Mensagens Anteriores

dez

31

Quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Oh, memorável dia, em que o Céu desce à Terra para glorificar a Misericórdia de Deus, expressa no Coração de Sua Santa Serva, a Virgem Maria.

Oh, dia de Graças, de júbilo e de louvor celestial, dia em que os corações recebem da Fonte Divina a piedade para converterem suas vidas e para encontrarem a salvação e a plenitude em Deus.

Dia de misericórdia será este, no qual o Senhor sintetizará as Graças derramadas pelo ventre da Criação, para que as almas recebam uma e outra vez os códigos que perderam no caminho.

Oh, dia de salvação e de regozijo no Espírito Santo, porque Aquela que concebe a Trindade em Seu ventre puríssimo voltará os Seus doces olhos para o mundo, para que esse Santo Espírito agora fecunde os corações e as consciências dos puros de intenção.

Hoje é o dia da Mãe da Divina Concepção da Trindade, dia escolhido por Deus para que, antes de que se encerre um ciclo e se inicie outro na vida planetária, as criaturas possam se renovar em Cristo e receber, dos Sagrados Corações, as Graças de que necessitam para perseverar.

Ditosos serão aqueles que reconhecerão a grandeza deste dia e que a difundirão no mundo, anunciando que a esperança ainda vive no coração humano.

Ditosos serão aqueles que acreditarão nas palavras de Deus e que receberão, de Suas Mãos Divinas, os tesouros celestiais para o cumprimento de Seus Planos.

Ditosos serão aqueles que consagrarão suas vidas e que renunciarão às mesquinharias e às futilidades do mundo para viver algo puro e verdadeiramente espiritual.

Ditosos serão aqueles que tomarão os impulsos entregues nestes dias de especial Graça e que os viverão em cada instante de suas vidas, porque estes serão chamados de multiplicadores da Graça divina.

Alegrem-se, regozijem-se e unam-se a Deus, em reparação dos pecados e das perdições das almas que se lançam voluntariamente nos abismos do mundo.

Que esta Terra seja libertada e, ao fim, encontre a paz e se funda ao Espírito de Deus, com a humanidade concebendo os dons do Altíssimo, porque hoje é o dia da Mãe da Divina Concepção da Trindade.

São José Castíssimo, Servo e Esposo fiel da Santa Virgem Maria

dez

30

Quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Entra no recinto do teu coração para compreender que, nestes tempos, a lei primeira é o amor; amar por sobre todas as imperfeições, defeitos, desavenças, orgulhos e vaidades.

A única ferramenta que te protegerá do mal, filho Meu, é o amor; amor ao próximo, amor aos reinos da natureza, amor ao Plano de Deus.

Se não abres teu coração para aprender a amar as coisas como são – e, assim, levá-las a que se transformem no que verdadeiramente devem ser –, tu te submergirás na incompreensão, na arrogância e na competição permanente.

Tens diante de ti duas mãos que se estendem para que escolhas um caminho a seguir. Não há outras opções: uma é a mão de Deus; e a outra, a mão do caos. Muitos já escolheram a mão do caos e hoje se encontram em meio a uma batalha trevosa sem regras; mas tu, filho, tens diante de ti a opção consciente de transcender as trevas em teu interior pelo triunfo do amor em teu coração. É por isso que te chamo a pedir perdão, a vencer o teu orgulho e descobrir a Graça que é ser humilde e cumprir com os desígnios do Criador.

Eu te peço que te reconcilies com o próximo, em oferta ao Oriente Médio*, mas também com teu próprio coração, que em sua imaturidade e ignorância não aprendeu a amar.

Eu te peço essas coisas, filho Meu, porque já não terás tanto tempo para plantar sementes no canteiro de tua existência e da vida humana como um todo. Logo chegará o tempo em que apenas colherás aquilo que plantaste e comerás dos frutos das árvores que cresceram em teu jardim.

Quando te digo que peças perdão e registres o que fizeste, é para que te aprofundes em teu exercício de humildade e reveles a todos as tuas imperfeições, para que dês o exemplo à humanidade de como é simples dar um passo em direção ao amor.

Hoje te digo, filho, que não te pedirei apenas isso. Pedirei também que não apenas realizes um ato de perdão, se todos os dias vives longe da fraternidade. Esse teu ato de perdoar deve ser permanente, constante e eterno, porque quanto mais se aproxima o Armagedom do planeta, mais terás de perdoar o que acontece dentro e fora de ti.

Por isso, necessito de que sigas perdoando, de que sigas dando exemplos de amor e de perdão para a humanidade, para que esses exemplos cheguem a todos aqueles de teus irmãos que precisam de uma inspiração para dar os seus passos. Mas não sejas somente um exemplo registrado em um vídeo nas redes sociais: sê tu, filho Meu, um exemplo diário, permanente, que te deixa humilhar a ti mesmo e pedir perdão cada vez que teu coração se separa do Deus que habita em teus irmãos.

Não temas fazer o que peço, porque – quando passar um tempo e já não puderes fazê-lo – não bastará arrepender-se por não tê-lo feito.

Deixo, em teu coração, Minha bênção e Meu impulso para que sigas adiante.

São José Castíssimo
 

*São José se refere à campanha “Semeando o Amor na Humanidade”.

dez

29

Terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Ama o teu próximo sem limites, como se Deus mesmo se multiplicasse em cada um de teus irmãos e te chamasse a servi-Lo e a acompanhá-Lo em Seu desenvolvimento dentro dos seres.

Ama o teu próximo sem limites, para que teu amor fecunde nos corações de teus irmãos a semente da esperança de um dia viverem plenamente a fraternidade e a unidade entre todos.

Ama o teu próximo sem limites e, ainda que tuas obras, às vezes, não possam chegar a todas as criaturas da Terra tão diretamente, ama assim mesmo e, em teu espírito, deixa que o amor permeie todos os seres como o faz o Senhor teu Deus e teu Pai, que te chama a seguir os Seus passos.

Ama o teu próximo sem limites, com um amor verdadeiro, espiritual, maduro, simples, serviçal e fraterno, porque dessa forma Deus mesmo poderá amar por intermédio de ti.

Ama o teu próximo sem limites e doa tudo de ti para a concretização do Propósito Divino nos demais e no planeta como um todo.

Ama o teu próximo sem limites. Ora pelo mundo. Clama de joelhos pelos que perdem a fé. Sente em teu peito a dor dos que vivem sem esperança e leva aos pés do Criador a tua súplica de uma forma tão verdadeira como se fosse tua a desesperança de teus irmãos.

Ama o teu próximo sem limites e aprende a ajudá-los como Deus espera e não como tu queres. Ama com o Coração do Pai dentro do teu coração e tu por inteiro dentro dEle. Assim, saberás amar mais além das emoções e servir mais além dos impulsos do ego humano.

Amarás simplesmente porque o amor vive em ti e não te gratificarás por viver o amor, porque o amor é em ti e, de forma natural, te leva à doação de ti mesmo.

De que valerá o amor senão para ser doado?

Ama o teu próximo sem limites, com orações, com silêncio, com serviço, com compreensão, com acolhimento, com um sorriso, com uma correção, com uma advertência, com um abraço, com o cuidado ou com o distanciamento, se ele for necessário. Ama como cada um necessita ser amado e não como tu necessitas amar.

Ama e entrega ao outro o teu amor, ainda que para ti a forma de fazê-lo te cause dor.

Aprende a doar, a ser e a viver na lei do amor, que é a lei desta Terra, é o princípio e o fim da existência humana.

Eu te acompanharei e te amarei sempre, para que te sirvas do Meu exemplo para amar ainda mais o próximo sem limites.

Teu Pai e Companheiro, São José Castíssimo

dez

28

Segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Em tempos de batalha para a mente, para o corpo e para o espírito, mantém o teu coração em paz.

Aferra-te ao propósito destes tempos e não tanto às tribulações que perturbam teu ser, dentro e fora de ti.

Se não consegues orar, então simplesmente une o teu coração a Deus e pede o Seu auxílio. Como soldado de Seu exército de amor, o Senhor jamais te negará a devida ajuda.

Porém, pouco a pouco conversa com os teus corpos, com a vida que habita em tua consciência e que se expressa de diferentes formas, porque os tempos são outros e a própria densidade da atmosfera planetária buscará de ti o espírito da permanente transcendência.

Só não te rendas. Sê um pouco mais valente e decidido a vencer a ti mesmo e as energias que circundam tua consciência, porque dentro de ti e fora de ti existirão resistências para não permitir que sejas um triunfo de Cristo no mundo.

Não permitas que tua consciência seja instrumento da desunião. Preza sempre pela unidade, tua com Deus e com teus irmãos e todos com o propósito do Criador.

Deverás aprender a encontrar dentro de ti ares puros para respirar e nutrir tua alma e teu espírito, porque existirão dias nos quais não encontrarás alento algum no que te rodeia. Por isso, constrói hoje o caminho de união com teu mundo interior. Ali se encontram os códigos deixados por Deus nas tantas vezes em que Ele veio ao teu encontro. Ali encontrarás a paz.

Pelo aprofundamento interior de todos os seres,

São José Castíssimo

dez

27

Domingo, 27 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Sei que as forças que emergem de seu interior, em purificação e transformação, às vezes são tão fortes que cegam os seus olhos para o amor e para o perdão.

Sei que após éons de existência alimentando orgulhos e vaidades, poder e propriedade, é muito difícil para a consciência em evolução dizer “sim” para um aprendizado de humildade, quando ele se precipita em suas vidas.

Muitos são os que dizem que querem ser humildes como o Senhor em Seu presépio de Belém, mas – diante das provas que Deus envia – reagem e não só não as aceitam com humildade, como também se ofendem profundamente e buscam uma forma de atacar aqueles que serviram, inconscientemente, de instrumentos para que Deus os provasse, como sempre o pedem.

Compreendam, queridos companheiros em Cristo, que o Senhor não pode permitir que tudo lhes seja entregue sem colocar em suas vidas as provas que consolidam o propósito crístico em seu interior.

Depois de receberem tantos impulsos do Céu, quando vocês são desmerecidos, humilhados, caluniados ou maltratados – segundo a compreensão de cada um –, simplesmente recebam a oportunidade como dádiva celestial e, sem medo, deixem que as estruturas do orgulho caiam no chão, frente aos seus pés.

Sei que muitos percebem que não passaram nas provas que Deus lhes enviou e que as resistentes estruturas do orgulho foram maiores do que sua aspiração à humildade, mas não importa, porque não lhes pedimos perfeição, mas sim persistência. Agora, levantem-se do abismo da ignorância e reconheçam o próprio aprendizado; coloquem-se, diante do Pai, disponíveis para novos ensinamentos e prossigam.

Quero que compreendam algo de uma vez e para sempre: a humanidade necessita dos seus exemplos de humildade, que são códigos que se extinguem da consciência humana, porque as reações e as contestações já são muito conhecidas por todos. Quando alguém colocá-los diante de uma situação de humilhação, aceitem-na com humildade, porque – independentemente de quem tenha razão e se essa situação é justa ou injusta – o Senhor espera que Seus soldados baixem suas cabeças e vençam a batalha, derrubando o orgulho e vivendo a humildade.

Lembrem-se do que lhes disse hoje e estejam atentos às situações da vida, porque se dizem “sim” para um caminho crístico, vocês não podem esperar outra coisa senão imitar Aquele que foi humilhado, rejeitado e posto em uma cruz, para fazê-los aprender a perdoar a humanidade e para abrir o caudal da Sua infinita Misericórdia para o mundo.

Eu os abençoo e os espero dispostos a recomeçar sem medo de errar, porque apenas com a experiência do erro e reconhecendo suas próprias falhas é que vocês poderão ajudar e advertir os outros.

Eu os amo e os acompanho sempre, dia a dia, passo a passo.

São José Castíssimo

dez

26

Sábado, 26 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

       Oração de união à Humildade de Deus

Sagrada Humildade que provém do Coração de Deus,
       transcende as barreiras de minha ignorância.

Sagrada Humildade que provém do Coração de Deus,
       derrota as minhas resistências.

Sagrada Humildade que provém do Coração de Deus,
       abre meus olhos para a verdadeira luz
       e retira minha consciência dos abismos do orgulho e da vaidade.

Sagrada Humildade que provém do Coração de Deus,
       dissolve minha pequenez em tua grandeza
       e mostra-me o verdadeiro propósito da criação humana.

Sagrada Humildade que provém do Coração de Deus,
       une-me ao próximo e aos Reinos da Natureza
       para a concretização do Plano Divino.
       Permite que minha consciência reconheça
       a presença do Criador em todas as coisas
       e glorifique Sua existência em todo tipo de vida.

Sagrada Humildade que provém do Coração de Deus,
       permite-me agora e sempre viver-te com perfeição,
       assim como o fez o Senhor,
       que diminui Sua grandeza para estar entre os homens
       e confirma Sua infinita Misericórdia,
       retornando ao mundo.

Sagrada Humildade que provém do Coração de Deus,
       que sejas tu um princípio fecundo no coração humano.

Amém


De joelhos, orem e peçam a Deus que os ajude a imitá-Lo, porque apenas o coração verdadeiramente humilde superará as provas que virão e o raio da Justiça de Deus, que partirá e destruirá as estruturas do orgulho, da arrogância, da soberba e da vaidade do coração humano.

Sejam firmes na humildade e rendam-se ao amor. Sejam valentes, para que se deixem vencer por Deus. Sejam fortes, para que se levantem com esperança e disposição de renascer em Cristo, quando o Senhor derrubar o velho homem dentro de suas consciências.

Humildade e paz são as chaves para estes e todos os tempos.

São José Castíssimo, Pai da Sagrada Humildade

dez

25

Sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Como Sagrada Família, Nós viemos animar a humanidade a responder ao Chamado de Deus e cumprir Sua Santa Vontade.

Como Sagrada Família, Nós convidamos o mundo a aprender com a pureza das crianças e deixar que elas lhes ensinem como encontrar a Deus.

Como Sagrada Família, Nós os incentivamos para que abram os seus corações para a vivência de mistérios que transcendem absolutamente a compreensão humana e transformam completamente tudo o que lhes é conhecido sobre a vida na Terra e, inclusive, sobre si mesmos, abrindo os seus olhos para o que vocês são em verdade.

Como Sagrada Família, Nós os animamos para que ofertem suas almas como instrumentos de Deus, para que vençam o medo de perder as coisas do mundo e, inclusive, a si mesmos, porque tudo o que vocês guardam como tesouros – sejam modos de vida, coisas materiais ou relações afetivas de qualquer tipo –, como também o que conhecem da própria vida, tudo passará com um sopro da Justiça Divina, enquanto a vivência da Verdade fortalece o poder e a atuação da Misericórdia.

Como Sagrada Família, Nós os chamamos para que vivam o verdadeiro amor que transcende posses, que não busca retornos, que apenas doa e nada recebe, a não ser de Deus, que – a cada vez que vocês se abrem para doar algo – lhes infunde uma maior vontade de entregar tudo.

Como Sagrada Família, Nós os colocamos diante da Graça do retorno de Cristo, dádiva incompreensível para suas mentes e apenas aceitável para os corações que já descobriram, em si, a fé.

Como Sagrada Família, Nós os convidamos para que descubram a possibilidade da vivência da paz em tempos de caos e para que mantenham a confiança em Deus mesmo diante do maior sofrimento, quando o Senhor nos pede inclusive nossas próprias vidas por amor ao Seu Plano, como o foi na Paixão de Cristo.

Recebam em suas orações os códigos da Sagrada Família e não os deixem guardados sob sete chaves no próprio interior; permitam que eles tomem vida, que se expandam e se multipliquem naqueles que se aproximam de vocês, assim como o foi com a Sagrada Família de Nazaré.

Deixo-lhes Minha Paz e a confiança absoluta na presença de Cristo no interior dos homens, porque o Senhor renasceu.

São José Castíssimo, na presença sagrada de Maria Santíssima

dez

24

Quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Que cada dia que passe em suas vidas lhes traga novas oportunidades de viver a paz.

Que cada prova traga, em si, o dom da superação e a dádiva da transcendência.

Como humanidade, vocês estão caminhando em direção a Belém: tendo de viver esforços, sacrifícios, superar limites e confiar no amparo de Deus. Vocês estão diante do mistério do Novo Homem, que sabem ser uma realidade, porque ele já está em gestação e a ponto de nascer no Ventre da Criação Divina, que se expressa no interior de todas as criaturas. Porém, vocês não sabem o que esse Novo Homem trará ao mundo, como crescerá, como se desenvolverá e como cumprirá Sua missão.

Vocês estão no caminho para Belém: buscando o berço da humildade para que Deus possa retornar em vida à Sua Criação. Como consciências humanas, vocês querem sempre o melhor para Deus e para o Seu Plano, mas o Criador os surpreenderá, trazendo o Seu Filho para o interior dos simples, dos pequenos, dos pobres de si, dos humildes. Cristo renascerá nos corações daqueles que não temem entregar o reino do próprio interior para que um Soberano Rei Universal estabeleça o Seu Reinado. Ele virá para morar nos corações daqueles que não temem ser vencidos e que, por amor, tornar-se-ão servos eternos desse Amado Rei das Estrelas.

Vocês estão a caminho de Belém: já não são o que eram como raça e como consciências humanas, porque Deus já começou a descer para as esferas terrestres. Porém, vocês ainda estão diante do mistério que é para vocês o renascimento de Cristo, a multiplicação de Sua existência, que se renovará nos corações e na carne de muitos.

Venho ao mundo como guardião deste Princípio Divino, que é o Cristo em seu interior, porque Eu já caminhei para Belém: já vivi a angústia de não saber o que se tornaria o mundo depois do nascimento de Cristo e o medo de não ser digno de guardar tal Rei, escondido em tão pequena criatura; o medo de não ser um bom guardião para o Menino Deus e não conseguir deixá-Lo crescer e se manifestar como o Senhor esperava.

Mas esse medo foi vencido pela fé e pelo amor emanado por Cristo, que – mesmo sendo tão pequeno e frágil – jamais escondeu Sua Glória e Sua Filiação com Deus Altíssimo. O medo se desvaneceu quando percebi que Deus é o verdadeiro operante de Sua Vontade e que basta fluir dentro dEla para que Seu Plano se cumpra.

Digo-lhes tudo isso porque vocês estão a caminho de Belém: diante de um grande acontecimento, marcado por duras provas e severas aprendizagens, que perdem sua severidade frente à grandeza do retorno de Cristo.

Dentro de algum tempo, aqueles corações que se abrirem começarão a compreender que a Vontade de Deus é por si só; que Ele não somente “manda”, mas que Ele também envia os meios e promove o fim de Suas Obras. É apenas necessário confiar e deixar que o Senhor faça, de suas vidas, simples instrumentos para a concretização de Seu Plano, que já é uma verdade e uma realidade que necessita se manifestar.

Não parem de caminhar em direção a Belém e – agora que já sabem onde Deus quer nascer – não busquem o conforto, o luxo e o rebuscamento de boas moradas, segundo os conceitos humanos: sigam o caminho que os conduz à simplicidade, à paz e à humildade verdadeira, pois ali é onde Deus manifestará Sua Glória.

Louvado seja o Senhor, que retorna aos corações dos homens, para um dia retornar não apenas em Espírito e Divindade, mas também em perfeita semelhança com Suas criaturas, em carne e humanidade santificada e resplandecente, mostrando aos homens o caminho de sua evolução.

São José Castíssimo, Aquele que prepara o nascimento, o renascimento e o retorno de Cristo, Nosso Salvador

dez

23

Quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Quando São José apareceu, Ele nos mostrava como as pessoas no mundo, em sua maioria, estavam preparando as suas festas de Natal apenas pelo prazer e pela comemoração material deste dia. Ele nos disse que, para Deus, é muito importante que seres humanos conscientes preparem o Natal a partir de um ponto de vista espiritual e abram caminho com o canto para a chegada do Espírito de Cristo aos corações do mundo.

São José dedicou esta mensagem para o encontro de “Música para a Cura e a Elevação da Humanidade” porque queria difundir para todos, neste dia, uma outra forma de vida, uma busca pela vida superior, por meio do canto que se realiza nas Comunidades-Luz, para que aqueles irmãos que estão em suas casas buscando uma luz para seguir o próprio caminho possam se inspirar graças a este momento de canto.

No dia prévio à comemoração do maior acontecimento universal, quando Deus se fez homem e decidiu viver entre as Suas criaturas, para ser Ele mesmo o exemplo de como se concretiza a Sua Suprema Vontade, lhes pedirei que alegrem os seus corações e que anunciem ao mundo a Graça de viver a consagração plena da alma ao Coração de Deus.

Nesta noite*, enquanto cantarem, preencham seus corações de humildade, a mesma humildade que teve Deus ao nascer em um pobre presépio em Belém, porque é essa humildade, vivida pelo coração humano, o que prepara o caminho para que uma Luz Maior possa fazer, de seus corações, a Sua morada.

Não somente neste dia, mas em todos os dias das suas vidas, deixem que a paz e a alegria prevaleçam. Que seja uma alegria verdadeira, aquela que transcende o que vocês conhecem como felicidade, porque a humanidade está muito confundida e já perdeu o sentido da busca por uma alegria interior e apenas tenta plenificar a existência com o prazer e a comodidade e, desta forma, vive na permanente insatisfação, porque o que provém de Deus apenas se plenifica nEle.

Demonstrem ao mundo que é possível encontrar a verdadeira alegria, essa que provém da união com o Pai e da Graça que é viver para Ele.

Com suas ações, suas orações e seus cantos, preencham o vazio no qual se encontra o coração humano. Tragam, por intermédio do verbo, o sentido espiritual para a vida na Terra e deixem que a luz que emana de seus corações, quando eles são devotos e simples, alegres e plenos, possa iluminar os olhos daqueles que estão cegos e caminham na escuridão, buscando uma saída para as trevas de suas vidas.

Eu os abençoo e, com alegria, lhes digo que cantarei ao seu lado para aliviar o mundo e o Coração ferido de Deus Altíssimo.

Seu Amigo e Companheiro, São José Castíssimo
 

*São José se refere ao encontro de Música para a Cura e a Elevação da Humanidade.

dez

22

Terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Para que aquilo que vocês consideram necessário para as suas vidas se manifeste, vocês devem antes contemplar nos seus próprios corações as necessidades do mundo, do próximo e dos Reinos da Natureza.

Àquele que cuida de seus irmãos – os semelhantes e os menores – Deus, que é perfeito, sempre enviará o Seu amparo e cuidado. O Senhor tem predileção por manifestar as necessidades daqueles que não pensam em si e que em tudo colocam em primeiro lugar os demais.

Quando algo não fluir e não se manifestar em suas vidas, perguntem-se por que e para que desejam tal ou qual coisa. Recordem-se de que vocês devem se esquecer de si mesmos todos os dias e permitir que o Senhor opere em suas vidas o Seu maravilhoso milagre e derrame sobre elas as Suas infinitas Graças.

Não limitem o Poder de Deus, pedindo-Lhe aquilo de que necessitam todo o tempo; antes disso, observem aquilo de que o próximo mais necessita e supram essa necessidade. Uns necessitarão de seu respeito; outros, de sua obediência; uns, de seu amor; outros, de seu silêncio; uns, de suas palavras; outros, de suas orações mais secretas. Alguns precisarão de que vocês orem por eles; outros, de que orem com eles. Alguns precisarão de coisas materiais; outros, de atos simbólicos, preenchidos pelo amor no qual se guarda a verdadeira intenção desta ação. Muitos necessitarão de seu exemplo; por isso, observem as necessidades do próximo todo o tempo.

Se viverem em função da caridade e da fraternidade, não somente no que diz respeito às coisas materiais, mas também no tocante às espirituais, vocês encontrarão um caminho curto em direção a Deus e alcançarão tudo o que sempre pediram e nunca conseguiram, porque buscavam por vias equivocadas. As Graças do espírito se alcançam por vias espirituais. As virtudes se ganham quando se doam virtudes. As Graças são recebidas por aqueles que se abrem a viver pela obra da Graça.

Aprendam, pequenos filhos de Deus, a observar a vida deste outro ponto de vista. Quando vocês estiverem diante de uma grande oportunidade, busquem aquele mais necessitado e verão como ela chegará a vocês sem que se deem conta.

Os humildes e pobres de si mesmos são os mais ricos no Reino de Deus, porque – por não quererem nada para si – Deus lhes entrega tudo, pois em suas mãos os Bens Divinos chegarão ao lugar correto.

Nunca se esqueçam do que lhes disse hoje. Pratiquem essas palavras todos os dias. Pensem no próximo, orem por ele, atuem por ele, vivam para doar-se e Deus fará, de suas consciências, pontes para que Suas Graças cheguem ao mundo.

Deixo-lhes Minha paz e Meu exemplo de perpétua doação, porque Meu Coração Castíssimo hoje bebe em Fontes Celestiais, mas esta Água Eu sempre busquei para saciar os que têm sede. Tudo o que recebo de Deus é para entregar às Suas criaturas, é para abençoar a Sua criação, é para tornar perfeito aquilo que provém da própria Perfeição.

Seu Pai e Companheiro, Aquele que vive em perpétua caridade,

São José Castíssimo

dez

21

Segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queria falar-lhes da unidade com Deus e da fusão absoluta com Seu Divino Espírito; porém, antes disso, vocês devem aprender sobre a unidade uns com os outros e com os Reinos da Natureza.

A unidade é um Princípio Divino primordial para a criação humana, que deverá alcançar o ápice de sua evolução por meio dela. Assim como a máxima expressão do projeto humano é a unidade perfeita com Deus, a mínima expressão também deve estar baseada na unidade. Para que vocês alcancem minimamente sua expressão como Criação Divina, a unidade deve ser uma meta e uma realidade para as suas consciências. 

Para que possam viver a unidade, vocês deverão desterrar da consciência humana o que os leva à desunião, que é a competitividade. Quando não há competição, os corações podem se unir em um único propósito e caminhar como raça para um fim comum. Mas quando querem ocupar lugares que não lhes corresponde, quando querem se sobressair entre os demais, quando tentam chamar a atenção para si mesmos, quando querem fazer da própria presença algo insubstituível, quando buscam os defeitos alheios e os afirmam para que as próprias destrezas e habilidades se elevem, quando realizam todos esses movimentos, já tão conhecidos pela comum conduta humana atual, vocês se afastam completamente do propósito de Deus. Com aparentes boas intenções de viverem a santidade, quando querem ser mais santos do que um outro alguém, vocês estão alimentando o reinado daquele que reina nos abismos do orgulho humano.

Vocês devem compreender, sentir e viver que cada peça que compõe a humanidade tem um papel primordial, uma missão única, que deve ser cumprida para que o Plano de Deus se manifeste.

Antes que julguem ou diminuam alguém e tentem se sobressair sobre ele, pensem que existem civilizações inteiras no universo que dependem da vitória de Cristo no interior da consciência desse alguém.

Antes que derrubem o próximo com críticas e julgamentos, ajudem-no a dar seus passos, porque o Plano de Deus, para o qual supostamente todos trabalham, depende do triunfo de Seu Coração em cada uma de Suas criaturas.

Nestes tempos definitivos, vocês devem batalhar contra tudo aquilo que trabalha pela desunião, mesmo que isso esteja dentro de vocês mesmos, pois muitos soldados já ficaram para trás porque o próprio Exército de Cristo os derrubou pela falta de amor e de unidade.

Caminhem como um único coração e, em vez de se deixarem envolver pelas forças que reinam no mundo, envolvam o mundo com o Poder de Deus que habita dentro de vocês.

Amem-se uns aos outros, sempre. Ajudem-se, levantem-se, caminhem juntos. Vivam a fraternidade como porta para a unidade com Deus.

Se vocês trabalharem sobre este ponto, muitos caminhos internos lhes serão abertos para a sua própria transformação.

Seu Pai e Instrutor, São José Castíssimo

dez

20

Domingo, 20 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Busca, filho Meu, em tudo vencer-te a ti mesmo. Exercita a renúncia, deixando que os demais expressem suas ideias e seus sentimentos, e experimenta ser conduzido por teus irmãos a novos caminhos.

Se para ti é muito fácil e simples estar em silêncio e deixar-te conduzir, então exercita o contrário e permite que aqueles que tanto se expressam aprendam contigo: coloca à disposição do universo teus pensamentos e sentimentos e deixa que o Criador te mostre um caminho diferente a seguir, para que descubras espaços de tua consciência que até agora não conheces.

Como falo para o mundo e para as diferentes criaturas desta Terra, necessito instruir aqueles que silenciam pela comodidade de não se expressar e aqueles que se expressam todo o tempo pela necessidade de impor seus pensamentos.

A humanidade necessita encontrar o equilíbrio e aprender a comungar com o que cada criatura aporta ao mundo, incluindo aqui todos os Reinos da Natureza.

Para que encontres o equilíbrio, necessitas ir por caminhos que desconheces, caminhos opostos aos que trilhas sempre, para que descubras dentro de ti outras formas de viver e de se manifestar, até que encontres o perfeito equilíbrio com tudo e não haja diferença para ti entre falar ou estar em silêncio, ensinar ou aprender, porque as duas coisas são necessárias, cada uma em seu momento.

Exercita esses pequenos exemplos e encontrarás amplos caminhos diante de ti.

Pelo equilíbrio do coração humano,

São José Castíssimo

dez

19

Sábado, 19 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Encontros com o Castíssimo Coração de São José

Hoje lhes pedirei que fechem os olhos e que Me encontrem diante de vocês.

Estou sobre o céu de Aurora, com os pés descalços, uma túnica branca, um manto cor vinho. Tenho em Minhas mãos uma vara de nardo, que representa a pureza e também a consagra­ção. Seguro esta vara com a mão esquerda e, com a direita, toco Meu Castíssimo Coração, rodeado por três lírios que represen­tam a castidade. Meus cabelos pendem sobre os ombros, Meus olhos, cor de mel, estão voltados para o mundo, irradiando a humildade que Deus imprimiu neles, para que Eu pudesse ver todas as coisas sob a Sua Verdade e a Sua Justiça. Assim é como Meus olhos humildes Me concedem ver.

Atrás de Mim, mostro-lhes um caminho, um caminho ao deserto, a terras que um dia foram sagradas, mas que hoje vocês deixaram submergir na maldade, no ódio e na perdição os corações que nelas habitam.

Todo este mal era conhecido por Deus quando enviou Seu Filho a este povo. Também enviou a Mim, como homem comum, para demonstrar à humanidade que é possível viver a transformação, viver a transformação em Cristo e a união com Deus.

Eu fui homem nascido nesta Terra e, por isso, retorno a ela para resgatar Meus companheiros e amigos de outros tempos, que não quiseram escutar quando Meu Filho pronunciava Suas Palavras nos vales e nos montes, que fecharam os olhos para não vê-Lo passar, porque temiam viver a conversão e ser arre­batados por Seu Amor, que sabiam ser invencível.

Muitos dos que viraram o rosto para Cristo ainda estão neste mundo para aprender a olhar para Ele sem medo e se deixar vencer pelo poder de Seu Amor.

Não desistimos desta Terra, porque para Nós ela ainda é sagrada.

Como deixará de ser sagrada a Terra onde Deus colocou os Seus Pés, onde derramou Seu Sangue e abriu o caudal de Sua Divina Misericórdia, para que permeasse todo o universo por intermédio deste mundo?

Como deixará de ser sagrada esta Terra que, em verdade, é a escola do Amor para todas as civilizações do universo?

Como deixarão de ser sagradas as suas almas, que trazem em si uma possibilidade única de aprender a amar, de se unir a Deus e fazer esse Deus ainda maior em Sua Glória?

Como deixarão de ser sagradas as suas essências, seus cora­ções, por mais que pequem e vivam nas ilusões do mundo?

Vocês jamais podem perder a verdade do que são, porque aquilo que provém de Deus não se corrompe com o pior mal deste mundo nem de nenhum outro, porque Deus é o Todo  Poderoso, é a Pureza em si, é a Verdade, é o Amor, é a Criação. Como se corromperá Ele a si mesmo?

Se estão neste mundo é porque algo devem aprender com ele. Não desperdicem a oportunidade que Deus lhes entrega, por­que estão em um planeta muito sagrado, no qual Deus tem Seus Olhos postos todo o tempo, porque Ele aspira ardente­mente a que mais criaturas possam imitar Seu Filho e serem verdadeiros deuses vivos neste mundo, para retornar a Ele em perfeita unidade com o Seu Coração.

Quando lhes falo essas coisas, não lhes falo de um sonho, por­que o único sonho deste mundo é o que vocês viveram até ago­ra. Chegou o momento de despertar à realidade, ao verdadeiro Propósito de Deus para suas almas.

Chegou o momento de abandonar sua pequenez e lançar-se à grandiosidade da Criação. Chegou o momento de abandonar a ilusão e deixar que seus olhos se iluminem pela Fonte de Luz Divina que os Mensageiros do Senhor trazem ao mundo.

Não resistam, porque essa Luz arderá como um fogo dentro de suas células e queimará as moléculas da perdição, para que deixe de existir a escuridão em suas consciências. Apenas a Luz prevalecerá.

Não se entristeçam, alegrem-se! Este é o momento que toda a humanidade esperou por tanto tempo. Quantas consciências no universo os observam e aguardam que digam sim!

Imaginem, Meus queridos, em diferentes civilizações do cosmos, amadas criaturas que fazem parte deste Plano de Deus e que de joelhos clamam pelo seu despertar, que sen­tem a dor em seus corações cada vez que a humanidade nega a existência da Luz, que sentem um grande pesar cada vez que a civilização da Terra prefere unir-se à escuridão e afirmar a ignorância a lançar-se à Luz e descobrir o infinito amor que todos os seres guardam como potencial em suas essências.

Para alguns, estas palavras soarão belas; para outros, soarão difícil de compreender, porque lhes será difícil sair da pró­pria existência para contemplar a Criação em si, os diferentes mundos e as civilizações que os aguardam, porque não que­rem acreditar que de sua transformação depende a evolução do universo.

Mas assim é, Meus queridos, porque tão humilde é o Senhor que Ele depositou Sua grandeza em criaturas tão pequenas, Sua maior esperança em corações que O ignoram e até O negam, porque não O conhecem e não O amam.

Eu venho ao mundo como servo de Deus para dar a conhecer à humanidade a Graça que é servir a tão bom Senhor. Jamais se arrependerão de servi-Lo todos os dias. Quando conhecerem Sua Graça, Sua Bondade e Sua Infinita Misericórdia, vocês abandonarão tudo o que são e não olharão para trás quando tão somente um toque de Deus puder chegar às suas consciências. Devem permitir que essas Mãos Divinas toquem seus corações e, com Seu Amor, dissolvam suas barreiras e suas resistências.

Por um momento, vocês parecerão estar suspensos no ar, pois não saberão quem são e vão querer se afirmar no que eram; mas não tenham medo, porque isso durará pouco. Rendam-se à maravilha que é ser nada, para que, em seguida, sejam preen­chidos por Deus, na Graça da Unidade com Ele.

Estou tentando elevá-los a um estado de maior Graça, para que possam compreender a vida na Terra como ela em verda­de é e para que permanentemente não se percam nas fantasias deste mundo. Porque não Me cansarei de dizer que é possível alcançar o Propósito de Deus, mesmo com tantas imperfeições. Rendam-se!

Não esperem, Meus queridos, que suas forças terminem e que sejam vencidos pela dor, pelo sofrimento de não suportar mais viver neste mundo, por já não suportar viver consigo mesmo. Rendam-se agora, enquanto a alegria ainda pode permear seus corações, enquanto vocês ainda podem levar a esperança aos que estão perdidos e ser uma fonte de auxílio, e não corações que necessitam tanto ser auxiliados.

Sintam Minha paz, sintam a gratidão que derramo em seus corações, porque tudo o que lhes digo nesta hora não é somente por vocês; é também para levar a esta terra sagrada, que tenho hoje atrás de Mim, um pouco de cura, de esperança, esperança que nasce deste Reino, deste Reino de Aurora que se manifesta em seus corações e se irradia às almas mais perdidas.

Por que temem viver em paz? Por que temem tanto a humildade?

Sei que lhes causará dor serem vencidos por Deus, mas é a dor de uma grande vitória do Criador em seus corações.

Coloquem tudo o que lhes disse no profundo de seus cora­ções e selem Minhas palavras com o Meu Castíssimo Coração, para que elas não escapem, mas que, dentro de cada um, possam levá-los à transformação da consciência, da vida, da humanidade.

Hoje lhes falo como um pai, porque o Coração do Pai está dentro de Meu Coração.

Quando Me apresento como pai da humanidade, é porque humildemente Eu sou uno com Deus. Ele se manifesta por Meu intermédio porque é por Vontade d’Ele que venho ao mundo. Venho pronunciar Suas Palavras através de Minha boca. Nenhum movimento que realizo nesta Terra está sepa­rado da Vontade de Deus e assim o faço, queridos filhos, para  que aprendam de um coração humano igual aos seus, porque esta humanidade continuará evoluindo e necessitará de muitos pais e de muitas mães que possam guiar as consciências que pela primeira vez aprendem a amar.

Esta é Minha mensagem para o dia de hoje. Assim como vocês Me escutaram agora, deverão escutar-Me todos os dias. Quando lerem Minhas palavras, escutem Minha voz, porque sou Eu quem lhes fala dentro de seus corações.

Antes de Me despedir, deixarei plasmado um pedido, porque as mentes humanas necessitam disso: quero, neste lugar, uma casa que represente a humildade da Sagrada Família, que seja simples como Nosso lar em Nazaré, plena de paz e que seja uma Fonte de Graça para todo o mundo. Na porta desta casa, Eu os esperarei para que se confessem Comigo e entrem puros de coração. Dentro dela, encontrarão a Sagrada Família que, em humildade, os impulsionará a uma nova vida, a uma vida redimida.

Isso será assim porque a humanidade necessita de ícones, de refúgios físicos nos quais depositar sua esperança, que façam emergir sua fé para que possam prosseguir seu caminho, des­pertando a paz e a unidade com Deus, todos os dias.

Que nessa casa humilde vocês celebrem a união com Cristo por meio da Eucaristia, nos momentos em que necessitarem de um coração um pouco mais simples e humilde para encontrar a Deus.

Com estas palavras, Eu os abençoo e abençoo também esta ima­gem que colocaram em Meu altar.

Como símbolo de Minha presença entre os Reinos da Natureza, quero depositar esta imagem no jardim que com tanto amor prepararam para Mim, para que jamais se esqueçam de que, para encontrar a Nova Humanidade, para encontrar o novo homem dentro de cada um de vocês, necessitam viver  a união com os Reinos da Natureza, necessitam despertar o amor para com esses Reinos Menores e descobrir neles o que cada um veio manifestar neste mundo, para que assim, Meus amados, vocês possam expressar a Perfeição de Deus como criação planetária.

Eu os abençoo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Agradeço-lhes.  

São José Castíssimo

dez

18

Sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Enquanto não compreenderem que a paz no mundo nasce no interior de cada ser, vocês seguirão vivendo em tempos de caos e de indiferença para com Deus.

Para viver em um mundo pacífico, haverão de ser pacificado­res, não apenas nas grandes obras, mas em todos os instantes da vida.

O início dos conflitos no coração humano é sempre o mesmo: a impossibilidade de renunciar ao próprio parecer, a incapacidade de deixar-se humilhar, a ânsia de manifestar as coisas no mun­do segundo a própria compreensão, a falta de fraternidade e a incapacidade de aderir às ideias alheias e de tentar compreender a forma de pensar e de sentir dos demais, para que assim lhes mostrem o que, por si mesmos, não podem ver.

A falta de paz está sempre ligada à falta de humildade, porque um coração humilde, que não teme renunciar e aprender com os demais e com as situações da vida, vive sempre em paz, ao menos consigo mesmo. Se algo lhe tira a paz, é a tristeza de perceber que poucos despertaram para a Verdade e estão per­dendo a oportunidade de conhecer a paz, porque preferem se afirmar a si mesmos todo o tempo.

No mundo, os homens pecam pela ignorância, pela influência das forças da opressão e da involução e pela própria incapaci­dade de se darem uma oportunidade de renascer em conversão a um propósito superior. Mas aqueles que Me escutam, assim como escutam os demais Mensageiros Divinos, pecam por­que preferem afirmar-se a si mesmos a confiar em tudo o que aprenderam de Deus.

Quem terá maior pecado?

A paz não surgirá no mundo por intermédio dos corações dos ignorantes, porque estes estão cegos em sua ignorância e necessitarão do surgimento da Luz para encontrar o caminho à redenção.

Quem então abrirá as portas e janelas do mundo para o ingres­so do Sol?

Vocês, companheiros Meus, servos do Deus Altíssimo, escu­tam estas palavras não para que se tornem pessoas melhores em um mundo de absoluta indiferença para com os Planos de Deus; vocês escutam tudo isso para que, por meio de Palavras Divinas, o Senhor desperte ao menos uns poucos corações humanos dispostos a se tornarem nada e a renunciar a tudo,  

para fazer da própria consciência uma fonte de paz para o mun­do, a fim de que, gota a gota, essa paz possa saciar a sede dos que nunca a conheceram em vida.

A heroica obra destes tempos não é martirizar o corpo, é santi­ficar a consciência, porque muito mais difícil é para o coração humano renunciar ao seu parecer do que renunciar sua vida. Inclusive, há os que preferem a morte à humildade. Por isso, encomendo esta missão aos valentes de espírito, que batalharão em silêncio e vencerão no anonimato de sua pública derrota, pois a vitória dos humildes apenas Deus conhece.

Em amor e paz, desperta-os ao espírito da humildade,

São José Castíssimo

dez

17

Quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

O mundo ao teu redor deve manter-te em estado de vigilância e de oração, mas nunca de temor.

Torna-te um observador da própria vida e da vida sobre a Terra e, assim, reconhece os movimentos da natureza, os movimentos de teu mundo interior e como reagem teus irmãos nas diferen­tes situações que se apresentam em suas vidas.

Não te chamo a agir neste momento. Apenas observa e, em tuas orações, medita sobre o que observaste.

Conhece-te todos os dias um pouco mais: a forma como buscas conseguir aquilo que queres ou como tentas ser compreendido pelos demais. Observa que imagem tentas transmitir aos outros sobre ti mesmo e, em tuas orações, medita sobre a verdadeira intenção desses movimentos que surgem no profundo de ti e se expressam em tua forma de ser.

Para desenvolver qualquer virtude, necessitas conhecer-te e saber de ti, sobretudo o que te separa de um caminho puro e verdadeiro.

Para seres humilde, deverás encontrar em ti o que não te leva à humildade e, com a mesma paz de quem separa o joio do trigo para preparar a farinha que um dia se tornará pão, assim tra­balharás. E não sofrerás, porque apenas colocas o joio e o trigo cada qual em seu lugar e os direcionas para a sua transformação.

O que é trigo, ou seja, os princípios da virtude dentro de ti, ainda deverá ser muito trabalhado em várias etapas de transformação, para que um dia chegue a ser pão. O trigo será triturado e virará farinha. A farinha, por si só, não faz o pão, pois necessitará de outros elementos vindos de Deus. O pão será amassado e irá para o fogo, até que fique pronto. E para que seja o Pão de Vida, necessitará ser consagrado em altares divinos, onde o Filho de Deus se faz Uno com este pão e, depois de consagrá-lo, o reparte em doação e em entrega, para multiplicar as graças que recebeu entre muitos mais.

Tu deves ser como esse trigo que um dia se tornará pão. Já cres­ceste em terra fértil e deste os grãos de que Deus necessitava. Agora, tu mesmo, com teu esforço e tua dedicação, observarás a ti e separarás em ti o joio do trigo, para que depois Mãos Divinas te transformem, passo a passo, até que chegues ao teu destino.

Não tenhas pressa, mas sê preciso. Se desde já trabalhas sobre o trigo de tuas virtudes, ditarás o resultado de tua união com Cristo e a pureza dos códigos por Ele consagrados, que repar­tirá, por intermédio de ti, para toda a vida universal.

Ama a transformação. Que cada passo seja para ti motivo de glória e não de resistência. Deixa-te triturar, porque só assim serás farinha adequada para um bom pão no Altar Celestial.

Quanto mais paz houver em tuas transformações, mais perfei­ção haverá em teus passos.

São José Castíssimo, o que se deixou moldar e transformar até a união com o Deus Eterno.

dez

16

Quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Quando o Sol despontar no horizonte deste mundo anuncian­do um novo dia, em uma Nova Raça, ele iluminará os abismos e elevará ao Alto as almas que estiverem com as mãos alçadas.

Esse Sol iluminará os olhos dos que estiveram cegos de alma e de espírito. Acenderá os corações que estavam frios e a ponto de se desvanecerem.

Esse Sol trará alento aos que perseveraram à sua espera em dias de muita escuridão e jamais perderam a esperança de voltar a encontrar a Luz.

Esse Sol não virá só, mas trará consigo galáxias inteiras, estrelas que, de muitas proveniências, iluminarão o mundo. Por isso, esse não será um dia como todos os outros.

O Sol virá quando esse dia for desejado por todas as criaturas da Terra; quando todos clamarem por um pouco de luz em suas vidas. Nesse dia, a Terra se tornará um clamor vivo, e nenhuma criatura duvidará de que o Sol que chega é a resposta de Deus ao seu clamor.

Os que mantiveram sua fé se exaltarão, os incrédulos se arre­penderão e os que escolheram seguir os caminhos da escuridão desejarão não existir, porque não haverá caminho escuro no retorno do Sol, no retorno da Luz.

Guardem Minhas palavras, que são simples e, pronunciadas em poucas linhas, serão o prenúncio dos dias de paz e as bases para que vocês mantenham a fé, quando a noite lhes parecer muito escura e sem fim.

Pela Luz que virá ao mundo,

São José Castíssimo, anunciando o retorno do Sol.

dez

15

Terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros,

Diante da atual situação planetária, novamente os convidarei a encontrar o espírito da paz e da harmonia, por meio da correta quietude interior, que chamamos de interiorização.

Prestem atenção em Minhas palavras, porque não lhes digo que estejam alheios ao que acontece no mundo, mas, sim, que criem espaços em suas vidas para estar em quietude e conhecer a própria consciência, para que, aos poucos, o lado mais plane­tário de seus seres possa aderir ao silêncio e ao recolhimento, e vocês saibam, então, encontrar espaços internos de paz nos momentos de maior caos exterior.

Optem sempre por momentos de quietude quando estive­rem diante de situações que os levam ao desalinhamento dos corpos. Por mais que a mente e as emoções estejam mais vol­tadas para o que acontece no mundo exterior, elas devem ser educadas pela vontade da própria alma que, pouco a pouco, ganha o seu espaço.

Porém, se esperarem que a mente e as emoções, por si sós, optem pela vida espiritual, estarão no mesmo ponto sempre, sem compreender por que recebem tantos impulsos e não dão o menor passo. O caminho da oração já uniu a parte planetária de vocês com a alma; agora devem abrir-se para aprender com a energia da alma, mas para isso, é necessário que deem atenção a ela por meio do silêncio e da quietude.

A alma é o veículo que lhes permite sair das leis materiais. É a ponte para o espírito e para a vida superior. Se não se educa­rem para escutar a própria alma agora, muito difícil será ten­tar escutá-la quando o ruído do caos tomar conta do planeta como consciência.

Que cada um siga essas instruções e busque, a cada dia, um pou­co mais de contato com sua alma. Sentirão a paz de suas indi­cações e, ao responderem a ela, estarão mais seguros para dar os passos corretos.

Para que saibam se é a alma quem lhes fala, sintam a sua paz. Onde houver dúvida e inquietação, aí não está a energia da alma. A alma, como ponte para Deus, traz paz e os conduz sempre ao cumprimento dos Planos do Criador.

Em instrução e paternidade,

São José Castíssimo

dez

14

Segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM DA CIDADE DE MONTEVIDÉU, URUGUAI, ATÉ O CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Com amor lhes digo que, enquanto ainda houver tempo, apren­dam a arte da elevação e da concentração, fruto da consciência que compreende os momentos vividos e a Graça de tudo o que se aprendeu.

Em pouco tempo, a dissociação será uma lei na Terra, e aqueles que não souberem viver com base em leis que transcendem a existência material correrão o risco de perder o próprio controle mental, emocional e espiritual, quando estiverem imersos nas leis do caos.

Hoje lhes pedirei que não escutem Minhas palavras como tan­tas mais que escutaram ao longo dos anos, porque cada frase pronunciada traz uma instrução precisa para o final dos tempos. Por isso, o fato de terem recebido determinada instrução já sina­lizará para o universo que estão aptos a suportar as provas que virão e os farão colocar em prática o que Nós lhes ensinamos.

Peço-lhes que observem em suas vidas como as energias retró­gradas já ganharam certo grau de incentivo com as tecnologias e os estímulos astrais e mentais, de uma forma geral. Agora pen­sem: se dentro de uma aura grupal, preparada por Deus para suportar embates negativos importantes, as forças da escuridão ainda conseguem penetrar e influenciar, mesmo que não seja com tanta intensidade quanto a influência da Luz, como esta­rão as mentes dos governantes e das consciências que manejam de forma descontrolada as energias do poder e da propriedade?

A ânsia de poder está crescendo de forma excessiva e, à medida que essas consciências adquirem mais poder e posse sobre as coisas e as pessoas, sua ambição cresce e a sensação de que são invencíveis se apodera de suas mentes e de seus corações.

Preciso falar-lhes de forma clara e direta, porque assim como as forças da escuridão já não se escondem entre os homens, tam­pouco a Luz poderá se esconder, pois com a mesma intensidade ela deverá chegar ao mundo, para que as consciências possam encontrar o equilíbrio diante de si e possam eleger entre a Luz e a escuridão, que na mesma proporção se apresentam.

Não significa que a Luz e a escuridão tenham a mesma inten­sidade na Criação; elas aparecerão no mundo na mesma pro­porção para que os seres se definam e para o seu aprendizado, porque a Luz sempre prevalecerá e, ainda que a noite pareça muito escura e interminável, ela durará o tempo necessário para que todos se definam, e logo despontará um novo Sol,  mais luminoso do que o que vocês conhecem, para ofuscar os olhos dos que apenas veem na escuridão.

Será essa a hora do despertar, e todos terão consciência de suas escolhas, ainda que não haja mais tempo para voltar atrás. Esse será o momento de colher os frutos das sementes plantadas e assumir as decisões escolhidas.

Digo-lhes isso porque, antes que a noite se precipite no mun­do, deverão estar com os olhos bem abertos e as consciências forjadas no Fogo de Cristo, para a elevação de vocês.

Não Me escutem mais de forma simbólica. Falo aos que sabem ouvir, pois apenas esses farão em si mesmos a expansão e a transmissão da mensagem para os que estiveram surdos quando Deus emitiu para o mundo Sua santa Voz.

Crescimento e paz a todos.

São José Castíssimo

dez

13

Domingo, 13 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE MONTEVIDÉU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Ser verdadeiro é um atributo espiritual dos que aspiram a se transformar e que não temem ser nada; por isso, mostram­-se assim como são. Dessa forma, Deus pode moldá-los como Ele necessita.

Embora todos os dias vocês se esmerem por ser outros, jamais forcem algo que ainda não alcançaram. Os passos que derem devem ser verdadeiros, ainda que sejam poucos ou lentos. Toda transformação em suas vidas deve dar-se de forma natural e simples, porque se vocês se acostumarem a ser verdadeiros, aos poucos poderão ir descobrindo o que são em verdade e farão emergir aquilo que existe originalmente em suas essências.

O que mais importa neste momento é serem simples, não temerem ser o que são e entregarem isso todos os dias ao Altar Celestial.

Aos que são verdadeiros, Deus lhes entregará a verdade sobre si mesmos, sobre a humanidade, sobre o planeta, sobre o universo e sobre o Seu Plano. Os que são verdadeiros e simples encon­trarão o caminho para que possam fundir-se com Aquele que é a própria Verdade Universal, a Verdade da Criação, em que se guardam todos os arquétipos originais de tudo o que foi criado.

Percebem, então, que quero levá-los a algo mais amplo, que abarca não só suas pequenas vidas e não apenas este mundo?

Vocês, Meus queridos, são criaturas que podem unir-se a Deus por sua natureza, pois esse é um atributo que guardam como civilização humana. Essa possibilidade de união com Deus deve ser ancorada no universo, para que vocês componham a unidade com as demais civilizações do cosmos e coloquem na mesa da Criação a sua parte, para que todos comunguem do melhor que cada criatura deste universo pode proporcionar para que a Perfeição de Deus se manifeste.
Comecem pelas coisas simples, sendo verdadeiros em seu dia a dia sem temer expressar-se tal como são, mas sempre sabendo que o propósito de ser verdadeiro é encontrar a Verdade, que em nada se assemelha ao que vocês são hoje. Tenham também sempre no coração que toda a vida na Terra caminha para uma unidade com Deus.

Pensem amplamente, sintam amplamente, orem transcenden­do a vida planetária, sirvam por um propósito universal, vivam para o cumprimento de um Plano Cósmico.
Minhas mãos dissolvem as fronteiras diante de seus olhos e podem cruzar o infinito.

São José Castíssimo, pelo despertar e pelo amadurecimento da verdadeira consciência humana

 

dez

12

Sábado, 12 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE MONTEVIDÉU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Para transformar o espírito e a consciência de uma nação, é necessário que representantes seus gerem nela tanta luz que primeiro equilibre a escuridão e depois a dissipe.

A oração é a ferramenta para transformar o próprio espírito e, em decorrência, transformar tudo o que no nível do espírito atua e se move, tudo o que ali tem vida. A ação existe para trans­formar a consciência e, assim, chegar à consciência da nação.

Quando oram, estão atraindo dos mundos superiores as Leis divinas, que transcendem as leis da Terra e, assim, geram méritos para a salvação e o despertar espiritual. Quando agem seguindo os passos ditados por Deus e vivem na matéria os princípios que suas almas já conhecem e já compreendem, estão irradiando exemplos, que são a melhor fonte de conversão e de salvação para as almas, porque uma alma perdida, sem fé e sem perspectiva de vida, ao encontrar diante de si um exemplo, que é mais do que uma doutrina, sente no coração a esperança de que uma vida superior pode existir neste mundo e encontra sentido para a própria existência.

O Uruguai, como nação, tem uma missão primordial no final dos tempos, mas, como consciência, acomodou-se no que é e não anseia esforçar-se para viver uma brusca mudança. Isso levará a maior parte da população a despertar pela dor, porque as pessoas sofrerão quando virem que nada do que viveram tinha um sentido verdadeiro. Sofrerão, também, por não pode­rem compreender a Vontade de Deus e, por ser ela tão diferente de tudo o que sentem e vivem, muitos preferirão negá-la. Por isso, os Mensageiros Divinos chegam a esta cidade, que cor­responde ao coração material da nação, o ponto de onde deve partir uma maior transformação e um maior esforço.

Trabalhem todos os aspectos que os levam à comodidade e deixem que suas consciências se incorporem ao permanente serviço, à vida fraterna e ao constante ato de vencer a si mesmos para amar o próximo.

Todos aqueles que estão nesta nação, e mais ainda os que nela nasceram, devem buscar a transcendência dos próprios gostos e de suas comodidades, por amor ao próximo. Isso os levará ao despertar do que Deus espera verdadeiramente de vocês.

É tempo de cada nação cumprir sua parte para preparar em si o surgimento de uma Nova Humanidade. E esse impulso não partirá dos seus governantes, nem dos que vocês têm ao lado, mas partirá de cada um que, com seu exemplo, irradiará a todos.

Espero que, depois deste impulso de Deus, mais do que dis­tribuir informações distribuam amor, fraternidade, serviço e oração, começando com os que vocês têm ao lado e, depois, expandindo até aqueles que querem manter bem longe.

Eu os amo e por isso lhes digo todas essas coisas.

Que cada nação busque o seu ponto de transformação e se encaminhe ao despertar.

São José Castíssimo, pela consagração da América ao Coração de Deus Criador

dez

11

Sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM DO CENTRO MARIANO DE AURORA ATÉ A CIDADE DE MONTEVIDÉU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Não enganes mais a ti mesmo com o medo ou a falta de força interior, para que sejas conforme és em espírito, porque teu coração apenas sofre enquanto as energias do mundo seguem estabelecendo o reinado em tua vida. Sofres porque não expres­sas o que és e perdes a oportunidade de estar pleno na Verdade, apenas por ceder às forças mentais deste mundo em decadência.

Vês quão pouco inteligente és tu, que escolhes sofrer a estar pleno em Deus?

Já pensaste alguma vez a respeito do que te move a consagrar tua vida internamente e não expressar tal consagração em tuas ações, teus pensamentos e sentimentos?

Dizes que temes perder a alegria, a vida, a leveza, mas tais atri­butos são da alma, essa tua alma que nunca pode se manifestar, porque tu constantemente a oprimes para viver tua própria vontade e seguir experimentando as energias do mundo.

É chegado um tempo de renovação total e absoluta; por isso, filho Meu, não te falarei mais como um pai que fala a uma criança. Já és um potencial instrumento de Deus, chamado de amigo e companheiro de Cristo em todo o universo.

Busca, pois, em teus dias, aprofundar-te na vida do espírito e liberta-te da ignorância. Deixa que tua consciência encontre novos horizontes dentro de si mesma e, assim, desveles os mis­térios que não sabes sobre ti.

Conhece-te, reconhece-te como filho de Deus e age no mun­do como tal. Reconhece-te como parte deste fio de luz que dá seguimento à vida crística na Terra e não permitas que este princípio divino se apague do coração humano.

Abandona, filho querido, a ignorância, as arrogâncias e as mes­quinharias. Se te entregaste a Cristo, então dá tudo de ti sem temor. Não fiques apegado àquilo que te apraz em ti mesmo, porque o Senhor te pede tudo.

Enquanto o mundo sofre e se desvanece por não conhecer a Luz, os Céus se abrem diante de ti e um Mensageiro de Deus sorri e te oferece perder-te de ti mesmo para estares pleno no Criador. Tomarás essa Mão Divina ou permanecerás prisionei­ro de teus próprios gostos?

A humanidade aguarda a tua resposta verdadeira, mais do que tua reflexão passageira.

O que te impulsiona à transformação,

São José Castíssimo

 

dez

10

Quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Vencerás a indiferença diante de tudo o que acontece no mundo quando, em tuas orações, teu coração for uno com o coração de teus irmãos, onde quer que eles estejam.

Quando sentires dentro de ti o Coração de Deus e, nele, o amor pela humanidade e pelo planeta, então, para ti, as dores do mundo serão maiores do que as tuas. Sente o Amor de Deus por este Seu Plano. Sente a esperança do Pai de multiplicar, em Seus filhos, o Espírito de Cristo.

Ao comungar, não apenas ponhas um pedaço de pão em tua boca. Vive, na Comunhão, o maior milagre de Cristo que, em união à Vontade de Seu Pai, entregou-Se à cruz e prossegue entregando-Se todos os dias, várias vezes ao dia, em todos os altares consagrados por Deus, para repartir a Misericórdia por meio do Corpo de Cristo.

O Senhor assume todos os dias os pecados dos que têm fé e fazem do pão o Corpo Sagrado de Cristo e, do suco da uva, Seu Precioso Sangue.

Onde estás tu na hora da Comunhão? O que compreendes do maior mistério universal de Transubstanciação e Misericórdia?

Sabes que todas as criaturas deste vasto infinito te observam e, de joelhos, rogam que este pão se faça carne e te convertas uno com Cristo?

Vai, alma pequena, mergulha além da tua ignorância. Não permitas que os ciclos passem e tua mente permaneça enferma nas superficialidades da vida, quando tens diante de ti a maior oportunidade de transformação deste universo.

Não ores apenas para acalmar o teu coração e para encontrar um pouco mais de paz no manicômio que é este mundo para ti. Mergulha no universo da oração, funde-te com Deus, descobre Seu Amor e Suas Dores, alivia o Seu Sacratíssimo Coração. Abre a porta ao bálsamo que até hoje brota do Coração de Cristo e permite que Sua Misericórdia se derrame sobre as almas e sobre os Reinos da Natureza.

Faz de tua vida a razão do sacrifício de Cristo. Faz de teu per­manente esforço para fundir-te n’Ele e ser tu um Cristo Vivo, o motivo pelo qual Ele ainda tem Seus Olhos postos nos seres da Terra e não deixa de oferecer Seu Coração em reparação dos pecados do mundo.

Transforma-te, voa longe.

Tem os pés firmes nesta Terra para que, em tua elevação, ela transcenda as dimensões e ingresse contigo no Tempo Real, no Tempo de Deus.

Abençoo-te e guardo-te em Meu Coração para que desveles ali os mistérios que Eu descobri em vida e também na glória dos Céus.

Teu pai e companheiro,

São José Castíssimo

dez

09

Quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Silencia um pouco mais o coração e a consciência para que te tornes observador de ti mesmo e, assim, possas aprofundar-te em tua evolução.

Não caberão as superficialidades neste novo ciclo. Não pode­rás mais dar certas permissões ao teu mundo interior, sendo ora espiritual, ora mundano.

Silencia, não para observar e corrigir os demais; deixa que cada um responda por si mesmo. Ajudarás o próximo de uma maneira muito mais verdadeira se fores para ele um exemplo, não um juiz.

Sê o que deves ser apenas para cumprir com tua parte, e não para demonstrar nada a ninguém, porque as intenções se imprimem nas obras e ditam o grau de irradiação que elas terão. Não farás evoluir o mundo com obras cheias de vaidade. Sê porque tens de ser e nada mais.

Este ciclo planetário trará a ti impulsos claros, precisos e orde­nados, para que assim seja tua resposta.

Sê preciso e objetivo no que fazes. Sê verdadeiro e simples em teu interior. Sê manso, amoroso e pacífico, mas sê também reto e dedicado em tuas ações.

Deixa que emerja aquilo que guardas dentro de ti, porque chegou a hora da correspondência entre o mundo interno e o externo.

Os códigos recebidos ao longo dos anos já fizeram de ti um ser espiritual, internamente. Tens metas claras e propósitos verdadeiros; agora, vive-os como o mais importante a ser feito.

Fora de ti, em teu entorno, as novas vibrações construirão o caminho. Coloca nesta senda os dois pés e anda sem olhar para trás.

Tens a bênção dos Céus.

São José Castíssimo

dez

08

Terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Buscar a Verdade deve ser a única aspiração existente no coração dos que caminham para Deus.

Olha, por um instante, dentro de teu interior e sente a presença do Criador em ti, chamando-te a reconhecer a verdadeira razão da vida manifestada no mundo.

Respira fundo e sente o princípio da unidade no ar que preen­che teu corpo. Sê para o planeta assim como o ar que te dá a vida e que, em perfeita unidade contigo, nutre cada espaço de teu ser, equilibra-o e leva-o à perfeição.

Sê para o planeta como o ar que respiras no campo. Deixa que, em tua presença, a consciência desta Terra respire fundo, ali­viada por encontrar algo puro e limpo.

És uma ponte entre o Céu e a Terra; para isso, existes como ser humano, para gerar equilíbrio e atrair a unidade com Deus.

Sê como o vento fresco, em um dia de muito sol e calor. Com tuas orações e com tua unidade com Deus, traz não somente vida à Terra, mas também alento, alívio e paz.

Dirige-te a um campo e, em silêncio, fecha teus olhos e sente a natureza; respira fundo o ar que te rodeia; deixa que tua alma se alegre ao ouvir o louvor de um pássaro. Sente-te aliviado da pressão da vida na Terra: vê como, diante da natureza, tua alma encontra sentido para existir no mundo.

Assim deves ser para o planeta. Que em tuas orações ele encon­tre alívio; em tua unidade com o próximo, encontre esperança; em tua comunhão com os Reinos, encontre paz. Que em tua consciência da existência de um espírito maior que te ampara, dando vida ao teu planeta, esse espírito encontre a razão de sua existência e a fé da concretização de sua missão.

Percebe com o coração que este mundo tem um espírito, um espírito que sofre com as guerras e que se alenta na fraterni­dade; um espírito que é chagado pela depredação e restaurado pela irmandade entre os Reinos.

Sente a ti mesmo como parte desta consciência. Podes ser uma célula enferma que gere um câncer no mundo, ou podes ser uma célula milagrosa que converta outras mais e traga, assim, a cura para o corpo planetário.

Toma consciência da Vida. Sê parte de um Todo e dissolve a tão amada individualidade da consciência humana. Sê uno com o próximo, com os Reinos, com Deus. Traz o Reino Celestial, como princípio vivo, em teu interior.

Lança fora o velho homem e sê tu o princípio fecundo do novo mundo, da nova Terra redimida.

Que a paz e a esperança sejam uma realidade no coração huma­no e que impulsionem a humanidade à renovação da vida e do espírito.

São José Castíssimo

dez

07

Segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Quando a Vontade de Deus se expressa no universo, todas as estrelas e todas as consciências evolutivas se unem ao Propósito Divino. São as Leis da Obediência e da Unidade, reinantes entre os mundos confederados, que permitem a dissolução de todos os obstáculos à Vontade Superior.
Para que a Vontade de Deus se manifeste na Terra, assim como ela é no universo, as consciências que respondem ao Plano e o amam acima de todas as coisas, inclusive mais do que a si mesmas, devem unir-se a esse Propósito, sob o espírito do amor e da fraternidade. O triunfo de Deus é uma lei; porém, as criaturas que habitam neste mundo, assim como em todos os outros, necessitam aderir ao Propósito Divino e dar mostras de sua adesão, não somente com o verbo, mas também com as ações e o esforço consciente para viver a própria transformação.

Um novo ciclo se precipita sobre o mundo; é a Vontade de Deus que se manifestará. O Senhor já deu Seu ultimato sobre o Plano da Terra e pede definições claras aos espíritos nela encarnados.

Internamente os seres reconhecem a necessidade de uma mudança iminente e completa; porém, reconhecer essa necessi­dade não é o suficiente, porque são necessárias manifestações concretas de espíritos em evolução, exemplos que possam servir de guia para os que despertarão no último segundo, antes de perderem completamente a evolução.

O ciclo que se iniciará neste mês de dezembro terá como finalidade dar um último grande impulso às consciências encarnadas, às almas que se perderam nos abismos planetá­rios, como também aos Reinos da Natureza.

O Criador fará descer Sua Potência Solar como um sinal – que dará às consciências de todas as criaturas do planeta – de que está entregando o melhor que há no universo como regência e guia para todos, para que, assim, também sejam impulsionados a entregar tudo.

Esse movimento universal gerará resistências em sua concre­tização, dentro e fora dos seres; porém, mesmo se poucos afir­marem sua entrega e adesão ao cumprimento do Plano e à autopurificação imediata para que ele seja uma realidade, isso será a permissão que o Criador necessita para atuar plenamente em toda a consciência planetária.

Agora, mais do que nunca, vocês precisarão desenvolver o espí­rito da fé e colocar em prática a fraternidade e a unidade entre os seres, algo que foram aprendendo nos últimos tempos.

A escuridão resistirá, mas da persistência nascerá o amor, prin­cípio do triunfo do Criador no coração humano.

Mais do que contar com a sua fortaleza interior, afiancem a uni­dade entre os espíritos congregados para cumprir esta missão. Lembrem-se do que lhes digo, porque a unidade é primordial em todo o universo para se cumprir o Propósito de Deus. Onde houver unidade, aí estará o Espírito Divino.

Deixo-lhes Minha Paz e Minha bênção paternal para os tem­pos que chegaram ao mundo.

Suas ações de hoje, de agora, lhes ditarão os passos para o ins­tante seguinte de suas vidas. É hora de despertar ao momento presente e escrever com o coração a própria história, a história da humanidade e, por consequência, a história deste universo.

Seu companheiro e instrutor de sempre,

São José Castíssimo

dez

06

Domingo, 6 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Clamar por paz e por misericórdia é o primeiro passo na transformação da consciência.

A mente primeiro ora e, aos poucos, começa a escutar o cora­ção. Então a alma respira aliviada por, finalmente, encontrar um motivo para estar com sua atenção no mundo.

Oração após oração, a mente vai aprendendo a viver a quietude e dá espaço para que o coração também comande o dia a dia.

Nesse momento, ao ver como age o coração, a mente já não pode orar e pedir paz se não for pacífica em suas ações e em seus pensamentos.

Segue o segundo passo da transformação consciente: a mente e a personalidade tomam gosto pela santidade e querem elas mesmas conduzir os passos da transformação, para que sejam as melhores, as primeiras na santidade. O coração observa e, com paciência, quando pode, sussurra para a personalidade e para a mente que, em verdade, o caminho da transformação é longo e o resultado apenas Deus conhece. Aos poucos e com amor, o coração, que mora também na consciência, explica sobre as virtudes e os dons e ensina à mente o que é a humildade.

O terceiro passo da transformação é quando o ser descobre que não é perfeito e muito ainda lhe falta caminhar para alcançar ao menos uma virtude. Esse passo é definitivo, porque aqui o ser se depara com a desesperança e com a forte necessidade de deixar todo o esforço de lado e render-se de uma vez por todas ao mundo, já que o Céu lhe parece inalcançável.

O quarto passo é quando o coração dá a conhecer à mente e à personalidade a Misericórdia e esclarece sobre a perseverança e a persistência no caminho, ainda que ele seja infinito, porque Deus, que é puro Amor e Misericórdia, Se valerá da perseve­rança de Seus filhos para, um dia, lançá-los à santidade.

O quinto passo da transformação é quando a mente compreen­de a essência das virtudes espirituais e as ama. Começa então sua rendição, assim como a da personalidade, para fundir-se ao propósito do coração, que é a porta da alma. Aqui, a mente e a personalidade sofrem muito, mas já aceitam o que vivem, porque se abriram à superação de si mesmas.

O sexto passo é quando a mente se torna una com o coração, e a personalidade se torna um veículo da alma. Já não há con­flitos entre a vida do espírito e a vida na matéria, no que diz respeito às resistências à transformação. Aqui o ser segue ten­do de se esforçar e perseverar, mas sua consciência já recebe os impulsos dos mundos superiores e flui com a Vontade de Deus.

O sétimo passo é o primeiro de um novo ciclo, quando a von­tade do ser se funde com a Vontade de Deus, e agora o ser já não lutará consigo mesmo, mas sim com o mundo, para fazer triunfar o Reino Celestial na Terra.

Quando lhes falo sobre esses passos, não é simplesmente para que se encontrem em um deles. É apenas para que a consciên­cia tenha esperança de que, apesar de sua imperfeição, está no caminho da transformação e, dando os passos, um a um, com amor e paciência, poderá fazer de seu espírito e de sua essência um triunfo de Deus, uma conquista de Cristo.

Paz e fé no coração de todos os servidores e consagrados ao Plano.

Agradece-lhes sempre,

São José Castíssimo

 

dez

05

Sábado, 5 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Da Consciência Suprema do Criador nasce o Raio da Vontade. Esse Raio é um princípio de criação utilizado por Deus para manifestar Suas mais amplas obras no mundo, no universo e no interior de todas as criaturas.

O Raio da Vontade une as vontades das criaturas à Suprema Vontade de Deus. Ele permite que os seres transcendam a força e passem a atuar com base no Poder que, por uma questão de Criação Divina, existe latente em todas as essências manifes­tadas pelo Pai.

O Raio da Vontade de Deus é o que abre a porta aos demais Raios que unem a vida manifestada na matéria à vida universal, como, por exemplo, o Raio da Transcendência, o Raio da Libertação e o Raio da Transmutação.

É o Raio da Vontade que permite que as criaturas transpas­sem as capas da ilusão e encontrem o verdadeiro.

Por que lhes digo isso? Porque, em tempos de inércia espiri­tual na humanidade, para não permanecerem estancados na evolução e, inclusive, para não regredirem, vocês necessitam conhecer o Raio da Vontade, que em nada se assemelha à von­tade própria.

O Raio da Vontade é a possibilidade de viver no coração a Vontade de Deus e, assim, ser conforme ao que Ele espera de Suas criaturas.

Trilhar o caminho espiritual é como subir uma grande escada em espiral e, em cada volta que dão nessa subida, vocês encon­tram um obstáculo imposto pela própria consciência.

A escada é a representação do ser em evolução. Ele mesmo tem dentro de si a possibilidade de se elevar. Todos os degraus que necessita subir se encontram em sua própria constituição como criatura de Deus. Ele só precisa descobrir isso para sair da ilusão e se abrir ao seu verdadeiro potencial interior.

Os seres da Terra se apegaram ao modo do viver humano e, na confusão de todas as energias que conduzem a terceira dimensão do planeta, aferraram-se mais ao prazer do que ao aprendizado único do Amor Crístico, que apenas neste mundo podem viver.

Quando a consciência desperta ao verdadeiro propósito de sua existência, ela deve vencer todos os aspectos adquiridos durante a vida na Terra, aspectos que são parte de sua com­posição humana, mas que não aderiram ao propósito da cons­ciência. Então, constantemente, vocês entram em redes de conflito consigo mesmos, porque querem e não querem viver a vida espiritual.

À medida que o espírito se fortalece e a alma confirma suas aspirações, eles vão ganhando influência sobre a matéria e, aos poucos, começam a atrair dos Céus os princípios divinos, como o Raio da Vontade, para converter, transmutar ou trans­cender esses aspectos.

O meio para se alcançar o Raio da Vontade são os atributos materiais que o antecedem: esforço e persistência. Trabalhando esses dois atributos, no que se refere ao controle dos pensamen­tos, dos sentimentos e das ações, vocês encontrarão quase sem perceber o Raio da Vontade.

Não lhes digo que não pensem, não sintam nem ajam de determinadas formas, porque isso seria conduzi-los à frustração e à desesperança. Peço-lhes que se esforcem por cortar o fluxo dos pensamentos e das fantasias que os conduzem ao abismo, além dos sentimentos que os levam à perdição e à separativi­dade, e das ações que não constroem a reverência dentro de suas células nem da consciência material em sua totalidade.

Levantando-se depois de cada queda e mantendo-se no espí­rito da fé, vocês encontrarão a Vontade de Deus e a ela se fun­dirão, para que possam viver, assim, a própria transformação em Cristo.

Paz e persistência, e Vontade Divina, para dissipar o medo, a desesperança, o falso poder e a vontade própria da consciência humana.

Seu amado pai, companheiro, amigo e instrutor,

São José Castíssimo

dez

04

Sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

A Paz é um dom divino no coração daqueles que confiaram suas vidas ao Pai Altíssimo.

A Paz na vida espiritual provém da renúncia de todos os resul­tados de suas obras. Por mais que o coração se esforce para transcender os próprios limites, em prol do cumprimento da Vontade de Deus, ele não se apega aos resultados nem em si, nos demais e nem em coisa alguma.

Nestes tempos, para não desgastar o coração nem o ânimo de seguir adiante, vocês devem manter-se em paz e cruzar os dias de conflito interno e de purificação com certa confiança no porvir, e não tão envolvidos com a transição que vocês ou outros vivem.

Deus lhes deu a oportunidade de se purificarem sob o dom de Sua santa Paz, ao amparo dos Seus Centros Marianos e em uma época na qual o caos ainda está começando o seu ciclo de expansão.

Felizes dos que se valem das dádivas entregues por Deus, por­que Ele espera que, em um tempo próximo, vocês não estejam mais trilhando os caminhos básicos da própria transformação, mas que auxiliem os que terão de suportar o brusco despertar que viverão e as mudanças internas e externas que acontecerão com violência, por dizer de alguma forma, em todo o planeta.

Sejam mais simples, não Me cansarei de dizer-lhes, porque, quando descobrirem o dom da simplicidade, não enredarão mais a própria consciência nas coisas corriqueiras da vida e não perderão energia espiritual com conflitos que serão, de agora em diante, o comum viver da consciência humana e que, inclusive, crescerão em intensidade.

Tudo depende daquele que passa pela purificação e dos que estão ao seu redor. Se vocês aprenderem a viver tudo com natu­ralidade e sem espanto, poderão ajudar para que o processo de cada um seja menos doloroso.

Não lhes digo que sejam indiferentes diante das provas que vocês ou seus irmãos vivem, mas que tratem de trazer o bálsamo da simplicidade e da paz a essas situações, reconhecendo com maturidade o que deve ser transformado e encaminhando-se à limpeza do próprio lodo interior.

Sei que existirão reações internas e externas que vocês não poderão controlar e que apenas terão clareza sobre elas quando, em um momento de maior lucidez, refletirem sobre o que lhes acontece. Não pensem que não há solução para o que vivem, mas aos poucos tentem não se envolver tanto com os próprios processos.

Sejam mais diretos e, inclusive, mais frios consigo mesmos. Percebam um erro e tentem transformá-lo. Ao reconhecer que caíram e só se deram conta ao estar no chão, levantem-se e con­tinuem a caminhar, pois mais adiante poderão abrir os olhos de outros, para que sejam evitadas tantas quedas.

Sirvam e sacrifiquem-se com paz e com valentia, porque o ser­viço abnegado os ajudará a descobrir a verdade da grandeza do Plano de Deus e que, no mundo e mesmo ao redor de vocês, existem maiores necessidades do que as suas e maiores proble­mas do que a própria purificação.

Amem os tempos em que vivem, na certeza de que o triunfo de Deus em suas vidas se gestará a partir dessas transformações que, às vezes, são incômodas, mas que sempre valerão a pena.

Na simplicidade de Minhas palavras, deixo-lhes Minha paz, para que recebam de Meu Espírito Divino tudo de que neces­sitam para consagrar a matéria.

Tudo seja em prol da manifestação da Vontade de Deus.

São José Castíssimo, pacificador e simplificador dos corações humanos

dez

03

Quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Para que suas consciências amadureçam, vocês devem reco­nhecer as realidades do planeta manifestadas nas diferentes dimensões. Devem ser conhecedores de todo o bem e de toda a graça que recebem como auxílio dos mundos celestiais e da existência superior, mas também devem ser conscientes de tudo o que acontece na superfície da Terra e nos planos inferiores de consciência, estados estes que causam a preocupação de Deus e que fazem que tantas e infindáveis sejam as Graças vertidas sobre a consciência humana.

O conhecimento dessas realidades se complementa para for­jar sua fortaleza no interior dos seres. Se vocês apenas fossem conhecedores da realidade planetária no sentido inferior da vida, poderiam perder a confiança nos Planos de Deus e até mesmo a fé na existência da Consciência Única, do Criador. E se fossem apenas conhecedores dos mundos sutis e ignoras­sem o que acontece com seus irmãos na superfície do planeta, correriam o risco de se manterem imaturos e egoístas, vivendo apenas em benefício próprio, pela própria elevação.

Com o conhecimento de todas as realidades, vocês poderão levar as emanações da vida superior como um alento para as almas que se encontram nos abismos do planeta. E mesmo diante de tanto sofrimento que o próprio homem gera no mun­do, influenciados pelo caos e pelo mal, não perderão jamais a esperança, porque saberão que existe Algo muito maior e mais poderoso do que o mal e que Isso que se chama Deus-Pai Criador sempre triunfará, porque Sua Vontade é o que anima toda a existência. Com um sopro de Seu Divino Espírito, a vida se cria e se recria constantemente.

É por essa razão que ora lhes permitimos que acessem as rea­lidades sublimes e lhes mostramos o que ainda deve ser trans­formado na vida deste mundo, porque assim poderão aprender e crescer em consciência. Dessa forma, suas orações serão ver­dadeiras e conduzidas ao lugar correto.

Eu os amo e por isso sigo aqui, impulsionando incansavelmente o coração humano.

São José Castíssimo

dez

02

Quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Acalma teu coração, entregando-o a Deus.

Aquieta tua mente, rendendo-te aos pés do Criador e lançando-te firmemente ao cumprimento da Sua Vontade e não da tua.

Serena teu espírito na certeza do triunfo de Deus na Terra.

Fortalece teu interior com a simples oração e descobre quão fácil é viver em paz e em harmonia com toda a Criação.

Busca dentro de ti a unidade com o Todo e sê parte consciente do Plano de Deus.

Se queres ser humilde de verdade para que se cumpra em ti o Pensamento de Deus, resigna-te a ser servidor de todos e deixa que em tudo sejam melhores os demais.

Obedece, então, com o coração e por meio da rendição da mente, porque se o coração busca obedecer, mas a mente não se rende, poderás até aparentar ser obediente e bom, mas nunca alcançarás a paz. A mente poderá levar-te a aparentar muitas coisas, porém só encontrará a paz no dia de sua rendição.

Deixar a mente rendida diante de Deus é entregar a Ele suas potencialidades e não fazer caso delas, a não ser que Deus mes­mo disponha as situações da vida nas quais elas são necessárias.

Render-se mentalmente é renunciar à própria forma de pensar, de agir e de ser. Renunciar a tudo o que se assimilou como aprendizado, para estar vazio e disposto à permanente mudan­ça, característica destes tempos.

Render-se de coração é simples, porque o coração é a mente da alma e quando a alma aspira ardentemente a encontrar Deus, o coração não teme lançar-se nesta aventura. Mas a mente, que é a rainha dos sentidos e da matéria, jamais vai querer perder o seu reinado e muito lhe custará entregar o trono para ser serva de um Rei tão incompreensível e pouco alcançável para ela e suas capacidades.

Começa pelo coração, que já conhece a verdade que a alma lhe imprimiu e, aos poucos, anima-te a dar passos ainda maiores, para alcançar aquilo para o que vieste ao mundo; aquilo que necessita que sejas o que nunca foste em aparência, mas que sempre foste como essência proveniente de Deus.

Amo-te e deixo-te Minha bênção paternal.

São José Castíssimo

dez

01

Terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

 

Queridos companheiros em Cristo,

Aproxima-se o fim de um ciclo e o início de outro, marcado pela necessidade de definições ainda mais profundas e verdadeiras.

Neste ano que agora termina, vocês puderam perceber que, em muitas partes do mundo, a escuridão tomou conta do cora­ção humano. Porém, aqueles que permaneceram unidos ao Propósito de Deus viram crescer em seu interior a certeza da adesão ao Plano e a imperiosa necessidade de seguir aprofun­dando-se em sua entrega, na compreensão verdadeira de tudo quanto Deus lhes ensina por meio de Seus Mensageiros.

Este novo ciclo ditará o momento da concretização de tudo o que permaneceu apenas na intenção e na mente dos servidores. Tudo aquilo que, ao longo dos últimos ciclos vividos, cresceu como aspiração espiritual sincera e verdadeira dentro de cada servidor do Plano e o foi levando a consolidar sua definição interior, assim como foi construindo as bases de sua fortaleza interna, deverá agora se converter em conduta humana, em expressões de vida e em comunhão com a vida existente em todos os Reinos da Natureza.

O que foi crescendo como aspiração deverá tomar tal força dentro dos corações dos servidores, a ponto de levá-los à vivência de suas aspirações e a não mais destruir tudo o que creem ser verdadeiro, seja com suas atitudes, seja com suas formas de vida que não tiveram força interior suficiente para não viver.

Com os impulsos que descerão sobre a consciência humana a partir do dia 8 de dezembro deste ano, tudo o que existe dentro da consciência de cada ser como aspiração, intenção e vontade, e que estava precisando de um estímulo para se manifestar, crescerá de tal forma que os seres já não suportarão viver as coisas que vão contra o que eles acreditam.

Vocês deverão, neste momento, aferrar-se à luz interior que habita suas essências, para suportarem as bruscas mudanças que serão levados a manifestar por necessidade própria.

O mesmo acontecerá com as consciências que estão hoje toma­das por fortes aspectos escuros e contrários à Vontade Superior. Elas se entregarão sem limites aos desejos e às aspirações mun­danas e perderão todo tipo de conduta e de ética que as manti­nha em certo equilíbrio diante da sociedade humana.

Por isso pedimos tanto que vocês revisem, no próprio interior, as aspirações mais profundas, porque elas serão impulsionadas ao crescimento de tal forma que a mente não terá outra saída senão ceder a elas. Também, por esse motivo, lhes advertimos que a purificação é necessária, para que os impulsos que chega­rão fecundem nas consciências as sementes corretas.

Eu os amo e os convido ao aprofundamento e ao crescimento interior.

São José Castíssimo

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos