MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

No segundo dia da novena, vocês meditarão em Minha juventude, quando Meu Coração esteve diante de todos os estímulos mundanos, de todos os impulsos que Me chamavam a ser como os demais jovens de Minha época; quando estive diante da rejeição, da humilhação e da incompreensão de Meus irmãos e amigos, porque Deus Me chamava a uma vida de entrega, de castidade e de silêncio.

Em uma época na qual a condição humana era grosseira e sobressaía além de qualquer aspiração espiritual, Meu Coração prevaleceu perante os estímulos do corpo e pude oferecer a Deus um instrumento Seu no mundo, por intermédio de Minha Vida.

Quando estiverem diante dos estímulos mundanos, das energias capitais, da humilhação, da rejeição e da incompreensão do mundo, vocês orarão a Deus em Meu Nome:
 

Senhor,
       pela superação de São José 
       e por Sua entrega absoluta, que venceu a condição humana,
       ajuda-nos a superar os atavismos, as concupiscências
       e a superficialidade deste mundo.

Amém.
 

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM EXTRAORDINÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE LIMA, PERU, E SÃO PAULO, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Hoje, começarei a lhes entregar uma novena, para iniciar um novo ciclo, não apenas entre o Meu Casto Coração e a humanidade, mas para que cada ser possa encontrar, dentro de si, a forma de se renovar, dar passos e abraçar os ciclos que chegam, com alegria, com o coração livre e em paz.

Cada dia representará um impulso vivido por Mim, por intermédio da humildade, da constância e da persistência, para transcender a condição humana e abraçar os novos ciclos espirituais que se apresentam.

Que estes impulsos cheguem aos seus corações e os fortaleçam, pela Graça da oração e da unidade com Meu Casto e simples Coração.

No primeiro dia, vocês meditarão em Minha infância, como criança pobre e simples, diante do Mistério de Deus, que Me chamava a dar passos que Me pareciam impossíveis, diante de Minha pequenez e infantilidade. Abraçado pelo espírito da fé, respondi ao chamado de Deus e, ainda sendo tão pequeno, permiti que Ele Me fizesse grande.

Quando estiverem diante de desafios que lhes pareçam impossíveis de ser transpassados, vocês orarão a Deus em Meu Nome:
 

Senhor,
       como a São José Castíssimo,
       concede-nos a Graça da Fé, para viver Tua Vontade,
       ainda que ela nos pareça inalcançável e, às vezes, impossível.

       Transforma nossa pequenez na Graça de Tua Grandeza;
       nossa debilidade, em Tua Fortaleza.

Amém.
 

Vocês poderão orar por 14, 33 ou 72 vezes, conforme sintam na necessidade de suas almas.

Com Minha Bênção em suas vidas, recebam de Deus a Graça para seguir adiante, cumprindo com Sua Vontade e manifestando o Seu Propósito de Amor.

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A recompensa do servidor de Deus é o eterno serviço. O Criador renova Seus servos no ato de servir, e a certeza de estar cumprindo com o Seu Plano os nutre.

Filhos, a grande escola dos discípulos de Cristo, neste tempo, é a eterna renúncia. Porém, lhes falo da renúncia das coisas deste mundo, das comodidades e dos prazeres que a humanidade como um todo prezou muito por manter.

Aqueles que temem a renúncia é porque, em verdade, jamais conheceram a Graça de servir a Deus, porque é renunciando a tudo o que é passageiro que se encontra aquilo que é eterno e que nutre a alma, o corpo e o espírito, deixando-os plenos em Deus, além das aparências do mundo.

Aqueles que querem sustentar-se durante a própria purificação devem encontrar a sua paz na renúncia de todo resultado acerca de si mesmos, pois muito sofre aquele que todo dia olha para a própria ferida e não permite que ela cicatrize, pelo poder de seu pensamento sobre ela.

Vocês devem reconhecer que as feridas estão ali, mas para que a dor não lhes atormente a vida e lhes impeça de fazer tudo o que são chamados a fazer neste tempo, vocês têm que tirar os olhos de si mesmos.

É por isso, filhos, que quanto maior for o grau de consagração, maior deve ser a renúncia, porque uma lapidação profunda lhes será cobrada e serão levados a vivê-la além da própria vontade; porém, não é nisso que deve estar a sua consciência, porque o Plano de Deus se manifesta vivendo-o e não pensando nele.

Dessa forma, vocês devem saber que aquele que dá tudo também receberá tudo e aquele que põe de lado os próprios processos, suas purificações e, inclusive, as suas necessidades, para ajudar aos outros, será por Deus recompensado e alcançará a expressão de Seu Plano sem que se dê conta.

Por isso, hoje lhes assinalo o caminho do serviço e da transcendência e lhes agradeço por tentarem se superar por amor ao Plano do Criador. É nesta eterna tentativa e verdadeira aspiração que ele se cumpre. Sigam adiante.

Seu Pai e Companheiro no caminho de ascensão,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filho,

Multiplica os impulsos que recebes com a alegria do coração e a disposição permanente à transcendência do velho, para viveres o novo.

Rememora cada instrução recebida nos últimos dias, nos últimos tempos. Volta a sentir em teu interior a alegria que emanou tua alma quando esteve diante da possibilidade de viver em plenitude os Planos do Altíssimo.

Que não te consuma a rotina diária, e que não te consumam as tuas dificuldades. A consciência humana está muito mais disposta a abraçar as limitações do que o seu verdadeiro potencial, porque foi educada para jamais descobrir a realidade sobre si mesma e encerrar sempre a grandeza da semelhança com Deus na pequenez de um transitório corpo humano.

Transforma, então, esses velhos padrões de consciência e aferra-te ao que de mais perfeito e maravilhoso há dentro de ti. Reconhece, sim, as dificuldades, mas sabe que além delas está a tua possibilidade de transcendê-las, não por ti mesmo, mas porque escondido dentro de ti se encontra Aquele que pode todas as coisas, as impossíveis e impensáveis. Ele é a tua possibilidade de transcendência. Estar n’Ele é descobri-Lo dentro de ti e reconhecer que tu és parte viva do Criador, assim como toda a vida manifestada.

Concentra-te, filho, em não perder a alegria e a esperança, para que esses dois dons divinos te impulsionem sempre ao novo e para que encontres neles a fonte eterna da vida em sacrifício, em entrega, renúncia e em transcendência, atributos tão temidos por aqueles que ainda não descobriram que a plenitude se encontra em servir a Deus com alegria e perder-se de si mesmo para encontrar, em seu lugar, o Criador dos universos.

Pensa no que te digo, filho, e mais do que isso, toma-o como uma possibilidade para ti. Tuas dificuldades não desaparecerão e tampouco as imperfeições deixarão de ferir a tua alma. O que acontecerá é que esse peso te será mais leve, porque o mais importante para ti não estará nos defeitos, mas, sim, na grandeza de Deus, em Sua possibilidade de transformar todo lodo, toda impureza, e tornar sagrado e perfeito aquilo que antes era um mero barro em Suas Mãos.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Nem mesmo o jugo mais pesado poderá fazê-los desistir deste caminho. Todo sacrifício, quando vivido com amor, torna-se leve e simples.

O peso da Cruz de Cristo não estava na madeira que Ele carregava. Seu sacrifício não se encontrava na dor de Suas Chagas. Ele carregava os pecados do mundo cometidos até aquele momento e também perdoava ali todos os que seriam cometidos ao longo dos tempos.

Incompreensível para a mente humana era o peso daquela Cruz, assim como incompreensível para muitos hoje é o peso que alguns companheiros de Cristo carregam para preparar o Seu retorno. Porque tanto a Cruz de Cristo, quanto a cruz destes tempos, têm em si um fardo invisível aos olhos humanos, porém quase palpável para aqueles que o carregam. Esse fardo, que existe na consciência, é carregado para transformar aquilo que na mesma consciência humana deve ser curado.

Da mesma forma como os méritos alcançados na Cruz de Cristo apenas foram vistos depois da Ressurreição de Jesus, os méritos dos fardos carregados nestes tempos, para muitos, apenas serão vistos depois do retorno de Cristo e do estabelecimento da nova vida na Terra.

Aqueles que compreendem a vida do espírito não se confundirão com as aparências da matéria e viverão o amor e a unidade necessários para cruzar os obstáculos que virão, mas muitos outros cairão pela incompreensão e pela incapacidade de viver a realidade superior e transcender os acontecimentos materiais, assim como aconteceu com tantos na época de Cristo.

De uma forma espiritualmente semelhante, os acontecimentos se repetem para o estabelecimento do Plano de Deus, porque a ciência que os leva à manifestação desse Plano é sempre a mesma. Por isso, vocês devem observar a vida de Cristo e chegar à essência do Ensinamento que Ele lhes deixou e não apenas os fatos. Os fatos poderão mudar, mas a essência da experiência que devem viver é a mesma.

Os acontecimentos, por si sós, os estão levando a essa experiência: as mesmas provas, as mesmas tentações, os mesmos fardos. Bastará agora que de vocês parta a mesma perseverança, a mesma unidade com Deus, a mesma entrega e o mesmo amor de Cristo.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filhos,

A paciência na transformação e na purificação é primordial. Recordem-se de que estão diante de uma condição humana degenerada por séculos e diante de códigos que emergem da consciência para serem transformados e que, inclusive, trans­cendem a vida na Terra, pois têm as suas raízes no universo.

Recordem-se sempre de que Aquele que veio ao mundo para dar-lhes um exemplo era o Filho de Deus Vivo e teve de padecer os males da Terra e transmutar os atavismos da humanidade para abrir-lhes o caminho.

A transcendência da matéria humana de Jesus começou desde a Sua gestação até o Seu último suspiro na Cruz. Se o Deus Vivo trabalhou em cada instante de Sua vida para poder culminar com o Seu aprendizado de amor, não esperem que com vocês seja diferente. Como querem santificar seus corpos e suas almas se agora é que estão começando a compreender este caminho?

O Filho de Deus era consciente da vida universal e de seus mistérios; era conhecedor de todas as ciências cósmicas, porque era uno com Aquele que as criou; e, ainda assim, para libertar o medo de Sua última Célula e viver o pleno amor com todos os níveis de Sua Consciência, teve de chegar à Cruz e perdoar tudo o que até ali tinha vivido.

Filhos, muito ainda lhes falta para chegar à perfeição. Não tenham pressa, tenham paciência. Porém, sejam constantes e persistentes e não se acomodem no fato de que a transformação lhes durará a vida inteira.

Sim, a transformação absoluta ocupará toda a vida, mas a cada dia devem alcançar um novo degrau, para que, no fim desta vida, sejam dignos de chegar a outros mundos e a dimensões celestiais que os aproximam de Deus.

A transformação durará toda a vida porque a evolução é eter­na e não porque estarão sempre no mesmo lugar. A cada dia, uma nova compreensão e um novo passo devem dar-se, com base no esforço permanente. Não se preocupem se dão passos

longos ou curtos, porque cada dia e cada ciclo os levarão a um degrau diferente.

O que verdadeiramente importa é que não se detenham e que sejam constantes.

Abram-se todos os dias para que o Amor de Deus os transforme e retirem um pouco de si mesmos da própria consciência para ceder espaço ao Amor e à Presença divina.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Entrem no Coração de Deus e encontrem ali a possibilidade de transpor obstáculos e limites e viver aquilo que hoje lhes parece impossível e impensável.

Filhos,

Este é o tempo não só dos milagres, mas também das verdades. É o tempo em que a consciência humana deve aproximar-se do que ela realmente é e já não estar presa às limitações que são impostas pela ignorância e pela cegueira deste mundo.

Em muitos ciclos e muitas eras, a humanidade se aproximou da Verdade, mas demonstrou ao Universo que ainda não havia alcançado um grau de amor suficiente para poder recordar o passado, a origem, e com isso, recordar tudo aquilo que deve ser curado e redimido no profundo de cada ser.

Depois do exemplo dado por Meu Filho Jesus, e depois que Seu Espírito de Amor seguiu despertando cada coração que se abriu e ensinando-o a amar e a perdoar, ao menos uma parte da consciência humana já está minimamente pronta para encontrar a Verdade.

Para que não se confundam e não cometam os mesmos erros do passado, quando o Criador tentou revelar-lhes a vida universal, vocês devem ser humildes na mente, nas emoções, nas intenções, no coração, na alma e no espírito. E essa humildade não provém de um descuido consigo mesmo ou de um automartírio.

A humildade da qual lhes falo é o simples ato de reconhecerem que sempre estiveram adormecidos neste mundo e, ainda que o que são, em verdade, em espírito, pareça ser grande e cheio de poder, saibam que não há poder maior que o Poder de Deus e que todo poder que tenta sobrepor-se ao Poder divino é mera força humana, que com um sopro do Altíssimo se transforma em pó, em nada.

Para ingressar na vida universal, devem primeiro senti-la, deixar-se permear por ela como crianças que estão diante de um novo mundo. Não queiram saber e não pensem que já sabem. Não queiram ser e não pensem que são coisa alguma. Apenas estejam diante dos portais ao cosmos, sabendo que a única coisa necessária neste momento é a humildade do coração e a certeza de que, para cruzar esses portais, devem ter dentro de si mesmos a experiência do amor, do verdadeiro amor, que transcende as necessidades pessoais e que, inclusive, transcende a própria vida.

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Ser Humano sem ser humano

A ciência destes tempos, filhos, é a transcendência do velho homem e o nascimento do novo. Nascer sem morrer no corpo. Fazer renascer a matéria, transcendendo o que estava corrompido.

O novo homem nasce dentro da consciência. Ele é fruto da purificação interior, do ato de expurgar o velho para que o verdadeiro possa surgir.

O novo homem, filhos, em verdade, não é novo; ele sempre esteve dentro de cada ser humano; ele é o princípio, a realidade, o início de tudo e também o fim, a meta para a qual vocês caminham.

O velho homem se apoderou da verdade e construiu sobre a essência uma vida de ilusões; criou, por cima do que é, algo que não existia e ocultou o Pensamento Divino com o pensamento humano.

A humanidade, filhos, é uma raça de semelhança com o Pai sob muitos aspectos que os homens desconhecem. Um deles é a capacidade de criar pelo pensamento, pelo sentimento e pelo coração, capacidade até então concedida apenas aos anjos. Mas, como um grande paradoxo universal, essa semelhança com Deus os afastou do Criador porque, em vez de aprenderem com o amor, criaram com o pensamento um falso homem e uma falsa evolução, que mais os levava ao abismo do que aos Céus.

Influenciados pela ilusão do tempo em que viviam, os seres humanos foram se distanciando cada vez mais do Todo e ingressando em si mesmos. Foram perdendo a capacidade de estar em tudo – que a semelhança com Deus lhes oferecia – e perderam a consciência da unidade, fortalecendo, como uma lei humana, a individualidade.

Filhos, como pode um ser criado para viver a unidade competir com os seus semelhantes, criar armadilhas à evolução do próximo, querer ser melhor ou pior que os demais?

A resposta a essas perguntas está, não somente na dualidade própria deste mundo mas também em toda a ilusão na qual a humanidade se colocou como consciência.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

A essência do despertar se encontra no desenvolvimento da fé, porque é a fé o que os move a responder aos impulsos do coração.

A fé é o que os faz transcender os atavismos da limitada compreensão material, para que ingressem nos mistérios da vida superior.

A fé é o que os leva a cruzar os umbrais da vida neste mundo, para que – apesar de estarem sobre ele – vocês não pertençam somente a ele e, sim, percebam-se parte de uma Criação infinita e indescritível.

A fé não nasce da mente: ela provém do espírito e se expressa por intermédio do coração. Por isso, se vocês querem que os impulsos recebidos não se percam, deixem que a fé se desenvolva livremente no próprio interior, ainda que não compreendam bem o objeto da própria fé.

Muitos se perguntam: “Ter fé em quê?”. Tenham fé no propósito, fé no ensinamento, fé na presença dos Mensageiros Divinos, fé no que os move à transformação, fé na comunhão com Cristo, fé em Seu retorno, fé na possibilidade de que cada um tem de viver os Planos de Deus, fé na Fé.

Deixem-se transformar pelos impulsos da própria fé, para a qual as leis da matéria não são as que prevalecem. A fé que provém do espírito se move com base nas Leis espirituais. É por isso que os corações que têm fé podem vivenciar o que chamam de milagres, que nada mais são do que a atuação de Leis superiores nas vidas daqueles que se abrem para vivê-las.

Descubram, filhos, o potencial da própria fé e, por meio dela, os seus prodígios.

Seu Pai e Amigo, na fé e na oração,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Filho,

Para venceres a indiferença do coração humano, começa conti­go mesmo. Observa todas as vezes em que teu coração se fecha à realidade planetária ou quando pensas que te importas com o mundo, mas tuas ações demonstram o grau da importância que dás a ti.

A indiferença entorpece a consciência e não lhe permite evo­luir. Não é necessário que te envolvas emocionalmente com o que acontece no mundo, mas, sim, que tais acontecimentos te levem à transformação e te impulsionem a jamais deteres os teus passos.

A indiferença é um dos grandes males da humanidade, ainda pior do que a ignorância, porque aquele que é indiferente já tem certo grau de instrução e, no entanto, segue pensando mais em si mesmo e nas próprias necessidades.

Filho, é a indiferença o que levará muitos seres que se creem espirituais ao abismo da consciência planetária. Cuida para que não sejas tomado e levado pela indiferença humana. Trata de seguir tua consciência e teu coração e, quando souber que deves fazer algo, faze-o prontamente; não ignores as necessida­des. Quando vires que alguém precisa de ti, vai em auxílio, sem medo. Se sabes o que acontece no mundo e que, neste mesmo instante no qual tu estás diante das palavras de Deus, existem outros que estão sendo provados em sua fé e, de joelhos, elegem morrer com Cristo a viver sem Ele, então ora verdadeiramente, sem cessar.

Se já sabes o papel da consciência indígena no planeta e tam­bém sabes o quanto os indígenas padecem de abandono e de indiferença, então age, serve, ora, auxilia, oferece o teu amor. Demonstra a estes irmãos que eles têm uma importância vital na vida espiritual do planeta e que sua forma de ser não deve ser vendida de forma turística, para divertir os inconscientes.

Quando estiveres diante de um irmão indígena, aprende com ele e, em tua postura de aprender, deixa que emerja do coração dele a pureza e a sabedoria que ele tem para transmitir à humanidade.

Se sabes que o esforço e a perseverança são as chaves para trans­por os obstáculos neste tempo, então não baixe os braços quan­do estiveres em dificuldades.

Se a prova for maior que tua fé, recorre à unidade com teus irmãos, unidade que, quando é verdadeira, abre as portas a Deus, para o descenso de Sua Vontade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Irmã Lucía de Jesús: Estávamos realizando uma tarefa gru­pal com todos os membros da Comunidade-Luz Fraternidade de Aurora, no Uruguai, onde vivemos, e concluímos a jor­nada de trabalho com a transmissão da mensagem diária de São José. Apesar de haver chegado de um campo de refugiados do Oriente Médio, São José nos transmitiu uma mensagem dirigida especialmente às Comunidades-Luz, mas que, como Ele mesmo nos explicou, pode servir para todos que se consi­deram servidores de Deus e consagrados ao Seu Plano. Que todos os que a lerem pratiquem estas palavras, adaptando-as à própria vida. Esse foi um pedido de São José.

A fraternidade é algo que deveria caracterizar este mundo, um atributo que todos os seres da Terra deveriam trazer em seu interior, para que se tornasse o ponto de partida para a vivência do Amor Crístico. Para dar a vida por seus amigos, primeiro vocês deverão aprender a ser fraternos.

Existem seres que conseguem ser fraternos pela natureza do próprio espírito, mas outros deverão fazer suar muito o ego em um árduo trabalho de transcendência dos próprios pareceres, vontades e necessidades; deverão viver uma verdadeira reno­vação no que chamam “prioridades” em suas vidas.

A prioridade dos seres humanos encarnados neste mundo deveria ser, em verdade, a vivência perfeita do Amor e da Unidade – uns com os outros, cada um com Deus e todos com Ele; tendo isso como única prioridade, tudo o mais deve­ria se adaptar.

Se vocês pensam que têm alguma necessidade maior do que viver a fraternidade e o amor, comecem desde já a meditar sobre a razão de suas vidas e o propósito de suas existências no mundo.

Busquem, por um instante, a razão pela qual se levantam todos os dias. Por que trabalham, estudam, comem, bebem, cons­troem casas, programam os seus dias, fazem planos? Qual é o verdadeiro sentido de tudo isso?

Vocês não devem pensar que a vida encerra o seu propósito na simples necessidade de se manterem vivos e cômodos neste mundo! Ou sim?

Se a alma não encontrar um propósito superior pelo qual se levantar todos os dias, ela vai perdendo o interesse pela vida.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Quisera falar-lhes sobre a grandeza da Criação e os Mistérios Celestiais; quisera revelar-lhes o Amor que preenche as estrelas e anima os universos, para que assim vocês se vissem fortale­cidos e resguardados por um Propósito Maior, para cumprir a própria missão neste final de ciclo na Terra.

Com Minhas palavras, a cada dia espero que suas consciências alcancem um nível de compreensão que transcenda os limites da mente humana. Tento fazê-los compreender a magnitude do Plano de Deus e como esse Plano não pode começar e terminar na existência deste mundo.

Sei que muitos necessitam de palavras simples para compreen­der a tarefa de resgate dos Mensageiros Divinos e aderir a ela. Muitos preferem desacreditar de Nossas Palavras e de Nossas Presenças, quando lhes revelamos algo que não compreendem e que não se ajusta ao que já conhecem. Porém, peço-lhes que não tentem reduzir a Grandeza de Deus à compreensão da mente humana; não tentem comparar o Amor do Único com a capacidade de amar de vocês. E não esperem que a Criação de Deus se restrinja à existência deste pequeno planeta, quando tão vasto é o universo.

Para que existiriam tantas estrelas e galáxias se não para que nelas habitassem as diferentes expressões do Amor de Deus em Suas criaturas? Ou acaso vocês pensam que as estrelas no céu existem para que os homens possam contemplá-las da Terra?

Enquanto uma grande mudança se precipita no mundo, os Mensageiros Divinos tentarão elevar a compreensão e o conhe­cimento da humanidade; tentarão abrir os olhos do coração humano a verdades que não se veem com os olhos materiais.

Isso será assim porque apenas a certeza de um Propósito supe­rior e de uma vida superior que os ampara lhes dará forças para viver os tempos que chegarão. Sem uma compreensão maior dos Planos de Deus, suas vidas perderão o sentido, assim como já perderam para muitos jovens e adultos que não encontram motivo para estar neste mundo.

Se estiverem fortalecidos na esperança de uma meta espiritual e divina, poderão perseverar e se manterem firmes para trans­por os obstáculos com amor, perdão e valentia; e quando for o tempo, reconstruir o mundo com a devida coragem e com os princípios do espírito.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Para tu seres um companheiro de Cristo, buscarás transcender as leis e tendências da Terra, porque não podes seguir, com pensamentos humanos, os passos dAquele cujos espírito e divindade não provêm deste mundo.

Deixa o pensamento planetário para aqueles que buscam apenas as riquezas da Terra, a glória e a honra passageiras que aqui se alcançam. Busca para ti a glória de Deus e, em vez de procurar ser honrado, rende honras Àquele que é digno de recebê-las.

Busca para ti a recompensa dos mansos, que é o coração humilde. Sê mais ambicioso do que os homens da Terra e busca para ti um lugar no Reino do Universo. Ainda que sejas eternamente servo, não haverá melhor Rei ao qual servir senão Àquele que é um com tudo o que foi criado e cuja misericórdia não se mede com as proporções existentes, nem neste mundo nem em nenhum outro.

Não desanimes, filho querido, com as derrotas que vives na Terra; glorifica o Teu Pai e Deus cada vez que és humilhado, porque estarás aprendendo, assim, como se alcançam maiores Graças, Graças verdadeiras, Graças divinas.

Rende-te como servo, como nada; sê o tapete no qual pisam os que buscam a glória do mundo. Deixa que em tudo os outros sejam melhores e vitoriosos.

Perde-te, inclusive de ti mesmo, e farás de ti uma vitória para Aquele que é o Único vencedor de toda a Criação, porque perdeu-se de si mesmo e, assim, voltou para a Essência Divina.

Por que temes tanto sair das leis da Terra?

Por que temes tanto perder os tesouros do mundo?

Oh, filho querido, descobre a Graça de ser pobre de ti e de tudo e jamais irás querer outra coisa senão o nada.

Por que te aferras tanto a este mundo e às suas formas de vida, se tu não provéns dele e não permanecerás nele para sempre?

Vive neste mundo como deves viver, faz dele o que ele é: uma escola de transcendência, de redenção, de amor. Estás aqui para ser o que não és, para renunciar ao que vês, para redimir-te e para amar tudo o que existe, bom ou mau, como forma de deixar que o amor tudo transforme.

Escolhe a simplicidade, a alegria, a liberdade do espírito. Regozija-te na humilhação, plenifica-te na obediência, resigna-te a ser nada e verás que tudo te será dado.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Em tempos de batalha para a mente, para o corpo e para o espírito, mantém o coração em paz.

Aferra-te ao propósito destes tempos e não tanto às tribula­ções que perturbam teu ser, dentro e fora de ti.

Se não consegues orar, então simplesmente une o teu coração a Deus e pede o Seu auxílio. Como soldado de Seu exército de amor, o Senhor jamais te negará a devida ajuda.

Porém, pouco a pouco, conversa com teus corpos, com a vida que habita em tua consciência e que se expressa de diferentes formas, porque os tempos são outros e a própria densidade da atmosfera planetária buscará de ti o espírito da permanente transcendência.

Só não te rendas. Sê um pouco mais valente e decidido a vencer a ti mesmo e as energias que circundam tua consciência, porque dentro e fora de ti existirão resistências para não permitir que sejas um triunfo de Cristo no mundo.

Não permitas que tua consciência seja instrumento de desu­nião. Preza sempre pela unidade tua com Deus e com teus irmãos e a de todos com o Propósito do Criador.

Deverás aprender a encontrar dentro de ti ares puros para res­pirar e nutrir tua alma e teu espírito, porque existirão dias nos quais não encontrarás alento algum no que te rodeia. Por isso, constrói hoje o caminho de união com teu mundo interior. Ali se encontram os códigos deixados por Deus nas tantas vezes em que Ele veio ao teu encontro. Ali encontrarás a paz.

Pelo aprofundamento interior de todos os seres,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Libertem suas almas do cativeiro deste mundo, por intermédio do amor ao Plano de Deus. Se vocês amarem os Planos do Altíssimo para tudo o que foi criado, transcenderão a compreensão comum acerca de todos os acontecimentos que se manifestam no mundo.

Disponham-se a amar o Plano de Deus acima de vocês mesmos e poderão, então, viver o que realmente o Senhor espera de vocês.

Quando o seu amor próprio é maior que o seu amor ao Plano de Deus, vocês correm o risco de se perder nas suas próprias limitações e perdem a oportunidade de descobrir a transcendência de todas as expressões da vida, sejam mentais, emocionais, físicas ou espirituais.

Quando vocês amam o Plano de Deus acima de todas as coisas, são capazes de se lançar no impossível para manifestá-lo e, então, cruzam o umbral das limitações humanas e descobrem novas capacidades que estão eternamente adormecidas nas consciências de todos justamente pela falta de amor e de entrega por parte dos seres.

Sei que este é um amor desconhecido e inalcançável para muitos, porque vocês não aprenderam a amar o intangível, o Divino, o espiritual. Neste mundo, o amor está sempre baseado nos benefícios e mesmo o amor a Deus e à vida espiritual tem que trazer algum mérito, ainda que seja a santidade.

Aqueles que buscam a vida espiritual, encaminhando-se para a santidade, começam sua trajetória buscando um benefício, um reconhecimento, uma meta; porém, no caminho, descobrem que, para encontrar o que procuram, devem perder-se de si mesmos. E assim perdidos, vão deixando pouco a pouco tudo o que têm, tudo o que são e o que pensam ser, bem como suas aspirações e mesmo a pura intenção de alcançar a santidade.

Quando o coração mais sentir que já não quer nada e apenas caminha para Deus, quando mais longe parece encontrar-se de qualquer perfeição, porque para ele nada se assemelha à Perfeição do Pai, é quando a alma chega, sem perceber, ao primeiro passo de sua meta.

Para este amor verdadeiro Eu os chamo: amor que transcende os indivíduos, os benefícios, as aspirações, as conquistas; transcende as próprias necessidades da vida e deixa a alma e o espírito suspensos nas mãos do Criador, para que sejam instrumentos Seus no mundo, atraindo Sua paz para os tempos de caos.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros de Meu Casto Coração,

Hoje os chamo ao despertar da verdadeira fé, que nasce da união do espírito com Deus e não se alimenta de milagres ou recompensas de nenhum tipo.

A fé para a qual os convido é a fé no invisível, para que possam confiar e assim viver as instruções dos Mensageiros Divinos.

Sei que para muitos é difícil despertar a fé no coração quan­do ela é puramente espiritual. Muitos acreditam na Presença de Deus entre os homens por meio das atuais aparições dos Sagrados Corações, mas a crença provém da aceitação da men­te, e a fé é a adesão do espírito à Vontade de Deus.

Uma fé que nasce em decorrência de fenômenos e milagres é uma fé que pode ser tão passageira quanto tais fenômenos, mas a fé que nasce no coração daquele que crê sem ver é uma fé que jamais se extinguirá e que o conduzirá a encontrar a verdadeira vida do espírito.

Aquele que mantém a fé, mesmo no invisível do coração, pode­rá encontrar a Deus, que não é visível aos olhos humanos, e superará os limites da matéria e dos sentidos para ingressar em uma realidade que transcende a existência material. É para isso que os Mensageiros Divinos vêm ao mundo neste tempo, por meio deste grupo de almas.

Ao longo da existência humana, Deus tentou despertar os homens de muitas formas, mas sempre que eles foram desper­tos por meio dos sentidos, jamais puderam sair dos limites do próprio sentido material, concreto.

Os fiéis e devotos de Deus no mundo inteiro quase sempre estão aspirando simplesmente a coisas que dizem respeito à vida material e, em nenhum instante, vislumbram a verdadei­ra existência, que começa depois que transcendem as ilusões desta vida.

Muitos creem em Deus, oram e buscam viver em paz, mas quase sempre isso visa somente ao bem pessoal e ao sucesso da própria vida material.

Compreendem que o Plano de Deus não começa e não termina nesta pequena Terra?

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

 

DEVOCIONÁRIO DE SÃO JOSÉ

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos