Mensagens Anteriores

fev

29

Segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO, E CARMO DE CACHOEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Nas entranhas mais profundas de Deus, onde habitava a Pureza de Sua Divina Consciência, repousava um Princípio de vida, uma molécula viva da Consciência Divina, proveniente de Adonai. Como o Amor de Deus não poderia permanecer nEle mesmo, o Criador deu vida a esse Princípio Puríssimo: criou, assim, uma Consciência Divina e Universal, que abarca mais do que um pequeno corpo ou uma consciência material.

Maria é o Ventre Divino, é a Vida, é o que faz nascer as criaturas de todos os reinos e as ampara durante toda a sua evolução.

Maria não veio dos homens e ascendeu aos Céus: Maria desceu dos Céus e, por Seu Amor infinito, se fez carne entre os homens, para acompanhar o Filho de Deus.

Maria não é parte da humanidade: a humanidade é que é parte de Maria.

Quando o Criador pensou no projeto humano, projeto que viveria em si um potente grau de amor, Ele precisava de uma Fonte Criadora Pura, uma Consciência que emanasse o Amor de que os seres humanos necessitavam para se desenvolver. E foi assim que os Anjos e os Arcanjos do Pai Celestial recorreram Àquele Princípio Puro de Deus – que era a própria energia da maternidade, da pureza e do amor – para criar, a partir desta Fonte perfeita, os códigos que os seres humanos portariam em si.

Assim como é no Céu, é na Terra. Para fazer nascer o amor na consciência planetária como ele havia nascido no Universo, o Criador manifestou em mente, corpo, alma e espírito a Sua Divina Pureza. Daí provém a Mãe de Deus, a Mãe de Jesus.

Maria é a Graça de Deus, é a Bondade manifestada em uma Consciência sublime.

Maria é o Dom Maternal, que – mesmo depois de haver ascendido aos Céus – não deixa de se projetar entre os homens; não deixa de representar no Universo, assim como na Terra, um exemplo para as criaturas materiais.

O que vocês tiveram diante de vocês por todos estes anos é a Perfeição de Deus manifestada no Amor e na Bondade materna de Maria.

Queridos, lhes digo isso para que aprendam a estar diante de uma Consciência que, apesar de Sua Grandeza e Divindade, apesar de não caber dentro de uma forma humana, segue se manifestando entre os homens, segue expressando Sua semelhança com as criaturas da Terra, segue demonstrando para todos o caminho.

O Seu Amor é inalterável, Sua Perfeição é incorruptível, Sua Paz é eterna, porque Ela espera que, algum dia, vocês aceitem com alegria reviver em Sua plena Paz.

Permitam-se retornar aos braços dAquela que os criou, como parte de Deus. Permitam-se ser guiados por Aquela que provém do Santo Espírito do Criador e que manifesta os Seus Dons em todas as criaturas.

Enquanto ainda há tempo, filhos, rendam-se nos braços de sua Mãe Celeste e, assim como a Sagrada Família, deixem-se ser amados e conduzidos por Maria. Seu Amor lhes revelará muitos mistérios e Sua Pureza lhes abrirá as Portas do Céu.

Aquele que os ama e os entrega todos os dias, em oração, ao Imaculado Coração de Maria,

São José Castíssimo

fev

28

Domingo, 28 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE BLUMENAU, SC, E SÃO PAULO, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Vivam no Reino da Paz de Deus permanentemente e aprendam a estar unidos ao Pai como a única saída para a tribulação iminente da Terra.

Filhos, as guerras ainda continuarão no planeta, dentro e fora dos seres, nas nações, nas cidades, nas famílias, no mundo interior das consciências. Essas guerras são fruto da submissão que o adversário causa em grande parte da consciência planetária como um todo.

O adversário acredita que seu reinado se expandirá ainda mais pela Terra e que ele triunfará com suas trevas no fim de tudo, já que tão distraídas estão as criaturas de Deus. Mas, em verdade, lhes digo que os impulsos de despertar – por mais que toquem uns poucos, quando permeiam verdadeiramente as almas e as retiram do sonho em que vivem, levando-as a se colocar corretamente diante dos Planos de Deus – têm uma repercussão espiritual planetária que equilibra males milenares.

Repetimos essas coisas para que estejam bem impressas em suas consciências, porque, apesar do caos, o triunfo do Bem é uma lei e, por mais que aparentemente os corações estejam afundando em abismos sem fim, sempre valerá a pena fazer esforços e sacrifícios pela salvação das almas e dos espíritos.

Nestes primeiros tempos do Armagedom, a consciência planetária está sendo observada por Deus e os méritos da luz estão sendo colocados na balança, com as ações do caos, para que – pelo resultado dessa medida – o Criador possa tomar a justa decisão sobre o destino de cada nação e de cada uma de Suas criaturas. Por isso, vocês poderão sentir, muitas vezes, que nada acontece no plano da matéria e que seus esforços e suas orações não resultam positivamente na evolução da Terra, mas apenas sigam adiante sem buscar resultado algum.

Não cansem de se entregar sempre um pouco mais e de dar tudo de si pelos que não dão nada. As ações de hoje ditarão a direção do dia de amanhã. Os méritos gerados pelos seres despertos na América podem resultar na salvação das almas do Oriente, porque Deus não tem fronteiras nem preferências: se a humanidade gera méritos para a salvação, Ele conduz as Suas Graças para onde forem mais necessárias.

Confiem no que lhes digo e não deixem nunca de abandonar um pouco mais a si mesmos, todos os dias, porque este é o momento crucial de oferecer tudo por amor ao Plano de Deus.

Quando o Criador der o ultimato para as criaturas da Terra, já não haverá como gerar novos méritos, pois o destino já estará traçado e não restará outro caminho senão viver os desígnios da Justiça Divina. Todos os méritos gerados pelo despertar dos seres no final dos tempos, no tempo da Justiça, servirão apenas para direcionar o destino das almas depois deste mundo, mas não para mudar o destino do planeta, porque este já estará traçado.

Reflitam no que lhes digo e não se distraiam, porque todos os dias o inimigo alimenta a balança com o peso do caos e o Criador espera o correto equilíbrio a ser gerado pelas ações e transformações humanas.

Aquele que os adverte e os abençoa sempre,

São José Castíssimo

fev

27

Sábado, 27 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE SÃO GABRIEL, RS E BLUMENAU, SC, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filho,

Plenifica a tua alma no sacrifício diário e permanente. Vê a Mão de Deus, que te chama a servir em cada instante de tua vida. Escuta a Voz do Criador, que te fala a verdadeira necessidade que tens diante de teus olhos.

Deus chama muitos a servir ao longe, e a ti o Senhor chamará a fim de servir todo o tempo. Descobre Deus escondido em todas as coisas. Inclusive, quando estás sozinho, Ele está dentro das tuas mãos, chamando-te a obrar por intermédio da oração, a fazer de teu instrumento de serviço as contas de um rosário, para assim cruzares as fronteiras com teu pequeno coração, que – unido ao Coração de Deus – se torna infinito.

Filho, percebe como – apesar do cansaço e do desgaste espiritual e físico – tua alma se plenifica quando vive um sacrifício verdadeiro.

Dispõe-te a viver não somente aquelas provas que inevitavelmente tens de viver, porque o destino assim organizou para ti: sê consciente de tuas ações e supera-te todos os dias com um propósito claro.

Que as missões vividas por teus irmãos e as repercussões delas na vida do espírito te façam refletir sobre a repercussão espiritual que poderia ter a tua entrega, se fosse permanente. Foste chamado por Deus para fazer de tua vida uma missão. Cada criatura que conscientemente responde a um chamado de Deus poderia ser considerada uma missionária.

Já pensaste em quantos desequilíbrios poderiam receber o devido auxílio se tuas obras mais simples fossem oferecidas a Deus conscientemente e sinceramente?

Medita no que te digo e não penses que isso é uma fantasia ou uma ilusão, porque não valeriam os anos em que viemos ao mundo todos os dias se não soubéssemos do grande tesouro que representa a tua entrega para esta humanidade e este planeta, tão enfermos pelo pecado e pela indiferença.

Ama o que fazes – quando o fazes para Deus – e deixa que o teu amor faça crescer a tua entrega e a torne incondicional. Deixa que o amor a Deus seja maior que o amor a ti mesmo e vive, assim, o que oras, quando dizes ao Pai que não tens dia nem hora para servi-Lo.

Nunca deixes de ser alegre, com a alegria da alma, porque a alegria, quando é pura e verdadeira, faz que sintas mais leve a tua cruz, sem que ela te seja retirada. A cruz será posta sobre ti de todas as formas, porque essa é a lei destes tempos finais. Poderás abraçá-la com amor e fazer leve o jugo que te corresponde ou levá-la com temor e fazer eterna e dolorosa a transição do planeta.

Contempla a vitória de Deus em ti e em teus irmãos, independentemente de tuas misérias. Agradece todos os dias pelas oportunidades de servir que o Senhor te concede e imita o Seu Filho, para que, em tua imitação, um dia Ele habite em ti e seja um contigo, sem que te dês conta.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

26

Sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Enquanto as horas passam no tempo deste mundo e os dias de Armagedom se aproximam, a humanidade ainda teme o sacrifício e a entrega absoluta a Deus.

Pouco compreendidos são, pelo coração humano, o sacrifício verdadeiro e suas repercussões, quando ele é entregue aos Altares Celestiais.

Filhos, Nós os chamamos ao sacrifício e ao serviço porque os homens, em sua maioria, estão muito afastados de Deus e de Seus Princípios Celestiais. Já não se encontram no planeta muitas consciências dispostas a abandonar o conforto, a comodidade e mesmo a batalha da vida comum, a luta pelo estabelecimento dos próprios propósitos, das próprias metas. Muito poucos são os que deixam de lado as próprias metas e os próprios “sonhos” – que, pelo próprio nome que se dá, vocês já podem compreender que forma parte de uma ilusão – para, ao menos, tentar descobrir a meta divina para a humanidade e para si mesmos.

Enquanto a consciência se aferrar aos próprios quereres e sua aspiração ficar circunscrita apenas àquelas coisas que se adaptam às suas destrezas e habilidades, jamais descobrirá o verdadeiro potencial humano.

O comum pensamento da humanidade é fazer crescerem as próprias destrezas e, se uma pessoa tem certa habilidade, fica presa a essa expressão, sem saber que esta não é a primeira vez que sua experiência de vida se baseia apenas no desenvolvimento dessa habilidade. E é assim que, vida após vida, as pessoas jamais saem do desenvolvimento material e não conhecem nem penetram as Leis do espírito, a evolução do ser superior.

O Criador hoje os chama ao inusitado, convida-os a fazer aquilo que vocês jamais pensaram em fazer. Ele chama os destros a fazer coisas simples e chama os que se consideram simples a desenvolver as suas destrezas, não pelas destrezas em si, mas para que aprendam a romper as barreiras e os limites das suas próprias consciências e se acostumem a viver o inusitado, abrindo-se todos os dias ao novo e não temendo cumprir com a Vontade de Deus.

O Criador os chama a superar a si mesmos, a arder no fogo de Sua vigilância, a se transcender no amor ao sublime sacrifício, aquele que se torna sagrado por trazer, em si, um Propósito Superior.

O Senhor conduz as Suas criaturas para essa vivência, porque espera que não se passe mais um ciclo do planeta e Seus filhos estejam envoltos nas ilusões da matéria e no pobre desenvolvimento humano.

O Criador os chama a superar os limites da matéria, para que dessa autotranscendência emerja, das células, a vivência de Leis superiores. É o amor ao sacrifício o que os conduz a conhecer novas leis e também as verdadeiras potencialidades do coração humano. Mas, para descobrir e viver o que lhes digo e fazer emergir das próprias células um dom divino, assim como o fez Jesus em Sua Paixão, é necessário amar o sacrifício e não somente vivê-lo.

Reflitam no que lhes digo e deem os seus passos.

Eu os abençoo.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

25

Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Desperta a fé em teus potenciais e no amor de Deus que há dentro de ti, não para que te sintas orgulhoso e insuperável, mas para que percas o temor de ser um instrumento de Deus e de servir ao Seu Plano sem condições.

Descobre a verdade sobre ti mesmo, para que assim deixes de buscar os caminhos que não são para os teus pés e que apenas confundem a tua alma no mar das ilusões da vida planetária.

Vê, em humildade, que és um filho de Deus e que não há para ti outra herança senão o Seu Reino e o Seu Poder. Mas, para isso, sê tal qual um filho de Deus e, vazio de ti, permite que o Senhor manifeste as Suas Obras e Suas Graças no instrumento de teu ser.

Filho, ignoras teu potencial como criatura proveniente da Fonte Divina porque o orgulho que habita neste mundo fez que acreditasses que as grosseiras ilusões materiais são a glória, para ti, e que as verdadeiras dádivas do Céu seriam, para ti, inalcançáveis.

A humildade, filho, não é acreditar que as coisas de Deus não são para ti, por serem muito grandes. O que te faz pensar assim é o orgulho milenar imposto pelo inimigo, para que as almas busquem perpetuamente a ilusão do mundo.

A verdadeira humildade reconhece que tudo o que está no Céu é para ser compartilhado com todas as criaturas, porque Deus não ambiciona, não guarda para Si. Ele não provém desta Terra.

A humildade, quando está na consciência, a faz reconhecer que Deus está ao alcance dos simples e que é apenas necessário estar vazio de si e dos quereres do mundo para encontrar a Deus, que se supera todos os dias, em Sua Misericórdia, habitando escondido no interior de Suas criaturas.

Abre-te, filho, para a verdadeira humildade, que não te distancia de Deus, mas que te une a Ele.

Humilde é aquele coração que reconhece a grandeza de Deus e, com a testa no solo, agradece todos os dias a dádiva de tê-Lo dentro de si e, assim, O busca e O contempla, aspirando sempre a corresponder à Sua Misericórdia e querendo sempre ser digno de tão Majestoso Visitante.

Encontra o Pai em tua essência e pergunta-lhe todos os dias: “o que queres viver em mim hoje?”.

Teu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

fev

24

Quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Orem sem cessar pelo estabelecimento da paz. Peçam a Deus que a humanidade, como um todo, possa senti-Lo novamente em seu interior.

Filhos, orem para que a esperança não desapareça dos corações de seus irmãos da Síria, como também da África, porque – ainda que o adversário não desista de cumprir com seus próprios planos – as suas orações podem despertar, no interior de seus irmãos, a união com o Altíssimo. Desta forma, as essências deles podem voltar a se acender. Assim, as próprias luzes de seu interior iluminarão os abismos nos quais se encontram, para dissolver o reinado das trevas.

Clamem pela paz todos os dias, não somente para as suas vidas, mas sobretudo para os que mais necessitam dela, pois hoje vocês despertaram para a guerra que acontece na Síria, mas há outros lugares do planeta que necessitam de suas orações, como, por exemplo, a Nigéria e outras partes da África. As guerras não estão cessando, não somente no plano físico, mas também nos níveis espirituais.

A abertura de seus irmãos da Turquia, para receber e auxiliar os refugiados sírios, criou uma condição espiritual para que esta guerra, que acontece há anos, pudesse vir à luz e muitos seres orantes, nos quatro cantos do planeta, ativassem o espelho do coração, para levar paz a esta situação. Mas existem outros conflitos físicos e espirituais que a humanidade ainda ignora quase por completo e que estão escondidos por interesses econômicos e políticos deste mundo.

Por isso, lhes peço que sigam orando, que orem muito e que não apenas repitam palavras, mas que verdadeiramente clamem a Deus por misericórdia, sobretudo para as situações que vocês desconhecem.

Em todos os povos e nações, diariamente, muitas almas estão se perdendo e não há outra forma de auxiliar este mundo, filhos, senão com suas orações e seus serviços.

Tenham fé no poder do espírito e, ainda que vocês não encontrem resultados materiais para as suas orações, apenas orem e sejam verdadeiros. O Senhor se valerá desse clamor para o resgate de muitas almas e, nos lugares mais remotos do planeta, no interior de seus irmãos mais perdidos, a paz poderá voltar a reinar.

Agradeço-lhes por se aprofundarem na própria fé.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

23

Terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Quando a purificação for maior que o entendimento e já não saibas quem és – onde terminam os personagens deste mundo e onde começa a verdadeira expressão de tua alma –, apenas une-te a Deus em oração. Deixa para a mente o desespero de não saber quem é e coloca o teu coração no Pai, na certeza de não seres nada.

Não sabes quem és e não tens certeza do que deves ser, porque a Verdade escapa de tua compreensão. Não és nada do que pensas. O que conheces e compreendes de ti é fruto da educação e das experiências deste mundo. Tua essência foi criada para viver algo que é completamente desconhecido para ti.

Tão afastada está a consciência planetária da Verdade, que este mundo começará de novo.

Assim como o planeta, tu também começarás de novo: viverás tua purificação e, se te deixares transformar e moldar por Deus, em confiança, vencendo os temores de perder-te, logo serás nada, para finalmente seres preenchido pelo Espírito Divino, Aquele que deveria habitar-te desde o princípio.

Foste chamado para ser uma expressão de Deus nos universos e não uma expressão de ti mesmo, de tuas destrezas e habilidades.

O que é chamado de destreza na vida da Terra muitas vezes é conhecido como miséria no Reino dos Céus e necessita do bálsamo e da Graça da Divina Misericórdia para transformar-se em virtude, em Dom Divino.

É hora de viver aquilo a que tua alma aspira, mas não será fácil, nem simples, porque será inevitável e doloroso, espiritualmente e mentalmente, sobretudo. Digo que será doloroso porque deverás quebrar as estruturas das crenças sobre ti mesmo, as falsas verdades que criaste com teus pensamentos e com os pensamentos alheios sobre ti.

Quebrarás o que pensas que és e te verás desprovido do que conheces de ti. Não encontrarás nada, senão o vazio e a suspensão em Deus. Mas logo virá um alento, quando tua alma reconhecer a luz da essência e, por intermédio dela, que estava escondida atrás das duras estruturas do que tu pensavas ser, recordarás o Propósito que Deus tem para ti e não haverá maior graça ou maior dádiva do que esta, do encontro com Deus no próprio interior, por meio daquilo que te faz semelhante a Ele, que é a tua essência mais pura.

Para encontrares a pureza, haverás de estar limpo e, para estares limpo, te purificarás.

O caminho é único e a Lei já conduz a consciência humana.

Os que elegerem permanecer na própria escuridão se cegarão com a luz da Verdade, porque Ela brilhará na resplandecência de Cristo, inevitavelmente.

Aquele que os ama e os prepara para o encontro com a Luz,

São José Castíssimo

fev

22

Segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filhos,

Na reta final da missão no Oriente Médio, pedimos que multipliquem as suas orações e não se cansem de acompanhar esta tarefa oculta de liberação que a Hierarquia Divina leva adiante por meio dos atos simples de serviço e de amor dos missionários na Turquia.

Peço-lhes que, diante desta oportunidade planetária única, que se gerou pelos méritos orantes de todos, vocês sigam se aprofundando na sua própria compreensão interior do significado da vida de serviço, quando ela se baseia em uma caridade crística e não somente em um ato social.

Que esta porta aberta para a liberação e o resgate das almas do Oriente possa seguir se expandindo e que as missões que virão mais adiante tragam novas possibilidades de redenção para esta parte do planeta, que um dia foi o berço do acontecimento mais sagrado deste universo.

Mantenham os seus corações unidos aos missionários e façam esta ponte com Deus por intermédio de suas orações, para que, dos Centros Marianos e dos lares de todos os orantes espalhados pelo mundo, possa surgir esta intercessão pura e verdadeira do coração humano, para que, assim, o Criador verta sobre a Terra a Sua Misericórdia e conceda às almas do Oriente uma nova esperança, uma nova oportunidade de redenção.

Este é o momento de vocês estarem ainda mais vigilantes, apesar do cansaço e do sacrifício, pois quanto maior for sua sinceridade no esforço por superarem a si mesmos, em nome da humanidade, maior equilíbrio se gerará para a salvação humana.

Aquele que os anima à transcendência de si, por amor ao Plano de Deus,

São José Castíssimo

fev

21

Domingo, 21 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Para os tempos de transição, vocês deverão desenvolver a intuição e a sabedoria, virtudes que atuam conjuntamente dentro das consciências.

A intuição e a sabedoria se desenvolvem a partir da união construída primeiro com a própria alma e o próprio espírito e, depois, com Deus Criador.

Quando, por lei, a voz da Hierarquia não puder se pronunciar de outra forma, senão em seus mundos interiores, vocês deverão ter esse vínculo construído com a vida superior para escutar e compreender corretamente as guias que virão do Alto.

Os povos antigos, guiados pelos Patriarcas, viviam plenamente o que lhes digo. Os Patriarcas se valiam de seus vínculos interiores com Deus e, pela intuição e pela sabedoria, O escutavam.

É neste tempo atual – que, para muitos, é o princípio da construção de suas fortalezas internas – que vocês devem começar a ser conscientes dessa necessidade.

Nós lhes pedimos tantas instâncias de oração para que vocês possam aprender a estar no estado orante todo o tempo e para que, assim, possam fluir as indicações divinas nos momentos mais emergenciais. Porque, em tempos vindouros, a confusão na consciência humana será muito grande e poucos serão os verdadeiramente lúcidos de coração, mente e espírito. Por isso, tentamos formar o máximo possível de soldados capazes de viver a paz – pela Graça de Deus – e de transmitir essa paz ao mundo, quando isso for mais necessário.

Quando instruímos a humanidade, não estamos pensando na evolução de uns poucos, para deixar para trás os que não Nos escutaram e que não darão os seus passos na direção correta. Estamos aqui sobre a Terra pelos mais ignorantes, pelos mais cegos, por aqueles que negarão a existência de Deus até o momento em que verdadeiramente precisem dEle, para não se autodestruir.

Estamos formando na humanidade aqueles que sabem escutar, para que auxiliem outros e para que, assim, o Plano de Deus possa se cumprir. Estamos construindo a hora do resgate espiritual deste planeta por meio dos próprios membros da humanidade, que devem estar conscientes disso.

Sejam conscientes de que tudo o que recebem não é para vocês, porque o fato de que vocês sejam partícipes de Nossa Presença no mundo já deveria ser o suficiente para que vocês estejam em outro ponto. Seguimos aprofundando e instruindo a todos para que vocês se tornem verdadeiros instrumentos de Deus e não somente seres orantes.

Sabendo que vocês não vivem para si mesmos, senão para a concretização de um Plano Superior, que cada um, desde já, comece a se esvaziar de si e ter a própria fortaleza consolidada na união com Deus e não com as próprias destrezas, porque chegará o momento em que a mente se verá privada da inteligência, por desconhecer a solução para o que vive, e serão apenas a intuição e a sabedoria, frutos da união com Deus, o que os guiará.

Aquele que os instrui e os acompanha sempre,

São José Castíssimo

fev

20

Sábado, 20 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filhos,

Proclamar a paz e ser um pacificador é uma necessidade destes tempos, para que o planeta possa se sustentar em evolução neste universo.

Muitos não creem na mudança deste ciclo final, e outros, embora suas almas reconheçam os tempos de purificação, preferem se afirmar nas indagações da mente e pensar que, em verdade, essa purificação nunca lhes tocará.

Felizes e bem-aventurados os que não esperarão que o solo estremeça sob os seus pés e que os seus mundos interiores se desestabilizem para buscar a Deus e Sua Paz.

Filhos, a união plena com Deus é uma dádiva espiritual concedida às criaturas da Terra, para que, nessa vivência perfeita da unidade com o Criador, possam se desenvolver como criaturas semelhantes a Ele. Que a busca por Deus os torne Um com o Criador e que vocês possam atuar e viver sendo portadores de Seu Poder Divino.

Todavia, para se unir a Deus, é necessário desfazer todos os vínculos criados com o mal e com as tantas faces da involução na Terra. Para se unir a Deus, é necessário abandonar a si mesmo e a tudo o que vocês acreditam ser, porque o que vocês expressam na Terra é fruto dos aprendizados e das influências terrestres. Assim, para se assemelhar a Deus, em unidade, vocês devem primeiro começar a experimentar estar em Deus, aprender com Ele e senti-Lo, até que possam vivê-Lo plenamente.

Esse caminho que lhes proponho não é utópico, é uma realidade e, inclusive, uma Lei para a evolução humana, mas os tíbios de coração e inertes de espírito não trilharão esse caminho e sequer o vislumbrarão.

Para estarem no caminho da evolução humana, que os conduz a Deus, vocês devem retirar os pés do caminho da involução, que os conduz aos abismos da Terra.

Para reconhecer o caminho do abismo, basta observar a humanidade como um todo e tudo o que ela construiu ao longo de sua existência. Já para encontrar o caminho da evolução, basta contemplar o exemplo de Cristo e reconhecer, no próprio interior, a ânsia que as suas almas têm de seguir os Passos do Mestre.

Como o caminho para a evolução foi traçado perfeitamente por um único homem, Cristo, e imitado pelos santos e bem-aventurados, que muitas vezes ficaram anônimos diante da humanidade, não é tão simples para a consciência seguir sem medo esse caminho tão desconhecido e abandonar o caminho da involução, que quase todos trilham neste mundo.

Para vencerem o medo do sacrifício e da renúncia, vocês devem aprender a amar o Plano de Deus, os Passos de Cristo e tudo o que eles representam; devem amar com loucura a entrega do Senhor na Cruz, para querer imitar os Seus Passos. Mas como vocês não morrerão na Cruz, como Ele o fez, tudo o que vocês viverem se tornará pequeno e pouco, diante da grandeza do Seu Amor. E é aqui que vocês encontrarão a valentia e a coragem para não impor limites à própria entrega.

Leiam o Evangelho, orem, silenciem, busquem despertar, dentro de si, o amor do qual lhes falo e não temam ser outros e sentir coisas diferentes, porque – apesar de todo o temor da mente – estará a alegria da alma de finalmente poder se expressar e cumprir com a sua parte de unir o Céu e a Terra dentro de vocês.

Eu os amo e os animo a seguir os passos que um dia segui, até vocês chegarem a Deus.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

19

Sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Por conta de uma forte tempestade em Aurora, não pudemos sair para a Aparição mensal de São José no Centro Mariano e nos reunimos para receber as mensagens de São José e de Maria de forma reservada, com alguns irmãos do monastério.

Durante a oração, São José foi nos levando para diferentes lugares do Oriente Médio, nos mostrando situações de muito sofrimento, que Ele aliviava, pelos méritos que gerávamos enquanto orávamos.

Quando Ele apareceu, junto com Maria, nos mostrou os missionários trabalhando na Turquia. Eles estavam em uma atividade simples, apenas conversando com algumas pessoas, e vi que, junto com essas pessoas, existiam muitas almas que estavam ligadas às suas famílias e aos seus amigos e que não puderam fugir da guerra; por isso, padeceram situações de sofrimento e agora estavam ali, pedindo ajuda. São José conduzia essas almas, que estavam perdidas, para que entrassem em uma porta luminosa que havia atrás dEle.

Vi também nesse lugar, além de algumas crianças no plano físico, muitas almas de crianças que haviam desencarnado no caminho do deserto enquanto emigravam ou de frio ou mesmo pela guerra em si. Elas chegaram até ali buscando auxílio e, pelo amor dos missionários, São José podia resgatar as almas dessas crianças. Ele ia substituindo as experiências de sofrimento que elas viveram por experiências de amor, pelo simples auxílio que brindavam os missionários.


      O que pareceria o fim e o ápice do sofrimento, da angústia e da frustração da vida, como o são o exílio e a guerra, pode se transformar no princípio de um grande aprendizado de amor.

Uma vez que não quiséssemos que a humanidade padecesse o sofrimento – que é fruto de suas próprias ações e da ausência da fé e da falta da busca por Deus –, agora apenas nos resta conduzir o que vocês vivem, para que, de experiências às vezes tão atrozes, possa surgir um aprendizado de amor e de perdão e o coração humano aprenda o que, de outras formas e por outras vias, não pôde aprender.

O triunfo do amor é sempre uma possibilidade para o coração humano, mas já não podemos deter a Justiça Divina, e os seus primeiros sinais são visíveis para todos.

Pelo serviço, filhos, e pela descoberta da caridade crística – caridade que traz, em si, uma meta de cristificação, um princípio divino –, estamos tentando reconduzir as almas cujos destinos não seriam outros senão a perdição e a escuridão absoluta.

O Coração de Deus é ferido dia a dia pelas escolhas da humanidade, mas o Criador, que é a própria Lei Superior, não pode ser de outra forma, senão Justo.

Diante do que vocês escolheram viver como escola de redenção na Terra, tanto os Mensageiros Divinos quanto os Santos e Bem-Aventurados que obram, nos níveis do espírito, pela concretização dos Planos de Deus, estamos atentos e com os olhos e os corações fixos na humanidade, recolhendo cada pequeno mérito gerado, para interceder pelos mais necessitados, pelos que menos possibilidades teriam de salvação.

O que lhes pedimos é que, como parte da humanidade e como parte ativa do Plano de Deus na superfície da Terra – que tentem se manter firmes, entre tantas tempestades e batalhas internas –, não abaixem os braços, não acreditem que o esforço que fazem é suficiente, porque os seres humanos, em sua maioria, se entregam diante da potência das correntes contrárias e preferem ser levados por elas, do que nadar, até que já não tenham mais forças.

A Lei do Sacrifício deve ser crescente nas consciências e nos corações daqueles que se autoconvocaram para estes tempos. Quanto maior consciência vocês tiverem da realidade planetária, maiores devem ser os graus de amor, de sacrifício e de entrega de todos.

Já não contamos com muitos soldados e, entre os que levantaram as suas mãos para fazer parte desse exército, poucos são os que verdadeiramente vencerão o temor, para estar na linha de frente desta batalha pelo triunfo do bem e da paz.

Dizemos que esta é uma batalha, filhos, porque vocês necessitam lutar permanentemente para vencer as influências do caos dentro e fora de seus seres; para perseverar na Lei do Amor, da Renúncia e da Entrega, todo o tempo; para que não sejam vencidos pela desesperança quando estiverem diante do sofrimento; para que não sejam vencidos pela indignação quando estiverem diante de uma atrocidade; para que não sejam vencidos pelo rancor ou pelo medo quando estiverem diante do reflexo das ações da escuridão no mundo.

Esta é uma grande e verdadeira batalha, que devem levar adiante até o fim de seus dias, porque nem todos terão a Graça de ver o Sol de Deus voltar a brilhar no horizonte, na resplandecência de Seu Filho. Porém, ainda assim, lhes caberá entregar até a última gota de suor ou até a última gota de sangue, como nos ensinou Cristo, quando esteve como Exemplo Vivo entre os homens.

Ao chegar às suas consciências, o mal deve ser convertido. Uma informação de terror, de dor ou de sofrimento, que impregna a consciência humana como um todo, ao tocar a consciência individual de cada autoconvocado, não pode crescer e se multiplicar, como acontece com o comum denominador da humanidade.

Vocês devem ser conversores ativos dos códigos do mal; devem transformar o rancor em amor, em paz, em fraternidade; devem converter o sofrimento em sacrifício consciente para a elevação e a cristificação da raça. Essa é a verdadeira escola do amor e da redenção na Terra.

Como vocês aprenderão a viver o amor de outra forma, senão desta? O amor crístico é aquele que dá a vida por seus amigos e, de igual forma, dá também pelos inimigos: é aquele amor que ama a todos como a si mesmo, como ama a Deus.

Os méritos de suas transformações serão entregues pela salvação e pela redenção de todo o universo e não apenas de uns poucos. Vocês devem atuar por amor ao Plano de Deus e, dentro do amor ao Criador, encontrarão o amor por tudo o que foi criado.

Aprendam, filhos, a redimensionar os acontecimentos e as vivências que vocês experimentam; que um ataque da escuridão, para destruí-los e causar-lhes dano, seja motivo de perdão, de fortaleza, de unidade. Se vocês estiverem diante de alguém que viveu algo que não pôde perdoar, tamanho o terror e a dor vividos, coloquem ali uma experiência de amor.

Orem sem cessar para que as Portas do Céu se mantenham abertas e para que possamos seguir intercedendo por este mundo.

Agradeço a todos os que perseveram de coração. Quando já não tiverem mais forças e seus limites forem superados, vocês encontrarão a Graça de ser sustentados por Deus e não por si mesmos; por isso, Eu os animo a sempre seguir adiante.

Aquele que os ama,

São José Castíssimo

fev

18

Quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Ora, serve e vive para curar as chagas deste planeta, chagas essas que são seculares e que crescem, dia a dia, não apenas como uma ferida na consciência da Terra, mas como uma grande ferida no Coração Puríssimo de Deus.

Oferece a tua vida em consagração a Deus, em nome de Seu Plano, e converte cada um dos teus atos em uma reparação permanente dos males que a humanidade ocasiona, também permanentemente, ao mundo.

Ao acordares, todos os dias, oferece teu dia a Deus: pede que Ele guie os teus passos, que obre com tuas mãos, que veja com teus olhos as necessidades e que sinta com teu coração, para que não te faltem nem a sabedoria nem o amor.

Todo o mal que hoje circunda o mundo é reparável, mas não antes de que a humanidade aprenda a amar e a perdoar a si mesma e ao próximo.

Cada ação tua pode mudar o destino do mundo, pode aliviar o peso do jugo que a consciência planetária carrega, pelas constantes atrocidades causadas pela humanidade. És parte do coração humano e deves ser consciente disso todo o tempo.

Se vive para oferecer uma vitória para Deus, por mais que pareça pouco, uma alma que cumpre verdadeiramente com sua parte muda o destino do universo.

Para confirmares o que digo, tens diante do coração o exemplo de Cristo, que – ao longo de toda a Sua trajetória – mudou o destino e a existência de toda a Criação Divina, pois não houve uma só ação Sua que não equilibrou algum mal que oprimia o mundo.

É por isso que as missões humanitárias são tão importantes para estes tempos, mas não somente elas podem equilibrar o destino desta raça, porque a vida humana, quando consagrada verdadeiramente ao Plano de Deus, pode equilibrar muitas coisas.

Quando a consciência humana está diante de situações extremas, ela é levada naturalmente a desenvolver o amor e emergem, do seu profundo, aqueles sentimentos mais puros, que – quando o ser está apenas envolvido consigo mesmo –, por lei não podem emergir. Se a humanidade aprendesse a pensar no próximo e a viver o amor sem precisar estar diante de situações extremas, ela poderia mudar o estado decadente em que se encontra.

As diferentes espécies dos Reinos da Natureza, assim como os diferentes elementos, têm uma consciência espiritual única: se cada um tratasse o animal que tem diante de si como uma oferta para toda a consciência dessa espécie, poderia equilibrar as atrocidades que acontecem em lugares remotos do planeta.

Digo-te essas coisas, filho, para que aprendas a viver mais amplamente a tua vida, a partir do ponto de vista espiritual. Não fiques circunscrito às tuas necessidades, aos teus afazeres, à tua pequena vida.

A vida nas Comunidades-Luz poderia equilibrar toda a falta de unidade e de fraternidade da consciência humana.

A vida sã e amorosa em família poderia equilibrar os males que o adversário causa, dividindo e destruindo as famílias do mundo.

A educação correta de uma criança e o amor que se imprime em sua consciência poderiam equilibrar as más influências psíquicas, emocionais e espirituais que as crianças de hoje recebem.

Não percas o teu tempo pensando em como servir a Deus e em como te transformares. Transforma tua vida em um ato de reparação e de serviço. Vai até os mais perdidos apenas com tuas intenções mais puras e verdadeiras. Serve aos mais ultrajados dentre os Reinos da Natureza, amando e ajudando que evoluam os Reinos que estão ao teu redor.

Reconstrói a paz no planeta, vivendo a paz.

Deixa que o potencial humano se desenvolva a partir de ti e não te entregues à degeneração que cresce, dia a dia, na vida da maioria dos seres desta Terra, pelo crescimento do caos.

Faz de ti um instrumento de equilíbrio.

Crê no que te digo e tem fé.

Experimenta por ti mesmo o poder da união com Deus e verás como Ele fará em ti coisas tão grandes como o fez em Seu Filho, porque essa é a Vontade do Senhor: que, depois do exemplo de Cristo, a humanidade multiplique os Seus dons e viva no Criador permanentemente.

Aquele que te guia e te guiará sempre,

São José Castíssimo

fev

17

Quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS
Atuar com o coração

Filhos,

Nestes tempos, nos quais cada ação é medida na balança da Justiça Divina, não é suficiente que vocês atuem simplesmente com uma ação vazia de sentido espiritual e de verdadeira intenção de transformar.

Não basta que vocês compareçam a uma liturgia se, enquanto oram, quando pronunciam as palavras, elas estão vazias de intenção e o verbo não cria com o seu potencial transformador.

Não basta obedecer uma ordem, uma indicação, se o coração não está totalmente aderido a essas instruções e não compreende que elas são a guia correta para a sua elevação.

Não basta ler as mensagens que lhes entregamos apenas por saber que é necessário.

Devem, em tudo, colocar o coração.

Se vão dispor suas próprias consciências para algo, façam-no de verdade e com ações preenchidas pelo amor ao Plano. Nestes tempos, em que tudo está transparente e visível, até para os olhos que estavam mais cegos não basta uma ação aparente.

O esforço que vocês fazem para concretizar uma ação sempre será visto, mas para que essa ação conte na balança da Justiça Divina, ela deve ser verdadeira. Por exemplo: o esforço que vocês fazem para comparecer a um momento de oração será visto, mas se, quando orarem, vocês não colocarem seus corações, essa oração não estará equilibrando os males planetários e tampouco os males dos próprios orantes.

Digo-lhes isso para que vocês aprendam a fazer o esforço correto na direção correta e para que já não enganem a si mesmos, acreditando que as ações aparentes são suficientes para cumprir com a própria parte, porque muitos, ao verem descer a Justiça Divina, se perguntarão por que estão vivendo certas coisas, se sempre se esforçaram para cumprir a própria parte.

É tempo de atuar com o coração, de serem verdadeiros em tudo.

É tempo de descobrir, no próprio interior, o amor ao Plano de Deus e de serem capazes de entregar tudo e viver quaisquer transformações em nome desse amor.

Tudo o que lhes digo é para aperfeiçoar os seus caminhos.

Agora que vocês já se dispuseram a atuar, façam isso com o coração.

Aquele que os ama e os guia,

São José Castíssimo

fev

16

Terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Queridos companheiros de Meu Casto Coração,

Como Servo e Missionário incansável de Deus, venho ao mundo para realizar uma petição a todos os espíritos que aspiram a despertar para o serviço. Venho para pedir-lhes a fundação da Rede Missionária Planetária. Que a Fraternidade – Federação Humanitária Internacional, como coração que une todos os veios de luz que se expandem pela Terra, possa reunir aqueles seres orantes que também têm disponibilidade espiritual, mental, emocional e física para o serviço ativo.

Desta forma, em cada região do planeta onde haja um grupo da Rede-Luz, deverá haver também um grupo de missionários em treinamento. Esse grupo pode ser formado por membros dos diferentes grupos orantes de cada região e, inclusive, pelas almas que despertarão por meio do serviço abnegado.

Cada grupo da Rede Missionária deverá passar por um treinamento proposto pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional, que deverá incluir o curso básico de socorristas e outros aprofundamentos nas áreas de resgate e enfermagem.

Os grupos da Rede Missionária poderão ser heterogêneos e cada membro aportará a sua virtude, para compor a dinâmica do grupo.

Os grupos da Rede Missionária de cada região deverão reunir-se para o Encontro Missionário duas vezes por ano, no Centro Mariano de Figueira, onde aprofundarão o seu aprendizado com o grupo missionário principal e onde colocarão as metas de serviço para o semestre.

Os grupos da Rede Missionária serão os encarregados de dar continuidade às missões já realizadas e também abrirão novas portas, para que novas missões possam acontecer.

Diferentes membros dos grupos da Rede Missionária poderão se revezar para compor as missões oficiais pedidas pelos Mensageiros Divinos e, assim, enriquecer o próprio treinamento para os tempos de transição.

No retorno do Oriente Médio, o grupo missionário principal, sob a coordenação da Fraternidade – Federação Humanitária Internacional, organizará o primeiro Encontro Missionário com aquelas almas missionárias que se disponham a viver este treinamento, para aportar o seu serviço em prol do equilíbrio da Terra e também para que a consciência grupal desta Obra esteja apta a suprir as necessidades de resgate onde elas se apresentarem.

Como nenhuma região da Terra estará livre de viver a sua purificação, é preciso que todos estejam prontos para assumir os seus postos onde houver a maior necessidade. Desta forma, entre o espírito orante ativo e o treinamento missionário, vocês poderão ajudar muitas almas a viver em paz os tempos de maior tribulação.

Eu os guiarei sempre.

Seu Pai e Companheiro, no serviço e na oração,

São José Castíssimo

fev

15

Segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Em tempos de batalhas iminentes para a concretização dos Planos de Deus, para muitos, a maior batalha segue sendo consigo mesmos.

Filhos, um soldado pode haver sido convocado para a guerra pela necessidade dos tempos e pode querer viver o treinamento, mas não a batalha. Porém, quando já está no campo, com a batalha em ato, não pode se dar o luxo de seguir com as suas resistências: ele deve lutar e vencer o medo.

Como humanidade, vocês já estão travando uma batalha que se manifesta em diferentes níveis: internamente, mentalmente, emocionalmente, espiritualmente e até fisicamente para muitos.

Essa luta não tem regras. O adversário não espera que vocês estejam prontos para atacar. Ele conhece todas as suas debilidades e sabe como jogar no tabuleiro da consciência humana. Mas ele não conhece tudo sobre a humanidade, porque o verdadeiro resultado desse projeto é um mistério para toda a Criação, até mesmo para os Pais Criadores que auxiliaram o Senhor na concepção humana. Por isso, não lhes resta outra opção senão render-se humildemente diante de Deus e seguir os Seus Passos.

As missões humanitárias estão gerando muitas possibilidades de salvação e resgate para as almas e estão retirando do abismo aquelas consciências que já se haviam dado por vencidas nas mãos do adversário. A oposição a este Plano não pode apenas observar o triunfo dos corações abnegados e o despertar das consciências para o mistério do serviço. É por isso que o adversário trata de jogar com todas as suas peças, ativando no interior dos servidores aquelas energias humanas e capitais em vias de purificação, como forma de desestabilizar internamente o exército de Deus ou mesmo abrir determinadas rupturas na fortaleza interna das consciências.

É por este motivo que lhes pedimos para fortalecer a paz interior, a unidade uns com os outros e a fortaleza na oração, porque o adversário tanto fará crescer as impurezas internas de cada um que muitos não irão querer estar juntos. Compreendam o que acontece, não julguem, auxiliem o próximo e tenham essas situações como oportunidades de fortalecer a unidade.

Tanto diante desta última etapa da missão no Oriente Médio quanto da possibilidade de novas missões em auxílio dos povos originários, a fúria do inimigo se faz sentir. Fixem-se na eterna Luz de Deus e sejam firmes.

Leiam e releiam as instruções dos Mensageiros Divinos, como forma de que elas se estabeleçam nas suas consciências e estas possam dar os seus passos.

Aquele que os ama,

São José Castíssimo

fev

14

Domingo, 14 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filhos,

Sei que, para muitos, a purificação interior que vivem parece infindável. E, de pensarem que estão apenas no início de tudo, às vezes, vocês sentem que não poderão perseverar até o final. Mas é hora de enfrentar o próprio lodo, ver com os olhos bem abertos que ele existe e encaminhar-se à limpeza interna, que todos terão de fazer.

Sua Mãe Santíssima, a Virgem Maria, os está colocando diante do que vocês devem transformar não apenas como indivíduos, mas também como humanidade. Ela está fazendo isso como forma de acelerar a autopurificação de todos, porque já não poderemos deter a purificação planetária e, para este momento, vocês deverão estar prontos e um pouco mais vazios de si.

Não se desesperem, não percam a paz. Apenas observem o que há para ser transformado e, por mais que isso lhes cause incômodo e, às vezes, dor, sejam os mais neutros possíveis diante dessas situações. Se aprenderem a manter a paz consigo mesmos, vocês terão mais possibilidades de se manter em equilíbrio psíquico e emocional nos tempos que virão.

O desespero e a tristeza, assim como a indignação, não construirão a fortaleza de que vocês necessitam. Esses sentimentos, que surgem naturalmente na consciência humana, quando ela está diante de uma situação que escapa do seu controle, devem ser substituídos pelo sentimento de paz, de neutralidade e de compreensão. Se não for assim, o adversário se valerá das fraquezas de seus corações para tornar caótica e incontrolável uma situação que poderia ser simples, se fosse vista com mais sabedoria.

Cuidem para não se deixarem levar pelas emoções descontroladas. Mantenham-se em Deus, sabendo que Ele os sustentará, porque – apesar de tantas misérias e imperfeições – seus espíritos estão neste caminho porque já elegeram viver o amor.

Não é que vocês serão negligentes ou indiferentes com a própria purificação. Há um limite entre a neutralidade e a indiferença. A neutralidade é um atributo divino, um Raio do Criador, que os leva a viver a Sua Vontade com retidão e sabedoria. Já a indiferença é uma força terrena que afasta as consciências do verdadeiro propósito e as isola da realidade.

A oração e a auto-observação serão chaves importantes para os que estão em tempos difíceis de purificação. Orem muito e meditem sobre a realidade planetária. Recoloquem-se todos os dias no lugar correto, para que possam transpor com paz os obstáculos próprios destes tempos.

O esforço será contínuo; por isso, vocês devem seguir com paz e atenção, para não desistirem antes do tempo. Parecerá a vocês que o sacrifício se fará eterno, mas eterna mesmo será a Vitória de Deus, pelo Seu triunfo no coração humano.

Adiante.

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

fev

13

Sábado, 13 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Faz de teu coração um templo de humildade

Silencia quando quiseres te sobressair.

Obedece quando não concordares com as instruções.

Anima-te no crescimento e no desenvolvimento do próximo.

Alegra-te ao ver que alguém consegue viver o que tu tanto tentas e ainda não alcançaste.

Ajuda sem cobrar reconhecimentos, nem mesmo mentalmente.

Faz o que ninguém quis fazer, sem que tenhas a necessidade de que todos saibam que tu o fizeste.

Deixa-te ser corrigido para chegares à perfeição. Se não concordas com a correção, vive-a assim mesmo, em nome da virtude da humildade.

Não tenhas metas próprias. Deixa que Deus mesmo te conduza à meta divina dEle para ti; assim, não correrás o risco de desejar algo que não te corresponde viver.

Preza por obedecer à Hierarquia, não repetindo com tua boca as pautas entregues, para que escutem os demais. Apenas na vivência se irradia o exemplo de que todos necessitam para encontrar o caminho.

Se te consideras tão conhecedor das leis, então apenas vive-as e nada mais.

Nunca percas a alegria da humildade e a liberdade de ser humilde e de não sofrer porque tal ou qual coisa não se cumpre como tu esperas.

Vive na alegria da obediência, na Graça de não ter a tensão de querer seguir outro caminho diferente daquele que estão ditando para ti.

Deixa para os outros a amargura de remar contra a corrente da obediência. Segue tu com alegria as instruções que te entregam.

Sê livre de ti mesmo.

Na busca da humildade, encontrarás todas as virtudes que aspiras a viver e, em tua aparente fraqueza e pequenez, serás a fortaleza dos orgulhosos e dos arrogantes, quando as fortes estruturas deles ruírem na purificação do planeta e eles não tiverem onde apoiar as próprias consciências.

Não te encontrarão os demônios deste mundo, pois te farás invisível em tua pequenez.

Graça inestimável é ser nada todos os dias.

Teu Pai e Instrutor,

São José Castíssimo

fev

12

Sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Queridos companheiros de Meu Casto Coração,

Hoje lhes pedirei a realização de um exercício espiritual que Meu Coração realizava há mais de dois mil anos atrás, quando esteve encarnado neste mundo. Eu lhes pedirei que meditem nas Chagas de Deus que se manifestam na vida planetária e que, desta forma, reconheçam que todo sofrimento, ultraje e abandono que vivem as criaturas de Deus nesta Terra são padecimentos do próprio Coração do Pai, que devem ser aliviados por suas orações e pela transformação sincera e consciente de suas vidas.

É por isso que lhes transmitirei hoje o Orândio das Chagas de Deus no Mundo.

Conta de união:

Senhor,
       para reconhecer Tua Presença em tudo o que criaste
       e aliviar o sofrimento que vives neste mundo,
       pedimos Tua Misericórdia,
       clamamos por Teu Perdão,
       invocamos Teu Sagrado Raio de Restauração.
       Amém

Primeira dezena:

Pelo sofrimento de Deus,
       no ultraje que vivem os Reinos e elementos da Natureza,
       Senhor, purifica o mundo inteiro
       com Tua Piedade e Misericórdia.

Segunda dezena:

Pela chaga aberta no Coração de Deus
       pelo abandono e pelo martírio das crianças,
       pela tortura, pela fome e pela dor que padecem os pequeninos,
       Senhor, envia-nos Tua Restauração Universal,
       dissipa e cura a ignorância dos homens.

Terceira dezena:

Pela chaga aberta no Coração de Deus
       pelas guerras e pelos conflitos do mundo,
       Senhor, envia Tua Paz aos corações dos homens
       e torna-nos Teus pacificadores.

Quarta dezena:

Pela chaga aberta no Coração de Deus
       pela descrença e pela falta de fé das criaturas da Terra,
       Senhor, revela-nos Tua Face
       e converte nossas vidas ao Teu Propósito Redentor.

Quinta dezena:

Pela chaga aberta no Coração de Deus
       pela separatividade existente entre Tuas criaturas,
       Senhor, ensina-nos a amar a unidade.

Sexta dezena:

Pela chaga aberta no Coração de Deus
       pela ignorância e pela indiferença dos homens
       para com a perfeição do Projeto Divino,
       Senhor, faz renascer no coração humano
       o amor pelo Universo Celestial.

Últimas sete contas:

Para restaurar Teu Coração, perdoa-nos, Senhor.
       Para reparar as nossas faltas, perdoa-nos, Senhor.
       Para dissipar a ignorância, desperta-nos, Senhor.
       Amém


       Na décima conta de cada dezena, repete-se: Amém


       Saibam que todos os males que veem diante de vocês neste mundo são chagas abertas no Coração de Deus. Não caberia neste orândio a citação de todas elas.

Enquanto orarem, meditem em tudo aquilo que deve ser reparado na consciência da humanidade, para assim aliviar o Coração do Criador.

Eu os amo e orarei com vocês todos os dias.

São José Castíssimo

fev

11

Quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Carta a todo aquele que se considera um servidor e um consagrado ao Plano de Deus

Filho,

Renuncia todos os dias ao poder, em nome daqueles que sacrificam os próximos e os assassinam brutalmente para impor as próprias ideias e necessidades.

Renuncia à tua ânsia de expor a todos a tua forma de pensar e sentir, tentando convencê-los, com as elucubrações da tua mente, a fazer aquilo que queres que seja feito. Segue o que te digo, em nome daqueles que não somente expõem doentiamente os próprios pensamentos, mas que obrigam os outros a viver segundo a sua forma de pensar.

Renuncia aos teus julgamentos, abdicando de encontrar no outro o que tu tens como princípios ideais da vida sobre a Terra, porque ainda pensas com uma mente humana, que – entre todas as criações existentes – é a mais densa e limitada. Abre-te a compreender o próximo – sua forma de ser, de sentir, de pensar –, por mais imperfeito que seja. Constrói o espírito da unidade em nome de todos aqueles que o destroem no mundo.

Vive a pureza, a castidade. Renuncia a seduzir os demais, até em pensamento. Faze-o como uma oferta pelos que se descontrolam nas energias capitais e abusam de mulheres e crianças no mundo inteiro. Tem como sedução tudo aquilo que induz alguém a fazer o que tu queres. Entrega teu magnetismo a Deus, para que só Ele atraia as almas para si.

Desapega-te dos acúmulos, doa o que te sobra. Sê rigoroso com o que prendes em tua vida material. Oferece este ato em nome de todos os que estão miseráveis, padecendo as verdadeiras carências, que transcendem a matéria e fazem perecer o espírito.

Sê mais silencioso e humilde, obediente e até resignado. Observa o mundo ao teu redor e sente, dentro de ti, que muito mais importante é fazer um esforço para equilibrar o planeta do que te deixares vencer por tua necessidade de chamar a atenção permanentemente e alimentar os teus aspectos que se gratificam quando têm o poder sobre os demais e a energia de todos eles sobre ti.

Arranca de ti as raízes que levam a consciência planetária a se afundar no abismo deste mundo. Faze-te responsável pelo Plano de Deus e assume tua parte no dia a dia. A tua transformação consciente pode salvar muitas vidas.

O ato de compreender o próximo pode salvar um irmão teu a ponto de ser assassinado, por pensar de uma forma diferente daquela dos seus assassinos.

Teu esforço por atrair a pureza pode evitar o abuso de uma criança no mundo.

Teu silêncio e tua obediência podem evitar um confronto crescente entre nações e religiões.

Tuas orações podem mudar o destino da humanidade.

Estarei Eu errado, ao contemplar o planeta e encontrar a única solução no esforço consciente de uns poucos?

Confiarás nAqueles que conhecem e manejam Leis superiores?

Serão para ti tão reais estas palavras, que te levarão a uma mudança absoluta em tua vida?

Filho, Deus espera a tua resposta.

Este é um apelo dAquele que observa o mundo e não encontra outra esperança, senão no despertar daqueles que se dizem conscientes.

Converte tua vida em uma fonte de paz. Que tuas ações gerem méritos para a redenção planetária. Apenas o “sim” da humanidade pode mudar o destino desta raça decadente.

Aquele que te ama e, por isso, busca o teu despertar.

Teu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

fev

10

Quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filhos,

O mundo está se afogando na própria arrogância, no próprio orgulho e na própria vaidade humana. Os corações da maioria dos seres humanos não conhecem e não buscam a paz, a não ser para o benefício próprio.

Os martírios vividos por cristãos, muçulmanos e mesmo ateus, há tantos anos, na África e no Oriente Médio, não tocam as consciências dos seres e muitos preferem seguir as suas vidas, com conforto e garantia de condições financeiras, do que buscar a Deus e clamar ao Pai por Sua Misericórdia.

As guerras vieram crescendo e a humanidade não está percebendo o mal que se espalha pelo mundo inteiro, fruto das ações atrozes de seus irmãos, em várias partes do mundo.

Filhos, a indiferença é tão grave quanto essas atrocidades e o fato de que vocês estejam conscientes dessas realidades não só físicas, mas também espirituais, os compromete ainda mais com Deus e com Seu Plano.

Tanto lhes entregamos como Graças e conhecimento divino, tantas vezes os conduzimos em espírito e em essência ao Reino dos Céus, tantas vezes perdoamos os seus pecados, tudo isso para que tenham do que necessitam para se transformar e equilibrar conscientemente o desequilíbrio absoluto deste mundo.

Quisera aprofundar, com cada um, o caminho da própria consagração e, por isso, lhes direi as seguintes palavras.

Se vocês não conseguem viver a própria transformação e sua consagração ao Plano, coloquem suas consciências diante do que acontece no mundo, avaliem tudo o que receberam, as informações que já lhes foram entregues e, com isso, filhos, tentem compreender por que esperamos de vocês uma resposta diferente daquela do restante da humanidade.

No caso de seu grupo de trabalho, o fato de vocês não poderem viver virtudes básicas, como a caridade, a irmandade e a humildade – ainda que seja pouco –, se torna algo grave e que compromete sumamente a Obra de Deus, mas muitos se perguntam por quê. Isso acontece porque o mundo está afundando em trevas e não são muitos os que têm a oportunidade que vocês têm de estar diante de Deus.

Se vocês estudassem e vivessem todas as palavras que lhes entregamos ao longo dos últimos anos ou se, ao menos, pudessem tentar fazê-lo, a consciência humana estaria em outro ponto. Mas vocês não somente ignoram as Nossas instruções, como também são indiferentes a elas, e isso lhes coloca espiritualmente em uma grave dívida para com Deus.

Sei que não são todos os que reagem dessa forma, mas muitos dos que têm um maior compromisso com o Plano não dão os passos de que necessitam, pela própria indiferença diante da instrução que receberam e pela falta de interesse em sair do ponto que se encontram, para tentar levar a humanidade, como um todo, à vivência da redenção.

Filhos, se vocês se recordassem, por um instante, dos que estão padecendo as perseguições, os sequestros e as torturas; dos que emigram de suas casas e padecem a miséria e o abandono, em nações desconhecidas para eles, vocês ao menos tentariam, todos os dias, ser um pouco mais agradecidos por tudo o que têm; tentariam construir um espírito de maior fraternidade.

Se compreendessem que as guerras sociais, políticas e religiosas acontecem porque o homem tenta, o tempo todo, impor os seus pensamentos e pareceres, vocês seriam humildes e obedientes e teriam outro incentivo para dissolver a própria ânsia pelo poder, que é dissolver a raiz das guerras e dos conflitos do mundo.

Quando Eu fui enviado ao mundo para guiá-los em coisas tão básicas e simples, não foi apenas para que um grupo de pessoas pudesse viver a própria transformação, isolado do restante da humanidade. Cada palavra que lhes entreguei, por mais básica, humana e, às vezes, material que pareça, tem um propósito espiritual e divino, tem uma finalidade de repercutir em toda a consciência humana. Mas enquanto vocês forem indiferentes a essas instruções e pensarem que são apenas para vocês mesmos e que não fará diferença a transformação de um ser humano, entre os mais de sete bilhões existentes, inútil será que lhes fale uma e outra vez.

Como seu Pai, Amigo e Instrutor, Me cabe dizer-lhes a verdade, na eterna esperança de que alguma destas palavras, pronunciadas em um dos 365 dias que lhes falarei, toque suas consciências e não lhes permita ser os mesmos.

Aquele que os ama e os guia,

São José Castíssimo

fev

09

Terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Abre-te para o maior serviço que se encontra escondido nos atos de caridade que aspiras a viver dia a dia. Abre-te, filho, para a vivência do amor absoluto, profundo e incondicional, amor que não tem preferências, amor que não se direciona a um objetivo específico, porque simplesmente vive e se expressa no coração.

Ama tanto os pobres quanto os ricos. Compreende as misérias alheias como se fossem tuas próprias e, a partir da tua compreensão, encontra a forma de ajudar na transformação da consciência planetária.

Vê os fatos de um ponto de vista espiritualmente mais maduro. Encara as situações difíceis que se apresentam com a neutralidade de que elas necessitam, para que encontres, dessa forma, uma saída dos abismos da Terra, assim como também do teu próprio mundo interior.

Aprende a não te envolveres emocionalmente com as dificuldades, porque – se assim o fizeres – abrirás uma brecha em tua consciência, para que a confusão emocional do inconsciente planetário cegue o teu coração e não te permita atrair a sabedoria de que Deus necessita que vivas neste tempo, assim como nos tempos que virão.

Com as pequenas dificuldades, aprende a construir a fortaleza que enfrentará a verdadeira prova da vida na Terra – que ainda não é essa que vives atualmente.

Estás sendo forjado, com a própria purificação, para suportar um dia a purificação do planeta e auxiliar aqueles que pouco conseguirão manter-se em equilíbrio mental, emocional e espiritual.

Diante das provas, reconhece as dificuldades, reconhece a própria necessidade de transformação. Silencia, ora, medita e busca, em teu próprio espírito, a conexão com Deus, para que Ele, que te criou, possa te conduzir ao princípio perfeito que tem para ti e do qual te desviaste há tanto tempo.

Se, como parte da criação humana, te dispões a endireitar os teus caminhos e reconduzir tua vida na direção correta, rumo à manifestação do Propósito de Deus para ti, pouco a pouco ajudarás a consciência humana como um todo a encontrar a Verdade.

Quando uma criança encontra alguma dificuldade, ela chora, bate os pés e, às vezes, deita no chão, sem saber o que fazer. Mas um adulto reflete, busca discernir, até encontrar a melhor solução e, se não puder resolver sozinho, procura o auxílio daqueles que têm mais experiência do que ele. É assim que Deus te chama ao amadurecimento da tua consciência, para que possas estar diante da atual provação da humanidade como um adulto, um soldado, um discípulo, um apóstolo de Cristo, e não como uma criança.

Não te verás livre das dificuldades e, cedo ou tarde, viverás a tua própria purificação: tu enfrentarás aqueles aspectos de teu ser que necessitam se definir, para que tua consciência, como um todo, seja direcionada ao lugar que lhe corresponde, segundo as suas eleições. Esse mesmo processo viverá o planeta em um tempo futuro: cada consciência que nele habita representa um aspecto seu que deverá viver a própria definição, para que, a partir desta resposta, a consciência planetária seja encaminhada da forma que necessita.

Assim como tu deves ser purificado por correntes superiores que revolucionam o teu mundo interior, o planeta também será purificado por forças naturais e cósmicas, que o levarão à própria transformação.

Tanto em teu processo pessoal quanto no planetário, deverás estar neutro e caminhar decidido e com valentia para o Propósito Divino, que já conheces. Mantém-te na Lei do Amor e não resistas. Busca ver em tudo a necessidade do cumprimento de um Propósito Maior e prontamente encontrarás, dentro de ti, a fortaleza de que necessitas.

Apenas se torna forte aquele que renuncia à própria força. Apenas se renova em Cristo aquele que se deixa quebrar por inteiro.

O Senhor Altíssimo decidiu recomeçar a vida planetária, mas – antes disso – tu deverás recomeçar espiritualmente e internamente, para que faças parte da reconstrução espiritual da Terra.

Aquele que te guia neste e em todos os tempos,

São José Castíssimo

fev

08

Segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Que o Senhor tome os teus olhos e coloque sobre eles os Seus Olhos de Misericórdia.

Que o Senhor, Deus Pai de Infinita Bondade, tome as tuas mãos e coloque sobre elas as Suas Mãos de Misericórdia.

Que o Senhor, teu Caminho e tua Vida, tome os teus pés e coloque sobre eles os Seus Pés de Misericórdia, para que andes sobre as Suas Pegadas Divinas.

Que o Senhor, Manifestador do Verbo que traz a Vida, tome a tua boca e coloque sobre ela a Sua Boca Sagrada, Fonte Poderosa de Misericórdia.

Que o Senhor, Pai-Mãe Criador dos universos, tome a tua mente e coloque sobre ela a Sua Mente Divina, da qual não provêm elucubrações e pensamentos, mas sim a Fonte da Divina Misericórdia.

Que o Senhor, manifestador desta raça, que tantas vezes deixou de ver os teus pecados, tome a tua arrogância e coloque, no lugar dela, a pura gratidão, que atrai ao mundo a Infinita Misericórdia.

Que o Senhor, Deus do Amor e da Verdade, tome o teu coração e coloque sobre ele o Seu Coração Piedoso, para que saibas não apenas sentir, mas também amar e viver a misericórdia.

Que o Senhor, Oleiro Milagroso dos Universos Celestiais, tome o teu barro, já tão gasto pela existência na Terra, quebre-o e volte a moldá-lo.

Deixa-te quebrar e amolecer nas Mãos de Deus. Volta a ser barro novo, pronto para novas criações. Que, assim, o Senhor faça de ti um cálice vazio, para derramar a Sua Misericórdia.

Foste chamado desde o princípio para renascer em espírito, em alma, em matéria e em consciência, para que o poço infindável de tuas misérias se convertesse em uma Fonte de Misericórdia tanto para este planeta quanto para todo o Universo. Isso é possível pela magnitude da Ação Divina nos corações que se permitem ser transformados por Deus.

O Senhor te chama a ser um milagre vivo, um instrumento Seu no mundo. Deixa-te pertencer a Ele não só com palavras, mas com ações, com verdade.

Não temas ser outro, porque o milagre transfigurador de Deus necessita ser absoluto em tua vida. Para isso foste chamado.

Abre-te à Alquimia Divina da transformação espiritual em Cristo.

Aquele que ora por ti, dia e noite,

São José Castíssimo

fev

07

Domingo, 7 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Por mais que vocês já não possam deter as influências do mundo atual na consciência dos povos originários, fixem sua atenção e o propósito destes últimos momentos da missão na intenção de reacender espiritualmente os códigos originais desses irmãos, aquele princípio primeiro, emanado por Deus, ao manifestar esses povos na Terra.

Que o fato de que vocês tenham ido servir com a pura intenção de compartilhar em fraternidade, de auxiliar, de amar, sem impor uma cultura, uma religião ou uma linha de pensamento, coloque na consciência da humanidade um impulso de respeito e de paz para com as diferentes expressões humanas da Terra.

Muito ainda deverá ser feito por seus irmãos originários, sempre no espírito do simples compartilhar, respeitando a sua forma de se expressar e de viver e sendo conscientes da necessidade que a vida planetária tem de que estes povos se mantenham em sua pureza e em sua simplicidade, para que ajudem assim na elevação da Terra.

Que o exemplo deste serviço abnegado deixe impressa, na consciência da Argentina, a forma de servir e de se unir à consciência indígena.

Quisera que este impulso não se detivesse aqui e que outros povos possam ser ajudados pelos grupos de serviço e de oração, sobretudo da Argentina, a se manterem fiéis ao que representam como parte da Criação de Deus.

Que a Fraternidade–Federação Humanitária Internacional possa ampliar os seus braços serviçais pelas diferentes culturas do planeta e que, assim, cresça no atributo que leva em seu nome.

Todos devem se sentir parte desta fraternidade humanitária e que, assim, façam de cada ato de suas vidas um ato de fraternidade. Que cada dia traga, em si, a oportunidade de uma ação humanitária de auxílio ao próximo e também aos Reinos da Natureza.

Com o espírito missionário impresso em suas consciências, sejam missionários em todos os segundos de suas vidas e reconheçam que vocês vieram ao mundo para cumprir uma missão superior: a missão de aprender a amar e de multiplicar o amor na face da Terra e em tudo o que existe.

Eu os amo e os acompanharei em seus próximos passos.

São José Castíssimo

fev

06

Sábado, 6 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Sente o silêncio irradiado por teus irmãos da consciência indígena e descobre nele o mistério dos mundos sublimes.

Compreende que é o espírito da paz, que vive nos povos originários, o que lhes permitiu, ao longo da trajetória da Terra, cruzar as dimensões e conhecer a vida do espírito, tornando-os guardiões desta realidade.

Mas não apenas contempla com alegria o que eles emanam, não apenas admires o que vês e sentes: aspira a aprender com eles, aspira a ser um guardião deste arquétipo que eles trazem ao mundo.

Não queiras levar os teus costumes para um povo com o qual apenas deves aprender. Assim como eles silenciam e te observam, faze o mesmo.

Comunga da fraternidade silenciosa e do amor silencioso dos povos originários. Permite que o teu serviço seja uma porta para um aprendizado mutuo, em irmandade.

Coloca isso em tuas intenções enquanto serves e levarás desta experiência um rico aprendizado, que aportarás não somente para a tua própria transformação, mas também para o desenvolvimento de toda a humanidade.

Teu Pai e Companheiro no serviço e na oração,

São José Castíssimo

fev

05

Sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Oferece tua alegria pelos que vivem na tristeza.

Oferece tua fé pelos que estão na desesperança.

Oferece teu amor pelos que vivem no temor.

Oferece tua paz pelos que vivem sem consolo, entre guerras e conflitos permanentes.

Oferece a tua casa pelos que não têm um teto seguro sob o qual estar.

Oferece o alimento que recebes todos os dias pelos que vivem na incerteza de se terão algo para comer ou não.

Oferece as tuas orações pelos que não oram, não creem em Deus ou que oram a um falso Deus e alimentam o reinado das trevas com a sua ignorância.

Faz da tua própria vida uma constante oferenda aos pés do Altar Celestial. Vive pleno, na gratidão absoluta por tudo o que recebes, porque – apesar de qualquer carência
ou dificuldade – tens o maior tesouro deste mundo e de todos os outros: reconheces a presença do Criador em tua pequena essência.

Filho, tão grande é o desequilíbrio deste planeta e tão abismal é a ignorância humana que deves fazer, de tua vida, um ato perpétuo de oração, de serviço abnegado e de entrega, para equilibrar o mal que a humanidade gera para si mesma e para os Reinos da Natureza. É preciso mais do que algumas poucas orações ou mesmo alguns dias de serviço.

As missões de que hoje participas, como parte deste grupo, estão abrindo uma porta na consciência humana para que ela alcance maiores possibilidades de doação e de entrega.

Não fiques apenas com o ato de servir. Não vejas essas missões como todas as outras já vividas, mas sim abre-te ao extraordinário que elas oferecem para a consciência da humanidade e serve-te deste impulso para nunca mais seres o mesmo.

É um mistério para ti como se movem as Leis do Espírito. Muitas vezes, pensarás que não há nada de diferente nos fatos materiais entre as missões passadas e as presentes, mas Eu te falo de uma transformação na consciência, pois é ali onde a mudança se consolida e se torna verdadeira.

Se crês que Eu falo por meio destas palavras, então busca, em teu profundo, compreender o que te digo e lança-te a um descobrimento da graça do servir abnegado em cada instante, da graça de se converter em um verdadeiro ser orante, permanente, constante, incansável.

Põe tua atenção no próprio coração, vê o mundo através da janela do teu peito. Não temas ser ingênuo, porque não é de ingenuidade que te falo: te dou a conhecer a Sabedoria e a Lei Primeira deste mundo, que é o Amor.

Reflete sobre esta verdade e toma, tu mesmo, a decisão do caminho que seguirá tua vida. Podemos impulsionar-te, mas não caminhar por ti. Podemos mostrar-te o caminho, mas não prever os resultados.

A persistência e o ritmo no caminhar do peregrino ditam o momento e a forma de chegar à meta.

Eu te amo sempre.

Teu Pai e Instrutor, teu Companheiro nesta Caminhada Evolutiva,

São José Castíssimo

fev

04

Quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filhos,

Que esta próxima maratona seja, para o planeta, uma oportunidade única de liberação, antes que o Armagedom se precipite com toda a sua força sobre a consciência planetária.

Nestes próximos dias, nos uniremos a todos os orantes da Terra, para que do Centro Mariano de Aurora se abra uma porta de liberação, de salvação e de resgate para as almas mais pecadoras e sofredoras deste mundo.

Nos dias de maratona, nos uniremos às coordenadas libertadoras de Aurora, em conexão com o Chaco e com o Oriente Médio, com a intenção de enviar um grande impulso para o planeta e, assim, desarmar os planos do adversário de Deus, de converter este mundo em uma terra de trevas e o potencial de amor do coração humano em um potencial de ódio e de rancor, que destrói a essência dos homens.

Filhos, os seres humanos são parte de uma criação única de Deus, ainda muito misteriosa para vocês mesmos, como também para o universo. O seu verdadeiro potencial não se manifestou em outro homem, senão nAquele que veio ao mundo para demonstrar-lhes o caminho do desenvolvimento humano, a capacidade de amar e de se unir a Deus e o amor que transcende as leis da matéria e que, inclusive, vence aquela lei que, para muitos, é a única certeza da vida na Terra, que é a morte.

Se muitos creem que a única certeza que têm é a de que um dia morrerão, vocês percebem a ignorância e a distância que o coração humano está da verdade?

Se vocês tiveram, diante de seus olhos, o exemplo dAquele que venceu a morte graças ao profundo Amor de Seu Coração, a única certeza de vocês deveria ser a de que nada sabem sobre si mesmos e, por isso, deveriam caminhar ávidos para o desenvolvimento do amor.

Vocês não têm ao menos curiosidade do que poderiam realmente viver e expressar se saíssem da sua própria pequenez para lançar-se à vivência do amor absoluto?

É para demonstrar-lhes um pouco o seu potencial de amor que lhes enviamos em missão para lugares esquecidos do mundo e que lhes pedimos que soltem o que estão fazendo para responder a um chamado orante, que dita a verdadeira necessidade planetária. Porque, nestes momentos, vocês experimentam minimamente o que é o amor, porque renunciam às próprias prioridades para reconhecer a necessidade do planeta.

Espero que, nos próximos dias, vocês façam o exercício do esquecimento de si. Busquem todo o tempo suprir as necessidades que se apresentam tanto no próximo quanto nas coisas materiais. Não esperem que outros façam, por vocês, uma obra que está ao alcance de suas mãos e, além de orarem em união com os missionários, também vivam o espírito do serviço abnegado e experimentem, por um instante, a fraternidade e o amor. Experiência esta que, se for vivida com plenitude, ficará gravada em suas consciências por toda a Eternidade, de maneira que vocês já não poderão viver da mesma forma, imersos no próprio egoísmo. O amor é a razão da existência humana e, quando o experimentam de uma forma verdadeira, não podem ser mais os mesmos.

Lancem-se nesta simples aventura de autodescobrimento e, por uns dias, permitam-se sair de si mesmos. Deixem que em seus rostos corra o suor do sacrifício por amor ao Plano de Deus. Deixem que de seus corações emerja o mais sincero pedido de misericórdia e que de suas bocas saia um verbo que se converta em vida, em liberação, em redenção e em salvação para a consciência planetária.

Que, do Céu, o Senhor contemple os pontos de luz que se expandem na Terra e que em Seu Coração haja uma nova esperança de cumprir com Seu Projeto de Amor.

Seu Pai e Companheiro, Orante e Servidor de todos os tempos,

São José Castíssimo

fev

03

Quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÓNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM ENTRE A PROVÍNCIA DE CÓRDOBA, ARGENTINA E PAYSANDU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Enquanto o inimigo de Deus semeia a discórdia entre as nações, entre as religiões e entre as diferentes culturas deste mundo, Eu os chamo a prezar pelo amor e pela unidade entre os seres.

Filhos, os planos do inimigo não se ocultam perante os olhos do Pai e o Senhor nada mais pode fazer, senão advertir os Seus filhos de que estão sendo semeados na consciência humana o medo, a discórdia, a ira, a descrença, a desesperança e o desamor.

O adversário do Senhor busca, todos os dias, destruir o espírito da fé nos corações dos homens. Ele está tentando confrontar as diferentes religiões do mundo, como forma de que todas as vias de união com Deus sejam derrubadas por sua astúcia. Assim também o faz com as nações e com as culturas, incentivando os confrontos entre os corações, para impedir que os seres humanos possam desenvolver o princípio da unidade.

Mas o que o adversário de Deus ignora é que sua astúcia em nada se assemelha ao Amor de Deus e que sua força jamais poderá se comparar com o Poder que provém do Criador. Essa certeza deve voltar a reinar no coração humano, certeza de que Deus tem poder para vencer qualquer mal, qualquer escuridão, quaisquer trevas.

Que cada criatura se una ao Senhor assim como O compreende; que não perca a fé em Sua Misericórdia e, mesmo estando diante da Justiça, que possa ter forças para gerar méritos para equilibrar as próprias dívidas.

Digo-lhes isso porque quero que compreendam que uma missão que une culturas e religiões, pelo único propósito de fortalecer a fraternidade entre os seres, tem um valor incalculável no Reino dos Céus. Por isso, peço aos missionários do Meu Casto Coração – que com valentia aceitaram as missões encomendadas por Deus – que sejam capazes de transcender suas próprias limitações e sua própria necessidade de cura para curar, na consciência humana, o mal que se apodera de seu coração.

Peço-lhes que sirvam abnegadamente todo o tempo, que reconheçam a oportunidade de transcendência que Deus lhes propõe a cada instante, porque enquanto os seus braços trabalham na matéria, os Nossos trabalham no espírito.

Sei que muitos sentirão um cansaço, não apenas físico, mas também espiritual, porque tanto no Chaco quanto no Oriente Médio, Deus aspira a compartilhar a dor de Seu Coração com todos os que se dispuserem a estar com Ele e por Ele diante do sofrimento humano.

Apenas lhes digo que confiem em Nossa guia, em Nossa Graça, que os lava e os renova em cada novo dia, para que estejam diante dessas missões com amor e gratidão, com humildade e fé.

Cada vez que vocês transcendem um aspecto de resistência e que se abrem para viver a Graça de Deus, Nós abrimos um pouco mais as portas do Céu para a salvação e o resgate das almas, porque – pelos méritos gerados no esforço de todos – o Criador Nos concede este ato de misericórdia.

Doem tudo de si pelos que se sentem incapazes de dar mais um passo em direção a Deus. Transformem-se pelos que sequer têm a valentia de persistir em uma digna sobrevivência.

Nunca se esqueçam de que o mesmo Deus que os criou em perfeição hoje habita o interior dos que vocês têm diante de si. Será pouco todo o esforço e o trabalho que vocês fizerem para devolver ao Senhor a Sua possibilidade de manifestar-se em Glória nos corações dos homens. Pois muitos são os que desconhecem e até negam o Deus que há em suas essências.

Prezem pela unidade, prezem pelo amor, prezem para que cada um encontre a união com Deus, assim como O conhece, e que se mantenham na pureza de sua fé, alcançando a vivência do amor onde quer que estejam.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

fev

02

Terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DO ESPÍRITO SANTO, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filho,

Descobre no serviço o enobrecimento da alma e do espírito, o nascimento do amor universal, porque é apenas quando a necessidade do próximo transcende as tuas que podes compreender um pouco a essência do verdadeiro amor, que vieste aprender neste mundo.

Compreende que, quando serves, não é apenas o ato do serviço o que libera as almas dos infernos deste mundo. São o amor e a caridade fraterna que imprimes em teus atos, e a sinceridade, com a qual transcendes os teus medos e tuas limitações, para fazer algo que jamais pensaste fazer, o que realmente une as tuas mãos com as Mãos do Criador e torna sagrado o teu serviço.

Vai, sim, ao encontro dos mais pobres, vai longe, buscando nos abismos os que necessitam de tua união com Deus. Vai aonde os desamparados não conhecem a esperança, aonde os enfermos não conhecem a fé, aonde os famintos não conhecem a misericórdia, aonde os pobres não conhecem a riqueza que é viver pleno no Espírito de Deus. E imprime todos esses atributos no silêncio de tua boca e nos atos sinceros de tuas mãos, no pulsar profundo de teu coração.

Coloca no serviço a esperança de que este mundo alcance a redenção, de que as almas reconheçam a unidade e o amor.

Não precisas predicar, porque as palavras, neste tempo, às vezes são muito imperfeitas. Opta por dar um exemplo de pacificação, de fraternidade, de entrega abnegada.

Não esperes jamais que sejam agradecidos pelo serviço que prestas. Não esperes retornos, não busques resultados. Coloca no solo a semente de uma árvore que talvez não verás crescer, mas confia que ela dará frutos para os famintos de um tempo futuro e fará sombra, para que os cansados de tanto andar encontrem nela um lugar de repouso.

Assim como acendes o teu coração no serviço aos mais pobres, acende-o também no serviço aos que tens ao lado. Muitas vezes, te preocupas com as almas que se perdem ao longe, mas não vês as que estão se perdendo por não encontrarem em ti um pouco de sustento, de apoio, de compaixão e de fraternidade.

Sei que queres sanar o mundo, reconstruir a Terra e não deixar que se afunde a barca da salvação para esta raça. Então, começa por tua própria casa, pelos Centros de Amor, por toda a vida ao teu redor, porque aquele que aprende a amar não ama de vez em quando ou só a alguns poucos – aos mais miseráveis.

O amor, filho, quando verdadeiramente habita o coração humano, contempla toda a Criação; contempla os semelhantes e também os Reinos da Natureza; contempla os pobres e os ricos por igual. Porque a maior carência é a carência de amor.

O amor não tem cultura, não tem religião, não tem um idioma, não tem uma etnia. O amor que se propõe viver neste mundo é o mesmo Amor do Coração de Deus. Por isso, vive nesse amor e sê esse amor a cada instante, com tudo e com todos, no silêncio de tuas ações, na solidão de teu coração, da mesma forma que entre as multidões. Assim, aprenderás o maior serviço que se vive neste mundo, que não é apenas a caridade, é a cristificação.

Teu Pai e Companheiro de sempre, Aquele que te conduz ao Coração de Cristo,

São José Castíssimo

fev

01

Segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE LOS COCOS, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Digno de glória e de louvor é o Senhor Altíssimo, que enviou ao mundo o Seu Filho, para redimir a humanidade! Que todas as criaturas vivam no Senhor agora e sempre!

Queridos companheiros de Meu Casto Coração, hoje abro seus olhos para uma realidade espiritual e planetária que muito feriu o Coração de Deus nos últimos séculos da existência da humanidade.

Com a missão para o Chaco, o Universo de Deus se viu diante da oportunidade de redenção para muitas situações no que refere à consciência indígena, aos povos originários do planeta. Porém, para que esta libertação não sobrecarregue uns poucos, se fazem necessárias a oração e a colaboração consciente de todos.

Os seus irmãos da consciência indígena padeceram, ao longo dos últimos séculos, as astúcias do inimigo de Deus, que se manifestou na vida planetária e material com o que vocês chamam de injustiças sociais. Essas injustiças, em verdade, são incentivos daquele que luta contra a expressão do Projeto Divino na Terra e que não somente busca dissipar a consciência indígena pelas carências e misérias que ela vive, mas também fazendo nascer, em seu coração, o rancor. Muitas vezes, esse rancor foi passando de uma geração para outra, até que muito poucos permaneceram em sua pureza e pacificação original. Foi dessa forma que os conflitos e as lutas por posses e recursos materiais levaram, aos infernos e purgatórios deste mundo, muitas almas que deveriam ser guardiãs de realidades sublimes do planeta.

Com esta missão humanitária para o Chaco, muitas dessas portas infernais se abriram para o resgate e a reabilitação destas almas não só da Argentina, mas de toda a América. Esse fato, filhos, os compromete como humanidade, já que a perda dessas almas foi causada também pelas ações humanas.

É por este motivo que lhes pedirei uma maior consciência e espírito orante, porque – por mais que sejam simples os atos realizados em Chaco, com a união e a adesão de todos – muitos males poderão ser equilibrados.

A urgência planetária os chama a atuar e multiplicar os seus esforços. Ainda há muito para ser liberado no planeta e, com essas duas missões atuais, a consciência de seu grupo está começando a compreender a verdadeira atuação do serviço, juntamente com a oração.

Se vocês vivem no espírito da unidade, muitos de seus irmãos que padecem nos submundos da consciência planetária poderão receber uma oportunidade de viver a redenção a tempo.

Não se esqueçam de dedicar um tempo para a união verdadeira e de coração com os missionários; assim, muitas outras portas se abrirão para a libertação do planeta.

Eu os amo e conto com suas orações e seus corações acesos, como uma porta para que a Misericórdia Divina desça à Terra.

Seu Pai e Amigo, Servidor e Missionário de Deus,

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos