Quarta-feira, 12 de agosto de 2020

Sagrada Semana
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO QUARTO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Na solenidade da consagração de novos adoradores, diante das portas da Igreja Celestial, na Presença de Nosso Senhor Jesus Cristo e de Seus santos anjos, vamos ouvir "Pater Noster" e nos uniremos a esta procissão angélica que desce do universo à Terra, junto ao Santíssimo do Altar.

Continuamos com o instrumental.

Saudamos Nosso Senhor Jesus Cristo, o Sagrado Coração de Jesus, e reverenciamos Seu Coração Eucarístico em união a todos os adoradores do mundo que imploram, nesta hora, pela Misericórdia de Nosso Senhor para o mundo inteiro.

Hoje preparei, dentro de Minha Igreja Celestial, uma cerimônia simples, mas profunda, muito significativa para suas vidas neste momento crucial da humanidade.

Neste dia, o centro da celebração em Minha Igreja Celestial é Meu Coração Eucarístico, para que Ele seja honrado e adorado, para que o Amor do Deus Vivo seja reconhecido e aceito por todas as almas da Terra, a fim de que, através da Adoração, alcancem o espírito da redenção e a elevação da consciência. 

A grande tarefa de todos os adoradores do mundo recém começou. Desde o primeiro dia em que foi instituído o Corpus Christi até o presente, tudo foi uma preparação para este tempo final.

Cada adorador se compromete a ser zelador de Minhas Relíquias espirituais, para que essas Sagradas Relíquias, que nascem do Coração Eucarístico de Jesus, estejam disponíveis para todas as almas, e os méritos de Meu Coração Misericordioso possam ser derramados no mundo.

A Adoração que neste tempo final poderão oferecer-Me não só os unirá à Minha Igreja Celestial, não só poderão continuar fazendo-a em silêncio para contemplar o silêncio de seu Senhor, mas também poderão conhecer muitos mais mistérios de Meu Coração, que ainda não foram revelados ao mundo.

A Adoração que Meus Adoradores podem oferecer, neste tempo final, será muito significativa e importante para Mim, não só por tudo o que já disse a Hierarquia através dos tempos, mas porque chegou o grande momento de que suas vidas sejam o milagre eucarístico da Adoração. E isso não são somente palavras, serão fatos, será algo mais que um testemunho e mais que uma experiência ou que um exercício espiritual, para que aprendam a sustentar o fim dos tempos Comigo.

A Adoração é uma Lei instituída espontaneamente nos primeiros tempos da cristandade pelas almas devotas ao Meu Coração Misericordioso, pelas primeiras comunidades cristãs que compreenderam o sentido oculto da Presença de Cristo na Terra, há mais de dois mil anos.

Compreendem o que significa que uma Lei Divina tenha sido atraída da Fonte pelas almas da Terra? Quando as almas da Terra devem viver a Lei, o que é que permite esse milagre espiritual e profundamente interno? É a Adoração, através dos tempos e das gerações.

As almas que adoram neste tempo já adoraram em outros tempos. Através da coligação profunda com Meu Coração, não são apenas zeladoras dos tesouros espirituais do Redentor, mas também, através da Adoração, sua vida espiritual é convertida e redimida, perdoada e absolvida dos erros do passado.

A Adoração, neste tempo final, modifica a genética humana, transubstanciando-a e redimindo-a em cada exercício de Adoração.

A ciência da Terra nunca poderia explicar isso. Mas, se as almas nos tempos passados foram capazes de atrair para si a imutável Lei da Adoração, o que mais poderia acontecer neste tempo final se mais almas verdadeiramente se comprometessem a adorar as relíquias de seu Mestre e Senhor através da Eucaristia?

Por isso necessito que, neste tempo final, suas vidas sejam o próprio milagre eucarístico através da Adoração.

É algo além do que estar em Adoração diante do Meu Coração Eucarístico, é aprender a penetrar o mistério do universo imaterial que se apresenta na ciência da Eucaristia através da intervenção das Leis Divinas,  que permitem, por obra do Espírito Santo, os milagres eucarísticos.  

As almas que hoje se consagrarão não estarão apenas selando um compromisso pendente e definitivo Comigo, mas também o estarão fazendo por todas as almas que não Me adoram e que não Me amam.

Hoje a Igreja Celestial, através desta cerimônia especial para os Adoradores de Cristo, trabalha com a indiferença da humanidade, com a omissão aos Comandos do Céu.

Através da Adoração, Eu os erguerei como a nova Árvore da Vida, e suas vidas poderão expressar os Tesouros de Cristo, os frutos que provêm dos dons e das virtudes, e sua tarefa de Adoração não será pessoal, será uma tarefa essencial de suas almas Comigo, seu compromisso Comigo, sua transparência Comigo.

Assim Eu poderei renovar todas as coisas, assim como posso renovar todos os que chegam e, em qualquer nível de consciência, colocam-se a Meus Pés para serem dilacerados por Meu Amor.

O próximo passo de cada uma de suas vidas é deixar-se dilacerar por Meu Amor, de dentro para fora, para que tudo seja removido, a fim de que a luz dos tesouros de seu Mestre e Senhor, presente na Eucaristia, ingresse em suas consciências para que aprendam a ser outras consciências, e assim vivam a Vontade.

Na Igreja Celestial, a Adoração é permanente, é um estado eterno de consciência que os anjos veneram constantemente, a fim de dar tributo e honra aos méritos que seu Mestre e Senhor alcançou através de Sua dolorosa Paixão.

O poder da Eucaristia ainda é desconhecido para a humanidade; seu poder chegará no fim destes tempos como um grande sinal visível nos céus. Quando seu Mestre e Senhor estiver retornando, não só haverá sinais no céu, mas em todos os Sacrários da Terra que foram corretamente adorados e reverenciados pelas almas. Mostrarei ao mundo que Cristo não é uma religião, é um estado de consciência que pertence aos filhos de Meu Pai, superando qualquer religiosidade ou dogma.

Nesse momento, suas vidas, se tiverem adorado corretamente seu Mestre e Senhor na Eucaristia, poderão ser um sacrário em si. E assim, nesse tempo e nessa hora que se aproxima, a Lei se cumprirá.

Na Sagrada Eucaristia da Igreja Celestial e em todos os Sacrários da Terra, estão os cinco Poderes de Cristo: a liberação, a transfiguração, a transubstanciação, a redenção e a Misericórdia.

Na Eucaristia está a síntese de toda Minha Vida e experiência com a humanidade, é o testemunho da Presença do Deus Vivo.

Agora já conhecem Meus cinco Poderes; busquem-nos, contemplem-nos, adorem-nos, e os alcançarão.

Se as almas soubessem o que Eu lhes deixei através da instituição da Eucaristia, a humanidade já seria outra, e ela não seria mais devedora, mas merecedora de todas as Graças do Céu.

Por isso cada adorador repara as ofensas que seu Mestre recebe, corrige as ações contrárias que são cometidas pela humanidade, para que a Graça Suprema desça, e os corações tenham uma oportunidade.

Que o centro de suas vidas a partir de agora seja este mistério.

Nunca haverá pergunta sem resposta, tudo está na Adoração, dentro e fora da consciência.

A Igreja Celestial oferece hoje a reparação de muitas almas por suas indiferenças, ultrajes e omissões à Santa Eucaristia, desde a vida religiosa até a vida comum, e isso é possível, embora desconhecido, pela oferta das almas adoradoras.

Mas antes de abençoar os que se oferecerão para sustentar o planeta Comigo até o fim de suas vidas, nesta solenidade do Coração Eucarístico de Jesus, através da Igreja Celestial, abençoaremos junto com os anjos do Céu as custódias que foram trazidas a este altar, para que elas sirvam não só de Adoração, mas de inspiração, de fortaleza e de cura para as almas.

Coloquemo-nos de pé.

Vamos acompanhar esta bênção, em união aos nossos Anjos da Guarda, entoando solenemente: "Kodoish".

Vamos aguardar que os anjos ingressem, para que indiquem o momento da consagração.

Cantemos.

Inspiramos.

Voltemos ao "Pater Noster".

E agora nossos irmãos postulantes farão sua oferta interior a Nosso Senhor, no silêncio do coração, para consumar esta consagração.

O Senhor os ouve.

Recebemos esta Graça fazendo o Sinal da Cruz.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Vamos pedir a Nosso Senhor, para estes irmãos, a Graça da perseverança nesta sagrada tarefa de adorar o Coração Eucarístico de Nosso Senhor, pela paz e o bem da humanidade.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. (em português)

Podem ir.

(Passa o segundo grupo de postulantes).

Vamos pedir a Cristo, para esta tarefa, a Graça da perseverança neste sagrado exercício de Adoração de Seu Corpo Eucarístico.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Podem ir em paz.

Voltamos agora ao instrumental do princípio para que realizemos esta consagração. E assim como as almas adoradoras se oferecem a Nosso Senhor, em constante união e amor com Ele, vamos pedir, através da Igreja Celestial, diante da Presença de Nosso Senhor Jesus Cristo, que Seu Coração Eucarístico, a poderosa Custódia de Luz, possa despertar e inspirar as almas que ainda não encontraram Cristo, para que sintam Seu Amor e Sua Misericórdia.

Oferecemo-nos, nesta hora, à Igreja Celestial, assim como oferecemos estes elementos do altar, para que uma vez mais sejam abençoados.

Vamos colocar-nos no momento da Última Ceia, quando Jesus ensinou a Seus apóstolos, por meio dos elementos, o que Ele iria viver por nós até o alto do Monte Calvário, na Cruz.

Foi assim que Jesus, depois de ter abençoado Seus companheiros, tomou o pão, elevou-o e agradeceu ao Pai o sacrifício que Ele viveria, para que fosse transubstanciado em Seu Corpo. Partiu-o e o ofereceu aos Seus companheiros, dizendo: "Tomem e comam, porque este é o Meu Corpo, que será entregue para o perdão dos pecados".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

A forma de Luz do Corpo Eucarístico de Cristo ingressou em Seus companheiros, assim como hoje Ele ingressará em nós para que comunguemos com Sua Paz.

Em seguida, tomou o Cálice e o elevou, agradecendo para que fosse transubstanciado em Seu Sangue. Então, com um olhar de Amor e de Misericórdia, ofereceu-o a Seus apóstolos, dizendo: "Tomem e bebam, porque este é o Cálice do Meu Sangue, Sangue da eterna e nova Aliança, que será derramado por seu Redentor para o perdão de todas as faltas. Façam isto em Minha memória".

Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Louvamos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Amém.

O Corpo e o Sangue de Cristo.

Que sejam felizes os que hoje se servem deste Sacramento pela redenção da humanidade.

Pai Nosso (em português e em inglês).

Que a Paz de Cristo desça à Terra.

Senhor,
eu não sou digno de que entreis em minha morada, 
mas dizei uma Palavra, e serei salvo.
Amém.

Santíssima Trindade, 
Pai, Filho e Espírito Santo,
adoro-Vos profundamente 
e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue,
Alma e Divindade de Jesus Cristo,
presente em todos os Sacrários da Terra,
em reparação pelos ultrajes,
sacrilégios e indiferenças com que Ele é ofendido,
e, pelos infinitos méritos de Seu Santíssimo Coração
e do Imaculado Coração de Maria,
peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.
Amém.

Por alguns segundos, adoremos o Sagrado e Eucarístico Coração de Jesus, pela paz e cura da humanidade.

Pai Celestial,
que a todos conduzes,
aceita nossa oferta de entrega a Ti,
guia-nos pelo caminho do Amor
para que Tua Vontade seja feita.
Amém.

Abençoo-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Encerramos esta transmissão contemplando o Coração de Cristo em nosso interior.

Gratidão a todos.