jun

30

Terça-feira, 30 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando a natureza se agita, entra em oração e busca a unidade com o Espírito mais profundo da Terra, Espírito de Deus, silencioso, que impregna a vida e sustenta o planeta. 

Encontra em seu silêncio a paz, apesar de todos os ruídos dos elementos na superfície do mundo. Deixa rugir o vento e os mares, bravejar o fogo e mover-se a terra. Que teu coração esteja sempre no coração do planeta, em oração, servindo pelo equilíbrio e pela paz.

Aprende a observar e escutar a natureza, aprende a ver os seus sinais nos elementos e saber que quando ela se agita é porque o seu Espírito profundo necessita de paz.

Tudo na Criação é vida. Cada alma e cada espírito são partes de um Deus Único. Do coração do homem ao profundo dos Reinos da Natureza, tudo provém de Deus e encontra n'Ele a unidade.

Por isso, filho, sente-te parte da natureza, sente que tua oração lhe acalma, que teu amor lhe traz paz e que, quando tu estás em Deus, toda a vida pode ali estar, na Presença eterna do Criador. 

Por isso, ora pela vida, pelo equilíbrio e pela paz em tudo o que é vida.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

29

Segunda-feira, 29 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Em cada ciclo da evolução humana, filhos, chega o momento de os discípulos darem os seus próprios passos e entregarem ao Criador os frutos de seu aprendizado. Isso se vive no Céu como na Terra. 

Quando chega o momento de colocar em prática tudo o que foi aprendido, devem ter como primeiro princípio, o mais básico e ao mesmo tempo o primordial, a humildade. Nunca se esqueçam de que todo ensinamento recebido teve como base a Graça de Deus, e não o merecimento humano. Cada instrução, cada dom, cada virtude, e até mesmo cada destreza alcançada, tudo é fruto da Graça Divina em suas vidas. 

Por isso, filhos, não percam de vista essa Graça e, sob o espírito perpétuo da humildade, saibam que apenas triunfam quando estão na Presença do Senhor e Ele atua através de Seus filhos. Por isso, a oração, o silêncio e a eterna consciência da Presença Divina e da necessidade da Sua Graça são o que lhes permitirá sempre manter-se no caminho correto.

Isso é o que extirpará de seus corações qualquer vestígio de competição e desunião quando quiserem impor suas próprias ideias e pensamentos acima das ideias e pensamentos dos demais. Que ninguém queira jamais estabelecer sua própria vontade, mas que todos, reunidos humildemente na Presença do Criador, orem e peçam a Graça para atuar, decidir e discernir frente a cada situação da vida; isso os protegerá, os guiará e os manterá amparados sob a Lei da Graça e da Misericórdia de Deus, mesmo em tempos de justiça.

Tudo em suas vidas deve ser guiado pelo Criador, e, ainda que Seus Mensageiros silenciem, devem aprender a buscar a Presença do Pai no próprio coração e escutar os Seus desígnios. As pontes já foram criadas, as portas já foram abertas; basta que em seus corações sejam sempre humildes e conscientes da necessidade da Graça frente a qualquer situação. 

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

28

Domingo, 28 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Como manter a paz e a calma em tempos de caos?

Não busques, filho, sentimentos e sensações perfeitas em tempos de transição. O que deves buscar é estar em equilíbrio interior, sustentado em tua fé e na certeza de um novo tempo, na certeza de que cada prova vem para purificar os homens segundo as Leis de Deus. E a única coisa necessária a se fazer é não perder de vista o Amor e o Plano Divino. 

Que teus olhos estejam fixos no Propósito de teu Criador; que tua consciência tenha sempre presente a Cruz do Senhor, porque Ele é o teu modelo para transitar o calvário destes tempos.

A fortaleza de Cristo não esteve neste mundo, mas apenas no Coração de Deus. Enquanto Sua Mente, Seu Coração e Seu Corpo humano padeciam, sofriam e ingressavam em uma tristeza e dor profundas, Sua Alma e Seu Espírito se mantinham no Coração de Deus, com os Olhos fixos no Propósito do Criador, que era a renovação do amor e do perdão e a instituição da Misericórdia e da redenção através desse amor.

Nestes tempos de calvário, o que verás a teu redor e dentro de ti muitas vezes não te permitirá estar em paz e sentir a calma que antes sentias. Mas não te prendas aos sentimentos e sensações que podes experimentar com teu corpo, mente e coração. Fixa tua consciência, tua alma e teu espírito em Deus para que, além das circunstâncias da Terra, tua alma esteja acima do caos, acima da dor, das tristezas e dos desequilíbrios.

Não será algo fácil de alcançar, mas para isso foste chamado, para isso sentiste tão de perto o Amor de Deus, em uma união perfeita com o Filho, assim como Ele a viveu com o Pai.

Tudo te foi dado para transpor obstáculos e estar em Deus. Não busques, então, circunstâncias perfeitas na Terra. Não busques paz em teus aspectos humanos, mas coloca tua alma e teu espírito na Paz, na Graça e no Amor de Deus, e assim Ele triunfará em ti.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

27

Sábado, 27 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quem teme a transição dos tempos, teme em realidade a si mesmo e a humanidade. Teme porque desconhece o que há no próprio interior e no interior de todos os homens e mulheres do mundo.

O Apocalipse é em verdade, filhos, a consequência das escolhas de cada ser, do caminho que cada um decidiu trilhar. O Apocalipse, se bem que se viva em todo o planeta, será suportado e sustentado segundo cada mundo interior.

Compreendam, então, que não devem temer os tempos, o movimento da natureza ou o descenso das Leis, mas sim, filhos, devem autoconhecer-se, transformar-se, aderir ao Plano de Deus e deixar-se curar; devem render-se, não resistir diante do Amor do Pai, e permitir que suas consciências amadureçam segundo os princípios divinos.

Aprofundem-se na síntese espiritual que, como humanidade, devem viver; deixem que a sabedoria de tempos antigos se una ao amor que podem hoje alcançar, e façam disso um passo novo para uma nova etapa para a própria consciência. 

Busquem a transformação nas pequenas coisas, no amor ao próximo, na compreensão, na paciência, no não julgamento, na compaixão, no serviço abnegado, porque é no dia a dia que transformam o próprio coração. 

Abracem as oportunidades que Deus lhes concede de servir e amar, porque é através delas que moldarão seus seres segundo a Vontade Divina. Estejam atentos consigo mesmos e com tudo, e orem de coração, com consciência, com espírito e verdade.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

26

Sexta-feira, 26 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Como estar disposto, apesar do peso do mundo e do peso do próprio interior? Como ter determinação para superar a si mesmo a cada dia?

A determinação, filhos, é uma Graça vertida sobre aquelas consciências que se abrem para manifestar a Vontade de Deus. Mas, para que essa Graça atue, os seres necessitam permitir que ela ingresse no próprio coração e, de dentro para fora, impulsione-os a seguir adiante e a não deter os próprios passos.

Este momento do planeta é marcado pela densidade espiritual e humana. Dentro e fora dos seres, emergem situações para serem transformadas; de suas almas surgem feridas profundas e desconhecidas para serem curadas, como também, do interior do planeta, surgem feridas muito antigas, porque é o tempo e a hora de curá-las.

A natureza se agita e seus corpos também o fazem. Enquanto no planeta há tremores, ventos, fogo, guerras, dentro dos homens há angústia, tristezas, cansaços, desequilíbrio, falta de compreensão para consigo mesmos.

Como farão, então, para alcançar a paz?

A Paz nasce de uma mesma Fonte para toda a vida, e essa Fonte está no Coração de Deus. Não busquem fora de vocês; busquem dentro, mais profundo do que as dores da alma, mais profundo do que toda confusão. Mergulhem no próprio coração e encontrem o Criador. 

Rendam-se a Seus Pés em oração, porque d'Ele provém a Paz, d'Ele provém a certeza de um tempo fora do tempo e de um Reino que transcende o caos do mundo; d'Ele provém a determinação para que, além do cansaço e do peso do mundo, possam seguir adiante, possam cair, mas se levantar três e mil vezes se assim for necessário.

Tudo, filhos, começa e termina no seu vínculo com Deus. Por isso, busquem dentro de si mesmos. Orem e O encontrarão.

Têm a Minha benção para isso.

São José Castíssimo

jun

25

Quinta-feira, 25 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando teu espírito estiver cansado, filho Meu, entra na Presença de teu Criador, sendo consciente de que Ele está em tudo, e simplesmente agradece. 

Agradece e oferece ao Pai cada vazio, cada deserto, cada angústia, tuas inquietudes e incompreensões, tuas alegrias, tuas conquistas, tuas vitórias e Suas vitórias em teu coração. Agradece a Deus por tudo.

Agradece quando Ele Se faz sentir, quando, por um segundo, parece que escutas a Sua Voz. 

Agradece quando oras e teu coração é aliviado, quando podes retomar a paz e a alegria, mesmo que seja apenas um pouco.

Agradece quando o serviço te faz reviver, quando, auxiliando o próximo, a Graça de Deus inunda teu coração e és capaz de sentir-te vivo, de amar, de alegrar-te, e assim levar a paz aos que sofrem.

Agradece também quando pensas que não tens a oportunidade de servir como querias.

Agradece quando apenas tens ao teu lado os mesmos irmãos todos os dias, e pede a Graça de saber ver em cada um deles a necessidade e a oportunidade de servir, para que, quando te dispuseres a amar, a Graça de Deus desça sobre ti e inunde teu coração como o coração do próximo.

Agradece a Deus por estar consciente dos tempos urgentes do planeta, por saber orar e adorar, por saber agradecer, mesmo as dores e o vazio, por saber que Ele sempre está, mesmo no Seu mais profundo silêncio.

A gratidão, filho, é o elo que te une a Deus, e não importam as circunstâncias de tua vida ou o que podes sentir e perceber em teu coração. Quando agradeces a Deus, é como se estivesses dizendo ao Senhor:
 

Senhor, eu sei que Tu estás aqui,
sei que Tua Vontade se manifesta em minha vida 
e sei que desconheço a profundidade de Teu Plano 
e o caminho que nos fazes percorrer para chegar ao Teu Coração.

Mas confio em Ti, confio no Teu Amor 
e agradeço por saber que sempre é o Teu Amor 
que atua em minha vida.

Nas alegrias e nos desertos, na plenitude e no vazio, 
Tu sempre estás, por isso Te dou graças.


Que seja esta tua constante oração, porque dessa forma, filho, sempre poderás perceber como o Criador te guia além da tua compreensão humana, como te cura, molda e converte segundo a Sua Vontade. Por isso, sempre e em todas as circunstâncias, agradece.

Tens a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

24

Quarta-feira, 24 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho, 

Faz das humilhações uma oportunidade para que tua consciência compreenda o que verdadeiramente tem sentido e valor na vida. 

Não estás na Terra para ser honrando, elevado ou glorificado pelos olhos dos homens; mas estás na Terra para viver um amor que transcende o entendimento e os sentidos, que transcende as lógicas e os limites, que transcende todo amor alcançado no mundo e além dele.

Por isso, quando fores humilhado, deixa que se quebre em ti toda necessidade de reconhecimento, de glória, de retornos humanos por teus esforços, por teu amor. Permite que teu coração se coloque no que é real, no que é eterno, no Amor de Deus, que não se baseia nos merecimentos humanos, e permanece ali, na experiência de humildade que cada situação da vida te conduz a viver.

Com teu exemplo, dá a conhecer ao mundo o Amor de Deus. Segue os passos de teu Senhor que, como resposta da flagelação e da Cruz, verteu Sangue e Água, perdão, redenção e Misericórdia para todos os seres, sem distinção. Esse é o teu eterno exemplo; não queiras outro. 

Não queiras estar elevado como os santos aos olhos dos homens, porque o que faz a santidade dos seres não é a opinião dos homens, mas sim o sacrifício, o amor e a unidade com Deus, muitas vezes vivida no anonimato, na ignorância do mundo.

Por isso, toma tua cruz, abraça essa cruz com amor; ora e pede a Graça de saber imitar o teu Senhor a cada dia. E, quando fores humilhado, não olhes para os tronos do mundo, alcançados com as glórias humanas. Olha para o Trono do Céu, no qual está sentado Aquele que foi ultrajado, incompreendido, humilhado, flagelado e morto em Cruz, mas que Se elevou, não pelo que recebeu dos seres, mas pelo Amor insondável que emergiu de Seu próprio Coração.

Cristo retornou ao Pai, não pelo que recebeu do mundo, mas pelo que soube dar, porque deu tudo, tudo de Si, por amor. Esse é o teu Caminho, tua Verdade e tua Vida.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

jun

23

Terça-feira, 23 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho, 

Faz de tuas lutas internas um caminho para aprofundar tua união com Deus e teu amadurecimento como ser humano e espiritual. 

Que em tuas dificuldades mais profundas não busques preencher os teus vazios com o que é ainda mais vazio, que são as coisas do mundo. 

Busca o alívio para as dores, a cura para os teus temores, a resposta para as tuas questões internas, a plenitude para o teu vazio sempre em Deus. Busca teu Criador no silêncio, na oração, no canto, na respiração, no serviço, na própria vida. 

Encontra o Pai Celestial naquele que sofre, nos mais necessitados, naqueles que tens ao teu lado, teus irmãos de caminho, teus companheiros. 

Encontra o Pai Celestial na natureza, no ar que respiras a cada dia, no silêncio, no mistério que há em teu interior. 

Encontra o Pai Celestial na força que te vem de dentro para tomar uma decisão, para não permanecer nas infantilidades, para não cair nas mesmas tentações, para não cometer mais os mesmos erros e mudar. 

Encontra teu Pai Celestial na resposta de amor que podes sentir, mesmo que seja por um segundo, na gota de água que cai do céu no deserto de teu coração, e que pode não saciar tua sede, mas sim te dá uma esperança.

E assim, filho, faz de cada prova uma dádiva, uma oportunidade de encontrar a Deus e crescer.

Ora e serve. Descobre que servindo nas coisas mais simples também encontras plenitude, porque não se trata de empreender grandes missões, mas sim de sair de si mesmo para amar, e que o amor lave teus olhos e te faça perceber a vida de uma forma diferente. 

Ora e faz da vida uma oração. Assim encontrarás a paz. 

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

jun

22

Segunda-feira, 22 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando sentires em teu caminho o peso dos erros do passado que, como um assédio, o inimigo te entrega para deter os teus passos, apenas põe teus olhos sobre a Cruz, sobre a Eucaristia, sobre o Coração de Cristo e permanece ali.

Na Cruz, filho, teus pecados mais profundos foram perdoados. Na Cruz, teus maiores erros foram justificados.

Na Cruz está não apenas a memória do perdão, mas também o perdão vivo e eterno, que se renova de tempos em tempos quando um coração sincero é capaz de arrepender-se pelos méritos da Cruz de Cristo.

Porém, na Cruz não se encontra apenas o perdão para os teus pecados; na Cruz se encontra também o teu caminho. Nela se escreve o manual para os teus próximos passos, para que não voltes a pecar, para que saibas por onde ir.

Na Cruz, descobres o perdão de Deus, mas também a forma que teu Criador te concede de fazer fecundo esse perdão. Através da entrega, da humildade, do sacrifício e, acima de tudo, do amor sem condições é que imitas os passos do Cristo do Calvário, é que bebes do Cálice que Seu Pai Lhe ofereceu para restituir a Aliança entre Deus e os homens.

É ali, filho, aos pés da Cruz, que teu caminho começa. Mas é quando o teu Senhor desce dela e ascende aos Céus que tu és chamado a multiplicar os dons da tua redenção, dando testemunho do Amor que te curou e que está sendo derramado constantemente sobre o mundo, do Coração de Cristo para todos os que sabem buscar e encontrar os méritos da Cruz.

Por isso, quando o inimigo colocar diante de ti os teus erros e pecados, que teus olhos se voltem para a Cruz, que teu coração recorde que já foi perdoado e que agora se trata de seguir os passos do teu Senhor, Cristo Jesus.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

21

Domingo, 21 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para manter o equilíbrio em tempos de transição, filhos Meus, suas consciências devem abraçar desde já o amor ao serviço abnegado e à doação constante de si. É essa determinação em servir sem condições que os renovará em corpo e espírito e lhes permitirá manter-se sustentados pela Graça Divina.

A busca por servir e ajudar o próximo fará com que suas consciências atraiam do Coração de Deus Sua sabedoria e discernimento, Sua cura, Seu Amor e Sua Paz, mesmo diante das situações mais adversas. 

Isso será assim, filhos, porque Deus lhes concederá as ferramentas de que necessitam para cumprir a missão que suas almas assumiram viver.

Para que não se desequilibrem, enlouqueçam ou entristeçam quando não tiverem onde se sustentar, senão apenas em Deus, devem começar agora a amar o serviço, amar ajudar o próximo, amar cumprir com o Plano de Deus, amar estar disponível, amar estar no Criador, e não em si mesmos, porque é assim que poderão superar não apenas as provas que chegarão, mas também permitirão que o Amor do Pai, do Filho e do Espírito Santo se renove e se supere dentro de vocês.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

20

Sábado, 20 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Hoje oro para que o Imaculado Coração de Maria ampare em Seu interior as almas perdidas, as que não encontram sentido para a própria vida, as que estão confusas e não sabem o motivo de existir, as que não conhecem o Amor e a Graça de Deus.

Hoje oro para que o Imaculado Coração de Maria acolha em Seu interior as almas frágeis, as que lutam por ser fiéis, mas que sucumbem às tentações do mundo, as que se perdem nos vícios, as que cedem ao caos e ao mal.

Oro para que as almas que clamam por auxílio vejam os braços da sempre Virgem Mãe de Deus estendidos ao mundo. Que tomem essas mãos, firmes e delicadas, que cruzam os universos e os Céus, diante da Lei da Justiça, e derramam Misericórdia sobre o mundo.

Oro para que o Imaculado Coração de Maria seja conhecido, para que as almas saibam reverenciar o Amor de uma Mãe que detém as Leis e a Ira de Deus e clama por Seus filhos mais perdidos.

Em tempos de transição e de definições, filhos, oro para que as almas compreendam que o Amor da Virgem Maria vai além de toda a compreensão humana. Ela toma pelas mãos até as almas mais perdidas e as conduz ao Filho, que as conduz a Deus.

Saibam orar com Maria Santíssima, não apenas pela paz, mas também pelo perdão, pela esperança, pela salvação das almas mais pecadoras, porque é Ela, filhos, que clama ao Primogênito para que Ele coloque Sua atenção sobre a água que deve ser transformada em vinho; Ela é quem sustenta a cruz de Seus filhos, quem persevera além da dor, quem se mantém de pé; Ela é quem os ensina a servir em silêncio, a manifestar e perpetuar o Plano de Deus, ainda quando Deus pareça estar ausente. Ela os ensina a estar no Pai, em todas as circunstâncias, fazendo da própria vida a porta para o Reino de Deus.

Por isso, oro para que hoje não apenas seja honrada, mas, sobretudo, vivida a união com o Imaculado Coração de Maria.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

18

Quinta-feira, 18 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Aprende, filho, a lidar com as dores e os temores que provêm de tua alma, essa alma antiga, que já percorreu tantas etapas da vida e que agora se vê diante do desconhecido, lugar onde suas seguranças e crenças mais profundas parecem desaparecer, lugar onde o deserto se vê tão amplo e a sequidão toma o lugar da fé.

Aprende a sentir as dores e os medos que provêm de tua alma e que se manifestam em teu coração como sentimentos tão intensos e profundos, cujas raízes não sabes de onde provêm. Em tua alma estão essas raízes. 

Então, fala com essa pequena alma e diz-lhe: “Confia no Senhor, alma amada. Em ti se encontra a fortaleza para cruzar desertos e provações. Em ti o Senhor construiu a base sobre a rocha para que, apesar dos ventos destes tempos, não vejas teu castelo interior ruir.”

Ora, filho, com tua própria alma, conversa com os núcleos mais profundos de teu ser e, ao mesmo tempo em que buscas a unidade com Deus, busca também a unidade contigo mesmo.

Compreender-se e abrir-se a descortinar o próprio interior para ver as próprias fraquezas e dores é algo que devem começar a viver, para que, no tempo que virá, sejam vocês pontes e luzes no mundo, capazes de ajudar os que virão cegos pelo caminho.

Por isso, ao sentir esses sentimentos profundos e ocultos, vai mais para dentro, fica de frente para tua alma e pergunta-lhe de onde vem a sua dor, de onde vem o seu temor. Ora com ela e pede a Graça de ser livre, de ver e curar as chagas mais ocultas da consciência, e não tenhas medo do que encontrarás dentro de ti, porque te espera o Curador e Redentor, o Dono de todo o perdão e Rei da Misericórdia, com os Braços abertos.

Mas se não O buscares, se sentes tuas dores e as escondes, como poderá teu Senhor tocar tuas feridas e fechá-las? Ou com um único olhar curar todo o teu ser?

Por isso, filho, não temas, mas, sim, ama. Ama a Deus, ama o próximo e ama também o que Deus aspira a manifestar em ti. Ama o sagrado que habita em teu interior, ama o Pensamento do Senhor para a tua vida e permite-te curar e retomar o teu propósito.

Tens a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

17

Quarta-feira, 17 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Que reine a paz nos corações dos homens para que, através dela, saibam encontrar a Sabedoria e o Amor de Deus para lidar com cada situação da vida. 

Filhos, enquanto o mundo agoniza e clama por amparo e verdadeiro amor, a humanidade, em sua maioria, perde-se nas distrações e indiferenças, em conflitos e nos constantes estímulos das tecnologias e do caos.

Que em seus corações reine sempre a paz. Não se deixem estimular e influenciar pelos discursos individualistas e egoístas destes tempos, mas lembrem-se sempre de servir e amar sem condições; lembrem-se de olhar para o próximo com amor e ir além de seus erros e misérias, para que assim ajudem-se mutuamente a chegar a Deus.

Antes de corrigir, devem primeiro amar para que sua correção não se transforme em julgamento, mas, sim, seja um instrumento para que as almas retomem seu caminho para Deus. Ao olhar para os seus irmãos, antes de observar os defeitos, busquem a perfeição de Deus e peçam a Graça de sentir o Amor do Pai por Suas criaturas.

Na prova final da humanidade, quando cada ser será provado em seu amor e em sua fé, busquem sempre ter em seus olhos os Olhos de Cristo e em seus corações o Coração do Redentor. Deixem que cada dia mais Ele viva dentro de vocês; cedam espaço para o Senhor e peçam com fervor que Ele habite em suas moradas internas.

Lembrem que com suas vidas escrevem o Evangelho do Retorno de Cristo, com suas vidas preparam o Seu caminho, com suas vidas acendem a tocha que indica ao mundo onde há Luz em meio à escuridão.

Por isso orem e não se cansem de orar. Sirvam e não se cansem de sair de si mesmos pelo próximo. Amem e sejam compassivos. Declarem com a própria vida o poder da Misericórdia.  

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

 

 

jun

16

Terça-feira, 16 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Onde houver um coração que ora sinceramente, ali estará Deus.

Onde houver um coração que sai de si mesmo para servir aos demais, ali estará Deus.

Onde houver um coração capaz de liberar-se de suas próprias vontades e aspirações para cumprir as Vontades e aspirações do Pai Celestial, ali estará Deus.

Onde houver um coração capaz de obedecer aos desígnios superiores e deixar de lado suas próprias crenças e formas de manifestar-se na vida, ali estará Deus.

Onde houver um coração que, apesar de suas imperfeições, ame sem condições o próximo e, sobretudo, o Criador, ali, filhos, viverá e habitará o Senhor, Se expressará e falará aos homens através de Seus filhos.

Busquem nas pequenas coisas a união com Deus; união esta que deve ser constante não apenas quando oram, mas também quando vivem sob Suas Leis e fazem da vida uma oração.

Deixem-se moldar e corrigir e não temam sofrer ou amar, mas temam, filhos, ser ignorantes e cegos diante das próprias misérias.

Vivam na Presença do Senhor, abrindo-Lhe espaço em suas vidas através do esquecimento de si e do amor ao próximo. Assim, será Ele mesmo, seu Senhor e Criador, que os transformará e moldará segundo a Sua Vontade, silenciosamente, através de cada situação de suas vidas.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

15

Segunda-feira, 15 de junho de 2020

Mensagens mensais
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para estar no Coração da Hierarquia e manter-se ali, deverão viver, acima de tudo, a unidade. Unidade essa que se constrói com transparência e com amor; unidade que se constrói sabendo primeiro escutar, e depois falar; unidade que se constrói sendo capaz de perceber o verdadeiro valor de cada ser e como o outro é peça indispensável na Obra que Deus está realizando na consciência humana.

Estar em unidade é saber relacionar-se com o outro, consciente da Presença Divina nessa relação; saber que, enquanto falam, pensam, sentem, atuam, os Olhos de Deus estão sobre vocês, Sua Presença os abençoa, Suas Leis os conduzem.

Colocar-se conscientemente na Presença de Deus, em cada instante da vida, é o que afastará de vocês os estímulos do inimigo e impedirá que seus aspectos mais humanos sejam os que governem suas vidas. Na Presença de Deus, esses aspectos vão se transformando e sublimando, e são as suas almas e seus espíritos os que podem conduzir a expressão de seus seres. 

Estando na Presença de Deus, estarão com o coração em Seu Reino, e esse Reino os envolverá, protegerá e amparará sempre. Por isso, filhos, este é o grande segredo para manter-se no caminho da Hierarquia: estar sempre na Presença de Deus, sob Seu Olhar e dentro de Seu Coração.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

14

Domingo, 14 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Depois de viver o encontro com Deus, escutar Suas Palavras e participar da revelação de Seus Desígnios, as almas devem, então, crescer fortalecidas pelas Leis Celestiais; devem viver tudo quanto aprenderam e difundir com a vida a Graça que receberam através de seus exemplos, de seu amor e da emanação profunda de seu coração.

Depois de viver o encontro com Deus, as almas devem definir-se, reconfirmar-se e caminhar para descobrir a Presença Divina no próprio interior e, assim, ouvir a Sua Voz em cada instante de suas vidas.

Cada encontro com Deus traz um impulso que deve ressoar no interior dos seres e se manifestar na vida humana através das transformações profundas alcançadas pelos que escutaram a Voz do Criador.

A Voz de Deus ressoa, filhos, e ela deve ser não apenas escutada, mas também feita carne e vida em todos os Seus filhos.

É chegado o momento de não serem apenas chamados discípulos e companheiros de Cristo, mas, sobretudo, testemunharem a Sua Presença e o eco de Sua Voz com a própria vida. O Evangelho dos últimos tempos já começou a se escrever, e ele é feito pelas Palavras de Deus e pelo testemunho de Seus filhos.

Sejam vocês testemunhas das Palavras de Cristo.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

13

Sábado, 13 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O Anjo da Justiça tem em suas mãos uma balança, e nela mede os méritos e as faltas da humanidade, para que assim se desenhe o cumprimento das Leis para o próximo tempo.

O caos e o mal lutam para influenciar os seres a cumprirem suas falsas vontades e manifestarem seus desejos, colocando na balança o peso que fortalece suas falsas leis, baseadas no engano e na ilusão em que vive a humanidade.

Os Anjos da Misericórdia e os Anjos da Guarda oram e inspiram os corações à transformação, à rendição, ao serviço, para que na balança da justiça pese o bem, e a humanidade sempre receba uma nova oportunidade. 

Cada ação dos seres é pesada nessa balança divina. Cada pequeno ou grande ato desenha o futuro da humanidade. Por isso, filhos, muito além do Amor e da Graça Divina, cada ser deve fazer-se responsável pela humanidade.

Já não falamos das escolhas para as suas próprias vidas, mas, sim, da responsabilidade diante de Deus que cada ser tem para com o destino deste mundo. Estar desperto é, então, ser consciente de cada ação, pensamento e sentimento. Que suas vidas sejam instrumentos de paz e de Misericórdia para todos os seres. 

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

12

Sexta-feira, 12 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando estive na Terra, em Nazaré, e Meu coração humano e frágil se via cansado, Eu Me afastava de tudo e de todos e, sozinho com Deus, orava.

Muitas vezes, não tinha força para orar, e a angústia calava não apenas Minha voz, mas também Meus pensamentos. Então, ajoelhado diante do Senhor, Eu silenciava. Permanecia em silêncio, sentindo o Seu Sopro ingressando em Meu corpo, no ar que Eu respirava. Buscava paz.

Não pedia nada ao Senhor, e tudo o que Eu tinha já Lhe pertencia; então apenas silenciava e esperava, esvaziando o coração do medo e das angústias e encontrando fortaleza nesse silêncio profundo que Eu compartilhava com Deus.

Por que hoje lhes digo isso? 

Porque conheço o mais profundo de seus corações e sei que, sob a pressão destes tempos, se veem cansados, angustiados e movidos sempre a uma transformação maior, a um passo mais profundo no desconhecido.

Por isso lhes ensino, filhos, que, ainda nas fraquezas, sua fortaleza se encontra em Deus. E, quando não tiverem palavras nem sentimentos para compartilhar com o Senhor, apenas silenciem e busquem a paz, compartilhando do Silêncio de Deus. Seu Sopro Divino lhes revelará essa paz.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

11

Quinta-feira, 11 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Existem tantos diálogos com Deus como milésimos de segundo do tempo do mundo. A cada instante, uma alma entra em diálogo com o seu Criador, confessa-se, expõe-Lhe suas necessidades e desejos, seus pesares e alegrias, suas queixas e agradecimentos, seu silêncio e seu canto, suas angústias e sua paz. E, mesmo os que dizem não acreditar em Deus, entram em diálogo com o Senhor, suas almas vão além de qualquer incredulidade, porque o diálogo com o Criador é algo natural como respirar e viver. 

Cada diálogo que lhes contei traz um impulso para que saibam que Deus não apenas escuta os questionamentos mais profundos de suas almas, mas também responde com sabedoria, compaixão e Amor a cada uma deles. Por isso, filhos, haverão não apenas de falar e falar diante de Deus, mas também silenciar para escutá-Lo. 

Orar é entrar em diálogo com o Criador, e um diálogo é feito de verbo, mas também de silêncio. Disponham então os seus corações para que Deus também encontre espaço em suas almas para lhes falar, para que seja Ele que inicie o diálogo, para que corrija suas vidas, inspire-os e guie, indique o caminho e os ensine a retornar quando estiverem trilhando o caminho errado.

Há em seu interior uma ponte para o Coração do Pai, ponte que deve estar sempre pronta, sempre unindo as dimensões, sempre criando vínculos entre o Criador e Suas criaturas.

Assim, filhos, poderão escutar a Deus e não duvidarão de que é Ele quem lhes fala ao coração. Deus transmite paz, humildade e Misericórdia, mas fala também com retidão, com justiça e com a Lei. Em tudo sintam o Seu profundo Amor pela vida.  

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

 

 

jun

10

Quarta-feira, 10 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que buscava aprofundar sua fortaleza em Cristo, renovar-se n'Ele diante de cada prova, questionou o Senhor, dizendo: – “Senhor, de onde vem a fé dos primeiros cristãos? De onde vem a fortaleza daqueles que souberam e sabem entregar a sua vida por amor?”

E o Senhor respondeu-lhe: – “Não apenas a fé dos primeiros cristãos, alma amada, mas também a fé de todos aqueles que sabem entregar sua vida por amor a Deus está baseada na certeza de Minha Existência Celestial. Essas almas sabem que seu testemunho de amor resgata e inspira os que estão sem esperança e os que perderam a fé. Sabem que seu exemplo gera méritos para a salvação dos mais pecadores. Sabem que sua vida é como um sopro, de tão frágil e passageira, mas, durante esse breve sopro, devem amar com todo o seu ser e de todo o coração.

Seguindo o mandamento que lhes deixou Meu Filho, não há maior amor do que aquele que dá a vida por seus amigos. E, dar a vida, alma pequena, não é apenas morrer, mas, sobretudo, doar-se com todo o seu ser e de todo o coração, ser testemunha viva da entrega e do amor, da Graça e da Misericórdia que fluíram e seguem fluindo do Coração Crucificado de Cristo.

Por isso, alma Minha, esteja teu esforço em amar e adentrar mais profundamente em Meu Amor. Assim, toda a fé e toda a Graça te serão reveladas.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-os a estar fortalecidos em Deus, e não no mundo, e que no sopro ligeiro da vida saibam amar com tudo o que são.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

09

Terça-feira, 9 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma convertida e arrependida de seus pecados mais profundos questionou o Senhor, dizendo: – “Senhor, aqui estou, confiando na grandeza de Teu Amor e descobrindo a Graça de Teu perdão. Dize-me, ó Pai, como posso ser eu perdoada e amada e, mais do que isso, como posso sentir em meu coração que fui tocada pelo Teu perdão?”

E o Senhor respondeu-lhe: – "Amada és, alma pequena, desde o primeiro respiro de tua consciência, desde que Meu Espírito pousou sobre ti e te deu alento e vida. Desde então és profundamente amada.

Perdoada és quando abraças o perdão e compreendes que não Sou Eu quem te priva dele, mas és tu quem passa por ele e não o vê; és tu que não lhe estende as mãos, por estar ocupada com a ignorância e com o pecado. 

Quando despertas e abres teus olhos para Meu infinito Amor, pode ser tocada por Minhas Santas Mãos. Meu Espírito te alça de volta para a pureza e a paz, e é ali que podes encontrar o Meu perdão e compreender que, em verdade, sempre estive aqui. 

Deixa então, alma Minha, que tuas angústias e incertezas deem lugar ao Meu Amor por ti, e vê que o Meu perdão está frente aos teus olhos, batendo à porta de teu coração. Deixa que ele entre e transforme tua morada interior.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-lhes que manter-se no pecado ou na ignorância ou ser abraçado pelo Amor e o Perdão é apenas uma escolha de cada ser. São amados desde o princípio, filhos esperados por seu Criador; basta agora que abram os olhos e vejam que diante de todos vocês habita, com paciência e esperança, o Amor de Deus.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

08

Segunda-feira, 8 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma, que se sentia perturbada por não conseguir conter o fluxo dos seus pensamentos ao orar, questionou o Senhor, dizendo: – “Senhor, quando paro para estar diante de Ti e orar, meus pensamentos seguem agitados, as palavras de minha oração se confundem com o verbo incessante de minha mente e não encontro paz. Como posso, Deus, purificar meus pensamentos para estar em paz diante de Ti?”

E o Senhor respondeu-lhe: – “Alma pequena, tua mente é um espelho de tudo o que recebes e consomes do mundo. Aquilo com que tens contato durante o teu dia é o que estará em teus pensamentos quando chegar o momento de orar. Para que alcances a paz, não há uma fórmula, mas uma atitude que se deve transformar dentro de ti, uma decisão de já não buscar determinadas coisas que apenas poluem tua mente e tomam espaço em teu coração.

Se fizeres o contrário, e, no lugar de alimentar tua mente com as coisas do mundo, a alimentares com as coisas do Céu, verás como a oração será para ti um momento de aprofundamento interior, e não de eterna e constante autotransmutação. Mas, para isso, deves escolher pensar e sentir corretamente, cortar os pensamentos degenerativos, deter-te diante dos impulsos que te conduzirão para a obscuridade e sempre escolher estar em Mim e pensar no que te conduz ao Meu Coração.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-lhes como estar em Deus e permanecer n'Ele, construindo em cada instante de seus dias, através das pequenas escolhas, o seu momento de oração.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

07

Domingo, 7 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando a alma da natureza entra em diálogo com Deus, o que ela diz? Como é respondida pelo seu Criador?

A alma da natureza fala com Deus em silêncio, através da expressão da beleza e do movimento dos elementos. A alma da natureza expressa ao Criador a sua dor através do vento, da chuva, do céu fechado e silencioso, do tempo que parece se deter para sentir a vida da Terra. 

A natureza expressa sua doação e amor através das flores, dos frutos, das folhas verdes e das folhas que se secam, entregando-se à renovação. Fala através do profundo silêncio dos oceanos, do seu equilíbrio e da sua entrega, do seu serviço constante e abnegado, seu esforço em manter vivo o Projeto do Criador para este mundo. 

A alma da natureza fala com Deus através do silêncio da terra, renovando em suas camadas mais profundas os registros mais antigos da humanidade, transformando com fogo o que passou e entregando ao planeta matéria que nutre, que supre, que sustenta.

E Deus responde à natureza com o sol que ilumina e comunica a vida, com a noite que restaura e traz alento, com o sopro que se faz ar e respiro, para que, apesar de toda a densidade do planeta, haja Espírito no espírito dos seres. Deus responde à natureza com gratidão, renovando sua perfeição e beleza, sua vida e sua forma, sua paz.

Que este diálogo, filhos, ensine-os a servir sem condições, a doar-se por amor, a expressar paz mesmo em tempo de caos, a adorar em silêncio quando o mundo se agita e a receber do Senhor a gratidão e o Amor de Seu infinito Coração. 

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

06

Sábado, 6 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que por muito tempo se preparava para a grande tribulação do planeta, à medida que esta se aproximava, sentia-se mais insegura e ignorante. Sentia o desconhecido dessa provação planetária e questionava o Senhor, dizendo: – “Senhor e Pai Eterno, como posso eu estar pronta para viver estes tempos? Como posso ir além de minha ignorância e ingressar em Tua Sabedoria? Como posso ir além de meus medos e ingressar em Tua Paz?”

E o Senhor respondeu-lhe: – “Como percebes, alma pequena, estes tempos são novos e esta provação, desconhecida e desafiadora para toda a vida na Terra e além dela; mas, em teu interior, encontram-se Minhas Graças e todos os dons que um dia, enquanto oravas e servias, fui depositando. Eles emergirão e serão teu auxílio e tua paz.

Dentro de ti, porém, vive também uma síntese, que te permite encontrar aquilo que ainda não foi vivido: amor-sabedoria ainda não alcançado em nenhuma época da humanidade, mas apenas no Coração de Meu Filho. Para isso, alma pequena, deixa que todos os aprendizados mais profundos da humanidade se sintetizem em teu interior.

Vive e sente a ignorância dos povos primitivos, que, em sua simplicidade mental, não permaneceram ali, mas foram capazes de lançar-se no desconhecido para sobreviver e evoluir. Toma dali os registros mais profundos da possibilidade humana de romper barreiras e crescer. Cresce, então, não apenas como ser humano pensante, mas como ser humano que sente a vida, que comunga e que se encontra no Todo da Criação.

Vive a pureza dos povos indígenas, os povos originários. Vive a perseverança dos que, apesar de toda a ânsia de poder na humanidade, escolheram a pura sabedoria e permaneceram em sua paz.

Vive em teu interior a compaixão do Oriente, a ciência pura do estudo do corpo, da natureza e das estrelas, que faz com que a consciência humana reconheça, ao mesmo tempo, sua grandeza e sua pequenez.

Vive a fé dos primeiros cristãos, os que romperam barreiras e foram além das primeiras Escrituras Sagradas; os que não permaneceram nas palavras, mas acreditaram ao ver profecias vivas; os que se permitiram transformar e que souberam escutar, mais do que a simbólica pregação de Meu Filho, todas as revelações celestiais que Ele trouxe; os que viveram o Reino e se descobriram Reino com Cristo, imitando Seus passos ao longo de todos os séculos.

Vive a paz das almas simples, que não se prendem às riquezas do mundo, mas, sim, sustentam-se na alegria da Presença de Deus; almas cuja fortaleza foi construída sobre a rocha e que não se abalam quando se derruba a glória do mundo, mas que permanecem em Deus, mesmo diante das tempestades.

E assim, alma amada, experimentando em teu interior os dons que Eu entreguei à humanidade em cada época, em cada povo, em cada religião, abre-te para viver algo novo, fruto de tudo o que foi aprendido. Essa é a transição dos tempos.”

Que esse profundo diálogo os inspire, filhos, a encontrar a paz e a sabedoria nos tempos de transição.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

jun

05

Sexta-feira, 5 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que se sentia agraciada por todas as bênçãos que chegavam à sua vida constantemente, em um momento de oração, questionou o Senhor, dizendo: – “Senhor amado, tudo tenho e tanto mais recebo de Ti a cada dia; diz-me o motivo de tantas bênçãos. O que devo fazer com cada Graça recebida? Como posso agradecer os Dons de Teu eterno Espírito?” 

E o Senhor respondeu-lhe: – “Vê, alma pequena, que do Universo Celestial fluem constantemente Dons e Graças para toda a vida. Meu Amor é vertido sobre a Criação, indistintamente, para todos aqueles que se abram para vivê-lo.

Se tu Me abres as portas de teu coração, de tua consciência e de tua vida, essas Graças fluirão por ti e inundarão tudo ao teu redor. Mas, quando Me fecham as portas, quando são ignorantes ou indiferentes, quando estão com sua atenção voltada apenas para o mundo, Meu Manancial passa e simplesmente passa, sem que o sintam, sem que o vejam ou o percebam.

Tudo o que envio às criaturas é por Amor, para que cresçam, renovem e recriem a Criação. Por isso, toma as Minhas bênçãos e sê uma alma agradecida; toma os Meus Dons e multiplica-os através do serviço, da oração, do exemplo vivo de cada dia em que Eu vivo em teu interior e que Minhas Graças fluem em ti, para que assim os cegos possam ver, os que têm medo possam se arriscar, os que não amam possam se abrir, os que não servem e não saem de si possam se doar e descobrir o imenso Amor que flui de Meu Coração para aqueles que se doam sem condições.

Que Minhas Graças e bênçãos não permaneçam em ti e em nenhuma alma deste mundo, mas que cresçam, multipliquem-se, renovem-se e cheguem a todos os seres.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-os a perceber o fluir da Graça de Deus, a recebê-la, multiplicá-la e doá-la constantemente.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

04

Quinta-feira, 4 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que aspirava a viver e expressar a pureza de seu coração, mas que sentia esse atributo corrompido em seu interior, orava a Deus pedindo-Lhe que a pureza voltasse a emergir, e questionava o Senhor, dizendo: – “Senhor, sei que há em mim o atributo da pureza, porque sei que, ao criar-me, colocaste essa pureza em meu interior, mas, ao longo desta vida, acredito que a perdi e não consigo encontrá-la. Como recobrar a pureza em meu coração? Como amá-la e expressá-la mais do que todas as energias capitais que circundam nossos seres?”

E, com amor, o Senhor respondeu-lhe: – “Alma pequena, sim, desde o princípio da vida a pureza habita em teu ser; pureza essa que provém do Ventre Imaculado que te criou no universo infinito de Minha Criação. Essa pureza não se perde, mas, sim, é ocultada por todas as experiências humanas que não a permitem expressar-se nos corações de Meus filhos.

Para que ela volte a emergir e ganhe espaço em toda a tua consciência, o que se deve transformar em ti é o teu conceito de amor e o próprio amor em teu coração, ou seja, alma pequena, deves amar mais a Mim, Meu Plano e Meu Reino do que os homens e as coisas do mundo. Mas esse amor deve ser verdadeiro, genuíno e incondicional. Não deve haver condição alguma que imponhas para Me amar, e, aos poucos, esse amor te fará ver a vida e cada ser com olhos diferentes.

É o amor por Deus o que transforma as criaturas. Meu Amor em vocês muda seus pensamentos e sentimentos, muda sua forma de agir, muda suas necessidades e aspirações, lava seus olhos e as manchas em seus corações, fazendo com que recobrem a pureza.

É assim, alma amada, que não deves buscar vencer as energias do mundo para expressar essa pureza, porque, se assim for, estarás em constante batalha e não conhecerás a paz. Esforça-te, antes, apenas em amar-Me, com verdade e inteireza, e que cresça em ti Meu Amor. Assim encontrarás a pureza em teu interior.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-lhes que todos os mistérios celestiais e a pura expressão dos seres se guardam tão somente no Amor de Deus. Basta amar o Criador com todo o seu ser, com verdade e incondicionalmente.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

jun

03

Quarta-feira, 3 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que sentia-se perturbada por seu mundo interior descontrolado, seu corpo enfermo, sua mente sem equilíbrio, sentia que seus problemas já não tinham solução, e questionava a Deus, dizendo: – “Senhor, sou um poço de doenças e de misérias, um poço de imperfeições e dificuldades. Sinto que não há solução para mim, sinto que não há razão para viver. Podes Tu dizer-me qual o sentido de permanecer assim?”

E, depois de um longo tempo em silêncio, o Senhor respondeu-lhe: – “Alma amada, as soluções do Céu não são as mesmas da Terra. Tudo o que pareces padecer sem fim já é, em verdade, a resposta para o equilíbrio de algo que em teu interior precisava ser equilibrado. As doenças que os seres vivem têm, em verdade, inúmeras razões e sentidos, mas todas elas buscam despertar o sentido da fragilidade humana, para que as almas não permaneçam na autossuficiência e, sim, percebam que, apenas quando houver unidade com toda a vida, haverá cura. 

Um corpo apenas estará em equilíbrio quando todos os seus sistemas funcionarem em unidade, e, se a menor das células sentir-se autossuficiente e começar a construir o seu próprio plano dentro do corpo, haverá desequilíbrio e enfermidade, e, por menor que seja essa célula, um ser pode chegar à morte apenas por sua rebeldia.

Quando uma alma está enferma, necessita compreender-se parte de um Todo. E, para voltar ao seu equilíbrio, para curar-se, deve ser amparada pelo poder da unidade; deve deixar que o amor e o auxílio do próximo supram aquilo que, por si mesma, já não está conseguindo; deve permitir que a unidade com a vida, com os universos, com Deus volte a reinar em seu coração. Que essa alma não se sinta sozinha, isolada ou separada de um corpo maior. 

Cada ser, alma pequena, é uma célula do Corpo Místico de seu Senhor e Deus. Por isso, deve perceber o fluir das leis, o sentido da vida, que não é próprio, mas é um sentido universal. Cada célula tem sua função, mas o propósito de um corpo é único. Por isso, alma amada, não busques um propósito pessoal; busca o propósito do universo, busca o teu lugar em Meu Coração. Ingressa em consciência no espaço que te corresponde, dentro desse Corpo infinito da Criação, e isso se alcança com humildade, deixando-se ajudar, com paz e com uma rendição profunda, fruto de um coração que aprendeu a orar com sinceridade.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-os a estar sempre em equilíbrio no Corpo Místico de seu Criador.

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

jun

02

Terça-feira, 2 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma que aspirava a poder um dia viver a unidade com todos os seres e com Deus buscava em cada religião pontos que pudessem unir, no amor e no respeito, cada uma delas. E um dia, em oração, questionou o Senhor, dizendo: − “Senhor, Tu és o mesmo Deus para todas as religiões verdadeiras. És o mesmo que inspira os corações e as almas pelo caminho de retorno ao Teu Espírito de Amor. Diz-me, então, o que há em cada religião que nos une, que nos faz, a todos, Teus filhos?”

E o Senhor, com amor, respondeu-lhe: − “O que faz, alma pequena, com que sejam Meus filhos não são as religiões, mas a própria vida. O fato de existirem na vasta Criação faz de cada ser um filho de Deus, amado e predileto, criado por um propósito e com uma missão.

As religiões são impulsos que dei à humanidade, de tempos em tempos, para que as almas recordassem o caminho para a sua evolução, mas não apenas através delas enviei esses impulsos ao mundo; Eu o fiz também através da natureza, do silêncio, do serviço e, muitas vezes, através do sofrimento, porque alguns de Meus filhos escolheram esse caminho para despertar e perceber que não estavam compreendendo a vida da forma correta e que estavam perdendo o verdadeiro sentido de sua existência.

Através das religiões, enviei impulsos ao mundo que, à medida que os seres humanos cresciam e evoluíam mental, emocional e animicamente, puderam ser mais amplos, mais claros, mais diretos.

Através de Krishna, conduzi-os ao despertar de um grau de amor simples, amor pela vida, pelos elementos, pelas energias. Conduzi-os a uma percepção mais ampla da existência e comecei a criar um caminho de retorno ao Meu Coração. Porém, cada ser compreendeu a religião de uma forma diferente e a manifestou segundo as suas possibilidades, que muitas vezes não foram puras como os Meus impulsos.

Através de Buda, ensinei-lhes a unidade com o Todo, o amor compassivo e a paz. Ensinei Meus filhos a viverem em comunhão com o universo e a saírem das rodas constantes dos erros e das consequências. Já estavam prontos para compreender que são vocês mesmos os responsáveis pela própria vida e, através de suas escolhas, atraem para si os Raios e os impulsos que os elevam ou os corrigem, segundo o que escolhem viver.

Mas nem toda a humanidade evoluiu, nem todos se abriram para amar. A mente humana se desenvolveu e, com ela, a sua maldade, e não o seu amor. Em vez de viverem em comunhão com a vida, quiseram possuí-la e manipulá-la. Por isso, fizeram dos elementos deuses e das energias, formas de conseguir o que queriam.

Através dos Patriarcas, voltei a dar impulsos aos seres, corrigindo os seus caminhos; impulsos que foram vividos também segundo sua compreensão.

Até que enviei ao mundo o Meu Filho, não apenas com um ensinamento, mas com uma Graça. Diferente de todas as religiões anteriores, não era através do conhecimento ou do esforço constante para elevar-se que chegariam a Mim, mas, sim, através de uma Graça e da Misericórdia que um coração rendido pode receber.

O Amor de Cristo não veio para poucos, veio para todos. Não veio para o Oriente ou para o Ocidente, veio para toda a vida, para todos os seres que, apesar de seus pecados, souberam dizer sim.

Em tempos anteriores, a humanidade chegava às dimensões divinas através de um esforço constante pela elevação. Através de Cristo, foi-lhes revelado o Reino no próprio coração, e, ao longo da evolução humana, Meus impulsos seguem renovando-se.

Começo a unir em seu interior todos os conhecimentos e todos os graus de amor, porque é chegado o tempo da síntese da vida na Terra, o tempo da porta estreita e única, através da qual todos os seres chegarão a Mim. E essa porta, alma amada, é o amor em seus corações.

Por isso Eu Sou o Deus da Vida, porque a todos amo e a todos ensinei a amar. Esse é o caminho para chegar a Mim. Por isso venham, apesar das diferenças. Venham, apesar dos conhecimentos. Venham, apesar dos impulsos que receberam, porque todos eles tinham um único propósito, o de conduzi-los a amar.”

Que este diálogo, filhos, ensine-os a compreender os ciclos da vida e seu verdadeiro sentido, e saber que, apesar de toda a complexidade da existência humana, para tudo há um único propósito, que é a vivência do amor.

Têm a Minha bênção para isso.

São José Castíssimo

 

 

jun

01

Segunda-feira, 1 de junho de 2020

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Uma alma desperta e servidora, que por muitas vias buscava cumprir com sua missão e expressar a Vontade de Deus, questionou o Senhor, dizendo: – “Senhor, apesar de orar, buscar uma vida evolutiva, dispor sempre a Ti meu coração, aspirar ao serviço permanente, ainda assim sinto que não consigo manifestar minha missão completamente. Diz-me, então, como fazê-lo.”

E o Senhor respondeu-lhe: – “Até agora, alma pequena, cada esforço teu foi valioso, cada transformação vivida foi como um presente aos pés do Meu Altar, mas, nesta etapa de tua evolução, deves começar a compreender e a viver o sentido mais profundo da entrega, da doação de si e da vida evolutiva. 

Chegou o momento de colocares em Minhas Mãos aquilo que tens de mais apreciado: teu amor próprio, tua forma de ver a evolução, tudo o que crês saber, tudo o que consideras bom e que te faz uma boa alma diante dos demais. Chegou a hora de colocares em Minhas Mãos não apenas tuas misérias, mas também tuas virtudes, tua necessidade de demonstrar a todos como as vives e, ainda que penses que estás dando um exemplo ao próximo, já não é o que Eu necessito de ti. Teu maior exemplo será oculto, mas ressoará em toda a consciência planetária, em toda a Criação. 

Entrega-Me tua forma de viver e de se expressar, tua forma de servir e de amar, tua forma de orar e de conhecer o universo, porque Eu aspiro a fazer novas todas as coisas dentro de ti, para que alcances um conhecimento maior sobre a existência e para que experimentes um grau maior de amor. Deves deixar para trás tudo o que viveste até agora, agradecendo e reverenciando tudo o que foi aprendido e entregando aos Meus Pés, como uma escada que te permitiu chegar até Mim, mas que agora deves deixar para subir por outros degraus, que conduzem a uma união mais profunda Comigo. 

Isso começa, alma amada, sendo consciente da necessidade de ser nova e deixar para trás o que passou. Quando Eu sentir, então, que teu coração está pronto e despojado de tudo o que viveste anteriormente, te mostrarei um novo caminho, te darei a conhecer novas ciências, te revelarei um Amor maior, fruto de tua entrega e de tuas renúncias, fruto de teu vazio.”

Que esse diálogo, filhos, ensine-os a perceber que é momento de renovar-se em Deus, de agradecer o que aprenderam e entregar, para que uma nova etapa surja para vocês e para toda a humanidade. 

Têm a Minha bênção para isso. 

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos