MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que vivia mergulhada em tristeza e amargura questionava o Senhor sobre qual era o sentido de sua existência. Sabendo ela que todas as criaturas foram feitas para expressar o Amor, e sentindo-se longe de conhecer esse Amor e expressá-lo, não encontrava razão para a própria existência.

O seu Senhor, com Olhos de compaixão, contemplou essa alma e lhe respondeu também com uma pergunta: – "Sentes que não podes expressar o Meu Amor e vives mergulhada em amargura e tristeza, mas buscas tu a cada dia o Meu Coração? Pedes Minha Graça e te esforças para superar tua amargura, na sequidão de teu interior, para chegar ao Meu Pensamento para ti?"

A alma, afligida e um tanto contrariada, respondeu ao Senhor que não O buscava, que não O sentia e que estava apenas mergulhada em suas fraquezas e amarguras. 

O Senhor então lhe disse: – "És uma alma amada, e Eu te amo tanto quanto tu também podes amar a Mim e a tudo, mas desde que Eu te criei, alma querida, te distanciaste de Meu caminho e te cobriste com tantas vestes e tantos véus que já não podes reconhecer nem quem és nem quem Eu Sou. Mas, para que Eu te mostre tua verdadeira face, precisas pedir-Me, ir além de tuas amarguras e fraquezas, de tua sequidão e tristeza, de teus desejos e metas, e de tudo aquilo que pensas sobre como Eu Me manifesto em tua vida, como Me revelo a ti e como Me podes sentir.

Deixa que Eu atue em teu coração e, para isso, apenas Me diz sim, todos os dias, com humildade e persistência. O propósito de tua existência é viver e renovar o Meu Amor, mas, para que isso aconteça, há um caminho de redenção e humildade, de renúncia e de entrega, de superação e de rendição, em que tu te perdes de ti e encontras a Mim, para que só então saibas o que é expressar e renovar o Meu Amor.

Meu milagre em tua vida começa quando me dizes sim, mas ele é constante e eterno, e muitas vezes não perceberás que Meu Amor atua através de teu coração, mas, acima de tudo, deves confiar em Mim."

Hoje lhes conto essa história, breve e profunda, porque as almas do mundo não encontram o sentido para a própria existência, mas também não buscam Aquele que pode lhes revelar isso. 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Toma um tempo em teu dia para meditar em quem verdadeiramente és, para pensar que antes desta vida havia uma Vida Maior, da qual provém o Propósito e o sentido de toda existência.

Medita na Criação e no profundo Amor de Deus por ti, quando Ele pensou em cada uma de Suas criaturas. E tão grande foi o Seu Amor pela vida que fez nascer essências semelhantes à Sua Essência Divina, para que pudessem amar como Ele ama, multiplicar a vida como Ele multiplica e recriar a Criação como Ele recria e renova em cada respiração celestial.

Pensa, filho, que, além de todo o caos material, há uma realidade sublime, que o Paraíso é mais do que um céu de paz eterna, é o princípio e o fim da vida, de onde partem as criaturas e para onde devem retornar com todos os dons alcançados em sua evolução além das dimensões.

Recorda que este planeta é uma escola e que as dificuldades existem para serem superadas, levando-te, assim, a superar-te no amor a cada dia, através de um Amor maior, este que em algum momento de tua evolução te revelará o Amor de Deus.

Não olhes para o mundo apenas com olhos humanos, olhos que estão presos na condição de ignorância, olhos de quem vê a vida por trás dos véus. O Amor de Cristo rasgou os véus que encobriam o teu rosto. Por isso busca esse Amor. Busca o ponto de tua consciência capaz de compreender a vida mais amplamente e coloca teu coração ali, sobre as ondas da tribulação destes tempos, caminhando com teu Senhor nestas águas, pois elas nada mais são do que o Vento de Deus soprando o caos do mundo, para remover o que estava apodrecido e tornar tudo novo.

Eleva tua consciência além das atrocidades, das batalhas do caos e do mal no palco da Terra, e sê para este mundo uma ponte para o Coração de Deus.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando um ser ama com o Amor de Deus, cresce humana e espiritualmente, porque esse Amor o leva a doar-se, entregar-se cada vez mais profundamente, alcançar espaços desconhecidos da própria consciência, onde o amor não havia chegado, e, ali, abrir as portas para Deus.

Um ser que ama com o Amor de seu Pai Criador não teme render-se diante d'Ele, não teme morrer para si mesmo e para as suas infantilidades, não teme deixar a falsa liberdade e a autoafirmação da adolescência para crescer e ser um servo de seu Criador.

