MENSAGEM ESPECIAL PARA A 80.ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, RECEBIDA EM NIAGARA-ON-THE-LAKE, ONTÁRIO, CANADÁ, TRANSMITIDA POR CRISTO JESUS GLORIFICADO AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Abençoo a todos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

É no silêncio dos mundos internos e na quietude das almas onde se podem revelar e onde se podem mostrar os Mistérios de Deus. Essa parte dos Mistérios que estão guardados na grande consciência do planeta, na alma do planeta, em toda a órbita desta humanidade.

É para ali onde hoje quero levá-los, para compartilhar com vocês essa parte dos mistérios que Deus conhece e sabe sobre toda a existência humana.

Falamos-lhes, em dias passados, sobre as sagradas civilizações da Terra, as que habitaram neste planeta e que conviveram, em harmonia e em paz, com toda a natureza, alcançando altos níveis de contato e de consciência com o Universo Divino, Cósmico e Interior, assim como também essa união tão pura e profunda com cada um dos Reinos da Natureza.

E é por esse caminho que hoje os quero levar como preparação para a próxima Maratona da Divina Misericórdia, em que, como grupo de almas, como grupo de essências, como apóstolos Meus, deverão continuar orando com toda a convicção do coração, assim como fazem até agora, para trazer para a humanidade os Divinos Atributos que estão guardados nos Livros Sagrados de Deus e que se refletem nos mundos internos da grande consciência da humanidade.

É por essa razão, companheiros, que hoje tenho entre Minhas Mãos o Livro Sagrado de Deus, um dos tantos livros que guardam os registros da história desta humanidade, dando continuidade ao conhecimento sagrado e às revelações que vocês necessitam neste tempo para poder dar os passos até o Coração de Deus; é por isso que hoje lhes trago estes impulsos, para que seus corações se incendeiem ainda mais no Amor de Deus e em Sua Divina Presença.

Nesse recolhimento é onde se mostra a Verdade, é onde suas consciências podem enriquecer-se pelo conhecimento que vem do Universo, mas que também vem do planeta, de tempos remotos, de momentos muito antigos, em que a humanidade vivia um momento tão verdadeiro e profundo nesse processo de contato com a Criação; algo que não acontece neste tempo, que somente se dá na minoria desta humanidade encarnada sobre a superfície da Terra.