Domingo, 19 de abril de 2015

Mensagens mensais
MENSAGEM MENSAL DE SÃO JOSÉ CASTÍSSIMO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Não esperem que os milagres provenham das grandes ações, porque é na simplicidade do coração que se encontra a verdadeira chave para toda cura e libertação de todo mal arraigado em seus seres.

Não esperem que neste mundo se alcancem grandes conquistas materiais, porque a verdadeira conquista é a vitória de Deus sobre os corações que se rendem em Seu altar.

Muitas vezes as almas não alcançam a paz nesta vida, mas, pelo seu clamor, a alcançarão no Meu Reino; e aqueles que iluminam o olhar com o poder da fé podem ver que a paz existe e é o verdadeiro mérito que geram os seres para serem redimidos.

Os pacificadores alcançarão a glória, pois vencerão a si mesmos e ao mundo.

Meus queridos, neste dia, quero dizer-lhes que os frutos de suas orações são verdadeiros, mas que para senti-los devem ingressar naquele espaço da consciência que não busca os frutos de suas ações, pois é não buscando nada que se poderá encontrar o Tudo e o Todo que está no Coração de Deus.

Aquele que confia na existência de Deus sabe que tudo o que vive é consequência de Sua Vontade e que cada acontecimento traz um aprendizado perfeito para a alma em evolução.

Já chegou o tempo de serem um templo vivo, manifestação perfeita da Vontade de Deus para esta humanidade, mas para isso deverão transcender todas as leis da matéria e se abrir para as leis que se vivem no universo.

Devem reconhecer que pouco sabem da realidade do Reino Celestial, porque, assim, os verdadeiros mistérios lhes serão revelados. Deus guarda um precioso tesouro a ser entregue para as suas criaturas, mas como poderá Ele mostrar-lhes esse tesouro, se muitos não creem verdadeiramente que ele existe?

Amem o que desconhecem e conheçam aquilo que está diante de vocês. Olhem para o próximo com olhos de quem vê uma criação perfeita de Deus, para a qual o Criador tem um Plano e sem a qual a Sua Vontade não poderá se cumprir em totalidade.

Quero vir ao mundo como porteiro dos corações e dos olhos da alma, abrindo-lhes assim o caminho para o novo. Devem redescobrir o que os seus olhos podem ver, porque não sabem em verdade o que têm diante de si quando observam um ser, ou mesmo este planeta.

Ao mesmo tempo em que redescobrem o mundo, descobrirão os mundos superiores que se mostram àqueles que se dispõem a ver a verdade e a vivê-la.

Deixem para trás as preocupações desta vida, não negligenciando as suas obrigações, mas sabendo que a verdadeira prioridade se encontra no invisível de seus olhos.

Já não busquem concretizar um plano pessoal, quando o Plano de Deus para este mundo está batendo à sua porta. É hora de transformar a forma de pensar, de sentir e de buscar a vida do espírito.

Que o Plano de Deus para este planeta supere todas as aspirações pessoais, porque agora, Meus companheiros, o novo tempo se aproxima do mundo e necessita encontrá-lo preparado para viver esta transição entre o velho tempo e o real tempo, que os unirá à Consciência de Deus, que se encontra no tempo infinito, a chamada Eternidade.

Agradeço-lhes por serem missionários de Deus todos os dias e todas as horas de suas vidas. O serviço sempre estará na necessidade que mora ao lado.

Eu os abençoo hoje e sempre,

São José Castíssimo