Maratona da Divina Misericórdia
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO EM PRZEMYSL, POLÔNIA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA O PRIMEIRO DIA DA 103ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Muitos dos Meus temem sentir o peso da cruz planetária, que em alguns momentos Eu faço recostar sobre vocês para que possam sentir o mesmo que Eu senti durante a Minha Dolorosa Paixão.

Hoje venho aqui como o Príncipe da Paz e como o Governante Universal, para que, aprendendo através da cruz, suas consciências possam aprender a governar e a levar adiante o Plano do Redentor, que é um Plano ainda não revelado ao mundo. 

Por essa razão Eu estou aqui neste dia, às portas da nação da Ucrânia, não apenas para colocar em Meu Coração os que foram vítimas da guerra, da perseguição religiosa ou mesmo da morte, mas também estou aqui para que esta região do planeta, que antigamente foi fundada por muitos povos sagrados, possa voltar a recuperar a unidade que perdeu através dos tempos, dos conflitos e das guerras, uma unidade que vem do Universo para poder preencher os corações com a Verdade e para que essa Verdade lhes mostre o caminho ao Portal da Minha Paz.

Não venho aqui só por uma Ucrânia ferida, ultrajada e sepultada pela guerra; também venho aqui como Liberador do Mundo, para retirar desta região as forças negativas que aprisionam as consciências, os corações e as almas, e que não lhes permitem ver a luz da esperança. 

Mas não venho desafiar ninguém, nem mesmo aqueles que dirigem algumas nações do hemisfério norte, que se comprometeram com o mal e que expandiram esse mal por várias regiões da Europa, assim como em outros lugares do mundo, na esquecida África.

O desafio não é a tarefa do seu Mestre e Senhor. A tarefa do seu Mestre e Senhor é o Propósito Divino através da Sagrada Chama do Amor e da Unidade que, nestes tempos críticos e difíceis, Eu os convido a contemplar em seu mundo interior, porque essa Chama do Propósito de Deus não pode ser apagada por nada, ainda que a seu redor reine a escuridão.

Mas Eu venho dissipar as trevas na Ucrânia, para que este povo que foi invadido, ferido e transgredido tenha a oportunidade de receber o ciclo do renascimento interior, porque, renascendo internamente em Cristo, renascerão no Pai e também no Espírito Santo, Energias Superiores que lhes darão as forças que necessitam, como povo e como cultura, para resistir e seguir adiante. 

Não estou sozinho aqui; como seu Governante Espiritual, também estou aqui acompanhado neste momento pelas Hostes Angélicas Regentes e em especial pelos Anjos das Nações da Europa e do hemisfério norte, que se uniram ao seu Mestre e Senhor para esta tarefa. 

Quão importante foi, nesta jornada interior e espiritual, cada uma de suas orações misericordiosas depositadas aos Pés do Redentor, para que Eu possa derramar Minhas Graças e Misericórdias, liberações e curas não só nas almas da Ucrânia, mas também nas almas do mundo inteiro que ainda esperam por sua liberação e redenção.

Com isso, Eu lhes faço compreender, companheiros, que Minha tarefa não se restringe somente à Ucrânia ou à situação do Leste Europeu. Quando o Governante Espiritual, Cristo Jesus, ingressa no planeta, Ele atende a todas as emergências do mundo, especialmente aquelas situações dolorosas e difíceis que a humanidade sepulta para que ninguém as possa ver.

Desta forma, através da universalidade do Meu Coração, Eu os convido a contemplar todas as necessidades e a trabalhar por elas, ainda que sua colaboração e sintonia sejam indiretas, porque, quando estão nessa atitude e nessa abertura consciente e madura, não imaginam quantas portas incertas podem ser fechadas. 

Desta maneira, Eu venho formá-los no canal e na Linhagem da Transmutação, para que isso deixe de ser uma teoria e passe a ser uma realidade. Por esse motivo, no princípio desta Mensagem lhes falei do peso da cruz planetária, da qual muitos tentam escapar. Mas, se Eu lhes faço este pedido de que sintam junto Comigo essa cruz, asseguro-lhes que não sentirão a Cruz que Eu levei no Monte Calvário, porque não a suportariam nem um segundo. 

A unidade interna é a grande chave destes tempos; uma unidade interna, fraterna e espiritual que supere as diferenças, os conflitos, os pareceres, os gostos e também os desejos.

Meu Governo Espiritual os leva à elevação da consciência, e, quando suas consciências se aproximam do Meu Governo Espiritual, não só se aproximam da Minha Grande Tarefa Universal, senão também, companheiros, vocês podem compreender a magnitude da Minha Presença no mundo cada vez que Me apresento diante de vocês para dar-lhes uma Mensagem.

Os tempos que chegarão serão tempos mais exigentes, mas, se creem na força da fé e do amor, a ajuda do Universo chegará, suas consciências se renovarão e o serviço se ampliará através de sua doação honesta. 

Por isso, não podem descartar nada, nada do que o Universo lhes apresenta. Nenhum tipo de serviço pode ser ignorado por vocês, porque Eu necessito cumprir Meu Plano até nos pequenos detalhes. Estejam atentos e vigilantes, porque poderei enviar-lhes muitos sinais, e vocês têm que estar despertos e conscientes para poder percebê-los. 

Não lhes peço que se coloquem em uma posição que não lhes pertence ou em um nível que não alcançaram; peço-lhes que se coloquem em uma atitude de doação interior, porque a doação é um fogo que nunca se extingue.

A doação é piedade, é amor, é Misericórdia, mas também é paz. 

A doação lhes permite acolher todos, sob qualquer situação ou condição.

A doação sempre os levará a viver o pioneirismo, para que seus corações não se esfriem nem se acomodem com o que é aparentemente normal. 

Estamos em tempos de caos, e por isso hoje vocês, em nome de toda esta Obra e de todas as almas, estão aqui, servindo junto a Mim, nesta importante tarefa de liberação, pela Ucrânia e Rússia. 

Sigamos rezando com fervor e com fé, afirmando neste plano material cada uma das orações e decretos, porque as forças estão perdendo o controle do seu poder pela sagrada intervenção do Arcanjo Miguel e da Minha Mãe Celestial. 

Continuem sendo valentes, e os Anjos da Guarda os acompanharão. Arrisquem-se a assumir a responsabilidade que ainda não conseguiram, porque o Amor Crístico do Meu Coração os ajudará a assumir essa responsabilidade e tarefa.

É que necessito que entendam e compreendam que no lugar e no momento em que cada um de vocês se encontra é que Eu necessito tê-los, e, segundo as necessidades ou demandas do Plano, isso pode mudar. 

Viver o Plano Cósmico, cumprir o Plano Divino não é passageiro; é um esforço permanente e determinante. Assim, nunca estarão sem assistência, porque o Senhor cuida de todos os Seus apóstolos, o Senhor cuida de todas as Suas ovelhas e protege todos os Seus rebanhos.

A Ucrânia ainda deverá reconstruir-se, não só do ponto de vista material, mas também espiritual. E, para que o que é material possa reconstruir-se, primeiro é necessário reconstruir o que é espiritual, a grande desconexão que este país tem vivido através da guerra, colocando em jogo todos os seus habitantes, assim como todos os seus mundos internos.

Por isso a intervenção divina, como neste momento, através de um estado de Graça e de expiação, de unidade de corações orantes poderá conceder essa reconstrução espiritual que só os Anjos Ultraterrestres poderão fazer, porque eles são os únicos que podem fazê-lo.

Agora compreendem a importância da oração misericordiosa nestes dias?

Isso também repercutirá beneficamente em todos os cristãos da Ucrânia que têm sido empurrados a assumir uma atitude fria.

Mas seu Mestre e Senhor nunca Se detém. E Minha Presença nos planos internos despertou muitos Cristos Internos da Polônia e da Europa, para que fossem verdadeiros acolhedores dos refugiados e dos que sofrem.

Por isso, estou muito agradecido, eternamente, porque muitas almas puderam salvar-se de uma destruição espiritual e essencial que, nestes tempos de desequilíbrio planetário, não teria solução. Por essa razão, agradeço àqueles que abriram as portas de suas casas e especialmente abriram as portas de seus corações.

Porque se isso continuar assim, no Leste Europeu ou em outros lugares do mundo, toda a humanidade poderá tornar-se refugiada. Pensem nisso e atuem com prontidão e de forma imediata, fechando as portas incertas que se abrem no plano espiritual, assumindo por toda a raça os Sacramentos, a vivência interna com Cristo, seu Senhor, para que o grande portal da Misericórdia Divina, aberto na Polônia, sustente estes tempos de destruição e de perseguição planetária, e pelo menos as almas sejam atraídas a esse canal da Misericórdia para que estejam protegidas e amparadas.

Continuarei trabalhando pelo mundo nestes dias, porque isso é o preâmbulo do que os Mensageiros Divinos realizarão no Oriente Médio nos próximos meses que chegarão.

Como esse momento está tão próximo, essa missão no Oriente Médio está tão próxima, Eu convido todos a colocar sua mão no coração e colaborar com a materialização dessa tarefa e com o apoio incomensurável de suas orações por todos os seus irmãos, servidores consagrados e colaboradores, que impulsionarão essa missão no Oriente Médio, levando alívio ao sofrimento onde verdadeiramente é muito necessário.

No país da Tunísia, a Hierarquia Divina e Espiritual cicatrizará uma ferida que não está cicatrizada. Diria que é um estigma na consciência da nação da Turquia, porque ali surgiu esse estigma que se irradiou para o resto do Oriente Médio, para a Tunísia, Eritreia, Egito e grande parte da África.

Sabem qual é esse estigma que a Turquia e as demais nações do Oriente Médio viveram e que começou na Turquia? 

É o estigma da indiferença, das portas fechadas aos refugiados e aos necessitados. E a Tunísia, como nação da África, sente em sua carne esse estigma da indiferença, que só uma missão humanitária de Misericórdia e de Paz poderia curar, assim como as orações de todos poderiam curar o estigmatizado Oriente Médio.

No Egito, seu Mestre e Senhor, junto a sua Senhora, a Mãe de todos, e às Hierarquias Espirituais, recuperarão os códigos de Luz alcançados pelo profeta Moisés, o grande patriarca do antigo povo de Israel, que teve a missão espiritual de anunciar a Lei a todos, a unidade com a Lei Divina, com a Lei Universal e Cósmica, através dos Mandamentos que hoje a humanidade não vive. Será uma oportunidade de grande correção interna para todos. 

E em Israel, a Sagrada Terra de seu Mestre e Senhor e de sua Senhora, poderemos levar adiante uma tarefa planetária que não só o Oriente Médio necessita, mas também o mundo para aprender a suportar o Armagedom.

Por trás de todos estes impulsos que o Oriente Médio necessita, existem muitas outras tarefas que vocês desconhecem. Por isso, a partir de agora os convido a rezar para que a materialização dessa tarefa desça e aconteça como está previsto. 

Da fronteira da Ucrânia, abençoo este ferido país e, através deste país, abençoo todas as nações que foram traumatizadas pelo sistema mundial, pelas guerras e pelos conflitos, pela venda de armas, pela escravidão das pessoas, pelo tráfico de órgãos e de crianças e pelo temido aborto.

Que esta benção abrace todas essas situações necessitadas de cura espiritual, para que as almas escravas dos que as aprisionam recuperem a esperança, o amor e a fé na Nova Humanidade.

Agradeço-lhes por acompanhar-Me nesta Sagrada Tarefa!

Abençoo todos através do sinal luminoso da Cruz de Emmanuel, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Maratona da Divina Misericórdia
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA EM FÁTIMA, PORTUGAL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, PARA A 102ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

Enquanto as trevas fazem o planeta sucumbir, hoje venho como a Grande Consciência Solar para dar vida e renovação às almas, para deter os infernos deste mundo.

Hoje venho como a Grande Consciência Solar para que as almas se voltem para Deus, para que os corações que não se arrependeram arrependam-se.

Hoje venho como a Grande Consciência Solar para trazer cura aos corações feridos, para dar abrigo aos exilados e refugiados, para acalmar o choro dos inocentes, de todas as crianças da guerra.

Eu venho como a Grande Consciência Solar para despertar os corações adormecidos, para trazer sabedoria às mentes fechadas, para nutrir os espíritos com Minha Luz Solar.

Hoje venho como a Grande Consciência Solar para trazer esperança aos que a perderam, para entregar Meu Amor aos que não o têm, para entregar Minha Misericórdia àqueles que não a merecem. Porque Eu Sou a Grande Consciência Solar, que provém do coração do universo e que, cruzando dimensões e planos de consciência, hoje chega à Europa e ao mundo inteiro para dizer a todos: persistam, porque o triunfo do Meu Coração está próximo, ainda que neste momento não pareça.

Por isso, este é o tempo dos apóstolos, este é o tempo daqueles que darão a vida por Mim, não só dando testemunho da Minha Palavra e da Minha Presença, mas dando a vida por Mim onde for necessário, no lugar e no momento que Eu necessitar deles, porque há muito que ajudar nesta humanidade

E, enquanto os conflitos e as guerras se desatam, muitos Anjos das Nações já não podem fazer nada. E o Anjo da Ira de Deus quer precipitar-se sobre o mundo com mais de milhares de raios, trazendo a força dos elementos cósmicos e solares para poder corrigir o mundo. Mas as orações dos consequentes e justos, o serviço dos abnegados e incondicionais aplacam a fúria desse Anjo do Universo. 

Mas esse Anjo não quer impor um castigo, mas uma severa correção, já que o mundo não escutou a Mensagem nem a advertência do Céu, e as almas seguem vivendo da mesma forma, com os mesmos modos e hábitos, como se o espiritual e o divino não importassem mais.

Por essa razão, Minha Mãe Celestial, como foi nestes últimos dias, Se coloca entre o Anjo e vocês para poder intervir. Dessa forma, desata-se um Juízo Universal, a primeira etapa desse Juízo que a humanidade já começou a viver.

Mas enquanto as armas e as ideias de destruição e de conquista forem levadas adiante, quem poderá deter esse Anjo da Ira de Deus? Porque o mundo, e sobretudo a humanidade, já vive fora da Lei há mais de dois mil anos, e para muitos Anjos Criadores o preço do Meu Sangue derramado parece que não justifica isso.

Por isso, através dos anjos que hoje Me acompanham, e em especial o Anjo de Portugal, venho implorar ao mundo uma mudança na consciência e sobretudo na atitude, porque ele  não conhece as Leis Superiores e menos ainda as Leis Divinas.

Necessito que esta Mensagem seja difundida no mundo e que possam escutar muitas vezes o que hoje lhes digo, porque céu e terra passarão, mas Minhas Palavras permanecerão nos corações abertos e aderidos a oferecer-se para construir o Retorno de Cristo.

Com estes anjos que hoje Me acompanham, com o Anjo da Paz, imploramos ao Pai Celestial para que os méritos da Misericórdia de Cristo sejam contemplados, em honra ao sofrimento que Eu padeci por vocês na Cruz.

Para aplacar o poder do Anjo da Ira de Deus, hoje venho expor-lhes Meu Coração Espinhado, gravemente ultrajado pelas guerras e conflitos do mundo e, em especial, pelas almas que geram as guerras e que se condenaram ao fogo do inferno, aliando-se ao Meu inimigo.

Quem fará o mesmo que Eu fiz por vocês?

Quem dará a vida pelos amigos, como Eu fiz por vocês?

Quem será capaz de não apenas ter o coração pronto para o que for ou de entregar algo mais ao Senhor, senão quem será capaz de viver, por amor, pela salvação da humanidade, algo que não merece?

Mas, sim, digo-lhes uma coisa: não sejam ingênuos para que não sejam ignorantes. O oferecimento que Eu lhes faço é no pequenino e até no mais simples, nos lugares onde às vezes seus corações resistem a colaborar Comigo, ainda que não se deem conta de que estão servindo a Mim através de seus irmãos.

Unindo os esforços que se necessitam nestes tempos de tribulação, Minha Consciência Solar poderá ajudar mais ao mundo e à humanidade, para que a Lei da Divina Misericórdia se perpetue e se cumpra nas almas mais necessitadas de Luz.

Que esta Maratona da Divina Misericórdia, que nestes dias estão orando Comigo, às portas da reabertura dos Centros Marianos, seja uma Maratona de súplica, de rogo e de intervenção, com os Anjos da Guarda de cada um de vocês, a fim de que esta situação no Leste Europeu não se precipite por um absurdo egoísmo dos homens, por uma impunidade que já não tem lugar nestes tempos e que deverá ser erradicada da consciência humana para sempre. 

Porque quando Eu retornar ao mundo, neste próximo tempo, poderão compreender e ver o que é o verdadeiro Poder de Deus, que não está baseado na imposição nem na autoridade, o Poder de Deus que é nutrido em Seu centro pelo Amor Universal que, como uma sublime esfera de consciência, emana sabedoria e discernimento a todas as dimensões e planos.

Hoje estou em um lugar diferente do que se acostumaram a Me ver. Estou em outro espaço da Comunidade Flor de Lys, que é o mais importante para Mim, porque representa a casa da vida consagrada. Por essa razão, peço-lhes, nesta íntima analogia, que rezem por todos os missionários consagrados ao Meu Plano de Redenção, porque, tanto na África como no Oriente Médio e na Europa, algumas almas desta Obra, que Eu formei e fundei através do esforço, se oferecerão para dar a vida por Mim, para além do que signifique e represente o serviço que Me oferecerão para o alívio e a paz dos corações aflitos.

Há dois mil anos, quando era apenas uma criança nos braços da Mãe Celeste, quando fui levado para o Egito para ser protegido, não só Nossa Família foi a primeira família refugiada do mundo, mas também Meu Coração, desse momento até o presente, sente pesar pelo sofrimento e pela dor da África, que é a próxima etapa, é a próxima missão que, apesar da distância ou do momento, convidarei cada um de vocês a viver, para que a dívida espiritual da África seja aliviada e para que nunca mais nenhum ser humano, na África ou em nenhuma outra parte do mundo, seja capaz de jogar uma vida no lixo, porque o gênero humano chegou a desmerecer a vida até esse ponto, por sua grande ignorância e até por sua grande maldade, por não conhecer a essência da vida.

Quisera que tivessem presente Minha aspiração de que quando se abrirem as portas para as missões na África, existam mãos, braços e pernas que se ofereçam para caminhar por esse continente para resgatar os inocentes e perdidos, os que são descartados nos lixos do mundo.

Se vocês soubessem o que é que o Pai sente quando uma vida é descartada ou abortada, asseguro-lhes que ninguém seria capaz de fazê-lo, porque desafiaria sua evolução e até seu destino, desviando seu propósito do Caminho de Deus e assumindo uma dívida espiritual impagável, que somente Minha Divina e Insondável Misericórdia pode curar.

Tendo consciência disso e colocando essa situação na Maratona da Divina Misericórdia, convido-os, mais uma vez, a abandonar suas pequenas misérias, a deixar para trás suas resistências e incompreensões e a colocar a consciência madura onde verdadeiramente existem o sofrimento e a dor no mundo, para que possam crescer como apóstolos conscientes e disponíveis para servir onde for necessário e quando for necessário.

Eu lhes asseguro, como a Grande Consciência Solar, que se mais almas colocassem atenção em tudo isso, não haveria razão de existirem guerras, exílios, fome, sofrimento, loucura ou até adversidade, porque todos seriam mais fraternos, uns com os outros, e sempre seriam impulsionados pelo Amor de Deus que através dos tempos bateu à porta de seus corações, chamou suas almas inumeráveis vezes para poder despertá-los à Verdade, uma Verdade que foi sepultada na consciência do mundo.

Por essa razão, apenas com o Meu Retorno muitas situações serão reparadas e exorcizadas, e um novo Governo Espiritual emergirá do coração de todos os que tiverem fé em Mim até o fim dos dias, para que aprendam a viver em comunhão com o universo e com a Confraternidade, sem necessidade de continuar perdendo tempo e a oportunidade de elevar a consciência de todo este planeta até a quarta dimensão.

Porque quando tiverem a Graça de ver na quarta dimensão, não só compreenderão a Paixão de Cristo, mas também compreenderão em que ponto se encontra a humanidade neste momento, um ponto de inflexão que se torna irreversível.

Por isso, não deixem de orar; que seus lábios não se cansem de orar e de pedir aos anjos do Céu que intervenham todo o tempo, porque não só as almas deverão ser protegidas da guerra, da impunidade e do assédio, mas também os mais inocentes e pequenos deverão ser protegidos e amparados para não ser descartados por seus próprios pais nos lixos do mundo.

Se muitas mais nações no mundo se aferram ao ideal da lei do aborto, como se justificará que mais guerras não devam acontecer ou que bombas nucleares não devam ativar-se?

Depois de 1945, com a gravíssima dívida espiritual dos Estados Unidos através da bomba atômica, a humanidade demonstrou ao universo que sabe autodestruir-se e que impôs, através de sistemas corruptos, a comercialização e a instrumentalização das armas para justificar a suposta liberdade dos povos e das nações.

Mas, companheiros, despertem; estamos no fim dos tempos. Desde o Horto Getsêmani, quando bebi o cálice por vocês e pela humanidade, não esperava, confesso a vocês, que o mundo chegasse a este momento e que fosse capaz de ir tão longe, mais longe do que foi há dois mil anos, crucificando seu Messias, martirizando o próprio Deus, Aquele que os criou desde a origem. 

Por isso, mais uma vez, esse próprio Deus, que Se fez carne e Se fez homem através de Seu Filho, volta a dizer ao Pai: "Perdoa-os, porque não sabem o que fazem".

É hora de estar nas filas do Armagedom, porque, enquanto o tempo passa, não só o tempo termina, mas os acontecimentos se precipitam e as pessoas não mudam.

Que a Verdade Suprema penetre todos os espaços e consciências, a fim de que o sacrifício do Filho de Deus e todo o Seu Sangue derramado no caminho do Calvário até a Cruz justifiquem as atrocidades destes tempos, aliviem o choro das crianças e, especialmente, dos não nascidos, para que a Santíssima Virgem Maria restabeleça o espírito do amor maternal nas consciências que hoje já não sabem amar, para que a vida seja respeitada e amada, para que a vida dos inocentes já não seja descartada, para que a pobreza em muitos lugares do mundo já não seja a causa de desespero e de falta de paz.

Que a verdadeira Justiça, que provém da Fonte Divina, equilibre a balança da desigualdade. Porque Meu grande desejo é não escutar mais o choro das crianças da guerra, o choro dos inocentes descartados nos lixos do mundo.

Aprendam a amar a vida e algum dia aprenderão a apreciá-la. Enquanto a vida for utilizada como justificativa para gerar a morte ou a impunidade, o mundo não alcançará a cura de todas as suas enfermidades. Por isso, agradeço aos que têm sido conscientes até agora e, semana a semana, têm rezado pelos não nascidos. Ali está a resposta por que o mundo está como está.

E, ainda que Meu Coração e o Coração de Minha Mãe se dilacerem por dentro, assim como Meu Coração foi dilacerado no alto da Cruz, Nosso Amor é incomensurável e incompreensível, porque vem dar vida ao que está morto naqueles que creem estar vivos.

Oremos ao Pai Celestial.

Que cada um faça sua oração ao Pai, no mais íntimo de seu ser, no silêncio do coração. Escuto-os.

Que suas almas orem ao Pai Celestial para que todos os erros recebam a expiação de que necessitam.



Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Repitamos a oração que Jesus nos ensinou.


Anjo da Ira de Deus,
acalma Teu coração dolorido,
recebe o fogo do nosso amor
e estabelece a paz.
Amém.

 

Vão em paz, meditando sobre Minhas Palavras e concretizando Minhas aspirações.

Sejam bem conscientes disto para que não seja uma Mensagem a mais, mas a projeção de uma próxima etapa que todos são chamados a viver.

Agradeço-lhes por terem a coragem de Me escutar.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

APARIÇÃO DA VIRGEM MARIA EM NAZARÉ, PORTUGAL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Filho Meu e filha Minha, Minhas queridas almas da Terra,

A Mãe de Deus se aproxima de vocês para consolá-los e para fortalecê-los, a fim de que, neste tempo, os apóstolos de Cristo, que estão purificando-se e transformando-se, sigam tendo o ímpeto de dizer sim ao Meu Filho Jesus, o Cristo.

Neste dia, estou sobre os oceanos deste amado e agonizante planeta para dizer à humanidade:

Basta! Já não lastimem a natureza.

Basta! Já não instrumentalizem os seres humanos como se fossem armas nas mãos dos que fazem as guerras.

Basta! Já não promovam o aborto e a perda de centenas de pequenas e inocentes vidas.

Basta! Já não descartem seus irmãos da humanidade.

Basta! já não desflorestem mais, já não contaminem a Terra, já não intoxiquem seus próprios alimentos.

Basta! Já não dividam as famílias, já não dissolvam o amor de seus corações, já não pratiquem o mal.

Basta! Já não gratifiquem seus gostos, já não trafiquem os seres humanos, já não vendam os animais, já não os sacrifiquem.

Basta! Já não gerem mais caos, já não sejam indiferentes, já não se afastem mais do Amor de Deus.

Digo-lhes basta para que possam escutar-Me, porque ainda há corações muito fechados, mas também há corações feridos.

Filhos, rezo pelo planeta e rezo por vocês. Parece que já não é suficiente falar, mas, como uma boa Mãe, não Me cansarei e, com todos os Meus anjos, trabalharei para fechar as portas ao mal.

Meus amados, vejo neste momento as difíceis provas que o mundo enfrenta e, especialmente, alguns povos da África e do Oriente Médio, que estão estigmatizados por seus próprios irmãos da humanidade; algo que não lhes permite sair adiante e reconstruir suas vidas. Mas também vejo a violência e a agressão que hoje se vive em toda a sociedade, atitudes que fizeram perder os valores não só da fé, mas também do respeito mútuo.

Todos os dias, peço aos anjos do Senhor que encham com sua Luz os espaços mais escuros deste mundo, para que as almas disponham de uma ajuda interior para poder refazer suas vidas interna e externa.

Neste tempo, a família é o foco da divisão e do ódio, porque, ao dissolver-se o amor em muitas famílias, Meu adversário as manipula e as fere de par em par.

Por isso, Meus amados, devemos aliar-nos cada dia mais à oração do coração e orar por aqueles que não têm a Graça de perceber a realidade por terem vendido suas almas ao inferno.

Também rezo por tudo isso, mas também rezo para que a humanidade não continue condenando a si mesma a ponto de que a violência e a morte pareçam normais.

Através de todos os Meus Espelhos, todos os dias, no Céu e na Terra, transmuto os grandes impactos contrários à Lei, os que abraçam abruptamente centenas de almas no mundo, não as deixando escapar do terror espiritual e da perseguição mental.

Mas unidos a Mim, filhos amados, venceremos esta batalha espiritual e física, não com armas, não com agressões, não com reclamações, tampouco com conflitos ou com o levantar da voz. Resolveremos esta situação planetária com neutralidade, pacificação, amor e fé. Isso, cedo ou tarde, desativará as grandes artimanhas do Meu inimigo, porque ele não terá espaço nem lugar para semear a divisão.

Filhos, sejam otimistas, não sejam pessimistas. Atraiam para seus corações o Amor de Deus, porque Seu Reino se aproxima para que as consciências sejam liberadas da opressão e da prisão espiritual.

Não percam a fé, não se misturem com as críticas, com os comentários, com o desgaste desnecessário do verbo. Sejam inteligentes e promovam a cultura da inclusão, e não a cultura do descarte.

É muito necessário que, neste momento, vocês se reconheçam como irmãos, que já não fechem seus corações por nada e que, apesar de tudo, confiem no Amor do Meu Filho, porque Seu Amor sempre os libertará.

Se a humanidade inteira colocar atenção em tudo isso que lhes digo, já não será necessário sentir o peso da cruz e, sobretudo, não sentir mais o peso dos assédios.

Aferrem-se ao Meu Manto, coloquem-se perto de Mim, porque o Meu Coração Imaculado os protegerá.

Abandonem-se no Senhor, porque n'Ele está a saída, a superação de qualquer situação e a resposta diante de qualquer prova.

Filhos, volto a abençoá-los, volto a confiar-lhes o Meu Amor de Mãe.

Eu estou aqui, não se esqueçam de Mim.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz 

MENSAGEM SEMANAL DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Como Mãe e Senhora de Garabandal, preparo-Me para retornar e ajudar, através de vocês, todo o povo da Espanha castigado pela pandemia, golpeado pela falta de fé e de devoção por tantos acontecimentos difíceis.

Uma vez, Eu disse em Garabandal que a taça estava quase cheia; agora a taça já está transbordando.

Queridos filhos, Meu retorno à Europa é para tentar, mais uma vez, retirar muitos filhos Meus da indiferença e da discriminação que vivem neste tempo.

Rezo dia e noite e, estando em vigília, Sua Mãe Celeste Se prepara para começar uma nova etapa e um novo ciclo com todos os Seus filhos da Europa, e da Europa para o mundo inteiro, incluindo Ásia e Oceania.

Filhos amados, por isso, peço-lhes que continuem rezando com fervor por cada uma de Minhas intenções, para que algum dia convertam-se em uma realidade de abundância e de Misericórdia para todos os Meus filhos.

Também lhes peço que orem por Meus Planos de salvação e de paz, que a Virgem de Garabandal, a Senhora de Fátima, necessitará levar adiante na África e no Oriente Médio, através do apoio e da colaboração amorosa e fraterna de todos.

O tempo que permanecerei na Europa, enviando Minhas Mensagens ao mundo, será longo, porque o hemisfério norte, incluindo a África, necessita de muita Misericórdia.

Desde já, estarei agradecida.

Abençoa-os,

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA COMUNA DE CASTEL VOLTURNO, CAMPANIA, ITÁLIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Que a paz esteja presente no coração de todos os servidores de Cristo.

Hoje, filhos, Meu Coração está especialmente acompanhando o início da missão humanitária no Oriente Médio e na África.

Meu amor paterno acolhe e ampara o coração e a consciência de cada missionário para que, neste trajeto de chegada ao Líbano, percam o medo de servir e de amar e deixem que suas almas recebam a Graça da presença do Espírito de Deus, este que lhes dará a conhecer o poder do amor e da sabedoria, para que saibam atuar com humildade e com gratidão, não importando em que sejam chamados a servir.

Que o coração de cada missionário seja preenchido pela pura aspiração de cumprir a Vontade Divina e que em serviço resgatem conscientemente os valores do amor e da esperança que muitas vezes se perderam no interior dos seres.

Vão com o coração aberto para essas terras tão antigas, onde começou a história da evolução humana, e busquem, através de suas ações e orações, resgatar os códigos de pureza, de paz e de Misericórdia que ali se guardam, para que um dia floresçam e deem lugar ao novo homem, à nova humanidade, que renascerá do sofrimento transformado em esperança e da esperança transformada em amor.

Tudo acontece nos níveis do espírito quando os corações tão somente se dispõem a receber, multiplicar e distribuir a Graça Divina.

Orem, filhos, e vivam a experiência de serem instrumentos de Deus neste mundo.

Têm a Minha benção para isso.

Seu Pai e Amigo,

 São José Castíssimo

APARIÇÃO DE SÃO JOSÉ NA CIDADE DE NÁPOLES, ITÁLIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Se mais almas escutarem o Chamado de Deus, este mundo não precisará conhecer o sofrimento.

Hoje, venho aqui, filhos, para aliviar o sofrimento dos corações, ainda que eles não saibam.

Venho para aliviar o Sofrimento de Deus pela indiferença das almas, pelo adormecimento dos seres.

Quando olho para o mundo, Meu Coração se preenche de compaixão e piedade, porque conheço o Projeto Divino, aquele primeiro Pensamento que Deus emanou para criar os homens, espelhos de Sua Consciência, semelhantes a Ele em essência e em coração.

Esse Pensamento ficou escondido dentro de cada um de vocês e dentro de cada ser desta Terra. A perfeição de Deus ficou escondida detrás de todas as misérias humanas, e poucas são as almas que conseguem se expressar segundo a Vontade de seu Criador.

Hoje venho até aqui não apenas para lhes revelar verdades; venho elevar aos Céus as almas que sofrem e os pecados deste mundo, para aliviar o planeta e lhe entregar um pouco de paz.

Apesar de que são tão poucos, isso foi suficiente para que o Amor de Deus desça sobre este mundo e comece a construir, nesta nação, uma oportunidade de redenção.

Quanto maior o abismo, maior é o Amor que Deus envia à Terra. Por isso, estamos aqui, neste lugar, nesta cidade, nesta nação. Porque onde estão os seres que mais necessitam, ali está o Amor de Deus, por mais que sejam indiferentes a Ele e que tantas vezes não acreditem que este Amor existe.

Muitas vezes, os corações sofrem por ignorância, por não saber que o Amor do Pai está disponível para todos os seres.

Por isso, nesta noite, apenas lhes peço que abram seus corações não apenas em nome desta nação, mas também em nome de toda a humanidade, para que uma Graça maior desça à Terra e, pela oferta de uns poucos, a Misericórdia do Pai possa se expandir por este mundo.

Os Mistérios de Deus são infinitos e mais ainda o é o Seu Amor. Nunca se esqueçam de quando Ele esteve na Terra, no Corpo e na Alma de Seu Filho. Não se esqueçam de que foi com poucos que Ele transformou a história deste planeta e de toda a Sua Criação.

Os ciclos se repetem para que os seres recebam uma nova oportunidade. O Criador aspira a anunciar ao mundo Sua Presença, que não se limita a uma religião, a um povo, a uma nação.

A Presença de Deus está em tudo, filhos: no ar que respiram, na natureza, nos corações de seus irmãos; em tudo está o Olhar de seu Pai Criador; em tudo está o Seu Coração, aguardando o despertar do amor no coração dos homens.

Venho até aqui para libertar as almas do sofrimento que trazem de suas nações para este lugar: seus irmãos que emigram, tantos que se perdem pelos mares e tantos que chegam até aqui em busca de uma esperança.

Pela Minha Presença neste lugar, venho entregar uma Graça especial para cada uma dessas nações que sofrem e que não conseguem expressar-se como Deus o pensou, pelas guerras, pela obscuridade, pela falta de amor no coração dos seres.

Hoje minha Luz penetra os oceanos e chega às nações na África, no Oriente Médio, através dos corações que, apesar de não saberem que Eu estou aqui, necessitam de auxílio e clamam a Deus pensando que não encontram uma resposta. A Presença dos Mensageiros Divinos aqui é a resposta de Deus para a oração de tantos corações que clamaram por Misericórdia.

Por isso, vim até esta cidade para responder a oração silenciosa de muitos de Meus filhos que creem que Deus não lhes escuta. Os Mistérios de Deus são infinitos. Às vezes, vocês pensam que Ele não os escuta, que não responde às suas preces, mas muitas vezes, filhos, Sua Graça chega às suas vidas de uma forma que vocês não podem perceber, assim como hoje chega às vidas de tantos irmãos seus, ainda que eles não saibam.

Quisera que os corações pudessem conhecer a Graça Divina, para saber que ainda há uma esperança para a vida neste mundo, que não é apenas a sobrevivência, mas uma experiência de amor, semelhante ao Amor de Deus em Seu Filho.

Quisera que os seres soubessem que o sofrimento pode se transformar quando compreendem a cruz destes tempos como uma oportunidade de renovar o Amor de seu Criador.

Não tenham medo de anunciar ao mundo a Presença Divina. Não apenas através de palavras, mas também do exemplo de seus corações. É o testemunho de suas vidas o que fará com que os seres percam o medo e acreditem na Presença de Deus por meio desta obra, que Ele mesmo está construindo.

Quando vocês elevarem suas consciências ao verdadeiro propósito da existência humana e souberem que estão aqui por um Propósito Superior, para manifestar um Plano Divino, é que então, filhos, não lhes importará a crítica dos homens, das religiões, das diferentes culturas e o próprio amor em seus corações permitirá que tudo isso se una nesse Propósito Maior. 

Deus aspira a construir nesta nação, assim como em toda a Europa, uma semente de unidade entre os diferentes povos e culturas, entre as diferentes religiões. 

Aqui, onde os seres vivem o medo de perder o poder, um falso poder, onde as religiões têm medo de deixar de existir e não percebem, filhos, que esse próprio medo é o que as está fazendo desaparecer, permitam-se entrar em comunhão com seus irmãos, para que a paz se estabeleça, para que os corações se arrependam de seus pecados sinceramente.

Não será com muitos que o Criador transformará este mundo. Será com poucos, porém sinceros de coração, que começará a transformar a vida na Terra, que, em seu silêncio e em sua oração, unirão povos e nações desde os níveis espirituais até os níveis materiais da vida sobre a Terra.

Comecem cada um de vocês amando e respeitando o próximo, ainda quando são julgados ou criticados por sua forma de amar. Amem como Cristo lhes ensinou, vivendo o Seu Evangelho, além de levá-lo como um livro sagrado ou de deixá-lo guardado em suas casas, e chamarem-se de cristãos.

Sejam mais do que cristãos, sejam Cristos do novo tempo, imitadores dos passos de seu Senhor, para que, dessa forma, suas almas sejam um caminho para que Ele retorne a este mundo.

Sejam cada um de vocês, filhos, os cálices vivos, onde Ele derramará Seu Sangue para instituir uma nova genética, Sua Genética, neste planeta.

Enquanto Eu lhes falo, a Presença de Deus se expande sobre a Terra e chega aos corações que mais necessitam.

Enquanto Me escutam, deixem que suas preces sejam verdadeiras, tenham fé em que estão diante de Deus, que o Céu se abre diante de seus corações, que os Olhos do Pai estão sobre a Terra e que, com a mínima abertura dos corações, Sua Misericórdia desce sobre este planeta.

Clamem pela paz para as nações que estão em guerra.

Clamem por misericórdia para aqueles que dizem que vivem em Nome do Senhor e sujam o Seu Nome com seus pecados.

Clamem por perdão para aqueles que vivem o ódio e a indiferença.

Clamem por cura por aqueles que, pela injustiça que viveram, esqueceram-se do amor que há em seus corações.

Clamem por uma Graça para que, no coração da África, o amor volte a emergir e esta Terra seja uma semente da nova vida.

Clamem pelo Oriente Médio para que o Sangue de Cristo ali derramado emerja da terra e cure os corações, tornando essa terra novamente sagrada.

Clamem por esta nação, pela Itália, para que seja o berço de uma verdadeira religiosidade, onde os corações respeitarão e amarão o próximo, as diferentes religiões e a verdade que há nos corações de seus irmãos.

Deixem que a obscuridade nesta hora dê lugar à Luz Divina e clamem pela paz.

Com estas palavras, ensino-lhes a orar para que orem com o coração, porque o mundo necessita disso. Esperem com amor sua Mãe Celestial, anunciem mais forte e mais alto Sua Presença, para que mais almas tenham a oportunidade de estar diante d'Ela e receber uma Graça.

Antes de Me despedir de vocês, que venham até aqui os sacerdotes, para que, pela Graça que Deus lhes concedeu, façam descer a Sua transubstanciação, para transformar os elementos do altar no Corpo e no Sangue de Cristo, em Sua Memória, como Ele lhes pediu, e que esta comunhão, filhos, esta Eucaristia consagrada diante do Pai transpasse seus corpos, suas consciências, e chegue como uma Graça Maior a este mundo.

Para isso, Eu os abençoo.

Podemos nos colocar de pé ou de joelhos, para a consagração da Eucaristia.

Sacerdote - E, neste momento, recordamos, naquele tempo, quando Nosso Senhor, junto a Seus discípulos, elevou o pão, deu graças, porque havia chegado o dia de Seu Sacrifício. Deus o abençoou e Ele disse, para todas as essências do mundo: tomem e comam todos dele, porque este é Meu Corpo, Corpo que será entregue por todos vós, para o perdão de vossas faltas.

Adoramos-Te, Senhor, e bendizemos-Te. 
Adoramos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Adoramos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Em seguida, Nosso Senhor tomou o Santo Cálice, deu graças, o Pai O abençoou e Ele disse: este é Meu Sangue, o Sangue da nova e eterna Aliança entre as almas e Deus; Sangue que será derramado por todos vocês para a liberação total de suas faltas e para a Vida Eterna. Façam isso em Minha Memória até que Eu retorne.

Adoramos-Te Senhor e bendizemos-Te. 
Adoramos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.
Adoramos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

Eis aqui o Cordeiro de Deus, Seu Corpo e Seu Sangue.

Oremos o Pai Nosso. 

Agora, uma vez em italiano.

Que a Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos nós.

Com a consagração da Eucaristia, a Graça de Deus desce aos corações dos homens, e Minha tarefa aqui hoje está cumprida.

Eu lhes abençoo e lhes agradeço por estarem aqui em nome desta nação e desta humanidade.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém. 

Levem a Paz do Senhor uns aos outros como Ele lhes ensinou, dando-se silenciosamente a saudação de paz. Eu lhes agradeço.

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO DURANTE O SAGRADO CHAMADO NA CIDADE DE CRACÓVIA, POLÔNIA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Depois de mais de cinquenta anos retorno à Cracóvia para trazer ao mundo a Paz e conceder a Misericórdia à humanidade.

Por essa razão estou aqui e pedi a vocês para estarem aqui Comigo, para que as almas se liberem do sofrimento; um sofrimento que deixou de ser histórico para converter-se em um sofrimento milenar. 

Por isso os trouxe para a Fonte de Minha Divina Misericórdia, porque necessito que se aprofundem nela, que possam conhecê-la mais, que possam penetrá-la mais com a consciência, porque o mundo ainda a necessita.

Mas hoje os trouxe a um cenário mais difícil, a um dos cenários mais difíceis da humanidade. Por isso Me dignei a descer aqui há tanto tempo, assim como Minha Mãe fez em Fátima, para dar a conhecer ao mundo o que Deus pensava e sentia. Mas a humanidade ainda não compreendeu Nossa mensagem, porque não a escutou de verdade. 

Isso atrasa o despertar da humanidade. Por essa razão regressei aqui, à Polônia, por meio desta Obra, para que saibam que Minha Obra de Misericórdia é uma só Obra, nascida da mesma Essência e da mesma Fonte, a qual o mundo deverá conhecer, não somente invocar e pedir.

Enquanto estou aqui presente com vocês, estou presente com Meus filhos da Polônia e de toda a Europa Oriental, porque já estou abrindo os caminhos, com Minha Consciência Divina e Paternal, para poder chegar à Ásia e à Oceania.

Preparando as bases através da Fonte de Minha Misericórdia, a Obra da Redenção poderá ser realizada e poderá ser levada adiante com a ajuda incondicional que muitos têm dado para que a Polônia receba esta oportunidade especial.

Assim, hoje estou detendo a história daquilo que passou, quer dizer, estou dissolvendo o sofrimento humano, o que ficou registrado na consciência dos homens e das mulheres de toda a Polônia.

Por meio de Minha Fonte venho dissolver o sofrimento, venho conceder a Paz e trazer a Esperança aos corações, sabendo que ainda há muito por fazer nesta humanidade.

Assim, hoje Me apresento a vocês como o Senhor da Misericórdia, mas também como o Senhor da Graça, como o Senhor da Piedade, o Senhor do Amor, já que estes são os atributos necessários para este momento e para o que os irmãos da Polônia necessitam, sabendo que sua própria fé os salvou.

Foi essa fé tão ardente, tão verdadeira e pura que permitiu esta Graça de seu Mestre e Senhor do Universo retornar à Terra, retornar ao lugar  onde Ele abriu a Fonte de Sua Divina Misericórdia, para que não só tudo possa ser recuperado mas também para que as almas recebam o que necessitam neste momento.  

Estamos em um momento importante ante Universo, ante a Igreja e a humanidade. O Senhor da Misericórdia vem ao seu encontro, não só para apagar o passado, como também para fazer renascer os espíritos na Fonte do Amor e da Unidade.

Nesta hora, dissolvo o que aconteceu aqui, neste povo, assim como dissolvo de seus corações a impotência de não poder sobreviver, que existiu em algum momento. 

Mas agora, ante Minha Presença Celestial, o Mestre do Amor e da Unidade volta a apresentar-lhes a Sua Fonte de Piedade e de Reparação,  para que todas as essências da Polônia e do mundo mergulhem em Minha Fonte de Reparação e de Cura, onde os códigos do mal serão dissolvidos para que renasça em vocês a verdadeira luz que são ante o Pai Celestial.

É por isso que nesta tarde, em que a Polônia recebe a Presença do Céu, Eu lhes ofereço os Dons do Perdão e da Reconciliação, para que sejam instituídos em suas vidas, a fim de que esses dons de Minha Graça ajudem a reparar muitas almas mais que necessitarão desprender-se do sofrimento e da agonia para voltar a ter confiança em Deus e, sobretudo, em Seu Divino Reino.

Com todo o Poder instituído pelo Céu e o Universo, Eu lhes trago a Fonte de Minha Divina Misericórdia, para que possam mergulhar em Meu Oceano de Amor e os Códigos de Luz se renovem em seus seres e em todo o povo polonês.

Desse modo Eu lhes trago a expiação, para que consigam perdoar e voltar a amar, sabendo que todos são parte de uma mesma Fonte e de uma mesma Origem e que algum dia todos serão um dentro dessa Fonte de Amor e de Unidade que representa o Pai Celestial.

Que hoje seus rostos não reflitam a tristeza do passado, porque sei que é uma tristeza verdadeira pela agonia, pelo sofrimento, pela dor. Mas hoje Eu lhes peço que reflitam um rosto de esperança, porque Deus concedeu ao seu povo dois sucessores de Minha Misericórdia: Santa Faustina e São João Paulo II.

Neles encontrarão as bases dessa renovação. Através deles chegarão ao Meu Coração Misericordioso, porque em total incondicionalidade se ofereceram ao mundo depois de ascender aos Céus, para ajudar a humanidade e sobretudo a Europa Oriental, a fim de reparar e cicatrizar as feridas, feridas inapagáveis nas mentes e nos corações.

Mas saibam, companheiros, que na Fonte de Minha Divina Misericórdia tudo se resolverá, porque enquanto lhes falo e Me escutam, Eu escuto o pranto dos inocentes, os acolho em Meu Coração paternal e os levo à Fonte de Minha Divina Misericórdia, uma Fonte harmoniosa e pacífica, para que todos eles possam se liberar.

É por isso que nesta hora muitas coisas estão acontecendo. Não há enfrentamento contra o mal ou a adversidade. Minha Presença neutralizou todos os espaços. Minha Presença iluminou todos os rincões. Meu Coração concedeu o fim de um cativeiro espiritual que ficou guardado no coração dos poloneses.

Nessa união íntima com o Pai, o Filho e o Espírito Santo, o Senhor da Misericórdia e da Piedade vem reconstruir sua humanidade e seu povo, por meio dos servos que Eu enviei ao mundo, que passaram por esta Terra para anunciar e proclamar Minha Palavra e que ainda passam por esta humanidade como embaixadores da paz, para proclamar Meu Evangelho vitorioso e a chegada ao mundo da Minha infinita Misericórdia, antes que se abra a Fonte da Justiça Divina.

Por isso, companheiros, não ingressem somente vocês na Fonte da Reparação de Meu Coração, mas levem-na a todos os que necessitam de Minha infinita Misericórdia. Assim Eu poderei fazer muitos prodígios mais, como os que faço no espírito dos presentes e dos não presentes, levando-os à comunhão com Meu Coração Eucarístico e acendendo em suas almas o Fogo misericordioso de Meu Amor, que finalmente curará todas as feridas, liberará todas as almas e estabelecerá a paz.

Que se cumpra então o advento da Misericórdia de Meu servos, para que o planeta como um todo receba uma oportunidade, sabendo que deverá voltar-se para Deus para encontrar a cura e a reparação de toda a vida planetária, especialmente daqueles acontecimentos que marcaram a história da humanidade e, especialmente, de milhões de almas que ainda não conseguiram liberar-se do sofrimento e da dor humanos.

Mas hoje, por meio de Minha Graça e da Fonte de Minha Divina Misericórdia, seu Mestre e Senhor vem reparar todas as essências, especialmente a essência original da Polônia, que apesar de tudo o que sofreu e padeceu não perdeu a esperança, a alegria e o júbilo de viver seu Mestre e Senhor.

A prova do passado foi realmente difícil, mas a vitória do seu povo está na perseverança e no dogma de sua fé; isso faz com que a Fonte de Minha Divina Misericórdia regresse à Polônia, sabendo que ainda há tempo para poder redimir-se por meio dos Sacramentos que Eu lhes concedi, desde Minha Vida pública até a Última Ceia, chegando ao alto do monte Calvário na Cruz.

Todos esses méritos, todos  esses dons, todos os poderes dessa Graça concedida por Deus, fazem parte da Fonte insondável de Minha Misericórdia, que hoje volto a derramar sobre a Polônia e especialmente nas almas que aqui habitam, para que no próximo tempo, o tempo da grande renovação e da grande mudança, vocês demonstrem ao mundo que é possível perdoar, amar e reconciliar-se interiormente, apesar de tudo o que aconteceu.

É através deste meio da Divina Misericórdia que o Senhor e Mestre da Polônia, o Senhor da Europa Oriental vem a este lugar, que é abençoado pela Graça, para entregar-lhes novamente a comunhão com Meu Corpo e com Meu Sangue, para que tudo possa ser renovado em seus espíritos, para que tudo possa ser dissolvido em suas consciências, especialmente aquilo que os impediu de seguir caminhando na fé e na alegria de viver Deus em plenitude e em confiança.

Por isso, elevem seus corações aos altares de Nosso Pai Criador, para que neste oferecimento e sacrifício do Cordeiro Unigênito tudo possa ser reparado e restaurado na Fonte da Divina Compaixão, concedendo ao seu povo e ao mundo a Misericórdia de Deus, aquela que dissolve os erros, os sofrimentos e as feridas profundas.

Ofereçam hoje Comigo este Sacramento do Altar, para que os Anjos que vieram ao Meu encontro do Reino de Deus não só transubstanciem a forma do pão e do vinho, mas também transubstanciem todas as essências da Polônia, para que seja reacendido o Fogo e o Espírito do Amor Consolador e tudo se redima, pondo fim ao sofrimento e ingressando no Portal do Meu Coração, do Meu Coração de Alegria, de Esperança e de Júbilo.

Com estas Palavras que hoje lhes trago do Céu convido-os a celebrar esta Eucaristia em nome de milhões de almas mais no mundo, que em muitos rincões da Terra como em muitas nações do mundo, esperam pela Fonte de Minha Divina Misericórdia.

Quero que nesta tarde de celebração e de profunda reparação levem esta Fonte ao mundo por meio da comunhão com Meu Corpo e Meu Sangue, estabelecendo assim, em suas consciências, o estado de Minha Graça eterna.

Celebremos então este momento, por todos os sacerdotes, por todos os religiosos, por todos os crentes e os não crentes, por todos os que necessitam mergulhar na Fonte de Minha Misericórdia, concedendo ao seu povo e à humanidade esta expiação extraordinária que hoje Meu Coração traz do Céu, para derramá-la em seus corações, como um Cálice renovado pelo Sangue do Cordeiro. Amém.

Incenso

E todos os que Me escutam em qualquer lugar do mundo, também ofereçam este sacrifício junto ao seu Mestre e Senhor, para que a paz não somente chegue aos corações, mas também às nações do mundo que vivem os conflitos e as guerras destes tempos.

Envio esse Raio de Minha Misericórdia de uma forma especial e muito amorosa para o Egito, a Síria, o Iraque, a Nicarágua e a Venezuela. Que todas essas almas que ali se encontram sejam hoje merecedoras da Divina Misericórdia, para que não percam a esperança e a aspiração de voltar a encontrar seu Mestre e Senhor quando Ele retornar ao mundo pela segunda vez e pôr fim ao sofrimento humano, para instituir o espírito da alegria do Reino de Deus. Que assim seja.

Que os elementos do altar sejam transubstanciados pela presença dos Anjos do Céu e assim o Espírito da renovação possa ser instituído, trazendo a Paz e a Misericórdia ao Mundo.

Felizes serão os que hoje vivem este Sacramento, porque poderão reconhecer Aquele que virá entre as nuvens, trazendo a Glória de Deus e o regresso do Reino dos Céus, com foi no princípio.

Que o Espírito Santo desça sobre este elemento, para que Ele espalhe seus Dons na Polônia e no mundo.

Com a água os purifico e também os consagro.

Com a água os elevo e também os transcendo.

Com a água os sublimo e também os santifico.

Nesta Ceia que hoje lhes ofereço, voltará a ser desvelado um mistério que se encontra no centro do Meu Coração, que é o Mistério do Amor Vivo de Deus em todos os seres e em todas as criaturas que Ele criou à Sua Imagem e Semelhança. É para essa chama poderosa do Amor que deverão retornar e regressar sempre, porque no Amor de Deus encontra-se a Fonte de Minha Misericórdia.

O Sangue e a Água que brotaram do Cordeiro, é o Sangue que santifica as almas e as redime espiritualmente.

Por todos os que obram em Minha Igreja da Terra e em Minha Igreja Celestial ofereço hoje este Sacramento, para que se esparja como Luz no Mundo e as trevas se dissolvam.

Tomem e comam todos d'Ele, porque este é o Meu Corpo que é oferecido pelo Cordeiro Imolado e entregue pelos homens para o perdão dos pecados. Nunca esqueçam de fazer isto em Minha Memória. 

Tomem e bebam todos d'Ele, porque este é o Meu Sangue, Sangue da Nova Aliança que é derramado pelos homens para o perdão dos pecados. Bebam desta Fonte de Amor e de Reparação para que tudo seja curado, dentro e fora dos homens da Terra. Este é o Cálice da Concepção Original, o Cálice da Santíssima Trindade que se oferece no mais simples e humilde, para que seja bebido pelos filhos de Deus, a fim de renovar todos os tempos.

Este é o Sacramento da Fé de todos os homens da Terra. Benditos sejam os que comungam d'Ele para renovar suas consciências, famílias, povos e nações, para que triunfe o Poder do Meu Glorificado e Misericordioso Coração.

Pai Nosso...

Escutaremos agora o Pai Nosso em polonês.

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, tende Piedade de nós. (2x)

Cordeiro de Deus que tirais o pecado do mundo, dai-nos a Paz.

Felizes serão os convidados a beber do Sangue e a comer do Corpo do Cordeiro, para que tudo seja renovado.

É dessa forma que Eu lhes concedo a Paz, para que vivam em Minha Paz e sejam  Minha Paz.

Vão em Paz e levem a Paz, porque assim o mundo será reparado e toda a humanidade será consolada de seus inumeráveis sofrimentos.

Eu lhes agradeço por haver Me ajudado a chegar até aqui, para reabrir a Fonte de Minha Misericórdia, não só na Polônia como também no Oriente Médio.

Tudo está consumado.

Abençoo-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Agora se darão a saudação de paz em Meu Nome.

Maratona da Divina Misericórdia
Aparição de Cristo Jesus durante a 58ª Maratona da Divina Misericórdia, no Centro Mariano de Aurora, Paysandú, Uruguai, ao vidente Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús

Que a Luz do Pai, do Filho e do Espírito Santo esteja neste lugar e nos lugares do mundo que mais necessitam dela. Amém.

Depois que acolheram o Meu chamado, agora sim, poderei voltar ao Egito, após ter passado por ali como criança. Mas agora, voltará o Rei para liberar o povo da sua escravidão, para trazer a Paz a esse lugar e ao Oriente Médio.

Ainda que os acontecimentos se desencadeiem no mundo e nesta humanidade, levarei Comigo as almas que mais necessitam e retornarei aos corações que mais Me buscam, não importando a sua crença ou religião, porque o que permite a vida neste mundo é o amor; é o amor que os mantém vivos; é o amor que lhes permite respirar e sonhar com um tempo melhor, com esperança.

O cativeiro terminará algum dia, não só no Egito, mas também no mundo. Por isso, devo retornar aos lugares onde uma vez já estive, sendo criança, jovem ou adulto, no Oriente Médio ou Extremo Oriente.

Os valores da espiritualidade devem-se recuperar para que o mundo não perca a paz. Por isso, estou retornando a esses lugares, como sacrifício e também como Graça, para levar aos corações o reencontro com Deus, a partir dos planos internos, para que estes se espelhem na superfície, na sociedade. Isso fará tudo mais justo e equilibrado. Isso aplacará o sofrimento e as agonias, porque é através dos méritos que o seu Mestre e Senhor alcançou na Paixão que essas Graças são possíveis neste mundo e em sua humanidade.

Não posso deixar de dizer que, às vezes, Meu Coração está triste pelos que não entendem, porém o gozo dos que Me vivem e dos que creem em Mim e Me dão sua confiança Me alegra, como vocês o fizeram ontem e hoje, de forma simples.

O Reino de Deus é o maior tesouro de simplicidade para este mundo e para as almas. Se forem simples, sempre viverão o Reino de Deus e Ele sempre estará próximo das suas vidas e, sobretudo, estará em seus corações.

Quero que este gozo e júbilo que vivem Comigo de tempos em tempos cheguem ao mundo inteiro e não só à América do Sul. Agora, chegou o momento de viver o apostolado e de fazê-lo parte de vocês em cada etapa da vida.

Assim, Minha Misericórdia chegará aos que mais sofrem, como também aos Reinos da Natureza que, nessas partes do mundo, vivem o seu sofrimento silencioso, porque não podem falar como os homens da Terra.

Sei que ao seu redor também existe sofrimento, às vezes em suas famílias, em suas cidades, em seus trabalhos, em seus entes mais queridos. Porém, Eu lhes peço, por misericórdia, que deem mais um passo a Mim e levemos este tesouro de amor aos lugares que mais necessitam e que durante milhares de anos nada receberam, nem do Universo, nem dos Céus.

Venho recuperar através do Egito os valores das últimas humanidades, porque a evolução continua e o despertar também.

Chegou o momento, companheiros, de recuperar o que uma vez viveram Comigo na Terra Santa e além dela. Isso não é uma teoria, tampouco uma ilusão. É hora de viver o Plano de forma verídica. É hora de fazer o Plano vivo em mais corações do mundo, que estão Me buscando e não Me encontram porque não conhecem a saída.

Vocês, sim, encontraram a saída, porém o mundo ainda não a encontrou. Por isso, devo voltar e retornar ao centro, de onde tudo se cria, como conflito, guerra e perseguição.

Porque esta vez não só a Senhora da Luz pisará com Seus pés a serpente, como também seu Mestre e Senhor pisará com Seus Pés os seus aliados e os derrotará, para que se arrependam algum dia. E já não existirá arma contra arma, religião contra religião, porque apesar de o momento mais grave ainda não ter passado, o ímpeto e a força do Meu Coração poderoso ainda poderão transformar todas as coisas quando tão somente Me disserem: "Sim, Senhor, aqui estou".

Assim, Eu terei permissão de seguir obrando, terei permissão de seguir transformando e unificando as almas com Deus, para que o Seu Reino celestial desça à Terra e se cumpra a Sua Vontade. Porque, ao final de tudo, Seu Sagrado e Eterno Coração triunfará.

Os caídos serão perdoados, os assassinos serão redimidos, os perseguidores serão amados e o mal se dissolverá, porque o mal não conhece o Amor que vem da Fonte. O mal é a incompreensão da consciência humana por não aceitar a Vontade de Deus, como foi a Vontade de Deus trazer o Seu Filho à Terra para ensinar-lhes a Escola do Amor e da Redenção.

Volto a reunir, neste tempo, os que estiveram Comigo em algum momento, seja na vida consagrada ou na vida do espírito; na vida do serviço ou na vida abnegada; na vida missionária ou na vida orante.

Que esse compromisso seja revivido pelos que despertam.

Que esse compromisso seja reconfirmado pelos que já despertaram, para que continue se cumprindo a Vontade do Criador nestes tempos críticos.

Meu Coração abraçará o Oriente Médio e todos os que se encontrarem nesse lugar, não importando a sua condição ou a sua condenação. Porque, em verdade, companheiros, Minha Misericórdia é muito grande e ainda desconhecida. Minha Misericórdia é tão grande, que Meu Sangue se deixou verter na Cruz, gota por gota, dor por dor e angústia por angústia, para dissolver o mal da humanidade e sua condenação eterna.

É tempo de dar a conhecer o Meu Amor ao mundo. E que os demais povos e raças saibam que os amo, como amo vocês.

Que anunciem que estou voltando ao mundo pela segunda vez e que o Reino celestial se reaproximará da Terra junto aos anjos e arcanjos, para pôr fim à perdição da humanidade e para dissolver as trevas pela intervenção do poderoso Pai, São Miguel Arcanjo, de São Rafael Arcanjo e de São Gabriel Arcanjo.

Os anunciadores da Palavra de Deus retornarão à Terra, como foi no princípio do povo antigo do Oriente Médio.

A partir daí, escrever-se-á uma nova história e se apagará o sofrimento, trazendo do Céu os Livros de Deus abertos, para mostrar ao mundo o Seu novo Propósito na Nova Humanidade.

Bem-aventurados serão os que viverem as profecias e se regozijarem nelas, porque o Senhor, o Todo-Poderoso, mostrará o Seu Poder aos humildes.

Com esta Luz que trago, estendo a Paz à Terra, renovando este ciclo e este momento para todos, dando chance aos que estão confusos de poder retornar ao Meu caminho antes que o Portal se feche.

Que se elevem os corações até a Minha Igreja celestial e que, em comunhão com a vida de cada ser, tudo seja renovado.

O Universo de Deus desce à Terra e, neste simples lugar, as almas sempre encontrarão Deus. Ainda que a Minha Presença não seja aceita, Eu sempre aqui estarei para abraçá-los com a Luz de Emmanuel.

Venho abençoá-los com a Palavra de Vida. Venho ungi-los com o sopro do Espírito. Venho batizá-los com a Água que brotou do Meu Lado na Cruz, como parte da Fonte da Divina Misericórdia, para que sejam santificados pelo Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Hoje não existem fronteiras nem separações entre as nações e os povos. O amor que Eu pude ver aqui é o que necessito para renovar os tempos e, sobretudo, a humanidade. É o amor dos que se congregam dentro de Minha Igreja celestial para comungar da Chama da Santíssima Trindade, junto aos Anjos do nosso Pai-Mãe Criador, Emmanuel.

Hoje, os Elohins, chamados seres resplandescentes do Universo mental, os Anjos de Deus, testemunham com Seu punho e letra que a Minha missão no Egito será realizada pela receptividade e oração das almas que colaborarão para que isso seja possível e, assim, Meu grande Espelho da Misericórdia se acenda no Oriente Médio.

Alegrem os seus corações porque estão seguindo o caminho correto. Não haverá outro lugar que Me represente na Terra, senão este. Porque volto a dizer-lhes, companheiros, venho fora da Minha Igreja para chamar os rebanhos que mais necessitam de Mim, e que Meus representantes não foram dignos de acolhê-los com castidade.

Que o amor dos simples promova a Paz na Terra.

Que o serviço dos humildes restaure os Reinos da Natureza.

Que a oração dos que se congregam em comunidade e em luz transforme os tempos, a fim de que o Cetro do Filho de Deus desça à Terra para pôr fim à maldade humana.

Agora elevarei ao Céu esta oferenda que colocaram aos Meus Pés, porque, em verdade, tudo pertence a Deus, nosso Pai, que está nos céus e hoje escuta com atenção a Voz do Seu Filho e dos Seus companheiros, a fim de que um grão do Seu Reino celestial se semeie nesta humanidade, para que a humanidade seja recriada por meio do amor e do bem entre os homens.

Que tudo seja santificado e que tudo seja elevado sob o Raio da Transubstanciação. E que aos pés do Altar de Deus seja colocada a oferenda de cada coração humano nesta tarde.

Em silêncio, companheiros, podem fazer sua oferenda ante Minha Igreja celestial. Escuto-os no silêncio da oração.

Pai Celestial, que todos conduzes,

aceita a nossa oferta de entrega a Ti.

Guia-nos pelo caminho do amor,

para que Tua Vontade seja feita.

Amém (3 X).

A oferta foi aceita.

Os que hoje forem batizados serão iluminados e, ao serem iluminados, converter-se-ão.

Os que hoje forem ungidos receberão a Graça que tanto esperam, mas por ela deverão orar.

Pai, que Te fizeste pequeno para que o mundo Te compreendesse e, assim, pudesses ingressar na essência dos Teus filhos a fim de que Te vivificassem e exaltassem o Teu Nome para sempre, à mesa destes Meus novos apóstolos, hoje volto a declarar-Te, mediante esta fórmula sagrada, que Tu ditaste ao humilde Coração do Teu Amado Filho.

Que escutem os mundos internos o que hoje declara o seu Rei e Senhor do Universo.

Peço-lhes que tomem e comam todos d'Ele, porque este é o Meu Corpo, que foi entregue pelos homens para o perdão e a remissão dos pecados.

Meu Senhor e Meu Jesus, que as almas da Terra escutem a Voz do seu Mestre e Senhor, o Cristo Vivo, que lhes diz: Tomem e bebam todos d'Ele, porque este é Meu Sangue, que foi derramado pelos homens para o perdão dos pecados.

Peço-lhes que, pelos tempos que virão e os acontecimentos que chegarão, façam isso em Minha memória, a fim de que a Paz e a Misericórdia de Deus estejam presentes no planeta.

Senhor Meu e Deus Meu, este é O que deu a vida por todos e que ressuscitou para voltar ao mundo em espírito e divindade, a fim de transfigurar a Terra em uma humanidade redimida.

Pai Nosso...

E como disse aos Meus apóstolos, Minha Paz lhes deixo e lhes dou Minha Paz, porque sempre o Seu Mestre e Senhor olhará a fé dos membros da Sua Igreja Celestial, a fim de que tudo seja reparado e a humanidade seja curada da sua enfermidade espiritual.

Que esta Paz seja levada ao Egito e aos lugares que foram encomendados por seu Mestre e Senhor e por sua dulcíssima Mãe, a Santíssima Virgem Maria, para que os Seus Corações de Serviço e de Humildade, de Amor e de Esperança, cheguem a todo o mundo. Amém

Deem-se agora a paz.

Que a paz repovoe a Terra de esperança, e que a esperança renove os corações que aspiram a alcançar a Misericórdia de Deus.

Com as vozes dos seus corações, hoje desejo expandir, por meio de uma canção, a chuva de amor em todo o planeta, dando a bênção ao mundo em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Agradeço-lhes por estarem Comigo na simplicidade do coração e da vida.

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Filho Meu,

Imagine, por um instante, as três quartas partes do mundo nos dias de escuridão; porque, em verdade, o que o mundo está provocando é atrair mais escuridão para a Terra.

Muitos pensam que o sol se ocultará por três dias, mas, em verdade, se as nações não deixarem de provocar as guerras e, sobretudo, não deixarem de promovê-las como se fosse a última moda destes tempos, situações piores sucederão, coisas que ninguém jamais esperaria; diria, resultados violentos.

Hoje um anjo de Deus retira um espinho doloroso do Meu Coração Imaculado e, embora as orações pelas nações sejam permanentes e isso proteja a América do Sul, por outro lado, Meu adversário conquista cada vez mais o poder e a ostentação dos seus aliados na Terra.

Se as armas não deixarem de ser ativadas, como disse uma vez em Fátima, uma terceira guerra, pior, se desencadeará da noite para o dia.

Essa possível escuridão, que poderia reinar no planeta e ocultar suas três quartas partes, seria o efeito das armas químicas, gasosas e bélicas; algo sem precedente.

O efeito da autodestruição de uma parte da humanidade seria tão violento que depois que os provocadores das guerras ativassem suas armas, tarde se dariam conta de que o poder lhes escapara das suas mãos, não podendo deter os efeitos e as consequências.

Hoje, através da dor do Meu Coração, trago esta realidade para que por todos os meios, ofertas e sacrifícios, seja evitada.

Torne a imaginar o planeta submerso em uma escuridão provocada pelo efeito nocivo das armas nucleares.

Os homens, por seus interesses, estão brincando com a humanidade. E apesar de que a promessa do retorno de Cristo se cumprirá, ainda falta atravessar o momento mais definitivo da raça; e esse momento está para suceder.

Enquanto isso, não deixem de rezar, porque assim sua Mãe Celeste seguirá obrando no plano espiritual, contra o Seu adversário, para retirar das mentes débeis a ideia da ativação das armas.

Agora chegou o momento de, mais do que nunca, unirem-se aos seus anjos da guarda, para que sua vida espiritual esteja protegida da repercussão invasiva que  a guerra no Oriente Médio está gerando.

Essa é a razão pela qual sua Mãe Celeste deseja chegar logo ao hemisfério Norte, não só para intervir nos que provocam as guerras, mas também para proteger os milhões de almas europeias, que seriam testemunhas de uma destruição sem limites, como efeito do que seus representantes fazem no  Oriente Médio.

Por isso durmam e restaurem a consciência, mas sempre tenham uma parte de seus seres bem desperta, porque, de forma inesperada, tudo pode se desencadear.

Rezem ainda mais – de coração – para que sua Mãe Celeste e todos os anjos possam interceder e evitar desastres irreparáveis.

Enquanto Meu Coração dói, sustento-Me com as orações amorosas dos que se  unem a Mim neste ciclo difícil.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz  
 

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Queridos filhos,

Venho pedir-lhes especialmente que formem um grupo de oração e rezem pela Síria, para que a Misericórdia de Deus intervenha o quanto antes possível.

Para isso, peço-lhes que unam à oração regular pela Venezuela a Síria, já que ambas as nações vivem coisas semelhantes entre si.

Desta vez, a Síria e seu povo inocente são objeto de mais guerras e caos expandido por todos os lugares dessa região.

Peço-lhes, filhos, que esta oração seja feita na língua nativa desse país, para que os anjos do Céu possam intervir mais pelas almas inocentes, que neste tempo tentam sobreviver nessa  confusa realidade.

Assim como fizeram com outras nações do mundo, agora, filhos, oferecerão a metade de um mistério do Rosário no idioma da Síria e a outra metade em espanhol, para que assim as duas nações, apesar do caos reinante nelas, possam ser consideradas prioritárias para a intervenção divina.

Agradeço que respondam a este pedido, porque outras nações do mundo estão aproveitando-se da guerra para continuar instalando o medo e o horror. Em verdade, essas nações que incitam e provocam as guerras não sabem que o retorno da Lei lhes será muito duro.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NA CIDADE DE LISBOA, PORTUGAL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS, DURANTE O SAGRADO CHAMADO

Hoje a África palpita em Meu Coração Misericordioso. E faço isso por todos os que a ofenderam, os que a maltrataram, os que a colonizaram e que abriram portas incertas para a perdição das almas.

Mas hoje não venho falar-lhes dos abismos, senão da pureza infinita que existe em cada filho Meu da África, a que através dos tempos tenho venerado e contemplado com amor.

Por isso, chegou a hora e o momento de que seu Rei retorne à África, para fechar as últimas portas e fazer descer os Céus e os Universos e pôr fim ao sofrimento humano.

Meu Sangue também foi derramado por eles, para gerar em suas almas a salvação e a liberação de todos os abismos da Terra. É com esse fim que hoje trago entre Minhas Mãos o Santo Graal, para entregar-lhes Meu divino Sangue, para que comunguem dele e ponham fim ao sofrimento, à falta de esperança, à aflição e à dor humana.

Hoje venho verter Meu Sangue sobre a África. Dessa forma, verto Meu Sangue sobre Portugal e Europa, para por fim às discórdias humanas, à exploração destes tempos, à indignação que sentem as crianças e os jovens da África, ao serem maltratados através dos tempos e dos anos.

Hoje venho abrir Meus Braços e estender Minhas Mãos por um continente doloroso e sofrido. Venho oferecer Meu Sagrado Coração como expiação universal por todas as causas sucedidas no continente africano através das últimas décadas.

Venho doar a Luz de Meu Espírito e de Minha Divindade. Meu Coração regozija-se hoje por ter recebido, em Seu Altar, uma humilde cesta de intenções e súplicas. Quero, dessa forma, que Meus filhos menores da África tenham a total certeza e segurança de que seu Rei está derramando sobre eles Sua divina e infinita Misericórdia.

Dessa forma, quando Eu chegar à África no próximo tempo, voltarei a consagrá-la ao Imaculado Coração de Maria, porque devemos, companheiros, dar graças a essa grande Consciência Maternal e Universal, que gerou os meios e as condições espirituais para que Meu Sagrado Coração também triunfe na África, finalmente.

Venho colocar o bálsamo de Minha Cura em cada coração africano, selar os males, as dores e os sofrimentos gerados pelos corações da Europa naquele continente tão ferido.

Venho pedir para toda Europa que rezem, todos os dias de joelhos, um Pai-Nosso pela reconsagração da África ao Meu Sagrado Coração. Dessa forma, queridos companheiros, vocês, que são daqui, da Europa, e todas as almas do mundo inteiro, que conhecem a adversidade que vive o continente africano, gerada por outras nações e povos, que abrirão as portas com suas orações e corações, para que Minha Vitória Celestial possa descer sobre esse continente e sobre todas as nações.

Hoje venho oferecer este Cálice, este Sagrado Graal, pelos inocentes, pelas vítimas da exploração, do martírio e da aniquilação.

Hoje verte-se Meu Sangue espiritual, os códigos de vida e de renovação, como um grande afluente, como um inesgotável manancial, sobre todas essas almas que mais necessitam. Aqui encontra-se uma história de vida, almas que pertencem ao Projeto de Deus e que estão tentando, nestes tempos de crises, viver a esperança.

Desejo que cada um dos europeus assuma, espiritual e materialmente, cada uma destas “crianças”. Digo “crianças”, em português, porque essa missão é especialmente para os portugueses, para os que estão aqui e os que não estão aqui. Quero ser claro e que possam compreender a importância de cumprir esse pedido para seu Mestre e Senhor do Universo.

Em cada uma destas intenções, como em cada uma destas fotos, guarda-se uma história, um passado que deve ser redimido, renovado e restaurado por Meu Sagrado Coração e todas as súplicas dos que unem-se a Mim, nesta missão de gerar, no final dos tempos, a cura, o amor e a unidade em todas as almas da África, especialmente pelas almas que estão nesta cesta, suplicando, ao Meu Misericordioso Coração, a intercessão divina do Pai Celestial, que hoje concedo pela autoridade que Ele Me deu, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Aqui há cento e vinte e oito essências que se ofereceram para encarnar na África, para que a humanidade aprendesse sobre o sofrimento alheio, sobre a dor humana, sobre a tortura, a exploração e a indiferença.

Desejo que todos os corações do mundo não esqueçam Minha amada África e olhem para ela, porque ainda segue sofrendo silenciosamente.

O motivo desta peregrinação na Europa não é somente por suas almas e corações, que tanto já receberam, mas para que seus espíritos e suas consciências se unam ao Meu Apostolado universal e para que vão de dois em dois, ajudar os que mais necessitam, assim como os Reinos da Natureza.

Neste momento sagrado, onde Adonai escuta a súplica de Seu amado Filho e as intenções dos corações simples, seu Mestre e Senhor orará por cada uma destas almas, em representação de todas as almas da África e do Oriente Médio.

Escutamos agora “Assim falou o Mestre”.

Colocamos nossa mão esquerda sobre o coração, sobre o peito.


Pai, Adonai, Eli, Yahve, Tu que gerou a vida, volta a dá-la a Tuas criaturas, para que possam vivificar-Te e sentir-Te no mais profundo de seus espíritos.

Eli, escuta a Voz de Teu Filho, que suplica por Sua amada África. Dissipa os sofrimentos. Apaga dos corações as angústias. Acende nos menores a esperança de seguir vivendo-Te até o fim de seus dias.

Que Teus anjos desçam, Eli. Eli é Teu Nome Santo, Teu Nome Santo para toda África, para Teu amado povo, marcado pelas feridas e vestígios da perseguição.

Hoje retorno a esse povo, Eli. Hoje retorno à origem, onde tudo começou neste planeta; ao lugar onde despontou Tua primeira civilização de amor, de serviço e de entrega, ao verter sobre eles Teus Códigos divinos.

Que as almas recuperem a confiança de poder viver. Que tudo seja curado, para que nenhuma célula e nenhum corpo sintam o sofrimento, tampouco sintam a dor, nem percam a fé de crer em Ti.

Assim come pedistes a Moisés para que cuidasse de Teu Povo, hoje escuto Tua Voz, Eli, amado Pai; cuido de Teus rebanhos, para que as sementes da vida, da regeneração, sejam semeadas nas almas que foram submetidas pelo castigo humano, pela exploração, nestes tempos.

Que Tua Fonte de Amor e de Luz desça sobre eles. Que todos recuperem a alegria de poder sentir-Te e que vivam na plenitude de Teu poderoso Espírito, Adonai.

Adonai Manu, Pai, escuta a voz de Teu Povo.

Adonai Elah, que se cumpra Tua Vontade.

Eli, Eli, Eli, que tudo seja consumado, para que a humanidade, que está sofrendo, alcance a paz. Amém.


Estas intenções e estas fotos voltarão àqueles aos quais pertencem. Eu as levarei até Angola, para entregá-las a cada um deles e, assim, entregar-lhes Meu mais profundo abraço de amor.

Que assim seja.

E agora, em honra à Santíssima Mãe do Céu, Advogada de vocês, Intercessora das almas e Mediadora de todos os corações, em ação de graças, gratidão, reverência e devoção, e para a consagração destes elementos, que se tornarão o Corpo e o Sangue de Cristo, hoje lhes pedirei que chamem e invoquem Nossa Senhora de Kibeho.

Escuto-os.

E assim Eu os levo à Minha Paz, porque na Paz de Deus tudo se realiza. Na Paz, pode-se viver a vida eterna, a renovação e a fé em todos os corações que creem em Meu Sagrado Coração.

Que o bem e o amor reinem. Que a humanidade viva o Projeto de Deus. Que os Reinos da Natureza sejam curados e que todas as essências deste mundo alcancem a redenção, para que quando Eu retorne em Glória, todos vivamos a alegria do Paraíso. Amém.

Agradeço a todos os que levarão a África em seus corações, para que se cumpram Meus Desígnios, e Minha Misericórdia, que é a Misericórdia de vosso Deus, expanda-se no mundo inteiro.

Que assim seja, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Sigamos cantando, porque hoje seu amado Filho levará à sua amada Serva, Mãe e Senhora do Céu, as súplicas de todos os que invocaram pela África.

Agradeço-lhes. Amém.

Aparições extraordinárias
APARIÇÃO EXTRAORDINÁRIA DA VIRGEM MARIA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AOS VIDENTES FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS E IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús transmite as Palavras da Virgem Maria:

Queridos filhos, repartam uma rosa para cada missionário e depois lhes direi o que é que Eu mais quero.

Oremos enquanto espero:

  Oração à Divina Senhora

Pela Luz que derramou Teu Imaculado Coração,
que converteu os corações do mundo,
Divina Senhora, roga por nós.
Amém.


Esta rosa representa, queridos filhos, uma oferta para o Céu.

E agora peço a cada missionário que, com a rosa sobre seu peito, sentindo-a em seu coração, ofereça-Me em silêncio esta rosa por uma alma conhecida no Oriente Médio e que necessita de Minha ajuda extraordinária, de Minha intercessão divina. Escuto-os no silêncio do coração.

Depois desta oferta, façamos o sinal da cruz por três vezes.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Universos sublimes, próximos do Meu Coração, aproximam-se de suas vidas, filhos missionários, para poder resgatar as almas que mais necessitam da ajuda de Deus

Neste momento peço-lhes, queridos filhos missionários, que, no silêncio de seus corações e na união de suas mentes, façam uma síntese de tudo que viveram, porque Deus, seu Senhor, ensinou algo a cada um, renovou-os espiritualmente, mostrou-lhes o sofrimento do mundo, a indignação humana, a perseguição, a morte e o caos.

Mas Eu lhes mostrei, filhos Meus, como, através do amor, o amor que praticaram seus corações pelos mais sofridos, tudo pode transformar-se.

Que esta expansão do amor vivido por vocês, sob a intercessão de Meu Filho Amado, possa continuar sendo fecundada em suas vidas, para que se multipliquem naqueles que devem despertar ao serviço superior pela humanidade.

Nesta noite de Graças, nesta noite de Misericórdia e de Piedade, Minha Mensagem, queridos filhos, é de infinita gratidão celestial por seu esforço e sua perseverança em Meus Planos; porque isso, queridos filhos, tocou o Coração de Deus Pai. Seu Coração se comoveu pela sua simples oferta de doar-se, dia a dia, aos demais.

Aprenderam, queridos filhos, os ensinamentos da Sagrada Família. Cada uma dessas essências, cada um dos atributos dos Sagrados Corações estiveram presentes durante todos os dias da missão e, apesar do cansaço e da dor, Meu Coração Imaculado e Meus braços maternais nunca deixaram de abraçá-los, porque sei, queridos filhos, que é importante para cada filho Meu sentir-se nos braços de Maria.

O triunfo de Meu Coração Imaculado se deu em cada um dos corações que vocês ajudaram. Uma semente de luz foi semeada nessas consciências para que elas pudessem despertar mais outras consciências que, escapando da guerra e da perseguição, necessitarão encontrar a essência de Minha Paz, sem religião e sem credo, a Paz universal do Universo Maior e dos Universos Sublimes que devem descer, nesta hora crucial, para todos os corações da Terra.

Mas a guerra ainda não terminou e nem as decapitações. As almas ainda continuam sofrendo também em vários lugares do planeta. Por isso, as missões continuarão para que a humanidade se comova, para que a humanidade desperte ao verdadeiro serviço que deve prestar nestes tempos finais.

Cada filho Meu, cada um de vocês, presente neste lugar, tem uma peça entre suas mãos que provém de seu coração para poder armar este Plano perfeito de Deus, para concretizar este Projeto Divino nesta raça ainda não redimida

Queridos filhos, agora que vocês Me entregaram uma alma do Oriente Médio em Meus braços, muitas almas mais chegarão às suas vidas através das missões, buscando esse impulso de paz que seus corações guardam.

A verdadeira missão, filhos Meus, foi realizada entre vocês e Meu Coração. Deus Altíssimo concedeu a Graça à sua Mãe Celeste para que os acompanhe nesta nova missão à Turquia e à Grécia. Mas desta vez Eu irei com São José, para que dois Corações poderosos como os Nossos possam triunfar em muitas mais almas necessitadas.

 

Irmã Lucía de Jesús transmite as Palavras da Virgem Maria:

Filhos Meus, muitos se perguntam porque recebo com tanto Amor os Meus filhos missionários. Porque quero que o mundo contemple a Graça de Deus que descende à Terra quando um coração pode servir de forma pura, independente do ato de serviço; porque não são as grandes ações, Meus amados, o que conta na balança celestial. 

O que realmente equilibra as dívidas deste mundo é o amor com que os corações servem, o amor com que se dispõem a servir a Deus, a cumprir Seu Plano, independentemente de compreendê-lo ou não. Porque os Meus filhos missionários muitas vezes não entendiam como, com ações tão simples, Meu Coração resgatava tantas almas.

Mas assim o é, filhos Meus, porque vivem outra Lei e para que compreendam o potencial do amor no coração humano, que compreendam, através das missões humanitárias, o poder que vocês têm guardado em seus corações, quando eles se unem ao Coração de Deus. Dessa forma, despertem para a unidade absoluta com o Criador. 

Que muitos mais de Meus filhos no mundo possam despertar para o espírito missionário; que encontrem a necessidade ao seu lado, que sirvam a todos os que os rodeiam, que percam o medo, filhos Meus, de estar entre os pobres, entre os desamparados de espírito, entre aqueles que mais necessitam receber a Minha Paz e a Redenção que trago entre Meus braços, como uma Graça concedida por Meu Filho para os corações do mundo.

Espero que, através deste exemplo que hoje trago neste altar, com tanto amor preparado para Mim, que todas as almas que Me escutam despertem para o verdadeiro serviço que este planeta lhes oferece, que é cumprir com a missão de cada um, para que assim, filhos Meus, o Plano do Criador se cumpra.

Que despertem os missionários internos, aqueles que se dispõem a servir sem hora, sem dia, sem cansaço, apesar das debilidades do corpo, porque sabem que Meu Coração os sustentará e se valerá também do esforço para que superem as próprias dificuldades, inclusive físicas, para resgatar ainda mais almas.

Porque quanto mais expandem o amor em seus corações, quanto mais superam a si mesmos por amor ao próximo, e sobretudo por amor a Deus, uma maior porta celestial se abre nos céus desta Terra para retirar dos infernos e dos abismos do planeta as tantas almas que ainda padecem pelo Meu adversário.

Filhos queridos, Minha alegria é infinita, e quisera transmiti-la a seus corações. Quisera transmitir também a gratidão que sinto, para que também vocês possam ser agradecidos diante de Deus por tudo quanto o Criador lhes concedeu ao longo dos últimos anos. 

Que a gratidão, filhos Meus, os impulsione à reverência; que a gratidão os impulsione à entrega permanente de suas vidas, à oração constante, ao serviço abnegado, porque isso espero, Meus amados, daqueles que Me escutam com o coração.


Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús transmite as Palavras da Virgem Maria:

Queridos filhos, Minha alegria também é por causa da cesta de intenções dos filhos do Oriente Médio que vocês trouxeram. Hoje as irradiarei e orarei por cada uma delas.

Neste momento, unamo-nos a Deus, a Seus Nomes Sagrados. Cantemos ao Criador Seus Nomes Sagrados.

Neste momento, Meu Coração Imaculado eleva ao Céu os mil que se afundaram nos mares, buscando uma saída, uma esperança, uma possibilidade.

Neste momento, Meu Coração Espiritual acolhe as pequenas crianças do Oriente Médio, órfãs, sem pais e sem mães, para que Deus conceda-lhes uma nova vida.

Neste momento, Meu Coração Puríssimo e Santo consola as mães do Oriente Médio, cansadas de tanto caminhar pelos desertos com sede e fome, buscando uma nova vida. Meu Coração as consola, Minha Alma as enaltece em nome do Senhor.

Neste momento, Meu Coração Misericordioso acolhe todos os homens enfermos, idosos e jovens que escapam da guerra para outras nações, que não descansam, que não param de caminhar, buscando a Luz do infinito. 

Tudo isso é possível, filhos Meus, e foi possível pela missão à Turquia, por haverem dito sim ao Meu chamado, à Minha convocação universal; e apesar de que o mal ainda está no mundo e que a guerra não terminou, tenham certeza, filhos Meus, que Meu Imaculado Coração triunfará. Amém

Agora, chamo os que se consagrarão como Filhos de Maria, porque são outra parte de Minha Obra de Redenção, são parte de Minhas mãos, de Minhas mãos de trabalho e de serviço pela humanidade.

Que venham aqui para a bênção, antes de que Eu Me eleve ao Céu.

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Podemos pôr-nos de pé.

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús transmite as Palavras da Virgem Maria:

Vamos agradecer a Deus, queridos filhos, porque suas vidas podem conhecer a paz, porque suas vidas estão neste Sagrado Centro Espiritual, enquanto milhões de almas buscam uma saída e escapam do terror.

Não faltará oportunidade, filhos Meus, de que seus irmãos, os missionários da paz, expressem o que sentiram no profundo de seus corações, porque Deus deixou um sinal evidente em cada um deles, um ensinamento, uma experiência, um dom que será inapagável sempre e quando cuidarem dele, assim como Eu cuido deles todos os dias da vida. Assim, Eu cuido de todos os Filhos de Maria nos quatro cantos da Terra.

Dessa forma, queridos filhos, preparamo-nos para o Encontro dos Filhos de Maria, a partir deste dia santo, em que sua Mãe Celeste celebra esta comunhão perpétua com o Altíssimo, com cada um de Seus filhos presentes neste lugar e em qualquer parte do mundo.

Os exércitos da Luz são os Filhos de Maria, estrelas de Luz presentes na Terra que nunca poderão apagar-se. Pois em verdade lhes digo, filhos Meus, que cada um viverá sua transição, seu Armagedom interior, sua purificação espiritual, mental e física.

Não posso mentir para vocês, filhos Meus. Para que nasça a Nova Raça e surja a Nova Humanidade no continente americano, vocês devem ajudar-Me para que a Terra inteira e toda a humanidade cruze, com o maior alívio possível, este portal para a Nova Humanidade. Essa é a tarefa dos Filhos de Maria, orar pela Nova Humanidade, orar pelos Reinos da Natureza, dos quais nunca devem esquecer porque eles também sofrem as consequências do ser humano.

Por todas estas Graças que hoje derramo, abrindo Meus braços para vocês, estendendo Minhas mãos para cada um de seus corações, sob a autoridade divina que Me concedeu o Pai do Universo, renovemos nossos votos, digamos sim ao chamado do universo, à existência da vida superior e à concretização do Plano Divino em cada um dos corações da Terra.

Diante da Presença de Meu Filho Amado e de São José Castíssimo, Eu os abençoo e os consagro como filhos do Meu Imaculado Coração em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Filhos Meus, quisera, antes de partir deste lugar, que um sacerdote Me trouxesse óleo para consagrar, pois desejo fazer uma bênção em cada um dos missionários, sinal luminoso da Cruz, invencível e poderosa nestes tempos.

Enquanto isso, queridos filhos, cantem-Me o “Hino dos Filhos de Maria” para que faça eco no Oriente Médio.

Assim como Jesus lavava os pés de Seus apóstolos e discípulos, assim Eu os unjo com o óleo da vida, o óleo da consagração, o óleo do amor e da unidade com Deus.

Assim como Eu ungi o Corpo de Meu Filho quando Ele ingressou no sepulcro, preparando Sua gloriosa Ressurreição, assim Eu santifico seus corações e entrego dons às suas almas para que possam seguir adiante, trabalhando em nome da fé.

Eu lhes agradeço por terem respondido ao Meu chamado.

Abençoo-os, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Enquanto Me elevo, cantem o “Hino dos Filhos de Maria”. 

APARIÇÃO DE CRISTO JESUS DURANTE O SAGRADO CHAMADO, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Abram seus olhos para o Universo e vejam-Me vir entre as nuvens.

Eu Sou Seu Irmão, Sou o Filho de Deus, Aquele que, sentado à mesa com vocês, compartilhou o pão e o vinho para dar ao mundo o testemunho da Vida Crística.

Hoje, venho também de um lugar no mundo onde há muita dor, onde não há sossego nem calma. Mas também lhes trago o Reino dos Céus, para que o compartilhem com seus irmãos e com todos os que virão depois de vocês, quando se passarem muitos anos.

Já está escrito nos corações de Meus servos tudo o que Eu fiz aqui. Quantas vezes os convidei para que se transformassem e vivessem em Minha Paz! Pois quem Me segue vive desafios e provas, mas no final alcançará a vida eterna, a união eterna com Deus e com Seus mundos sutis.

Não deixo de observá-los e de vê-los com Meus Olhos de bondade, de regozijo e de calma, apesar do que vejo no mundo. Confio nos que Me seguem, que são fiéis aos meus desígnios, na simplicidade da vida, na caridade das coisas, na entrega absoluta das suas almas ao Reino de Deus.

Não busco guerreiros, mas almas valentes que se animem a dar testemunho de Minha Presença nos corações de todos. Porque eu provenho do Amor, e o amor está em todas as coisas. Se o amor está em vocês, os demais podem vê-lo e, se os demais podem ver o amor, também poderão senti-lo. Esse amor os unirá e não deixará que as barreiras da condição humana, do falso poder e da falsa conquista os separem.

Eu lhes ensinei Meu Caminho, o caminho do amor. O amor que persiste, o amor que é constante, o amor que vive pelos demais e que se expressa na humildade das coisas. Esse é o amor que agora falta ao mundo, e vocês devem viver esse amor. Assim como Eu ensinei aos apóstolos, também hoje lhes ensino. Não importa quantas vezes caiam ao Meu Lado: o que importa é que vivam em Meu Amor que confia, que é cristalino e puro.

Se Eu estou aqui não é por casualidade. Eu venho buscar algo que ainda a humanidade tem em seu interior, para que não se perca. Venho instituir uma Lei que provém do Reino de Meu Pai e que a todos salvará nesta hora crucial.

Como lhes disse no princípio, venho de um lugar onde há muita dor e onde a cura ainda não é suficiente, porque os curadores não são a maioria, aqueles que curam com o coração, com o amor, com a caridade. Mas se suas orações forem persistentes, assim como as orações de todos os seus irmãos que hoje Me escutam com sinceridade nos quatro pontos deste planeta, logo o mal será extirpado e a humanidade será reconstruída pela Verdade e não destruída pela guerra.

Na hora mais tenebrosa que o mundo está atravessando, necessito de que seus corações não se apaguem, mas reafirmem todos os dias a vivência desse amor, que os move, que os impulsiona a concretizar as metas, assim como se move o Universo.

Neste lugar do qual hoje provenho existe o sofrimento, a pena de morte, o martírio e a desolação. Venho do lugar onde uma vez Eu estive entre vocês e lhes preguei o Reino de Deus, para que todas as almas, por meio de Minha Paixão, de Minha Morte e de Minha Ressurreição, pudessem encontrar-Me através dos tempos. Eu venho do Oriente Médio, onde a batalha ainda não terminou, e essa batalha já não é só material, mas espiritual.

Meus Anjos resplandecentes trabalham dia e noite para salvar as almas. Os Sagrados Corações se comprometeram a dar Seus últimos suspiros até que a última alma esteja em Nossos Braços, para que possa ressuscitar no Reino dos Céus e na nova vida espiritual que Nós lhes doamos com todo o Nosso Amor.

Companheiros de toda a humanidade, filhos orantes, ouvintes de Minha Palavra Redentora e de Meu Impulso de Amor Crístico, não se detenham: orem, adorem, comunguem, perdoem e amem. Isso é somente o que lhes peço neste momento crucial e é só o que posso fazer por vocês antes de Meu Retorno ao mundo, quando Eu regressar em Glória entre as nuvens, os sóis e as estrelas.

Nada ficará como está. A Terra se dividirá em duas partes: Oriente e Ocidente. O joio será separado do trigo e nunca mais nada será igual para aqueles que tenham tido plena fé até os últimos dias dos tempos finais.

Venho hoje para abrir seus olhos para o Universo – os olhos de suas almas e de seus corações –, porque é o único lugar para o qual poderão olhar entre tanta escuridão planetária.

Ainda existem lugares no mundo que são refúgios de oração. São Núcleos de Luz para as almas e isso tampouco poderá ser apagado pela ação de alguns.

Necessito de que seus corações estejam o tempo todo em Meu Coração, para que sintam o que é verdadeiro e o que é falso. Venho estabelecer, nesta hora, um propósito infinito, um caminho para Meus seguidores, caminho que ainda estará cheio de provas e de desafios, porque vocês firmaram seus compromissos Comigo em tempos passados e agora é hora de vocês responderem.

Coisas incríveis serão vistas, mas também tenebrosas. Esse será o momento em que seus corações deverão ser misericordiosos e pacificadores. Será o momento em que o temor deverá ser transformado em luz; o terror, em amor; o medo, em alegria. Ainda que não o creiam, é possível.

Não deixo de olhar, nos desertos do Oriente Médio, aqueles que se cansam de tanto caminhar e de não poder sobreviver – pela fome, pela sede, pela enfermidade ou pela angústia. Socorremos todos eles e os resgatamos ao plano em que podemos trabalhar com todas as almas.

Companheiros, há uma parte que corresponde à humanidade. É a humanidade que deve assumi-la e ainda não é a maioria, porque ela está muito adormecida e não despertou ao Chamado de Deus.

O relógio já passou de seu tempo. As realidades se aproximam cada vez mais deste planeta. Por isso, o refúgio para todos será Nossos Sagrados Corações. A fraternidade e a fé entre as almas os farão invencíveis, não por se sentirem orgulhosos ou seguros, mas por serem verdadeiros e simples aos Olhos de Deus.

Ninguém perderá a oportunidade de despertar, companheiros. Por isso, não se preocupem. Deus já viu isso desde o princípio, para cada um dos corações da Terra. Mas o mundo não conhece a purificação e sabemos que teme essa purificação. Mas se seus corações fizerem o que Eu lhes peço, serão purificados e não perderão a confiança. Não estarão carentes de amor e tampouco de humildade, porque Eu os manterei unidos ao Meu Pai pelas Minhas Mãos, que hoje se oferecem a vocês para tocar seus rostos, olhá-los nos olhos e dizer a cada um: “Siga-Me, confie em Mim; nunca lhe falharei”.

Se Eu morri por você, por que você não morrerá por Mim? Acaso teme o que Eu lhe peço? Solte sua insegurança e abrace Minha Plenitude. Sinta Meu Amor, sinta Meu Coração e será plenificado em todas as coisas.

Se Eu Sou o Amor pulsante do Universo, por que você não se arrisca a estar em Mim e Eu em você? Espero há tanto tempo que o faça e seja Meu servo, Meu apóstolo do tempo final. Porque, na última hora, quando sua vida expirar, você vai querer morrer em Meus Braços e nascer para a vida eterna, que se vive no Paraíso e onde é sempre o Eterno Presente?

Receba Meu Chamado com compaixão e abrace Minha convocatória. Escute o Coração de Seu Mestre e não perca suas forças, porque Eu lhe darei as forças internas, que não sairão de você.

Se o Filho vive em Seu Pai Eterno, o Pai Eterno vive em Seu Filho e Suas criaturas vivem no Coração do Redentor. E se Suas criaturas vivem no Coração do Mestre, tudo estará feito para estes tempos.

Desperto apóstolos para que sirvam na transição planetária. Desperto almas para que orem Comigo e não se cansem de fazê-lo.

Se Eu estou aqui, é porque os amo e é porque os conheço do princípio ao fim.

Minha gratidão infinita aos missionários na Turquia, porque viram Meu Rosto mais de duas vezes nos rostos e nos corações desesperados que buscam a Luz para encontrar a Paz. Eu passei por eles muitas vezes, nesta missão, e de muitas formas apresentei-Me, para que Me reconhecessem no doente, na solidão da criança, no desespero de uma mãe, na aflição do idoso, na desolação dos homens.

Me preenchi com o amor de cada um dos missionários, porque, até agora, confiaram em tudo o que Minha Mãe lhes disse, palavra por palavra. Quero glorificar seus espíritos e quero que vejam neles, em cada um dos missionários, a glorificação da alma e do espírito que serve a Deus em plenitude e em verdade, sem tempo e sem hora. Companheiros, vocês também podem fazê-lo. Podem vivificar seus espíritos da noite para a manhã e em cada novo amanhecer.

A essência de toda esta Obra é o amor em tudo o que se faz. Isso salvará o mundo, pelo menos uma parte da humanidade. E, assim, Eu poderei dizer que Me compreenderam ao longo destes últimos tempos, que compartilharam Comigo esta convocação para a Redenção.

Sob os Raios luminosos de Minha Graça, Eu abençoo todos os missionários que, na fé, entregam suas vidas por Mim e pelas almas.

Com a Autoridade e a Glória do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Amém.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Da mesma forma como o inimigo tenta enfraquecer as diferentes religiões no Oriente Médio e mistura interesses econômicos e de poder com conflitos religiosos para que a humanidade não queira mais religar-se com Deus, assim também o inimigo enfraquece o papel da consciência indígena no mundo, colocando os povos originários diante das chamadas “tecnologias”.

O adversário de Deus tenta imprimir na consciência humana a ideia de que os povos indígenas são primitivos e que, assim sendo, atrasam a evolução do planeta em geral.

Estejam atentos, porque este é um pensamento destrutivo e que os desvia dos Planos de Deus!

Como já lhes disse anteriormente, os povos originários que se mantiveram fiéis ao princípio puro de sua existência são guardiães de atributos primordiais do espírito para o desenvolvimento da humanidade.

Os indígenas se movem e agem com base na intuição, na sabedoria, no sentir do coração, na união com a natureza, na reverência ao sagrado. Imaginem o ser humano sem esses atributos espirituais! Perderia sua vida, sua essência, seu vínculo com Deus.

Que a missão no Chaco não seja apenas para prestar um serviço, mas que também vocês se permitam viver uma troca mútua: proteger, amparar e auxiliar aqueles que os mantêm espiritualmente unidos à Sabedoria de Deus.

Estas duas missões, tanto para o Oriente Médio quanto para o Chaco, devem renovar os princípios da fé, da fraternidade e da unidade no coração humano. Todo serviço, toda oração e toda libertação devem ter esse propósito, porque, com fé, fraternidade e unidade, o coração poderá um dia conhecer o amor.

Estejam em uma postura de muita humildade, porque tanto em uma missão quanto na outra, apesar de terem muitos recursos para ajudar, ao se colocarem em uma postura de aprender, além de auxiliar em grandes processos de libertação espiritual, vocês trarão na consciência muitos códigos de amadurecimento e sabedoria.

A humildade é a chave do serviço. Aquele que serve com a intenção de ser uma ponte entre Deus e a humanidade, transcendendo suas expectativas e aspirações, cumprirá com o Propósito do Senhor, não apenas para a sua meta de serviço, mas também para a própria transformação e a transformação da consciência humana em seu conjunto.

Eu os amo e, em onipresença, acompanho tanto as duas missões como todos os seres orantes que as amparam. Que tudo seja pelo cumprimento dos Planos de Deus.

Que a paz e o amor se estabeleçam no mundo.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Enquanto o inimigo tenta fortalecer a ânsia de poder material e a discórdia entre as nações e as diferentes reli­giões do mundo, que aqueles que ainda estão lúcidos e firmes na aspiração a seguir o Propósito Divino fortaleçam a convicção de que o único Poder é o que vem de Deus e de que todas as religiões que conduzem ao Pai devem ser respeitadas.

Filhos,

Compreendam que o espírito desta próxima missão ao Oriente Médio, assim como ao Chaco, é a Unidade, a possibilidade de se unirem em amor e em respeito às diferentes culturas e formas de reverenciar a Deus, que é Único.

Se as almas caminham para Deus sob o espírito do Amor, da Fraternidade e da Unidade com o próximo, não importa a for­ma como trilham esse caminho, porque, quando chegar a hora, Deus mesmo unirá todas as trilhas por Ele abertas ao longo da existência humana, para fundi-las em um único destino, que é o Amor e a Unidade com Ele.

O mais importante neste momento é dar exemplo ao mundo da possibilidade de amor existente entre as diferentes religiões, culturas e nações. Não importa se os cristãos são perseguidos no Oriente Médio; o fato de os cristãos do Ocidente seguirem em auxílio daquele povo com a intenção de dissolver o ódio que se expande nos corações é para Deus um ato grandioso que equilibrará muitos males do planeta.

Assim como os missionários estão seguindo ao Oriente Médio, que todos os seres orantes do mundo os acompanhem com seus corações e se unam a este propósito de orar verdadeiramente para que as diferentes religiões se fortaleçam na essência de união com o Único Deus, que é o Deus do Amor e da Verdade.

Filhos, não permitam jamais que o inimigo alcance sua meta de destruir no coração humano a fé em suas religiões e a essência de todas elas. Que todas as religiões verdadeiras, que levam a Deus, possam manter a pureza e a essência vivas, para que sigam religando as almas ao Criador, assim como é o propósito da existência de cada uma delas.

Também em Chaco, na Argentina, vocês deverão aprender a religião do coração, que transcende as instituições e se baseia apenas no sentido verdadeiro da palavra: religar-se.

Que, pouco a pouco, o amor e o respeito sejam semeados na consciência humana. Essa é a Vontade de Deus para este tempo. Que, apesar das diferenças, haja unidade entre os seres. Que os diferentes caminhos sejam formas de conduzir as diferentes almas a um único propósito: o Amor e a Unidade com Deus.

Se aprenderem a dar a vida por seus amigos, a amar e a perdoar acima de todas as coisas, vocês estarão vivendo os Princípios Crísticos, mesmo dentro de outras religiões. É assim que a consciência alcança a cristificação, ainda que só chegue a com­preender a essência de sua experiência quando transcender o nível físico deste mundo.

Cristo está escondido na essência de todas as religiões verda­deiras, pois aquele que vive no Amor vive em Cristo.

Eu os amo e os abençoo.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Diante de tudo o que acontece no mundo, os Mensageiros de Deus estão tentando ensinar à humanidade como intervir em auxílio das almas.

Queridos companheiros,

Ao longo dos séculos de sua existência, quase sempre o homem respondeu às guerras gerando guerras maiores e tentou con­frontar o falso poder com o mesmo falso poder, sem perceber que é apenas o Poder que vem de Deus que pode equilibrar todas as coisas.

É aspiração divina que o planeta não seja indiferente ao que hoje acontece no Oriente Médio, mas não para que os homens reajam com guerras e respondam ao ódio que permeia os cora­ções das pessoas ali presentes enviando uma carga de ódio ainda maior.

Percebem que essa sempre foi a estratégia do inimigo? Gerar tamanha atrocidade nas cidades e tamanho desamor entre os homens para que o ódio se expandisse a todos os seres e todos respondessem com o mesmo nível de terrorismo.

No princípio de todo este caos, muitos se impressionavam com o grau de maldade do coração humano quando viam a forma como alguns homens torturavam e assassinavam o próximo, mas agora tamanho é o ódio que está se expandindo pelos cora­ções que aqueles que antes se impressionavam com essas ações hoje seriam capazes de fazer o mesmo com os ditos assassinos.

É por isso, filhos, que Deus os chama a despertar. Não se dei­xem influenciar pelo mal do mundo. Mantenham suas cons­ciências fixas no bem e seus corações unidos Àquele que foi, em silêncio, coroado de espinhos.

