MENSAGEM SEMANAL DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Meus amados e queridos filhos,

Com sua resposta incondicional no encontro deste dia com sua Mãe Celeste, venho com alegria anunciar-lhes que amanhã, 24 de abril, gostaria de encontrar todos os presentes na Colina para que, Comigo, rezemos ao Divino Filho para que intervenha na sangrenta guerra da Ucrânia e em outros conflitos que são camuflados para que o sofrimento dos Meus filhos seja sepultado.

Por isso, de forma extraordinária, faço-lhes este pedido e súplica, a fim de que, através dos Centros Marianos, a Mãe de Deus e sua Mãe possa proteger as essências que estão em perigo espiritual, já que estão submetidas pelos conflitos e pelas terríveis guerras.

Desejo que algumas crianças, com todos os presentes, levem em procissão, até o alto da Colina, um ramo de flores, a fim de que os inocentes intercedam pelos inocentes das guerras.  

Desejo que essas flores sejam depositadas solenemente aos pés do Portal da Paz, para que os Anjos da Guarda de todos também supliquem ao mundo pelo fim da guerra e da indiferença.

Assim, a Advogada Celestial pisará, mais uma vez, a cabeça da serpente, e os portais do inferno terrestre serão exorcizados.

Desde já, estarei agradecida a vocês.

Quem os ama eternamente,

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM SEMANAL DA VIRGEM MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA EM MALDONADO, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS 

Queridos filhos,

Que a Paz de Jesus esteja em suas vidas.

Novamente Me encontro com vocês para dizer-lhes que, enquanto o caos avança sobre a humanidade, Meu inimigo tenta destruir os planos que tenho preparados para os mundos internos de alguns de Meus filhos.

Ele tenta infiltrar-se para gerar desestima nos corações que fazem o esforço correto para cumprir com os desígnios de Meu Filho.

Mas, quando as almas se colocam a orar, os planos que Meu adversário tem se desvanecem, porque o poder do verbo é desconhecido até mesmo no plano espiritual.

Por isso, queridos filhos, neste momento mundial, em que a incerteza e a falta de paz golpeiam milhões de filhos Meus, Eu lhes peço que continuem sustentando-se através da mais pura e verdadeira oração, porque ela sempre os guiará, mesmo em situações de adversidade.

Assim, Eu poderei pisar a cabeça da astuta serpente, e ela não atacará com seu veneno, tampouco tentará os Meus filhos de formas inimagináveis.

Estejam firmes e não permitam que os embates destes tempos destruam sua morada interior.

Eu estou aqui e sempre serei sua Mãe.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado! 

Abençoa-os,

Sua Mãe, a Virgem Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Antes da existência deste Sistema Solar e do conjunto conhecido como as Nove Galáxias, que conformam o agrupamento de um universo de vidas, Deus, como Criador e grande expressão do Amor-Sabedoria, desejou profundamente que alguns de Seus Filhos, os Criadores do Universo Material, também chamados de Arcanjos, os grandes Co-Criadores deste sistema de vida, oferecessem a cada uma das Nove Galáxias a oportunidade de experimentar a evolução através do "conhecimento de si" e dos chamados "graus de amor."

Foi assim que esses grandes seres Co-Criadores levaram adiante todos os projetos universais recebidos por eles como sutis impulsos espirituais de luz, para depois oferecer aos sistemas criados, como o conhecido como "Via Láctea", a oportunidade de se aprofundar no "conhecimento espiritual" e nos "graus de amor".

Tudo isso ocorreu antes da queda do adversário.

Naquele tempo, em todos os Universos foram vividos os primeiros mil anos de paz, período no qual o desenvolvimento da vida, as escolas internas de aprendizagens e, sobretudo, o despertar dos diferentes "graus de amor" concederam a este Universo Local, onde se encontra este Sistema Solar e especialmente a Terra, a oportunidade de que, em um planeta de altíssimas características espirituais como é a Terra, pudesse ser levado adiante um dos doze mais importantes Projetos de Amor de Deus.

Por essa razão, o planeta Terra atravessou diferentes ciclos. Os mares, que antes eram ácidos, passaram a ser alcalinos, para que depois se tornassem receptáculos de componentes minerais e cristalinos, vivendo assim um alto grau de oxigenação.

Os continentes, que antes eram desérticos e frios, viveram uma readaptação biológica, para depois se converterem em sementeiras de novas espécies.

Dessa forma, o planeta Terra e toda a sua atmosfera se converteram em um grande ventre de luz, para gestar, finalmente, a consciência do homem, que mais tarde foi conhecida como Adão e Eva.

Nesta primeira experiência de amor, o Pai Celestial aspirava interiormente a que este Projeto, tão ansiado por Seu Coração, permitisse corrigir e recriar a Criação, para que nela se vivessem graus de amor cada vez mais altos.

Já que um tempo mais tarde, o Universo começaria a viver as primeiras falhas na evolução, devido à fortíssima queda do anjo desobediente.

A partir dali, todo o Universo, lugar onde se vivia a paz, o bem e a harmonia, foi cenário repentino dos primeiros passos da dualidade, uma corrente contrária ao princípio da Vontade Máxima; uma dualidade que começaria a pôr em jogo a liberdade que foi concedida a todas as criaturas, para que aprendessem a amar, assim como o Pai Celestial as ama.

O planeta Terra foi um dos últimos lugares onde essa corrente espiritual de dualidade desceu para colocar em prova, através de Adão e Eva, o Projeto de uma humanidade unida essencialmente ao Reino de Deus.

Foi através de diversas e inexplicáveis tentações que o Projeto foi sendo alterado e modificado, já que correntes espirituais contrárias foram rompendo o cenário do chamado "Éden".

Por que o Pai Celestial o permitiu?

Em um sentido misterioso, Adão tivera a oportunidade de poder dar seu primeiro passo na evolução dos graus de amor e do despertar da consciência, se tivesse sido incondicionalmente obediente a Deus.

De sua parte, Eva tivera a possibilidade de ser a promissora consciência que experimentaria o Aspecto Feminino de Deus por meio do espírito da Maternidade, um estado que concederia o nascimento puro das seguintes criaturas que viriam depois dela.

Naquele momento, a Terra, como primeira experiência humana, sofreu sua primeira e grande prova, que, se tivesse sido atravessada vitoriosamente por Adão e Eva como representantes da humanidade daquele tempo, teria permitido que esta raça alcançasse um grau de amor semelhante ao de Jesus.

Esse é o motivo pelo qual o mesmo Deus, presente na Segunda Pessoa da Santíssima Trindade, isto é, no Filho, decidiu encarnar na Terra depois de muito tempo para doar-se a Seus Filhos em Amor e em Sabedoria e para ensinar a todos sobre a Verdade.

Foi no tempo preparatório da encarnação de Jesus que o Pai retirou, de uma das Suas Fontes mais puras do Universo Espiritual, um dos Seus Aspectos mais elevados e puros, que foi a base espiritual para a Concepção Divina de quem depois, na Terra, seria conhecida como Maria, a Mãe de Jesus.

Dessa forma, os Arcanjos, a pedido de Deus, foram os que prepararam esse cenário para a vinda do Messias, Aquele que, tendo dado testemunho de amor e de vida, demonstraria, em Sua máxima humildade, como se pode vencer a dualidade, para que todo ser vivente da Terra pudesse aprender  finalmente a cumprir a Vontade que o trouxe ao mundo e para transitar pela escola do perdão e da redenção, caminhos internos que levarão a recolocar a consciência humana no lugar que tinha antes de cometer os erros. 

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz 

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Enquanto o Livro Sagrado de Deus se abre para revelar a verdadeira história da Criação, o Filho Universal escuta com atenção as palavras da Doce Mãe e, depois de ser difundida Sua Mensagem, o Redentor dá continuidade à história escrita no Universo Maior.

Os "graus de amor" foram o caminho o mais direto para que Adão e Eva pudessem transcender e superar a dualidade.

Foi assim que, um tempo mais tarde, o Projeto Universal, que havia começado na Terra com os primeiros povoadores da humanidade, teve que transitar por diferentes escolas de aprendizagens, que começaram a chegar em forma de vivências e de processos de vida.

O chamado e conhecido Éden foi o recinto dentro da Terra que foi posto à prova.

As gerações seguintes de Adões e Evas, tendo consciência da dualidade e do livre arbítrio, começaram a definir, dentro de si, a importância de dar continuidade à Vontade Maior que as havia trazido à Terra.

Eles sabiam que eram Filhos de Deus, que tinham um Pai Maior que lhes dera tudo o que Ele tinha para que fossem felizes. Sabiam que era um Pai de puro amor, que havia criado tudo o que existia no Céu e na Terra para que os Adões e as Evas pudessem amá-Lo e reconhecê-Lo.

Dentro desse cenário do Éden, não faltou, como expressa a Bíblia, a presença tentadora do símbolo da serpente; um movimento paralelo que o adversário articulou para convencer os Filhos de Deus de que eles, tendo mais liberdade, poderiam escolher mais e assim satisfazerem a si mesmos.

Todo esse plano do anjo caído tentou boicotar o Projeto Original, que por fim foi interferido.

Porém, os demais Arcanjos do Universo Mental ajudaram as gerações seguintes dos Adões e das Evas a seguir adiante e a cumprir com esse ansiado Projeto de Deus, que tinha como cenário o planeta Terra.

Naquele tempo, os Arcanjos fizeram os Adões e as Evas tomarem consciência de que haviam sido fiéis, de que, pelo erro de seus primeiros pais, Adão e Eva, haviam adquirido a dualidade e, em consequência, o chamado pecado original, que significava nascer com uma mancha espiritual de impureza pelo sucedido no passado.

Mas, dentro da aspiração de Deus, esse Projeto de Seus primeiros filhos começou a realizar-se quando eles mesmos descobriram, dentro de si, que podiam viver um amor tão grande e semelhante ao que o Pai expressou por todos por meio da manifestação da Criação.

Por essa razão, os Arcanjos fizeram os Filhos Fiéis de Deus tomarem consciência de que poderiam superar suas escolhas e suas diferenças se em verdade amassem a vida e tudo o que existe.

Foi assim que algumas gerações posteriores a Adão e Eva foram capazes, com seus limitados conhecimentos, de amar a Criação, assim como o Pai Celestial a ama.

Nessa escola de poder experimentar os primeiros passos do Amor Crístico, não faltaram as tentações e as provas, que levaram a definir, no futuro, a continuidade dos primeiros povoadores da Terra.

Os Arcanjos deram uma infinidade de impulsos, chaves espirituais e práticas para que os Adões e as Evas mantivessem vivos os princípios que os trouxeram à Terra, para que mais tarde representassem e fossem o reflexo de uma primeira Irmandade terrestre, que seguiria fielmente os atributos de Deus.

Naquele tempo, esse primeiro povo da Terra alcançou essa aspiração de Deus e conseguiu viver padrões de conduta muito civilizados, que posteriormente, como estados de consciência, levaram-no a expressar códigos crísticos, tanto na vida pessoal como na familiar.

Dessa forma, Deus, como Pai de tudo o criado, testemunhou nas origens da Terra que, apesar do plano da dualidade do anjo caído, os primeiros seres humanos eram capazes de superar todas as barreiras da consciência através da entrega incondicional aos Desígnios de Deus e, especialmente, através da vivência primária do Amor Crístico.

A passagem dos primeiros povoadores da Terra e o resultado alcançado pela intervenção e pela obra dos Arcanjos deram como resultado a continuidade da humanidade, a fim de que ela estivesse cada vez mais perto de Deus.

Continuaremos com estas revelações dos Livros internos de Deus.

Agradeço-lhes por guardarem Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os,

Seu Mestre, Cristo Jesus

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Paz é o que falta ao mundo!

Por isso, filhos, com Amor e Misericórdia, venho estabelecer o Reino da Paz de Deus e, assim, desterrar desta humanidade as armadilhas de uma crueldade interminável.

Eu venho para ensinar-lhes sobre o amor, a constância e a paz. Sigam-Me com confiança e não temam; estão em Meu Coração, e Eu estou com vocês todos os dias da vida.

A tensão diária cessará. Essa é a Minha promessa aos orantes e aos bons.

Sejam mansos e perdoem-se. Assim, não se cortarão as uniões internas com o universo.

Não temam o Meu adversário; seu jogo de mentira e confusão nunca chegará a reinar.

Por isso, com Meus pés piso a serpente do engano terrestre e lhes dou Minhas Graças como bálsamo de Luz para suas vidas.

Hoje descansem em Meus braços e durmam, durmam no espírito da Minha maternidade e proteção.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Anima-os a viver o Plano de Deus,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

 

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO EXTRAORDINÁRIA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, TRANSMITIDA POR MARIA, VIRGEM DAS SETE ESPADAS, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

O Apostolado de Maria

Meu Espírito imaculado provém da Luz do Coração de Deus. Daí surgi em essência divina e casta e cheguei à Terra para cumprir uma grande missão – a de ser Mãe do Filho de Deus e depois ser Mãe da Humanidade.

Aprendi em pureza através do santo amor; desse amor divino nasceram os dons do espírito, aqueles que ajudaram a concretizar a missão do Plano do Criador. Aos olhos do universo espiritual e angelical, Eu fui concebida e Deus gestou em Seu Divino Pensamento a projeção do amor materno, aquele amor intransferível, que seria capaz de vencer o temor e a Cruz.

Aos doze anos, Eu já Me encontrava obrando através do exemplo vivo da Família Sagrada de Ana e Joaquim. O antigo povo de Israel foi concebido como essência principal de vida; o povo era o que receberia a vinda do Messias.

Os anjos do Senhor guiaram todo o Propósito. Em suas orações, expandia-se o mistério da Fé de Deus e em seus silenciosos trabalhos se expressava o serviço imediato ao mundo inteiro.

Naquele tempo, o Pai Eterno acompanhou o advento de Cristo. Por isso, Meu santo ventre foi o receptáculo puríssimo para receber o Espírito de Deus.

Quando o Arcanjo Gabriel desceu do universo a Meu encontro, foi a primeira vez que a Luz mais profunda de Adonai tornou a expandir-se por toda a Terra. Gabriel Arcanjo foi quem anunciou a palavra de salvação e de redenção para o mundo. O Anjo do Senhor trouxe consigo os mundos superiores e, em Sua presença diante de Maria, mudou as leis da humanidade, tornando-a uma raça redimível.

Quando Gabriel Arcanjo proclamou Minha eterna Graça, Minha Consciência foi nesse momento a coluna de luz que depositou a nova consagração para todas as mulheres. Maria foi quem renovou, em virgindade, a essência maternal em todo ser feminino e Ela fecundou em Seu ventre a Misericórdia infinita de Deus.

Por isso, Minha Graça não tem fim. Feliz daquela alma e daquele coração que proclamar Meu nome bendito.

Depois da Ressurreição de Jesus, começou a expansão espiritual da tarefa de Maria. Conta-lhes Meu Imaculado Coração que, quando Cristo ascendeu, a Mãe de Deus, em Sua Graça, assumiu a obra como Corredentora junto a Seu Filho. E daí nasceram as vertentes de misericórdia universal, através dos Sagrados Corações de Jesus, de Maria e de São José.

Naquele tempo, Cristo Me confiou à humanidade inteira para que, através da Graça maternal e do Amor Divino, todas as gerações, depois de Israel, pudessem reconhecer-Me como a Virgem, como a Mãe de Deus, como a Intercessora da humanidade.

Cumprindo-se a Anunciação do Arcanjo Gabriel, Jesus, dos Céus superiores, Me recomendou guiar a humanidade. Por isso, quarenta anos depois da Ascensão de Cristo, Meu Espírito e Meu Corpo se glorificaram durante a Assunção e, mais tarde, se fundiram ao Altíssimo, durante a Coroação universal.

O Pai, o Filho e o Espírito Santo derramaram o poder dos dons da Santíssima Trindade, para que agora a Mãe de Deus vencesse a serpente do mal, aquela serpente que desde os Adões e as Evas desviou o projeto do Pai.

Por isso, Deus honrou Sua humilde Serva e a coroou com doze estrelas para que, dos doze universos e dos doze coros celestiais, Ela guiasse o propósito redentor de Cristo para toda a humanidade.

Também o Criador entregou à Mãe do Mundo o poder de Suas sete espadas, para que, através do amor, da cura, da fé, da reconciliação, do perdão, da transmutação e da liberação salve, por sua santa Graça, a humanidade até a chegada do retorno de Seu Filho.

Assim, Deus pediu à Mãe Santíssima que fosse ao mundo novamente, que revelasse os segredos que permitiriam a redenção e a misericórdia e aparecesse em todos os lugares e tempos do mundo para anunciar à humanidade a advertência de mudar.

Em nome da Vontade Suprema, tudo foi cumprido e, ao longo dos séculos e dos anos, a Mãe de Deus tem vindo ao mundo para chamar todos os Seus filhos. Agora, a Mulher Vestida de Sol vem com Suas sete espadas, que são invencíveis, para guiar os rebanhos de Cristo ao portal salvador.

E agora Meu Espírito se encontra aqui, entre vocês, Meus queridos filhos.

Compreenderam, depois de sete anos contínuos, por que Eu ainda estou aqui?

Reconheceram Minha principal mensagem e chamado?

Em cada lugar do mundo em que Eu apareci, deixei uma advertência e um pedido principal. Aqui, na América do Sul, depois de Medjugorje, Eu venho completar Minha tarefa de final de tempo e advertir o Uruguai e as nações irmãs que devem seguir os passos de Deus e não os dos homens.

Por isso, venho neste último tempo para consagrar corações e soldados, àqueles que se animem a ir Comigo até os infernos e salvar todos os que se perdem segundo a segundo. Venho para revelar-lhes o poder de Minha Concepção e para, daqui, demonstrar a toda a humanidade qual é em verdade o desejo profundo e a Vontade infinita de Deus para esta raça.

Para que esses mistérios sejam conhecidos por todos, Eu venho como a nova Aurora, a que traz em Seu colo o nascimento da Nova Humanidade.

Eu Sou a Mãe da Divina Concepção, a que lhes revela o Poder, a Misericórdia e a Libertação que concebeu o Santo Pai, o Filho Primogênito e o Espírito Santo. Felizes os que escutaram nesta noite Minha mensagem com atenção e guardaram Minhas últimas palavras de salvação para este fim de ano.

Por isso, aqueles que ainda não se animaram a seguir-Me, que Me sigam! Eu só os levarei a Jesus Cristo e Jesus Cristo os entregará nos braços de Emanuel.

Que se abram os Universos celestiais!

Que desça em Glória o Santo Espírito de Deus!

Celebremos com gozo e plenitude o dia da Mãe da Divina Concepção da Trindade, para que a Igreja de Cristo não perca o chamado de Minha voz. Os tempos chamam à unificação dos credos, dos povos e de todos os corações da Terra. Isso os libertará logo de todo mal.

Abençoa-os, sob a Luz suprema,

Sua Santa Mãe Maria, Senhora das Sete Espadas e do Cone Sul

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato