MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA NO MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO BATISTA, SANTA CATARINA, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Novena ao Sagrado Coração Espinhado de Jesus

Primeiro dia

Companheiros,

Durante os próximos nove dias, sinceramente lhes revelarei os nove principais espinhos que ferem o Sagrado Coração do seu Mestre e Senhor, os quais lhes pedirei que retirem, um a um, a fim de aliviar as dores que muitas almas provocam ao seu Redentor e para que o seu Mestre tenha a autoridade espiritual de socorrer e de resgatar as almas que se perverteram e se desviaram do caminho do verdadeiro amor.

Por isso, venho pedir-lhes que, nestes tempos e todas as vezes que o sentirem, rezem uma poderosa novena ao Sagrado Coração Espinhado de Jesus para que também suas almas, mediante o poder da Minha Glória, estejam livres e a salvo de qualquer perversão atual e que, assim, o Pai Celestial possa fixar os Seus Olhos de Compaixão, de Piedade e de Misericórdia sobre quem rezar com devoção essa novena.

O meio pelo qual vocês conseguirão retirar os dolorosos espinhos do Coração do seu Redentor, a cada dia da novena, será o Rosário à Divina Misericórdia.

Se rezarem cinquenta contas, isso terá um efeito de intercessão.

Se rezarem setenta e duas contas, isso terá outro efeito de intercessão.

Mas, se rezarem cento e cinquenta contas, o seu Mestre terá mais amplitude na hora de interceder pela humanidade.

Hoje lhes revelarei o primeiro espinho que, por meio das suas orações, deverão retirar do Coração Espinhado de Jesus: o espinho da mentira e do engano, que centenas de almas vivem como se fosse normal na vida da humanidade.

O espinho da mentira e do engano, que foi colocado em Meu Coração pelos que não são transparentes e verdadeiros de espírito, de alma, de mente e de coração, é um dos espinhos que mais lastimam a Minha Alma, porque as almas que vivem na mentira e no engano se pervertem mediante costumes que envenenam o espírito de cada pessoa.

Por isso, hoje venho pedir-lhes que retirem esse doloroso espinho do Meu Coração para que as almas que estão cegas e distantes do amor possam ser merecedoras da Minha Misericórdia.

Agradeço-lhes por guardarem as Minhas palavras no coração!

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Que em teu coração reine a paz para que saibas compreender estes tempos e buscar tuas forças no lugar correto da consciência e do coração. 

Haverá dias em que tuas fraquezas irão além de tua capacidade de superar-te e seguir, mas nestes momentos, filho, busca em teu coração um ponto em que possas estar seguro. Busca o Amor de Cristo, a memória do abraço de teu Senhor; busca o saber da Presença Divina, de que os Olhos do Criador estão postos sobre ti; fica em silêncio diante da natureza, observa o sol que nasce e que se põe, trazendo paz e recolhimento ao teu coração; busca esperança nas Palavras já pronunciadas por Deus, através de Seus Mensageiros; senta-te em silêncio e solidão apenas para respirar e agradecer e em tua fraqueza dizer:

Senhor, aqui estou, 
fraco em mim mesmo, 
buscando Tua fortaleza, 
buscando a forma de permanecer em Ti.

Que desça sobre mim a Tua Graça, 
revelando em minha fraqueza já revelada 
a Tua grandeza ainda oculta em meu coração.

Vem, Senhor, 
e, conhecendo o mundo
e eu mesmo minhas fraquezas, 
revela agora Tua força, Teu milagre, 
Teu poder, Tua Graça e Tua Misericórdia, 
porque eu, por mim mesmo, sou nada, 
mas Tu em mim podes todas as coisas. 

Amém.

E, pronunciando esta e tantas confissões que podem surgir de teu coração, dá espaço para que Deus te revele não apenas teu vazio e pequenez, mas também Sua grandeza, Seu milagre, Seu poder.

Escolhe, filho, em tuas debilidades mais profundas, dar espaço para que Cristo revele ao mundo a Sua Graça pelo testemunho vivo de teu coração.

Tens a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma devota e disposta a dar sempre mais de si a Deus, enquanto orava, questionava o Senhor dizendo: – “Senhor, elevo minha voz aos Céus e rogo pelas almas que sofrem, pelos Reinos da Natureza, pelo planeta, pelo Teu Plano. O que mais devo fazer para que essa oração verdadeiramente chegue a Ti e gere méritos para a salvação e a redenção do mundo?”

E o Senhor respondeu-lhe: – “Enquanto orares, fala Comigo, pronuncia cada palavra não apenas para escutar tua própria voz e sentir que estás cumprindo com tua parte. Ora, deixando que tua essência Me olhe nos Olhos, que teu coração esteja dentro do Meu e que teu verbo seja um eco em todo o Infinito, em toda a Criação. 

Para orar assim, filha amada, alma Minha, precisas estar inteira diante de Mim, sem que te importe o tempo, o cansaço, as sensações do corpo ou aqueles que estão a teu redor, se eles se esforçam como tu fazes ou se dormem e se distraem em suas palavras. Que não te importe nada mais que Minha Presença e a imperiosa necessidade que o mundo tem de orações sinceras e verdadeiras.

Quando cantares, que não se importem teus ouvidos com o som da tua voz, que não se importe tua mente com quem te está escutando, mas que se importe teu coração em afinar tua voz e estar diante de Mim, cantando com perfeição para Aquele que é Dono de todo som, Criador de cada nota, de cada tom, capaz de transformar tua vibração em dons que se expandem pela Vida, transformando vidas. Assim, alma pequena, deve ser tua oração.”

Que esse diálogo os ensine, filhos, a se aprofundarem a cada dia em suas orações. Que elas sejam sinceras e que cheguem a Deus.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que aspirava a cumprir a Vontade Divina, mas que se sentia constantemente indigna e incapaz de fazê-lo, diante de todas as grandes coisas que o Senhor a chamava a viver, questionou o Seu Sagrado Coração por sentir-se pequena e pobre para cumprir Sua Obra e disse: – "Senhor, grande é o Teu Plano e cheio de um profundo Amor pela humanidade e por toda a Criação. Contemplo Tua Vontade e me assombro com Tua Misericórdia, mas, quando tento manifestar o que queres, sinto-me incapaz diante de tantas imperfeições e dificuldades. Olho então para o mundo e para tantas almas preciosas que criaste e com as quais podes contar para manifestar a Tua Obra e me pergunto: por que Tu me chamaste?"

E o Senhor, contemplando essa alma com Amor, vendo-a transparente e cristalina tal como Ele a criou, respondeu: – "Vê, alma pequena, teu reflexo em Meus Olhos. Não te olhes nos espelhos do mundo, mas sim no espelho de Meus Olhos. O que os espelhos do mundo podem te mostrar são limitações e defeitos, imperfeições e talvez destrezas, mas o que verdadeiramente és apenas verás se olhares o teu reflexo em Meus Olhos. 

Eu te vejo tal como és. Eu sei o potencial que há em ti, Eu conheço tua trajetória desde o princípio, Eu sei para que foste criada e para que foi formada tua essência e tua consciência. Portanto, alma pequena, é a Minha Voz que deves ouvir, e não as vozes do mundo e, tampouco, a voz confusa de tua mente, que tantas vezes se perde pelos estímulos desta Terra. Abre os teus ouvidos internos e escuta Minha Vontade, sabendo que ela corresponde a ti e a mais ninguém.

Para cada ser deste mundo tenho uma Vontade perfeita, um caminho através do qual chegará a Mim. E esse caminho não é aquele que te é conhecido; muitas vezes não é aquele pelo qual já sabes caminhar. Esse caminho é aquele que forjará em ti o que Eu necessito, é aquele que te revelará o que Eu vejo quando contemplo tua pequena alma, porque fará emergir em tua consciência o que és, e a verdade tomará o lugar das tantas capas com as quais cobriste tua consciência.

Por isso, alma amada, quando Eu te peço algo, não busques tua referência nos espelhos do mundo. Olha em Meus Olhos, vê tua verdadeira face refletida em Mim e sente-te capaz de realizar tudo que Eu te peço, porque Minha Vontade para ti é perfeita.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que vivia mergulhada em tristeza e amargura questionava o Senhor sobre qual era o sentido de sua existência. Sabendo ela que todas as criaturas foram feitas para expressar o Amor, e sentindo-se longe de conhecer esse Amor e expressá-lo, não encontrava razão para a própria existência.

O seu Senhor, com Olhos de compaixão, contemplou essa alma e lhe respondeu também com uma pergunta: – "Sentes que não podes expressar o Meu Amor e vives mergulhada em amargura e tristeza, mas buscas tu a cada dia o Meu Coração? Pedes Minha Graça e te esforças para superar tua amargura, na sequidão de teu interior, para chegar ao Meu Pensamento para ti?"

A alma, afligida e um tanto contrariada, respondeu ao Senhor que não O buscava, que não O sentia e que estava apenas mergulhada em suas fraquezas e amarguras. 

O Senhor então lhe disse: – "És uma alma amada, e Eu te amo tanto quanto tu também podes amar a Mim e a tudo, mas desde que Eu te criei, alma querida, te distanciaste de Meu caminho e te cobriste com tantas vestes e tantos véus que já não podes reconhecer nem quem és nem quem Eu Sou. Mas, para que Eu te mostre tua verdadeira face, precisas pedir-Me, ir além de tuas amarguras e fraquezas, de tua sequidão e tristeza, de teus desejos e metas, e de tudo aquilo que pensas sobre como Eu Me manifesto em tua vida, como Me revelo a ti e como Me podes sentir.

Deixa que Eu atue em teu coração e, para isso, apenas Me diz sim, todos os dias, com humildade e persistência. O propósito de tua existência é viver e renovar o Meu Amor, mas, para que isso aconteça, há um caminho de redenção e humildade, de renúncia e de entrega, de superação e de rendição, em que tu te perdes de ti e encontras a Mim, para que só então saibas o que é expressar e renovar o Meu Amor.

Meu milagre em tua vida começa quando me dizes sim, mas ele é constante e eterno, e muitas vezes não perceberás que Meu Amor atua através de teu coração, mas, acima de tudo, deves confiar em Mim."

Hoje lhes conto essa história, breve e profunda, porque as almas do mundo não encontram o sentido para a própria existência, mas também não buscam Aquele que pode lhes revelar isso. 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Oração para imitar a Cristo

Senhor, 
que meus olhos contemplem o mundo com Teus Olhos;
que meu coração sinta a vida como o Teu Coração;
que minha alma viva na Terra, e além dela, como Tua Alma;
que meus dias sejam um eterno reflexo de Tua Misericórdia, 
para que eu veja o próximo como Tu me vês, 
para que assim eu compreenda o próximo como Tu me compreendes, 
para que eu seja paciente com o próximo como Tu és comigo,
para que eu fale com o próximo como Tu falas com os Teus,
para que eu atue com o próximo como Tu atuas com os Teus, 
e eu entregue a eles tudo quanto Tu desejarias entregar.

Que assim, Senhor, 
eu ame como Tu amas,
sirva como Tu serves 
e viva como Tu vives, 
eternamente.

Amém.

 

Orem como os primeiros companheiros de Cristo que, unidos em torno d’Ele - judeus, pagãos, ateus, pescadores, prostitutas, eruditos e soldados, pobres e cobradores de impostos, médicos e leprosos -, aprenderam a se amar como Ele os amava.

Através de Sua sagrada Presença, os seus olhos se tornaram misericordiosos e puderam ver além das misérias e aparências.

É assim, filhos, com esses mesmos olhos que devem se olhar hoje. É assim que devem reconhecer-se, uns aos outros, na Presença eterna de Cristo, amando, compreendendo, sendo pacientes, misericordiosos e compassivos, como é o Seu Coração.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sentado à mesa com teu Senhor, ora, filho, por toda a vida, por todos os seres, pelos que estão perdidos em sua própria ignorância, pelos que não reconhecem Aquele que reparte o Pão e entrega a Si mesmo para reparar os pecados do mundo.

Sentado à mesa com teu Senhor, contempla toda a vida, a profundidade de cada instante, a grandeza escondida em cada movimento, os Olhos atentos de Deus sobre a Terra, Seu Espírito inundando toda a Criação.

Observa que o Tempo de Deus une-se ao tempo da Terra, e, por um instante, nada está separado. O Filho e o Pai são Um com o Espírito Consolador, e tua pequena essência participa da unidade divina.

Sentado à mesa com teu Senhor, agradece cada oferta, cada palavra e cada silêncio, cada gesto e movimento, cada instante de quietude. Tudo é parte de uma cerimônia universal, celestial e humana, revelando o que verdadeiramente o ser humano é para toda a Criação.

Deixa então que teus pés sejam lavados, teu espírito purificado e tua alma redimida. Recorda, assim, a pureza de tua essência e, deixando o pó do passado ser retirado de teus pés, abre-te a um novo e eterno caminho de retorno ao Coração de Deus: caminho que se trilha no sacrifício, no amor e na unidade perfeita com a Consciência Divina.

Lavado por Cristo, teu espírito torna-se um com Ele. És pão, parte do Pão que se entrega no altar; és sangue, parte do Sangue que se derrama no Calvário. E assim como, pelos séculos dos séculos, a oferta de teu Senhor se renova, assim também deve renovar-se a tua entrega.

Por isso, senta-te, mais uma vez, à mesa da renovação com teu Senhor e Deus, teu Irmão e Amigo, teu Pai, Esposo e Companheiro, teu próprio coração, já que foste chamado a ser um com Cristo. 

Recebe o Seu Corpo e o Seu Sangue e renova tua entrega. Entrega corpo, sangue e vida Àquele que tudo te dá a cada dia. Vive a revelação da entrega no mistério da Comunhão.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Diante dos mistérios celestiais, sê tu, filho Meu, como as santas mulheres de Jerusalém, que não necessitavam ser reconhecidas para viver profundamente a Cristo. 

Era o seu próprio silêncio e humildade que as faziam cruzar os portais em seu interior, para que pudessem experimentar os mistérios de Deus, inclusive sem que fosse necessário que Cristo lhes pronunciasse palavra alguma.

A profundidade interior que as santas mulheres aprenderam de Maria lhes permitia ler nos Olhos de Cristo a Sua Sabedoria e compreender com Seu Amor todos os mistérios.

No Coração do Senhor, estavam guardadas como um tesouro a humildade e a fidelidade das santas mulheres.

Em silêncio, encontraram a Cristo no próprio coração e, ao mesmo tempo em que desvendavam os Seus mistérios e viviam uma transformação profunda, os seus passos internos e a fé com a qual caminhavam reparavam e sustentavam o Coração Divino e humano do Filho de Deus.

As santas mulheres de Jerusalém não precisavam fazer grandes coisas para experimentar o que era verdadeiramente grande para Deus. Era justamente sua simplicidade o que lhes permitia aprender da Pureza de Maria e despertar essa pureza em seu próprio coração. E dessa forma, puras, apesar de imperfeitas, pouco a pouco se tornavam uma com Cristo e, através d'Ele, uma com Deus.

Aprende hoje, filho Meu, das coisas simples, mas verdadeiras, do tesouro grandioso que se cultiva no secreto de tua entrega e na profundidade de teu coração.

E, em tempos de Paixão e de definição em Cristo, que teu espírito viva o exemplo das santas mulheres e, neste tempo, dê um passo a mais, não apenas o de sustentar a Cruz de Deus no silêncio, mas também de  saber carregar a própria cruz no oculto.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BUDAPESTE, HUNGRIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando a paz começa a chegar no coração dos homens e, através das pequenas renúncias, eles são capazes de encontrar a mansidão e a quietude, é ali, filhos, que Deus Se faz presente.

Deus Se faz presente nos corações que sabem agradecer até pelos detalhes da vida; sabem agradecer por estar em Seu caminho de Amor, sob o manto de Sua Divina Misericórdia.

Quando acalmam os seus corações no espírito da gratidão, seu Criador Se faz presente.

A gratidão é mais que um sentimento de respeito e de agradecimento; a gratidão, na ciência espiritual, é um Dom Divino, no qual a consciência reconhece sua pequenez e a grandeza de Deus; reconhece que, apesar da vastidão da Criação, o Pai tem os Seus Olhos postos sobre todos os Seus filhos; e esta certeza, que nasce do espírito profundo da gratidão, é o que abre as portas para que o Criador esteja presente.

A gratidão cura as suas células, seus átomos e sua consciência. A gratidão cura seus espíritos do egoísmo e da indiferença humana. A gratidão concede à humanidade uma nova oportunidade de encontrar a paz, porque ela se torna digna de estar em Deus e em Sua Verdade.

A gratidão abre as portas às ciências mais profundas, aos mistérios mais ocultos, porque apenas aquele que sabe ser grato pelo que recebe de seu Criador saberá valorizar o Seu Tesouro Divino; então tudo lhe pode ser entregue.

A gratidão é a chave para a abundância, a chave para se libertar dos constantes desejos humanos.

A gratidão é a porta para a comunhão com o todo, é uma das vertentes celestiais que lhes fará retornar ao Coração de Deus.

Por isso, filhos, sejam sempre gratos em tudo.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE ZAGREB, CROÁCIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando uma nação clamar, escutem o seu clamor e orem pela paz.

Às vezes, filhos, não são apenas as almas de uma nação que clamam por auxílio, por liberação e por paz. Cada nação tem uma vida espiritual, um princípio divino que lhe foi entregue para guiar a sua expressão e a missão de seu povo.

O espírito da nação é a consciência que abarca toda a vida que nela habita, nos diferentes níveis. É aquele espaço espiritual que guarda o propósito de Deus para os diferentes povos que habitam a Terra. É um estado de consciência vivo que guarda, protege e ampara a evolução das nações.

O espírito de uma nação auxilia o seu crescimento e influencia os passos internos do povo que nela vive. Mas, da mesma forma, ele também é influenciado pela vida dos seres e por tudo o que acontece nessa nação.

Quando os povos vivem conflitos e, aos poucos, os seres destroem as suas próprias essências, com ódio e com o medo gerado nas guerras, o espírito dessa nação também vai morrendo e se distanciando de seu propósito.

Quando um povo escolhe o caminho da escuridão, através dos seus costumes, hábitos e formas de viver, o espírito de sua nação também é influenciado. Por isso, quando o Criador pode intervir no planeta, através das orações de Seus filhos, Seus Olhos também se colocam sobre os espíritos das nações. Quando um povo clama, através das almas que pedem auxílio, ainda mais alto clama o espírito dessa nação.

Os espíritos das nações são partes do espírito do planeta, são corpos dessa consciência espiritual da Terra, e tudo isso é parte da ciência da Criação Divina. Tudo isso é parte do Plano de Deus para a evolução de Seus filhos.

No princípio, quando o Pai criou as terras e os mares, também criou os espíritos dessas terras e o espírito dos mares. Tudo na Criação Divina é vida. Por isso, filhos, aprendam a escutar com os seus ouvidos internos o clamor que surge do profundo das nações e unam-se a esse pedido de paz e de redenção do planeta.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Acompanha com teu coração o despertar dos Novos Cristos, que nascem do sacrifício, do martírio, da entrega e, sobretudo, do amor.

Os Novos Cristos nascem do silêncio, da renúncia, da castidade, da vigília e, sobretudo, da unidade com o Pai.

Os Novos Cristos nascem do vazio, da fé, do deserto e, sobretudo, da incondicionalidade diante de Deus.

Os Novos Cristos nascem diante dos Olhos do Criador e quase sempre serão conhecidos apenas por Ele.

Entra, filho, em diálogo com Deus, para que Ele faça de ti parte de Seu legado de Amor, uma continuação do Plano de Seu Filho, semente dos méritos de Sua Paixão, fruto de Seu Sangue e de Sua entrega.

Aspira a ser tu também um Cristo do Novo Tempo, aquele que renova o Amor do Pai e do Filho, preenchido pelo Espírito Santo, e que reconstrói, assim, a unidade entre o Criador e as Suas criaturas, dando a Deus a possibilidade de renovar a Sua Criação.

Tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Mergulha sem medo na noite escura da alma, noite que te apresenta o vazio, a solidão, a sequidão interior, o nada.

Mergulha sem medo nessa noite de renúncias, em que não encontras gratificação em teu mundo interno, mas que, sem tu saberes, fortaleces a tua fé e o teu espírito para o tempo que chegará.

Não distraias a tua mente e o teu coração com as coisas do mundo, para não reconheceres dentro de ti uma escuridão profunda, um vazio de renúncias e de solidão. Isto é o que o Criador quer que vivas agora: que mergulhes nesse estado interno de ausência de tudo, ainda que não o compreendas.

Aí, nessa escuridão, segue buscando o teu Senhor e persevera além de ti mesmo para encontrá-Lo, ainda que tua busca pareça eterna e sem esperança de chegar à sua finalidade, à sua meta.

Deus te coloca dentro de um espaço de escuridão interior, mas Seus Olhos continuam sobre ti, Seu Amor continua sobre ti e Sua Graça e Misericórdia continuam sobre ti. Quando tiveres passado por esse momento e essa prova de fortalecimento de tua fé e de tua união com Deus, além de teus sentidos internos e externos, é então, filho, que serás capaz de encontrá-Lo em todas as coisas.

Quando chegar a noite escura para o planeta, teus pés não temerão pisar em falso e caminharão sem medo de se perderem, porque saberão que, detrás dessa escuridão, estão os Olhos do Pai, contemplando a Terra, e que, em algum momento, toda a vida humana viverá o aprendizado que essa noite traz: fortalecidos em sua fé, todos os seres aprenderão a encontrar a Deus em todas as coisas.

Vive hoje a solidão, a renúncia, o vazio e a escuridão como um serviço e uma oferta que fazes ao teu Senhor e confia que Ele jamais te abandonará.

Tu vês o caminho e ele está escuro, mas, debaixo de teus pés, ocultas para os teus olhos, estão as Mãos de Deus, sustentando os teus passos.

Abre-te para começar este novo ciclo que se aproxima consciente do que Deus espera de ti neste tempo. Vive essa noite escura como tua nova missão interior e planetária.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos