MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que aspirava a poder um dia viver a unidade com todos os seres e com Deus buscava em cada religião pontos que pudessem unir, no amor e no respeito, cada uma delas. E um dia, em oração, questionou o Senhor, dizendo: − “Senhor, Tu és o mesmo Deus para todas as religiões verdadeiras. És o mesmo que inspira os corações e as almas pelo caminho de retorno ao Teu Espírito de Amor. Diz-me, então, o que há em cada religião que nos une, que nos faz, a todos, Teus filhos?”

E o Senhor, com amor, respondeu-lhe: − “O que faz, alma pequena, com que sejam Meus filhos não são as religiões, mas a própria vida. O fato de existirem na vasta Criação faz de cada ser um filho de Deus, amado e predileto, criado por um propósito e com uma missão.

As religiões são impulsos que dei à humanidade, de tempos em tempos, para que as almas recordassem o caminho para a sua evolução, mas não apenas através delas enviei esses impulsos ao mundo; Eu o fiz também através da natureza, do silêncio, do serviço e, muitas vezes, através do sofrimento, porque alguns de Meus filhos escolheram esse caminho para despertar e perceber que não estavam compreendendo a vida da forma correta e que estavam perdendo o verdadeiro sentido de sua existência.

Através das religiões, enviei impulsos ao mundo que, à medida que os seres humanos cresciam e evoluíam mental, emocional e animicamente, puderam ser mais amplos, mais claros, mais diretos.

Através de Krishna, conduzi-os ao despertar de um grau de amor simples, amor pela vida, pelos elementos, pelas energias. Conduzi-os a uma percepção mais ampla da existência e comecei a criar um caminho de retorno ao Meu Coração. Porém, cada ser compreendeu a religião de uma forma diferente e a manifestou segundo as suas possibilidades, que muitas vezes não foram puras como os Meus impulsos.

Através de Buda, ensinei-lhes a unidade com o Todo, o amor compassivo e a paz. Ensinei Meus filhos a viverem em comunhão com o universo e a saírem das rodas constantes dos erros e das consequências. Já estavam prontos para compreender que são vocês mesmos os responsáveis pela própria vida e, através de suas escolhas, atraem para si os Raios e os impulsos que os elevam ou os corrigem, segundo o que escolhem viver.

Mas nem toda a humanidade evoluiu, nem todos se abriram para amar. A mente humana se desenvolveu e, com ela, a sua maldade, e não o seu amor. Em vez de viverem em comunhão com a vida, quiseram possuí-la e manipulá-la. Por isso, fizeram dos elementos deuses e das energias, formas de conseguir o que queriam.

Através dos Patriarcas, voltei a dar impulsos aos seres, corrigindo os seus caminhos; impulsos que foram vividos também segundo sua compreensão.

Até que enviei ao mundo o Meu Filho, não apenas com um ensinamento, mas com uma Graça. Diferente de todas as religiões anteriores, não era através do conhecimento ou do esforço constante para elevar-se que chegariam a Mim, mas, sim, através de uma Graça e da Misericórdia que um coração rendido pode receber.

O Amor de Cristo não veio para poucos, veio para todos. Não veio para o Oriente ou para o Ocidente, veio para toda a vida, para todos os seres que, apesar de seus pecados, souberam dizer sim.

Em tempos anteriores, a humanidade chegava às dimensões divinas através de um esforço constante pela elevação. Através de Cristo, foi-lhes revelado o Reino no próprio coração, e, ao longo da evolução humana, Meus impulsos seguem renovando-se.

Começo a unir em seu interior todos os conhecimentos e todos os graus de amor, porque é chegado o tempo da síntese da vida na Terra, o tempo da porta estreita e única, através da qual todos os seres chegarão a Mim. E essa porta, alma amada, é o amor em seus corações.

Por isso Eu Sou o Deus da Vida, porque a todos amo e a todos ensinei a amar. Esse é o caminho para chegar a Mim. Por isso venham, apesar das diferenças. Venham, apesar dos conhecimentos. Venham, apesar dos impulsos que receberam, porque todos eles tinham um único propósito, o de conduzi-los a amar.”

Que este diálogo, filhos, ensine-os a compreender os ciclos da vida e seu verdadeiro sentido, e saber que, apesar de toda a complexidade da existência humana, para tudo há um único propósito, que é a vivência do amor.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS GLORIFICADO, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DA CIDADE DE SÃO PAULO PARA PORTO ALEGRE, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Muitos são os servidores que trabalham em Meu Nome e que promovem obras de paz e de bem no mundo. Isso vai além da religião ou da fé, porque através deles levo adiante a obra máxima de Minha Divina Misericórdia.

Nessas almas Eu faço descer o poder e a essência de Minhas Obras para que, por meio dessa cadeia de amor e de fraternidade, o resto da humanidade possa sentir a presença invisível e silenciosa do Meu Amor reparador e curador.

Esse serviço, que é oferecido por todos os Meus servidores do mundo, os faz encontrar-se com outros servidores Meus e assim se estabelece o espírito da irmandade e da paz; ali se manifesta a Igreja Celestial que une, com amor e luz, todos os servidores.

Através de Meus servidores, Eu posso suprir as carências espirituais da humanidade. E gestando, por meio deles, o Amor Crístico, evitam-se mais conflitos e enfrentamentos no mundo, pelo simples fato de que existem almas doadas, em serviço, ao Meu Coração.

Agradeço-lhes por guardarem as Minhas Palavras no coração!

Abençoa-os,

Seu Mestre, Cristo Jesus

MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS PARA A 63ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BUENOS AIRES, ARGENTINA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Primeira Mensagem

Da Grande Estrela do Universo, Eu os saúdo e envio Minha Mensagem de paz para o mundo.

Hoje Minhas Palavras emanam do coração de Andrômeda, lugar de onde se governa este Universo e muitos Universos mais que são regidos pela Lei da Hierarquia e que estão sob os cuidados das grandes Consciências universais.

Vim à Argentina para corrigi-la em seu propósito, para levá-la de novo para o caminho da luz.

Por isso, estendo Minha Mão ao Povo de Deus, para que possam tomá-la forte e seguir-Me pelo caminho da verdadeira fé e da nova esperança.

De Andrômeda emito Minha Voz ao mundo e especialmente à Argentina, sabendo que é um povo que necessita endireitar seus caminhos para poder cumprir o Propósito de Deus, para poder vivificá-lo, para poder realizá-lo nestes tempos críticos em que tudo está em jogo.

Não é nada novo o que hoje Eu lhes peço, companheiros; apenas recordar seu compromisso para que possam recordar sua origem, sabendo que esta vida material não termina aqui, e que depois desta vida há muito mais que aprender.

Os Universos se oferecem para que possam aprender em suas sagradas Escolas, onde tudo está escrito e onde tudo se cumpre.

Por isso, convido-os nestes dias a beber de Minha Misericórdia, para que possam beber da Fonte do Conhecimento, um conhecimento que lhes revela a Verdade, conhecimento que lhes dará a paz e a sabedoria que necessitam para estes tempos críticos.

Porém Minha vinda à Argentina não evitará muitas coisas além das que acontecem nestes dias e nestes tempos.

A liberdade ainda está na mão dos homens.

A liberdade é o que pode levá-los a Deus ou é o que pode condená-los sem que o percebam.

Por isso, a escolha está em cada coração humano, a escolha de viver em Deus ou de não estar em Deus, de submergir-se no Amor de Deus ou de afastar-se do Amor de Deus.

Ninguém será forçado a viver uma espiritualidade que ainda não compreendeu nem sentiu em seu interior.

Mas o que Eu posso prometer para a Argentina é somente Meu Amor e Minha Misericórdia. Vertentes que os levarão a encontrar o Propósito Divino, a encontrar a resposta que tanto buscam há tempos.

Assim Eu vou formando Meus novos soldados, os soldados dos últimos tempos. Vou construindo nas moradas de todos os seres o Cristo interior, aquele que viverá o fim dos tempos, aquele que dará testemunho, em Meu Nome, de que Eu estou aqui entre vocês e com vocês.

Por isso hoje Minha Voz se emite de Andrômeda, lugar onde o Governo Universal mora e cumpre as Leis Divinas para este Universo Material; lugar onde grandes decisões se tomam para a evolução e o despertar das consciências, para a expressão infinita de mais graus de amor, de um Amor maior do que aquele que Eu pude conceber quando estive na Terra entre vocês, há tanto tempo.

Naquela época Eu lhes deixei uma chave que os ajudaria a transcender todos os tempos e todas as gerações, todas as experiências e todas as aprendizagens.

É o amor à vida que reconstruirá a Argentina, para além dos erros e das faltas.

O amor é o que curará, é o que preencherá.

O amor lhes concederá a paz, e assim viverão em justiça.

Não adiantará oporem-se uns aos outros, porque por mais que haja desigualdades, que são vistas por todos, o que importa para Deus, companheiros, é o destino de sua nação e de seu povo como uma Terra Prometida, que já não terá injustiças nem desigualdades, que estará permeada pela Presença de Deus na vivência perfeita de Seu Amado Filho no coração dos homens.

Não lutem pelo que é material, mesmo que seja injusto.

Construam em vocês o que é verdadeiro e o que provém de Deus, aquilo que realmente os fará livres, algum dia, para alcançar o Reino de Deus que está dentro de vocês.

Vivendo no Reino de Deus, estarão em comunhão com o Alto e não se tratará  mais de uma religião nem de uma doutrina, porque sua religião, companheiros, independentemente de qualquer outra, será o amor.

É o amor que os levará a viver o serviço e a fraternidade para com seus irmãos.

É o amor que lhes permitirá construir a irmandade e assim poder viver a nova vida que repovoará a Terra nos próximos tempos.

Porém, enquanto vivem sua transição interior e exterior, não lutem, já não se oponham uns aos outros. Busquem essa justiça no Dom da Misericórdia de Deus, e tudo passará.

Assim, Deus fará justiça, como a Grande Consciência Divina que Ele é, e Seus filhos finalmente O representarão na Terra, como Ele tanto esperou desde o princípio.

Sejam capazes de viver Minhas Palavras além dos sentidos.

Sejam capazes de arriscar-se a fazer um pouco mais do que fazem ou do que conseguiram em suas vidas, porque tudo voltará a começar no amor e do amor partirá. O resto se fará pó e ao pó voltará.

Em seus espíritos está o Sagrado Relicário de Meu Coração.

Em suas almas pode estar a presença de Minha Alma, para que estejam em comunhão com a Justiça Divina e em um perfeito equilíbrio.

Por isso, a partir de Andrômeda se emite uma Voz de igualdade, e a Grande Estrela deste Universo os chama à elevação da consciência para sair das formas e das batalhas, para alcançar o verdadeiro sentido de sua existência e de sua missão na Terra como indivíduos, como povo e como país.

Fechem as portas ao caos. Abram as portas à Minha Divina Misericórdia, porque assim Minha Presença triunfará em vocês, e Minha Energia triunfará em sua nação.

Chegou a hora de perceber a realidade, e não os enganos.

Chegou a hora, companheiros da Argentina, de subir mais um degrau para aproximar-se de Deus e sentir Seu Amor que os preenche, e os preenche de tempos em tempos.

Sejam um povo merecedor da Justiça Divina, e não da justiça humana. Assim aprenderão a estar em equilíbrio e em harmonia com o Universo.

Andrômeda emite sua voz, do Universo para seu planeta, para que possam escutá-la e possam contar com seu grande Governo, que é celestial e cumpre os comandos superiores que dita o Pai Eterno.

Unam-se a esta corrente de oração pela paz e evitem que o caos os submerja.

Sejam inteligentes e ativem a oração do coração, para que seus próprios Espelhos internos dissolvam toda a escuridão reinante.

Por isso, Andrômeda vem para abençoá-los e para consagrá-los, para que cada coração humano e cada alma escute a Voz do Universo e receba, de Andrômeda, o espírito da paz.

Que seu ofertório para esta Maratona seja verdadeiro, como demonstraram nesses últimos dias.

Porque o Universo está contemplando todos os seus esforços, por menores que pareçam. Todos os esforços se somam para a descida da Divina Misericórdia, que permite amar os inimigos e perdoar os injustos.

Animem-se a superar-Me no amor e encontrarão a verdade.

Animem-se ser Meus testemunhos e serão livres, assim como tanto esperam.

O Reino de Deus está dentro de vocês, e ele aí deve permanecer, através dos tempos, para que se cumpra a Sagrada Vontade.

Agradeço-lhes por terem dito "sim" a este encontro, porque isso significa muito para Mim, como Consciência Divina e Universal.

Aqui existem almas muito valiosas e espíritos muito importantes para a Criação. Por isso estão na Argentina, e não em outro lugar.

Tudo na Criação tem um sentido divino e um Propósito superior a manifestar-se.

Sejam parte dessa corrente universal que provém de Andrômeda e reconheçam nestes tempos sua missão para com a humanidade.

Que nesta Maratona de primavera floresça o amor de seus corações.

Que suas mãos, braços e pés deem os frutos do serviço e caminhem ao encontro dos necessitados, para que a Misericórdia chegue a todos, sem distinção.

Que a Luz do Espírito de Andrômeda os abençoe em nome da Sagrada Irmandade.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

A todos os orantes da Terra

Hoje se cumpre o terceiro ano desde que sua Mãe Celeste anunciou a todos a importância de rezar o Rosário pela Paz das Crianças na Guerra. E depois de três anos de orações contínuas, a gravidade da situação planetária piorou devido às crises sociais, humanitárias e raciais.

A oração do Rosário pela Paz das Crianças na Guerra impediu muitos acontecimentos, mas outras situações, até agora, continuam sendo evitadas pela presença dos orantes na Terra.

Para este novo ciclo de desafios e de transições que começa, hoje a Mãe de Deus lhes oferece rezar este Rosário por tempo indeterminado, a fim de que, no transcurso dos próximos tempos e com a chegada das novas gerações da humanidade, vão-se semeando os sagrados atributos da paz, do amor, da cura, da luz e da Misericórdia em todos os que deverão aprender a atravessar os próximos tempos.

O Rosário pela Paz das Crianças na Guerra não é apenas uma invocação aos grandes arcanjos e a suas hostes de luz para que intervenham na situação física e espiritual da humanidade atual, mas este Rosário é também um impulso espiritual para despertar a solidariedade, a cooperação e a caridade em cada criatura da Terra, independentemente de sua religião e credo.

Este Rosário concebe a futura unidade entre as religiões constituídas na presença de um só Deus: Pai, Filho e Espírito Santo.

Este Rosário nos aproxima à consciência a necessidade de despertar no coração humano o serviço de amor pela humanidade e pelo planeta.

Se este Rosário for feito junto com o Rosário pela Salvação dos Reinos da Natureza, o trabalho de aprofundamento na vida de serviço será mais amplo.

Para que nestes tempos existam mais ferramentas de intercessão pelo planeta e pela humanidade, hoje lhes entrego a terceira parte desta Trilogia Espiritual de Oração para o Fim dos Tempos, que é o Rosário para saber e aprender a atravessar o Fim dos Ciclos.
 

Conta de união
Sagrado Coração de Jesus,
princípio de renovação e de cura,
desce Tua Misericórdia sobre os tempos vindouros.
Amém.

Primeira dezena
Pelo Anjo da Unidade,
imploramos a Deus,
que todas as almas aprendam
a superar o fim dos tempos.
Amém.

Segunda dezena
Pelo Anjo da Fraternidade,
imploramos a Deus,
que despertem e surjam
os Cristos do Novo Tempo.
Amém.

Terceira dezena
Pelo Anjo da Piedade,
imploramos a Deus,
que se dissolvam todas as barreiras e fronteiras 
que dividem as nações e os povos.
Amém.

Quarta dezena
Pelo Anjo da Compaixão,
imploramos a Deus, 
que todas as criaturas da Terra 
conheçam o Cristo interior.
Amém.

Quinta dezena
Pelo Anjo da Fé,
imploramos a Deus, 
que se aplaque a Justiça Divina 
através do amor e do serviço
de todos os seguidores de Cristo.
Amém.
 

A Trilogia de Oração para o Fim dos Tempos poderá ajudar a consolidar a fé nos servidores e a confiança definitiva na concretização do Plano de Deus.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ E VIRGEM DE LA SALETTE, TRANSMITIDA NA COMUNA DE ARCHAMPS, ALTA SABOYA, FRANÇA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Filhos Meus, 

No dia de São Pedro e de São Paulo, festividade dos primeiros missionários de Cristo, vim a Genebra em nome da paz e da unidade para confirmar a aliança ecumênica entre todos os cristãos.

Essa é a razão pela qual a sempre Virgem Maria e Mãe da Igreja pediu neste dia, 29 de junho, um encontro especial em Genebra, sede de muitos órgãos estatais, para poder unir nos planos internos todos os que creem em Cristo, por meio do ecumenismo irmanado entre os Seus servidores.

A missão de cada cristão é amar o Propósito de Deus e levá-lo adiante por meio da igualdade de condições e sob o espírito sagrado da compreensão das diferentes manifestações cristãs da fé. 

Neste século XXI, em que o mundo enfrenta desafios grandes e também desigualdades sociais e globais, que a Chama do Amor de Cristo seja o ponto de união entre todos os cristãos, baseados no princípio da fé e no Sagrado Evangelho de Cristo.   

Como Mãe da Igreja e da humanidade, Meu Filho Me envia para conceder a Graça profunda do entendimento, do conhecimento e da sabedoria para todos os que abrirem seu coração ao chamado do ecumenismo, possam, juntos e em unidade, solucionar e responder às urgentes necessidades da humanidade, de todo o Povo de Deus.

Este ecumenismo inter-religioso permitirá que todos os cristãos, sob um mesmo fim e amparados pela Graça Divina, possam alcançar a visão total das diferentes carências e necessidades da humanidade, sabendo que é urgente e imediato dissolver juntos a maldade, as guerras e os conflitos que abraçam muitos povos no mundo e resgatar destes duríssimos abismos os que mais sofrem: os inocentes.

Mediante a unidade ecumênica e cristã, Cristo obrará mais amplamente, porque em todo lugar Seus discípulos destes tempos deverão ser testemunhas do Evangelho, para poder semear as sementes da fé, do amor e da unidade nos solos mais áridos deste mundo. 

E Cristo, a Água Viva, será o que regará e cultivará o que Seus companheiros realizarão no mundo.

A união ecumênica e cristã gerará o espírito do respeito e, sobretudo, uma verdadeira solidariedade entre os cristãos que acompanham, com seu sentimento e através de sua fé e de sua confiança nos ensinamentos do Evangelho, o mesmo Deus, Único e Onipresente.

No dia dos Apóstolos Pedro e Paulo, que torne a surgir em todas as Igrejas cristãs o espírito missionário, que impulsionará a revelação da vida do apostolado em Cristo, tão necessário para aliviar o sofrimento e levar a cura e o amor aos corações marginalizados.

Cristo é para todos

Ele veio por todos e para todos.

O esforço das testemunhas de Cristo será, mediante a união ecumênica, levar adiante a preparação de Sua gloriosa segunda vinda, preparando nas almas as bases de sua união com Deus e com todos os atributos que desperta a fé.

Ao fim despontará o ardente desejo do Senhor de que Seus seguidores e companheiros de caminho missionário e apostólico se unam para atender a atual crise mundial.

Por isso venho a Genebra para dar a bênção a todos e para estimulá-los a levar adiante a anunciação da Palavra e do Amor de Cristo por meio das obras e da unidade ecumênica.  

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Abençoa-os,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz e Virgem de La Salette

MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS, TRANSMITIDA PARA A 58ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Segunda mensagem

Que hoje seja escutada a Voz do Senhor do Egito, porque há um povo que clama por liberação, piedade e redenção; há um povo que grita por justiça, misericórdia e paz. E isso não é por falta de ajuda divina nem de ajuda suprema; isso é parte do que a própria humanidade gera entre os povos e as nações, entre as raças e as culturas.

Do Deserto do Saara seja escutada a Voz do Senhor do Egito, que hoje apresenta Seu Trono de Sabedoria e de Poder para trazer a Justiça ao mundo, a Justiça que equilibrará o planeta e a humanidade.

Por isso devem rezar como estão fazendo, todos os dias.

A Voz do Senhor do Egito vem trazer a Justiça ao mundo, pelas petições do seu povo e da sua cultura; pelos rogos dos simples e dos humildes.

Que já não existam diferenças entre raças e religiões, entre crenças e doutrinas.

A Voz do Senhor do Egito vem unificar tudo, do princípio ao fim; vem revelar-lhes que na essência todos são um. E nessa unidade, todos provêm de Deus; do mesmo Pai que os criou; do mesmo Universo que os manifestou; do mesmo Amor que os expressou em infinidade de formas e manifestações.

Todos são um em essência e, nessa unidade, existe o Amor que transcende as fronteiras, as culturas e os povos.

A Voz do Senhor do Egito vem revelar-lhes um tempo de grande purificação planetária; um tempo que nenhuma outra raça viveu em outra era ou em outro século.

Eu venho como o Senhor do Egito para falar-lhes em nome do Amor, e também para demonstrar-lhes que Eu estou em tudo, não só no cristianismo.

Eu Sou parte de Deus e de Deus provenho.

Sou parte de Sua Emanação Divina e de Seu Propósito para este e outros Universos.

Esta é a Voz que lhes fala, a Voz do Senhor do Egito, que esteve antes com vocês e que está agora com vocês para dar continuidade ao Propósito de Deus.

Que nenhum povo, cultura, raça ou nação esqueça que cada ser primeiro é uma essência, antes de ser matéria; que são parte de uma Fonte original e de um princípio que deve cumprir-se em vocês para que possa cumprir-se no mundo.

Os que se creem poderosos e fazem as guerras não ganharão.

Os que sofrem e padecem as consequências são os que triunfarão.

Porque o Amor sempre poderá tudo. O Amor tudo renovará e não importarão as crenças ou as religiões, mas a essência que unirá os povos e as nações; onde não haverá distinção de cultura, de raça ou de cor.

Eu venho demonstrar à Minha Igreja que também estou nos que não creriam em Cristo. Porque em verdade não creem porque não Me sabem, porque não Me sentiram e tampouco Me viveram, como vocês alguma vez Me viveram ou Me conheceram.

Expandam ao mundo esse Amor que Eu lhes trago, para que o mundo possa ter uma oportunidade e reconsidere.

Por isso, do Deserto do Saara Minha Voz é proclamada para que os cristãos, árabes e muçulmanos Me escutem como o único Deus, como a emanação do Filho Primogênito, como Aquele que renovou no passado todos os tempos através da Cruz.

Chegará um momento em que todos se encontrarão em um mesmo caminho, e juntos, como povos, culturas, religiões e nações, deverão cruzar o último portal, porque não haverá outro; não haverá que portal escolher ou que porta cruzar, mas apenas uma, que é a porta do Meu Coração. Ali todos se entenderão e terão clareza no fim dos tempos de que Eu sempre fui o mesmo, desde o Alfa até o Omega, e que Minha Presença Divina e Onipotente esteve em todos; embora na maioria tenha estado escondida, ainda por despertar.

Se venho como o Senhor do Egito, é para que saibam que Meu Amor crístico está nos demais e não em tão poucos, ou nos que creem reter-Me proclamando Meu Nome.

Eu Sou o Filho do Deus Vivo, mas também Deus é em Mim, como em Meus irmãos.

Deus, Abba ou Alá está em todos, como está escrito em todos os Livros Sagrados.

Porque chegará um dia em que o conhecimento escrito nos Livros Sagrados será um, quando a humanidade receber a revelação de que um só Deus sempre esteve em todo o criado, como em todos os tempos, atravessando todas as gerações, todas as culturas e todos os povos. E saberão que Ele tentou expressar-Se e mostrar-Se em todos os lugares, assim como em todos os cantos deste planeta.

E assim, sabendo desta revelação, compreenderão sua filiação com o Pai e se unirão à Fonte. Nesse momento não será necessário fazer mais guerras, nem criar mais conflitos por bens materiais ou por dogmas espirituais. Nesse momento Eu já estarei presente no mundo e dentro da humanidade.

Mas, como no passado, o Deus Vivo no Filho Amado se mostrará a pequenos grupos antes de mostrar-se por inteiro ao mundo, e tudo o que houver sucedido por meio das religiões e desta Obra será compreendido.

Os que não O aceitavam, O reconhecerão. Os que se afastaram, se envergonharão de ter-Me abandonado. Os que persistiram e persistirão até o fim, gozarão do Meu Espírito, algo que será desconhecido.

Será o último impulso revelado por seu Mestre e Senhor aos Seus discípulos, a todos os que tiverem fé em Meu Nome e em Minha Palavra.

E tudo o que tiver sido difícil, custoso e sacrificante para os Meus será compreendido e terá um sentido.

As angústias vividas, as tristezas que oprimiam, a amargura sentida pelos corações que se afastaram serão compreendidas; porque são parte de um propósito e de uma história que Eu estou escrevendo neste mundo e, principalmente, em seus corações.

Quando todos tiverem consciência do que Minha Obra fez através das almas, muitos se arrependerão tarde; mas os que estão Comigo se alegrarão por haverem tido plena confiança em Minha Mensagem e em Meu impulso de Luz.

Por isso coloco Minha Obra nos lugares mais difíceis, para que se cumpra e ao menos no espírito de cada lugar semeie-se a paz.

Por isso, tudo o que oferecerem ao seu Senhor por esta Obra terá um valor incalculável aos olhos dos homens do mundo.

Porque neste tempo está escrito: o Senhor do Egito, o Senhor do Oriente, tirará o poder dos que creem tê-lo e dará Seus tesouros aos que sofreram por injustiça e desigualdade; e a Terra Prometida, que mora no Coração de Cristo, será revelada aos que, com esforço, seguiram Seus passos rumo ao caminho da Luz e da unidade.

E nessa hora Eu unirei tudo, culturas, povos, crenças, religiões e raças; e todos escutarão o Mestre e Senhor em uma só língua, em Sua língua original, que reverbera no Universo e ecoa nos espaços mais profundos do Cosmos, como uma melodia mântrica que, em impulso de vibração e de luz, renova tudo o que toca e transforma tudo que é impossível.

A Voz do Filho do Homem, a Voz do Senhor do Egito, será como um trovão que iluminará as cúspides das Igrejas da Terra, sem preferência de lugar, nem de pessoas.

Porque no momento menos pensado o Senhor do Egito Se mostrará e em Seu Coração, como em Sua Face Divina e Trina, trará a síntese de toda a Sua experiência vivida na Terra como no Céu, para que assim uma Nova Humanidade possa começar.

Enquanto isso, escutem a Voz do Senhor do Egito, que lhes diz: não se cansem de trabalhar para Deus, porque Deus sempre dará Seus Tesouros aos que vivem a Sua Palavra de verdade e sem preconceitos.

Por isso, que o amor abunde nestes tempos para que milhões de feridas sejam fechadas nos corações que sofrem por diferentes razões e motivos.

Quando compreenderem a essência do Propósito de Deus, muitos se surpreenderão pelo que conhecerão, porque saberão algo que nunca souberam; porque se revelará algo que nunca viram, e será claro para todos; não existirá dúvida, interpretação ou ilusão. Porque quando o Senhor do Egito retornar ao mundo com Sua verdadeira Face, tudo estará consumado.

Que cada reza seja valorizada. Que cada conta oferecida seja contemplada. Que cada oração oferecida seja colocada aos Pés do Criador pelos que se afastaram de Mim, sem compreender tudo; porque o único que desejo para todos os Meus companheiros é que sempre vejam a verdade e na verdade vivam para algum dia serem livres de si mesmos.

Agradeço aos que persistem, aos que são sinceros e transparentes, aos que não temem assumir seus erros e pedir perdão aos seus irmãos e a Deus.

Agradeço aos que aceitam sem compreender, porque algum dia compreenderão tudo e, sem se darem conta, se transformarão no que tanto desejei com ardor em Meu Coração vivo e paciente.

Que todos aprendam deste momento e que aproveitem esta oportunidade para não perderem a Graça de despertar e de renovar os tempos, assim como o Pai espera de Suas criaturas.

Que o Dom da Sabedoria esteja nos corações abertos.

Que o Dom da Sabedoria ilumine os corações fechados.

Que o Dom da Sabedoria reconcilie os que se afastaram.

Que o Dom da Sabedoria restabeleça a unidade entre as almas e Deus.

Que o Dom da Sabedoria os impulsione a viver o Propósito e a transformação dos tempos, porque quem aspira ao Dom da Sabedoria conhecerá Minha Face.

Eu os animo a seguir concretizando Minha Obra.

Eu os animo a seguir cumprindo Meus pedidos; porque, volto a dizer-lhes, companheiros, que tudo estará claro no fim destes tempos.

Recordem que Meu Reino é para todos.

Amém.

MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE LIMA, PERU, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Oração: uma Porta para a Libertação

Com o Rosário divino em Minhas Mãos, venho do Céu para revelar-lhes um simples mistério no qual se oculta o Poder de Deus.

Orem e serão livres.

Orem e serão livres das dores e amarras do passado. Orem e serão livres dos conceitos da mente, da divisão, da falta de perdão e de amor, da incapacidade de reconciliar-se com o próximo e com Deus.

Orem e serão livres para renascer e deixar para trás o que lhes causa dor. Orem e saberão compreender os seus caminhos, porque Deus lhes apresenta as diferentes situações de suas vidas e como fazer das aparentes dificuldades um serviço para a consciência de toda a humanidade.

Orem e serão livres para compreender os mistérios celestiais. Não duvidarão da Verdade e não temerão conhecê-la, porque não limitarão a grandeza de Deus à pequena compreensão humana.

Orem de verdade e viverão a própria união com Deus, o próprio contato interior que os elevará aos Céus ainda que seus pés estejam sobre a Terra.

O que Eu venho pedir-lhes, filhos Meus, é que orem e, no simples ato de orar, as virtudes lhes serão reveladas, a Luz do Verbo Divino os liberará das trevas, e o Dom de Deus os conduzirá para que, apesar das tribulações do mundo, não percam jamais a fé e o amor em seus corações.

Enquanto tudo está permitido nestes tempos de definição, coloquem os seus Rosários em suas mãos e falem com Deus, clamem por Sua Misericórdia nestes tempos de misérias e imperfeições e deixem que o Pai lhes responda ao coração com um simples sentir, com um alento, com um alívio ou mesmo com o compartilhar da dor que Ele sente por este mundo tão perdido.

O que Eu venho pedir- lhes, filhos Meus, é que orem e abram seus corações para um novo tempo, pois é o momento da unidade, de viver em comunhão em prol da Paz e da Redenção deste mundo.

É o momento de que as religiões se unam para orar com o coração a um Deus Único, e de que cada um, em seu idioma, clame ao Pai para que o Propósito de Deus se cumpra.

É hora de que haja respeito entre as raças e entre as crenças, de que as religiões aprendam a orar umas pelas outras, para que o Propósito que Deus tinha, quando inspirou cada uma delas, se cumpra neste tempo.

Se todas as religiões retomarem a sua pureza e retornarem ao propósito de sua origem, que é a expressão do Amor e o estabelecimento da Paz, os corações serão dignos de reconhecer Aquele que virá para unir todas as coisas em um caminho único e colocar fim às divisões e guerras humanas.

Reconhecerão o Último Profeta, que retornará para que os que não O reconheceram no passado possam render-se ao Seu Amor neste último tempo.

O Filho de Deus voltará a colocar os Seus Pés sobre a Terra, e Sua última promessa se cumprirá, para que o Amor tenha vida nos corações dos homens, e o próprio Deus se renove através de Suas criaturas.

Enquanto isso, filhos Meus, orem para que a Luz divina ilumine os seus caminhos, orem para que saibam cumprir a Vontade de Deus, orem para libertar-se do que os impede de caminhar para o Coração do Pai.

Orem para crescer em espírito e, por fim, orem para que triunfe o Amor de Deus definitivamente entre as dimensões e para que não apenas o Apocalipse mas também os mil anos de paz sejam uma realidade.

Assim como estão vendo cumprir-se o caos previsto no Apocalipse, também verão o triunfo final de Deus na resplandecência de Seu Filho.

Apenas orem para que a humanidade persevere em sua fé e supere as provas da ilusão, até chegar à essência da Verdade.

Unam os seus Rosários ao Meu e nunca se perderão.

Meus Pés de Mãe e Peregrina sempre marcarão o ritmo de seus passos, até entregá-los ao Coração do Pai Celestial.

Eu os abençoo e lhes agradeço por orarem comigo pelo estabelecimento da Paz e pela libertação deste mundo.

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

 

MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS, TRANSMITIDA PARA A 55ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NA CIDADE DE CAMPINAS, SÃO PAULO, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Primeira Mensagem

Minha Voz volta a ser escutada nos desertos deste mundo, e a Minha Palavra ecoa nos corações que reconhecem a Face Glorificada do Senhor.

Eu Sou o último Profeta destes tempos.

Assim como Sou o Princípio, também Sou o Fim, e por Mim tudo passará, até a última célula viva deste planeta.

Porque Eu provenho de um mistério infinito, de uma Criação infinita, de uma Fonte imaterial que o mundo não pode tocar, porque ela só vibra no espírito.

Desse Grande Espírito Eu provenho e dali provém Minha Voz, que é a Palavra de Vida, a que traz para o mundo a renovação e a paz, a que constrói nas almas a religação com Deus e com Seu Divino Reino.

Nessa Fonte Imaterial Eu fui concebido para poder chegar a esta Criação, para poder mostrar-Me diante de vocês e estar entre vocês compartilhando o Caminho de Deus, que é o único caminho que unirá todas as religiões.

Hoje estou aqui como o Senhor das Religiões para sintetizar de cada uma delas o melhor, o mais evolutivo, o bom.

Hoje venho tecer com Minhas próprias Mãos, através das religiões, o último colar de Luz que unirá cada uma delas em um único caminho onde algum dia se encontrarão para se darem conta, finalmente, de que a única religião é o Amor de Deus, o Amor da Fonte, que traz sabedoria, entendimento e compreensão infinitos.

Assim como Eu estive no passado, há tanto tempo, anunciando a Palavra de Vida e o Evangelho nos desertos, hoje o último Profeta de Deus retorna aos desertos para proclamar Seu Retorno, que unirá tudo que está separado na consciência dos homens deste mundo.

Assim como se unirão as religiões, também se unirão as culturas, que proclamarão o Reino de Deus e louvarão Sua Magnitude, Seu Resplendor e Infinidade.

Esse momento se aproxima, no qual tudo ficará claro, no qual tudo se revelará e já não haverá diferenças, porque o fim de um tempo se aproxima e a transição mais difícil se acerca. E aqueles que não buscarem a religião do Amor, que vem de Deus, perecerão.

Por isso, antes que tudo aconteça, amem sem fronteiras e sem resistências.

Permitam que o Raio de Meu Coração, o Raio do Amor-Sabedoria, os impregne e os transforme no modelo que tanto espero.

Que as religiões se abram, espiritualmente e em essência, para receber o Senhor do Universo. Para receber Aquele que uma vez proclamou o Evangelho nos Templos de Jerusalém e que agora proclamará Sua Palavra Redentora em todos os Templos da Terra e em todas as religiões do mundo.

E assim a humanidade compreenderá que a espiritualidade das religiões não foi totalmente contada e que a todas faltava o elo do Amor para se unirem à grande corrente do Amor-Sabedoria.

Eu nasci no Oriente Médio há mais de dois mil anos para unir o Extremo Oriente e o Ocidente, para que todas as religiões que nasceriam e as que já tinham nascido encontrassem no final do caminho, o único Caminho de Deus que é o caminho do Amor que unifica as essências, o Amor que traz a verdade e o entendimento acima de todas as coisas.

Não apenas Sou o Senhor do Oriente, mas também o Senhor do Ocidente, o Senhor das Religiões; porque as religiões do mundo deverão curar-se, curar-se de suas feridas mais profundas para poder se reconciliar com Deus e assim entrar em comunhão com o Infinito.

O Pai é Um só.

Mas Ele está presente em Três Pessoas: o Criador, o Filho Primogênito e o Espírito Santo.

Três vertentes de Luz que levam este Universo à elevação da consciência e à unidade com o universo interior de cada ser.

Eu venho com esta mensagem porque é uma mensagem de preparação para o que virá depois, quando o Senhor das Religiões visitar o Extremo Oriente e unir essa parte da humanidade, como une esta parte do planeta, este lugar, com a Fonte.

Que todos possam beber destes sagrados conhecimentos. Que todos possam receber estes sagrados impulsos que são parte da revelação do Livro de Deus, em que está escrita a última parte da história desta humanidade, que transita para um novo tempo e para um novo amanhecer; que nascerá para uma nova consciência, deixando para trás a consciência do passado, da indiferença e do erro.

Acompanhem o Senhor das Religiões em Sua predicação pelo mundo, sendo embaixadores da paz e bons obreiros de Deus, para que nunca lhes faltem as Graças, aquelas que o Senhor faz brotar de Sua Fonte Infinita, de forma incansável e inesgotável.

Hoje Minhas Palavras são misteriosas. Hoje Minha Mensagem é simbólica, porque tudo está por revelar-se e somente lhes corresponde compreender uma parte; porque devem saber que estão dentro de Meu Projeto, o qual devem proteger de vocês mesmos para que não se afastem dele, tampouco se afastem da guia de Minha Mão, da Luz de Meu Coração, de Meu silencioso Olhar.

As religiões do mundo viverão sua etapa final, sua definição, e os tempos que chegam os chamarão para que todos se unam no amor e na unidade; do contrário, não será possível persistir.

O que está escrito se cumprirá.

Tudo faz parte de um novo tempo e de uma nova experiência; apenas devem ter a fé fortalecida para que nada os surpreenda.

Porque coisas inimagináveis ​​acontecerão, e suas vozes deverão estar unidas ao Alto, mediante a oração, para que a guia espiritual nunca lhes falte; porque em verdade lhes digo que as ovelhas ainda não sabem caminhar entre as trevas para não perder o caminho da Luz.

Por isso Eu Sou o Fim, assim como Sou o Princípio.

E até que não se cumpra o que Meu Pai Me pediu, não descansarei, não deixarei de vir ao mundo para prepará-lo para seu despertar e seu grande momento de redenção.

Enquanto isso, sigam Meus passos pelos que já não os seguem.

Acompanhem seu Mestre, segurando Minha Mão para que Eu os possa guiar, ainda que nada compreendam ou nada aceitem.

A humanidade decidiu desviar-se de seu destino final; por isso Eu venho para tornar a colocá-los no caminho, para que encontrem o único Caminho de Deus, que os levará ao Amor e à Verdade.

Que esta Maratona seja a união entre todas as essências crísticas das religiões que, apesar de Me terem ou não presente em seus cultos e cerimônias, devem conseguir, mediante Minha Intercessão e suas orações, alcançar a união com a Fonte e o Infinito para que todos possam redimir-se algum dia.

Sorriam nesta Maratona para aliviar o sofrimento do mundo.

Há muitos corações que estão desesperados porque não conseguem escutar a Palavra de Deus, tampouco conseguem vivê-la nestes tempos difíceis. Mas a porta da Minha Divina Misericórdia ainda está aberta; ainda o Oceano de Minha Misericórdia está sendo oferecido para que as almas se submerjam nele e sejam lavadas pela Luz curadora de Meu Coração.

Que se cumpra o advento do novo, e que a maioria dos rebanhos de Deus, nas diferentes religiões do mundo, consigam participar do grande momento da chegada de seu Redentor.

E quando esse momento chegar, já não direi nenhuma palavra mais, porque os próprios fatos serão em si a mensagem, os próprios acontecimentos físicos no planeta anunciarão Meu Retorno.

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato