Sexta-feira, 30 de março de 2018

Sagrada Semana
APARIÇÃO DE CRISTO JESUS GLORIFICADO NO SEXTO DIA DA SAGRADA SEMANA, NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Que tua cruz seja o caminho da redenção e não tua agonia. Que saibas carregá-la com coragem e com merecimento, porque o que Deus derrama nas almas é o que Ele deve derramar, e nada está fora do Propósito.

Que a cruz seja o alivio de tuas dívidas, o regozijo de teu coração, o caminho para elevar tua alma. Que ofereças essa cruz com valentia e que não penses em caminhar para trás, porque tua cruz será a ponte para os Céus, as asas que te levarão ao Reino de Deus, depois de tua purificação.

Então, filho Meu, não te lamentes, mas regozija-te pela cruz que o Pai te entregou e que ainda deverás saber qual é o seu peso. Mas deves aprender a carregá-la, não com dor, tampouco com sofrimento; deves imitar-Me. Eu já te ensinei como fazê-lo e como vivê-lo.

A cruz que Deus nos dá é uma liberação da grande condição humana, do pecado da humanidade, do espírito da mortalidade. Então anima-te a carregar a cruz que Deus te entregou e ajuda a carregar  a cruz dos teus irmãos, porque neste tempo será necessário aprender a carregar a cruz, e quando menos perceberes, terás te liberado da cruz desta humanidade e serás coroado pelo Reino do Meu Pai para poder ingressar assim na vida eterna.

Que tua cruz seja o incondicional serviço, a alegria de entregar-te a Deus todos os dias, a oportunidade de renunciar um pouco mais, sabendo que não haverá sofrimento nem culpa, mas encontrarás os caminhos abertos para cada dia mais te sacrificares pelos demais, a fim de estabelecer a cura na humanidade.

Que tua cruz seja semelhante à Minha, e que vivas no espírito do sacrifício, sabendo que Eu já carreguei o mais duro de todos os tempos e que o Pai te deixou o mais leve, para que tu possas caminhar decidido para Mim.

Eu Sou o Senhor da Santa Cruz da Liberação do Mundo. Ditosos serão os que caminharem com sua cruz em direção a Mim, porque conhecerão o Mistério do Amor e da Verdade. E algum dia, esse esperado encontro Comigo será inesquecível, porque já não existirão cruzes, martírios nem padecimentos.

Quero que com tua cruz, amigo Meu, liberes o mundo de seu constante sofrimento e dor. Não necessito de grandes oferecimentos, senão de pequenas ações verdadeiras que possam demonstrar para Mim a maturidade da tua consciência e o crescimento de teu espírito, sob o princípio da cooperação e da irmandade. Isso fará tua cruz mais leve, quando deres o primeiro passo saindo de ti, abandonando-te completamente em Mim, sabendo que Eu cumpro com tudo o que o Pai Me pede.

Agora podes ver, filho Meu, que a cruz não é só sofrimento, senão uma oportunidade de entregar-se mais, de beber do cálice do compromisso e de fazer de cada encontro com o Mestre uma oportunidade única, que só passará uma vez e não se repetirá mais.

Hoje vim acompanhado de dois grandes Santos e amantes da Cruz, que vieram confirmar tudo o que lhes digo: São Pio e São Francisco, dois Santos transpassados pelas chagas de Minha Cruz.

Por que o Senhor quererá Novos Cristos? Por que o Senhor necessita de novos apóstolos se Sua Obra já foi realizada? Se neste tempo não há corações decididos a suportar sua própria cruz, que possam seguir-Me, como será possível uma nova humanidade?

A Nova Terra não terá ingratos, indiferentes nem omissos. A Nova Terra será de Cristos que tenham sabido carregar a cruz, sem temor algum pelo que sucederá.

O que Eu lhes peço parece algo impossível, mas está à altura dos acontecimentos da humanidade.

A cruz é o portal para os não redimidos, para os não rendidos, para os que não se entregam a Mim nem cedem o menor espaço para que Eu possa obrar em suas vidas.

Todos os que acompanham Meu caminho com sua própria cruz, se forem perseverantes e consequentes, conhecerão a verdadeira liberdade das cadeias da inércia e da ignorância humana. Porque, enquanto o mundo caminha mais na ilusão, menos Cristos são os que se decidem a seguir-Me.

Pelos padecimentos vividos na Cruz, Eu venho ao encontro desses poucos, para que representem a maioria neste Meu grande canal de liberação. Pelo Sangue derramado por seu Senhor, desde a flagelação até o alto do Monte Calvário, Eu venho ao encontro dos que decidem seguir-Me, em representação da maioria da humanidade, para que possam suportar junto a Mim a onda da indiferença e da soberba, assim como da arrogância que endurece os corações, afastando-os cada vez mais de Deus.

Se vocês aceitaram viver a cruz e seguir-Me, que essas maldades não estejam em seus corações, porque não poderão entrar em Meu Reino, neste nem no próximo.

Por Meu Sangue derramado, purifiquem seus pecados, reconciliem suas vidas e façam penitência, a fim de que Deus Todo-Poderoso, o Pai Eterno do Amor e da Justiça, alivie os corações oprimidos e auxilie as almas perdidas na ilusão das modernidades destes tempos, em que as essências dos seres humanos estão em jogo entre o bem e o mal.

Enquanto há almas que sucumbem nos infernos destes tempos e são aprisionadas pelas forças do Meu adversário, vocês, que são seres conscientes do Meu chamado, devem redobrar seu esforço e sua entrega ao Meu Coração, porque não é suficiente o que Me dão.

Pelos padecimentos vividos por seu Senhor, do Horto Getsêmani até o alto do Monte Calvário, hoje venho reforçar este pedido aos Meus companheiros, para que Meus martírios, dores e agonias vividos durante a Paixão tenham o valor que merecem nestes tempos e não sejam colocados em segundo lugar pelo reinado do Meu adversário.

As forças espirituais do Cosmos estão em uma grande batalha. Enquanto o relógio marca as horas, os acontecimentos no mundo se desencadeiam.

Que seus sofrimentos não sejam maiores, porque não o são. Façam pequenas suas próprias dores e abracem a dor do mundo que deve ser transmutada, mas agora, pela própria humanidade. Não virá outro Cristo para fazê-lo. É necessário que assumam as responsabilidades e as consequências.

Ainda são guiados pela liberdade e sua escolha neste tempo será definitiva. Ninguém poderá ser culpado por isso, nem no Céu nem na Terra.

Sua própria escolha, companheiros, definirá tudo, porque estamos na última batalha, em que os méritos alcançados por seu Mestre e Senhor terão poderes incalculáveis nas almas que os aceitarem viver dentro desta batalha do final dos tempos, em que se define o triunfo do amor ou da indiferença.

Por isso lhes sugiro e lhes recomendo que nunca deixem de buscar o espírito da gratidão. E quando não o sintam ou não o vejam, prostrem-se no solo e, em humildade e resignação, peçam ao Pai Celestial para que seus corações não estejam cheios de arrogância e a soberba não cegue seus olhos para sempre.

Quisera que compreendessem que o que Eu lhes peço é definitivo; não há tempo a perder nem momento para pensar.

A Cruz que Eu carreguei por vocês tem um valor incalculável e seus méritos devem ser respeitados e honrados pelos discípulos de Cristo, assim como o Universo o estabelece.

Que seus corações não se incomodem por MInhas Palavras, porque sei que alguns não creem que Eu estou aqui, mas isso não importa para Deus.

Céu e Terra passarão, mas Minhas Palavras semearão nos corações humildes e abertos a escutar a Voz do Mestre.

Quisera que as estruturas caíssem e que os corações prevalecessem para fazer triunfar Meu Sagrado Coração como Deus o espera. Para enfrentar o fim dos tempos junto Comigo, devem ter um coração limpo, sem dualidades nem dúvidas, sem vacilações ou omissões.

Estamos chegando a um momento em que tudo se definirá e não poderei tornar a dizê-lo, como tenho dito muitas vezes, para que suas consciências despertem para isso; é hora de viver o Plano como Deus o necessita, é hora de realizar o Plano como Deus espera, porque ainda há muito por fazer.

Por Meu sacrifício serão honrados; por Meus padecimentos serão reconhecidos; por Minha Cruz serão elevados à Casa do Pai, para que se cumpra, definitivamente, Sua grandiosa Vontade.

Se hoje trouxeram a cruz com vocês mesmos é porque a aceitam e ainda que não saibam com profundidade do que se trata, estão abrindo caminho para a realização do Plano.

Não tenham medo por tudo o que lhes digo; é hora de enfrentar o chamado e de não viver em dois caminhos, porque cedo ou tarde deverão definir-se e isso será entre vocês e Deus.

Os Novos Cristos devem nascer e o espirito do Amor Crístico deve reinar no Planeta ante as forças do caos, que perturbam as almas e as nações do mundo.

Não necessito de grandes seres nem de almas perfeitas, senão de corações abertos à humildade e ao chamado, por amor ao Nosso Criador.

Incenso.

Que o Senhor abençõe estes elementos para a cura e a redenção das almas, para a santificação das essências e para o despertar dos Novos Cristos.

Peçamos ao Pai Celestial por Sua Graça, a fim de que o Sagrado Coração de Jesus obre e se manifeste nas almas do mundo.

Pai Nosso...

Nesta hora em que toda Minha dor padecida na Cruz e durante a Paixão é honrada pelos anjos do Céu e de todos os Universos, quisera que dessem honra e glória à Cruz de seu Redentor e Senhor, a fim de que Seus Códigos Divinos de reabilitação, de cura e de perdão descendam ao mundo e em seus corações.

De pé.

Estes dois sacerdotes, que Eu escolhi, aspergirão a água por este lugar para que Eu, ao mesmo tempo, irradie Meus Códigos de Luz dos Poderes da Santa Cruz ao mundo e às almas. Quando eles passarem abençoando, vocês elevarão suas cruzes, a fim de que recebam esta Bênção, e a levem consigo para onde forem.

Frei Elías:

Vamos cantar "Adoramos" e acompanhemos o Senhor neste exercício espiritual.

Neste momento, cada um fará sua oferta a Cristo.

Com mais Fé!

Meus Códigos já foram derramados. Que eles sejam acolhidos nos corações nobres para dar honra e glória à Presença do Rei Universal, que descende do Universo à Terra para preenchê-la de muitas Graças e de infinitas Misericórdias.

Levem agora a cruz sobre seu peito e digam: Jesus, Eu confio em Ti! (3x)

Dando solenidade à Morte e à Paixão de seu Senhor, ante os anjos do Céu e do Universo, ante as Potestades Celestiais, ante os Arcanjos e os Elohim, ante os Hellel e as Forças Superiores que regem a Criação, em nome da Luz, seja selada esta confirmação e entrega ao seu Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo e da Terra.

Em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo. (3x)

Agradeço-lhes por escutarem-Me de coração, porque um coração aberto nunca se cansa de escutar-Me.

Vão em paz e em comunhão, nesta sexta-feira, com Meu Espirito.