Silêncio de Deus

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O sentimento de Amor do Meu Coração no Nascimento de Jesus

Desde os Meus primeiros anos de vida e antes deles, fui preparada por Deus para cumprir com Sua Vontade e manifestar Suas promessas, estas que estavam guardadas nas palavras dos Profetas, nos Livros Sagrados do nosso povo.

Meu Coração amava o Senhor com todo o fervor, e este mesmo Amor permitia que, em Minhas orações, Minha Consciência cruzasse as dimensões para estar diante de Deus. Contemplava, assim, essa Fonte eterna de Vida e Seu Silêncio; observava como toda a vida se renovava, através dos raios, sons e cores que partiam do Coração de Deus e que eram conduzidos pelos anjos e arcanjos aos diferentes Universos.

Meu Coração apenas aspirava a silenciar com Deus, para estar ali, naquela dimensão da consciência, onde tudo era quietude e paz.

Foi assim que, contemplando a Consciência Divina, o Criador Me revelou os mistérios de Sua Criação; mostrou-Me o momento em que o Seu Amor se expandiu e deu origem à vida manifestada através das dimensões; mostrou-Me o momento em que eram criados os primeiros Espelhos do Cosmos e como eles serviam para conduzir o Amor e a Vontade Divina para tudo o que havia sido criado.  

Em Seu Silêncio, o Senhor revelou-Me a graça da expressão da Divina Trindade e como de Seu Coração nasceu Seu Divino Espírito e Seu Filho e, por fim, através do Arcanjo Gabriel, o Criador Me revelou que Seu Amor se manifestaria na vida como corpo, alma e espírito humano, ocultando todo esse mistério antes revelado.

Diante do Arcanjo Gabriel, Meu Coração se expandiu e todo o Cosmos e as realidades sublimes, que antes Eu contemplava diante de Meus olhos, através dos portais de luz que se abriam no céu, agora começavam a ingressar em Meu interior; em Meu Ventre se guardava todo esse mistério divino.

Primeiro, o Criador fez morada em Meu Coração; logo, em Minha Consciência e, então, em Meu Corpo, fazendo com que todos os níveis do Meu Ser experimentassem a Sua presença divina.

Quanto mais Eu vivia Deus, mais Eu Me silenciava, porque Seu Amor inundava o Meu Ser de forma que não havia lugar para expressões Minhas, mas apenas de Deus.

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Se o Pai que está nos Céus se recolhe em Seu Silêncio, também Sua Filha e Serva O acompanhará, assim como todos os anjos da guarda.

Esse silencio é o único exercício de reflexão ante os acontecimentos que se avizinham.

Esse silencio fala no profundo das consciências, especialmente daqueles que defraudaram o Plano de Deus e foram muito injustos.

Esse silencio fará descer uma justiça desconhecida sobre o mundo e sobre aquelas almas que, com desprezo, tentaram a ira de Deus.

O motivo desse silencio falará no coração dos humildes e fortalecerá o espírito dos pacificadores.

Nada do que aconteceu ficará sem Justiça; pelo contrário, agora, neste momento, os anjos do Julgamento serão os que atuarão segundo o indicado pelo Pai Eterno, ao haver um grande desequilíbrio pela fraude daqueles a quem antes o Reino havia sido confiado.

O Pai sabe que o ser humano é fraco, mas também sabe que pode ser sincero e justo, apesar dos pecados, e quando ambas as situações se contrapõem devido à vontade do ser humano, deve ser aplicada a Lei da Justiça Divina e só nos restará rezar para que seja suave e justa.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS, por motivo da comemoração do dia de Maria, Mãe da Divina Concepção da Trindade

Eis que se abriram os Céus, e os Senhores do Tempo deram início a um novo ciclo para a Terra.

Os Universos colocaram os seus olhos de Sabedoria sobre os homens, e Aquele que não tem forma e está em tudo contemplou com amor as criaturas da Terra.

Hoje é mais um dia do Silêncio de Deus, mas o Seu Silêncio transmite aos homens a Serenidade e a Paz do Criador.

Benditos os que ingressarem nesta paz e nela viverem o ciclo que chegará.

Eis que o Céu se abriu, como se abre e se abrirá todos os dias 31 de dezembro, para anunciar aos corações humanos uma nova e única vontade, a renovação do Plano do Criador e Seus desígnios para as criaturas.

O Céu se abriu para que a Mensageira de Deus chegasse à Terra, e Sua Palavra é como fogo sutil e espiritual que transforma, mas pacifica os corações.

Que silenciem as mentes e escutem os corações.

É tempo de definição, de ver diante de seus olhos os caminhos que se apresentam e elegê-los.

Não tenham medo de seguir, mas saibam, filhos, que, antes de todo passo a ser dado, deve estar a certeza em seus corações de que Deus é quem guia o seu caminhar.

A humanidade já cresceu e conhece as consequências de suas ações, como de seus pensamentos.

Já experimentaram o suficiente da vida sobre a Terra para saber, hoje, definir os próprios passos.

Por isso, diante dos Céus que se abrem sobre a Terra, encontrem o olhar silencioso do Criador que os observa e proclamem para Ele a sua própria definição.

Chegou a hora do diálogo com Deus, porque o Criador necessita saber com quem contará neste último tempo.

Seu Plano já não se redefinirá a cada instante, porque os Céus já estão abertos, e a Misericórdia, mas também a Justiça, preparam-se para descer ao mundo.

Os cálices da consciência humana estão abertos e livres para serem preenchidos com aquilo que as consciências tenham escolhido beber nestes tempos.

Por isso, filhos Meus, já não são crianças e já não podem brincar com a evolução da Terra.

MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS PARA A 64ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Segunda Mensagem

Se as almas acreditassem que Eu já estou aqui e entre vocês, o mundo mudaria.

Se as almas acreditassem que Eu já estou retornando e que venho do Universo com todo o poder da Minha Graça, o mundo já mudaria.

Por isso, a confiança dos corações em Minha Presença será imprescindível para poder levar adiante a Obra da Redenção.

Hoje venho por um mundo que está sofrendo e que, dia a dia, abre novas chagas nos Reinos da Natureza, na humanidade e na consciência do planeta.

Muitas dessas chagas a humanidade não pode ver nem sentir, porque são internas. Nisso trabalha a Hierarquia, incansavelmente, para que o caos não se reproduza e tampouco se regenere pela ação dos homens.

Venho por um Brasil que necessita muito de Mim, assim como de Minha Mãe e de São José, e porque, apesar do caos reinante, a presença interna e espiritual de Nossos Corações permite sustentar as almas que têm fé em Mim.

Por meio dos Sacramentos que ministraremos nestes dias, as almas poderão ser renovadas e curadas espiritualmente; mas há uma parte que corresponde a cada ser, há uma parte que a consciência deverá assumir para sua transformação e redenção.

A Graça de Deus, através dos Sacramentos, vem auxiliá-los, como uma base espiritual para gerar e conceder essa transformação, tão esperada pelo Pai Eterno, em cada um de Seus filhos.

Da mesma forma, por meio dos Sacramentos que ministraremos nestes dias, o legado que Eu deixei para a humanidade será novamente renovado.

E não apenas as almas se verão beneficiadas, mas também Minha Igreja Celestial descerá à Terra para unir as almas com Deus, em essência e em espírito.

Os Sacramentos que Eu posso ministrar às almas que os solicitam são meios para chegar à Minha Igreja Celestial, são caminhos para chegar ao Centro do Meu Ser, ao Templo do Meu Espírito; deste Espírito Divino, Puro e Imaculado, criado por Deus, que desceu à Terra para trazer ao mundo uma oportunidade de amor, uma oportunidade de luz e uma oportunidade de esperança.

MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS PARA A 64ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Primeira mensagem

Filhos, no silêncio de Meu Coração se escuta a introspecção de Deus, momento no qual o Universo reflete sobre os próximos tempos.

Por isso, Meu anúncio é preciso e contundente. Minha Palavra é clara para trazer sabedoria aos corações.

Não temos tempo a perder; há muito mais que amadurecer e crescer interiormente.

Necessito que saibam que o Universo contempla este momento, sobretudo o começo desta Peregrinação, em que a Hierarquia reunida estabelecerá as novas pautas e os novos princípios para todos os que queiram aderir e ser regidos pela Hierarquia.

O Universo não deterá os passos dos que queiram seguir livres, porque o Pai lhes deu a liberdade, deu-lhes a concepção da vida, deu-lhes a oportunidade e a alegria de poder viver a Criação.

O Universo contempla os passos que tomam as nações e todos os seus representantes. Isso restringe o despertar do Plano de Deus na consciência da humanidade e a correspondência de todas as criaturas.

É hora de ver a dualidade manifestar-se e como tudo está em jogo.

É hora de vencer essa dualidade e de transcendê-la por meio do amor; de um amor que nunca viveram, de um amor que nunca alcançaram, de um amor que ainda não descobriram e que estão a caminho de poder vivê-lo.

Enquanto estou aqui, estou com essa parte da humanidade que necessita muito da Misericórdia de Deus para poder ter uma oportunidade de redenção, para que se abra uma porta à conversão dos corações e à transmutação de muitas vidas.

O Silêncio de Meu Coração representa o Silêncio de Deus, que contempla todo o Universo e especialmente este planeta, que Ele criou com tanto amor através dos arcanjos e dos anjos, assim como dos grandes devas, que hoje são desterrados pela humanidade por meio de suas ações e de uma grande ignorância que corrói os Reinos da Natureza.

Porém, apesar de acontecerem todas essas situações, os próprios Reinos da Natureza não deixam de se expressar e de demonstrar o que em verdade eles são.

Quando toda a humanidade valorizar os Reinos da Natureza, poderá encontrar neles a regeneração da vida e a cura de muitas enfermidades.

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

No silêncio do Meu Coração e na quietude da Minha Alma, contemplo todas as coisas e tento que encontrem seu caminho correto. Há algumas delas que fazem sofrer Meu Coração, sobretudo quando não existe consciência nem determinação para levar adiante as grandes mudanças.

Assim, Eu encontro os lugares que consagrei abandonados; lugares onde antes existia a energia divina e onde agora, por alguma razão, não está.

Isso  demonstra-Me a falta de consideração ou a ausência de valor para com as coisas que vêm da Graça, já que foi a própria energia da Graça que concedeu maravilhas e milagres nos lugares santificados.

Quando se descuida de um lugar consagrado por Deus, é pela perda de amor que existe por tudo aquilo que uma vez se recebeu, e isso primeiro se reflete na consciência.

Dessa forma, a Hierarquia Celeste espera que a consciência que esteja descuidando da energia divina, que é um tesouro do Céu, possa algum dia despertar e reconhecê-lo.

Mas quando não há verdadeiro interesse ou ardente devoção, tudo se torna difícil e, pouco a pouco, os grandes defeitos do descuido começam a ser notados em todos os detalhes e em todos os lugares.

Somente a Hierarquia espiritual tem a potestade de refazer todas as coisas, já que, em um sentido oculto, há espaços já consagrados que não podem perder-se.

Por isso, venho levantar com Minhas próprias Mãos o que está caído. Venho, no amor, erguer novamente o que já está no chão.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os,

Seu Mestre, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ora e une teu coração ao Coração de Deus, porque já não há mais o que dizer ao planeta, senão que aprofunde em sua oração e união com o Pai.

As almas ainda não perceberam os tempos em que vivem e seus olhos ainda não se abriram para ver a agonia do mundo e, sobretudo, a agonia do Coração do Pai diante de tudo o que se vive na Terra.

Os seres seguem presos em seus problemas e necessidades, seguem aferrados aos seus planos, como se o tempo fluísse de acordo com sua vontade.

Filho, sei que não escutas, mas a Terra grita e geme, e seu grito se manifesta nos corações que padecem em guerras e conflitos e nas almas que estão presas em suas ilusões. 

Sei que não percebes, mas, diante de tudo isso, o Coração de Deus silencia e em Seu Silêncio ora para que os seres encontrem a paz dentro de Seu Coração.

Quão pouco necessita o planeta para encontrar a paz! Se todos os seres descobrissem que na oração verdadeira se encontra o princípio de toda a transformação e de todo o bem, haveria paz.

Se cada ser orasse a Deus, Único e Criador, presente em toda vida, ainda que segundo a compreensão de cada religião e caminho espiritual verdadeiro, poderiam compreender e respeitar as escolas que vivem os seres para encontrar a paz; saberiam que, estando cada ser em um degrau evolutivo diferente, são necessários muitos caminhos que conduzam ao Pai. Mas um dia, filho, todos esses caminhos se encontrarão no ápice da evolução humana, que é o Amor.

Quando o coração ora, ingressa na Sabedoria de Deus e compreende estas e muitas coisas. Pela ignorância humana, há guerras, desrespeito e desamor.

Ora, e encontrarás sabedoria. Ora, e encontrarás a paz.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Contempla, no centro do Universo, no coração da Criação, o Pai Criador em Seu silêncio. Fonte de todas as fontes, Luz que gerou todas as luzes, silêncio de onde nascem todos os sons. O Coração do Pai observa a Terra, esperando o despertar da humanidade, que em sua maioria vive indiferente para com Deus.

O Coração do Pai silencia com Amor, um Amor que não conhecem neste mundo, mas que são chamados a viver.

Para encontrar o Amor de Deus precisam buscá-Lo além de suas vidas humanas; precisam deter-se e procurar no próprio interior a ponte para o Coração da Vida, que é Deus.

Saibam que o Seu silêncio tem mais sentido que todas as palavras, porque, ainda que fossem pronunciadas todas juntas, não expressariam o que é o Pai.

Saibam que o silêncio de Deus expressa algo único para cada ser. Não basta que Deus fale com seus irmãos; Ele aspira a pronunciar a cada coração o Seu silêncio, para que O sintam, vivam-No e saibam da existência de Deus e de Seu Amor pela própria experiência com Ele.

Viver a Deus os transforma, cura-os e os renova no verdadeiro sentido de sua existência. Por isso, filhos, mais do que buscar filosofias e ciências, antes de tudo, busquem a Deus. Na humildade de uma oração e na verdade do silêncio interior O encontrarão. E assim, Face a face, cumprirão com Sua Vontade e receberão d'Ele o Amor que devem expressar na Terra.

Aquele que os inspira a buscar a Deus, 

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Deus contempla o mundo em silêncio e, com um Amor inalterável em Seu Coração, recebe as chagas que, dia a dia, minuto a minuto, vão se abrindo pela indiferença de Seus filhos e pelos ultrajes que eles causam uns aos outros, por desamor e ignorância. E, ainda assim, de Suas feridas segue brotando Misericórdia.

Como o Seu Filho, parte Sua viva entre os homens, o Criador também vive a Sua Paixão espiritual, porque, para curar os males que se vivem na Terra, o Pai e Senhor de todas as coisas oferece à Lei Divina aquilo que a humanidade mais teme: a dor, o sacrifício e o Amor verdadeiro, que supera todas essas coisas e vence esses temores, em sua expressão. O Criador vive, em Si, aquilo que a humanidade mais teme para ensinar a todos que há algo superior a isso, que se alcança através do Amor.

As Leis Universais são vivas e atuam em todos os níveis da Criação, por si sós. Por isso, até mesmo o Senhor das Leis as respeita e as vive, para que elas se cumpram em Seus filhos. Para que as criaturas sigam recebendo Misericórdia, Deus repara, com Seu próprio Coração, os males do mundo.

Para repararem o Coração de Deus, vocês apenas precisam viver com Amor o que, para a maioria dos seres humanos, é doloroso e difícil. E não lhes falo da morte em cruz ou das chagas e feridas do coração. Falo de tudo o que move um ser a chegar à cruz e a oferecer as chagas e feridas do seu coração por Amor e Misericórdia.

O mesmo Amor que movia Cristo a seguir com a cruz é o que move Deus a reparar as faltas humanas e é o que vocês são chamados a viver hoje, dentro de vocês e com seus semelhantes, transcendendo o amor pobre e imaturo, que muitas vezes vive dentro de seus corações, em um Amor verdadeiro, fruto da fraternidade e da Misericórdia, fruto do esforço por compreender e amar o próximo, fruto da entrega e da sabedoria, fruto da fé.

Animem-se, filhos, a encontrar, em suas orações, as Chagas do Coração de Deus e a oferecer a Ele uma reparação consciente, através do esforço por amar como Ele os ama.

Animem-se a dar passos grandes, através do esforço nas pequenas coisas do dia a dia, em que se apresentam as oportunidades de eleger entre o Amor e a condição humana. Elejam sempre o Amor.

Têm a Minha Bênção para isso.

Seu Pai e Amigo,

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Respira, ó alma, os ares de uma nova vida, de um novo mundo, de um novo ser. Não detenhas os teus pés nos degraus das dificuldades humanas; não detenhas o teu coração nas coisas do mundo.

Respira, ó alma, os ares de uma nova vida. Vez por outra, contempla o Infinito e não te esqueças de onde verdadeiramente provém o teu coração. Não deixes que o Pai, teu Criador, observe o mundo sem encontrar um só olhar que corresponda ao Seu. Olha para o Céu, olha nos Olhos de Deus e deixa que Seu Silêncio dissolva a pequenez de teus conflitos e de tuas dificuldades.

Foste chamada para uma missão maior, por menor que sejas, alma amada. És parte pequena de um Coração Infinito, e tal Coração precisa do teu, para estar completo e pleno novamente.

Respira, alma pequena, os ares da nova vida. Não deixes tua pobre mente apenas enredada nas coisas da Terra, mas que ela também encontre as Verdades do Céu.

Não precisas de muito para encontrar a Deus. Fecha os teus olhos e contempla-O dentro de ti, no profundo dessa essência, que te faz semelhante ao teu Deus e Senhor, ao Criador de todas as coisas. Busca, mais do que as coisas do mundo, o mistério de tua própria essência e encontra, ali, o Olhar de Deus.

O mundo já está distraído o suficiente; não sejas mais uma alma nas distrações da Terra. Sê, alma amada, uma ponte para Deus, com o simples fato de teres fé em que Ele está em teu interior e que basta olhar para dentro e encontrarás o Olhar Divino e Celestial de teu Pai Santíssimo.

Não queiras trilhar longos e intermináveis caminhos, não imagines fictícias aventuras, cheias de vão divertimento e curiosidades humanas. O maior mistério de toda a Existência se guarda dentro de ti e basta estar sozinha, olhar para dentro e dizer: “Aqui estou, Senhor”.

Conversa, então, sinceramente, com teu Pai e Deus ou apenas deixa que o teu olhar encontre os Seus Divinos Olhos e fica ali, compartilhando do Silêncio Divino por um instante, porque Eu te digo, alma minha: forjarão espadas, escudos e grandes armaduras, desenvolverão armas e bombas, travarão batalhas e guerras, incentivarão o medo e ameaçarão a Vida, mas Ela que habita em tua essência jamais se extinguirá.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando os Olhos de Deus contemplarem a Terra e Seu Silêncio der lugar à emanação de Seu Verbo, dizendo ao mundo: “Renasce!”, que renasçam a vida, as essências, as almas e os espíritos dos seres!

Que renasçam os reinos da natureza, ultrajados. Que renasçam os corações perdidos. Que renasçam os tesouros ocultos pela ignorância da humanidade.

Este é o tempo de preparar o coração para o renascimento. Não penses apenas na morte, no caos e nas guerras, nas purificações e nos conflitos. Eleva os olhos para o Céu e une-te ao Silêncio de Deus, na espera de que Seu Verbo se pronuncie ao mundo e dê vida nova a todos os seres.

Deixa-te, sim, purificar, transformar e morrer para o velho homem, mas não esteja apenas ali o teu coração! Esteja teu coração, filho, na esperança de renascer, porque hoje o que estava oculto já começa a emergir. Como a Aurora, que renasceu para a vida na Terra, pela emanação da Vontade Divina, também parte do Sol de Deus no Coração do Brasil voltará a brilhar.

Deixa-te renascer com os Mistérios Divinos. Deixa-te renovar, ainda que não compreendas o que te digo. Meu Verbo traz mistérios como a Vontade de Deus, mas se segues o que digo e colocas o teu olhar no Alto, acompanhando os passos do Criador, tu te renovarás como a vida e renascerás uma e outra vez, ainda quando, ao teu redor, o mundo experimentar caos, morte e ausência de sentido para a vida.

Sê tu um instrumento da vida. Renasce com a Vontade Divina e renova-te todos os dias, para que Deus possa renovar o mundo através de teu coração.

Vê, filho, que a cura volta a emergir sobre a Terra. O Coração da Nova Aurora atraiu para o mundo a cura para que outros Sóis, que se apagaram pela indiferença humana, pudessem voltar a se acender e, no meio das trevas do final dos tempos, a luz volte a brilhar.

Sê tu parte desta luz. Sê parte deste mistério de amor.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Filho,

Nem sempre Deus te falará ao ouvido e ao coração, porque chegará o momento em que Sua Voz se tornará silêncio e vida dentro de ti.

Já não escutarás do Senhor as Suas Palavras, como escutas agora, e isso ditará o momento de ser Um com o Pai e de que Sua Voz não se pronuncie de fora para dentro, senão de dentro de ti para o mundo inteiro.

Quando o Criador silenciar e apenas observar o mundo, será a hora de que as vozes de Suas criaturas ressoem. Será o momento de viver a unidade com Deus, para que do próprio homem surja a guia para a humanidade.

A última prova do coração humano será a solidão absoluta, solidão na qual se encontrará espiritualmente como raça e como consciência. Será a solidão da humanidade consigo mesma. E, nesse momento, filho, caberá apenas ao coração humano encontrar a saída para a vivência do amor e da verdade.

Aqueles que construíram a unidade com o Pai não titubearão nem temerão, porque o seu pensamento, sentimento e ação serão Um com o Pensamento, o Sentimento e a Ação de Deus. E os que não conheceram o Criador e jamais O buscaram viverão a prova de confiar em seus irmãos para não se perderem.

Os que se diziam seguros de si mesmos se verão diante de um abismo e quererão voltar atrás, sem ter para onde ir. Os valentes e confiados em Deus – e não em si mesmos – se lançarão sem temor e ingressarão nos portais que conduzem ao novo tempo, ao tempo real.

Filho, entre símbolos e literalidades, te faço conhecer uma parte da verdade. A única certeza que podes ter, diante de Minhas palavras, é a de que aquele que constrói agora a unidade com o Pai em seu espírito não se perderá – senão de si mesmo.

Por isso, antes de quereres compreender exatamente o que te digo, busca a essência de Meu ensinamento e une-te sem demora ao Criador, para que, quando for a tua hora de experimentar a solidão, Deus esteja contigo, porque Ele estará em Ti.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos