Mensagens Anteriores

jul

28

Sexta-feira, 28 de julho de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando os Centros de Amor foram criados por Deus no interior do planeta, como Reinos Sagrados, semelhantes às Dimensões Divinas, foi para que a humanidade encontrasse impulsos espirituais constantes para reencontrar o Plano Divino e a sua Origem Celestial.

Os Centros de Amor que existem espiritualmente nos níveis invisíveis do planeta são o símbolo da Humildade de Deus e de Seus Companheiros, que – em silêncio e quase no anonimato – servem a humanidade, apesar da indiferença humana.

Os Centros de Amor são o símbolo da Esperança Divina, que jamais deixa de dar uma nova oportunidade para as Suas criaturas, para que elas se curem, despertem e alcancem a redenção.

Os Centros de Amor existem além da ignorância humana e perseveram no planeta, apesar de sua indiferença.

Quando o Criador inspirou a manifestação das Comunidades-Luz, foi para estender esta Graça – que era quase invisível para a humanidade – até os níveis materiais. Mas para que essa dádiva seja uma realidade, é preciso, filhos – assim como nos Centros de Amor –, que nas Comunidades-Luz haja consciências dispostas a viver a entrega, o sacrifício e o constante serviço, por amor aos demais.

É preciso que haja, na superfície do planeta, consciências que saibam se adaptar à mudança permanente do Universo, acompanhando os ciclos da humanidade, para que possam contar com as ferramentas de que necessitam não para a sua própria comodidade, mas para servir aos que chegam e que chegarão, a cada dia, em busca de um auxílio espiritual e interior.

Nos Centros de Amor, vive-se a renúncia permanente, porque ali não existem ideias pessoais nem pareceres próprios; ali existe o Plano de Deus como Lei, e esse Plano, filhos, se adapta, a cada dia, à necessidade humana, para que as almas tenham maiores possibilidades de encontrar a Deus e se fortalecer para viver provas maiores.

Assim devem ser as Comunidades-Luz: Espelhos dos Centros de Amor, que as amparam; dos Reinos Espirituais, que as sustentam, para que a Graça de Deus se estenda a todos os seres e Seu Manancial de Misericórdia não termine, mas seja inesgotável.

Filhos, os tempos ditam que as almas se abram para o serviço e a mudança constante. Que a prioridade na vida dos companheiros de Cristo seja o serviço aos demais, a possibilidade de que o outro encontre espaço para viver a sua redenção e que as almas se sintam acolhidas, independentemente de suas condições, para que sejam curadas e reencontrem a Deus.

Os Centros de Amor podem se estender à superfície do planeta sempre quando as almas se renovam e se deixam renovar pela mudança dos tempos. A nova humanidade é aquela que saber viver no fluxo do Universo e suporta constantemente os impulsos e as correntes celestiais que vêm para a transformação e a consagração da existência humana.

Filhos, aspirem a que vocês sejam prolongamentos da vida espiritual e invisível do planeta. Tudo começa com o primeiro passo, que é a vivência da fraternidade e a obediência incondicional à Lei da Hierarquia. Que o Sagrado encontre o caminho – por intermédio de suas almas – para chegar à Terra.

Eu os inspiro e lhes agradeço por se deixarem moldar e se transformar, por permitirem que a vida se renove, para que a humanidade reconheça o novo tempo, por intermédio daqueles que se dizem apóstolos e servidores de Cristo.

Que o Plano não se estanque e siga adiante. Que o Reino de Deus, espelhado no interior do planeta, se espelhe – mediante Seus filhos – na superfície da Terra. E, assim, o Plano se cumprirá e todas as dimensões da vida reencontrarão o Sagrado e a Unidade com Deus.

Para que Minhas Palavras se manifestem, esforcem-se e não sejam um peso na transformação humana. Deixem-se ser quebrados, moldados e conduzidos. Eu os animo e os guio sempre.

Aquele que se deixou transformar por Deus, seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

jul

21

Sexta-feira, 21 de julho de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FÁTIMA, SANTARÉM, PORTUGAL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Entra em oração no Relicário de Meu Coração, para que possas compreender a verdade sobre ti mesmo.

Contempla o Relicário de Meu Coração como quem está diante de um grande mistério, que é próprio, íntimo e desconhecido ao mesmo tempo.

A vida humana guarda em si muitas contradições; por isso te é tão difícil conhecer-te, assim como é para ti o Universo, quando contemplado da Terra em uma noite estrelada.

Filho, se não buscas o que está além das estrelas, jamais conhecerás o que há ali. Da mesma forma, se não buscas o que há dentro de ti, jamais sairás das aparências, do que pareces ser aos olhos humanos, e não te reconhecerás tão infinito e tão perfeito como o vasto Universo.

A ciência da Criação Divina não se revela com estudos e tecnologias, mas sim com a sabedoria do espírito, que nasce no coração quando ele aprende a ser humilde e simples.

Esse é o caminho para adentrar espiritualmente na evolução e não estancar, não deter os próprios passos. Por isso, hoje apenas te digo que, se queres desvendar os mistérios universais, começando pelo insondável mistério que és tu para ti mesmo, contempla então o Relicário de Meu Coração e descobre na humildade e na simplicidade – que, pela Graça de Deus, alcancei – o caminho para encontrar a Verdade.

Com esse simples impulso, abençoo-te e digo: vai e busca por ti mesmo, para que encontres a Vontade e o Dom de Deus em tua pequena consciência.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

jul

14

Sexta-feira, 14 de julho de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO MUNICÍPIO DE LUZ-SAINT-SAUVEUR, ALTOS PIRINEUS, FRANÇA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando grande é o triunfo de Deus na humanidade, grandes também serão as batalhas que virão para que as almas sejam provadas e pelo mal testadas, para que perseverem no Bem e na Luz Divina.

Busquem o caminho da confiança e da unidade, sigam o caminho da oração e da sabedoria.

Essa batalha ainda será longa e árdua, como o caminho do deserto e a subida do calvário. Encontrem a fortaleza na eterna Cruz de Cristo, em que o amor superou todos os males, assédios e conflitos que, com toda a sua força, buscavam destruir o Poder de Deus.

Fixem o olhar na Cruz de Cristo e o coração na esperança imutável de Seu retorno ao mundo. Ele se valerá da fortaleza de Seus companheiros para fazer triunfar o Seu Plano. Deixem que o poder da Cruz renove suas forças humanas e as transforme em uma unidade com Cristo.

Não lhes falo de coisas impossíveis, mas de mistérios espirituais, que existem para que sejam vividos e, assim, sustentarem a humanidade neste mundo, caminhando para a sublimação do passado e o surgimento de uma nova vida.

A vida cristã deve dar lugar à vida crística, na qual os corações não apenas adoram o Exemplo de Cristo, mas O imitam e O vivem neste tempo, renovando o Seu Evangelho com o testemunho da própria experiência.

Para um dia encontrarem, conhecerem e viverem o Evangelho Universal que Cristo escreve com Sua evolução no Cosmos – para que O sigam além deste mundo –, vocês devem primeiro experimentar o Evangelho escrito com Seus atos nesta Terra, em Sua passagem por ela.

Cristo retornará já não como Jesus, mas na resplandecência do Filho de Deus, e não buscará dos homens o mesmo que buscou na Galileia; Ele buscará o novo e os levará para o novo; Ele despertará a Verdade e abrirá os olhos humanos, para que vejam o tempo do não tempo.

Cristo já não virá para transformar brutos pescadores em discípulos de Sua Palavra, porque eles já cresceram e compreenderam que, além de Suas Palavras, por detrás delas, existe um horizonte no qual a evolução segue o seu curso e nada se detém, mas se transforma a cada segundo. Esses pescadores reconheceram que Seu Mestre e Senhor também se transformou, sem deixar de ser o mesmo Filho de Deus, parte de Sua parte e portador de Seu Espírito. Ele evoluiu como o Universo para deixar espaço para os que viriam atrás dEle.

Ser um Cristo do novo tempo não é cobiçar uma santidade que não lhes corresponde, mas, sim, fazer valerem os passos de Jesus com a Cruz, imitando o Seu exemplo, seguindo o Seu caminho e vivendo o que Ele lhes ensinou, para que a evolução siga o seu curso.

Cristo já não é apenas Jesus, Ele é o Anjo Solar de Deus, Seu Filho Resplandecente, que virá, em glória, colher os frutos das sementes que plantou em terras áridas, onde a fertilidade se ocultava na pureza e na simplicidade dos corações humildes. Buscará de Seus companheiros que tenham seguido os Seus passos e que as sementes de vida – regadas com Sangue da Cruz –  tenham feito nascer, no interior dos homens, o seu Cristo Interior, os Cristos do novo tempo.

Por isso, fixem-se nesta meta, neste plano e nesta aspiração de cumprir a Vontade Divina. Amem a Presença de Cristo até fundir-se nEle e ser Um com Ele, como Ele o é com o Pai, para que a unidade volte a se desenhar no Cosmos Infinito.

Não temam as provas que virão para prová-los, como o Pai permitiu que provassem o Seu Filho para que Ele fosse a maior testemunha do Amor Universal. Renovem esse amor e esse testemunho, superando as provas que vêm para o seu crescimento, e jamais desistam, filhos, de cumprir com esse Plano. Jamais pensem que Deus os abandonou, mas sintam o Seu olhar e Sua esperança sobre a humanidade, chamando-a constantemente a superá-Lo no amor.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

jul

08

Sábado, 8 de julho de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE SANTIAGO DE COMPOSTELA, ESPANHA, E LOURDES, FRANÇA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

O Relicário de Meu Coração deve ser contemplado em simplicidade por aqueles que aspiram a descobrir e viver os mistérios do Plano de Deus e que tenham fé no cumprimento de Sua Vontade.

O Relicário de Meu Coração está guardado espiritualmente na Casa do Peregrino, onde os caminhantes que buscam a Verdade e a transformação do espírito podem encontrá-Lo.

Esse Relicário deve despertar, nos seres, a reverência a Deus, à Sua Misericórdia, ao Seu Plano e ao Seu Amor pela humanidade.

Neste Relicário não se guarda apenas o Coração de um pobre homem, servidor de Deus e Pai adotivo de Jesus. Nele se guarda toda a Minha trajetória como Consciência, desde a Origem até o retorno à Origem, até a unidade com Deus, que um dia vivi, por Sua plena Graça.

A Casa do Peregrino recebeu a Graça de Deus de ter uma conexão especial com um Recinto Sagrado, onde se guarda o Relicário de Meu Coração, que é tão misterioso para a humanidade como ela mesma e como a Vontade de Deus para este mundo.

A Casa do Peregrino deve representar um passo para a nova consciência, para a nova humanidade, e é por isso que Meu Casto Coração se encontra ali, puro, simples e em oferta à humanidade, para que os corações dos homens possam encontrar nEle um espelho que lhes reflita a verdade sobre si mesmos.

O Relicário de Meu Coração representa o despertar da consciência. Aspiro a que Lhe seja dedicado um lugar simples, humilde e silencioso, onde as almas possam vigiar e encontrar a Deus, assim como este Coração O encontrou, no silêncio de uma carpintaria.

Quero que ali se construa, então, um espaço simples, como a carpintaria de Nazaré, onde as almas se transformem, como a madeira bruta, em um instrumento de Deus, ao contemplar o Relicário de Meu Coração. Concederei, assim, infinitas Graças, para que a humanidade, como um todo, viva o despertar.

Deixo-lhes a bênção de Meu Coração.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

jul

07

Sexta-feira, 7 de julho de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE SANTIAGO DE COMPOSTELA, A CORUNHA, ESPANHA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Haverá um dia em que as almas despertarão para a necessidade de Misericórdia no mundo e não apenas os corações sensíveis sentirão a pressão do caos e a batalha entre o velho homem e o novo tempo.

Chegará o dia, filhos, em que os olhos que estavam apenas postos sobre si mesmos e que acreditavam que a vontade própria era a liberdade verão as suas ilusões emergirem diante da Verdade Universal.

Chegará o dia em que a força de uma religião, por si só, não será suficiente para manter a fé nos corações dos homens. Os puros reconhecerão a necessidade de unidade, e dela surgirá a religião do Amor, à qual se unem todos os credos. Surgirá a verdadeira congregação da Fé, que são almas por Deus congregadas para manter viva a fé no coração humano, além de crenças, de culturas, de nações…

Chegará o dia em que os Reinos da Natureza serão reconhecidos como parte da Consciência Divina. Esse dia chegará tarde, e o mal causado aos reinos já será irreversível, pois a vida humana se sustenta com a degradação da natureza.

O homem reconhecerá a necessidade de render-se a um novo tempo, a uma nova Lei, a um novo mundo. Os congregados para manter viva a fé ensinarão que a essência pura é a única coisa importante de não ser perdida; tudo o mais poderá ser reciclado nos estanques do Universo, porque não só o homem mas todo este mundo precisará nascer de novo.

O aprendizado do amor ficará guardado na essência dos que souberem perdoar e que, apesar de seus erros e de sua matéria corrompida, compreenderão a essência do Plano de Deus e o aceitarão.

Os que se mantiverem puros de coração, corpo, mente e espírito reconstruirão o mundo e, com o seu sacrifício, multiplicarão o amor e prepararão para os que partirem uma nova oportunidade de aprender a amar sob outras Leis e em um outro tempo.

O sacrifício será sempre a porta para o despertar e o crescimento do amor verdadeiro, mas ele não será um peso nos corações dos que compreendem e vivem a Vontade de Deus. O sacrifício não terá o mesmo sentido para a mente humana como tem hoje. O Amor será a Lei, e não a exceção, e o sacrifício será o veículo para o cumprimento dessa Lei.

Para muitos, Minhas palavras parecerão utopia e, para outros, uma grande esperança. Não temam as provas que o mundo vive e viverá. Afirmem os seus espíritos na Vontade de Deus e conservem puros os seus corações. Não deixem jamais de se esforçar por amar e perdoar ao próximo.

Haverá um dia em que esse amor se tornará Lei e, com um sorriso no rosto, vocês contarão aos que virão a história da transformação e da redenção da humanidade.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos