MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE ROMA, ITÁLIA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

A segunda parte da Nova Profecia

E verão que aqueles que dizem ter o poder da religião entre suas mãos perderão o controle de tudo, da noite para o dia.

Sua cegueira e ambição espiritual serão tão grandes como também conhecidas.

Verão então revelar-se o sinal do último tempo, sinal que indicará a última fase culminante da queda do falso templo.

Lamentações serão ouvidas tão semelhantes ao muro das lamentações.

Os ambiciosos já não terão seu próprio refúgio, porque o Grande Espírito terá mudado de lugar e somente estará com os mais simples.

Essa será a hora da grande prova do patriarcado, porque nem dirigentes nem nações poderão detê-lo, já que a Divina Vontade, que se moverá com a força da Santa Justiça, tudo mostrará.

Ali já não ficará pedra sobre pedra; o falso poder combaterá com sua própria ambição, e a grande crise das religiões sucederá.

Porque, como foi dito, as chaves serão retiradas, e aqueles não conseguirão abrir as portas para poder ingressar na Casa do Pai.

Os que ocultaram a verdade e não foram transparentes ou cristalinos como a água em seguida vão se sujar. Seus trajes de vida social rasgar-se-ão, porque aparecerá a pele dos lobos, a que antes estava oculta nos trajes de boas ovelhas.

Nessa hora, todos, como humanidade crente, terão a oportunidade de unir-se ou de separar-se mais da Mão de Deus.

Como no sopro de um fortíssimo vento, as estruturas do templo cairão, assim como o templo dos fariseus caiu no momento da morte do Unigênito na Cruz.

E mais revelações chegarão.

A barca do velho templo estará agitada pelo furor dos grandes mares.

Uma tormenta se precipitará sobre a barca, quando esta estiver expurgando todos os seus males.

A fé ali estará em prova, e os pobres corações de milhares de pecadores deverão confirmar-se ante a Lei.

Terão a Graça de permanecer por cima de tudo ou terão a desgraça de ficar submergidos na terrível agitação purificadora.

Mas o Senhor, nessa hora de grandes revoltas, enviará Seus anjos para socorrer aquele que, com nome pobre, fará remover os cimentos do velho templo.

Por isso devem orar por esse pastor, visto como o grande opositor de todos os tempos e como a interferência de todas as nações, que vivem materialmente, sem Deus.

É assim que chegará a Justiça, como um forte golpe de luz que o martelo divino dará na hora da sentença final.