Quarta-feira, 17 de abril de 2019

Sagrada Semana
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO,  DURANTE A SAGRADA SEMANA, 4º DIA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, TRANSMITIDA AO VIDENTE  FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Os postulantes a adoradores, por favor, aproximem-se, aos pés do palco, a pedido do Nosso Senhor.

O Senhor pede que tragam aqui os lenços e os broches da Ordem, para deixá-los aos Seus Pés, e todos que puderem se ajoelharão pelo tempo que conseguirem, em quietude.

As pessoas de mais idade não se ajoelharão, disse o Senhor.

Os que se ajoelharem o farão pelos que não podem e pelos que não estão aqui, ante a Minha Presença.

Sigam-Me. Tirem as cadeiras do palco, por favor.

Estamos preparando, diz Nosso Senhor, uma Cerimônia Eucarística e, antes de receber o Sagrado Sacramento, adoraremos e contemplaremos o Mistério de Amor presente na Eucaristia.

Meu Corpo, vivo e presente na Eucaristia, fez-se presente ao longo dos tempos e das gerações, e ainda mais presente e mais vivo através de todos os que o adoram.

Fiz milagres eucarísticos, a pedido do Meu Pai Celestial, para que a humanidade pudesse crer que Eu Sou o Redentor, que vem ao mundo de tempos em tempos para trazer a redenção aos homens e às almas.

É esse milagre vivo na Eucaristia que se repete de tempos em tempos e tenta penetrar e refletir-se no coração dos seres humanos para que os homens na Terra representem a Cristo, vivo e resplandecente na Eucaristia, nos altares da adoração.

Hoje esse mistério de Amor torna a repetir-se e a apresentar-se ante vocês, porque o tempo o necessita, e a humanidade também necessita, sabendo que, sem a revelação desses mistérios que estão escondidos na Santa Eucaristia, a humanidade não poderá prevalecer no fim dos tempos e tampouco atravessar o fim dos tempos, devido a tudo que acontece hoje no mundo, de forma injusta e desequilibrada.

Por isso Eu Me faço presente nos altares de todas as igrejas, para que a Minha Igreja Celestial desça à Terra, preencha os corações, vivifique o espírito de cada ser e entre em comunhão eterna com o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Por isso, venho entregar-Me a vocês novamente na Eucaristia. E ao entregar-Me a vocês, companheiros, entrego-Me de novo à humanidade, ao planeta, às nações e aos povos, ainda que não conheçam quem é o Cristo.

Mas é na essência da vida que o Plano de Deus se realiza. São as suas essências mais profundas, os seus espíritos que recebem o Espírito de Deus por meio dos impulsos de luz que a Santa Eucaristia traz às almas.

Elevem seus corações nesta hora. Coloquem diante dos Tronos de Deus cada uma de suas súplicas para que algum dia, por meio da fé e da confiança em Deus, representem o Filho do Pai na Terra mediante o exercício tão importante da adoração, que estabiliza as energias, que evita as catástrofes do mundo, que os afasta e os protege de todo mal, que os eleva em consciência e em espírito, que lhes traz sabedoria e discernimento, que lhes concede a Paz e o Amor de Deus e a comunhão interna com o seu Anjo da Guarda.

O Dom mais importante que Deus lhes entrega através da adoração é o Sacramento da Reconciliação. Porque Deus sabe, companheiros, que os homens e mulheres da Terra são frágeis diante das provas e das tentações.

Mas a fortaleza que vocês podem alcançar pela adoração ao Meu Corpo Eucarístico é o que sempre lhes permitirá elevar os olhos ao horizonte e encontrar nesse horizonte de amor a Minha Presença pura e imaculada.

Eu venho entregá-los ao Meu Pai por meio desta cerimônia eucarística, porque é o tempo da renovação, da confiança em Deus e do estabelecimento da fé, que fará despertar em vocês os talentos que Eu coloquei em seus corações através da Minha Palavra e do Meu Evangelho para toda a humanidade.

Hoje estamos às portas da Última Ceia. Estamos fora da casa de Deus, mas bem próximos da Sua Consciência, para nos prepararmos, de maneira consciente e verdadeira, para o grande Milagre de Amor presente na Eucaristia e no Sangue de Cristo.

Hoje, suas almas estão ante as portas do Templo da Adoração de Deus, lugar onde os anjos e os santos vivem em comunhão eterna com o Pai Celestial.

Hoje, uma chama de Luz se acende em seus corações para permitir a elevação da consciência, para aproximar-se das nossas dimensões superiores, deixar a superficialidade destes tempos e encontrar dentro de si, dentro de cada um de vocês, o que é verdadeiro.

É por isso que hoje venho aqui, companheiros, como o Senhor da Eucaristia e como a própria Eucaristia, presente na forma espiritual da Divindade luminosa de Cristo, de onde os Dons de Deus se expandem ao mundo e as almas recebem a Graça da recuperação, da reabilitação e da redenção, como dignos filhos de Deus.

Começaremos esta cerimônia em que novos postulantes afirmarão em suas vidas a adoração ao Meu Coração Eucarístico e receberão sobre os seus peitos o broche do Espírito de Deus, representado pelo símbolo desta Ordem, para que a chama do Espírito Santo sempre se acenda em vocês nos momentos mais difíceis e culminantes das suas vidas, para que nos momentos de maiores provas e de tribulação tenham total confiança e absoluta fé de que sempre Me encontrarão presente na Eucaristia, ante a Face Sagrada de Deus, que Se entrega ao Seu povo em Amor incondicional e em Espírito.

Por isso, companheiros, alegrem os seus corações neste dia de renovação para que, consagrados pelo Espírito e a Dignidade eucarística de Cristo, amanhã, quinta-feira, entrem no Templo da adoração de Deus para celebrar pelo mundo e pela humanidade a Sagrada Eucaristia, a instituição do Legado Divino de Deus à humanidade e ao planeta, preciosamente presente na Arca da Santa Aliança.

O Mestre pede dois Menorás.

E ante as portas do Reino de Deus nos elevaremos em espírito para esta sagrada cerimônia em que o Espírito Santo os impulsionará a viver, de forma incansável e imediata, a adoração ao Corpo Eucarístico do Seu Mestre e Senhor.

Ponhamo-nos de pé.

As Madres que estão encarregadas dos postulantes podem vir aqui.

Senhor do Universo e da Terra, Fonte e Princípio de toda origem, ante as portas do Teu Templo, por meio da Graça do Coração do Teu Filho, acende nas almas  o propósito do Teu Amor, presente, vivo e eterno na Eucaristia. Amém.

Batiza as almas com o Teu Espírito e renova com a Tua Luz tudo o que tocares. Amém.

Unge com a Tua Divindade, Senhor, os que precisam de cura, amor e perdão. Que assim seja.

Chegou o momento de a humanidade reverenciar conscientemente a Deus e de que nestes segundos que passarão, a Divina Graça, a Fonte insondável de Misericórdia, na Presença eucarística e viva do Filho de Deus, irradie-se ao mundo e aos que mais necessitam.

Ajoelhemo-nos.

A pedido do Nosso Senhor realizaremos uma adoração mundial para que os Códigos de Vida de Cristo, o Universo eterno do Seu Amor, chegue ao mundo inteiro, aos cinco continentes e a todas as nações.

Em oferenda, prostramo-nos ante o Pai Celestial e agradecemos pela Sua Presença neste lugar.

Escutaremos o instrumental "Pater Noster" para que os anjos do Universo, por meio desta adoração, elevem ao Céu as súplicas dos filhos do Pai.

Cada um de nós, neste momento, faça a sua oferta ante o Coração Eucarístico de Jesus, o Corpo Glorioso e Divino do Nosso Senhor Jesus Cristo.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém (em português).

Enquanto os Céus se abrem, peçamos a Deus pela redenção da humanidade e pelo perdão de todas as faltas cometidas, através dos méritos alcançados pelo Coração eucarístico de Jesus, desde o Seu nascimento até a Sua ascensão aos Céus.

Oração do Anjo da Paz (em português).

Reverenciemos e agradeçamos.

E começaremos a escutar, como oferenda, o "Pater Noster" cantado.

E ainda ante a Presença do Nosso Senhor, procederemos, respondendo ao Seu pedido, à consagração dos que se postularam como adoradores e fizeram a experiência nos últimos seis meses.

Depois desta consagração, procederemos, junto ao Nosso Senhor, à celebração da consagração da Eucaristia.

As Madres que estão responsáveis, por favor.

Os irmãos que finalizaram os seis meses de experiência como adoradores.

E, juntos, agradeceremos a Jesus.

Oração: Pai Celestial que a todos conduzes... (em português).

Queridos companheiros, agora adoradores do Meu Coração Eucarístico, que o Pai Celestial os abençoe no compromisso desta Sagrada tarefa.

Que através da adoração ao Coração Eucarístico do Filho de Deus, e por meio dos seus exercícios, possa descer à Terra o Reino de Deus.

Abençoo-os em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Podem ir em paz.

E agora, chegamos ao momento mais importante.

Os que puderem, ajoelhem-se.

Hoje torna-se a reviver o Sacrifício do Cordeiro, e Ele expressa o Amor que tem pelos Seus filhos: "Tomem e comam todos d'Ele, porque este é o Meu Corpo que se entrega aos homens para o perdão dos pecados".

Adoramos-Te, Senhor, e bendizemos-Te.

"Tomem e bebam todos d'Ele, porque este é o Cálice do Meu Sangue, que é derramado pelo Seu Senhor para a remissão das faltas. Façam isso em Minha Memória."

Oração: Pai Nosso (em português).

Este é o Corpo e o Sangue de Cristo. Bem-aventurados os que são chamados a servir-se deste Sacramento para poder entrar, assim, na Sua Igreja Celestial. Amém

Hoje Me entrego na forma luminosa da Eucaristia para que as almas possam reconhecer-Me neste tempo crucial em que, em verdade, estou presente e vivo na Eucaristia, e cada vez que ingresso em vocês, vocês comungam de Deus e comungam do Meu amor para viver o seu tempo de redenção e de conversão em unidade ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo.

Pelos méritos da Paixão e da Morte do Seu Senhor, nesta tarde de Glória, vocês já estão preparados para ingressar no Templo da Adoração de Deus no dia de amanhã, quinta-feira, para celebrar junto ao seu Mestre e Senhor o maior testemunho de Amor de todos os tempos, o legado do seu Redentor.

Eu lhes dou a Paz para que sejam a Paz, para que vivam a Paz, para que compartilhem a Paz com os seus semelhantes e para que esta Paz chegue ao mundo inteiro, especialmente onde haja muitos mais conflitos.

Abençoando o mundo do horizonte de Deus, elevando a Minha Mão sobre toda a humanidade, Eu os abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Em nome da verdade e da justiça, da compaixão e da Graça Divina, em nome de Jesus, vocês se darão a saudação da paz.

Agradeço-lhes.