O Amor de Deus aproxima as criaturas da Verdade, e, diante desse Amor, nada que provenha do mundo tem força, tudo perde seu sentido, seu valor, seu peso dentro dos corações, porque eles descobrem o Infinito.

O ser que ama com o Amor de Deus apenas aspira a construir o Seu Reino e dar a conhecer o Amor do Criador. Aprende a viver de Seus milagres, desperta em seu interior a fé, abre a consciência para a Sabedoria Divina, é permeado pelos Dons do Espírito Santo, porque a cada dia aspira menos para si e mais para Deus, esvazia-se de si e dá lugar ao Pai; por isso cresce humana e espiritualmente.

Aspirem a isso, filhos: a viver esse Amor, encontrar essa Verdade e crescer humana e espiritualmente.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Contemplo com amor o Coração de Deus e, diante d'Ele, rogo pelo mundo.

Rogo por cada uma de Suas criaturas, para que não apenas encontrem a paz, mas, sobretudo, para que despertem da ilusão e da imaturidade destes tempos.

Rogo para que saibam quem são, onde estão e o que são chamados a viver neste e em todos os ciclos.

Rogo para que o sofrimento de tantas almas comova o espírito de outras, para que, no amor e na oração, aqueles que conhecem a Deus clamem pela paz e a vivam, equilibrando assim os males deste mundo.

Rogo pela pronta manifestação do Reino de Deus na Terra, pelo cumprimento das escrituras e, sobretudo, pelo cumprimento do novo e eterno Evangelho universal, este que vocês não conhecem, apesar de que a história de suas almas nele está escrita.

Rogo pelo triunfo do Coração de Deus em cada ser. Peço ao Meu Senhor que Sua Luz ilumine os olhos dos homens e lhes mostre a verdade, o caminho e a vida eterna, o caminho de retorno ao Seu Coração.

Rogo ao Meu Senhor e Deus, Criador da vida, que tenha compaixão das almas perdidas, e que elas possam se encontrar.

Meu Coração, pequeno e simples, se abre para compartilhar da dor que sente Deus pela indiferença e ignorância dos homens diante de tantas dádivas entregues à humanidade ao longo dos séculos e desde a sua origem.

Sinto, no mais profundo do Meu ser, o Amor de Deus pela vida e, movido por esse Amor, rogo ao Pai por todos os seres, de todos os Reinos, e constantemente clamo por Sua Misericórdia e piedade, por Sua compaixão e amor, por Sua paz e por Sua presença viva em cada ser.

Hoje rogo, filhos, para que este mesmo sentimento de amor viva em vocês, e que assim possam unir-se a Mim, neste clamor perpétuo pela Criação, porque o mundo, o Universo e todos os seres o necessitam.

Que o Amor de Deus os inunde, e que Seu Verbo se manifeste em seus corações, em seus pensamentos e, por fim, em suas bocas, como um perpétuo clamor de retorno ao Coração do Pai.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Conhecer o Universo e seus mistérios é adentrar na profundidade do Amor de Deus pela vida; compreender que, com a mesma perfeição de detalhes com a qual criou os corpos dos homens e de cada criatura da Terra, assim criou o Senhor o Seu Corpo Místico, formado por toda a vida que habita no Infinito.

A Sabedoria Divina, filhos, aproxima-os do Amor de Deus e desperta em seus corações a semelhança com Ele, para que sejam cocriadores na vastidão da vida; que possam recriar a Criação infinita do Pai Celestial, renovando com Ele e através d'Ele todas as coisas.

A Sabedoria Divina lhes mostra o seu lugar no Universo como no Coração de Deus; torna-os conhecedores da unidade, não apenas como virtude, mas como Lei universal e cósmica que lhes permite retornar ao Pai.

Deixem que o conhecimento os transforme e os conduza para mais perto de Deus, no despertar de Seu Amor, na experiência de Sua Unidade, na vivência de Sua Graça, na manifestação de Seu Propósito.

Têm a minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A alma que se esforça na oração abre as Portas do Céu e dá a Deus a permissão para que Leis superiores atuem na Terra. 

Essas Leis descem ao planeta através de seu verbo orante, transpassam os níveis mais profundos de seu mundo interior e, então, chegam àqueles lugares do mundo que mais necessitam, conduzidas pela pureza da intenção da alma orante.

Orar de coração é ingressar no Coração de Deus, estar diante de Seus Livros Sagrados, nos quais se escreve o Seu Plano para este mundo e para toda a vida; e assim, diante de Sua Verdade, a alma recebe de Deus o dom de manifestar os Seus desígnios e a Graça para fazer isso.

Orar de coração, ainda que no vazio e no deserto, é caminhar na senda da fé, que, no invisível aos olhos humanos, atrai para a Terra o verdadeiro potencial das criaturas de Deus. 

Orar é unir-se à Verdade. Por isso, filho, ainda que te seja difícil, ainda que estejas no vazio ou na ausência de toda sensação interior, sabe que é apenas o despertar da fé o que necessitas viver. A fé que te leva a seguir orando, mesmo no vazio, a fé que te coloca diante de Deus, ainda que não o saibas, a fé que te aproxima de quem verdadeiramente és.

Vive essa fé todos os dias, busca ser conhecedor dela, através da experiência viva da oração feita com amor. 

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Caminhar pelo deserto e ser vencido pelo Poder de Deus não é ser indiferente com a vida ou com o próximo. O deserto os leva a conhecer a Deus para que sejam capazes de encontrar toda criatura e toda vida dentro do Criador.

O deserto é um Encontro.

Depois de cruzar o vazio, a aridez e a solidão, transcendidas as primeiras etapas do deserto, purificado o coração e rendido a Deus, que é sua única e última Fonte de água pura, os corações vivem um Encontro. Em Deus descobrem a verdade, a pureza e a Vida mesma, contendo em si todas as criaturas.

O deserto é um caminho para encontrar o próximo de verdade. Ao conhecerem a si mesmos, despojando-se das aparências, das muletas, das correntes, também vão começar a ver com olhos transparentes. Cruzando o deserto e encontrando a Deus, poderão enxergá-Lo em tudo e em todos, descobrir Seu Amor revelado nas essências dos homens.

Quando um coração vive árido, não é porque está simplesmente cruzando o deserto, é porque pisou o deserto. Mas precisa caminhar nele, deixar-se transformar nele, viver o vazio e também o Encontro.

O deserto é feito de etapas, descobertas, experiências profundas e internas que devem hoje ser compreendidas. Se os seus corações sentem aridez, vazio, tentação, solidão, aprofundem-se no que vivem e cheguem à rendição, à revelação da fé. 

Deixem quebrar suas muletas, suas correntes. Deixem pelo caminho os apoios humanos e, inclusive, os espirituais, que se manifestam como virtudes e destrezas, e permitam-se ser nada.

Sigam deserto adentro em um longo caminho que é esvaziar-se.

Sintam-se suspensos no nada e, ao mesmo tempo, muito próximos de tocar a Deus.

É o Encontro do deserto que os fortalece para renovarem o Amor de Deus. Se não há deserto, não há Amor Crístico. Mas não lhes falo apenas de tocar os pés nas areias quentes e sentir sua aridez; falo de saber-se no deserto, aceitá-lo, adentrá-lo, vivê-lo plenamente.

Por isso lhes falo sobre o deserto, não para trazer alento, mas para trazer valentia. Valentia de ser nada.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sei, filho, que não é fácil esquecer a si mesmo para cumprir o Plano de Deus, servir e transcender a própria condição humana; mas essa é a essência do Amor.

Até mesmo Deus renunciou a Si mesmo ao multiplicar-Se e criar a vida; renunciou a Si mesmo para nascer como Homem, entre os homens; renunciou à Sua vida e ao amor que viveu por ela e por Suas criaturas ao morrer na Cruz.

A essência da vida não é vencer o sofrimento, é viver o amor. Isso é o que deves compreender agora. Não é sofrendo que cumpres a Vontade de Deus para ti, é amando.

A chave verdadeira do triunfo de Deus em Cristo não foi o sofrimento que Ele viveu no mundo, foi o Amor crescente vivido da manjedoura à Cruz. É esse Amor sem limites o que deves buscar.

É apenas esse Amor, revelado em ti, que poderá suprir teu interior e conduzir teu ser ao que é verdadeiro. Mas esse mesmo Amor, que é o sentido da existência de todos os filhos de Deus, está oculto sob seus aspectos e registros, experiências guardadas em suas células e em sua consciência, acumuladas ao longo de toda a evolução humana.

Romper essas paredes da condição humana foi o que Cristo fez na Cruz, e não apenas no Calvário, mas em cada instante de Sua vida. Essa era a Sua missão: buscar a revelação desse Amor e vivê-lo, transcendendo para isso toda a condição humana, não apenas de Seus corpos materiais, mas de todos os seres da Terra.

Quando Eu te digo para contemplar a Cruz é porque ali se encontra Aquele que revelou o Amor de Deus para ti. Ali, Ele venceu tua condição humana e te abriu as portas para Deus.

Contempla e ama a Paixão de Cristo. Encontra em Suas Chagas o caminho aberto para chegar ao Seu Coração e descobre ali um Amor perfeito. Deixa que a chagas espirituais que se abrem em ti nestes tempos também te revelem esse Amor maior, esse Amor que irá renovar e superar o Amor de Deus.

Não concentres tua atenção em aceitar dores e sofrimentos, mas sim em ir além, e buscar o Amor incansavelmente. Esse é o teu caminho, tua redenção, tua salvação, tua plenitude, teu retorno à Origem Divina.

Tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

No princípio da Criação Divina, antes mesmo da existência dos anjos e arcanjos, das dimensões e das estrelas, o Criador escreveu no Espelho de Seu Coração uma história. Fez nascer de Seu Amor um pensamento e o manifestou em cores e sons. Para vê-lo, refletiu-o em um Espelho, que emanou de Seu interior, e tudo começou a se plasmar, de um puro sentir divino.

A história pensada por Deus e escrita imaterialmente no Espelho de Seu Coração foi repartida entre as dimensões e colocada no interior de cada uma de Suas criaturas. Todos os filhos de Deus guardam em si uma parte de Seu pensamento. A história da Criação se completa quando todos esses espelhos voltam a se reunir em um só e tudo aquilo que estava escrito em cada um deles tenha se manifestado.

A história imaterial, escrita nos espelhos, toma vida quando os seres encontram a Vontade Divina no próprio interior e cada passo dado no cumprimento dessa Vontade se torna uma informação de luz, que preenche o seu espaço imaterial nos espelhos dos corações. É como se, com suas vidas, filhos, vocês pintassem o desenho da Vontade Divina para cada um de vocês. Essa Arte Universal, plasmada nos espelhos, se completará quando todos regressarem ao Coração de Deus.

Para manifestar esta Obra Divina, busquem nos espelhos de seus corações essa Vontade e a expressem. Encontrem ali os mistérios da Origem, o caminho de retorno e o sentido do presente, do agora. Tudo isso está em seu interior.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O Relicário é o espelho de Meu Coração. Nele guarda-se tudo que Eu vivi como consciência, desde a Origem até o retorno ao Coração de Deus.

No Relicário guarda-se a história escrita pelo Criador para o Meu ser. Sobre essas letras de luz, escritas pelas Mãos de Deus, fui caminhando ao longo de Minha evolução. Meus passos tocavam suas letras douradas, e abracei com amor cada um de Seus desígnios.

Essa experiência de obediência incansável Eu irradio a vocês quando contemplam o Relicário de Meu Coração. Através desse espelho de luz, Minha paz se expande, e tudo o que hoje sou pode tocar a humanidade.

Hoje, filhos, não sou apenas o pai adotivo de Jesus. Meu Coração aprendeu a retornar a Deus e, guiado pelo Criador, alcancei a plenitude de cumprir Sua Vontade. Minha consciência se expandiu para ser parte de Seu Plano, e Me tornei um lápis em Suas Mãos.

Sem corpo e sem forma, Meu espírito retornou à Origem da Vida, mas Minha consciência segue servindo ao Criador, até que a última de Suas criaturas alcance a unidade com Ele.

Através do Relicário de Meu Coração, trago-lhes essa experiência, para que também a sua evolução caminhe pela Vontade Divina.

Amem seguir os passos que Deus escreve para suas vidas e, ainda que muitas vezes isso lhes seja um convite ao sacrifício, esse sacrifício os conduzirá à Origem.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para começar a buscar a iluminação da consciência, vocês devem amar a Deus,  Seu Plano e Sua Vontade acima de todas as coisas; devem desenvolver a percepção de Sua Presença em todos os tipos de vida e saber que todos os seres necessitam expressar seu potencial como criaturas provenientes de Deus, para que então encontrem a paz e expressem a paz no mundo.

Sem saber a verdade sobre si mesmos, os seres caminham na escuridão da ignorância, confundidos entre misérias, desejos e destrezas, e não expressam o que vieram expressar no mundo.

Por isso, às vezes, torna-se tão difícil amar e aceitar o próximo como ele está. Digo “ele está” porque eles ainda não são o que verdadeiramente foram criados para ser, pois isso ainda se oculta em seu interior. Mas, antes de que vejam a verdade se expressar em seus irmãos, primeiro vocês devem saber que ela existe e devem amá-la, sentir a necessidade de que ela se torne vida em si mesmos e no próximo. Assim, sua busca será verdadeira e sua aspiração pura os conduzirá ao caminho correto, ao caminho da Vontade de Deus.

Por que lhes digo isso?

Porque muitas vezes sua atenção está nas coisas do mundo e nas realizações humanas, quando em verdade o ser humano apenas se realiza quando é capaz de expressar a Vontade Divina e participar de Sua Verdade Celestial. Aí, então, vocês poderão discernir, atuar e até mesmo dispor das destrezas humanas para convertê-las em instrumentos da manifestação da Obra Divina.

Sem deixar de assumir suas responsabilidades, aprofundem-se no sentido pelo qual vocês as levam adiante.

Olhem para o próximo buscando sentir o amor e a aspiração de que ele encontre a si mesmo. Estejam na vida com a aspiração de que ela encontre seu sentido.

Inspirem-se na manifestação da natureza, na realização das flores e na beleza daquela porcentagem da vida que, sim, cumpre a Vontade Divina e encontrou sua realização, sua plenitude.

Têm a Minha bênção para isso.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A Misericórdia Divina desce ao mundo como o fruto do Amor mais puro e profundo de Deus por todas as Suas criaturas. Deixa que esse manancial encontre, em tuas orações, a ponte para chegar ao mundo e, em teu coração, a porta para permear os corações dos homens.

Vive o dom da Divina Misericórdia e sê tu também misericordioso. Expressa a tua gratidão sendo consequente com todas as Graças que recebes em tua vida.

Vive para anunciar ao mundo a dádiva da presença divina e, imitando o Amor de Deus com ações, pensamentos e sentimentos de Misericórdia, multiplica, filho, tudo quanto o Criador te entrega.

És um instrumento de Deus no mundo, fruto de Sua Graça, expressão viva de Seu Amor. Leva em teu coração essa certeza e inspira os seres ao Amor com a tua vida.

Tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O mistério da existência humana é maior que a renovação do Amor e que a revelação de um Amor novo para a Consciência Divina. Na essência dos homens se guarda não apenas a própria história, a história da evolução da vida e da Criação; guarda-se, filhos, a história do próprio Deus.

Sei que o que lhes digo pode parecer algo distante daquilo que experimentam como criaturas, mas o que acontece, verdadeiramente, é que os seres passam pela experiência da vida sobre a Terra e não conseguem descobrir quem são e muito menos expressar isso. Até mesmo o Filho de Deus, estando na Terra, não pôde expressar para os seres toda a verdade de Sua existência, porque nem agora nem naquele momento os seres estavam prontos para sabê-lo.

As revelações chegam neste tempo como impulsos da Verdade, mas não como a Verdade desvelada. Os seres recebem aquilo que necessitam para cruzar o umbral destes tempos e começar a adentrar no tempo e na realidade divina.

Ainda que não tenha chegado o momento de viverem a expressão verdadeira de um ser humano, devem ao menos saber que ela existe e, através da simples sintonia com a Verdade, já poderão viver as provas destes tempos de uma forma diferente.

Deixem que esse legado interior se faça sentir. Deixem que Deus se faça sentir em vocês. E tão somente saber que algo oculto está vivo no próprio coração já será suficiente para começar um novo ciclo, em um novo tempo.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE ZAGREB, CROÁCIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Assim como o homem foi criado de um Princípio Essencial de Deus, também os planetas o foram. Com missões diferentes para expressar e com níveis diferentes de vida e de participação na transformação e na evolução da Criação Divina, os planetas também são partes da Consciência de Deus, frutos de Seu Sopro e de Seu Verbo, portadores de Sua presença espiritual.

A Criação, filhos, compreendida de um ponto de vista evolutivo, é formada por diferentes partes da Consciência Divina que, multiplicada, recria e renova a Si mesma, através dos aprendizados e experiências vividas pelos seres.

O sentimento de individualidade e de independência que alguns seres sentem é fruto da inconsciência de sua verdadeira essência. O Criador concedeu às Suas criaturas a possibilidade de aprender através do livre-arbítrio e, ao longo de sua evolução, apenas as observa e acompanha, segundo as suas escolhas, segundo a permissão que oferecem a Deus para que Ele atue em suas vidas e as guie. Apesar de estar presente na essência vital de Seus filhos, o Criador permanece silencioso em seu interior.

Pensar na ciência da Criação é como pensar na composição humana: tudo o que são, do espírito às suas células, são partes vivas de um único ser; mas se a consciência não entra em diálogo com os seus diferentes núcleos, cada um deles atua de forma independente, e, às vezes, até mesmo as suas células criam dentro do corpo uma vida própria, manifestando doenças muitas vezes incuráveis. Essas células não deixam de ser parte do corpo por serem cancerígenas, por estarem enfermas, mas atuam como se não fossem, como se pudessem viver em desarmonia com o todo, que é a consciência do ser.

Da mesma forma, filhos, acontece em maiores proporções com a Criação Divina. Vocês não deixam de ser parte de Deus por acreditarem ter vida própria e por não serem conscientes do Corpo Místico do qual fazem parte.

Da mesma forma, os planetas são como os órgãos de Deus, as galáxias e universos são os Seus sistemas e vocês são estas partículas, quase invisíveis no todo, que poderiam se chamar átomos e que, apesar de tão pequenos, guardam em si mistérios infinitos.

Um átomo de seus corpos pode mudar as suas vidas completamente. Da mesma forma, vocês podem transformar a Criação.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA COMUNA DE CASTEL VOLTURNO, CAMPANIA, ITÁLIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Que se abram os Céus diante dos que oram com o coração, para que encontrem a paz e para que, por sua intercessão, o planeta também conheça um pouco mais de paz.

Que se abram os Céus diante dos que oram com o coração, para que reconheçam a Presença Divina e para que o Espelho do Coração de Deus se reflita em Suas criaturas e desperte nelas o seu potencial de amar, de criar e de transformar este planeta e muito além dele.

Busquem, filhos, mais do que desenvolver destrezas, despertar os Dons de Deus em seus corações. Deixem que através da oração emerja de seus corações este potencial único de semelhança com Deus que apenas os seres humanos trazem consigo.

Não é para desenvolver a inteligência que estão na Terra, mas sim para expressar o Amor-Sabedoria, este que cura, redime e restaura todo o passado, todo o erro; torna-os novos e, mais do que isso, renova toda a Criação Divina.

Repetidamente lhes digo que busquem a verdade sobre si mesmos, porque ainda não a encontraram. O tempo de ilusões está acabando, e quanto mais se aproxima o seu fim, mais a humanidade parece apegar-se a ele e afastar-se da essência da vida espiritual.

Não deixem que isso aconteça em seus corações.

Orem e busquem a união com Deus. Deixem que Sua Paz, Seu Silêncio e Seu Amor se instalem em suas consciências, revelando até ao mais profundo de seus seres por que estão aqui, de onde vieram, o que devem fazer e para onde retornarão depois desta vida.

Busquem o sentido de sua existência através da oração e, ainda que não tenham respostas concretas, deixem que seus corações se unam ao Coração de Deus e que, com um sentir verdadeiro, o Senhor lhes mostre o caminho e quais os próximos passos que devem dar.

Recordem que os ciclos passam aceleradamente pela sua frente, e seus corações devem acompanhar o movimento das estrelas, através do aprofundamento no próprio interior. Isso começa, filhos, amando a Vontade Divina e deixando que ela se instale em sua consciência e em seu coração.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA COMUNA DE CASTEL VOLTURNO, CAMPANIA, ITÁLIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para que o Reino de Deus chegue à Terra, primeiro haverá de viver no interior dos seres. Abram caminho para esse Reino através de suas orações, momentos nos quais a pureza de seus corações emerge e lhes dá a conhecer os verdadeiros sentimentos e pensamentos que um ser humano veio expressar no mundo.

Orem, filhos, atraindo a paz para o seu interior e para a sua consciência e em seguida deixem que essa paz se expanda para este mundo.

Como criaturas semelhantes a Deus, os seres humanos guardam em si o potencial de irradiar para toda a vida o que há em seu interior. O universo de seus corpos, o microcosmos que se guarda na composição de seus seres, desde a consciência até o menor dos átomos, é um espelho do Cosmos infinito.

Vocês, filhos, são espelhos do Coração de Deus. O que habita em vocês se irradia ao mundo, ainda que não sejam conscientes disso.

Para ter um mundo de paz, vocês devem deixar que a paz se instale em suas consciências e se assente em todas as suas células. Pacifiquem-se conscientemente e, assim, estarão trazendo a paz para a vida.

Tudo pelo que clamam vocês podem atrair ao mundo através da transformação da sua própria consciência. Em oração, vocês podem encontrar em vocês a porta para o Reino de Deus e, quando forem capazes de deixar que Ele Se expresse em seu interior, aí então, filhos, esse Reino começará a se expandir pelo mundo.

Compreendem a ciência da existência humana?

O Criador manifestou os seres humanos para transformar toda a Sua Criação através deles. O amor que pode nascer em vocês, quando abarca a sua genética e se expressa em todos os seus átomos, pode transformar galáxias e universos. Da mesma forma, quando vocês não vivem a paz, a obscuridade que habita nos seres também ressoa em toda a vida.

Reconheçam, então, o potencial de seus corações, de seus corpos, de suas vidas e tornem-se instrumentos de paz e de Misericórdia para este mundo.

Têm a Minha bênção para isso.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Jesus ressuscitou e trouxe de volta a vida para Suas células, para Seu Corpo, fechando Suas feridas, restaurando todos os níveis de Seu ser, o fez não apenas em si mesmo.

Em Sua Ressurreição restauraram-se feridas universais e cósmicas, que antecedem inclusive a existência da Terra. Em Seu Coração, transmutava, curava e restaurava o passado de toda a Criação Divina e Universal, desde as menores feridas espirituais até aquelas que marcaram profundamente a história do Universo. Todas as criaturas de Deus estiveram diante de uma oportunidade de transcender o medo, na potência do Amor; transcender a obscuridade, na potência de Sua Luz Crística.

O Amor de Cristo transpassava Seu Corpo e adentrava além das dimensões, além do tempo e do espaço, tocando aquelas situações e consciências que habitam no invisível, no que até hoje para humanidade é um mistério, é desconhecido. Esse Amor manifestou-se como uma Graça, uma oportunidade. A Mão Divina se estendeu para os que estavam caídos, para que um novo ciclo tivesse início, uma nova escola, que transcendia uma civilização, um planeta, e até mesmo o Universo; uma escola para todos os seres.

O aprendizado desse Amor se colocava disponível para todos os que dissessem sim. E foi assim que um novo ciclo de Redenção começou para toda a vida. A história começava a se reescrever, a partir de uma folha em branco, para que todas as criaturas trilhassem o caminho percorrido pelo Filho de Deus, e todos pudessem encontrar o ponto de sua evolução, que os torna dignos no Pai Criador, dignos de serem chamados Seus filhos.

O imperdoável estava perdoado; o incurável recebia sua oportunidade de cura; os que estavam perdidos viram diante de si a porta de sua salvação. Cristo ressuscitou e, com Ele, toda a vida se fez nova.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Neste ciclo que começa, aprofunda, filho, a tua visão da vida, para que, assim, possas sair das superficialidades humanas e dar um passo rumo à Verdade de Deus.

Contempla o mundo ao teu redor, as cidades, as famílias, os campos, os Reinos da Natureza, e busca no profundo de cada coisa a essência da vida.

Sabe que as nações existem com um propósito, as culturas existem com um propósito, os seres, os Reinos da Natureza, nada foi criado ao acaso. Tudo foi manifestado através de um pensamento divino, que trouxe consigo uma meta, que colabora na evolução de todos os seres.

Cada expressão da vida na Terra, como são os grupos de consciências de uma determinada nação, seu espaço geográfico, sua cultura, partiu do Pensamento de Deus, que consigo levou o Propósito divino.

Ao longo dos séculos, o desvio dos seres de sua evolução também fez com que as nações, as culturas e até mesmo os Reinos da Natureza se desviassem de seu propósito evolutivo.

Neste novo ciclo, começa a atrair com teu pensamento, com tuas orações e com o respeito para com a vida, este princípio perfeito, manifestado por Deus, que ficou oculto tanto nos seres como na vida.

Apesar de que isso ainda seja um mistério para ti, e que não saibas o que é que cada ser, nação ou cultura deva expressar, apenas ora, filho, e pede ao Pai que esse Seu Pensamento se expresse na vida, através de Suas criaturas.

Respeita cada ser como cada nação, como portadores da presença divina, portadores do Pensamento de Deus. Depois de respeitar, aprende a amar, e o amor será a chave que abrirá os mundos internos e revelará aos seres a verdade sobre si mesmos, a verdade sobre a vida.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA SAGRADA CASA DE MARIA, MÃE PAULISTA, SÃO PAULO, BRASIL, À IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Deus os enviou ao mundo, foi por amor, foi por um Propósito Divino de dar às Suas criaturas uma oportunidade única de viver o perdão, a reconciliação, a cura e, acima de tudo, o Amor Crístico.

Quando Deus os enviou ao mundo, foi por amor, para que Suas criaturas mais imperfeitas tivessem uma oportunidade de demonstrar a toda a Criação o divino milagre que o amor realiza nos seres, quando converte os seus erros mais cruéis e milenares e transforma sua essência corrompida e distante de Deus em uma essência cristalina, que expressa a unidade e a semelhança com o Pai.

Quando Deus os enviou ao mundo, foi por amor, foi para que Seus filhos crescessem através da Graça, da Misericórdia e da plenitude em Seu Coração. Mas para isso, filhos, deveriam escolher estar no Amor de Deus e acolher os presentes espirituais que Ele lhes entrega, compreendendo que a vida é uma dádiva única e que a Terra é um lugar sagrado que, além de suas aparências, guarda um tesouro celestial, que é a intenção de Deus ao criá-la.

Quando Deus os enviou ao mundo, foi por amor, foi para que, tendo a melhor e mais bela expressão da vida através dos Reinos da Natureza, os seres pudessem encontrar dentro de si mesmos a beleza. Porque, com a mesma intenção com a qual Deus manifestou a Natureza, também manifestou os homens. Com a mesma intenção com a qual manifestou as flores, Deus manifestou as almas

Digo-lhes isso para que saibam que o Pai os enviou ao mundo por amor, e que por este propósito de amor devem estar na Terra.

Amem a intenção de Deus, amem a vida e, se não encontram sentido para amá-la, busquem a intenção de Deus ao criar a luz; busquem a intenção de Deus ao manifestar a Terra; busquem o Propósito Divino ao qual aferrar-se de coração, para então compreender a verdadeira essência da vida sobre a Terra.

Não deixem este mundo sem viver o amor e, se sentem que não o encontram, deixem que Deus sim os encontre. Bastará abrir o caminho para que Ele chegue em suas vidas. Peçam a Deus que se aproxime, clamem para que Ele os transforme; não para que sejam perfeitos, mas para que amem ou ao menos se deixem ser amados por Seu eterno Coração, pois, se tão somente se abrem para receber o Amor de Deus, já será suficiente.

Seu Pai e Amigo,

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Antes que a vida se manifestasse neste mundo, ela já se desen­volvia em muitos outros, neste e em outros universos. Era a vida que expressava a Consciência de Deus em criaturas que evo­luíam para alcançar um dia o propósito de retornar à semelhan­ça perfeita com o Criador. Mas, como podem compreender, as criaturas no universo também estão aprendendo e cometeram muitos erros nas escolas pelas quais passaram para alcançar o seu objetivo, sobretudo, na grande escola da vida.

O mundo no qual hoje vivem é um reflexo do que já existe no universo há éons, uma existência que não se mede com o tempo deste mundo.

Vocês poderão se perguntar por que desconhecem essa vida ou por que a sentem tão distante da realidade em que vivem, e Eu venho para explicar-lhes que, no princípio, a ideia de Deus era que vocês não se recordassem dela, a não ser com a essência do coração.

Aqueles seres humanos que começassem a ingressar no recinto do próprio coração e se abrissem para a unidade com Deus, pouco a pouco se recordariam da existência do universo e do grande Plano do Criador.

Por que não se recordaram antes? Porque, até então, não teriam desenvolvido no coração o grau suficiente de amor nem a capa­cidade de perdoar, necessários para curar tudo o que viveram no universo.

Agora, mais de dois mil anos depois de que o mundo viveu o ápice da manifestação do amor, por meio de Cristo, de Sua Família, de Seus apóstolos e discípulos, a humanidade foi desenvolvendo silenciosamente o potencial de amar e, então, che­gou o momento correto de começar a despertar.

Sei que muitos sentem que não podem perdoar sequer as coisas do mundo e que tampouco vivem o amor verdadeiro em seu interior, mas Eu lhes digo que esse amor já está na consciência humana, disponível para todos que o buscarem. Dentro de vocês, esse amor é uma semente já germinada que encontrará solo fértil por tudo o que vocês receberam nos últimos tempos e que poderão colocar em prática nos tempos que virão.

Cristo sabia da existência da vida além deste mundo, reconhe­cia Sua Missão e o Plano de Seu Pai, porque era pleno o Amor de Seu Coração e a unidade com Deus era o Seu estado natural de consciência.

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos