APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO OITAVO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Estou fazendo-os contemplar a Luz de Emmanuel, porque necessitarão dela nos próximos tempos. Sem esta Luz poderosa de Emmanuel, não teriam força de superação, tampouco fortaleza durante as batalhas.

Apesar da cruz ou do que ela represente para vocês, o caminho do sacrifício que o universo lhes oferece nestes tempos, apesar de todas essas circunstâncias, sempre tenham presente em sua memória, e sobretudo em seu coração, que a Luz de Emmanuel não perecerá e que vocês, Suas criaturas, Seus filhos, são parte dessa Grande Consciência da Fonte Suprema e Cósmica.

Porque para essa Fonte, algum dia, deverão retornar com sua experiência vivida, com todo o amor aprendido, com toda a redenção experimentada, para que suas consciências se convertam em um sinal visível no firmamento, em uma vitória alcançada através do Amor e da Luz de seu Redentor, o Cristo de todos os tempos.

Por isso, que seu estandarte da paz não caia de suas mãos. Aferrem-se firmemente à Minha Paz e tudo alcançarão.

Nunca se esqueçam de ter um coração pacífico e humilde, um coração que esteja aberto a escutar e a dialogar, um coração que não se defenda, um coração que perca sua autonomia e todo o controle que acredita ter. Porque, tendo um coração limpo, ainda que imperfeito, tudo, absolutamente tudo, através da Luz de Emmanuel e de Minha Presença, pode cristificar-se.

Chegou o tempo, depois desta Sagrada Semana e neste último encontro Comigo, de traçar os últimos acontecimentos dos quais farão parte nos próximos tempos, experiências grandiosas e enriquecedoras que poderão viver se estiverem atentamente abertos e aderidos aos acontecimentos que se apresentarão.

O eixo central, no final dos tempos será este último Dom que invocaremos ao Espírito Santo, que será a tônica deste momento: o Dom da Fraternidade, que hoje rege os demais Dons presentes na Menorá, porque o coração da Fraternidade é o amor ao próximo, a doação ao semelhante, todo o alívio que possam gerar através de suas vidas por um fim maior, pela Paz.

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Coloquemo-nos de pé, para que juntos, a pedido de Cristo, acendamos esta última vela da Menorá, tendo presente cada um dos Dons que nesta Sagrada Semana foram atraídos pelo Coração de nosso Redentor.

E que hoje, esta sétima vela que acenderemos, sintetize uma experiência para cada um de nós e um novo tempo que se aproxima para a aspiração de cumprir um serviço maior.

 

"Adonai, que o mundo não se esqueça
de que todos são irmãos
no Amor Eterno de Teu Coração

e de que o eixo que unirá todos estes Dons,
 neste tempo, será a Fraternidade,

que impulsionará o despertar dos demais Dons
nas consciências e corações

que, através do símbolo da Menorá
 nesta jornada Comigo,

no fim desta tarefa e desta Sagrada Semana,
se oferecerão para viver conscientemente,
com todo o esforço do coração humano,

com todo o ímpeto da alma e do espírito,
com a aspiração de aliviar Teu Coração
e de repará-Lo 
de tudo o que sucedeu
neste mundo 
até os tempos de hoje.

Por isso Te peço, Emmanuel,
em nome de Teu Amantíssimo Filho,

que, a partir deste dia,
as almas tenham a Graça

de substituir as energias capitais
pelas Energias Divinas,

a fim de que as consciências reconheçam
Tua Presença em si mesmas

e se alegrem por este reencontro,
sob a descida de Teu Reino Celestial.

Amém."

 

Aqui, nesta Menorá, também deposito Minhas sete últimas aspirações, que estão unidas às aspirações de Deus Pai para todas as Suas criaturas, não apenas deste planeta, mas também de todo o universo; aspirações que conhecerão e se revelarão quando tão somente viverem estes Dons que Eu lhes ofereci durante estes sete últimos dias.

Da mesma forma, hoje suas vidas são iniciadas em um caminho definitivo de consagração, em que suas almas terão a oportunidade de tomar o governo de si mesmas, para que o espírito maior de cada ser, aquele espírito, aquela consciência que tem escrito seu nome no universo, possa finalizar esta trajetória na escola do amor e do perdão, do serviço e da fraternidade para com os semelhantes.

Por isso, hoje não são apenas sete Dons os que se acendem diante de seus olhos. Hoje se acendem em seus corações as sete aspirações de Deus e de Seu Divino Filho, regidas pela Lei Maior do Amor, da Unidade e do Bem, permitindo, assim, que neste tempo planetário e através desta Menorá, mantenha-se aberta a porta para o universo, por onde todas as almas terão a última chance de retornar para Deus e de reencontrar o caminho para o Amor e a Luz que perderam.

Agora, acendam suas velas.

Assim como prometi aos Meus apóstolos e às santas mulheres, hoje volto a prometer a vocês. Recebam a Luz de Meu Espírito, para que a Luz de Meu Espírito esteja presente no mundo e em todas as almas que necessitam dela.

Sejam fortes através de Minha Luz, sejam humildes através de Meu Coração, sejam bons servos através de Meus Ensinamentos, porque Minha aspiração é poder reencontrá-los algum dia, face a face, para que juntos celebremos com a humanidade a grande Ceia da Reconciliação, a nova Páscoa da Paz.

Agora, no silêncio de seus corações, elevarão um pedido ao Pai. Escuto-os no silêncio.

Agora, levem a mão ao coração, orando por esta intenção e por todas as intenções das almas boas, dizendo ao Meu Coração:

Oração "Cristo da Luz".

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús: 

Os sacerdotes podem vir aqui, por favor, para a benção dos óleos que hoje Nosso Senhor utilizará através dos sacerdotes, neste último dia da Sagrada Semana, para a Unção dos enfermos e a Unção especial dos que estão mais enfermos.

 

"Senhor, assim como viste Teu Filho no sepulcro
sendo ungido pelas mãos e pelos corações
que O amavam e que O amam eternamente,
da mesma forma, hoje Te peço
que abençoes estes óleos,
para que não apenas o sinal de Tua Poderosa Cruz
se infunda nas consciências,
mas também para que abras a porta definitiva
para a cura dos corações,
a fim de que também eles Te glorifiquem eternamente,
até que se cumpram os Mil Anos de Paz.

Amém."

 

Agora, vou infundir Minhas bênção sobre vocês e o mundo, preparando-os novamente para viver Comigo a aliança perfeita, através de Meu Corpo e de Meu Sangue, através da Sagrada Celebração Eucarística.

Mais uma vez, peço-lhes que estejam atentos à descida das Graças que se dará através da Eucaristia e da Unção dos enfermos, porque neste dia devem celebrar a oportunidade de renascer.

 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

Agora, Nosso Senhor está chamando aqui alguns irmãos do Coral para que, juntos, cantemos com Ele o cântico "Aleluia".

Irmã Faustina de Jesús, Irmã María Jerusalém, Patrícia e Irmã Maria Verônica.

Primeiro, Nosso Senhor abençoará as irmãs e depois abençoará todos nós. Em seguida, cantaremos "Aleluia", agradecendo a Deus por este encontro, por esta Sagrada Semana, por todos os impulsos espirituais recebidos e por aqueles impulsos espirituais desconhecidos que nossos seres receberam nesta jornada.

Vamos nos colocar de pé.

 

A voz que canta é uma oração que se eleva duas vezes, porque no primeiro impulso da voz existe o contato com Deus e no segundo impulso da voz existe a descida de Sua Graça, a qual preenche a alma que canta e, especialmente, abençoa e glorifica as vozes que servem de instrumentos para glorificar o Redentor e o Pai das Alturas.

Por isso, que esta tarefa se perpetue, que as vozes nunca deixem de cantar até que a paz se estabeleça e cantem junto ao Rei quando Ele retornar.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E agora abençoo todos os presentes e não presentes, todos os que beberam da Fonte de Minhas Palavras durante estes oito dias. Abençoo todos os que tornaram possível esta Sagrada Semana, mais um tesouro que se guarda na memória dos corações valentes e disponíveis que, através dos graus de amor e de serviço, se oferecem como apóstolos de Cristo para preparar Seu Retorno.

Eu os abençoo e lhes agradeço por este Encontro.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.
 

Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús:

As irmãs podem cantar, e depois cantaremos todos juntos.

Canção: "Aleluia".

E agora, com este louvor ao Coração do Rei, vamos nos preparar para a Celebração Eucarística e, em seguida, para a Unção dos enfermos.

Maratona da Divina Misericórdia
Aparição de Cristo Jesus durante a 58ª Maratona da Divina Misericórdia, no Centro Mariano de Aurora, Paysandú, Uruguai, ao vidente Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús

Que a Luz do Pai, do Filho e do Espírito Santo esteja neste lugar e nos lugares do mundo que mais necessitam dela. Amém.

Depois que acolheram o Meu chamado, agora sim, poderei voltar ao Egito, após ter passado por ali como criança. Mas agora, voltará o Rei para liberar o povo da sua escravidão, para trazer a Paz a esse lugar e ao Oriente Médio.

Ainda que os acontecimentos se desencadeiem no mundo e nesta humanidade, levarei Comigo as almas que mais necessitam e retornarei aos corações que mais Me buscam, não importando a sua crença ou religião, porque o que permite a vida neste mundo é o amor; é o amor que os mantém vivos; é o amor que lhes permite respirar e sonhar com um tempo melhor, com esperança.

O cativeiro terminará algum dia, não só no Egito, mas também no mundo. Por isso, devo retornar aos lugares onde uma vez já estive, sendo criança, jovem ou adulto, no Oriente Médio ou Extremo Oriente.

Os valores da espiritualidade devem-se recuperar para que o mundo não perca a paz. Por isso, estou retornando a esses lugares, como sacrifício e também como Graça, para levar aos corações o reencontro com Deus, a partir dos planos internos, para que estes se espelhem na superfície, na sociedade. Isso fará tudo mais justo e equilibrado. Isso aplacará o sofrimento e as agonias, porque é através dos méritos que o seu Mestre e Senhor alcançou na Paixão que essas Graças são possíveis neste mundo e em sua humanidade.

Não posso deixar de dizer que, às vezes, Meu Coração está triste pelos que não entendem, porém o gozo dos que Me vivem e dos que creem em Mim e Me dão sua confiança Me alegra, como vocês o fizeram ontem e hoje, de forma simples.

O Reino de Deus é o maior tesouro de simplicidade para este mundo e para as almas. Se forem simples, sempre viverão o Reino de Deus e Ele sempre estará próximo das suas vidas e, sobretudo, estará em seus corações.

Quero que este gozo e júbilo que vivem Comigo de tempos em tempos cheguem ao mundo inteiro e não só à América do Sul. Agora, chegou o momento de viver o apostolado e de fazê-lo parte de vocês em cada etapa da vida.

Assim, Minha Misericórdia chegará aos que mais sofrem, como também aos Reinos da Natureza que, nessas partes do mundo, vivem o seu sofrimento silencioso, porque não podem falar como os homens da Terra.

Sei que ao seu redor também existe sofrimento, às vezes em suas famílias, em suas cidades, em seus trabalhos, em seus entes mais queridos. Porém, Eu lhes peço, por misericórdia, que deem mais um passo a Mim e levemos este tesouro de amor aos lugares que mais necessitam e que durante milhares de anos nada receberam, nem do Universo, nem dos Céus.

Venho recuperar através do Egito os valores das últimas humanidades, porque a evolução continua e o despertar também.

Chegou o momento, companheiros, de recuperar o que uma vez viveram Comigo na Terra Santa e além dela. Isso não é uma teoria, tampouco uma ilusão. É hora de viver o Plano de forma verídica. É hora de fazer o Plano vivo em mais corações do mundo, que estão Me buscando e não Me encontram porque não conhecem a saída.

Vocês, sim, encontraram a saída, porém o mundo ainda não a encontrou. Por isso, devo voltar e retornar ao centro, de onde tudo se cria, como conflito, guerra e perseguição.

Porque esta vez não só a Senhora da Luz pisará com Seus pés a serpente, como também seu Mestre e Senhor pisará com Seus Pés os seus aliados e os derrotará, para que se arrependam algum dia. E já não existirá arma contra arma, religião contra religião, porque apesar de o momento mais grave ainda não ter passado, o ímpeto e a força do Meu Coração poderoso ainda poderão transformar todas as coisas quando tão somente Me disserem: "Sim, Senhor, aqui estou".

Assim, Eu terei permissão de seguir obrando, terei permissão de seguir transformando e unificando as almas com Deus, para que o Seu Reino celestial desça à Terra e se cumpra a Sua Vontade. Porque, ao final de tudo, Seu Sagrado e Eterno Coração triunfará.

Os caídos serão perdoados, os assassinos serão redimidos, os perseguidores serão amados e o mal se dissolverá, porque o mal não conhece o Amor que vem da Fonte. O mal é a incompreensão da consciência humana por não aceitar a Vontade de Deus, como foi a Vontade de Deus trazer o Seu Filho à Terra para ensinar-lhes a Escola do Amor e da Redenção.

Volto a reunir, neste tempo, os que estiveram Comigo em algum momento, seja na vida consagrada ou na vida do espírito; na vida do serviço ou na vida abnegada; na vida missionária ou na vida orante.

Que esse compromisso seja revivido pelos que despertam.

Que esse compromisso seja reconfirmado pelos que já despertaram, para que continue se cumprindo a Vontade do Criador nestes tempos críticos.

Meu Coração abraçará o Oriente Médio e todos os que se encontrarem nesse lugar, não importando a sua condição ou a sua condenação. Porque, em verdade, companheiros, Minha Misericórdia é muito grande e ainda desconhecida. Minha Misericórdia é tão grande, que Meu Sangue se deixou verter na Cruz, gota por gota, dor por dor e angústia por angústia, para dissolver o mal da humanidade e sua condenação eterna.

É tempo de dar a conhecer o Meu Amor ao mundo. E que os demais povos e raças saibam que os amo, como amo vocês.

Que anunciem que estou voltando ao mundo pela segunda vez e que o Reino celestial se reaproximará da Terra junto aos anjos e arcanjos, para pôr fim à perdição da humanidade e para dissolver as trevas pela intervenção do poderoso Pai, São Miguel Arcanjo, de São Rafael Arcanjo e de São Gabriel Arcanjo.

Os anunciadores da Palavra de Deus retornarão à Terra, como foi no princípio do povo antigo do Oriente Médio.

A partir daí, escrever-se-á uma nova história e se apagará o sofrimento, trazendo do Céu os Livros de Deus abertos, para mostrar ao mundo o Seu novo Propósito na Nova Humanidade.

Bem-aventurados serão os que viverem as profecias e se regozijarem nelas, porque o Senhor, o Todo-Poderoso, mostrará o Seu Poder aos humildes.

Com esta Luz que trago, estendo a Paz à Terra, renovando este ciclo e este momento para todos, dando chance aos que estão confusos de poder retornar ao Meu caminho antes que o Portal se feche.

Que se elevem os corações até a Minha Igreja celestial e que, em comunhão com a vida de cada ser, tudo seja renovado.

O Universo de Deus desce à Terra e, neste simples lugar, as almas sempre encontrarão Deus. Ainda que a Minha Presença não seja aceita, Eu sempre aqui estarei para abraçá-los com a Luz de Emmanuel.

Venho abençoá-los com a Palavra de Vida. Venho ungi-los com o sopro do Espírito. Venho batizá-los com a Água que brotou do Meu Lado na Cruz, como parte da Fonte da Divina Misericórdia, para que sejam santificados pelo Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Hoje não existem fronteiras nem separações entre as nações e os povos. O amor que Eu pude ver aqui é o que necessito para renovar os tempos e, sobretudo, a humanidade. É o amor dos que se congregam dentro de Minha Igreja celestial para comungar da Chama da Santíssima Trindade, junto aos Anjos do nosso Pai-Mãe Criador, Emmanuel.

Hoje, os Elohins, chamados seres resplandescentes do Universo mental, os Anjos de Deus, testemunham com Seu punho e letra que a Minha missão no Egito será realizada pela receptividade e oração das almas que colaborarão para que isso seja possível e, assim, Meu grande Espelho da Misericórdia se acenda no Oriente Médio.

Alegrem os seus corações porque estão seguindo o caminho correto. Não haverá outro lugar que Me represente na Terra, senão este. Porque volto a dizer-lhes, companheiros, venho fora da Minha Igreja para chamar os rebanhos que mais necessitam de Mim, e que Meus representantes não foram dignos de acolhê-los com castidade.

Que o amor dos simples promova a Paz na Terra.

Que o serviço dos humildes restaure os Reinos da Natureza.

Que a oração dos que se congregam em comunidade e em luz transforme os tempos, a fim de que o Cetro do Filho de Deus desça à Terra para pôr fim à maldade humana.

Agora elevarei ao Céu esta oferenda que colocaram aos Meus Pés, porque, em verdade, tudo pertence a Deus, nosso Pai, que está nos céus e hoje escuta com atenção a Voz do Seu Filho e dos Seus companheiros, a fim de que um grão do Seu Reino celestial se semeie nesta humanidade, para que a humanidade seja recriada por meio do amor e do bem entre os homens.

Que tudo seja santificado e que tudo seja elevado sob o Raio da Transubstanciação. E que aos pés do Altar de Deus seja colocada a oferenda de cada coração humano nesta tarde.

Em silêncio, companheiros, podem fazer sua oferenda ante Minha Igreja celestial. Escuto-os no silêncio da oração.

Pai Celestial, que todos conduzes,

aceita a nossa oferta de entrega a Ti.

Guia-nos pelo caminho do amor,

para que Tua Vontade seja feita.

Amém (3 X).

A oferta foi aceita.

Os que hoje forem batizados serão iluminados e, ao serem iluminados, converter-se-ão.

Os que hoje forem ungidos receberão a Graça que tanto esperam, mas por ela deverão orar.

Pai, que Te fizeste pequeno para que o mundo Te compreendesse e, assim, pudesses ingressar na essência dos Teus filhos a fim de que Te vivificassem e exaltassem o Teu Nome para sempre, à mesa destes Meus novos apóstolos, hoje volto a declarar-Te, mediante esta fórmula sagrada, que Tu ditaste ao humilde Coração do Teu Amado Filho.

Que escutem os mundos internos o que hoje declara o seu Rei e Senhor do Universo.

Peço-lhes que tomem e comam todos d'Ele, porque este é o Meu Corpo, que foi entregue pelos homens para o perdão e a remissão dos pecados.

Meu Senhor e Meu Jesus, que as almas da Terra escutem a Voz do seu Mestre e Senhor, o Cristo Vivo, que lhes diz: Tomem e bebam todos d'Ele, porque este é Meu Sangue, que foi derramado pelos homens para o perdão dos pecados.

Peço-lhes que, pelos tempos que virão e os acontecimentos que chegarão, façam isso em Minha memória, a fim de que a Paz e a Misericórdia de Deus estejam presentes no planeta.

Senhor Meu e Deus Meu, este é O que deu a vida por todos e que ressuscitou para voltar ao mundo em espírito e divindade, a fim de transfigurar a Terra em uma humanidade redimida.

Pai Nosso...

E como disse aos Meus apóstolos, Minha Paz lhes deixo e lhes dou Minha Paz, porque sempre o Seu Mestre e Senhor olhará a fé dos membros da Sua Igreja Celestial, a fim de que tudo seja reparado e a humanidade seja curada da sua enfermidade espiritual.

Que esta Paz seja levada ao Egito e aos lugares que foram encomendados por seu Mestre e Senhor e por sua dulcíssima Mãe, a Santíssima Virgem Maria, para que os Seus Corações de Serviço e de Humildade, de Amor e de Esperança, cheguem a todo o mundo. Amém

Deem-se agora a paz.

Que a paz repovoe a Terra de esperança, e que a esperança renove os corações que aspiram a alcançar a Misericórdia de Deus.

Com as vozes dos seus corações, hoje desejo expandir, por meio de uma canção, a chuva de amor em todo o planeta, dando a bênção ao mundo em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Agradeço-lhes por estarem Comigo na simplicidade do coração e da vida.

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato