MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FLORIANÓPOLIS, SANTA CATARINA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

A cura e o perdão do passado - Parte II

Em todo o sistema universal da Criação, o ser humano sempre foi um elemento de estudo e de análise espiritual, a fim de conseguir perceber a capacidade que a consciência terrestre tem para poder compreender e poder viver a vida do espírito com base nas suas experiências, sentimentos e sentidos.

Neste século XXI, quando a humanidade afirma que o avanço do ser humano está na ciência e na tecnologia e que tudo isso moderniza o mundo, dentro da consciência terrestre gerou-se uma miragem e uma ilusão de algo que não é real.

Todo esse movimento científico e moderno fez aumentar o poder destrutivo da raça para com os Reinos da Natureza e a Criação, na busca de um suposto benefício global, que é impulsionado pelo trabalho de milhões de pessoas, mas que é aproveitado por poucos, através dos "sistemas de vida".

Todos esses fatores, somados à violência e à transgressão por parte dos seres humanos para com o planeta e a sua manifestação natural, fecharam as portas das consciências para poder prestar atenção e perceber a realidade.

O esforço de muito poucos para tentar proteger o planeta da contaminação e das transgressões dos seres humanos para com as Leis da natureza parece ser insuficiente.

Diante desse cenário global, onde reina a ambição por mais poder e por tirar maior proveito dos recursos do planeta, a Terra como um todo se prepara para viver o seu grande parto e para purificar e limpar, através dele, tudo o que a aprisiona. Isto é parte de um movimento universal que ocorre após certa quantidade de milhões de anos.

O planeta foi escolhido e preparado pelos grandes devas e anjos do Universo para receber a atual civilização que, dentro da Lei da Vida, deveria estar em comunhão com todos os Reinos. Mas os efeitos da invasão e da exploração do ser humano para com os recursos do planeta o distanciaram do propósito interior da sua existência.

A esta escola de amor e de perdão, que a Terra representa, foram enviadas centenas de consciências com uma condição espiritual primitiva, as quais receberiam a graça de evoluir dentro de um contexto como é o da Terra, para aprender a despertar o amor e o perdão como meios para poder viver a tão esperada cura espiritual.