Segunda-feira, 25 de março de 2019

Aparição
Aparição de Maria, Rosa da Paz, no Centro Mariano de Figueira, Minas Gerais, Brasil, ao vidente Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús

Quando não falo é porque algo muito difícil está sucedendo. Meu silêncio é porque o mundo não quer escutar-Me e isso vai além deste lugar. Falo dos que não escutam verdadeiramente o Coração da Hierarquia e omitem o tempo todo a Vontade de Deus. 

Mas com Meus exércitos sustentarei o planeta e poderei dar ao mundo o que ele não mereceria. Por isso estou aqui como sua Advogada, como sua Intercessora e Mediadora. 

Talvez não compreendam o que estou dizendo-lhes, mas acolham Minhas Palavras no coração e orem com mais fervor ainda para que Deus derrame Sua Misericórdia e não Sua Justiça.

Tudo o que fizeram até agora tem um valor incalculável. Tudo que oraram até agora foi contemplado pelo Pai Criador e isso vai além da vida material. Por isso, acolham Minhas Palavras no coração, por mais que não as compreendam.

O terceiro segredo de Fátima está aproximando-se, e o que até hoje a igreja não anunciou, desobedecendo ao Meu pedido, será mostrado ao mundo inteiro de uma maneira inesperada para todos.

Quando Deus envia uma advertência ao mundo, como se deu em Fátima, há uma razão profundamente espiritual e desconhecida para o homem. Não existe igreja nem nação que possa impedi-la. Por isso, a confiança foi depositada nos pequenos pastores, porque em almas tão puras revelou-se a Presença de Deus e a Sua mensagem. Mas o mundo decidiu, em sua maioria, aprender através do sofrimento e gerar sofrimento aos demais. 

O cálice está transbordando e o Sangue do Meu Filho, que foi derramado por todos, deverá ser justificado pelos orantes do mundo, com sua fidelidade e sua absoluta incondicionalidade ao pedido de Deus.

Com tudo isso, quero dizer-lhes, filhos Meus, que não venho transmitir nenhum temor aos seus mundos internos, senão um chamado de atenção ante os acontecimentos que o mundo vive hoje e nos quais a humanidade está completamente submersa, especialmente os mais inocentes. 

Que os seus corações não sejam tocados pela ira, pela  indiferença, pela frustração. Que os seus corações, principalmente suas vidas, sejam um exemplo de oração, de constância e de fé, pelo que chegará ao mundo em pouco tempo.

Muitos se arrependerão por não ter escutado e, como foi escrito na Bíblia Sagrada, muitos baterão em seus peitos clamando a Deus por uma oportunidade. 

Por isso, antes desse acontecimento veio a lua vermelha, e a humanidade inteira pôde vê-la. Não era um acontecimento bonito ou formoso. Era o anúncio, o advento e a preparação da humanidade para os próximos sinais que se revelarão neste ciclo.

O último selo do Apocalipse já está aberto. A guerra de todos contra todos não cessará. Por isso, novos mártires virão, e não surgirão da igreja, mas entre os mais inocentes, os que testemunharão até o fim das suas vidas a Presença de Cristo, sem que nada lhes faça mudar a sua fé e o seu credo. 

Mas não pensem no que eles sofrerão, mas no que a humanidade ainda não alcançou, e que para o mundo já não é necessário derramar mais sangue, assim como hoje fazem algumas nações do mundo, fazendo cair a injustiça sobre os inocentes, sobre os mais pobres entre os pobres. 

Por isso, sua fé deverá redobrar-se. Seu entusiasmo no compromisso deverá ampliar-se e a sua fidelidade e obediência deverão estabelecer-se. Porque, mesmo que a terra trema, seu equilíbrio deverá ser intocável, inalterável e irrefutável. Nada deverá movê-los do lugar que conquistaram no coração da Hierarquia.

Mas, por outro lado, filhos Meus, nem tudo será desgraça para a humanidade. Deverão voltar a ver os Cristos que uma vez estiveram com Meu Filho e que no tempo final despertarão para que, finalmente, expressem a sua tarefa e a concretização do seu propósito.

A chama de Cristo em cada coração humano resplandecerá e, no momento mais agudo da transição da Terra, as tribos se reunirão, com suas diferentes linhagens, escolas e experiências, para oferecer a Deus um único caminho e uma única meta, que é alcançar a Nova Humanidade.

É tempo de crescer, filhos Meus, de amadurecer no  conhecimento e de saber, profundamente, que sua participação no Plano de Deus tem um propósito e uma meta que suas vidas não poderão alterar.

De sua adesão e da entrega de suas vontades à  Vontade Maior dependerá a salvação da humanidade. Para isso, nunca deverão faltar-lhes a sabedoria nem o discernimento, nem a atenção, nem a vigilância ante os acontecimentos do mundo.

Hoje uma espada da humanidade atravessa o Meu Coração. É uma espada mais dolorosa do que a que recebi uma vez, quando soube da entrega definitiva do Meu Filho.

Continuem rezando pelas nações, porque se as nações não estiverem bem, nada estará bem. Vocês devem chegar com suas orações ao Céu, tocar o Coração do Pai Celestial e consolar Seu Espírito por tantas ofensas recebidas.

Que o espírito sagrado da compaixão se construa em vocês. Porque a Divina Compaixão será o atributo fundamental deste tempo, para ver e participar do que se verá no mundo, ainda que não esteja dentro do Plano de Deus. Porque a maioria dos acontecimentos do mundo são gerados pelos homens e não pelo Céu, pela falta de filiação com Deus e de comunhão com o Alto.

Mas vocês, que conquistaram o Cristo interno, façam valer essa preciosa Presença por todos os que não valorizam, em si mesmos, a Presença do Cristo interior. 

Em honra ao Nascimento, à Paixão, à Morte e à Ressurreição do Meu Filho, venho pedir-lhes que durante nove dias, antes do começo da Semana Santa, rezem o Orândio da Paixão e da Transfiguração de Jesus para que os Céus sejam preenchidos por suas orações, a fim de que Deus tenha piedade do mundo inteiro e Sua ira seja acalmada pelos coros angélicos que hoje Me acompanham.

Se o mundo inteiro assumir esse trabalho de oração, verdadeiramente, às vésperas da Semana Santa, se rezar com fervor e devoção, Eu pedirei ao mundo uma vez mais a consagração ao Meu materno e Imaculado Coração, para que as nações que se dizem poderosas ante Deus, por intermédio da Minha Graça, alcancem a penitência e o arrependimento total das suas faltas.

Isso evitará, filhos Meus, que de forma surpreendente e inesperada, o Anjo da Justiça de Deus desça à Terra e por ordem do Altíssimo e Todo-Poderoso derrame o poder do Trono de Deus com uma potência maior que centenas de raios e trovões.

Se suas orações chegarem ao Céu durante esses nove dias, sua Advogada e Mãe poderá interceder ao menos pela quarta parte da humanidade, porque o resto já se definiu.

Nossa Senhora baixou Seu rosto e fechou Seus olhos; acompanhamo-la, sentimo-la e a contemplamos em nossos corações. Apoiamo-la e oramos interiormente ante Sua Presença.

Meu silêncio vem pedir o impossível ao mundo. Assim como pedi em Fátima, venho pedir-lhes que, apesar dos acontecimentos, comprometam-se definitivamente Comigo a rezar o Rosário todos os dias. Desta vez não somente pela paz, mas também pela intervenção da sua Divina e grandiosa Senhora ante a autoridade do Pai Celestial e de todos os Seus anjos.

Os Filhos de Maria que hoje se consagrarão podem colocar-se de pé onde estão.

Filhos amados, nunca desprezarei suas aspirações. Consolem o Meu Coração todos os dias com seus exemplos de paz, de amor e de oração pelo mundo.

Hoje não poderei atendê-los diretamente, mas saibam que o Meu Espírito puro e imaculado, Espírito que provém de Deus e de Sua Fonte, hoje está sobre as suas almas para consagrá-los.

Hoje a Mãe de Deus não pode conceder Graças; Deus não permitiu, mas não é por vocês, senão pelo mundo.

A luz do Meu Coração sempre apelará para guiá-los. Sigam os Meus passos de Serva e de Peregrina. Eu os abençoo e os amo.

Levarão consigo as flores deste altar, como testemunho do Meu Amor por vocês e pelas suas famílias.

Em  nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Piedad, vem aqui.

Hoje estou chamando-te como em outros tempos, filha Minha, para que Me ajudes a interceder ante Deus, nosso Pai Criador, e para que, através da tua devoção ao Meu materno e Imaculado Coração, supliques por meio da Ave Maria cantada aos Tronos do Pai, para que Ele escute a voz de Sua Serva. Com essa canção e essa súplica, darei por finalizada Minha tarefa de hoje. Espero-os em 8 de maio em Fátima para que esse Reino de Amor, de Paz e de Luz intervenha no mundo. Que assim seja.

Canção: Ave Maria.