Nós os chamamos a reagir ao que acontece no mundo inteiro e, sobretudo, no Oriente Médio, não com ódio nem rancor, mas, sim, com amor absoluto.

Dissolvam o rancor de seus corações; aprendam a perdoar, nas pequenas coisas, aos que estão mais próximos. Aprendam a ser irmãos uns dos outros sob o espírito da unidade e da frater­nidade e vigiem a si mesmos cada vez com mais precisão, para que nem no pequeno nem no grande vocês sejam infiéis aos princípios de amor que elegeram viver.

Unam-se aos Mensageiros Divinos em uma grande corrente de amor pela humanidade. Sirvam, perdoem, reconciliem-se, amem, enviem ao mundo mensagens de paz e vivam essa paz. Sejam exemplo de um verdadeiro esforço por viver o bem e não se permitam mais se renderem ao ódio nem ao desamor, simplesmente pela incapacidade de ser humildes.

Abandonem o orgulho e a vontade de vencer os demais e de se sobressaírem com o próprio comportamento, porque são essas mesmas condutas, que se manifestam em seu dia a dia, que em maiores proporções geram as guerras e os conflitos do mundo.

É tempo de crescer para aprender a servir a Deus. É tempo de ser humilde, para que o seu orgulho não faça afundar o planeta, mais uma vez, no mar do caos e do mal.

Perseverem e vençam a si mesmos. Deixem de lado os códigos infantis e retrógrados de orgulho e arrogância e permitam que a Graça de viver em paz e fraternidade seja uma realidade em suas vidas.

Pela salvação da humanidade,

Seu amigo e instrutor,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Irmã Lucía de Jesús: Enquanto orávamos, vi São José no Oriente Médio, vestido como muçulmano e com um pano que lhe envolvia a cabeça. Andava pelo deserto acompanhando diferentes famílias que emigravam e colocava nos braços as crianças mais cansadas de caminhar. Depois, eu O vi em outras cidades grandes, ajudando as pessoas nas ruas ou ape­nas acompanhando-as, como alguém que simplesmente pas­sava por ali. Eu O vi também em diferentes aldeias indígenas e, quando apareceu, estava rodeado de crianças nativas que aparentavam ter entre três e oito anos de idade. Enquanto São José transmitia a mensagem diária, as crianças que O acompanhavam irradiavam espiritualmente luz às diferentes tribos indígenas do mundo.

Queridos companheiros em Cristo, missionários do amor nesta Terra com tanta necessidade de auxílio e de paz,

Hoje venho ao seu encontro com alegria, mas, também, com muito pesar no profundo de Meu Casto Coração.

Venho com alegria porque sabia que, chegando ao mundo, encontraria seres dispostos a estar Comigo onde quer que fosse necessário. E venho com pesar porque não posso ser indiferente a tudo o que acontece no mundo e também no universo, como repercussão dos acontecimentos na Terra.

Hoje não venho apenas do Oriente Médio. Venho de muitos lugares deste vasto planeta, onde posso caminhar além das fron­teiras, já que, para Mim, elas não existem. Venho, sobretudo, da região do Chaco, na Argentina, e também de outras aldeias e tribos de povos originários que a humanidade ainda desco­nhece. E não estou sozinho, pois trouxe ao encontro de vocês os pequenos que, dos Planos do Espírito, irradiam sua pureza aos seres humanos que têm a missão de seguir resguardando a presença da consciência indígena no planeta para que a pureza e a simplicidade não desapareçam do coração humano.

Muitos pensam que não seria necessário realizar duas missões ao mesmo tempo e elucubram, imaginando a razão pela qual pedimos uma missão ao Chaco, já que os missionários já estão indo para tão longe, ao Oriente Médio.

Sei que a ignorância própria da mente humana comum muitas vezes não lhes permite pensar nem sentir como pensa e sente o Criador de todas as coisas. Por isso lhes explicarei algumas verdades com o Meu pedido de que as observem e de que apren­dam com elas, para quando chegar o tempo de, com o próprio discernimento, tomarem importantes decisões – tempo no qual Nós já não lhes poderemos ditar todos os passos, como agora.

A consciência indígena, de maneira geral, tem a importante missão de resguardar a pureza na humanidade e também a possibilidade de compreender a natureza e, por intermédio dela, encontrar Deus. Os indígenas são guardiães da unidade, da vida em comunidade, de forma pacífica e amorosa. Ao longo dos tempos, muitos foram perdendo esses atributos, e os cos­tumes da atual humanidade foram influenciando as diferentes comunidades indígenas do mundo.

Na Argentina, a região do Chaco, assim como outros lugares, é um espaço da consciência da nação que, apesar do abandono e do sofrimento que vive, não perdeu a essência do que é e segue sendo guardiã da pureza, principalmente para aquela nação.

Como a América do Sul tem um papel primordial no final dos tempos, se a própria Argentina não cuidar do tesouro que tem no Chaco, poderá perder a possibilidade de viver a simplicida­de, a humildade, a paz e a pureza, atributos que são primordiais para o surgimento de uma Nova Raça.

Essa missão de consagrar a América a Deus é responsabilidade de todos aqueles que correspondem a esta Obra do Senhor, que devem ter consciência de que cada povo cumpre um papel primordial na construção da Nova Terra.

Por que enviamos os missionários ao Chaco e, ao mesmo tem­po, ao Oriente Médio? Porque, enquanto uns tentarão curar a dor, o sofrimento e o rancor de seres que saíram de suas terras, de suas casas, outros irão ao encontro de uma situação seme­lhante, de pessoas que também foram retiradas de suas terras e, no entanto, não perderam a esperança.

Que a pureza dos seus irmãos indígenas seja irradiada ao Oriente Médio e que, graças aos diferentes missionários que irão compor essas duas missões e de todos os grupos orantes que os apoiarão, possa se dar uma conexão de amor e unidade, para que, pelo serviço, o amor fortaleça o povo do Chaco, e a pureza desse povo, fortalecida pelo amor, chegue ao Oriente Médio como esperança de um dia os irmãos dali poderem viver a fraternidade.

Que, nestas duas missões, ambos os povos reavivem a esperança de estar entre irmãos, em um mundo de cooperação, de fra­ternidade, de unidade uns com os outros e de todos com Deus.  

Tudo isso se alcança com a pureza de intenção e com o coração unido perfeitamente ao Coração de Deus, de onde provêm todos os princípios e arquétipos para a humanidade.

Adiante, missionários de Cristo, de Maria e de Meu Coração Castíssimo! Estaremos em Onipresença com todos, zelando pelo cumprimento do Propósito Divino.

Seu pai e amigo, missionário de todas as horas,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Se lhes peço uma campanha para semear o amor na humanidade, não se preocupem com a árvore que crescerá ou com os frutos que poderá dar ou não.

Meus amados,

Não pensem no resultado de suas ações, porque devem apren­der a semear assim como semeia Deus no vasto universo de Sua Criação. O Senhor envia impulsos por meio dos diferen­tes Mensageiros e Instrumentos Divinos que os levam a tudo o que foi criado. Ele apenas doa de Si para o crescimento de Suas criaturas.

Vocês devem agir como Deus, sem nunca perder a esperança de que o amor cresça e dê frutos na consciência humana, mas sem buscar resultados segundo o que compreendem do que deveria acontecer como resposta a suas ações.

Em lugar de pedir perdão, vocês vão doar perdão e o doarão a toda a humanidade; doarão atos de perdão e de amor.

Mesmo sentindo que não obterão nenhum resultado, apenas compreendam que se forem verdadeiros e simples, e não buscarem nada para si, a semente ficará na consciência humana.

Muitas vezes vocês temem agir porque querem agir por si mesmos. Vocês não podem pedir perdão a alguém buscando um milagre ou uma grande ação para publicar na internet. Lembrem-se de que devem ser puros de coração e de que a única razão da existência desta campanha é semear o amor na humanidade e, assim, dissipar o ódio do coração humano.

Devem ter esse propósito claro. E nunca se esqueçam das crianças do Oriente Médio, que aguardam suas ações e orações, que geram méritos para a salvação dessas pequenas almas.

Por isso, vão sem temor; perdoem, reconciliem-se com o próximo, sirvam e amem, pela salvação de seus irmãos no mundo inteiro.

Eu os amo e os conduzo à essência de um serviço verdadeiro.

São José Castíssimo, servidor de todas as almas

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para que não se estabeleça o ódio nas almas, é necessário que se viva o amor.

Hoje Meu Casto Coração lhes mostra a dor que sente pelo que está sendo semeado no interior de todas as crianças que, sem compreender, padecem o terror das guerras no mundo.

Apenas a vivência de um amor profundo e verdadeiro é capaz de equilibrar essas ações da humanidade. Por isso, hoje lhes peço que, como um ato de paz pela humanidade e sobretudo pelas crianças do mundo, dissolvam o ódio de seus corações e amem aqueles que sabem que guardam algum tipo de rancor em seus corações.

Façam isso como um serviço, indo a um lugar que necessite de muito amor ou mesmo dentro de suas famílias; vençam o orgulho e o temor e realizem um ato de amor como seus corações indicarem.

Peço-lhes que sejam verdadeiros e que não se movam com base nas emoções, mas, sim, com base no sentir profundo do coração.

Por mais que sintam que o que vivem não está ligado ao que acontece em outras regiões do mundo, vocês verão que, ao realizar um ato verdadeiro de amor, apagarão de uma parte da consciência humana o ódio que existe e também este que está sendo semeado pelas atuais guerras do mundo.

Convido-os a uma campanha que se chamará Semeando o Amor na Humanidade. As experiências que se viverem durante a campanha poderão ser registradas como cada um sentir e serão reunidas e levadas às crianças que emigram de seus países no Oriente Médio e que hoje necessitam ver que uma parte da humanidade está fazendo algo para equilibrar a dor de seus corações.

Será um ato simples, mas levará o princípio de uma cura para muitos corações.

Difundam este chamado como uma grande rede de amor e de serviço para apagar o ódio dos seres humanos.

Eu os amo e os acompanharei nesta missão.

São José Castíssimo

Irmã Lucía de Jesús: Estávamos orando o Devocionário de São José com alguns irmãos do monastério, aguardando Sua mensagem diária. Ao terminarmos, São José aproximou-Se e pediu que orássemos com Ele o rosário pelas crianças do Oriente Médio(1).

Quando começamos, vi que Ele estava chorando. Foi a primeira vez que O vi chorar, em todo este tempo de aparições.

São José me mostrava alguns lugares do Oriente Médio em que eram decapitadas muitas crianças; um lugar com muitos corpos pequenos depositados em um grande buraco na terra. Vi outra cena em que duas crianças eram decapitadas diante de seus pais e, em seguida, os seus pais eram mortos. Vi outra cena em que se matavam os pais de uma criança diante dela, e ela permanecia viva, com muito ódio no coração.  

Depois de mostrar tudo isso, São José pediu que realizássemos uma campanha para dissolver o ódio do coração humano. Trata-se de ofertar um ato verdadeiro de amor em alguma situação de nossas vidas, seja em nossas famílias ou em outros lugares onde possamos realizar um serviço.

Exemplificava São José que se temos algum irmão ou parente que sente rancor ou ódio por nós, vamos lhe pedir perdão, levamos um presente, algum ato de amor, por mais simples que seja, mesmo que pareça uma loucura.

Se sabemos que existe alguém na rua que tem muito ódio por algo que viveu, tentamos fazer um ato de amor que o ajude a curar esse rancor.

Se conhecermos algum presídio, orfanato, alguma casa de idosos, favela, um vizinho, um amigo, qualquer lugar onde exista o ódio, podemos levar ali o nosso amor, sempre como uma oferta em reparação do que hoje acontece com as crianças do Oriente Médio.

E todas as nossas experiências deverão ser registradas por meio de vídeos, fotos ou relatos.

Por exemplo, podemos fazer um vídeo relatando a experiência com um familiar: “Eu tinha um irmão com o qual não fala­va há dez anos; fui lhe pedir perdão e me reconciliei com ele, para dissolver o ódio do coração humano, como uma oferta às crianças do Oriente Médio”.

Ele pediu que todos os monges da Ordem Graça Misericórdia e membros da Associação Maria realizassem algum serviço com os missionários na Casa de São José, em Carmo da Cachoeira, serviço que também ficaria registrado e faria parte dessa campanha pelo Oriente Médio.

São José pediu que as crianças da Comunidade-Luz Nova Terra e também das demais comunidades fizessem um vídeo direcionado às crianças do Oriente Médio. Esse vídeo, assim como todos os relatos das experiências de serviço, serão compilados em um documentário que será levado pelos missionários de Maria, em missão para a Turquia e para a Hungria(2), ao encontro dos refugiados da guerra.

São José pediu que esta campanha fosse difundida nas redes sociais e páginas web, para que chegue a todos os que quiserem se unir a este propósito, independentemente da cultura, religião, crença ou raça. E à medida que os vídeos das experiências ficarem prontos, serão publicados e enviados a todos, para incentivar mais pessoas a aderir à proposta que São José chamou de Semeando o Amor na Humanidade.

 

1. Rosário pela Paz das Crianças na Guerra, oração transmitida por Nossa Senhora em 20 de setembro de 2015
2. Tarefa pedida por Nossa Senhora na mensagem do dia 24 de setembro de 2015.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Queridos companheiros de Meu Casto Coração,

Hoje lhes peço que não julguem as atitudes dos seres humanos do mundo, mas transformem dentro de vocês as raízes de todas as más ações da humanidade.

Quando vocês julgam algo, por mais que seja uma atrocidade, suas consciências apenas sentem que estão separadas desse mal; sentem que não lhes pertence e, assim, perdem a oportunidade de mudar a consciência humana por meio da própria transformação.  

Inumeráveis vezes lhes dissemos que o coração humano é único, e o que hoje acontece no mundo é fruto de uma construção maléfica planetária, que contou com a colaboração não somente do Oriente Médio, mas de todos os seres humanos que, em suas pequenas ou grandes más ações, colaboraram para que o coração humano se afastasse de Deus.

Meu Casto Coração agora vem para ajudá-los a curar a humanidade, e essa cura começa em cada um.

Muito simples e cômodo é apontar o erro das nações e julgar os que guerreiam e os que não aceitam os emigrantes, sem perceber que tampouco vocês aceitam um irmão que se aproxima de suas vidas em uma condição interna, física e espiritual diferente das suas e que os fará mudar completamente para conseguir acolhê-lo com amor.

Devem buscar dentro de vocês o que os separa dos que são diferentes; devem procurar curar o medo de se transformarem para acolher, ainda que seja internamente, aqueles que não entram nos padrões que suas mentes aceitam, porque, da mesma forma como está acontecendo com os emigrantes, muitas almas passaram pela vida de vocês e não encontraram em seus corações o amor de que necessitavam para que fossem acolhidas e transformadas pela Presença de Deus.

Compreendam que, se aprenderem a amar verdadeiramente, depositarão na consciência humana um código de amor que poderá mudar muitos acontecimentos no mundo.

Não julguem mais; não se separem dos erros humanos como se eles pertencessem aos outros. Reconheçam em si o que deve ser transformado e permitam que a compaixão lhes dê a sabedoria de que necessitam para não julgar, mas, sim, para converter o julgamento em transformação e amor.

Eu os amo e os conduzo, como seu pai e instrutor.

José Castíssimo

 

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato