de Teu Espírito,
que realizará milagres e prodígios
nesta Santa Eucaristia. Amém."

 

"Pai, 
Tu que és o Amor existente em toda a existência, 
nesta tarde de Misericórdia, 
ofereço os méritos e os triunfos 
do Sagrado Coração de Teu Filho, 
para que sejam derramados 
pelo poder deste Sacramento, 
a fim de que as faltas das almas 
sejam perdoadas, 
os corações sejam reparados 
e a vida seja curada em todos os que necessitam, 
para que se cumpra a Tua Vontade. 
Amém."

Quando estava reunido com os doze, tomei o pão, em ação de Graças o elevei para que fosse transubstanciado pelos anjos da Criação, a fim de que se convertesse no Corpo de Cristo. Em seguida, parti-o e dei aos apóstolos, dizendo-lhes: "Tomem e comam, porque este é o Meu Corpo, que será entregue pelos homens para o perdão dos pecados".

Louvamos-te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

Em seguida, terminada a Ceia, tomei o Cálice e elevei-o ao Céu em ação de graças, para que fosse transubstanciado no Sangue de Cristo pelos anjos da Criação. Logo o passei aos Meus e lhes ofereci, dizendo-lhes: "Tomem e bebam, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da nova e eterna Aliança, que será derramado pelo Redentor para a remissão de todas as faltas. Façam isto em Minha memória".

Louvamos-te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

Pai, Filho e Espírito Santo, que os poderes de Tua Graça criadora desçam através deste Sacramento e estabeleçam a Comunhão espiritual com todas as almas devotas do mundo.

Pai Nosso (em português e inglês).

Que a Paz de Cristo desça à Terra, sob o poder de Emmanuel.

Senhor,
eu não sou digno de que entreis em minha morada,
mas dizei uma Palavra, e serei salvo.
Amém.

Anunciamos neste momento, a pedido de Nosso Senhor Jesus Cristo, diante da Presença de Emmanuel, o Pai Criador, o estabelecimento da Comunhão espiritual com todos os seguidores de Cristo do mundo inteiro, através de três badaladas.

Pai Celestial, que a todos conduzes,
aceita a nossa oferta de entrega a Ti.
Guia-nos pelo caminho do Amor,
para que a Tua Vontade seja feita.
                               Amém.                                

Santíssima Trindade,
Pai, Filho e Espírito Santo, adoro-Vos profundamente,
e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo,
Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo,
presentes em todos os Sacrários da Terra,
em reparação pelos ultrajes, 
sacrilégios e indiferenças com que Ele é ofendido;
e pelos méritos infinitos de Seu Santíssimo Coração 
e do Imaculado Coração de Maria,
peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.
Amém.

Meu Pai, Emmanuel, foi o poder interior que Me fez chegar ao alto do Monte Calvário, ainda que aparentemente nunca o conseguiria, porque foi o poder de Seu Amor que converteu a Cruz em Árvore da Vida.

Suas próprias cruzes podem ser, algum dia, a Árvore da Vida. Creiam nisso, porque o fim do cativeiro está próximo, e tudo mudará com Meu Retorno ao mundo.

Hoje levem Emmanuel no coração e sintam dentro de si Seu Fogo azul para que a essência do Propósito encarne em todas as almas possíveis, e assim, como o amado Filho, o Crucificado, as almas cumpram a Vontade que provém da Fonte Suprema.

Fiquem em Minha Paz.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

Escutemos, a pedido de Cristo, fechando esta aparição, uma canção que Ele sente tanto e que ajuda cada um de nós, chamada "Haz de mí nada".