MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma segunda etapa do deserto que os seres vivem, em outro momento de sua evolução, é estar no deserto, filhos, nos braços de Maria Santíssima.

Depois de vivido o deserto interior, depois de experimentarem o vazio e o Encontro, depois de viverem o calvário destes tempos, chegará um deserto ainda não vivido por nenhuma alma, porque é o deserto espiritual que cruzarão neste momento do planeta, o deserto profetizado no Apocalipse.

Sua Mãe Santíssima cruzou e segue cruzando muitos desertos espirituais. Ela é conhecedora das almas e de seus caminhos. É Aquela que levou as Palavras e os Dons de Cristo pelos quatro cantos do mundo e, por isso, conheceu profundamente a condição humana e todos os caminhos que os levam a Deus.

Por isso, filhos, Maria Santíssima é Aquela que conhece cada grão de areia dos desertos espirituais que os conduzem a Deus.

Ali, onde todos os seres se confundem, perdem-se, desesperam-se, sua Mãe Santíssima os coloca em Seus braços e, segura de Seu caminho, cruza os vazios e a solidão e chega a Deus.

No deserto, até mesmo o Seu adversário se vê confuso. Ele persegue as almas que estão perdidas, mas não sabe encontrá-las quando estão em Deus. Por esse motivo, sua Mãe Divina percorre o deserto e toma as almas perdidas em Seus braços, uma a uma, para conduzi-las ao seu destino.

Por isso lhes digo que, nestes tempos de confusão e obscuridade, no Apocalipse e no Armagedom do planeta, busquem sua Mãe Celestial. Deixem-se encontrar por Ela e rendam-se em Seus braços, porque quando tudo parecer perdido, Ela saberá o caminho; quando já não puderem caminhar, Ela os tomará em Seus braços, e é sob Sua proteção e sabedoria que vocês chegarão a Deus.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Venho do Céu, trazendo em Meu Coração um profundo júbilo interior; júbilo que provém não apenas do sentir de Meu Casto Coração, mas que provém do Coração de Deus, fruto de Sua Misericórdia, de Sua Piedade e, sobretudo, filhos, fruto de Seu grande Amor pela humanidade.

Venho oferecer Meu Casto Coração ao mundo, assim como o ofereci a Deus, para que, desta forma, os corações dos homens se renovem, despertem e tenham forças e fé para seguir adiante no calvário destes tempos.

Assim como uma vez o Criador enviou Maria Santíssima para ajudar o Seu Filho a Se levantar no Calvário e, através do profundo Amor do Imaculado Coração, o seu Senhor renovou as Suas forças, assim, filhos, o Criador Nos envia no calvário destes tempos para olhar nos olhos dos cansados, dos humilhados, dos que estão sem esperança, dos que perderam a fé, para que compreendam a essência da Cruz destes tempos; para que superem o peso de suas faltas, fraquezas, misérias e superem o peso da condição humana, que se transmuta em suas consciências como em suas células. E, assim, saibam que de tudo isso nasce um amor maior, nasce uma misericórdia maior, nasce o verdadeiro homem.

Venho para tocar os seus rostos, secar as suas lágrimas e ajudá-los a descobrir o poder do sacrifício.

E não que Minhas palavras, ao longo dos últimos anos, não tenham sido suficientes; mas venho, filhos, para revelar-lhes, assim, o Amor de Deus.

E que vocês possam saber e experimentar que renovar o Amor de Deus não é apenas carregar a cruz e caminhar para o calvário; é também sentir o Seu Amor e ser amados por Aqueles que Ele envia em seu auxílio e, assim, ver nascer esse amor novo em seu interior.

Caminhemos então para a renovação, para o Amor de Deus e, sobretudo, agradeçamos ao Pai a revelação de Sua infinita e insondável Misericórdia.

Eu os abençoo hoje e sempre.

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Deus, Altíssimo e Poderoso, fez-Se pequeno e frágil no Ventre de Maria Santíssima, Ele não apenas estava construindo o caminho para selar uma nova e eterna aliança com a humanidade; o Criador estava revelando um mistério e tornando viva uma Verdade, que sempre foi espiritual e que, naquele momento, manifestava-se como algo físico e palpável para a humanidade.

Deus estava revelando Sua presença no interior dos homens. Revelava que, por Seu Espírito, poderia despertar no interior dos seres um homem novo, que renova e faz reviver a humanidade, que havia morrido, mesmo estando em vida. Deus revelava a possibilidade de um segundo nascimento, um nascimento espiritual, em que aqueles que são conscientes da presença de Seu Espírito deixam que Ele se manifeste.

Através do Nascimento de Jesus, o Criador despertava, revelava e dava aos homens a possibilidade de experimentar uma Verdade: aqueles que são puros de coração, humildes e dispostos a ser instrumentos de Deus, dispostos a cumprir Sua Vontade acima de todas as coisas, são dignos de expressar em si a presença do Espírito Santo e, dessa forma, poderão pouco a pouco ir alcançando o verdadeiro potencial da humanidade.

O Criador não os criou para expressar o que vivem hoje sobre a Terra. Essa vida é o fiel espelho da ignorância dos seres humanos, mas aquele que se abrir para a Verdade e se dispor a renascer em espírito, expressando em vida a perfeição do Espírito de Deus, poderá receber e viver a revelação da Verdade sobre si mesmo, ainda que nunca saiba, ao certo, o que é que habita em seu interior.

Abram-se, filhos, para um renascimento no Espírito de Deus, para que vocês renasçam n'Ele, e Ele, como uma resposta divina, desperte em seu interior.

Têm a Minha bênção para isso.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos