MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O mês de maio, filhos, poderia ser conhecido como o mês da intercessão para as almas e o planeta. 

É o mês em que as Leis da Graça e da Misericórdia atuam mais intensamente na Terra, através da devoção das almas que se consagram e se reconsagram ao Imaculado Coração de Maria.

Maio não é apenas um período cronológico, mas o período de um ciclo espiritual em que os Espelhos do cosmos se alinham com os Espelhos do profundo da Terra e também com aqueles que estão no coração e na  essência dos que oram. Dessa forma, uma rede de luz espiritual, divina e planetária se manifesta pelo simples fato de as almas expressarem sua devoção e amor ao Imaculado Coração de Maria, a Rainha de todos os Espelhos da Criação.

Através das orações de Seus filhos, a Mãe e Governante Celestial manifesta, entre as dimensões, Portais de liberação e intercessão para as almas mais pecadoras e perdidas. É assim que uma oportunidade de Graça é concedida aos que se arrependem de coração e oram pela redenção e pela paz no planeta.

Também os Reinos da Natureza, os elementos e a vida que habita o planeta são tocados pelas Graças mais profundas que provêm do Coração de sua Mãe Celestial. 

No universo, como na Terra, os anjos e arcanjos se mantêm atentos às súplicas dos que oram em todas as culturas e religiões, os que clamam sinceramente por paz, porque, apesar de sua incompreensão e ignorância, o amor nos corações dos que oram se transforma em méritos para a cura, a redenção e o despertar de todas as almas.

Por isso, orem, filhos, e reconsagrem suas vidas a Deus a cada instante. Estão em um ciclo de Graças, de Misericórdia e de intercessão, mesmo diante do cenário caótico do planeta. Que suas almas estejam no ponto correto de sua elevação para que sempre alcancem a paz.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, NA CIDADE DE BUENOS AIRES, ARGENTINA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Eu já lhes disse, filhos Meus, que existe algo maior dentro de vocês que desconhecem e que, dentro de sua essência original - a pureza que Deus concebeu para cada um de Seus filhos -, encontram-se muitos mistérios por revelar e por mostrar a cada uma de suas almas.

Eu venho como sua Mãe, mas também como sua Governanta Universal, como esse grande Espelho de Justiça e de Misericórdia que vem refletir na Terra os Princípios e os Dons de Deus.

O que o Pai espera de cada um de vocês, filhos Meus, é que vocês também possam representá-Lo na superfície da Terra e que possam ser espelhos, tão semelhantes como Eu Sou, que não só tragam os atributos divinos à Terra neste momento tão agudo da humanidade, mas também que vocês, filhos Meus, conheçam seus próprios mistérios internos, que o Pai lhes revelará quando Ele remover com Suas próprias Mãos os véus da consciência, momento em que tudo se mostrará completamente e recordarão e saberão quem são.

Por meio de sua consagração diária ao Meu Imaculado Coração é que estão enviando uma respostas ao Pai Eterno, para que Ele possa contar com vocês completamente e sem condições, porque ao menos uma parte deste grande rebanho da humanidade deverá cumprir o que o Pai necessita neste ciclo planetário.

As tribos de Israel devem existir nos quatro principais continentes deste planeta, não apenas recordando suas origens e seus Princípios Divinos, mas estando conscientes e disponíveis para servir ao Pai Celestial nas últimas missões que Ele encomendará à humanidade, diretamente àqueles que despertaram e despertarão neste tempo.

Isso faz parte, filhos Meus, do Plano infinito do Criador, um Plano que ainda não se cumpriu e não se concretizou, um Plano que está sendo escrito por suas vidas e seus corações, não apenas pelos seres que estão na superfície da Terra, mas também por todos os seres que estão no Cosmos e fazem parte dessa grande fraternidade universal que Deus formou e constituiu desde a origem.

Agora vocês são conscientes, filhos Meus, de que não estão sós, mas ainda devem ser mais conscientes dos sagrados conhecimentos e mistérios que chegarão ao mundo para poder despertá-lo. Isso os colocará em uma postura mais consciente e madura diante dos acontecimentos do fim dos tempos, assim como Deus necessita.

APARIÇÃO RESERVADA DA VIRGEM MARIA EM POTRERILLOS, LUJÁN DE CUYO, MENDOZA, ARGENTINA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Minha mensagem chega novamente ao mundo, especialmente aos corações que estiverem abertos a escutar a Palavra da Hierarquia Divina, uma Palavra e um Verbo que ressoam no Universo, porque é um Verbo que provém de Deus.

Porque do Verbo surgiu a Criação e tudo que existe, assim como também surgiram os filhos do Pai, que vieram caminhando nesta trajetória cósmica para poder alcançar algum dia a redenção. 

Mas o perdão é concedido aos que se animam a viver o caminho da redenção.

Por isso, o Universo e a Hierarquia ainda sustentam este mundo e a humanidade, porque ainda há tempo de viver esse caminho, apesar de tudo o que aconteça neste ciclo.

A Hierarquia necessita que os valentes se animem a submergir-se na Vida Universal, uma vida que lhes mostra sua origem, sua existência e seu propósito; em simples palavras, a revelação de sua verdade e também de seu passado; não de um passado para se voltar atrás ou recordar os erros cometidos, mas para que recordem o que aprenderam, o que viveram e o que adquiriram através dos tempos, do tempo cósmico.

Hoje venho pronunciar-Me ao mundo a partir dos Andes,  um dos lugares onde a Hierarquia tem Seu Coração e Sua Presença;  a partir  dos Andes mendocinos e chilenos, porque para a Hierarquia não há divisão nem fronteiras; há um só povo, um único povo, uma única raça que, apesar de suas experiências e vivências, algum dia deverá reconhecer-se única neste Projeto de Amor e de Redenção, de Perdão e de Misericórdia.

Por isso abro as portas do Universo neste lugar, onde hoje vocês se encontram para acompanhar sua Mãe Celeste; onde as estrelas caídas e os sóis que despertam podem reencontrar sua origem e sentir-se parte de um todo, sentir-se parte da Criação, da Vida Universal.

Por isso, hoje seus espíritos são colocados diante da presença do Universo, diante da presença da Hierarquia, diante da Fonte do Amor de Deus, porque é disso que os seres na superfície da Terra, neste tempo, deverão alimentar-se para aprender a sobreviver nestes momentos cruciais, em que a humanidade enfrenta o resultado do que escolheu.

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos