MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE SAN ESTEVE, MONTSERRAT, BARCELONA, ESPANHA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN, POR MOTIVO DO ANIVERSÁRIO DAS APARIÇÕES DE MEDJUGORJE

Festa de São João Batista

Queridos filhos,

Que a humanidade renove neste dia seu batismo espiritual, e não seus costumes.

Que, na festa de São João, as almas recordem a mensagem desse santo homem, primo de Jesus.

Que todos retornem ao Reino de Deus, que está muito esquecido.

Que a maioria das almas volte a se unir a Deus, e não a tudo o que se vive e promove na superfície deste mundo.

Que, no dia festivo de São João, as consciências deste planeta celebrem o Sacramento que ele trouxe para o mundo: a possibilidade de ser renovado pelo Pai, pelo Filho e pelo Espírito Santo.

Que, neste dia, não somente recordem o seu batismo, concedido pelo sacerdote através da água, mas também que recordem a bênção espiritual concedida pelo Santo Espírito.

Em verdade, o propósito da Festa de São João, como a de outros santos, foi desvirtuado pelo Meu adversário; ele conseguiu levar a atenção de todas as almas para algo exterior, medíocre e superficial.

Ao contrário, neste dia, São João traz a mensagem de que, a cada novo ano, as almas podem renovar-se na fé, recordando o Sacramento de seu batismo e confirmando-se diante de Deus e diante de Sua Divina Vontade.

O batismo é a bênção que a alma recebe diretamente da Fonte da Graça e da Misericórdia e que permite liberá-la das manchas e de todos os pecados.

A finalidade da Festa de São João era que as almas que comungassem nesse dia pudessem renovar seu batismo através de um ato de fé e de união com Cristo.

Hoje em dia, essa intenção está longe da atenção das almas, e muitas delas, em vez de se renovarem, condenam-se ao Purgatório sem sequer percebê-lo.

Por isso, sua Mãe, a Rainha da Paz, em 24 de junho de 1981, desceu em Medjugorje, na Festa de São João, para tentar reverter esse costume humano, que, até os dias de hoje e depois de 35 anos de Aparições, continua levando muitas almas ao precipício.

Nas mãos de cada alma está a sua escolha.

Sua Mãe, a Rainha da Paz, chegou a Medjugorje para voltar a unir um povo que ficou destruído e separado pela guerra.

Meu Filho pediu que, na Festa de Seu primo São João, Sua Mãe Celeste aparecesse para lembrar ao mundo o tempo que ainda tem para retornar ao Coração de Deus e deixar de ofendê-Lo.

Depois de 35 anos em Medjugorje e de quase 10 anos presente na América do Sul, a Mãe de Deus chega para advertir Seus filhos de que é urgente converter-se e render-se, o quanto antes possível, ao amor de Deus, para não perder a paz interior quando o mundo se purificar violentamente.

Assim, a Rainha da Paz hoje desce para confirmar mais um ano de Sua Presença maternal e amorosa entre Seus filhos que A amam e que A invocam.

O Pai Celestial espera que, o quanto antes possível, todos olhem para seu interior e perceba quão urgente é uma mudança na humanidade, antes de que se abra a porta definitiva à Santa e Divina Justiça.

Hoje, na festa de São João, sua Mãe Celestial chega para despertar do sono terrestre e do hipnotismo aqueles corações que estão longe do Reino de Deus e que caminham para o sofrimento.

Por obra da Graça, a Rainha da Paz hoje convida todos os Seus filhos a que renovem seu batismo e que assim o façam também pelos que já não se lembram dessa bênção espiritual.

Neste dia de oração pela paz nas nações, recordemos a chegada de Maria, Rainha da Paz, a Medjugorje, para que a consciência humana seja elevada e purificada.

Sua mãe Celeste retorna a Barcelona porque aqui existe um caminho aberto para começar a viver essa mudança que Deus tanto espera ver manifestada na humanidade.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu Chamado.

Abençoa-os, renovando o Sacramento do Batismo,

Sua Mãe, Maria, Rosa da Paz

MENSAGEM DIÁRIA DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE SAN ESTEVE - MONTSERRAT, BARCELONA, ESPANHA, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

A Poderosa Igreja Celestial de Cristo

Queridos filhos,

No sétimo céu do Universo espiritual se manifesta a Igreja Celestial de Cristo, que muitos anjos veneram. É um espaço que reúne os dons e os verdadeiros dogmas da fé através da vivência dos Sacramentos espirituais.

Na Igreja Celestial de Cristo, vivem-se estados de profunda cerimônia, religiosidade e sacerdócio entre as almas já santificadas e Cristo. É um princípio já estabelecido como lei de comunhão permanente com a sublime Divindade de Jesus Cristo.

Na Igreja Celestial de Cristo veneram-se os três aspectos principais de Cristo.

O primeiro aspecto venerado é o Sagrado Coração de Jesus, que é o principal símbolo vivo do Amor de Deus expressado para toda a Criação.

O segundo aspecto venerado é a Alma de Cristo, que é a manifestação suprema que permite a união entre as criaturas e Deus.

O terceiro aspecto venerado é a Divindade de Cristo, que é o estado que alcançou a total realização da obra redentora da humanidade.

Na Igreja Celestial de Cristo a consciência angélica participa e promove para as almas bem-aventuradas a constante plenitude de permanecer em Cristo eternamente.

Esta Igreja Espiritual e Divina foi a mesma que Jesus tentou instituir na Última Ceia. Ele quis que a humanidade fosse um espelho de consciência que pudesse atrair do universo os valores do plano álmico e espiritual.

A ciência dessa Igreja Celestial se baseia no amor verdadeiro, que é parte da experiência divina de todos os bem-aventurados.

A Igreja Celestial de Cristo se estabelece no recinto interior de Seu Sacratíssimo Coração e expressa para todos os adoradores de Seu divino Espírito os dons provenientes de Seu Patriarcado universal.

A Igreja Celestial de Cristo é um centro de devoção, de plenitude e de espiritualidade, onde as almas enriquecem suas consciências para, assim, formarem-se e prepararem-se para novos serviços ao Plano do Criador.

No sétimo céu do universo espiritual, a Igreja Celestial de Cristo está formada por uma entrada principal que ilumina a consciência que a atravessa - é o portal que se abre ao interior do Divino Coração de Jesus.

A igreja está apoiada nas colunas da fé, da devoção e do amor ardente. Sua cúpula ou abóbada principal irradia a luz da unidade espiritual, e seu altar manifesta a Presença de Deus em Suas três pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. A Trindade que se estabelece permite aos bem-aventurados estarem em comunhão eterna com a Consciência mística de Cristo.

O coro principal da Igreja Celestial está formado por sete legiões angélicas ou coros maiores. São anjos que cantam ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo em sete planos de consciência. A sagrada vibração que os coros angélicos emitem permanentemente ajuda as almas do purgatório e as almas do inferno para que, a cada sete ciclos e pela oferta de um bem-aventurado, uma alma receba a liberação e em seguida seja elevada sua consciência.

Os sete coros angélicos da Igreja Celestial de Cristo protegem os tesouros celestiais que ali se guardam; os anjos também são sábios custódios das relíquias espirituais da Igreja Celestial para as almas. Podemos compreender essas relíquias espirituais como os atos de Amor e de Misericórdia realizados e alcançados pelas consciências bem-aventuradas durante suas vidas na Terra.

Na Igreja Celestial de Cristo existe um momento importante para as almas, que é a confirmação interior perante o Plano de resgate de Cristo, antes de Sua segunda vinda.

A Igreja Espiritual de Jesus prepara um espaço na consciência celestial do universo para receber todos os que, em algum momento de suas vidas, serão elevados ao Paraíso.

Pela presença espiritual da Igreja Celestial de Cristo, o Pai concede a total e livre ação da misericórdia e da piedade para com as almas bem-aventuradas, que vivem nesse espaço do Paraíso.

São essas almas, já iluminadas pelo Espírito Santo e formadas pelas bases dessa Igreja Celestial, que imploram e oram pelas almas da Terra que estão perdidas e necessitam de redenção.

Quando uma alma ainda encarnada na Terra cria a ponte para Deus, por meio do universo da oração, a alma bem-aventurada recolhe a luz dessa prece e a apresenta como oferta imaterial nos altares da Igreja Celestial de Cristo; é dessa forma que se estabelece um estado de Graça especial e o Pai concede uma expiação ou milagre, quando está dentro do Propósito do amor e do bem comum para o mundo.

Cristo criou a Igreja Celestial para que as almas encontrem o sentido de viver a eternidade, o serviço permanente e, sobretudo, para que sejam mediadoras da humanidade de superfície.

Alguns dos bem-aventurados, já santos dentro da Igreja Celestial, atuam como mediadores e isso permite que as almas da Terra contem com a ajuda de consciências cristificadas e veneradas em toda a humanidade.

Nesta Igreja Celestial, as almas da Terra são impulsionadas a viver o apostolado e a missão, quando elas estão em sintonia com esse princípio de amor e de unidade, que nasce do interior da Igreja Celestial de Cristo.

Este espaço de consciência se amplia nos sete planos de consciência, e a nave principal da Igreja se expande em sete longos braços, para receber em seus sete Templos as almas que chegam e as que ingressam a outras escolas de instrução.

Na Igreja Celestial de Cristo, o Pai reúne Seus novos apóstolos para que, do universo espiritual, eles irradiem os atributos da paz, da unidade e do amor para outras dimensões de consciência.

O ingresso à Igreja Celestial de Cristo é possível quando o orante adora o Sagrado Coração de Jesus e, através dessa união perfeita, é levado a descobrir a comunhão interna com Cristo. Cada vez que uma alma comunga do Corpo e do Sangue de Cristo, ingressa nesse estado de iniciação e de formação para o espírito.

Que esta Instrução Divina os motive a abandonar a vida comum e a estar em contato com a riqueza de Cristo, que surge e emana do mais profundo de Seu Sagrado Coração.

Em união a todos os argentinos.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Sua Mãe Maria, Rosa da Paz

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos