MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho,

Quando a alma agoniza e se remove por dentro, buscando algo que não encontra, dá graças a Deus e apenas deixa que Sua renovação chegue ao teu espírito.

Não resistas, não desistas e não te entristeças por algo que, em verdade, deve trazer-te paz, porque significa que teu interior está se dispondo à transformação.

Quando a alma grita no coração daquele que tenta seguir a Vontade de Deus e a ela entregou a sua vida, é sinal de que uma mudança e uma renovação se fazem necessárias. E essa mudança provém da própria Vontade Divina; a ti caberá não resistir, não desistir e não te entristecer por algo que, em verdade, deve trazer-te paz.

Em verdade, o que sentes como uma agonia interior é tua alma alçando a voz além dos aspectos do teu corpo, da tua mente e dos teus sentimentos.

Escuta, então, essa voz que quer fazer-se ouvir e deixa que ela se expresse antes de que se canse essa tua alma de gritar em teu mundo interior por um novo passo, um novo ciclo, um novo ser.

Escuta a voz que se alça de tua alma e deixa que ela se expresse como sinta, que seja um canto, uma oração ou mesmo um choro que expressa a liberdade da alma de manifestar-se, e que tudo isso, teu canto, tua prece e teu choro sejam os impulsos de um novo ciclo e uma nova etapa em tua vida.

Que não grite tua alma sem ser escutada; que não feche tua mente a janela para a alma, voltando a ocultar o que se remove em teu mundo interior.

Assim como grita a alma do planeta para ser escutada pelos corações dos homens, também gritam e se agitam dentro dos homens as suas próprias almas.

A vida é um espelho de si mesma em diferentes proporções; por isso hoje te digo: escuta a voz de tua alma para saberes, um dia, escutar a alma deste planeta, e que nenhuma voz interior se alce em vão.

Deus fala através das almas e dos espíritos dos seres e é Ele quem os chama a um novo ciclo, que não precisa ser grande, mas que precisa ser novo, trazendo consigo aquilo que já sabes que deves ser e que ainda não és, não por ser impossível, mas por fazer-te surdo diante da voz que grita em teu interior.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA LOCALIDADE DE LOS COCOS, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para seguirem os passos de Cristo, digo-lhes: haverão de renunciar a todo caminho pessoal. O Senhor virá ditar os seus passos e não serão aqueles que vocês querem seguir, porque esses, filhos, engrandecem sua condição humana e não lhes conduzem à Verdade.

Para seguirem os passos de Cristo, digo-lhes: haverão de deixar para trás suas aspirações, “sonhos” e quereres humanos, para encontrar assim Sua Vontade Divina, Perfeita e única para as suas vidas.

Para encontrarem o Caminho de Cristo, digo-lhes: haverão de fechar os olhos à cobiça da vida alheia e já não desejarão viver como “este” ou “aquele”, porque para cada ser o Pensamento Divino é único, e cada filho Seu deve buscar o que lhe pertence e almejar nada mais que a Vontade Divina para si mesmo.

Para encontrarem a Verdade de Cristo, digo-lhes: haverão de renunciar a todo conhecimento vão, a toda busca desmedida por engrandecer suas mentes e egos espirituais com meias verdades e muitas vaidades. Grande parte da humanidade, filhos, precisaria da “ciência do nada saber”, para chegar à verdadeira essência do Conhecimento Divino. Enquanto buscam e buscam, bebem e se fartam em falsas fontes, jamais darão espaço em seu interior para o que é Verdadeiro e Puro, e que sacia e cessa essa sede desmedida pelo que não é real.

Para estarem no Amor de Cristo, digo-lhes: haverão de renunciar a todo amor vão, sobretudo a si mesmos; àquilo que chamam de amor, e que Eu chamo de vaidade e zelo pela ignorância e pela ilusão. Porque aquele que alimenta o amor à própria imagem e às coisas deste mundo não faz outra coisa, senão zelar por sua condição de ignorância.

Para encontrarem o Silêncio de Cristo, digo-lhes: haverão de silenciar por dentro, no profundo do coração e buscar essa união mais na solidão que na aparência; mais na ação que nas palavras; mais na Verdade que na ignorância espiritual.

Se estão cansados de si mesmos e querem sair do ponto em que se encontram, digo-lhes: amem e em tudo busquem amar. Que suas ações sejam movidas pelo amor, corrigidas pelo amor e refletidas com amor, quando errarem. Que seu verbo e pensamento nasçam do amor e, ainda que sintam que não têm o que amar, amem a Deus, o Seu Plano, e n'Ele, amarão todas as coisas.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filho,

Se te sentes perdido de ti mesmo, não te busques. Não queiras encontrar o que Deus afastou de ti. Busca em Deus a verdade, o novo, o renascimento de tua matéria humana em todos os seus níveis.

Os impulsos de um novo tempo estão chegando em tua vida, impulsos que já sabes que te levam a uma definição absoluta e não parcial.

Neste tempo, neste ciclo, é momento de dar passos mais con­cretos que consolidem a transformação na consciência.

Mas não somente por meio de Minhas palavras deve chegar a ti essa informação. A certeza de que tens de ser outro, agora e não depois, deve partir de teu interior. A necessidade de trans­formar a tua consciência deve vir de ti mesmo.

Cada ser humano, no profundo de seu ser, já sabe quais são os passos a dar, porque a verdade se oculta no mundo interior de cada um. O que acontece é que as capas que a cobrem vão caindo à medida que a consciência recebe impulsos reais de transformação, e o Universo sabe que, ao encontrar a verdade, a consciência a viverá.

A verdade revela-se aos olhos internos de cada ser por partes; à medida que o ser amadurece e cresce o suficiente para vivê-la, ela vai se revelando.

É o crescimento de cada um que dita o grau do despertar e da transformação. Essas proporções fazem parte de Leis uni­versais que regem a vida além deste mundo, que regem a evo­lução e as essências, que transcendem a compreensão ou a adesão humanas.

Filho, não esperes que o teu ser tenha a força interior suficien­te para dar os passos que necessitas dar, porque é quando te colocas a caminhar que a Graça faz descer sobre ti a fortaleza de que necessitas, segundo o caminho que percorrerás.

Apenas o fato de que esse caminho esteja visível no horizonte de teus olhos já deve simbolizar para ti, filho, que chegou a hora de trilhá-lo e que tens todo o potencial para seguir adiante.

Tudo é Lei de Correspondência: anda e os caminhos logo te serão abertos. Busca e encontrarás. Aceita a verdade e a conhe­cerás. Lança-te no desconhecido dos Planos de Deus e, quando tudo estiver cumprido, compreenderás.

Teu pai e amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Ó alma que aspira a consagrar-se cada dia mais aos Planos Celestiais, deixa-te levar pelos impulsos e não pela impulsividade!

Reconhece a diferença entre as correntes poderosas que provêm do cosmos e que te convidam a dar um passo concreto e preciso, e as correntes desenfreadas da mente e das emoções, que te levarão a buscar um caminho que não é para os teus pés. Medita com o coração e não elucubres.

Não pronuncio estas palavras para confundir-te em tuas decisões, porque na verdade já estás madura o suficiente para perceber a diferença entre impulso e impulsividade. Apenas te digo isso para que estejas atenta e não percas jamais tua disposição em seguir adiante, mas que teu ímpeto por caminhar te leve à meta correta que Deus pensou para ti.

Não é mais momento de lançar-te em caminhos incertos por não meditar e não sentir a direção por onde ir. Pergunta-te antes de dar os teus passos e não respondas com a mente o que corresponde ao coração decidir.

Persevera na meta que Deus tem para ti e não resistas em seguir Sua Vontade. Se te alegras com a Vontade de Deus, tua vida poderá ser pleno regozijo interior. E, ainda que vivas alguma dificuldade, nada retirará de ti a alegria de viver o que te foi destinado.

Aquele que te alerta para que dês passos precisos nestes tempos de definição,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filhos, que este novo ciclo seja de nascimento de novos frutos nas consciências de todos, para depois ver esses frutos crescerem e amadurecerem, e que deles surjam novas sementes.

Os frutos que nasceram nas consciências são a representação do resultado da atuação da graça em suas vidas. Até hoje, vocês receberam muito, como impulsos, instruções, graças e bênçãos, para que estejam preparados para cruzar com perseverança e paz interior os tempos que já chegaram.

Este novo ciclo será marcado pelo nascimento e amadurecimento desses frutos, pelos quais cada um deverá fazer-se responsável. Isso significa, filhos, que vocês deverão cuidar do jardim da consciência com as próprias mãos e preparar, para o novo tempo, as sementes que plantarão no solo da Terra.

Este ciclo cobrará mais o esforço e a dedicação de cada um de vocês para o próprio amadurecimento. Será o momento em que a consciência deverá confirmar-se neste caminho e fazer os seus próprios esforços para manter-se nele.

Até agora, viemos sustentando e impulsionando muitos dos que se comprometeram com Cristo, mas que ainda não haviam amadurecido, dentro de si, o próprio potencial de dar passos em sua evolução e sustentar-se em cima dos próprios pés na própria fortaleza interior.

Agora, chegou a hora de que os discípulos reconheçam a verdade sobre si mesmos em todos os sentidos: que enfrentem o que deve ser transformado e que se sustentem no próprio potencial de amadurecimento interior. Será a transição entre a adolescência espiritual e a vida adulta, quando a consciência se faz responsável por si mesma.

Os que despertarão na última hora já serão levados –pela graça– a dar os seus próprios passos e ingressar nos mesmos ciclos daqueles que há tanto tempo trilham o caminho evolutivo. Falo-lhes de uma maturidade interior, na consciência, e não nos corpos materiais, porque a matéria sempre precisará ser educada para expressar o seu mundo interno.

Filhos, cuidem deste ciclo como se fosse o último, aproveitando cada dia e cada instante para encontrar a Verdade e expressá-la. Que o esforço consciente de todos para estar cada dia mais no Propósito Divino seja permanente.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Encontrem a fortaleza interior na renovação permanente diante do Plano de Deus.

Filhos amados,

Nestes tempos, a pressão do planeta os levará a uma definição da consciência e já não haverá mais dois caminhos pelos quais seguir. A luz e a escuridão batalharão diante de suas consciên­cias para triunfar no coração humano. Aqueles que se comprometeram com a vivência da paz, do amor e da unidade com Deus devem buscar no Criador sua fortaleza permanente.

Coloquem o próprio ser nos Braços do Senhor e confiem a Ele a condução de suas vidas. A vontade própria não terá espaço nestes tempos. Vocês deverão escutar as indicações internas para estar no lugar correto e colaborar com o Plano de Deus.

Filhos, o Criador aos poucos silencia o eco de Sua Voz, mas os corações orantes que construíram um caminho de unidade com Deus poderão sentir a Sua Vontade e escutá-la através da sua consciência.

As provas que muitos vivem nestes tempos e os desafios que são levados a viver são parte de uma vontade superior, que os impulsiona a uma transformação mais imediata e verdadeira. Não pensem que Deus os abandonou ou que estão fora de Seu caminho por estarem vivendo provas, muitas vezes dolorosas para o coração e para a consciência.

Se os seus caminhos não os levam ao destino que esperavam, perguntem-se, filhos, se esse é o caminho certo e se os obstáculos que encontram não foram colocados pelo Criador mesmo para despertarem e perceberem que por ali não devem caminhar.

O Senhor está tentando corrigir os passos de Seus discípulos e companheiros enquanto há tempo de reverter os erros e retornar, porque já está chegando a hora, filhos, de que os erros já não serão reversíveis como o são hoje e vocês não irão dispor da Misericórdia como o manancial de que dispõem agora. Será a Justiça que guiará a humanidade, e serão outras as leis que conduzirão o seu aprendizado. Por isso, hoje os advirto: estejam atentos aos sinais da própria vida; meditem antes de dar os seus passos e perguntem-se internamente qual é a Vontade de Deus. Peçam-Lhe a graça de estar no lugar correto e colaborar com Seu Plano. Peçam a graça de ser conduzidos a uma definição que os leve à Vontade superior.

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Filhos,

Por que pensam no passado?

Esquecer o passado não é ser indiferente ao que se viveu ou ignorar tudo o que experimentaram como consciência. Esquecer o passado é assimilar no interior os bons frutos das experiências que os fizeram crescer como seres humanos e, a partir daí, dar novos passos, elevando aquilo que não esteve bem em suas vidas.

Quando vocês deixam o passado no tempo que lhe corresponde e não tentam perpetuar uma ação ou uma experiência que já não existe, estão dando uma oportunidade de transcendência para esse estado de consciência que chamam passado.

Todas as experiências positivas devem servir de base para que o ser alcance novos degraus evolutivos, mas os seus olhos não devem estar fixos nos próprios pés, e sim no alto da grande escada.

Ficar preso ao passado, filhos, é como estar subindo uma grande escada que os leva ao Reino de Deus e deter o caminhar para fixar-se nos detalhes dos degraus que pisaram ou que seguem pisando. Se, ao contrário, vocês liberam o passado e tiram os pés desses degraus, caminhando com passos firmes, darão lugar aos outros, que virão detrás de vocês, para que subam essa escada.

Muitas vezes, filhos, prender-se a situações e pessoas do passado, por querer perpetuar a própria presença em uma conjuntura que já não lhes corresponde, é como estar parado no meio da escada, querendo fazer a sua presença ali eterna – acreditando que assim ajudarão os demais – quando, em verdade, é caminhando e subindo os degraus que podem auxiliar o próximo, porque liberarão o caminho para que outros possam subir.

Caminhem, filhos, e não olhem para trás. Não contem quantos degraus subiram ou com que detalhes eles eram feitos. Não parem na escada, não se distraiam da meta que o Criador tem para vocês. Deem os passos e deixem para Aquele que sabe todas as coisas o direcionamento dos que não puderam acompanhá-los. Lembrem-se de que o maior serviço é evoluir. Se evoluem como consciência, vocês o farão como humanidade e, se o fazem como humanidade, o farão em nome de todo o universo e de toda a Criação.

Contemplem um propósito maior e não se percam mais nas distrações de um tempo que passou.

Seu pai e amigo, Este que os impulsiona ao eterno presente,

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Clamar por paz e por misericórdia é o primeiro passo na transformação da consciência.

A mente primeiro ora e, aos poucos, começa a escutar o cora­ção. Então a alma respira aliviada por, finalmente, encontrar um motivo para estar com sua atenção no mundo.

Oração após oração, a mente vai aprendendo a viver a quietude e dá espaço para que o coração também comande o dia a dia.

Nesse momento, ao ver como age o coração, a mente já não pode orar e pedir paz se não for pacífica em suas ações e em seus pensamentos.

Segue o segundo passo da transformação consciente: a mente e a personalidade tomam gosto pela santidade e querem elas mesmas conduzir os passos da transformação, para que sejam as melhores, as primeiras na santidade. O coração observa e, com paciência, quando pode, sussurra para a personalidade e para a mente que, em verdade, o caminho da transformação é longo e o resultado apenas Deus conhece. Aos poucos e com amor, o coração, que mora também na consciência, explica sobre as virtudes e os dons e ensina à mente o que é a humildade.

O terceiro passo da transformação é quando o ser descobre que não é perfeito e muito ainda lhe falta caminhar para alcançar ao menos uma virtude. Esse passo é definitivo, porque aqui o ser se depara com a desesperança e com a forte necessidade de deixar todo o esforço de lado e render-se de uma vez por todas ao mundo, já que o Céu lhe parece inalcançável.

O quarto passo é quando o coração dá a conhecer à mente e à personalidade a Misericórdia e esclarece sobre a perseverança e a persistência no caminho, ainda que ele seja infinito, porque Deus, que é puro Amor e Misericórdia, Se valerá da perseve­rança de Seus filhos para, um dia, lançá-los à santidade.

O quinto passo da transformação é quando a mente compreen­de a essência das virtudes espirituais e as ama. Começa então sua rendição, assim como a da personalidade, para fundir-se ao propósito do coração, que é a porta da alma. Aqui, a mente e a personalidade sofrem muito, mas já aceitam o que vivem, porque se abriram à superação de si mesmas.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Queridos companheiros e servos de Cristo,

Meu Casto Coração retorna ao mundo a cada dia, porque confio no potencial de amor dos seres humanos. Confio no potencial que vocês têm de transformar a si mesmos e todas as coisas, porque podem estar unidos em essência Àquele que a tudo criou e que tem a potestade para transformar tudo.

Unam-se todos os dias à verdadeira essência do que são. Recordem-se de que são filhos de Deus e assumam, assim, a responsabilidade de fazer parte do Projeto que teve como resultado o Rei do Universo, Cristo Redentor.

Peço-lhes que sejam um pouco mais pacíficos em suas vidas e que optem por estar em silêncio em lugar de criar conflitos e se desgastarem.

Sejam mais pacíficos também consigo mesmos e, assim, terão a paciência necessária para transitar nos tempos atuais.

A urgência dos tempos induz a consciência a cobrar de si mesma e do próximo coisas que talvez não poderão dar de um dia para o outro. Por isso, é necessário estar com o coração pacífico para saber discernir, da melhor forma, nas situações que se apresentam em suas vidas.

Com o coração pacífico, vocês poderão encontrar no próprio interior os recursos para superar uma prova espiritual, mas se, em vez disso, estiverem se cobrando e forçando a consciência a dar os passos com a rigidez da mente, correrão o risco de crer que estão avançando e, no entanto, contarão com falsos recursos internos, frutos da criação da própria mente para aliviar a tensão em que vivem, e, mais adiante encontrarão a mesma prova repetidas vezes.

Apenas o coração pacífico pode encontrar o manancial interior do Amor de Deus, e é ali que as verdadeiras virtudes são fomentadas.

Por isso, nunca se esqueçam de que será suficiente a pressão das forças de oposição causada pelo caos do mundo, para que a consciência esteja em uma tensão que supere os seus limites. Essa pressão não pode vir da própria consciência porque, nos dias que virão, vocês necessitarão estar em paz consigo mesmos e com o planeta.

Se hoje vocês se assustam e se irritam com os erros do próximo e perdem a paz ao ver as imperfeições alheias, não estarão aptos a suportar o que virá.

Pacifiquem-se! Pacifiquem-se todo o tempo.

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos