Mãe Terra

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE QUITO, EQUADOR, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

O Segundo Retorno de Cristo

E chegará o dia em que o sofrimento humano terminará e as almas conhecerão o pleno gozo de estar em Deus e de Deus estar nos homens.

As falsas crenças cairão, e se levantará no profundo das almas o templo do coração; aquele templo que receberá os Dons do Espírito Santo, os Dons que repovoarão a Terra com verdadeiros e evolutivos princípios.

Nessa hora, se aproximará o Retorno de Cristo. No ponto mais agudo da humanidade, quando a Mãe Terra estiver em seu parto dando à luz o novo homem, esse será o momento do Retorno de Cristo.

Os tempos se deterão, e o ciclo se estabilizará para que ingresse o Filho do Homem.

O verdadeiro tempo absorverá o tempo ilusório, e uma nova etapa começará, depois que o Amado Filho vier buscar os Seus seguidores do amor e julgar os que por muito tempo fizeram o mal.

Nesse momento tudo será revelado, e as almas da Terra já não terão véus em sua consciência.

Muitos se darão conta de tudo o que podiam ter alcançado, mas será tarde demais.

Outros se arrependerão e, de joelhos ante o Filho Amado, pedirão perdão e misericórdia.

Mas nesse momento será o próprio Deus que julgará pela boca de Seu Filho, e o Filho Amado apenas proclamará o que Seu Pai Eterno ditar nessa instância.

Enquanto isso, e todavia com um pouco mais de tempo, arrependam-se de coração e estarão a salvo, porque os que aceitarem viver a escola do Amor Redentor conseguirão ser parte da Nova Terra.

Quando Meu Filho chegar pela segunda vez a este mundo, tudo já estará desatado na humanidade e terá uma força de mais de mil cavalos.

A Natureza falará por si mesma e sairá de seu constante silêncio.

Os Reinos da Natureza se expressarão e em cada parte da Terra deixarão uma mensagem significativa, que nenhum homem poderá destruir ou apagar, porque o que se mostrará despertará a consciência dos que estão adormecidos.

Do mesmo modo, muitas coisas mais acontecerão; sinais definitivos darão o Sol, a Lua, as estrelas e todo o firmamento.

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DE CURITIBA, PARANÁ, A PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Queridos filhos,

Venho aqui por um mundo ferido, e trago entre Minhas mãos a maior causa de Deus: o cumprimento de Seu Plano de Amor e de Redenção na superfície.

Oro por esse precioso Projeto e revivo todos os dias as Palavras do Criador, o que Me disse em Seu Reino:
 

"Querida Mãe Universal, Supremo e humilde Espelho do Amor, Teu Pai e Senhor do Universo Te pede que vás, incansável, ao encontro das almas e dos mais simples. Porque por intermédio deles poderei curar o planeta e a sua humanidade. Repovoarei o mundo com centenas de sóis, muitos mais do que Eu criei nos Universos. Farei de cada sol uma emanação prodigiosa de Minha Fonte e, através deles, derramarei os Códigos Divinos de Meu Coração Paternal. Vê, dulcíssima Senhora da Luz, Governanta de todas as estrelas caídas e não caídas; vê, aparece e anuncia à raça que os amo profundamente e que estão Me ofendendo ao afastar-se do Universo do Meu Amor. Faze tudo o que estiver ao Teu alcance. Não tens fronteiras, mas milhares de anjos e devas para reverter a falta de amor neste planeta e transmutar a indiferença. Tu sempre terás no Coração a Sabedoria
inextinguível de Minhas Palavras porque, através de Tua Graça, farei dos corações troféus luminosos de redenção para colocá-los aos pés do altar celestial."

 

Escuto filhos, em Meu silêncio, todos os dias, essa proclamação. E poderei ser a Mãe da humanidade e de toda a Terra, sempre que Me permitirem. Assim triunfará Meu Imaculado Coração.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Queridos filhos,

Hoje a dor do Planeta e da Mãe-Terra, da Pachamama, é aliviada pela essência e pelo espírito dos jovens do mundo que entregam ao Criador a oferenda de estar em comunhão com todo o Criado.

É dessa forma que sua Mãe Celeste liberta das prisões da Terra todos os Reinos manifestados, e os grandes devas da natureza reencontram o caminho pelo qual vieram servir.

Cada mineral, assim como cada flor, cada animal e também cada elemental, sente em sua consciência o alívio oferecido pelos jovens que, em amor, se unem a toda a Criação.

Uma parte da dívida impagável da humanidade, que tem dominado e destruído os Reinos menores, é aliviada; e, através da energia da Graça, coisas impossíveis alcançam a luz e a redenção.

Tudo isso é possível porque o Pai vê o coração sincero dos seus filhos mais jovens que tentam reintegrar a este planeta a cultura do sagrado e a reverência por tudo o que foi criado.

Hoje a Mãe de Deus se une a cada jovem alma que recita com fervor e amor sua união com a Natureza. Dessa forma, a oferta dessa alma jovem, além de abraçar a essência dos Reinos, ajuda a esfera da Terra, e o Planeta se sente amado.

Que essa comunhão prossiga por muito tempo mais. Que o homem da superfície desperte para a verdade de estar em profundo contato com o que ainda não conhece: a essência matriz dos Reinos da Natureza.

Agradeço aos Meus filhos mais jovens por estarem cumprindo o chamado.

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO EXTRAORDINÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITDA NA CIDADE DE OKLAHOMA, ESTADO DE OKLAHOMA, ESTADOS UNIDOS, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando o Búfalo Branco surgia no horizonte, de repente, caminhando com serenidade diante dos olhos dos puros, era sinal de prosperidade e esperança. Sua boca não falava, seu idioma não era conhecido pelos homens. O seu silêncio lhes transmitia a vontade de Deus. Sua linguagem era compreendida com o coração por aqueles que sabiam silenciar.

Quando a tristeza inundava os corações dos homens, eles clamavam pela graça de ver e sentir o Búfalo Branco. Sua serenidade os acalmava, e eles sentiam a esperança de que a Terra se manteria fértil, viva e sagrada.

Quando o coração dos filhos da Terra não estava fecundo no amor e na alegria, eles clamavam pelo Búfalo Branco. Sua alegria e seu amor não provinham deste mundo, mas o nutria e o curava. Ele aparecia no horizonte e representava a chegada dos novos ciclos, em que a vida teria maior sentido, pois a terra seria fecunda e o coração também.

O Búfalo Branco era o Santo Espírito da Terra que, silencioso, caminhava entre os homens. Ele vinha dissolver o medo, a angústia, a tristeza; vinha unir os corações dos filhos da Terra com Aquele que criou a Terra e todos os outros planetas; criou o Sol, a Lua e toda a Vida.

O Búfalo Branco era o portador da pureza e reacendia a pureza nos corações dos filhos da Terra, para que não perdessem a esperança de um mundo com paz e em comunhão com a Vida.

O Búfalo Branco era manso, mas invencível. Nada podia tocá-lo, e apenas os olhos do coração podiam vê-lo. Seu mistério provinha do Infinito, embora sua aparência fosse da Terra. Fazia-se menor que os homens, com o símbolo vivo de um simples animal, mas ele queria representar o Todo. Estavam n'ele os pequenos e os grandes, dos animais ao Deus Supremo, da natureza ao Todo.

O Búfalo Branco trazia, assim, a compreensão de que Deus está em tudo.

Eu sou o Búfalo Branco, o Espírito da Terra, o Espírito da Vida.

Eu sou a representação dos ciclos fecundos, dos ciclos de Paz.

Em Minha presença, dissolvem-se a desesperança e o medo, e os corações voltam a encontrar a fé e o amor de Deus.

Eu sou, filhos Meus, a Mãe da Terra e também do Céu. Os filhos da Terra nela nasceram, mas dela não provêm. Seus espíritos provêm de Mim; nasceram da Fonte Universal da Vida, resguardados pelo brilho das estrelas que resplandecem no Infinito, abraçados pela maternidade de Deus, Adonai.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Observa nos sinais da natureza a expressão do espírito da Terra. Sente, através dos elementos, os sentimentos mais profundos do planeta que te acolhe.

A Terra vive e se expressa através dos Reinos, dando a conhecer aos homens a intensidade de seu coração.

Quando os ventos se agitam, a chuva se precipita e os raios acendem no céu as luzes que as nuvens escureceram, sente a Terra liberando os corações e deixa que teu espírito também seja lavado por sua água de vida.

Quando o sol brilha no horizonte e o azul resplandece no céu, pintando os ares da Terra com um novo dia, vive tu também a renovação que os elementos trazem e agradece ao Pai a oportunidade de recomeçar.

Como os Reinos da Natureza em suas estações, deixa-te, filho, transformar pela vida. Reverencia os ciclos que a Terra te traz e com gratidão vive cada momento, pois em tudo há uma mensagem de Deus para ti.

Ingressa em teu interior diante da Natureza, para assim ingressar no profundo da Terra e ser conhecedor de sua ciência e de seu espírito.

A vida tem muito para te ensinar, basta que não passes por ela com indiferença e superficialidade.

Contempla a profundidade do Todo e um dia compreenderás verdadeiramente porque estás aqui.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho,

Quando o espírito do planeta clama, não te esqueças de dedicar um tempo a escutá-lo.

Quão pouco é dedicar uma oração àquele coração ferido que, apesar de suas chagas, te sustenta e ampara para que possas crescer e evoluir.

Jamais te esqueças de que este mundo tem um espírito que o anima e um Propósito que o impulsiona a seguir adiante. 

Este planeta é parte viva do Coração de Deus e, como parte Sua, todo padecimento nele vivido é sentido pelo Coração do Pai. Por isso, não vejas com indiferença as guerras, os ultrajes aos Reinos da Natureza, o abandono dos seres humanos para consigo mesmos e para com o próximo, a ignorância do coração humano para com a Vida Superior.

Sente a vida como parte de um Todo, de um Coração Único e Criador. E, por tudo o que acontece neste mundo, ora e repara esse coração ferido. Ora como parte de Deus, para que tua oração seja como um bálsamo que cura o Coração do Pai. 

Não deixes de escutá-Lo quando Ele te chama, não apenas para consolar-te ou conceder-te algo. Escuta a Deus e ao Seu clamor que emerge das entranhas desta Terra ferida e oferece ao Pai uma reparação por este mundo. 

Ora e oferece cada instante de tua vida por algo maior que tuas aspirações. 

Ora e dedica teu tempo a algo mais que teus afazeres e tuas responsabilidades. 

Tudo o que fazes é para Deus, mas a oração, filho, é o bálsamo de cura de que hoje o mundo necessita, de que Deus necessita por intermédio de teus irmãos, dos Reinos, das nações, para poder manter-Se vivo em Suas criaturas. 

As criaturas necessitam de Deus, e Deus, para responder aos Seus filhos, precisa ser escutado.

Por isso, hoje Eu te convido, neste dia de reparação, a silenciar teu coração por um instante e a escutar o Coração do Pai, escutá-Lo no mundo, nos Reinos, nos homens, no profundo da Terra e na imensidão do Céu.

E ora para reparar a Sua dor; ora para sanar Suas feridas; ora para que Ele seja conhecido e seja Deus se expressando em toda a vida, visível e palpável para todos.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Tanto na mensagem de ontem, como na de hoje, São José faz uma analogia entre a Paixão de Cristo e o Armagedom, que Ele chamou de Paixão planetária. No dia de hoje, Ele nos mostrou a semelhança entre a atuação do Cirineu na Paixão de Cristo e os Reinos da Natureza na Paixão planetária, nos explicando que os diferentes fenômenos da natureza que acontecerão no mundo não serão um castigo ou uma forma de prolongar o sofrimento humano, serão o veículo que nos dará a possibilidade de entregar tudo por amor a Deus.

São José nos dizia que, ao mesmo tempo em que a natureza sustentará espiritualmente a consciência humana, ela também criará as condições para que cheguemos aonde devemos chegar em nosso aprendizado, graças aos diferentes movimentos climáticos que viveremos. Nos dizia isso para que possamos acompanhar a transição do planeta com a visão correta.

Ele está tentando levar a humanidade a estar diante desta Paixão planetária com a mesma intenção e compreensão de Cristo durante a Sua Paixão, ou seja, não se sentindo castigado ou martirizado, mas sim oferecendo cada passo com a cruz para o triunfo de Deus no mundo, vencendo a dor graças ao amor.
    

Os Reinos da Natureza também viverão a Paixão planetária, o chamado Armagedom. Compartilharão da cruz do mundo com os seres humanos, assim como o Cirineu sustentou a cruz de Cristo e caminhou com Ele até o Gólgota.

Os Reinos da Natureza aprenderão com a experiência humana e esse aprendizado ficará marcado na consciência grupal e individual de cada espécie. Isso significa que, quando chegar o momento da individualização da consciência para os Reinos Menores que compartilharam da evolução da Terra no final dos tempos, essa consciência individual portará, em si, os códigos de entrega, doação, sacrifício e perdão vividos nestes tempos.

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos