Domingo, 24 de setembro de 2017

Vigília de Oração

Em silêncio os aguardo para que entrem em Minha Paz.

Eu sou a Mãe e Senhora do Menino Rei e trago em Meus braços, filhos Meus, o Redentor do mundo, tão pequeno e tão humilde como as crianças desta Terra.

Venho na presença de Deus para expressar-lhes a alegria do Meu Coração e a infinita gratidão que sinto, porque responderam ao Meu chamado.

Lembram filhos, há tão pouco tempo, quando Eu os chamei neste mesmo lugar e construí espiritualmente aqui Minha Santa Casa de Oração, a casa de Meu Filho, do Filho de Deus, para que Ele tivesse um lugar onde reinar, para que Ele tivesse um lugar onde colocar os Seus pequenos pés, para caminhar com as crianças deste mundo e, assim como em Nazaré e Jerusalém, em Sua infância, que Ele possa novamente instruir as crianças e conduzi-las ao Coração de Deus.

Hoje venho não apenas para consagrar esta casa; venho deixar aqui Minha Santa Presença. E em verdade, filhos Meus, hoje, quisera dizer-lhes que Minha presença já estava aqui, em cada tijolo, em cada madeira, em cada mão que trabalhava para construir este espaço para Deus.

Esta casa, filhos, representa para a humanidade a Vontade do Pai manifestada. Espero que, como esta, possam surgir outras tantas neste mundo.

Minha próxima casa de oração deve surgir na Europa, no Reino de Lis, em sua expressão na superfície da Terra, onde mais um lugar será consagrado por Meu Imaculado Coração, para ser um refúgio para as almas, neste e em todos os tempos.

Quero que os corações encontrem, nos quatro cantos deste mundo, lugares de repouso, onde seus corações encontrem a paz e também o serviço por esta humanidade e pelos Reinos da Natureza.

Cada casa consagrada ao Meu Imaculado Coração tem uma missão única, um propósito especial para cumprir, uma Vontade de Deus que manifestar, para que Seu Plano triunfe neste Planeta.

Como Eu já lhes disse, aqui orarão pelas crianças da Terra e serão semeadores de uma nova vida nestes pequenos e simples corações.

Dessa forma, filhos, construirão a Nova Terra e farão surgir aqui um ponto de recomeço para este mundo. Aqui, filhos Meus, brota a semente da redenção, a redenção da vida no coração humano e nos Reinos da Natureza; e essas sementes devem cultivar até o fim dos tempos e, além deles, adentrando no tempo real e na eternidade, porque aqui também deverá partir, silenciosamente, uma semente de renovação para os Universos, para cada coração de cada criatura de Deus.

Dessa forma, filhos, Eu lhes revelo um Propósito superior que vai além de sua pequena compreensão humana. Esta casa, fundada por Mim, fundada por Deus, não tem apenas um propósito humano e não gerará apenas méritos para a redenção do Planeta.

Minhas graças adentrarão os Universos, e suas orações ecoarão nas dimensões até chegar ao Coração do Pai, Este que os escutará e responderá às suas súplicas, fazendo com que Seu Amor e Sua Graça chegue a cada coração, até os mais perdidos deste mundo e de muitos outros.

Eu venho, nesta noite, com Meu Imaculado Coração exposto, assim como o Sagrado Coração de Jesus, tão pequeno e tão humilde, mostra-lhes hoje o Seu Coração, para que ingressem Nele e clamem com Ele pelas crianças desta Terra.

Venho hoje, filhos, para muitos, antes do tempo, porque Minha gratidão e Minha alegria são infinitas.

Quero agradecer-lhes por perseverar neste mundo, tentando vencer, todos os dias, a condição humana para estabelecer a paz.

Hoje, Eu lhes trago uma graça para a transcendência de seus corações, de suas mentes, de suas almas, de cada espaço de seu ser, em um homem novo, em um ser novo, diante de Deus.

Trago-lhes essas graças, filhos Meus, para que compreendam que é de uma forma simples que agradam o Coração de Deus; que compreendam que é respondendo ao Seu Plano, nas pequenas coisas, que fazem com que este Plano se cumpra neste mundo, muito além do que os seus olhos podem ver.

Hoje abro aqui as portas de Meu Reino, para que todos os corações que aqui cheguem possam Me sentir.

Aqui, filhos, brotará a Fonte da Água de Vida. Quando estiverem no deserto do espírito como do coração, venham até aqui e apenas contemplem o leve sorriso de Meu Rosto, que os chama a se renovar e a recordar que Deus os espera prontos para servir à humanidade, para servir aos Reinos, para deixar que morra dentro de vocês o velho homem, dando espaço a um novo ser, a um novo coração.

Venham até aqui para beber da fonte espiritual de Meu Coração e recordar que é no serviço aos seus irmãos menores, às almas menores, mais simples, os menores de Meus filhos, é servindo a eles que encontrarão a paz.

Também sentirão aqui o pesar de Meu Coração e do Coração de Deus para compartilhar Comigo o sofrimento que vivo, pela dor que sentem os menores de Meus filhos deste mundo.

Não temam sentir a dor de Meu Coração para aliviar-Me, porque Meu Coração sustenta tantas situações deste mundo, que vocês, filhos Meus, não poderiam suportar sequer conhecê-las.

Por isso, Eu lhes peço, nesta noite, que não venham aqui somente para pedir-Me graças, mas, que também venham dar graças a Deus por chamá-los ao serviço, à transformação e à transcendência da vida.

Venham para oferecer ao Pai aquilo que a humanidade não oferece: reparação, perdão, reconciliação, cura, transformação e gratidão ao Coração de Deus.

Se assim o fazem, filhos Meus, esta Fonte será inesgotável para todo este Planeta.

Hoje venho por vocês, para agradecer-lhes, mas também venho pelo mundo que está tão perdido e tão distante do Coração de Deus.

Venho para que o mundo saiba que neste lugar existirão almas que, dia a dia, se entregarão pela salvação daqueles que desconhecem.

Quero que Meus filhos, no oriente como no ocidente, aqueles que mais sofrem, que se sentem esquecidos, até mesmo por Deus, saibam filhos, que neste lugar, existirão almas que oram por eles, que adoram o Sagrado Coração de Jesus, Seu Corpo Eucarístico, em reparação a todos os corações que sofrem. E a vocês, filhos Meus, Eu lhes pedirei que não se cansem de orar, que se renovem todos os dias nesse compromisso que Eu lhes entrego, e que saibam que no invisível estarão construindo algo que será visível aos olhos humanos quando for o tempo da redenção da Terra.

Hoje Meu Coração se expande por todo este Centro Mariano, por toda a Nova Terra, para que sintam Minha proteção e Meu amparo, para que sintam Minha presença.

Faço desta casa um terafim, um ponto de luz para o Planeta, que apenas de colocarem seus pés nela, ingressem no caminho da redenção e da reabilitação de seus espíritos.

Hoje abençoo esta casa, como cada espaço deste Centro Mariano.

Abençoo a fonte de Meu Filho, em Sua presença, para que o Seu Pequeno Coração deposite ali, não apenas a água, mas também o Sangue que brota de Seu Peito, símbolo de Sua Infinita Misericórdia. Quando beberem da água desta fonte, filhos, estarão bebendo a Misericórdia do Redentor, do Menino Rei, que desde a Sua infância distribuía graças e misericórdia para este mundo.

Esperarei um dia abençoar a Cruz Azul no alto de Meu Santo Morro. Ali orarão a El Shadai por todo o Planeta.

Subirão aquele monte para encontrar a Deus. Por isso, desejo que façam ali um caminho de pedras para que possam subir; que coloquem luzes para que possam ver e chegar a Deus.

Aquela será a Casa de El Shadai. Quando ela estiver pronta, iluminada e com sua Cruz Azul abençoando o mundo, novamente Eu retornarei, para agradecer-lhes e derramar novas graças sobre a humanidade.

Assim como a Ermida de Meu Filho, no Centro Mariano de Figueira, quero que ali adorem o Sagrado e Glorificado Coração de Jesus.

Se cumprem com cada um de Meus pedidos, crescerão e não perderão tudo o que Eu lhes entreguei.

Hoje, na presença de Meu Santo Filho, Eu lhes concederei uma graça especial, uma cura espiritual, para que seus corações, filhos, retomem o caminho pelo qual Eu os chamei a caminhar.

Tragam-Me aqui um óleo para que Eu possa abençoar.

Orem Comigo a oração de Jesus dos enfermos e, na presença do Menino Rei, deixem que Ele habite em cada célula de seus corpos.

Com este Meu Rosário de Luz, orarei com vocês por cada filho Meu deste mundo.

Passem junto Comigo, filhos Meus, cada uma destas contas.

Agora lhes agradeço e esperarei que recebam, na presença do Arcanjo Rafael, do Menino Jesus e de Deus Altíssimo, esta Sagrada Unção, que provém do Pai, para renovar seus espíritos e os chamar a que venham ao Meu Imaculado Coração, sem temor, para cumprir com aquela vontade que Deus tem para as suas almas, desde o princípio.

Não irei daqui até que a última gota deste óleo consagrado toque seu corpo e renove seu coração.

Preparem-Me amanhã as pias batismais para que, junto a Meu Filho, novas graças se derramem neste mundo.

Tomem da água que brota deste solo sagrado, que passa por Minha Fonte, a fonte do Sagrado Coração e coloquem neste altar, para que Meus filhos da Casa do Amparo sejam abençoados, batizados e consagrados por Mim, em representação de todas as crianças que sofrem neste mundo.

Agradeço-lhes. E pelo sinal de Minha Cruz Luminosa, a Cruz que provém de Deus e do Coração de Cristo, Eu os abençoo.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E novamente lhes agradeço. Sigam cantando e pedindo misericórdia, para que este canal de luz hoje se abra e se estenda a este mundo.

Agradeço-lhes.