MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ CASTÍSSIMO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Irmã Lucía de Jesús: Quando hoje São José apareceu, apresentou-Se de uma forma como nunca antes eu O havia visto.Vestia uma túnica branca e um manto marrom, preso no ombro esquerdo, caindo por cima da túnica. Tinha na mão direita uma vara de nardo, um pouco de lado, com três pequenas flores quase na ponta. Os olhos resplandeciam como nunca, de uma cor de mel, bem claros. Parecia mais jovem, como se tivesse uns 40 anos. Tinha os cabelos um pouco acima dos ombros e estava de pé, em um campo verde entre as nuvens. Ele disse que esta era a imagem do dia em que foi escolhido para Se casar no templo com Maria e que esta era a face que queria que conhecêssemos neste tempo, porque ela daria o impulso de que necessitamos para começar um novo ciclo. Aquele momento representou para São José o início de um novo e definitivo ciclo, a partir do qual ingressou no desenvolvimento do arquétipo de Deus para a humanidade.

Hoje venho ao seu encontro com esta face, porque é assim que lhes falarei a partir de agora, trazendo para o mundo os impulsos dos primeiros passos da santidade de Meu Casto Coração.

Com este símbolo, quero demonstrar-lhes que o primeiro passo para se iniciar um novo ciclo, uma nova vida, pautada pela Vontade de Deus Altíssimo, é a transparência no coração, na mente e nos sentidos. Sendo assim transparentes, não escondam dos homens o que verdadeiramente são e não tentem jamais se esconder de Deus. É sendo verdadeiros e transparentes diante de tudo e de todos que poderão iniciar este caminho.

Não tenham medo de proclamar a própria fé nem sua trajetória espiritual; e não vivam segundo as tendências do mundo apenas para não parecerem diferentes aos olhos dos homens.

Se não buscarem se esconder de Deus e Lhe oferecerem todos os dias as próprias misérias, assim como também as virtudes, saberão então o que deve ser transformado e o que deverá ser fortalecido, sob o espírito da humildade e da oração.

Que a simplicidade do coração abra os caminhos para que possam ser verdadeiros, sem temor. Se a isso aspiram, descobrirão em si mesmos um potencial que sempre esteve oculto pelas capas das falsas faces que gostariam de aparentar ao mundo para, assim, se sentirem parte comum dessa humanidade degenerada.