MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS TRANSMITIDA PARA A 54ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Segunda Mensagem

E verão vir o Filho de Deus com a vitoriosa Cruz de Emmanuel, iluminando os quatro pontos da Terra, todas as raças e todos os povos, para que triunfe novamente o Amor Misericordioso de Meu Coração e se abram as portas para a reconciliação das almas com o Universo e a vida.

Esta vitoriosa Cruz de Emmanuel anunciará um novo tempo para o planeta e sua humanidade.

Ditosos serão aqueles que a venerarem com a humildade do coração, porque no próximo tempo serão reconhecidos Filhos de Deus.

Ditosos serão os que crerem em Seu poder, porque serão congregados aos pés da Cruz de Emmanuel para ser abençoados e preenchidos pelo Espírito Santo.

E finalmente, companheiros, pela poderosa Cruz de Emmanuel, toda adversidade e mal serão vencidos e, na unidade com o Pai, seus corações florescerão no amor e na fé.

Quando virem vir o Filho de Deus com a Vitoriosa Cruz de Emmanuel, será o sinal de que se aproxima o último tempo, será o momento em que seus corações deverão estar preparados para receber o que tanto esperavam.

Esta Cruz vem fechar tudo que é incerto e abrir a Fonte do Amor para os corações.

A Cruz de Emmanuel traz o espírito da redenção para as almas e para todos os espíritos caídos. Ela tem a potestade de trazer a liberação para o mundo e a redenção para as Nações, porque nela se guardam os códigos dos sagrados méritos da Paixão de seu Senhor.

Na Sagrada Cruz de Emmanuel se guarda a experiência vivida por Cristo na Terra, o incalculável valor de Seus padecimentos, de todos os Seus sofrimentos e de todas as Suas agonias pela conversão e redenção dos espíritos caídos neste planeta; e também por Seu preciosíssimo Sangue derramado durante Sua Paixão e até Sua Morte na Cruz.

A vitoriosa Cruz de Emmanuel guarda, em essência, até o último momento em que seu Mestre e Senhor expirou na Cruz, entregando Seu Espírito ao Pai para que, ao terceiro dia, ressuscitasse.

Bem-aventurado será quem contemplar com humildade a vitoriosa Cruz de Emmanuel e quem pedir algo ao Pai por alguma consciência que está perdida ou caída, porque ao terceiro dia o Pai o escutará e responderá à sua súplica.

Esta poderosa Cruz de Emmanuel é o símbolo para os mundos visíveis e invisíveis, para o plano espiritual, mental e material.

MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Relato da mensagem:

Durante a cerimônia de consagração dos Missionários no Centro Mariano de Figueira, havia uma estátua de São José no altar e, em um determinado momento, ela começou a brilhar muito intensamente. Observamos esse movimento para compreender o que estava acontecendo, e quando os sacerdotes estavam se aproximando do altar para consagrar a Eucaristia, sobre eles começaram a se abrir muitos portais, de uma forma rápida e intensa. Nesse momento, luminoso como um sol, apareceu São José.

Atrás d'Ele, havia um caminho para a África, e Ele estava rodeado de crianças e também trazia uma criança africana em Seus braços. Ele disse que veio para que compreendamos a importância das missões humanitárias para a Hierarquia.

Trouxe consigo uma Graça para cada missionário que se consagrou, algo espiritual e interno, e transmitiu uma mensagem extraordinária. Foi a primeira vez que São José apareceu, desde o fim dos ciclos de Suas Aparições, no último dia 18 de agosto.

Ele nos disse:

 

Venho no silêncio, pela Vontade de Deus e por Seu Divino Amor. Venho porque, para Mim, tão importante quanto acolher e servir às almas da África é acolher os que se consagram ao Plano de Deus e à missão primeira de resgatar o amor nos corações de todos os seres, na consciência de todos os Reinos da Natureza.

Venho para abençoá-los, não porque todas as bênçãos que já receberam não foram suficientes, mas porque devem compreender quão importante é para Deus a missão que levam adiante e que seguirão levando pelos quatro cantos do mundo.

O Criador acompanha os seus passos, assim como Eu também os acompanho; seja inspirando os seus espíritos, seja observando os seus caminhos, Eu sempre os acompanharei.

Hoje se abrem os Céus como se abrem os seus corações, porque a cada oferta que a humanidade realiza, novos méritos são gerados para a salvação e redenção da humanidade.

Hoje venho não apenas com uma bênção; venho abrindo o caminho de seus espíritos para que cheguem à Minha amada África. Eu ali estou. Em onipresença e amor, indico-lhes a direção na qual há a maior necessidade. Venham comigo ao encontro da transformação de suas vidas.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Hoje, filhos, com o Menino Jesus entre Meus braços, venho fazer-lhes um pedido especial.

Já não resta muito tempo para que Minhas palavras ecoem no mundo. É chegado o momento de Meu silêncio para que, assim, a voz deste pequeno Menino possa falar mais alto, para que Seus desígnios sejam escutados e Seu Verbo se torne Lei.

Mas, antes de silenciar Meu Casto Coração, venho pedir para cunhar uma medalha, a Medalha do Castíssimo Coração de São José. Medalha que guardará em si todos os méritos alcançados em Minha vida e na eternidade de Meu Coração; medalha que será a protetora das famílias e a guia para a evolução das almas; medalha que lhes recordará a pureza de seus corações e protegerá as suas essências, para que não percam a paz nos tempos de transição.

A Medalha de Meu Casto Coração levará gravada a Minha imagem com o Menino Jesus em Meus braços. Ele estará em Meu braço direito, e os lírios que carrego como símbolo de castidade estarão em Minha mão esquerda. Aos Meus pés escreverão: Castíssimo Coração de São José, rogai por nós.

Atrás, a Medalha levará Meu Coração, como uma ponte para o Meu Relicário espiritual. O Meu Coração com três lírios representará a união que vivi, como servo de Deus, com a Divina Trindade.

Com esta Medalha, filhos, se cumprirá o legado que devo deixar-lhes como Pai e Amigo.

Aqueles que portarem consigo essa Medalha levarão pelo mundo os Dons e as Graças alcançados por Meu Coração.

Como promessas divinas, digo-lhes que aqueles que portarem a Medalha do Castíssimo Coração de São José:

1. Encontrarão a paz nos tempos de tribulação.

2. Alcançarão a sabedoria interior, por meio da humildade e da entrega.

3. Encontrarão o caminho para retornar ao Pai, através da simples oração.

4. Serão protegidos de toda obscuridade.

5. Alcançarão a Graça e a proteção para as suas famílias.

6. Viverão sob o espírito da humildade e da mansidão de Meu Casto Coração.

7. Através do silêncio, descobrirão o Amor insondável de Deus e beberão de Sua Fonte Divina.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BUENOS AIRES, ARGENTINA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Busquem amar com sabedoria: palavras sempre para Deus, ações sempre para Deus, sentimentos sempre para Deus, para que construam com suas vidas o Seu Plano.

Busquem viver com sabedoria, observando as próprias ações e intenções, deixando que elas sejam conduzidas por um Propósito superior; observando o próprio coração para que ele esteja imbuído de sua missão e da Verdade Divina.

Busquem em Deus as respostas para as suas perguntas e saberão que d'Ele são os méritos das vitórias de suas vidas.

Busquem em Deus as virtudes para expressar e saberão que Ele é o motor de toda transformação verdadeira.

Deixem que as Mãos de Deus os guiem, que o Pensamento Divino os inspire, que o Amor de Deus os preencha, que a Sabedoria Divina seja o que impulsione tudo o que são e seus pensamentos serão inspirações de Deus, seus conselhos serão Dons de Seu Espírito, suas ações serão Obras incansáveis que constroem pontes para chegar ao Pai, suas vidas serão santificadas por Sua Presença e, mais do que isso, por Sua Ação.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BUDAPESTE, HUNGRIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma nação que se levanta em oração verdadeira é uma nação que começa a retornar para o Coração de Deus, que constrói em seu íntimo o despertar da nova vida e a união com o novo tempo.

Uma nação que ora abre as portas para o despertar espiritual, para que a Verdade se revele, para que seu passado, presente e futuro encontrem sentido, e tudo seja compreendido na essência do coração.

Uma nação que ora é aquela que se aproxima de sua Origem na unidade com o Criador e permite que o Reino de Deus esteja no planeta, gerando méritos para que outros povos possam encontrar a redenção e o despertar.

Uma nação que ora é aquela que atrai a paz ao mundo, para conceder aos corações a possibilidade de aprender através do amor, e não da dor.

Por isso, filhos, orem pelas nações, mas também orem como nação; orem em nome dos povos, das culturas, dos corações, em nome do planeta.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FÁTIMA, PORTUGAL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando os corações oram, acompanhando os Mensageiros Divinos em Seu peregrinar por este mundo, estão abrindo as portas do Céu para que uma nova vida se institua na Terra.

A oração sincera de seus corações desperta o potencial do coração humano de unir o Céu  à Terra e, pouco a pouco, começam a expressar o verdadeiro propósito da humanidade.

Quando os corações despertam, geram méritos para que mais almas também possam despertar e para que os que estão nos abismos deste mundo recebam uma oportunidade de encontrar a luz.

Apenas quem já esteve nos abismos da Terra, filhos, sabe a dor e a angústia que é estar distante de Deus e preso ao jugo das forças obscuras que cercam este mundo. Por isso, o mais importante é clamar e rogar pelas almas perdidas, dizer sim a Deus sem condições e acompanhar os passos de Seus Mensageiros, ainda que não saibam totalmente qual é a missão que estamos realizando neste mundo, neste tempo.

O que fazemos ao peregrinar pelas nações é muito mais amplo do que o que podemos lhes revelar. Estamos retirando este planeta do abismo de sua autodestruição e colocando-o no ponto correto de sua transformação, para que possa cruzar o umbral entre o tempo de ilusão e o Tempo de Deus, em que nada jamais será igual, em que a verdade lhes será revelada, em que saberão quem são e porque estão aqui.

Por isso, filhos, tão simples como a oração sincera é a resposta que devem dar a Deus todos os dias, para que cumpram com sua parte nesta missão de amor. Apenas acompanhem Nossos passos com o coração e, onde quer que estejam, anunciem, através da oração, sua adesão a este Plano de amor e de resgate da vida na Terra.

Têm a Minha bênção para isso.

Seu Pai e Amigo,

 São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Chegou o momento de acompanhar o Senhor no calvário destes tempos.

Mas, agora, vocês já não serão o Cirineu, que acompanha os Seus passos; já não serão as santas mulheres que lavam o Sangue do caminho com suas lágrimas; já não serão os verdugos que tentam conter suas almas, em meio a tanto ódio que não sabem de onde provém e que, no final de tudo, curam-se pela potência do Amor de Deus; já não serão aqueles que vivem a Paixão do Senhor com os olhos e com o coração.

Hoje, Cristo será o Cirineu que acompanha os seus caminhos. Suas lágrimas lavarão as feridas da Terra e saciarão a sede dos que vivem no deserto de sua própria cruz. Agora, filhos, são vocês que devem dar este passo.

A cruz do mundo não será como a Cruz do Calvário, porque seus méritos devem ser outros. Seu propósito é renovar e superar todo o amor já conhecido na Terra como no Céu. Por isso, vivam o momento presente com gratidão e estejam atentos a cada novo dia, que traz consigo um passo com a cruz.

Saibam dizer “sim” ao Cálice que o Senhor lhes dá de beber e, como o Seu Filho, saibam dizer: “que se cumpra a Tua Vontade e não a minha”.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BELO HORIZONTE, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Pelos méritos gerados na oração e no serviço, o Criador concede Suas bençãos às almas, para que, através delas, os espíritos despertem e estejam prontos para servir ainda mais este mundo e muito além dele.

Quando os corações oram, concedem ao Criador a potestade para ingressar em seus lares e transformar as suas vidas. O Coração do Senhor encontra alento nessas almas orantes e, através delas, concede graças e Misericórdia para aqueles que não as merecem e que inclusive negam a Deus e Sua Presença.

Por isso, filhos, abram com alegria as portas de suas casas para Deus e deixem que Ele faça de seus lares cenáculos de oração, onde a esperança e o Amor do Criador se renovam.

Nesses cenáculos de luz, as almas sedentas saciam sua sede, e a Misericórdia Divina encontra uma porta para descer ao mundo e permear os seres, os Reinos da Natureza e as nações.

Ofereçam os seus lares como uma morada para o Coração de Deus, para que, através da transformação de suas famílias, muitas outras famílias recebam a oportunidade de estar em Deus.

Hoje lhes digo que o Amor do Pai se renova em suas vidas e, dentro de seus corações, constrói uma fortaleza, que muitas vezes não veem e não percebem, mas que os sustentará nos tempos que chegarão.

Deixem que o Criador encontre em seus espíritos alento e reparação por tanta indiferença que há no mundo. Enquanto vocês reparam o Coração de Deus com ofertas simples, o Seu Amor os transforma com uma profundidade desconhecida, curando feridas que estão ocultas na consciência, mas que se refletem em suas vidas.

Deixem-se curar e renovar enquanto oram e reparam o Coração de Deus. Algum dia descobrirão que Sua Graça os transformou em Seus instrumentos, e, pela porta de seus corações, o Senhor retornará em Espírito e em Divindade a este mundo.

Hoje lhes agradeço por fazerem de seus lares cenáculos de oração, morada do Coração de Deus, e lhes digo que, por esses lares, o Coração de Seu Filho passará para conceder Misericórdia e Redenção ao mundo.

Não se cansem de orar. Deixem que o milagre do Senhor aconteça em suas vidas e, através de vocês, em todo o planeta.

Eu os amo e lhes agradeço por cumprirem com amor o Plano de Deus.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUERIA, MINaS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Restaura-te na fonte da oração que, quando ofertada sinceramente, gera méritos para a Redenção das almas.

Restaura-te na fonte da oração e renova-te na certeza de que teu esforço não é vão e de que tudo o que ofereces se converte em reparação para o Coração de Deus.

Restaura-te na fonte da oração e deixa que tua alma ofereça tudo de si a Deus e a Seu Filho que, ao longo de toda a evolução humana, oferece o Seu Coração em sacrifício e renúncia por cada ser desta Terra.

Restaura-te na fonte da oração e recorda-te das almas sem esperança nas guerras, nas favelas e nos palácios deste mundo. Deixa que tua voz, às vezes já sem força, possa chegar ao profundo desses seres como um impulso para que também eles não desistam de encontrar a Deus.

Restaura-te na fonte da oração e não te canses de pronunciar ao Pai os teus louvores. Sabe que o Coração de Deus sempre te espera e que, por menor que seja a tua oferta, quando ela é sincera, os seus méritos se multiplicam infinitamente e a Redenção que dela nasce é eterna.

Restaura-te, filho amado, na fonte da oração e, até o último de teus dias, ora para que o Pai jamais se afaste de ti.

Se não tiveres força ou voz para orar, ora em silêncio. E se teu coração está fraco para emitir amor, ora na quietude. E se tua mente não conseguir pronunciar um pensamento, ora no vazio. E se tua alma estiver no deserto e nada sentir, apenas ora esperando que Deus ali te alcance. Nunca feches a porta para o Coração do Pai.

Persiste e sê firme, ainda que seja no mais íntimo de teu ser.

Tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O que se revelava ao mundo através de parábolas e profecias hoje se revela através de conhecimentos cósmicos e da sabedoria que Deus manifesta na voz de Seus Mensageiros.

Para que Seu Filho estabelecesse um novo ciclo e anunciasse a vinda do Reino Celestial e a Aliança nova e eterna com o Pai Criador, o Senhor fazia ecoarem os Seus ensinamentos na Voz de Jesus, através de parábolas e profecias, porque essa era a forma como a humanidade podia escutá-Lo naquele tempo.

Hoje, filhos, Deus os prepara para o estabelecimento de um novo ciclo, de um novo tempo; prepara a consolidação da Aliança com Ele. Este é o ciclo da definição, e apenas permanecerão sobre a Terra e nos mundos por Deus escolhidos aqueles que tenham cruzado a porta da Redenção. Quando tudo tiver se definido, Sua Aliança já não será para uns poucos, será para todos.

Aqueles que não puderem dar os passos necessários neste ciclo cruzarão os umbrais para uma nova vida que corresponda às suas escolhas e aprenderão, uma e outra vez, do sacrifício e da renúncia, até que se abram para aprender com o amor.

Estas novas escolas não serão um castigo de Deus para fazer os seus filhos sofrerem; elas serão fruto da Graça do Pai, pelos méritos gerados pelos que disserem “sim”, para que outros tenham uma oportunidade de recomeçar. Não haverá castigo eterno, mas sim eternas possibilidades de recomeçar, até que todas as criaturas, onde quer que estejam, vivam a Redenção e deem seus passos no caminho evolutivo.

Sei que tudo isso lhes é muito misterioso e que pouco podem compreender de algo que não conhecem e que não vivem.

Hoje o que Eu lhes digo não é para ser compreendido, mas sim guardado no coração e depositado na consciência, porque virá o tempo em que os caminhos se dividirão diante de seus olhos e duas portas lhes serão oferecidas para cruzar: a porta estreita do amor e da entrega, e a porta ampla, do recomeço da evolução dos seres.

Para saberem eleger, vocês deverão conhecer as decisões que tomam. Por isso, preparo os seus seres, porque nenhum desses caminhos será fácil e simples, mas apenas um deles plenificará seus corações e reparará a Consciência Divina, levando o próprio Deus à renovação do Amor.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Deus pensa nos seres humanos, recorda de Seus filhos amados, frutos de Sua mais pura aspiração de crescer no Amor e de renovar toda a Vida em um Amor maior.

Quando Deus pensa nos seres humanos, contempla todo o movimento que aconteceu no Universo como na Terra para que Suas criaturas tivessem uma oportunidade de amar, e como esses acontecimentos fizeram com que toda a Vida – além do que vocês conhecem – se transformasse e saísse do ponto em que se encontrava.

Quando Deus pensa na humanidade, recorda o sacrifício de Seu Filho, que expressou com plenitude o que é ser um ser humano e preenche Seu Coração de uma esperança divina que O renova na espera do Seu triunfo no coração dos homens.

Quando Deus pensa na humanidade, contempla o esforço verdadeiro de Seus filhos e busca todos os méritos por eles alcançados, para que, por meio da atuação das Leis Universais, os seres humanos recebam Sua Graça e Sua Misericórdia infinitamente.

Quando Deus pensa na humanidade, Ele pensa no que em verdade vocês são. Os Olhos de Deus contemplam o mundo e veem o que é, e não o que aparenta ser.

Os Olhos de Deus contemplam o mundo, e com compaixão Ele aspira a que os homens um dia vejam através de Seu Olhar e vivam a Revelação do que verdadeiramente é a Vida.

Em suas orações, coloquem os seus olhos no Olhos de Deus, para que encontrem dentro de si mesmos a Verdade; para que olhem para seus irmãos e vejam o que eles verdadeiramente são; para que acordem todos os dias e saibam que a vida na Terra é uma Graça concedida ao Universo, para que ele seja parte da renovação de Deus. E para isso, filhos, basta amar; basta renovar-se e superar-se no Amor todos os dias.

Coloquem os seus olhos no Olhar de Deus, ainda que seja um pouco, e clamem pela graça de saber ver com olhos plenos de Verdade. Porque nestes tempos de ilusões e obscuridade, para não se perder no caminho, filhos, deverão estar não apenas com o coração em Deus, mas com os olhos dentro de Seu Olhar e a consciência em Sua Verdade.

Têm a Minha bênção para isso.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE O MUTIRÃO DE SÃO JOSÉ*, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A Renovação é um atributo espiritual que provém do Coração de Deus. Apenas o Pai e Criador de todas as coisas pode prover a Renovação verdadeira para os Seus filhos, porque neste momento Ele restaura em seus espíritos os princípios originais dos quais vocês se desviaram como humanidade e restitui às suas consciências parte da pureza e da essência original com as quais vocês surgiram nas Fontes do Universo Celestial.

Com as coisas simples da vida, nas quais o coração humano se plenifica, Deus atua e opera os milagres espirituais, que de tantas formas as consciências buscam e não encontram.

O coração humano é um grande mistério. Mas mais misterioso e incompreensível do que esse coração é Aquele que o criou e pensou à Sua Imagem e Semelhança.

As Coisas de Deus são alcançadas com o coração e, para despertarem o coração humano e uni-lo ao Coração de Deus, vocês não precisam fazer mais do que ser sinceros e verdadeiros e esforçar-se para estar dentro da Lei única e primeira, que os faz retornar à sua Origem celestial, que é o Amor.

Com os atos simples, nos quais vocês se esforçam para sair de si mesmos e oferecer um pouco de suas ações ao Plano de Deus, é que seus espíritos encontram as oportunidades perfeitas para chegar ao Pai.

Esta Criação, filhos, é maravilhosamente simples, por mais que as mentes dos seres humanos os façam sentir-se complexos e difíceis e criem dificuldades para retornar a Deus.

Deus sempre está com vocês.

Recordem todos os dias que os atos verdadeiros – por mais que não sintam e não vejam – unem vocês ao Pai; vivam esta união em nome de toda a humanidade.

Vocês foram chamados a serem precursores da Nova Vida, em que a humanidade poderá expressar o seu potencial e o verdadeiro motivo pelo qual foi criada; poderá estar unida permanentemente a Deus, e isso pode acontecer no serviço, na oração, no silêncio, no compartilhar da alegria e da fraternidade. Isso pode acontecer em qualquer momento se tão somente vocês forem sinceros e verdadeiros.

Hoje Eu os abençoo e lhes agradeço, com Meu Coração e Espírito, por tentarem construir a fraternidade e reparar o coração humano. 

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Deus os chama a servir, escutem Sua Voz e sigam-na. 

Cada dia mais aumentará a necessidade de serviço neste mundo, e à medida que o tempo passa e os seus corações se abrem, mais aptos e preparados estarão para servir porque, em verdade, estarão prontos para amar e doar de si aquelas coisas que são o verdadeiro tesouro do coração humano, que tantas vezes desconhecem.

Não serão conhecidos neste mundo pelo seu serviço, mas pelo amor que há nele; amor esse que surge do Coração de Deus e flui, indistintamente, ao coração de todos os que se abrem para responder com sinceridade ao Seu chamado.

Através desta Obra, Deus quer ensinar-lhes e ensinar a toda a humanidade que, quando se responde a um chamado divino, não há mérito sobre uma única alma, não há Graça sobre um único ser, mas sobre todos que se abrem para deixar de ser o que são e passar a ser instrumentos de Deus.

Uma missão pedida pelos Mensageiros Divinos é o anúncio do Amor de Deus à humanidade; Amor que flui através do coração humano e permeia nações inteiras em seu silêncio; abraça almas e corações com a Sua Graça, ainda que tudo isso seja invisível aos olhos humanos.

Uma missão pedida pelos Mensageiros Divinos é o sinal de Deus de que Sua Misericórdia ainda está atuando no mundo, tanto no coração que é chamado a servir, e que recebe a Graça de redimir-se através do serviço, como para aqueles que são servidos e que pareciam estar esquecidos por Deus e pelo mundo, mas não estão.

Seu Pai e Criador quisera ter muitos braços, muitos pés e, sobretudo, muitos corações para enviar àqueles lugares do mundo mais necessitados, como um sinal do Seu Amor e da Sua Misericórdia para os corações que perderam a esperança. Mas, enquanto não muitos corações se abrem para doar a si mesmos, os que já o fazem devem se multiplicar em uma doação extrema que, no silêncio das suas ações, gera méritos para a redenção daqueles que nada fazem por este planeta.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Nem mesmo o jugo mais pesado poderá fazê-los desistir deste caminho. Todo sacrifício, quando vivido com amor, torna-se leve e simples.

O peso da Cruz de Cristo não estava na madeira que Ele carregava. Seu sacrifício não se encontrava na dor de Suas Chagas. Ele carregava os pecados do mundo cometidos até aquele momento e também perdoava ali todos os que seriam cometidos ao longo dos tempos.

Incompreensível para a mente humana era o peso daquela Cruz, assim como incompreensível para muitos hoje é o peso que alguns companheiros de Cristo carregam para preparar o Seu retorno. Porque tanto a Cruz de Cristo, quanto a cruz destes tempos, têm em si um fardo invisível aos olhos humanos, porém quase palpável para aqueles que o carregam. Esse fardo, que existe na consciência, é carregado para transformar aquilo que na mesma consciência humana deve ser curado.

Da mesma forma como os méritos alcançados na Cruz de Cristo apenas foram vistos depois da Ressurreição de Jesus, os méritos dos fardos carregados nestes tempos, para muitos, apenas serão vistos depois do retorno de Cristo e do estabelecimento da nova vida na Terra.

Aqueles que compreendem a vida do espírito não se confundirão com as aparências da matéria e viverão o amor e a unidade necessários para cruzar os obstáculos que virão, mas muitos outros cairão pela incompreensão e pela incapacidade de viver a realidade superior e transcender os acontecimentos materiais, assim como aconteceu com tantos na época de Cristo.

De uma forma espiritualmente semelhante, os acontecimentos se repetem para o estabelecimento do Plano de Deus, porque a ciência que os leva à manifestação desse Plano é sempre a mesma. Por isso, vocês devem observar a vida de Cristo e chegar à essência do Ensinamento que Ele lhes deixou e não apenas os fatos. Os fatos poderão mudar, mas a essência da experiência que devem viver é a mesma.

Os acontecimentos, por si sós, os estão levando a essa experiência: as mesmas provas, as mesmas tentações, os mesmos fardos. Bastará agora que de vocês parta a mesma perseverança, a mesma unidade com Deus, a mesma entrega e o mesmo amor de Cristo.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Ser nada é descobrir a verdade sobre si mesmo. Perder a própria identidade ou individualidade é chegar à Origem de tudo, onde não existe outra coisa senão a unidade com o Todo.

Chegar a ser nada é um grande desafio, porque a identidade individual de cada consciência foi construída além deste mundo e desta vida, em outras experiências da alma e do espírito que transcendem o que vocês conhecem hoje sobre si mesmos.

Grande, filhos, é o mistério da Vontade Divina, pois o Criador, que era Único, se dividiu em Três e, assim, em muitas outras partículas de vida, cuja verdadeira missão é descobrir-se novamente em unidade com Ele.

O Criador se multiplicou nos universos, nas galáxias, nas constelações, nas estrelas, nos planetas, nos seres, nos reinos da Natureza; criou a escala evolutiva, que nada mais é do que o caminho de retorno à Origem. O Criador abriu as dimensões, desde a matéria até os suprauniversos, e fechou – de cima para baixo – as portas que levavam a Ele. E a única chave que abre essas portas é o amor.

Ser nada, filhos, é descobrir a verdade sobre si mesmos. Ser nada como indivíduos, como personalidades, como partículas separadas de Deus, é saber que o Criador é quem vive dentro de cada ser; Ele é quem anima a vida. Aquele que se descobre em Deus e Deus nele vive a plenitude.

Percam o medo de se perder, pois perdidos de si mesmos é que irão se encontrar. Ser nada é descobrir a verdade sobre si mesmos.

Ilusão das ilusões é crer-se alguma coisa, festejar méritos e chorar derrotas. Deus é quem vive em cada criatura; dEle é a vitória de Suas vidas, a Ele pertence a sua evolução, para Ele é o caminho de retorno; nEle se encerram todas as ciências, todos os raios, todos os mundos, toda a vida.

O Criador emana a vida, que para Ele deve retornar: é o eterno ciclo de se construir e crer-se algo para, então, se desconstruir, saber-se nada e, no nada, descobrir o Todo, Deus, Único e Imutável em Sua Infinitude, estático em Seu movimento permanente.

A busca do nada não é triste. Perder-se não é morrer, é se encontrar. Morrer não é terminar, é começar de novo.

Saber não é ser. Por isso lhes digo essas coisas.

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para que a vida divina encontre em teu coração uma porta para ingressar na humanidade, deves ter como prioridade a manifestação dessa vida.

Quando és consciente de que o mais importante é a união com Deus, busca essa união a cada instante e não precisas estar encerrado em uma capela para isso, porque existem muitas formas de se unir ao Pai, e uma delas é sendo Seu operário e construindo no mundo a Sua Obra, para que não apenas tu, filho, mas muitos outros se unam a Ele.

Não precisarias perder a oportunidade de contemplar o Coração de Deus e de estar perfeitamente unido a Ele, mas enquanto as tuas obras ainda forem para ti, elas te separarão de Deus e, ainda que acredites que as fazes para Ele, não conseguirás encontrar em teu labor essa união.

O profundo da consciência de cada um é conhecido apenas por si mesmo e, se buscares dentro de ti, saberás se tua intenção é construir algo para Deus ou se estás buscando engrandecer a ti mesmo e receber os méritos pela concretização de ditas obras que ajudas a manifestar.

Por que Santa Teresa de Jesus alcançava a contemplação se tantos dias e tantas horas se ocupava de fundações, de construções, de formar consagrados, de contatos com a sociedade?

Porque ela sabia que o que estava fazendo não tinha outra finalidade senão manifestar uma obra que permitisse a união do coração humano com Deus.

Como poderia Padre Pio contemplar se estava tão ocupado com confissões, com administrar a construção de um hospital, com a dor que lhe causavam as chagas de seu corpo e também as chagas de seu coração, causadas pela incompreensão dos homens?

Porque ele sabia que tudo o que fazia não tinha outra finalidade senão expandir um reinado divino cujo rei não era ele, mas Cristo.

Filho, se quiseres crescer como alma, como consciência e como servo de Deus e se quiseres ser um verdadeiro instrumento de Deus e construtor de Sua Obra no mundo, esquece desde já os méritos que desejas para ti.

Se estás fazendo alguma coisa e no fundo te gratificas por manifestá-la, medita e pede misericórdia por tua ignorância e por querer ser reconhecido por uma obra que não é tua. Em cada instante, medita nas tuas intenções, e tudo o que fizeres faze-o para Deus e não para ti.

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos