Quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Aparição Extraordinária

Venho trazer a Minha Misericórdia aonde não há justiça religiosa, nem social.

Venho trazer algo que os homens ainda não têm, pelo pouco valor que lhe dão.

Mas não importa a formação que tenham, mas seu coração, que é o que vale para Deus, porque sempre se perpetuará, sempre dará testemunho do Amor de Deus entre todos os homens e mulheres da Terra.

Ponham o seu olhar, queridos filhos, no coração e ali encontrarão Deus, mais que aos homens. Se Deus está em vocês, Meu Filho estará em vocês e ninguém poderá alterar essa união interior.

Ninguém poderá dizer, filhos Meus, que Deus não está presente no coração dos homens, que Deus não está vivo nos que creem n’Ele acima de tudo, acima de todo acontecimento.

Eu venho ensinar-lhes o caminho do amor, porque no Amor de Deus sempre encontrarão a saída, sempre existirá o entendimento e a sabedoria para compreender os desígnios de Deus e, sobretudo, a Sua máxima Vontade.

Hoje venho trazer pacificação aos homens que despertam a ira incontrolável.

Hoje venho amansar os corações, para que sintam a paz e saibam que tudo está se cumprindo, além de todo o entendimento ou de toda a filosofia.

O que Deus necessita, queridos filhos, é que os homens aprendam a amar e que não se esqueçam do caminho do amor, porque quem não estiver no caminho do amor verdadeiro, não estará no caminho do Paraíso, por mais que professe o Nome do Meu Filho, por mais que realize a Eucaristia ante o povo de Deus.

O amor é tudo. É a primeira ciência. No amor compreenderão a vida, como compreenderão o sofrimento.

Unam-se no amor e não na separação das suas ideias ou dos seus pensamentos. O Reino de Deus está para todos, não tem religião nem doutrina. O Universo de Deus é livre e amplo. E Ele vem assinalar os filhos que escolheu, para levar adiante a Sua Obra de redenção no fim destes tempos.

Digo aos homens que se dizem sábios que não tentem a ira de Deus, que vivam o Dom do Temor de Deus, que vivam o Dom do Temor de Deus para que não estejam separados do Pai e para que não separem os rebanhos do Meu Filho do Coração de Deus.

Não são tempos de divisões. É o tempo da grande unidade celestial. Será essa unidade que salvará o planeta e a humanidade, sobretudo os mais miseráveis de espírito, que não se encontram somente na vida, mas também nas religiões.

Meu Filho vem dar oportunidade a todas as almas. A Sua Misericórdia não se limita aos homens. A Sua Misericórdia é universal e infinita.

Necessito, queridos filhos, que abram os seus corações ao grande entendimento divino, que não se deixem envolver pelo que os homens falam deste mundo, pelo que os homens apontam em seus semelhantes.

Abram os olhos do coração e encontrarão a Verdade, a Coração de Deus que jaz em vocês, a Verdade que nasce do coração, que tudo aceita e tudo entende, de um coração incondicional e vivo, que não teme abraçar o desconhecido e dizer sim ao Universo todos os dias.

Lamento-Me, queridos filhos, pelos que não compreendem a Vontade de Deus e que dizem vivê-la plenamente, mas que não é verdade.

Busquem a união entre os seus corações e estarão preparados para receber o segundo retorno de Cristo.

Deus pediu-Me que venha buscar todas as essências do mundo,  não somente as que creem em Meu Filho. Recordem que Meu Filho é o Senhor das religiões, porque é o Senhor do Amor. E se é o Senhor do Amor, é o Senhor da Verdade, da Vontade Divina e da Justiça, do bem que Ele queira professar a todos os seres da Terra.

Então, queridos filhos, não se confundam. Sintam a Minha mensagem no coração, mais que a mensagem dos homens vazios, que estão vazios do amor, da verdade, do verdadeiro entendimento que só o Espírito Santo lhes dá.

Chegará um momento, queridos filhos, quando todas as religiões deverão compreender-se e entender-se. Porque se isso não suceder, quem abrirá a porta a Cristo para que Ele retorne?

É necessário rezar de coração e de alma, para que nestes tempos os homens da Terra não se confundam.

É necessário escolher o Santíssimo Sacramento, para que os homens da Terra não se confundam.

É necessário viver a vida do serviço, para que os homens da Terra não se confundam.

Assim se fortalecerá a sua fé, que é uma fé que não tem propriedade em ninguém, nem em nenhuma pessoa. É uma fé que pertence a Deus e aos seus corações intimamente.

Revivam essa fé com os bons exemplos e abram os olhos ao conhecimento divino que vem do Universo. Assim, darão os passos seguros para a redenção e acolherão plenamente o chamado de Deus, sem pensar que dirão os demais.

Queridos filhos, como Mãe de Deus e Mãe de Meu Filho, Eu venho religá-los ao caminho do amor, porque é um caminho que não está sendo praticado pelos homens da Terra. A ilusão e tudo que é supérfluo separa os homens desse caminho verdadeiro.

Vivam os Mandamentos e estarão na verdadeira liberdade espiritual.

Eu venho, queridos filhos, fazer-lhes o bem, ensinar-lhes o caminho do Amor e da Verdade, a pedido de Meu Amado Filho, Jesus Cristo. Isso ninguém lhes poderá tirar, a vivência da sua fé e da sua devoção ao chamado de Deus nestes tempos, fora da Igreja do Meu Filho.

Vejam a importância do despertar dos corações nestes tempos e não se deixem invadir pelos comentários dos homens. É necessário unir-se e fortalecer-se. É necessário unir as forças do coração com as forças do coração do irmão, para levar adiante o Plano destes tempos, diante de uma realidade planetária caótica e difícil.

Que os seus corações, esta noite, sintam a verdade do Meu Coração, que não se arrependam e tampouco abandonem a sua consagração como filhos do Meu Coração Imaculado, porque o que Eu lhes trago, queridos filhos, ninguém lhes dará, nem sequer a máxima hierarquia das religiões. Tudo provém do Coração do Pai, da Sua Fonte imaterial e eterna. Disso devem aprender a alimentar-se espiritualmente todos os dias, não só do Evangelho, que é o caminho básico para o seu despertar e redenção.

Encontrem sentido em seu caminho espiritual, no que é superior e divino e assim, estarão no Pai e o Pai em vocês. Os seus corações não sentirão dúvida nem desconfiança, mas darão o passo seguro e firme no caminho do Amor e da alegria de servir a Deus.

Recordem que devem voltar a reintegrar a sua dignidade espiritual para com o Pai.

As religiões são a ponte para isso, mas isso não é o definitivo. Há algo, queridos filhos, que deve começar de vocês, que deve nascer do seu coração, para poder estar em Cristo e em Sua Divina Presença.

Venho evangelizar com uma Nova Palavra, uma Palavra que os homens não conhecem, porque a Palavra que Eu pronuncio é uma Palavra que vem da Fonte do Amor. É uma Palavra que não se desperdiça. É uma Palavra que serve e ajuda as almas para a sua conversão.

Quando os tempos estão mais difíceis e as rebeliões dos homens se apresentam, é sinal, queridos filhos, que é o triunfo do Meu Imaculado Coração e a derrota da besta, que confunde os corações, apesar das suas crenças.

Eu venho dar-lhes o testemunho que Cristo lhes deu quando Ele esteve presente neste planeta. Volto a reintegrar-lhes este testemunho do amor para que não esqueçam, queridos filhos, que no amor está a resposta, a sabedoria e a saída para os grandes obstáculos.

Como não Me cansarei, queridos filhos, de dizer que Eu estou aqui, ainda que muitos o desmintam publicamente, venho consagrar novos filhos para reafirmar esse testemunho de amor, esse testemunho do Amor Infinito de Deus e de Cristo, que une cada vez mais as consciências com a Essência da Fonte Primordial.

Por isso, não deixarei de dar bênçãos, por mais que falem, por mais que mintam e que não digam a verdade.

Rezem pelos que não compreendem, porque são muito infelizes e doentes de espírito e não o sabem, assim como Eu rezo por vocês para curar a sua enfermidade espiritual. Convido-os, queridos filhos, a orar pelos miseráveis de espírito e de alma, porque não o sabem, para que recebam a Graça de algum dia se darem conta disso e de pedir verdadeira misericórdia a Deus, mais que pronunciar palavras vãs.

Sejam misericordiosos como Eu o Sou e o planeta terá mais oportunidades, mais almas se curarão e mais corações se reconciliarão com o Deus vivo.

Que venham aqui os que hoje se consagrarão, ante a Fonte do Amor de Deus, para que sejam testemunhas do que Eu lhes peço, para que defendam a sua consagração e não temam dizer que creem na Minha Presença, como um precioso chamado de Deus para estes tempos.

Quisera dizer a todos os filhos de Maria que recordem o seu compromisso Comigo, porque Eu nada posso desperdiçar, nem uma mínima energia da Graça. Tudo o que Eu lhes entrego é porque necessitam, ainda que não o compreendam ou não o saibam; tudo é motivo de um Projeto especial em suas vidas, em suas consciências e em seus espíritos. Eu lhes dou algo que ninguém lhes pode dar, que deve ser valorizado e respeitado, reverenciado, e devem rezar para que esse Dom que Eu lhes entrego persista no fim destes tempos.

Escutando o hino da sua consagração, Eu venho abençoá-los, queridos filhos, a fim de reconsagrar os que já se consagraram como Filhos de Maria, para serem testemunhas da Palavra de Deus e do retorno de Cristo, sem nada temer, porque o amor que pode estar em seus corações é invencível.

O amor que pode estar em suas consciências, é inapagável. Nenhum homem e nenhum ser da Terra pode apagar o Amor de Deus. Nunca vencerá, porque o amor é o que vence; é o Amor de Cristo que venceu a morte na Cruz e vem ensinar-lhes que no amor tudo é possível, até ao fim dos dias.


Pai Amado, descende o Teu Fogo nos corações simples e humildes.

Descende a Tua Consciência Divina naqueles que pregam a Tua Palavra e que na simplicidade do coração testemunham a Tua Presença no mundo.

Descende a Tua Sabedoria e a Tua Graça nos corações que devem se converter à vida crística do serviço e do amor pelos semelhantes.

Oh, Pai Amado! Escuta a voz da Tua Serva Fiel,

Descende o Teu Amor sobre os infelizes,

sobre os que não compreendem e os que não aceitam o Teu chamado,

sobre todos aqueles que provocam a separação do Teu povo

do Teu Amadíssimo e Íntimo Coração.

Oh, Pai Amado! Perdoa-os, perdoa-os para que encontrem uma nova oportunidade, por intermédio da Tua Divina Compaixão e da Tua Graça.

Perdoa, Senhor os que ofendem seus semelhantes.

Perdoa-os, Senhor, para que encontrem a Luz do Teu Coração

no grande Universo do Teu Amor Universal.

Hoje abençoo e estabeleço a Minha Paz entre os homens da Terra,

sabendo que ainda estarei aqui,

cumprindo a Tua Divina Vontade e o Teu Chamado,

em união a todos os Meus Filhos, especialmente aos que se consagram

para ser o exemplo da Tua Vida no Universo.


Que o Senhor os abençoe, os redima e os consagre, em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Agora cantem, porque já estão consagrados à Mãe de Deus.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado, em confiança.