Segunda-feira, 19 de março de 2018

Se queserem ser provados, transformados naquilo que Deus espera de vocês, Ele os provará, mas lhes entregará tudo, para que cada prova tenha a sua graça, seus méritos e sua razão de existir.

Eu não fui apenas provado por Deus. Recebi dEle os maiores tesouros de Sua Criação, que foram o Seu Filho e Sua Serva, que Me ensinou a ser incansável, assim como hoje ensina a cada um de vocês. Ela também Me ensinou o amor, assim como ensina a vocês. Abriu Meu coração para uma verdade que Eu desconhecia, apesar de que sabia que Deus Me preparava para alguma coisa, desde o início de Minha vida neste mundo.

Deus os provará, purificará suas consciências e fará emergir em vocês esse tão esperado e novo homem pelo qual clamam todos os dias em suas orações. Eu também clamei por um homem novo, porque não me sentia digno de fazer parte desta família tão Sagrada, Divina nesta Terra.

Mas Eu aprendi, filhos, que a dignidade humana não provém de sua condição, não provém do que o homem construiu nesta Terra. Isso não é ser um ser humano.

O ser humano é aquele profetizado nas Escrituras, barro que parte de Deus, profundamente semelhante ao Seu Coração, à Sua Fonte Divina. E isso é o que, pouco a pouco, Eu venho lhes dar a conhecer.

Hoje, humildemente, revelo- lhes Minha Face, para que também possam Me ver, assim como Eu quero Me expressar para o mundo nestes tempos. Eu não venho para ser adorado. Esta imagem existe para que unam seus corações ao Meu, para que reconheçam esse momento no qual Minha imperfeição ficou de lado para dar lugar à perfeição de Deus. Esta imagem existe para que compreendam a essência da existência humana e o caminho que devem seguir neste final dos tempos.

Eu não sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Eu estou no Caminho, na Verdade e na Vida. Sinto-me parte do Coração de Meu Filho, porque Sua Misericórdia Me abriu as portas para que ingressasse em Seu Coração. Essa mesma Misericórdia se apresenta em suas vidas. Esse mesmo Caminho, esta mesma Verdade, essa mesma Vida, que transcende a vida neste mundo, também estão aqui, disponíveis para os seus corações, para os seus espíritos, para sua condição humana.

Esta imagem representa o que é impossível: o momento em que este báculo seco, morto, floriu. Assim também é a humanidade: parece estar morta, seca, mas na verdade, filhos, sementes únicas de flores que ainda são desconhecidas no Universo estão guardadas dentro de vocês, para que floresçam em uma verdade que já não lhes deve ser desconhecida. Que esta imagem seja a água derramada sobre as sementes de seus corações, para que diante dela floresça a verdade, e cada um de vocês conheça o seu verdadeiro ser.

Que este relicário, assim pequeno e simples, diante da Grandeza da Criação, seja o símbolo, filhos, do tesouro que está guardado dentro de cada um de vocês.

Hoje trago os padrões de uma nova vida, que, na verdade, é aquela que Deus pensou desde o princípio.

Hoje o Criador os observa com regozijo, com profunda alegria, porque poderá despertar os Seus Dons no interior daqueles que Lhe dizem “sim”. Seu Coração se estende ao mundo através do relicário humilde de Meu Casto Coração. Esta madeira se deixou transformar e, apesar de suas imperfeições, deu a vida para algo perfeito, para uma vida nova, que ressuscitará aqueles que morreram, ainda que caminhem sobre a Terra, porque seus espíritos estão vazios e suas vidas não têm sentido.

Do mundo inteiro virão contemplar este relicário. Porque suas Graças falarão através do testemunho da transformação dos seres. E aquilo que parecia impossível se manifestará.

O Criador Me concedeu a Graça de colocar parte de Meu Coração neste pequeno relicário, porque tudo o que Eu recebi a Deus pertence, e hoje Ele quer entregar aos homens, aos Seus filhos, para criar uma ponte com o Seu Divino Coração. O Criador Me entregou parte do Coração de Maria e parte do Coração de Jesus para que Eu transcendesse Minha condição humana, crescesse em espírito, manifestasse Sua Vontade, multiplicasse Suas Graças e hoje pudesse estar aqui, unindo essas três partes em um coração único, que em verdade é o Seu Coração, que hoje se guarda como um tesouro neste pequeno relicário. Acreditem nisso.

Acreditem que este coração é uma ponte para o Coração de Deus e orem diante dEle pelo mundo, pela paz, pelo fim das guerras, pela união das religiões, pela compreensão entre as culturas, pelo respeito entre os seres, pelo amor.

Orem para que as crianças de todo este planeta cumpram sua missão neste tempo e não percam sua pureza. Recolham deste sagrado relicário a pureza de Meu Coração, para que ela chegue até aqueles que a perderam por algum motivo.

Deixem que o serviço se multiplique através da oração sincera.

O Pai lhes agradecerá.

Eu lhes pedirei agora que, por um instante, voltem a cantar esta pequena canção, que com muita alegria Me prepararam para honrar o relicário de Meu Coração.

Se cantarem com amor, demonstrarão ao mundo e a Deus que compreenderam a grandeza da Graça que Ele lhes concede através da intercessão de Meu Casto Coração.

Assim como as provas deste mundo serão desconhecidas, as Graças também serão.

Assim como não acreditarão nas atrocidades que verão nesta Terra, também será ilimitada a grandeza de Deus que se expressará entre os homens. Por isso, não pensem que é muito se o Pai deseja colocar o seu Coração em um pequeno relicário nesta Terra, através da intercessão de Meu Casto Coração deixem que Deus expresse Sua grandeza, porque Ele pode todas as coisas, assim como pôde entregar o Seu Filho em uma Cruz no calvário deste mundo.

Cantem e deixem que os portais se abram até o Coração de Deus, de Maria e de Cristo, porque Eu sou uma pequena parte de cada um deles e é com esses raios que provêm dos Sagrados Corações que completo esta graça hoje entregue ao mundo.

(Canto...)

Irmã Lucía de Jesús: inspiremos...

Escuto muitas mentes que às vezes pensam: Como é possível que a grandeza de Deus se coloque em coisas materiais, como imagens, como este relicário?

Acaso duvidam que Deus esteja em todas as coisas? Por acaso duvidam que Deus esteja em todas as coisas?

Eu às vezes os ajudo com coisas tão simples, diárias, não por essas coisas em si, mas porque aprendi com o Menino Jesus a transformar esta vida material e despertar a fé com os pequenos serviços, com as pequenas coisas. Ele abriu Meu Coração quando Me ajudava na carpintaria. Ele, que era uma criança, ensinava-Me a ser carpinteiro, enquanto parecia que Eu é que O estava ensinando. Dessa mesma forma, Eu venho ao mundo lhes trazer essas Graças e ensinando-lhes coisas materiais, estando em seu dia a dia, vou transformando suas vidas como Cristo e Maria Santíssima transformaram a Minha.

Quem sabe um dia, filhos, na Nova Humanidade, vocês estarão ajudando a outros que estarão aprendendo sobre a vida, sobre a renovação da Consciência Divina e recordarão este momento, quando eram pequenas crianças na evolução humana e Eu tinha que vir ao mundo para lhes ensinar essas coisas.

Na simplicidade de Meu Coração se guarda uma grandeza, que é a mesma grandeza que se esconde dentro de vocês. Deixem-se guiar por Minhas palavras simples. Deixem-se guiar pelo Meu silêncio, assim como Eu o fazia com Maria Santíssima.

Hoje, trago-lhes a memória de Minha vida como São José Castíssimo para colocá-la neste relicário, como nesta imagem. E na multiplicação dela em todos os lares deste mundo. A mesma Graça que lhes concedo, Eu a multiplicarei cada vez que multipliquem esta imagem. Acreditem nisso.

Hoje, Eu lhes fiz compreender com o sol e com a chuva que necessito que ampliem Minha Casa. Espero que tenham entendido Minha mensagem. Quero que nela entrem muito mais do que os que são hoje, porque eles chegarão até aqui como peregrinos e necessitarão ser acolhidos. Eles transformarão suas vidas tanto quanto Eu as transformei. Algum dia, entre eles, Eu também chegarei. Espero que Me acolham, como Eu hoje os acolhi.

Deem graças a Deus por Ele enviar ao mundo os Seus Mensageiros.

Não sejam como a humanidade de Meu tempo, em que a maioria não compreendia a Graça que estava recebendo e a indiferença humana foi tão grande que hoje o mundo está como está, adormecido.

Deixem-se tornar novos apóstolos, renovados em sua fé. Em uma fé que se constrói no silêncio, no invisível. Uma fé profundamente espiritual, cujo único milagre é a transformação da consciência.

Agradeço-lhes por expressarem a devoção a Meu Coração. Que essa devoção se transforme em uma fonte de redenção e de salvação para as almas que hoje são retiradas dos abismos deste mundo, ainda que ninguém o veja.

Guardem em seus corações um pequeno relicário de Meu Casto Coração, uma Graça que nasce da gratidão que Eu sinto por vocês estarem aqui e por Me escutarem nos quatro cantos deste mundo.

Recebam esta Graça com fé, porque a gratidão de Meu Espírito Me une a Deus e esta Graça que lhes entrego Eu a recebi de Seu Coração.

Guardem em seu interior Minhas Palavras, como todos os impulsos que hoje Eu lhes trouxe. E como se não fosse suficiente, concedo-lhes algo maior: a Comunhão e união com Cristo pela intercessão sacerdotal de Meu Espírito.

Vamos orar juntos o Pai Nosso em aramaico, oferecendo ao Pai não apenas estes elementos, mas cada uma das Graças que Ele hoje lhes entregou. Pela intercessão sacerdotal de Meu Casto Coração, que os Anjos da Presença venham até aqui para converter estes elementos, frutos da terra e do trabalho do homem, a verdadeira perfeição do coração humano no Corpo e no Sangue de Cristo.

Pai Nosso em Aramaico.

Que através de seus espíritos a paz chegue a este mundo.

Com isso, agradeço-lhes por estarem aqui, por escutarem Minha Voz, por tornarem viva a Minha Presença.

Eu lhes abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Multipliquem estas Graças ao mundo e cantem para que Eu Me eleve aos Céus. Que o relicário de Meu Coração se expanda tanto que não caiba na Terra e chegue aos quatro cantos deste Universo.

Agradeço-lhes.