mar

31

Sexta-feira, 31 de março de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Levanta os olhos e olha para Deus. Permite que teu coração encontre o Coração do Pai.

Levanta os olhos e olha para Deus. Perde o medo de estar diante dEle com transparência e humildade. Deixa que a tua vergonha – pelos pecados que ainda são parte de ti – seja curada pelo infinito Amor de Deus por Seus filhos. Amor esse que cura teus pecados e restaura tua fé.

Levanta os olhos e olha para Deus. Não tenhas medo de conhecer a Sua Vontade para ti.

Levanta os olhos e olha para Deus. Não importa se és pequeno diante de um Grandioso Criador, pois em tua pequenez habita a Sua Grandeza.

Levanta os olhos e olha para Deus. Recobra a coragem de estar face a face com Aquele que te criou. Deixa-te vencer por Seu Amor infinito.

Levanta os olhos e olha para Deus. Deixa de lado tudo aquilo que habita em ti e que não quer ser digno de ser chamado Filho de Deus, porque ainda lhe agradam as coisas do mundo.

Levanta os olhos e olha para Deus. Diz ao Pai: Senhor, estou aqui. Cumpre em mim Tua Santa Vontade.

Levanta os olhos e olha para Deus. Repousa em Seu Coração o teu cansaço e o pesar de ainda estar neste mundo, ainda que não pertenças a ele.

Levanta os olhos e olha para Deus. Sente a Sua Misericórdia e deixa-te ser curado e elevado por ela. Deixa que o Criador abra diante de ti um novo caminho e segue por ele.

Levanta os olhos e olha para Deus. Sê valente para dizer-lhe, enfim: Senhor, cumpre isso que queres de mim. Eu Te digo sim!

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

mar

26

Domingo, 26 de março de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Senhor, que Teus filhos encontrem neste tempo o caminho para a superação de si mesmos; que vejam o abismo de suas misérias, mas que contemplem no horizonte a esperança do Teu triunfo em seus corações.

Sábio Pai e Criador, mostra às Tuas criaturas que este é o último tempo da redenção; tempo no qual as feridas de todos os séculos emergirão, para que sejam curadas; tempo no qual todas as dívidas virão à luz, para que sejam equilibradas.

Mostra-Te, Deus do Infinito e da Misericórdia, como o Senhor que paga as dívidas de Seus filhos, daqueles que não encontram em si a forma para equilibrá-las. Sê Tu o Pai Bondoso que contempla o esforço de Seus filhos e os ajuda a caminhar, sem temor, para a meta final.

Criador e Senhor Meu, que Tua Misericórdia faça que Teus filhos compreendam que, além do abismo, existe o horizonte da esperança. Que Tua Misericórdia se revele aos que se entregam e se rendem diante de Ti, porque não encontram em suas próprias forças o impulso para cruzar este longo abismo.

Fortalece, Deus do Amor, com Tua Essência Divina, os corações de Teus filhos e faz que eles compreendam que a Graça existe, que a Misericórdia é uma Fonte inesgotável e que seus corações são um mistério, são só de misérias ocultas que nunca terminam de se revelar, mas que, em verdade, guardam – por detrás de toda miséria – a Verdade, o potencial do Amor e da Unidade Contigo.

Revela-Te, Pai Amado, no interior de Teus filhos, porque chegou o momento de fazer triunfar o Teu Plano para a Criação. Revela-Te como Deus Onipotente e dá a conhecer às Tuas criaturas o Teu insondável Amor.

Criador e Senhor de todas as coisas, como Teu servo e intercessor das almas, Te suplico: ajuda os Teus filhos a encontrar a Verdade, porque chegou a hora de retornar.

Pelos méritos alcançados na redenção deste Espírito que Te serve, eternamente oro a Ti.

São José Castíssimo

mar

24

Sexta-feira, 24 de março de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando tua mente pensar em desistir, recorda, filho, do Universo. Contempla cada estrela que teus olhos podem ver em uma noite de céu aberto e sabe que, em cada uma delas, existem almas-irmãs que aguardam tua evolução, aguardam que tua renúncia se converta em triunfo e que teu sacrifício se converta em vitória.

Quando pensares que tua renúncia é muito grande e te sentires incapaz de viver a entrega que Deus te pede, recorda, filho, do Calvário e de como se entregou, por ti, Aquele que era dono de todas as coisas, porque era Um com o Criador de todas as coisas. Contempla o teu Rei despojado de tudo, despojado – inclusive – de Sua Potestade Celestial, abraçando os pecados do mundo, para que tu tivesses hoje um exemplo para imitar.

Quando teu caminho parecer longo e infindável, lembra daqueles que já trilham o calvário destes tempos, aqueles que têm, sobre si, o peso dos próprios pecados e também da injustiça humana. Contempla os órfãos, os Reinos abandonados e maltratados, as guerras que mutilam corpos e também almas e corações.

Filho, tens tudo: tens todas as riquezas do mundo, porque tens Deus em teu coração e em tua consciência. Ainda que te falte o alimento e pereça o teu corpo, tua alma não perecerá.

Confia em que toda renúncia guarda, em si, um grande tesouro. Todo fracasso humano guarda, em si, uma vitória divina. Toda humilhação guarda, em si, um passo para a humildade. Toda queda traz uma futura fortaleza. Um coração que se levanta do piso, ao ter caído, será uma mão que se estenderá a outros, em sua queda.

Confia em que Deus tem um plano para ti e em que toda purificação precede o surgimento da pureza interior. O desvendar das ilusões sobre si mesmo precede o conhecimento da Verdade. O esvaziamento de si precede o encontro com o Todo.

Alegra-te e agradece na tribulação. Pensa nos que não sofrem interiormente porque não percebem a ilusão na qual se encontram e já não sentem o clamor de suas almas, porque as silenciaram.

Vive cada provação na certeza do triunfo de Deus.

Apenas roga todos os dias:

Vence-me, Senhor.
Derrota minha falsa fortaleza.
Faz-me rendido diante de Ti.
Faz-me servo de Teu Coração.
Faz-me operário de Teu Plano.
Faz-me um triunfo de Tua Criação.

Amém.

Sê sincero de coração.

Eu estarei contigo.

Teu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

mar

18

Sábado, 18 de março de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM MENSUAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filhos,

Não é por acaso que hoje estou aqui, que uno o tempo e o espaço, que uno os Reinos de Deus no Céu como na Terra, para expressar a unidade que há em Seu Plano.

Meu Coração hoje apenas agradece a Deus por poder estar entre Seus filhos, por poder testemunhar a Misericórdia Divina em Sua Criação.

Meu Coração hoje apenas agradece a Deus porque, apesar de muitos pensarem e sentirem que não dão nenhum passo, esta Obra, filhos, está crescendo, e as Palavras do Criador, através de Seus Mensageiros, estão chegando cada vez a mais almas, mais espíritos, mais essências.

Hoje Meu Coração apenas agradece ao Pai porque sei que Seu Plano se cumprirá.

Sei que Sua Vontade triunfará naqueles que O escutam e também, um dia, naqueles que não O escutaram.

Sei que a Essência Divina crescerá pela união de suas essências com Deus.

Hoje Meu Coração apenas agradece ao Pai porque, desde o princípio deste Projeto, entreguei Minha Vida, Minha Consciência, para que este Plano pudesse se cumprir. Ainda que não o conheça por completo, que nunca o tenha conhecido, assim como é para vocês, para Mim ele também foi, um dia, um grande mistério.

Também significou para Mim um grande abismo no qual tive que Me lançar e Me perder, para que pudesse encontrar o que, em verdade, Sou.

Hoje Meu Coração apenas agradece ao Pai, porque vejo que esse mesmo abismo encontra-se diante da humanidade. E não é um abismo de perdição ou um abismo de ilusões, é apenas um símbolo de algo que desconhecem e no qual devem se lançar para morrer como condição humana e renascer no verdadeiro arquétipo que Deus, um dia, pensou para a humanidade.

Depois desses quatro anos de instruções e de tantos outros anos de instruções internas, apenas quero, filhos, que encontrem a verdade em seu interior e a sigam.

Que percam o medo de se expressarem como são; que percam o medo de ser verdadeiros; que deem a conhecer ao mundo aquilo que apenas o seu mundo interior conhece.

Vocês já sabem que no profundo de seus corações habita algo puro, simples; algo que é semelhante a Deus em sua humildade, em sua doação, porque partiu da Consciência Divina e, hoje, habita em seu interior.

Muitos apenas viram essa parte de sua consciência por um lapso de tempo, mas todos sabem que ela existe.

A oração abriu-lhes a porta do coração e da consciência e lhes mostrou esse espaço de si mesmos que, em verdade, é o que vocês são.

Depois desses quatro anos, filhos, vim descortinando cada espaço de ilusão de suas mentes, de seus egos humanos e espirituais, para que pudessem chegar até esse espaço, reconhecê-lo e amá-lo, amando a si mesmos pela semelhança com Deus que existe dentro de vocês.

Para se transformar é preciso reconhecer as próprias imperfeições, é preciso estar diante do desafio de se humilhar.

Porém, peço-lhes que não se estanquem ali, porque não é apenas nesse reconhecimento que deve estar a sua meta. Reconhecer as imperfeições é o princípio, chegar à essência é o verdadeiro fim.

Reconheçam as imperfeições como reconhecem as destrezas humanas e saibam que, da mesma forma como não são as destrezas, vocês também não são as imperfeições.

Detrás de tudo isso está o que são em verdade, o que é puro e que guarda em si um Dom de Deus. A isso devem chegar, e para isso precisam perder o medo; perder o medo de não ter destrezas, perder o medo de serem imperfeitos, perder o medo de parecerem frágeis aos olhos dos homens, de parecerem algo bom ou mal.

Olhem para dentro de vocês e encontrem isso que são, isso que não tem destrezas, que não tem adjetivos, isso onde o nada e o todo se encontram, porque não é coisa alguma do que esperam ser e, ao mesmo tempo, é a essência que os une ao Criador de todas as coisas, no qual todas as coisas habitam, e Ele habita em tudo.

Que Minhas palavras não sejam um mistério para vocês, como grande parte da instrução que receberam.

Quero que Minhas palavras lhes sejam palpáveis, vivas, que possam senti-las, que possam tocá-las; que possam sentir como este Verbo que provém de Deus ingressa em suas essências, permeia seus seres, rompendo as capas que os separam da compreensão da Verdade.

Hoje Minha gratidão ao Pai é infinita, e quisera transmitir-lhes essa gratidão para que também aprendam a ser agradecidos apesar de qualquer dificuldade ou aparente desafio, provação. Digo-lhes aparente, porque o que para o homem é uma grande prova, para Deus é uma grande oportunidade. O que para o homem é um grande abismo, para o Criador é finalmente estar diante da Verdade.

Permitam, filhos, transformarem-se, mudar o sentido de suas vidas, mudar os conceitos de sua mente, não ter conceitos.

Ingressem no espírito da gratidão que hoje lhes trago, e agradeçam Comigo a Deus por tudo o que receberam.

Agradeçam a Deus por tudo o que receberão a cada dia, ainda que lhes seja doloroso, ainda que lhes traga dificuldades.

Agradeçam a Deus os desafios que lhes fazem crescer.

Agradeçam a Deus as humilhações que os fazem morrer para a condição humana, e encontrar a verdade de seus corações e de seus espíritos.

Agradeçam as provas que não compreendem e as verdades que, sim, podem compreender.

Agradeçam pela vida e por estes tempos, porque são grandes tempos para toda a Criação.

Nesse espírito da gratidão e de humildade diante de Deus, peçam-Lhe Sua Graça. Ofereçam-se para dar tudo o que são, para tentar viver o Seu Plano em tudo o que lhes for possível, porque quando estiverem diante de suas impossibilidades, quando já tiverem feito tudo, o impossível se tornará possível, porque a Graça de Deus descerá sobre vocês.

Clamem ao Pai por essa Verdade. Clamem para que possam ser a expressão dessa essência viva dentro de vocês.

Clamem para que possam cumprir a missão que vieram realizar no mundo, que possam ajudar a outras almas que tanto necessitam.

Que possam ser dignos de serem chamados embaixadores da paz, embaixadores do Reino de Deus, porque isso é o que devem se tornar.

Quando a Voz dos Mensageiros Divinos não puder mais ecoar no mundo, será a voz de vocês que a fará ecoar. Será o seu exemplo que multiplicará as Graças que um dia deixamos para a humanidade.

Eu vejo esse Plano realizado. Eu vejo essa Graça viva dentro de vocês. Por isso agradeço a Deus e também lhes agradeço.

Por isso lhes peço que sejam pacientes; mais, que sejam persistentes; que sejam incansáveis e que sejam perseverantes.

Por isso lhes peço que deem tudo de si, mas que não confiem apenas em si mesmos.

Deem tudo de si para que a Graça de Deus os permeie, e sejam dignos de viver a Sua Vitória e de ser o Seu triunfo vivo, assim como foi o Seu Filho.

Hoje elevo Minhas mãos ao Alto e agradeço ao Pai por estar entre Seus filhos, por estar entre Seus companheiros, por poder ajudar a que Seu Plano se cumpra.

Um dia, filhos, estarão no Meu lugar, com as mãos para o Alto, agradecendo a Deus a salvação de outras almas que neste mundo, e em outros mais, se servirão de seu exemplo, de sua transformação, de seus passos, para encontrar a Deus e retornar à Fonte.

Guardem Minhas palavras em seus corações; guardem essa esperança em seus espíritos e essa certeza em suas consciências. Sirvam-se delas quando lhes faltar a fé, porque todos um dia cruzam o deserto da falta de fé. Mas isso não significa que a esperança se desvaneça.

Recordem o que lhes disse: quando tudo parecer impossível não deixem de tentar e de persistir, porque a Graça virá, ainda que lhes seja invisível.

O triunfo de Deus não se manifesta nas conquistas humanas, mas, sim, na vida do espírito.

Muitas vezes pensarão estar fracassando e estarão triunfando, assim como triunfou o Filho, com Seu Corpo flagelado, sem uma gota de sangue, em uma Cruz.

Ele deu tudo, e a Graça desceu sobre Ele. O próprio Deus se fez Um com Ele, e O fez reviver.

Recordem esse exemplo e revivam sempre que pareçam morrer em vida.

Com essas palavras lhes agradeço, assim como agradeço ao Pai, e espero receber de Deus a possibilidade de estar quatro anos mais junto a vocês, para que possam um dia ver o que Eu vejo hoje; para que possam ver Minhas palavras se cumprindo, e deem testemunho de que elas são verdade.

Hoje novamente lhes oferecerei, pela potestade que Deus Me concedeu, o Corpo e o Sangue de Cristo, no qual se guardam todas essas palavras que Eu lhes transmiti, todos esses Princípios Divinos que Eu lhes trago em nome de Deus.

Comunguem dessa Esperança do Criador, de que a entrega de Seu Filho se torne vida em cada um de vocês.

Que este pedaço de pão e este vinho se multipliquem, cresçam e se expandam em suas células, em suas consciências, em suas essências.

Como símbolo da Graça de Deus que vem ao encontro de vocês, consagro estes elementos e deposito neles Minha eterna gratidão por servir a humanidade, por servir a Deus em Seus filhos.

Comam deste Corpo e bebam deste Sangue para que o seu corpo e o seu sangue sejam um testemunho tão fiel da Misericórdia Divina, assim como são este Corpo e este Sangue presentes hoje no Altar.

Comunguem, filhos, na certeza de que esses códigos de Redenção os permeiam e se multiplicam para toda a humanidade, para todos os Reinos e todo o planeta.

Sejam intercessores da vida; sejam uma ponte para o Coração de Deus.

Vivam em oferta pelos que estão cegos, pelos que estão surdos, pelos que são incapazes de agir, de caminhar.

Renovem o Cordeiro desta Páscoa, sendo cada um de vocês um novo cordeiro vivo, para que a Cruz não pese mais sobre um único homem, sobre um único Filho de Deus.

Sejam a Sua Palavra viva, o cumprimento de Sua Promessa, e que possa surgir de cada um de vocês uma raça daqueles que podem ser chamados Filhos do Altíssimo.

Ele foi o Primogênito para dar o exemplo, e chegou a hora de renovar os Seus passos.

Cada um saberá o que pode oferecer ao Pai em nome de Seu Filho.

Deixo sobre vocês Minha bênção e Minha eterna gratidão, para que cumpram a Vontade de Deus para suas vidas e, assim, abram as portas ao cumprimento dessa Vontade em toda a humanidade, em todo este planeta.

Eu lhes abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

E lhes agradeço.

Comunguem e testemunhem esta Comunhão todos os dias.

São José Castíssimo

mar

17

Sexta-feira, 17 de março de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE PORTO ALEGRE, BRASIL, E PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho, renuncia a toda vontade própria e encontrarás a Vontade Superior.

Renuncia a todo medo de perder-te e perde-te de ti no vasto Universo de Deus.

Encontra, na Graça de ser nada, o Tudo que é a Consciência Divina.

Encontra, na Graça de ser simples, a grandeza do Universo Celestial.

Tudo o que para o teu coração é grande, em verdade, não se compara com a grandeza de Deus.

Tudo o que para ti é pouco, para o Criador supre todas as coisas, pois é no coração vazio que se constrói a Sua Fortaleza, é no interior dos puros que se faz a Sua Morada.

Procura, filho, todos os dias, renovar os conceitos de tua vida. Perde o medo da humilhação e da humildade, na certeza de que é sendo simples e sendo nada que te tornarás um instrumento de Deus.

Perde o medo de ser pequeno, desconhecido, porque é sendo pequeno que encontrarás, no profundo de teu interior, o Universo Celestial. É na menor das células que a Criação se recria e tu encontras, no profundo de teu ser, o vasto Cosmos.

Dissolve de tua consciência os conceitos humanos, aqueles que engrandecem o que em verdade é pobre e que não reconhecem o valor de ser nada. Deixa, filho, que o Criador te demonstre, neste tempo, que é no vazio e através do vazio que seguirás os Seus Passos.

Não tenhas medo de cruzar a porta da humilhação. Não tenhas medo do fracasso aparente aos olhos humanos. Une-te à Cruz dAquele que foi fracassado para os homens e vitorioso para Deus. Entrega as feridas do teu coração às feridas dAquele que foi ferido pelos pecados dos homens e que assumiu, em cada Chaga de Seu corpo, a dor do Pai, causada pelos Seus filhos.

Vê como és pequeno, como em verdade és nada e assume esse nada que és, para que o Tudo de Deus te preencha.

Renova-te na cruz, renova-te na humildade, renova-te, encontrando o sentido de tua vida em imitar os passos de Cristo; passos de sacrifício, humilhação, serviço; passos de renúncia, de amor e unidade.

Eu te acompanharei e te guiarei dia a dia, até que te tornes um instrumento de Deus.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

mar

10

Sexta-feira, 10 de março de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ainda que teus olhos não vejam, há um Universo que te observa.

Ainda que tua mente não saiba, há um Plano perfeito que te espera.

Ainda, filho, que teu lado mais humano não queira, há uma parcela da Criação que depende também de tua entrega.

Ainda que estejas cansado, há uma parte desta Obra que se constrói com tuas mãos.

Ainda que pareças ter caminhado muito, não chegaste ao caminho definitivo, porque tua rendição deve ser absoluta.

Ainda que a Luz ofusque os teus olhos, não deixe de contemplá-la.

Ainda que o Novo Tempo coloque o teu ser diante de correntes desconhecidas, suporta-as. Deixa que tua consciência reconheça um novo ciclo universal e cósmico, um novo ciclo para toda a Criação.

Ainda que penses, sintas e vivas com uma mente, um coração e um corpo humano, deixa que tua humanidade seja transcendida pelo que ela verdadeiramente é. Renuncia à ilusão do mundo para amares a Verdade. Renuncia à ilusão de teu próprio ser para encontrares o que és.

Este é o ciclo da transparência e da verdade. Não tentes ocultar as tuas misérias e tampouco deixes que a vida mundana oculte tuas aspirações espirituais, o sentir mais profundo de tua alma de encontrar e ser a Verdade.

Ainda que não saibas qual é a Verdade, reconhece a ilusão e afasta-te dela. Mesmo que o Real te seja desconhecido, caminha em sua direção, renunciando a toda mentira e vã existência.

Filho, deixa que teu coração emita um “sim” ao Universo e suporta tudo aquilo que, dentro e fora de ti, quiseram que tivesses dito “não”.

Confia no Poder dAquele que te chamou, porque te criou para o amor e não para a falsidade; te criou para a perfeição e não para a tibieza; te criou para a unidade e não para o egoísmo.

Contempla o céu estrelado e reconhece a grandeza da Vida. Ainda que teus olhos só vejam estrelas e não saibam da vida que nelas habita, deixa-te inundar pelo Amor dAquele que muitas vezes deixou de lado todas as estrelas que vês no céu para amparar tua pequena consciência.

Reconhece tua pequenez e então, filho, agradece a grandeza do Amor de Deus, que – entre tantos astros no céu e tão vasta Criação celestial – te encontrou e te chamou pelo nome.

Ainda que seja com os ouvidos do coração, escuta e responde ao Seu Chamado.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

mar

03

Sexta-feira, 3 de março de 2017

Mensagens semanais
MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSE, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filhos, existem situações, tanto internas quanto planetárias, que dependem da Lei da Misericórdia, porque escapam do controle e da capacidade humana de transformar a si e ao planeta, pois estão tão degenerados e distantes do Propósito Divino. Em ditas situações, a Misericórdia desce quando o ser se rende e, tendo feito ele tudo o que estava ao seu alcance, não saiu do lugar. A Misericórdia é a Mão de Deus, que os eleva, alça-os dos abismos e os coloca onde não mereceriam estar.

Porém, existe uma parte da transformação, tanto do planeta quanto dos seres, que depende da vontade e da perseverança de cada um, porque – neste caso – não será nem a Justiça nem a Misericórdia que os corrigirá.

Quando a consciência tem condições de dar os passos com suas próprias pernas e não os dá porque lhe falta a vontade e a valentia, a Misericórdia não tem permissão para descer sobre ela.

Digo-lhes isso porque este é um tempo definitivo para muitos e vocês estão diante da possibilidade de cruzar o umbral entre a velha vida e o que verdadeiramente devem ser, mas lhes faltam a valentia, a perseverança, a constância e a vontade.

Saibam invocar o princípio correto, na hora correta, e não clamem pela Misericórdia de Deus, quando – em verdade – aquilo de que necessitam se encontra dentro de vocês mesmos. Invoquem a Vontade Divina, que jaz no interior de todos os seres, porque é apenas com essa energia que vocês podem suportar viver neste mundo em tamanho caos e densidade. Invoquem a Vontade Divina, para que ela emerja de seus seres, e fortaleçam-se com a valentia espiritual, para dar os seus passos.

Clamem pela Misericórdia para os que verdadeiramente necessitam dela, pois se hoje escutam estas palavras é porque a Misericórdia já atuou em suas vidas.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos