Sábado, 13 de junho de 2020

Aparição
Aparição da Virgem Maria, Rosa da Paz, no Centro Mariano de Figueira, Minas Gerais, Brasil, ao vidente Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

O mundo julgou a mensagem da Mãe de Deus, e, ainda que não tenham sido todos os Meus filhos, isso teve uma grande repercussão em Deus.

O mundo não compreendeu a razão de Eu estar aqui, na Terra; mas ainda venho ao mundo pelos que Me escutam.

Abrindo Meu Coração e estendendo Meus braços a vocês, hoje venho dar-lhes Minha mensagem, e isso vai além de toda a credibilidade humana, porque Eu venho aqui por uma única razão: porque os amo e quero o bem às suas vidas, assim como Meu Filho quer a Misericórdia para suas vidas.

O mundo não pode julgar a Vontade de Deus, porque não a conhece. Hoje faço silêncio para que possam refletir, e não apenas escutar.

Neste lugar ficará o sinal visível de que Nós estivemos aqui, de que Nossos Sagrados Corações estiveram aqui durante muito tempo.

Hoje não posso dizer-lhes muito. Têm que compreender, filhos Meus, o que quero dizer-lhes através do Meu silêncio, porque é Deus quem fala através do Coração de sua Serva. 

Grande parte do mundo não aceita o Amor de Deus. Muito poucos filhos Meus se animam a mergulhar no Amor de Deus para serem redimidos e transformados.

Hoje venho como a Senhora da Paz, porque Minha Paz estará naqueles que a buscarem verdadeiramente.

Deus Me pediu para comunicar-lhes algo importante, algo imprevisto e extraordinário. Primeiro, suas almas devem sabê-lo, para que depois seus corações possam  compreendê-lo.

Eu dei ao mundo muito mais do que necessitava, para que a maioria dos Meus filhos pudesse sentir e reconhecer este momento que vivem Comigo.

O Cálice do sacrifício, que hoje está diante de vocês, nas mãos da Senhora da Paz, foi bebido por muito poucos. É o Sangue do Meu Filho que quer ser Sangue em vocês, para que, através do sacrifício, Ele possa continuar salvando o mundo.

Estamos às portas da Igreja Celestial, onde Deus escuta atentamente esta mensagem. Sua Consciência Divina está observando e contemplando-os, assim como todas as Suas hostes de Luz, arcanjos e anjos; todos estão sendo testemunhas deste momento.

A mensagem extraordinária que venho trazer-lhes esta noite, com pesar em Meu Coração, é que chegarei ao mundo pela última vez e ao encontro com os Meus filhos, no dia 8 de agosto, quando a tarefa dos Sagrados Corações finalizará.

Se o mundo, até 8 de agosto, não se arrepender e não deixar de perseguir, a humanidade sentirá o movimento da Terra, porque somos Nós, os Mensageiros de Deus, que, através desses encontros, sustentamos o mundo e a humanidade para que possa continuar adiante.

Hoje a dolorosa Mãe clama ao mundo por penitência!

Hoje lhes digo o mesmo que disse no terceiro segredo de Fátima, que ainda não se cumpriu, porque uma parte desse segredo não foi conhecida.

O Anjo da Justiça de Deus dirige Sua espada de fogo à Terra. Mas a Senhora da Paz, a dolorosa Mãe, põe-Se ante o Anjo para emanar-Lhe a Luz de Deus e suportar o castigo que corresponde à Terra.

Meu desejo ardente, filhos Meus, não é abandoná-los, tampouco deixá-los, mas alguns não foram justos Comigo e, assim, não foram justos com Deus. Nem a Igreja nem a humanidade conhecem a Vontade de Deus.

Reordenarei o universo e todas as potências celestiais para que, no tempo que Me resta entre vocês, Eu possa atrair a Deus as almas que ainda não se arrependeram e tampouco se reconciliaram com o Alto.

De agora até 8 de agosto, aspiro e oro incessantemente para que a humanidade melhore e, assim como foi muitas vezes, que as portas deste Centro Mariano possam voltar a estar abertas, para se despedirem da  Mensageira de Deus, depois desses doze anos.

A verdade emergirá, e os corações não se confundirão mais, porque saberão que a Mãe do Céu sempre esteve aqui, reunindo os Seus filhos no Amor e na Misericórdia.

Deverão continuar rezando para que, do Céu, a sua Rainha e Mãe possa seguir intercedendo por vocês, ainda que não possa mais vir aqui.

Enquanto estou aqui com vocês, estou rezando, porque os quero e os amo. Quero a verdade para suas vidas e o fim da ignorância na superfície da Terra.

Depois de 8 de agosto, será o grande momento para que todos ponham em prática tudo o que lhes ditei sobre exercer o amor acima de todas as condições, para que o Amor de Deus  continue triunfando até que o Meu Filho retorne e cumpra a Sua grande promessa. 

Rezemos de coração, de alma e de espírito para que a Suprema Vontade se cumpra sempre.

Pai Nosso (três vezes).

Hoje levarei esta oração ao Pai como eterno agradecimento dos corações que se uniram, nesses doze anos, à Mãe de Deus, e que, além das dificuldades e das provas, levaram adiante, com valentia e coragem, os pedidos da Virgem Santíssima.

A Senhora da Paz, a dolorosa Mãe, agradece-lhes por terem respondido ao Seu chamado.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

Encerramos esta transmissão agradecendo e reverenciando este momento.

Despedimo-nos ouvindo este instrumental.

Gratos a todos.