MENSAGEM PARA A APARIÇÃO DE MARIA, ROSA DA PAZ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FÁTIMA, PORTUGAL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Tomem as Minhas mãos, filhos Meus, e deixem-se conduzir pelo Meu Imaculado Coração à Origem da vida, ao Recinto de proteção e de paz onde repousavam as suas essências antes da manifestação do Pensamento Divino para as suas vidas.

Tomem as Minhas mãos e venham Comigo à Fonte Original da Vida, onde habita o Amor mais profundo do seu Pai Criador, onde a unidade é uma realidade viva, porque nada está separado de Deus.

Apesar de que trilharam um caminho de evolução e que tantas vezes se sentem separados de Deus, hoje venho mostrar-lhes, filhos Meus, este Espaço Original em um tempo no qual não existe passado ou futuro, mas apenas o presente eterno no Coração de seu Pai Criador. 

Ali, a unidade se mantém e as essências permanecem resguardadas com os seus princípios originais.

Lagos de Luz, Fontes de Paz são suas verdadeiras moradas. Não há formas, apenas cores, sons e vibrações. A unidade se manifesta através das melodias que, apesar de as essências ressoarem em uma nota própria, formam uma única música, que é o canto de Deus, o canto da manifestação da vida.

Deixem que os seus ouvidos escutem e que as suas almas recordem este Espaço de proteção no Ventre da Criação. Ali, filhos Meus, onde a Energia Feminina os resguarda, onde a verdade do que são os torna puros, não há nada corrompido, não há manchas, não há dor, apenas paz e unidade com o Criador. 

Deixem que os seus corações vivam a experiência de estar Comigo ali, porque uma parte das suas consciências nunca saiu da Fonte de Deus. 

Este espaço que lhes mostro hoje ao coração é a conexão com o Divino, esta parte das suas consciências que ali habita e que sempre lhes permitirá retornar a Deus e não perder a unidade com o Pai. É o ímã que os atrai à Origem, a pureza que os faz retornar à verdade da sua existência.

Hoje, filhos Meus, recebam a Graça de estar em Deus, de estar em paz, de estar em Meu Imaculado Coração, e Eu, estando em vocês, demonstro-lhes a unidade com a Vida.

MENSAGEM DIÁRIA DE CRISTO JESUS, TRANSMITIDA AO VIDENTE FREI ELÍAS

Eu Sou o compositor e vocês são as cordas entre Minhas Mãos.

Eu afino suas vidas segundo o tempo e a necessidade. Aquela corda que está gasta, Eu a renovo, quando tão somente se permitem estar entre Minhas Mãos.

Todas as cordas de Meu grande instrumento devem soar como uma só, cada uma emitindo seu tom e sua cor para transmitir harmonia e ordem. Quando as cordas se tensionam demasiado, Minhas Mãos trabalham o dobro para que elas respondam ao que Eu lhes indico, para que elas deem a nota correta em cada momento e lugar.

Em Meu grande instrumento existem diversas cordas; cada uma delas provém de estados e composições diferentes. Porém, se Minhas cordas não obedecem aos Meus comandos, como tocarão o que Eu estou querendo tocar?

Para se deixarem moldar e se afinar por Minhas Mãos, devem amar Meus Raios. Assim conhecerão o sentido e o porquê de Minha Boa Vontade para com vocês.

Muitas de Minhas cordas, por si mesmas, Me falharam repetidamente, e Eu as ajustei segundo o Meu parecer, porque se deram a permissão de estar entre Minhas Mãos para sempre.

E algumas das cordas de que Eu necessito para renovar Meu grande instrumento, não as encontrei e, como se fosse pouco, foram compradas por Meu inimigo.

Quem irá querer fazer parte do som de Meu Fogo?

Agora necessito tocar a grande melodia do retorno, que anunciará Minha segunda Vinda ao mundo para salvar a humanidade.

Algumas de Minhas cordas se gastaram e não se deixaram afinar o suficiente pelo grande Compositor de melodias universais para a vida, e disso é o que em verdade Eu necessito agora.

Porém, em Minha obra musical, Eu conto com mais instrumentos e quando Minhas Mãos se cansam de marcar o ritmo perfeito para cada uma das cordas, Eu coloco sobre elas a essência de Minha Misericórdia, que lhes dará a oportunidade de atuar como Meu Plano prevê. Por isso sejam dóceis cordas em Minhas Mãos; não resistam a quebrar nem a renovar o que já está demasiado velho, porque espero derramar a Água de Vida nos novos odres redimidos.

Sejam pacientes e vivam por Meu Amor. Tudo chega à vida para se transformar em bom e puro. É hora de tocar a grande melodia preparatória.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Canta, porque o canto é o alívio da alma e a reparação do Coração de Deus. O canto é a manifestação sagrada do Sopro do Criador. O som que surge do profundo dos seres encontra seu eco em toda a vida.

Tudo que foi criado pelo Pai responde ao som da alma que canta com amor. Por isso, canta e eleva a tua voz a Deus, como um louvor sincero, para que as criaturas encontrem o caminho de retorno ao Coração do Pai.

O canto sustenta o peso da cruz deste tempo. O canto alivia a mudança da transição dos tempos. O canto abre o caminho para o novo ser, para a expressão original do coração humano.

Por isso, canta, filho, com a sinceridade de teu coração, com a pureza de tua alma. Canta para que o mundo finalmente alcance a paz.

Teu Pai e Amigo,

 São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Sei que muitos creem que repetimos as mesmas palavras muitas vezes e se perguntam por que o fazemos.

Não será porque ainda não se abriram para a essência do Ensinamento e seguem na superficialidade do entender, mas não na profundidade do viver? Será porque seguem com a informação dentro da mente, crendo que saber é o mesmo que ser?

Eu venho lhes falar sobre o silêncio, que é tão pouco compreendido e vivido pela humanidade, sobretudo no Ocidente do planeta.

Venho falar-lhes sobre o silêncio como uma busca do vazio e do caminho à humildade. Quero que compreendam o silên­cio como algo que os tira de vocês mesmos e não algo que os encerra no próprio umbigo.

O silêncio mal vivido os torna egoístas, cheios de juízos sobre os demais e com um sentimento sutil de superioridade. Esse é um falso silêncio, que cala a boca, mas descontrola a mente e os aspectos mais baixos do ser. Esse é um silêncio que se força, um silêncio que oprime, um silêncio que, partindo da falta de paz e sendo gerado por meios forçosos e conflituosos, jamais trará paz ao espírito e menos ainda ao planeta.

O silêncio de que lhes falo é aquele que a alma começa a bus­car quando não encontra mais saída para as suas imperfeições e já não suporta estar consigo mesma. Por isso, caminha ávida para a elevação, para o Deus que é o Verbo e, ao mesmo tempo, é o próprio Silêncio, que ampara tudo o que foi criado no Seu misterioso Som sem ruído.

Nestes tempos de purificação, o silêncio será uma chave-mestra que, ao ser combinada com o serviço e a caridade fraterna, jamais permitirá que vocês se percam do caminho.

Em meio a tantas imperfeições, que são ao mesmo tempo tão palpáveis e tão ilusórias, a alma só poderá sair da confusão que a envolve buscando o silêncio, silenciando o tumulto da expurgação interior, para viver a própria evolução de uma forma mais harmoniosa e pacífica, mais consciente e efetiva.

Vocês não devem buscar o silêncio como mutismo e pensar que já está tudo resolvido. O silêncio é o meio, a elevação é o que os motiva, e o encontro com Deus é a verdadeira meta.

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos