Sexta-feira, 25 de maio de 2012

Aparição

APARIÇÃO DA MÃE DIVINA PARA SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012, ÀS 21 HORAS
PORTUGAL, FÁTIMA, AUDITÓRIO DO VERBO DIVINO


O grupo se reuniu às 17 h30, na cidade de Fátima, para esperar em oração à Mãe Divina.

Hoje tivemos uma jornada de intensa oração, já que, durante a manhã, aconteceu uma Aparição no Núcleo Coração Sagrado e em seguida, a pedido da Mãe Divina, o grupo se trasladou a Aljustrel para orar um Mistério do Santo Rosário.

Após uma hora de intensa oração, percebe-se a aproximação da Mãe Divina.

Enquanto entoávamos um dos cânticos, frei Elías, madre Shimani e todos os irmãos, que têm como tarefa acompanhar o processo das Aparições, colocaram-se de pé em frente ao local onde a Mãe Divina se manifestou.

Logo se fez um silêncio profundo e, após catorze badaladas, frei Elías começou a transmitir as palavras da Mãe Divina.

 

Frei Elías: – “a Mãe Divina diz:

‘Venham Comigo ao encontro com Cristo, Ele nos está chamando.

Ele chama seus servidores porque já é a hora.

Fiquem Comigo, queridos filhos, para presenciar o Senhor.

Eu preciso de vocês para preparar seus corações para a Boa Nova que virá em auxílio de todos sem exceção.

Se corresponderem a Meu chamado, estarão respondendo ao chamado de Deus que envia Sua Serva para penetrar seus corações por meio da paz e trazer a salvação a Meus pequenos filhos do mundo inteiro.

Já Me anunciei desde muito tempo, porém sigo aqui, contemplando seus corações, realizando este chamado para que Me possam escutar na oração e na contemplação ao Coração Sagrado de Jesus.

Aliviem o que o mundo está vivendo. 

Dessa forma e em profunda oração, estarão Comigo, dentro de Meu Coração, escutando Minhas Palavras de Paz, as que os fortalecerão para os tempos que virão.

Se corresponderem a chamado do Pai, por intermédio de Minha Presença Materna, estarão em Deus e corresponderão à grande necessidade de Luz, de Amor e de Paz de muitos corações.

Quero tê-los dentro de Meu Reino Celestial a fim de reparar seus corações, fortalecer suas vidas e guiá-los em seus passos rumo à verdadeira consagração ao Coração de Meu Filho.

Ele está sofrendo pela dor do mundo, porque o mundo ainda não quer escutar o que vem de Deus para salvar tantas almas que devem se elevar a Meu Reino maternal, a Meu Reino de Paz.

Porém, se correspondem, dia após dia, a Meu chamado, prometo-lhes que, mediante a oração do coração e a persistência diária em tudo o que lhes peço, estarão próximos a Mim, estarão acompanhando a peregrina que os quer levar a uma nova vida, na conversão do coração, para alcançar a Paz.

Hoje venho aqui pela segunda vez para pedir-lhes algo mais.

O Senhor necessita de vocês em total entrega à oração para que Minha devoção possa ser despertada em seus corações nestes tempos de emergência.

Se oram, oram e oram com a chama do coração, serão pequenas chispas de Cristo no mundo.

É tão simples o que peço que muitos não querem escutar.

Porém, Minha Voz deve reverberar profundamente em seus corações para que acompanhem Meus Passos, porque Meu Coração de Luz e de Paz, nestes últimos tempos, vem indicando o caminho tanto para vocês, como para todos os Meus filhos no mundo.

A verdadeira redenção prometida por Cristo deverá se dar outra vez sobre essa Nova Humanidade para que Ela alcance a reconciliação com Deus e o perdão total das ofensas que praticaram nestes últimos tempos.

Confiem em Minha Misericórdia, pois os levarei à Fonte Original que se encontra no Coração de Meu Filho.

Assim poderão estar sob seus raios misericordiosos para que, com suas orações, possam iluminar todos aqueles que não têm paz, especialmente os que sofrem e não podem aliviar sua dor pela verdadeira falta de confiança na Vontade de Deus.

Para que aceitem essa Vontade, muito desconhecida para suas vidas, devem orar com o coração.

Assim, as promessas de Cristo serão uma realidade em cada uma de suas consciências e, o mais importante, uma realidade para seus corações.

Seus corações sempre devem buscar o caminho ao Alto, por meio da oração, da oração Comigo.

Queridos filhos, Sou a Mãe de todos e preciso tomar suas mãos e conduzi-los a Deus, a Seu profundo Amor o qual devem conhecer.’



Frei Elías:  –“A  Senhora está dizendo que abençoará todas as intenções colocadas na cesta e que todos os que as colocaram deverão orar muito para que Ela possa interceder perante o Pai, assim como o faz por todo o mundo.

Para essa benção, pediu que cantemos “Maria de Nazaré” e que coloquemos nossas mãos em sinal de oração.”
 


Em profunda unidade, entoou-se o cântico indicado.
 


Frei Elías:  – a Mãe Divina diz:

‘Sempre devem ter em mente que o Senhor os escuta quando oferecem orações sinceras a Meu Coração Imaculado.

Agradeço-lhes por responder a Meus pedidos.

Continuem orando pela humanidade até o próximo encontro Comigo.

Agradeço a todos aqueles que se unem a Meu Coração de Amor.

Vão em Paz.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Amém’



- Fim da Aparição -



Madre Shimani: –  “A Mãe Divina pediu que entoássemos um cântico que aprendemos em Aurora, quando se manifestou, nesse processo das aparições, pela primeira vez.”


Nesse momento, a canção “A Mulher que nos guia” foi entoada.
 


Madre Shimani:  – “e  com essa sensação de gratidão no coração, de imensa gratidão por tudo que Nossa Mãe Divina nos dá, vamos nos comprometer a aprofundar Suas palavras e tudo que nos disse hoje,”

 

Frei Elías:  – “antes da Aparição, ocorreu algo especial: em ambos os lados do quadro que está aqui (o quadro da Mãe da Divina Concepção da Trindade), haviam pequenos anjos que estavam em êxtase pelo o que se gerava com a oração.

Perguntamos-lhes o que significava esse estado.

Eles estavam bem relaxados e muito alegres pelo que ocorria e pela resposta dada à Mãe Divina.

Em determinado momento, durante um cântico, sob o lado esquerdo do palco, vi uma imagem muito especial que nos faz recordar de algo: apareceu a Sagrada Família (São José, Maria e o pequeno Jesus).

José e Maria sustentavam os braços desse menino que tentava caminhar.

Sua vontade de caminhar transmitia muita firmeza Em determinado momento, o menino lançou-se sozinho a caminhar.

Ao chegar a seu destino, abraçou algo circular.

Era o planeta.

Hoje, a Mãe Divina apareceu do mesmo modo que pela manhã, no Núcleo Coração Sagrado.

Vestia o véu branco, a túnica branca e manifestava Seu Imaculado Coração.

Em determinado momento da Aparição, fez-nos um convite: que, ademais de orar, amanhã fizéssemos uma procissão de velas no Santuário de Fátima, após a Aparição.

Perguntamos-Lhe por que este grupo deveria fazer uma procissão no Santuário de Fátima e Ela respondeu que tinha duas razões pelas quais nos pedia a procissão com velas: a primeira, pela Paz e a segunda, pela conversão de todos aqueles que não escutam o Pai.”



Madre Shimani:   – “uma das coisas que queremos esclarecer é que essa pequena atitude de nossa parte, quando fazemos sinceramente e por amor à Mãe Divina, quando traspassamos nossos preconceitos e nos ofertamos a esse serviço, há uma repercussão nos Céus que não podemos imaginar.

Ainda mais se formos conscientes de que o fazemos por amor aos outros. Não fazemos esse movimento para pedir algo à Virgem para nós, fazemos por algo que Ela nos pediu e por outros que não nós mesmos. Como é tão raro na humanidade, tem um grande valor para os Céus.

Então, amanhã, após a Aparição, vamos nos encontrar na Capela do centro do Santuário, às 21 horas, e participaremos do que nos pediu Nossa Mãe.

E, saibam de uma coisa, vamos nos sentir diferentes após essa experiência, porque teremos passado por cima de nossas ideias próprias; unidos faremos algo por outras pessoas e para Nossa Mãe Divina.

Isso deixará em nosso coração uma sensação diferente.

Essa pequena ação marcará nossa vida para sempre.

E, dentro de algum tempo, recordarão o dia de hoje.”

 

Frei Elías:  – “queremos fazer uma precisão sobre o que aconteceu em um momento da Aparição.

Recordam-se, em determinado momento, repeti à irmã (que faz a tradução) três vezes o que a Mãe Divina dizia.

É importante que todos compreendam que a Senhora não só é Mestra na oração, como também nas línguas.

Assim, pediu que nesse momento fosse corrigido o que foi dito.

Nessa tarefa que teremos das aparições da Mãe Divina, a correta pronúncia do que Ela transmite é um aprendizado contínuo.

O esforço da Senhora em transmitir, de forma precisa, as palavras é muito amoroso e delicado.

E não temos só que ter os ouvidos abertos, como também o coração, para escutar.

Isso se consegue com o esforço de todos.

E como estamos todos aprendendo, quem melhor que nossa Senhora para nos ensinar?”

 

Madre Shimani:  –  “é muito importante ter presente, com respeito ao processo das Aparições, que o que Ela transmite e revela, assim como a profundidade com que se refere a cada tema, não depende somente dos que estão aqui na frente, senão de todos.

 

Se cada um de vocês não colaborar com a sintonia, não se cria a condição para que Ela possa se aproximar.

Se nós estamos distraídos ou indiferentes, significa que, como representantes da humanidade não temos interesse no que está sucedendo.

A Mãe Divina recebe uma permissão do Criador para manifestar-se.

Quanto mais sintonizados e interessados estivermos, é como se disséssemos a Deus e ao universo que estamos profundamente agradecidos pelo que está sucedendo.

Assim, a permissão para se manifestar com intensidade será cada vez maior.

Então, a aproximação e a tarefa que realiza conosco, as Graças que Ela pode derramar dependem de nós, porque o amor de nossa Mãe Divina já sabemos, que está disponível.

Isso é o mais importante, pois, assim, todos participamos ativamente do processo das Aparições.

Não depende somente dos anjos, da Mãe Divina, de Frei Elías ou dos monges que aqui estão, é uma tarefa que realizamos entre todos.

A todas as pessoas que compartilharam conosco, nos quatro cantos do planeta, enviamos-lhes todo nosso amor; e, amanhã, voltem a sintonizar-se e a se unir a nós nesse momento de Aparição.

Muito gratos a todos. E fiquemos no coração de nossa Mãe Divina.”