Quinta-feira, 26 de maio de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM ENTRE A CIDADE DE PORTO ALEGRE, RS, BRASIL E O CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Enquanto oras, vai além de tuas necessidades, vai além da paz que alcançares em teu coração.

Quando encontrares um estado de paz, deixa que ele se expanda e permite que o Criador se expresse por intermédio de teu coração e revele à tua alma os mistérios que te farão crescer.

Deixa que o estado orante ative o espelho de teu coração e te una aos espelhos do cosmos, dando-te a conhecer a sabedoria que neles se guarda, a história da Criação Divina que neles se escreve. Compreende, assim, a existência de cada Reino, o sentido da vida manifestada e para onde te conduz essa vida.

Deixa que essa compreensão interior eleve o teu ser e leve contigo parte da consciência humana, pois – quando estás unido ao Pai – nada do que fazes gera méritos apenas para ti. Quando os espelhos do cosmos se voltam para a Terra para refletir a sua luz nos espelhos dos corações daqueles que buscam a sabedoria e o conhecimento divino, todo aquele que está unido ao Criador e ao Seu Caminho de evolução recebe, em si, a irradiação desses espelhos.

Se elevas a tua consciência a um estado interior que te permite transcender a mente humana e ingressar no conhecimento divino, toda a humanidade – de uma forma muito misteriosa – recebe a oportunidade de desvendar ditos mistérios. Por isso, enquanto orares, não limites esse ato às sensações e experiências dos sentidos. Não busques apenas desfrutar de um estado de quietude, quando em verdade poderias adentrar nas dimensões divinas e reencontrar a vida que um dia tiveste que esquecer.

Além de clamar pelo mundo e sentir a dor de teus irmãos, descobre a face da oração, que é também um serviço e que te conduz à união com Deus e com Seu Plano.

As criaturas desta Terra têm uma capacidade única de se unir ao Criador e, em dita união, compreender os mistérios de Seu Plano de uma forma que nem mesmo os anjos poderiam alcançar.

Percebes, então, filho, a grandeza que se esconde no simples ato de orar e quanto ainda tens para te aprofundares e descobrires desse mistério orante?

Não há uma receita ou uma sequência de ações que alguém possa te ensinar para desvendar esses mistérios. Essa união com Deus depende apenas de ti, como de cada ser humano; depende do amor sem fronteiras que podes sentir dentro de ti, quando perdes o medo de te perderes, para te encontrares, como nada, em Deus.

É uma questão de te deixares vencer pelo amor que habita em teu interior e de não colocares limites para a sua expansão. Essa é uma experiência tua com Deus e não há ninguém, nem mesmo Eu, que possa te levar a isso. Eu, filho, como teu Pai e Amigo, apenas te inspiro a seguir esse caminho e te assinalo a direção para que te ponhas a caminhar sozinho nesse deserto, que a princípio parecerá muito solitário e, depois, o descobrirás pleno de tudo, porque ali se encontra o Todo, se encontra o Criador de todas as coisas, Aquele que contém, em si, toda a Vida.

Vai e caminha, segue por onde te indica o coração.

Deixo-te Minha bênção.

São José Castíssimo