Quinta-feira, 13 de agosto de 2020

Sagrada Semana
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO QUINTO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Vamos entoar “Fonte Primordial” algumas vezes e vamos acompanhar Cristo em Sua tarefa de liberação do planeta.

Ponhamo-nos de pé.

Em  nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

A origem da Terra foi modificada desde o princípio. O Propósito Divino não chegou a cumprir-se, e muitos de vocês já sabem qual foi a razão.

Hoje não venho recordar-lhes o erro, senão as causas, algo que ainda deverá ser corrigido pela própria redenção do ser humano, para que recupere sua filiação com a Fonte e viva a Vontade de Deus.

A correção do Propósito Divino ainda não ocorreu. A humanidade viveu muitas experiências ao longo dos tempos e ainda não se redimiu. Por essa razão, Eu deverei retornar à Terra para terminar de realizar e de concretizar o que falta.

Se Eu não tivesse vindo há mais de dois mil anos, o planeta não estaria dentro deste sistema solar. A dolorosa injustiça da humanidade naquele tempo era muito grande e, mesmo com o Sangue que foi vertido até o alto da Cruz, o ser humano continuou equivocando-se.

Agora, a situação neste tempo, comparada com a de outrora, é muito diferente. Os acontecimentos se agravaram e prejudicaram a própria espiritualidade do ser humano. A expansão da consciência, que o Universo promete, chegará à Terra para ingressar no interior do ser humano, descristalizar suas resistências e, através de um grande golpe de Luz que surgirá da Fonte Divina, através do Sol Central da Galáxia, grande parte da humanidade terá a chance de despertar.

Os acontecimentos destes dias são um preâmbulo para levar a humanidade à recuperação de sua origem e de seu propósito.

É assim que a humanidade terá uma oportunidade única e poderia recuperar o lugar que perdeu quando Adão e Eva cometeram os primeiros erros e saíram do Éden. A própria dualidade que hoje muitos de vocês vivem, originária do tempo do Gênesis, é a que cada um deverá aprender a vencer e fazê-lo.

Isso trará à consciência uma possibilidade importante, não só material, mas também espiritual, de que o homem da superfície da Terra geneticamente recupere seu lugar, aquele arquétipo ou projeto de Deus que foi pensado para ser aplicado nesta humanidade, nesta raça, e que foi modificado pela perversão e pela desobediência.

A humanidade, neste momento, não sabe o que sucederá internamente. Antes que a Justiça Divina modifique o universo, continuem modificando suas atitudes e hábitos, porque assim não sentirão o impacto da Lei neste tempo.

A Mãe Universal lhes falou do arrependimento, da penitência. São palavras, atributos que não podem ser esquecidos. Vocês não podem ouvi-los como se não compreendessem o que isso significa. A Palavra da Hierarquia chega neste tempo com determinação.

É necessário forjar a existência do verdadeiro ser para que a ilusão se desvaneça da consciência humana. Não poderão passar mais dois mil anos para que o ser humano possa mudar; não há tempo. Esta é a única oportunidade, uma oportunidade única e tão semelhante à que o povo de Israel recebeu com o nascimento do Messias.

Depois de dois mil e vinte anos, a situação da humanidade se agravou. A humanidade se afastou do Propósito, e ela acreditou, por si mesma, que estava além de tudo. Mas, neste tempo, reconheceu que não é assim. Os fatos demonstram o contrário, e isso deve terminar.

A humanidade não pode continuar retrocedendo, não foi criada para esse fim. O retrocesso é parte da adversidade; a evolução é parte da Fonte Divina, e nisso a Hierarquia se concentrou nestes dias especiais, em que decisões importantes definirão os próximos passos na superfície da Terra.

Mas quem quiser forjar sua sobrevivência, não o conseguirá. É necessário esforçar-se para estar na Lei e cumpri-La. O sofrimento não é parte da Criação nem da vida. Continuarão sofrendo, quando a ajuda do universo está aqui?

A humanidade deve compreender que não está só e que a vida não termina aqui. O universo está em um grande dinamismo constante, tudo faz parte da vida, tudo faz parte da Criação. Acaso isso não é de Deus, sendo que foi Ele quem o criou?

Despertem, e não perecerão. A consciência deve expandir-se e alcançar seu propósito. As miragens e a ilusão não podem mais submeter suas vidas. Quanto tempo mais esperarão para que o grande passo possa ser dado?

Esperamos que a humanidade compreenda que tem que dar um grande passo e que desse passo dependerão muitas outras situações que a humanidade ignora e desconhece. Esses passos têm que ser dados. Não há para onde ir ou onde permanecer.

A consciência será levada a enfrentar a realidade. Sua irritação ou intolerância não ajudarão. Sofrerão, somente sofrerão se resistirem à grande mudança da consciência.

A humanidade necessita estar preparada para o Meu Retorno. Se não se prepara, como Me reconhecerão? Encarcerarão o Filho de Deus por não poder crucificá-Lo novamente?

Ele virá com a Glória que o Pai lhe deu, com a grande revelação que foi vivida por alguns dos apóstolos na Transfiguração. Com Ele não só virão os seres angélicos, mas também tudo que está e vibra no universo, chamado Irmandade.

Não haverá forma nem movimento que o detenha, porque quando o Retorno se der, o universo tremerá e o planeta ingressará em um tempo em que nunca esteve, o tempo eterno do universo, onde tudo se sabe e se vive.

Neste momento, toda preparação poderia ser insuficiente. Por isso, a demanda neste tempo é muito grande. Necessitarão ajudar seus irmãos a despertar. Não poderão ficar paralisados quando Eu retornar ao mundo e o universo ingressar no planeta de forma muito forte. Não haverá quem não possa vê-lo; esse momento está escrito, e devem recordá-lo.

Por isso vim, nestes últimos tempos, preparando-os para que quando Eu retornar não se surpreendam, porque poderão ver o verdadeiro Rosto do Filho de Deus como ninguém nunca viu, porque o Filho virá da Fonte e, a Seus Pés, o universo O acompanhará, e a humanidade o saberá, porque será um sinal sem aviso.

Aqueles que nunca creram crerão. Aqueles que Me negaram se arrependerão. E aqueles que Me abandonaram baterão no peito e dirão: "Meu Deus, meu Deus!". Mas tudo já estará cumprido, porque as Graças de Minha Fonte foram inesgotáveis.

Venho abrir os olhos da consciência. Venho fazê-los sentir a Verdade no coração, e isso vai além de qualquer religião, porque a Fonte Divina é única e universal. É a Fonte de todas as criaturas e consciências, em todos os níveis da Criação.

Essa Fonte Divina pertence a cada ser, porque todos viemos dela e o fim desta experiência na Terra, assim como no universo, é que vocês retornem algum dia a essa Fonte, para renovar a Criação com tudo que aprenderam e viveram.

Não quero que sintam temor pelas Minhas Palavras, senão seriedade. A Vontade de Deus atua neste lugar, e Seu Poder se expressa através de Minhas Palavras, despertando as células do ser humano para que alcancem a elevação e o despertar.

Não quero que mais almas continuem cegando-se, que percam o caminho do espírito, que percam a oportunidade de amar e de crescer interiormente.

Dei Minha Vida por vocês e ainda continuo dando-a, porque a humanidade não compreendeu a Mensagem. Por isso, ainda devo vir do Céu para que as almas possam escutar-Me e reconhecer-Me. Se Eu estivesse em Minha Igreja da Terra, a humanidade não Me escutaria.

Muitos foram os caminhos que Meus companheiros decidiram tomar e se afastaram de Mim lentamente. No centro de Meu Coração divino e solar, uno todos os caminhos para que as almas retornem a Mim e tenham vida eterna.

Mas Minha chegada ao mundo, Meu Retorno, não está longe. Pensem nisso, porque, no momento menos pensado, Eu chegarei, e vocês deverão estar prontos para ir ao Meu encontro, assim como Eu irei aos cinco continentes. E a humanidade inteira, apesar de suas línguas, Me compreenderá, porque falarei um só idioma, que ninguém ainda escutou. Será o Espírito de Deus que lhes fará compreender Minha Mensagem, assim como agora compreendem Minhas Palavras.

Devem ser zeladores do Meu Legado, vivendo-o, para que seus irmãos também aprendam a vivê-lo.

Eu venho do Céu com o Propósito de Deus, porque resta pouco tempo para que a humanidade corrija seus caminhos e emende seus erros, a fim de que não lhe falte Minha Misericórdia. Isso é o que espero, que não lhes falte Minha Misericórdia.

Hoje, em Minhas Mãos, tenho o grande Pergaminho de Deus, que o Pai escreveu para a humanidade, Seu Desejo sublime e ardente para cada um de Seus filhos.

Este Pergaminho foi apresentado aos Arcanjos no Gênesis, para ser aplicado na primeira humanidade, em Adão e Eva.

Rezem Comigo pelos tempos que virão, para que este Propósito de Deus, que está escrito, cumpra-se em cada uma de suas vidas conforme Ele o pensou, e Eu rezarei por vocês para que possam vivê-lo.

Muitas almas negaram este Legado, almas com grandes tarefas rejeitaram este Propósito sem ter consciência do que faziam. Mas Eu Me ocuparei delas e as colocarei no lugar que lhes corresponda por sua escolha, porque agora não terão mais o prêmio dos Céus, mas a amorosa Justiça.

Mas vocês continuarão rezando até o Meu Retorno ao mundo, para que as almas possam corresponder ao Meu Chamado, que é o Chamado de Meu Pai através da Voz de Seu Filho, que espera ecoar nos corações.

Hoje, diante da Vontade escrita de Deus na origem desta Criação, vamos oferecer o Sacramento da Eucaristia, para que através do Corpo e do Sangue de Cristo as almas tenham força interior para viver o Propósito.

Celebremos, contemplando este mistério.

Vamos contemplar Cristo, ainda presente neste lugar para o mundo inteiro, sustentando em Suas Mãos o Pergaminho de Deus, a ardente Vontade do Criador para Seus filhos na origem da Criação.

Levemos nossas mãos ao coração e nos unamos a Jesus Cristo, fazendo nosso oferecimento, nesta tarde de Misericórdia e de consciência. E, em nome da humanidade, agradeçamos que o Senhor sempre nos leva à Verdade para que sejamos guiados ao Pai.

Ofereçamos nosso coração imperfeito e aspiremos a receber a chegada de Cristo à Terra, em irmandade e em luz. 

Jesus, conhecendo o Propósito da Criação, naquele tempo, enquanto estava reunido com Seus companheiros, tomou o pão, elevou-o e ofereceu todo Seu Ser por cada um de nós, e pediu ao Pai que o pão que Lhe era oferecido fosse convertido em Seu Corpo.

O Pai o ouviu e aceitou Sua entrega.

Foi assim que Jesus o partiu e o ofereceu aos apóstolos, dizendo-lhes: “Tomem e comam, este é o Meu Corpo, que será entregue pelos homens para o perdão dos pecados”.
 

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
 Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

E a forma de Luz entrou na alma dos apóstolos. Em seguida, Jesus tomou o Cálice e o elevou, pedindo ao Pai que o convertesse em Seu precioso Sangue, e o Pai O escutou. Em seguida, Jesus o ofereceu aos apóstolos em um ato de profundo Amor, dizendo-lhes: “Tomem e bebam, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da nova e eterna Aliança, que será derramado pelo Seu Senhor para o perdão de todas as faltas. Façam isto em Minha memória”.

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos Te.
Amém.

O Corpo e o Sangue de Cristo.

Com todo o nosso coração, na Presença viva de Nosso Senhor Jesus Cristo, ofereçamos a oração que Ele nos ensinou:

Pai Nosso (em espanhol e inglês).

Que a Paz de Cristo desça à Terra.

Senhor, 
eu não sou digno de que entreis em minha morada, 
mas dizei uma Palavra, e serei salvo.
Amém.

Pai Celestial,
que a todos conduzes,
aceita nossa oferta de entrega a Ti.
Guia-nos pelo caminho do amor,
para que Tua Vontade seja feita.
Amém.

Eu sempre lhes darei tudo que Sou e tudo que tenho, porque sei que o necessitam para aprender a amar Meu mistério e viver Minha Vontade.

A pedido de Nosso Senhor, vamos ouvir dos irmãos do Conselho uma intenção que queiram deixar no Coração do Redentor pela humanidade.

O Senhor os escuta, um por vez:

“Que se cumpra Tua Vontade eternamente, Senhor.”

“Que haja paz nos corações, apesar do sofrimento.”

“Que possamos viver a compaixão e a unidade e sejamos um só coração e uma só alma.”

“Pai, escuta aqueles que Me servem, 
aqueles que Me seguem, aqueles que Me vivem.
Pai, doce Adonai, Suprema Vontade, Eterna Esperança, 
sagrado alívio do sofrimento, 
escuta-os, para que se cumpra Tua Vontade.
Pai, não olhes os erros, 
crê em tudo aquilo que Eu posso fazer em Teus filhos, 
porque Teu Amor, Tua Graça e Tua Misericórdia sempre vencerão.”
 

Eu os abençoo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Para encerrar este encontro e esta transmissão, levando o impulso de Amor de Cristo no coração, vamos ouvir uma canção a Seu pedido: “Retorna”.