MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Ser nada é descobrir a verdade sobre si mesmo. Perder a própria identidade ou individualidade é chegar à Origem de tudo, onde não existe outra coisa senão a unidade com o Todo.

Chegar a ser nada é um grande desafio, porque a identidade individual de cada consciência foi construída além deste mundo e desta vida, em outras experiências da alma e do espírito que transcendem o que vocês conhecem hoje sobre si mesmos.

Grande, filhos, é o mistério da Vontade Divina, pois o Criador, que era Único, se dividiu em Três e, assim, em muitas outras partículas de vida, cuja verdadeira missão é descobrir-se novamente em unidade com Ele.

O Criador se multiplicou nos universos, nas galáxias, nas constelações, nas estrelas, nos planetas, nos seres, nos reinos da Natureza; criou a escala evolutiva, que nada mais é do que o caminho de retorno à Origem. O Criador abriu as dimensões, desde a matéria até os suprauniversos, e fechou – de cima para baixo – as portas que levavam a Ele. E a única chave que abre essas portas é o amor.

Ser nada, filhos, é descobrir a verdade sobre si mesmos. Ser nada como indivíduos, como personalidades, como partículas separadas de Deus, é saber que o Criador é quem vive dentro de cada ser; Ele é quem anima a vida. Aquele que se descobre em Deus e Deus nele vive a plenitude.

Percam o medo de se perder, pois perdidos de si mesmos é que irão se encontrar. Ser nada é descobrir a verdade sobre si mesmos.

Ilusão das ilusões é crer-se alguma coisa, festejar méritos e chorar derrotas. Deus é quem vive em cada criatura; dEle é a vitória de Suas vidas, a Ele pertence a sua evolução, para Ele é o caminho de retorno; nEle se encerram todas as ciências, todos os raios, todos os mundos, toda a vida.

O Criador emana a vida, que para Ele deve retornar: é o eterno ciclo de se construir e crer-se algo para, então, se desconstruir, saber-se nada e, no nada, descobrir o Todo, Deus, Único e Imutável em Sua Infinitude, estático em Seu movimento permanente.

A busca do nada não é triste. Perder-se não é morrer, é se encontrar. Morrer não é terminar, é começar de novo.

Saber não é ser. Por isso lhes digo essas coisas.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filho Meu,

Sê verdadeiro e transparente primeiro contigo e depois em tudo. Permite que tua consciência esteja diante da verdade sem medo e sem necessidade de esconder o que vê ou de aparentar ser algo diferente do que encontraste em ti.

Olha-te mais do que em um espelho; olha o profundo do teu mundo interior, reconhecendo ali os medos, as dificuldades, o que deve ser transformado, curado, perdoado, liberto. Vê também as virtudes, os dons, o que deve ser estimulado, alimentado; o que deve crescer espiritualmente, ainda que em silêncio e no anonimato.

Fica diante da verdade sobre ti para extirpar a mentira de tua consciência e, assim, ajudar a humanidade. Vence a necessidade de aparentar algo, de agradar, de conquistar, de convencer, manipular; pois tudo isso, filho, é parte de uma mentira milenar que impede a humanidade de encontrar a Verdade.

Quando os seres humanos não se conhecem e cada vez mais se distanciam da verdade em relação a si mesmos, também se distanciam de Deus, do universo, da realidade; por isso, filho, nestes tempos, ser verdadeiro contigo e com o mundo é um grande serviço.

Sê exemplo para os que estão perdidos de si mesmos; exemplo de um coração que se encontrou e que não temeu ver-se tal como é, tanto em miséria como em virtude, para assim transcender as misérias e simplificar as virtudes, sabendo que tudo o que se é faz parte de um aprendizado, de uma experiência que o leva a algo maior: à Consciência de Deus.

Quando o ser está diante de si mesmo com simplicidade, nem lhe assombram as misérias nem lhe envaidecem as virtudes, porque sabe que o caminho é ser nada, para encontrar uma verdade ainda mais profunda do que a encontrada quando venceu a mentira milenar que o envolvia.

Filho, caminha para a verdade sem temor e, transcendendo uma ilusão depois da outra, descobre que a verdade se encontra no vazio de si, onde o nada se converte em tudo.

Teu pai e amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Filhos, quando lhes falo da vida universal, muitos olham ao seu redor e veem a abismal distância que existe entre o que lhes digo e o que vivem como humanidade.

A aproximação da vida universal deve se dar primeiro na consciência, porque lhes digo que, para muitos, será de um dia para o outro que as barreiras da ilusão cairão por terra e a Verdade se fará visível aos olhos humanos. Aqueles que sempre a ignoraram temerão e acreditarão que estão loucos; aqueles que tinham uma mera ideia sobre ela temerão e não ingressão nos portais que se abrirão frente aos seus olhos; e aqueles que a conhecem e que a vivem a esperarão e, ansiosos por encontrá-la, a reconhecerão diante de seus olhos e cruzarão sem medo os portais que os levam a uma nova vida.

Acreditem que o que lhes digo, filhos, não é um conto ou uma fantasia. Bem-aventurados os que se lançam de coração no desvendar dos mistérios celestiais e que, em humildade, esvaziam o próprio interior para que sejam receptáculos da Verdade Universal.

Estejam atentos à guia celestial e busquem, com esmero e esperança, viver o que lhes dizemos.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Entrem no Coração de Deus e encontrem ali a possibilidade de transpor obstáculos e limites e viver aquilo que hoje lhes parece impossível e impensável.

Filhos,

Este é o tempo não só dos milagres, mas também das verdades. É o tempo em que a consciência humana deve aproximar-se do que ela realmente é e já não estar presa às limitações que são impostas pela ignorância e pela cegueira deste mundo.

Em muitos ciclos e muitas eras, a humanidade se aproximou da Verdade, mas demonstrou ao Universo que ainda não havia alcançado um grau de amor suficiente para poder recordar o passado, a origem, e com isso, recordar tudo aquilo que deve ser curado e redimido no profundo de cada ser.

Depois do exemplo dado por Meu Filho Jesus, e depois que Seu Espírito de Amor seguiu despertando cada coração que se abriu e ensinando-o a amar e a perdoar, ao menos uma parte da consciência humana já está minimamente pronta para encontrar a Verdade.

Para que não se confundam e não cometam os mesmos erros do passado, quando o Criador tentou revelar-lhes a vida universal, vocês devem ser humildes na mente, nas emoções, nas intenções, no coração, na alma e no espírito. E essa humildade não provém de um descuido consigo mesmo ou de um automartírio.

A humildade da qual lhes falo é o simples ato de reconhecerem que sempre estiveram adormecidos neste mundo e, ainda que o que são, em verdade, em espírito, pareça ser grande e cheio de poder, saibam que não há poder maior que o Poder de Deus e que todo poder que tenta sobrepor-se ao Poder divino é mera força humana, que com um sopro do Altíssimo se transforma em pó, em nada.

Para ingressar na vida universal, devem primeiro senti-la, deixar-se permear por ela como crianças que estão diante de um novo mundo. Não queiram saber e não pensem que já sabem. Não queiram ser e não pensem que são coisa alguma. Apenas estejam diante dos portais ao cosmos, sabendo que a única coisa necessária neste momento é a humildade do coração e a certeza de que, para cruzar esses portais, devem ter dentro de si mesmos a experiência do amor, do verdadeiro amor, que transcende as necessidades pessoais e que, inclusive, transcende a própria vida.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE MONTEVIDÉU, URUGUAI, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Ser verdadeiro é um atributo espiritual dos que aspiram a se transformar e que não temem ser nada; por isso, mostram­-se assim como são. Dessa forma, Deus pode moldá-los como Ele necessita.

Embora todos os dias vocês se esmerem por ser outros, jamais forcem algo que ainda não alcançaram. Os passos que derem devem ser verdadeiros, ainda que sejam poucos ou lentos. Toda transformação em suas vidas deve dar-se de forma natural e simples, porque se vocês se acostumarem a ser verdadeiros, aos poucos poderão ir descobrindo o que são em verdade e farão emergir aquilo que existe originalmente em suas essências.

O que mais importa neste momento é serem simples, não temerem ser o que são e entregarem isso todos os dias ao Altar Celestial.

Aos que são verdadeiros, Deus lhes entregará a verdade sobre si mesmos, sobre a humanidade, sobre o planeta, sobre o universo e sobre o Seu Plano. Os que são verdadeiros e simples encon­trarão o caminho para que possam fundir-se com Aquele que é a própria Verdade Universal, a Verdade da Criação, em que se guardam todos os arquétipos originais de tudo o que foi criado.

Percebem, então, que quero levá-los a algo mais amplo, que abarca não só suas pequenas vidas e não apenas este mundo?

Vocês, Meus queridos, são criaturas que podem unir-se a Deus por sua natureza, pois esse é um atributo que guardam como civilização humana. Essa possibilidade de união com Deus deve ser ancorada no universo, para que vocês componham a unidade com as demais civilizações do cosmos e coloquem na mesa da Criação a sua parte, para que todos comunguem do melhor que cada criatura deste universo pode proporcionar para que a Perfeição de Deus se manifeste.
Comecem pelas coisas simples, sendo verdadeiros em seu dia a dia sem temer expressar-se tal como são, mas sempre sabendo que o propósito de ser verdadeiro é encontrar a Verdade, que em nada se assemelha ao que vocês são hoje. Tenham também sempre no coração que toda a vida na Terra caminha para uma unidade com Deus.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Buscar a Verdade deve ser a única aspiração existente no coração dos que caminham para Deus.

Olha, por um instante, dentro de teu interior e sente a presença do Criador em ti, chamando-te a reconhecer a verdadeira razão da vida manifestada no mundo.

Respira fundo e sente o princípio da unidade no ar que preen­che teu corpo. Sê para o planeta assim como o ar que te dá a vida e que, em perfeita unidade contigo, nutre cada espaço de teu ser, equilibra-o e leva-o à perfeição.

Sê para o planeta como o ar que respiras no campo. Deixa que, em tua presença, a consciência desta Terra respire fundo, ali­viada por encontrar algo puro e limpo.

És uma ponte entre o Céu e a Terra; para isso, existes como ser humano, para gerar equilíbrio e atrair a unidade com Deus.

Sê como o vento fresco, em um dia de muito sol e calor. Com tuas orações e com tua unidade com Deus, traz não somente vida à Terra, mas também alento, alívio e paz.

Dirige-te a um campo e, em silêncio, fecha teus olhos e sente a natureza; respira fundo o ar que te rodeia; deixa que tua alma se alegre ao ouvir o louvor de um pássaro. Sente-te aliviado da pressão da vida na Terra: vê como, diante da natureza, tua alma encontra sentido para existir no mundo.

Assim deves ser para o planeta. Que em tuas orações ele encon­tre alívio; em tua unidade com o próximo, encontre esperança; em tua comunhão com os Reinos, encontre paz. Que em tua consciência da existência de um espírito maior que te ampara, dando vida ao teu planeta, esse espírito encontre a razão de sua existência e a fé da concretização de sua missão.

Percebe com o coração que este mundo tem um espírito, um espírito que sofre com as guerras e que se alenta na fraterni­dade; um espírito que é chagado pela depredação e restaurado pela irmandade entre os Reinos.

Sente a ti mesmo como parte desta consciência. Podes ser uma célula enferma que gere um câncer no mundo, ou podes ser uma célula milagrosa que converta outras mais e traga, assim, a cura para o corpo planetário.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM DE FLORIANÓPOLIS ATÉ PORTO ALEGRE, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Se vocês forem pacíficos em suas vidas e em tudo buscarem a harmonia e a unidade, poderão perceber a união dos tempos e o que isso causa na consciência da humanidade.

Se entrarem em oração todos os dias, buscando sentir ver­dadeiramente o que acontece na vida espiritual do planeta, poderão perceber que os conflitos e as guerras que hoje acon­tecem no mundo não são como os que aconteceram em tempos anteriores.

Assim como o bem que permeia os corações neste tempo os santifica e os plenifica de forma a levá-los à cristificação, o mal que vive hoje em alguns seres humanos é destrutivo até mesmo para as essências e os espíritos dos seres. Tudo está se intensificando, tudo está crescendo em proporções desen­freadas, tanto para o bem quanto para o mal, e isso o coração que ora pode sentir e viver. Digo-lhes isso, queridos, porque devem aprender a lidar com as situações que se apresentam no mundo atualmente.

O tempo real do universo está começando a se unir ao tempo da Terra, e a consciência humana também começará a sentir o seu verdadeiro potencial criador, tanto positivo quanto nega­tivo. O pensamento e o verbo terão mais poder do que nunca; por isso, pedimos-lhes que orem, orem sem cessar para equi­librar e contrapor as orações às ideias malignas que, de planos infernais, tentam plasmar-se nas mentes dos seres humanos e manifestar-se na vida da Terra.

Vocês não devem jamais temer, porque a maior ferramenta do ser humano é o coração, e não a mente. Não haverá pensamento maligno que não seja destruído e apagado pela oração sincera e plena de um coração que responde ao Chamado de Deus. É apenas necessário que orem, orem de verdade, com amor, com consciência, preenchendo o verbo com a intenção de que a Vontade de Deus se plasme na consciência planetária.

Quando o tempo de Deus se aproxima da Terra, os seus espíri­tos também se aproximam e suas almas são plenificadas pelos impulsos do verdadeiro ser. Por isso, ao entrar em oração, bus­quem o que vocês são de verdade. Entrem em contato com a própria essência por intermédio do silêncio e da paz e recebam dali tudo de que necessitam para viver os dias atuais em união com Deus e com Seu Plano.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Meditem neste dia sobre o retorno à Origem e não busquem os conceitos mentais que dentro de suas consciências se con­fundem, pela distância que existe entre o que o homem sabe sobre a verdade e a própria Verdade.

Vocês estão em um tempo no qual receberão muitas chaves, para que, de forma harmoniosa, o ser encontre a unidade com a Criação e se reconheça inserido nela, dentro de suas leis e em obediência ao curso de sua evolução.

Sei que muitos se sentem sem recursos internos e externos para meditar a respeito de algo tão sublime e aparentemente tão distante. Mas a Origem, assim como toda a história de seus espíritos, encontra-se dentro do próprio coração. O que acontece é que vocês se ocupam muito mais em pensar na não existência de todas essas coisas, ou mesmo pensar em como elas estão inacessíveis, do que em buscá-las e seguir as instruções que lhes entrego.

Apenas lhes peço que sejam humildes para que não confun­dam e interpretem com a mente o que apenas o coração pode compreender, porque da mesma forma que a mente toma mui­tas resoluções que o coração não entende e não aceita, tam­bém o coração tem dentro de si verdades que apenas ele pode compreender.

O tempo deste mundo, marcado pelos ponteiros do relógio, está deixando de existir, para dar lugar a um tempo eterno, em que apenas o presente é a realidade e tudo o mais está guardado como experiência na consciência.

Por isso devem começar, desde já, a desestruturar os conceitos da existência humana, da vida sobre a Terra e também os con­ceitos que têm formulados na mente sobre Deus, Seu Plano e toda a Criação, porque a Verdade virá à luz, e ela em nada se assemelha ao que vocês conhecem.

A consciência humana tratou de misturar princípios de verdade com fantasias em todas as formas de comunicação do mundo e, assim, vocês deram um sinal para si mesmos de que a única verdade que existia era a grande ilusão que viviam na matéria.

Peço-lhes, mais uma vez, que Me escutem com o coração. Contemplem o próprio interior e busquem ali a verdade sobre si mesmos e a união que há entre o que está vivo na própria essência e tudo o que lhes digo.

Eu os amo e por isso lhes entrego pequenas chaves e impulsos para o despertar da consciência.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Quando uma nação vive as consequências de ações humanas milenares tão intensas que se plasmaram em sua cultura polí­tica e social, como é o caso da Venezuela e de muitas outras, a única saída para tamanha ilusão e ignorância humana é a vida de oração verdadeira.

Se ao menos um pequeno grupo em cada nação orasse verdadei­ramente todos os dias e se, ainda mais, pudesse transformar a própria vida em um ato permanente de oração, poderia mudar por completo a consciência da nação e, em consequência, o seu destino físico e espiritual.

Isso ocorre porque um ser que ora permanentemente vai ingres­sando com o coração na Consciência de Deus e ali reconhece o verdadeiro propósito de sua vida sobre a Terra ou, ao menos, pode reconhecer o que está fora desse propósito e, desta forma, as ilusões da matéria lhe soam destoantes e não as pode supor­tar. É nesse momento que a alma é impulsionada à constante busca da Verdade e vive sua elevação. Essa experiência fica mar­cada na consciência da nação, que pouco a pouco é conduzida a uma busca superior por meio de seus habitantes, de seus guar­diões, já que aqueles que vivem em cada nação são, para Deus, os guardiões do propósito para ela.

É por isso que os Mensageiros Divinos chegaram à Venezuela no início de sua crise e agora retornam para renovar o impulso dos corações venezuelanos, como também os do mundo inteiro.

Os Sagrados Corações chegam à Venezuela não para terminar com a crise social, política, econômica e espiritual que hoje esse país vive, mas sim para que, como nação, ela aprenda a trans­por os acontecimentos materiais por meio da vida de oração e mantenha vivo o propósito da nação, aquele atributo que Deus depositou em todos os seres que vivem sob a sua aura, para que o desenvolvam e, assim, auxiliem no cumprimento do Plano Divino para toda a humanidade.

Se a Venezuela, como consciência, puder viver esta experiência de encontrar a verdade e sair da ilusão material por meio da vida orante, esse aprendizado servirá para muitas outras nações e para toda a humanidade nos tempos que virão, tempos nos quais a crise espiritual, com consequências físicas, será o viver diário da humanidade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

 

Em meio a um mundo que se submerge cada dia mais na escu­ridão da própria ignorância, Eu venho chamá-los a despertar a chama crística em seu interior.

Enquanto a comum humanidade busca o avanço na criação de novas tecnologias que hipnotizem e submetam ainda mais os seres, Eu os chamo a descobrir a verdade sobre o que vocês são e para que vieram ao mundo.

Hoje lhes digo, companheiros, que essa busca incessante de poder e de manipulação é fruto de uma semente que vocês trouxeram do universo, onde também existem espíritos que não buscam nada além do próprio desenvolvimento mental e de formas de conquistar as consciências por meio do poder material e da força. Mas Eu lhes digo que maior do que essas duas energias é o Amor Invencível de Cristo.

O Amor é desconhecido para os que apenas buscam o pró­prio crescimento material porque, se conhecessem a verda­deira essência do Amor, saberiam que não há maior riqueza do que as virtudes que se consolidam nos corações dos que aban­donam a si mesmos. Saberiam também que não há maior reino a ser conquistado do que o Reino de Deus, que se encontra dentro de cada ser que se abre para viver o Amor acima de todas as coisas.

Hoje lhes responderei uma pergunta que muitos fazem ao observar os males do mundo: “Onde está Deus? Como Ele pode permitir estas coisas?”

Saibam que os males do mundo são causados pelo descontrole das forças que os próprios seres humanos do planeta trouxeram do universo, para que fossem curados pela potência do Amor que aqui se pode viver.

Sobretudo nos dias atuais, essas energias descontroladas emer­girão das consciências e as forças caóticas estimularão o seu crescimento nos seres. Se vocês têm um coração puro e fortale­cido pelo poder da oração, poderão equilibrar essas forças com a luz gerada pelo próprio espírito em redenção.

Se vocês se abrirem para viver o Amor, além do próprio juízo mental e além de todo o ensinamento degenerado que recebe­ram hereditariamente, poderão vencer toda a escuridão que habita em seus seres e que muitas vezes desconhecem.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Para que não se estabeleça o ódio nas almas, é necessário que se viva o amor.

Hoje Meu Casto Coração lhes mostra a dor que sente pelo que está sendo semeado no interior de todas as crianças que, sem compreender, padecem o terror das guerras no mundo.

Apenas a vivência de um amor profundo e verdadeiro é capaz de equilibrar essas ações da humanidade. Por isso, hoje lhes peço que, como um ato de paz pela humanidade e sobretudo pelas crianças do mundo, dissolvam o ódio de seus corações e amem aqueles que sabem que guardam algum tipo de rancor em seus corações.

Façam isso como um serviço, indo a um lugar que necessite de muito amor ou mesmo dentro de suas famílias; vençam o orgulho e o temor e realizem um ato de amor como seus cora­ções indicarem.

Peço-lhes que sejam verdadeiros e que não se movam com base nas emoções, mas, sim, com base no sentir profundo do coração.

Por mais que sintam que o que vivem não está ligado ao que acontece em outras regiões do mundo, vocês verão que, ao realizar um ato verdadeiro de amor, apagarão de uma parte da consciência humana o ódio que existe e também este que está sendo semeado pelas atuais guerras do mundo.

Convido-os a uma campanha que se chamará Semeando o Amor na Humanidade. As experiências que se viverem duran­te a campanha poderão ser registradas como cada um sentir e serão reunidas e levadas às crianças que emigram de seus países no Oriente Médio e que hoje necessitam ver que uma parte da humanidade está fazendo algo para equilibrar a dor de seus corações.

Será um ato simples, mas levará o princípio de uma cura para muitos corações.

Difundam este chamado como uma grande rede de amor e de serviço para apagar o ódio dos seres humanos.

Eu os amo e os acompanharei nesta missão.

São José Castíssimo

Irmã Lucía de Jesús: Estávamos orando o Devocionário de São José com alguns irmãos do monastério, aguardando Sua mensagem diária. Ao terminarmos, São José aproximou-Se e pediu que orássemos com Ele o rosário pelas crianças do Oriente Médio.

Quando começamos, vi que Ele estava chorando. Foi a pri­meira vez que O vi chorar, em todo este tempo de aparições.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Queridos companheiros,

Hoje lhes quero dizer que, à medida que as consciências se dispõem a viver graus mais amplos de maturidade espiritual, Deus lhes dá a conhecer verdades mundiais que transcendem as barbaridades físicas que vivem os homens no mundo.

O grande pesar de Deus é o sofrimento das almas que morrem dia a dia submersas na incompreensão e, assim, não conseguem sair dos estados de consciência que são os infernos criados pelo caos e pelo mal.

Vocês estão sendo chamados, neste momento, a ser verdadeiros companheiros de Deus e de Seu Filho e, dessa forma, comparti­lhar com Ele Suas dores e a não permanecer nas mesquinharias do dia a dia de suas vidas.

Deus os chama à maturidade e, quando Seu Filho os leva a conhecer a Sua constante agonia, causada pelo mundo, é para que caminhem rápido ao esquecimento de si e reconheçam que existe um Plano Superior, cuja manifestação depende do despertar e do amadurecimento dos que se comprometeram com o Criador no princípio.

Este momento que vocês vivem está assinalando a hora de saí­rem de si e assumirem a tarefa planetária que lhes corresponde como grupo.

O Senhor está dando a conhecer realidades que muitos não estão preparados para enfrentar, porque o mal se precipi­ta no mundo e avança cada vez mais, fazendo com que as almas percam a fé e a esperança e que as essências se apaguem completamente.

Uma essência que se apaga e se desintegra, Meus amados, é como uma parte de Deus que deixa de existir. Lembrem que cada essência por Ele criada é uma parte viva de Sua Divina Consciência, enviada à Criação manifestada para cumprir uma missão.

Peço-lhes agora que aceitem esta oferta que lhes foi entre­gue como uma graça de servir a Deus conscientemente e que não se percam mais nos problemas corriqueiros de suas vidas, mas, sim, que se deixem transformar e se moldar pelo raio da divina humildade e se unam em oração ao Pai pela salvação do planeta.

Cada passo que vocês dão em direção à Luz é um passo de toda a humanidade rumo a um novo tempo.

Amadureçam de coração e em consciência, pois não há mais tempo a perder consigo mesmos.

Eu os amo e os conduzo a um novo ciclo planetário.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Na essência dos seres humanos encontra-se todo o potencial a ser desenvolvido para o despertar do amor e da fraternidade. A essência é o tabernáculo de um dos mais grandiosos mistérios da Criação Universal, porque ali está o que Deus criou de mais perfeito para que fosse desenvolvido e manifestado em prol da evolução de todas as criaturas, muito além deste mundo.

Esse tesouro que habita dentro de cada um de vocês é silencio­so, humilde, e jamais se mostrará se não saírem em busca dele.

Tudo de que necessitam para expressar com perfeição o que verdadeiramente são encontra-se dentro de cada um. O que acon­tece é que vocês estão sempre muito ocupados em demonstrar ao mundo algo que não são e colocam todo o empenho em não sair nem um pouco desse lugar para não perder a imagem que já alcançaram, o respeito que conseguiram e o exemplo em que se converteram.

Cada vez que tentam aparentar algo para encantar os demais, mais se afastam do que são em essência, porque quanto mais conquistam boas aparências mais se desinteressam de buscar o que devem ser, que se encontra no oposto do que o ser humano aprendeu a manifestar.

Não temam não ser reconhecidos, porque quanto menos reconhecimento e mais anonimato tiverem, mais liberdade terão para afastar-se do velho homem e mergulhar no próprio mundo interior, em busca das verdades essenciais da existên­cia da humanidade.

Os seres humanos estão enredados em suas próprias armadi­lhas e viajam léguas buscando uma verdade que se encontra no próprio interior, apenas pelo medo de estar sozinho con­sigo mesmo.

Queridos companheiros, Deus Me permitiu trazer ao mundo grandes verdades com palavras simples, para levá-los à humildade sem ferir os seus corações. Necessitam apenas penetrar profundamente no amor que deposito em cada frase e deixarem-se permear pela descoberta destes mistérios do mundo interior que lhes estou revelando.

Com amor e paciência, tomem cada impulso e tentem viver a cada dia algo diferente, ainda que nunca cheguem a perceber os resultados da própria transformação.

Eu os amo e lhes deixo Minha bênção, Minha paz e Minha serenidade, para que avancem na descoberta da própria ver­dade interior.  

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos