Sexta-feira, 13 de abril de 2018

Aparição

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Que no silêncio do coração sejam escutadas as Palavras da Mãe de Deus, a Mãe do Céu que se pronuncia aos Seus filhos para levá-los pelo caminho do bem e da paz.

Porém, enquanto grande parte da humanidade se submerge nas ilusões do mundo, Eu venho chamar os que Me escutam, os que têm sido valentes ao Meu lado, os que incondicionalmente seguem Meus passos.

Venho falar-lhes com a Voz do Meu Coração e da Minha Alma. Venho pronunciar Minha Mensagem ao mundo, a pedido do Pai Celestial.

Devem ser valentes e seguir adiante; devem seguir gestando em seus espíritos a segunda vinda de Cristo, porque Ele ainda espera poder vivê-la junto a vocês e à humanidade.

Porém, enquanto seus esforços forem pobres, estiverem carentes de entusiasmo e de dedicação, pobres serão os resultados para esse grande momento planetário.

Dependerá de vocês, filhos Meus, que tudo possa se realizar. Não há mais nada que o Céu possa fazer; somente esperar a resposta das criaturas de Deus; somente escutar silenciosamente as orações dos que se comprometeram com Cristo para estes tempos.

Em verdade lhes digo, queridos filhos, ainda não é suficiente o que se faz. Deve reinar em vocês a consciência da igualdade, porque isso protegerá a Obra do próprio inimigo, porque isso os equilibrará, todos vocês, sob o impulso poderoso da fraternidade e do bem.

Dedico esta mensagem para os que querem Me escutar de verdade, para os que se animem a transpassar os umbrais da indiferença e da ignorância humana, para os que se arrisquem a transcender os tempos, vivendo a transformação em seu próprio interior e fazendo viva, uma a uma, Nossas Palavras.

Filhos, o Universo necessita de vocês, de uma maior integração, e não só de momentos bons ou passageiros.

É necessário que o Plano de Deus se encarne em suas células, e o façam parte de si, porque assim poderão representar Cristo na Terra e serem Seus verdadeiros seguidores, serem Sua verdadeira Igreja, serem Seu verdadeiro testemunho.

Ele espera que tudo o que fez há mais de dois mil anos não tenha sido em vão e, por mais que a humanidade ainda não conheça todos os Mistério de Cristo, a humanidade algum dia terá consciência do que significou a verdadeira entrega do Senhor, em todos os planos de consciência, na essência do plano espiritual.

Eu necessito, queridos filhos, tirá-los da mediocridade, do que é tíbio e inseguro. Por isso devo falar-lhes com uma celestial transparência e uma clareza imediata, livre de confusões ou de pareceres.

Necessito que entendam e que compreendam o que lhes digo neste momento. A continuidade da Obra está em suas mãos, porque vocês foram chamados a vivê-la e vocês mesmos a assumiram, sem pensar no que seria ou no que significaria. Daí vem a sua responsabilidade e o seu compromisso; daí vem o valor do que isso significa para este tempo tão crucial na humanidade.

Não estou querendo dizer que serão os libertadores destes tempos, porque o Único é Cristo, Nosso Senhor e Rei do Universo.

Vocês devem ser chispas multiplicadas desse Plano Divino de Deus que, de tempo em tempo, vem à humanidade para impulsioná-la às mudanças, à redenção de suas dívidas e ao perdão dos seus pecados.

Por isso as Graças que traz Meu Coração são inextinguíveis; a Misericórdia que traz Meu Filho é intransferível; não há nada que possa mudá-lo. Dependerá de vocês dar esse passo à entrega total, como corresponde a cada um neste ciclo, porque Deus não espera de todos a santidade, mas sim a consagração, a vivência absoluta do compromisso com Meu Amado Filho e com Seu Plano de Resgate.

Cada coisa que possam dar ao Plano será bem recebida, mas não o que lhes sobra, senão com o que surja do coração, espontaneamente, e seja verdadeiro.

O Retorno de Cristo será uma tarefa laboriosa, e de vocês deve nascer a realização desse Plano, para que possa se manifestar na superfície da Terra.

Dessa forma, nada lhes faltará, porque a humanidade, em verdade, deve muito ao Universo, como também aos Reinos da Natureza, que ainda seguem sofrendo as consequências destes tempos.

Foi dito que, depois da última Sagrada Semana com o Senhor, o ciclo mudaria. Eis aqui este ciclo, que já chegou e que seus olhos internos necessitam ver e seus corações necessitam sentir, sem temor de saber o que isso representa para a Criação.

Por isso devem trabalhar o despojamento interior imediato, não querendo nada para si, senão tudo para os demais, repartindo o que se tem e experimentando o amor que os demais vivem em seu interior.

E assim, a Grande Corrente da Luz será transformada, a Grande Corrente da Luz será renovada, e seus pés caminharão livres do passado e dos erros, porque estarão a serviço de Cristo, em plenitude e gozo.

E apesar do que aconteça neste mundo, não desistirão, senão que cada prova a tomarão como uma confirmação de sua confiança em Cristo, porque tampouco temerão o que vocês consideram que poderiam perder.

Tudo o que lhes foi dado devem retornar ao Pai algum dia e esse dia está próximo, essa retribuição está próxima, porque agora são conscientes e não estão dentro da ignorância mundial.

O Plano de Deus é uma consciência definitiva que muito poucos se animam a atravessar com determinação. Porém, agora, chegou o momento para todos de poderem cruzar esse portal para a vivência total do Plano, fazendo-o parte de suas vidas e de seu dia a dia e não o deixando como algo secundário ou momentâneo.

O Plano se cumprirá com a colaboração de todos e não Me cansarei de repeti-lo, queridos filhos, porque é necessário que suas outras células despertem e que possam reconhecer a Verdade que surge de Deus através do Meu Imaculado Coração.

Em nome do Meu Amado Filho, venho reforçar Seus pedidos e Suas súplicas.

O Planeta ainda deverá sustentar-se, mesmo que pareça que irá sucumbir e que logo perderá tudo. Porém, é essa força do amor consolador e do compromisso dos homens que fará com que o planeta possa se sustentar por si mesmo, com esta humanidade indiferente, que somente busca Deus quando necessita dEle e que não cruza a porta do arrependimento.

Quero-os, filhos, na liberdade do coração e na expressão da alma.

O tempo final se aproxima; é hora de assumir seus compromissos, para que Cristo possa obrar em vocês, sem limites e sem obstáculos, para que Ele possa cumprir a promessa de Seu Retorno à humanidade e, finalmente, tudo volte a começar, como foi pensado no princípio, na origem desta raça.

E nessa entrega absoluta, participarão da Comunhão com o Pai, com o Filho e com o Espírito Santo e assim se renovarão.

Que Minhas Palavras os despertem, que Meus impulsos os levem a caminhar para esse objetivo de serem precursores, de verdade, da segunda vinda de Cristo, levando-o adiante com o tempo que nos resta, para que a maioria da humanidade se salve e reconheça sua filiação com Deus e, assim, o mal acabe nos corações e no mundo e, assim, possa reinar a paz, a irmandade e o bem, que são partes do Projeto desta raça, dos Novos Cristos.

Eu lhes agradeço por Me escutarem abertos de coração, vivendo Minha Mensagem e levando-a à pratica, exercitando-a todos os dias, através do esforço e da dedicação, sem deixar que Minhas Palavras se dissipem de suas consciências, mas que, ao contrário, elas sejam fogo e luz em seus espíritos.

Dou-lhes a Paz em nome do Meu Filho e respondendo ao Seu Pedido.

Ainda há muito por fazer e esperamos por sua resposta como em outros tempos o fizeram, sempre dando um pouco mais de si, sem temor de perder nada, mas ser parte do Universo do Amor.

Em nome do Pai, do Filho, do Espírito Santo. Amém.