MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM DE SÃO PAULO A FLORIANÓPOLIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Tudo na vida daqueles que se entregam a Deus pode se tornar um serviço, ainda que suas mentes não saibam.

Deixa que o Pai faça de teu ser um instrumento Seu no mundo, para que tua oração seja liberadora, que tua renúncia seja reparadora, que tua entrega seja curadora, que teu amor a Deus seja o motor que faz da Misericórdia Divina uma fonte inesgotável para a Terra e para toda vida.

O coração humano é pleno de mistérios e um deles é que quase todas as Leis e Raios Divinos podem se manifestar em suas vidas, mesmo que não tenham conhecimento Deles. Dessa forma, filhos, suas ações são puras e sinceras, suas intenções estão voltadas apenas para o Propósito Divino.

Hoje, sê um pouco mais consciente desta realidade superior e ora deixando que as portas da liberação se abram neste mundo e que, assim, as amarras e opressões que sufocam as almas e os Reinos da Natureza se dissolvam.

Renuncia com alegria e deixa que esse ato seja como um bálsamo para o Coração do Pai, porque quando renuncias à tua vontade humana, para cumprir com a Vontade de Deus, estás reparando no Coração do Pai todas as feridas que a indiferença humana e a vontade própria Lhe causam.

Serve e entrega teu coração à Lei Maior; assim, filho, tuas ações atrairão do Céu Leis Sublimes, que farão com que as Fontes Celestiais derramem graças e Misericórdia sobre os que não merecem, mas que, apesar de seus erros e pecados, são profundamente amados por Deus e foram criados com um Propósito Divino, do qual se desviaram.

Que tua vida seja como uma luz no mundo, Iluminando o caminho dos que se perderam e lhes devolvendo a paz.

Tens a Minha benção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ora como se fosse a última oportunidade de clamar por este mundo. Esquece de ti e coloca teu coração nos que realmente sofrem e padecem, sem receber o amor que necessitam para sair dos abismos em que se encontram.

Confia humildemente no poder da oração e não deixes que tua boca pronuncie palavras vazias nos momentos em que te dispões a orar. Lembra sempre que esse é o teu maior serviço, que sem oração não há planeta, não há amor, não há Plano Evolutivo que se manifeste, porque, para que o ser humano seja digno de ingressar no Tempo de Deus, primeiro deve render-se e dar os primeiros passos em sua transformação.

Hoje te digo, filho, que não há melhor caminho para a humildade que a oração, que te põe rendido e transparente diante de Deus e que, transpassando os limites de tuas próprias necessidades, alcança os corações que sofrem e que não conhecem o amor.

Recorda, hoje e sempre, que se queres chegar ao Pai, se queres cumprir a Vontade de Deus para ti e para o mundo, põe-te a orar sinceramente e aprofunda a cada dia em tua oração, de forma que ela seja cada vez mais verdadeira.

De nada adiantará, filho Meu, que faças muitas coisas, que penses tanto em ti, se no final de tudo, teu coração não se rendeu a um Plano maior.

O caminho para a redenção é mais simples do que imaginas. A própria oração te ensinará a orar, sempre quando fores sincero e persistente, nisso que é mais do que um exercício espiritual, é uma necessidade planetária.

Ora e Eu te escutarei, e unirei Meu Coração ao teu para que trilhes este caminho com fé e, aos poucos, chegues a Deus, elevando teu coração e o coração humano como um todo ao Criador.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Nos Reinos da Natureza, Deus encontra a Sua morada.

Nos Reinos da Natureza, o Criador expressa Sua perfeição.

Nos Reinos da Natureza, guardam-se os mistérios do Universo e as chaves para ingressar na nova vida.

No amor aos Reinos da Natureza jaz a expressão do novo homem.

No amor aos Reinos da Natureza jaz a cura para todos os males e enfermidades físicas e espirituais, porque o segredo da vida é o auxílio mútuo entre tudo o que foi criado.

Se querem viver a cura, sirvam e curem os Reinos da Natureza. Se querem se elevar a Deus, ajudem uma árvore a viver sua elevação. Se querem aprender a viver o amor, deixem-se ser amados pelo Reino Animal e aprendam com eles a expressar, sem medo ou vergonha, o amor que há em seu interior. Se querem ser firmes e fiéis, aprendam com a doação dos minerais. Se querem ser transparentes e expressar a semelhança com Deus, contemplem, amem e reverenciem os oceanos.

O Criador lhes concedeu a graça de se renovarem todos os dias através da renovação que vivem constantemente os Reinos da Natureza.

Renovem-se no amor, contemplando os Reinos. 

Superem-se no amor, servindo aos Reinos. 

Sejam mais amor, vivendo em comunhão com os Reinos e, assim, poderão ser chamados dignos filhos de Deus.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA SAGRADA CASA DE MARIA, MÃE PAULISTA, SÃO PAULO, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Aos Meus pequenos e grandes filhos da África

Acalmem seus pequenos corações em Meu paterno e manso Coração, para que Eu lhes devolva a paz e a esperança, e que assim não se deixem esmorecer pelos desafios destes tempos.

Os caminhos de Deus são desconhecidos, e as formas como Ele conduz este, que é Seu Plano, sempre foram incompreensíveis para a humanidade.

O Pai Criador honra e ama os corações pacíficos que não temem entregar a própria vida para estabelecer a paz, que não temem ir de encontro ao caos para manifestar a verdade que habita em seu interior.

Cada alma nesta Terra tem um aprendizado único para viver, e ele tem um tempo e um lugar para se cumprir. Neste dia um filho de Deus cumpriu o seu ciclo e adentrou em outras escolas, onde continuará aprendendo sobre o amor e a paz.

Coloquem seus corações apenas no Amor com o qual Deus acolhe os Seus filhos e tenham certeza de que um tempo de maior paz chegará para aqueles que, em vida, aspiravam a cumprir a Vontade de Deus além de suas dificuldades, além de seus sofrimentos e do peso que carregavam em seu coração, por uma história milenar de angústia e de dor.

Hoje Meu Coração se expressa porque vejo todos os dias o esforço de Meus pequenos filhos da África que, apesar de tudo, amam e servem a Deus. Os méritos desse serviço tocam os Céus e abrem as portas para que um filho de Deus chegue ao Pai.

Não se entristeçam nem temam. 

Este é o tempo da purificação da Terra como do coração humano, e muitas provas estão por vir, mas, se estiverem fortalecidos no amor e permeados pela aspiração da paz, sempre terão, como hoje, as portas abertas para o Céu.

Dedico esta mensagem para almas que se esforçam em transcender a condição humana e transformar a história deste mundo com sua persistência e, apesar de saber que muitos não Me compreenderão, falo por uma Vontade Divina, porque o Senhor quis dar a conhecer Seu Amor pelas crianças e jovens da África, pelos servidores e adultos que O buscam. O Senhor quis pronunciar-Se na voz de Seu Servo Humilde porque, como Pai do serviço e da caridade, venho amparar os que servem a este mundo, apesar de não o saberem.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Busca em ti, filho, a revelação da unidade com Deus. Ama com todo o teu ser e serve para que não apenas o teu coração, mas também o teu corpo aprenda a amar.

Supera-te e vai ao encontro da necessidade, para que tuas células despertem em seu interior o verdadeiro potencial que guardam e para que tu comeces a ser um ser humano como o Pai pensou e não como tu o conheces.

Ora com tua mente, ora com teu coração, ora com tua vida, não apenas clamando pela paz, mas sendo paz para o mundo.

Busca a Verdade no conhecimento, busca a Verdade na sabedoria, mas sê a Verdade, despertando em ti o dom do Amor manifestado, porque, se amas,  compreenderás todas as coisas.

Amar não é apenas estar pleno naquilo de que gostas, que te traz alegria, que te mantém na paz. Amar é saber obedecer a uma vontade superior à tua; amar é saber renunciar por um propósito maior que o teu; amar é saber deter os próprios passos para dar passagem aos que precisam chegar antes de ti; amar é estar em Deus e deixar que Ele esteja em ti, não importa como, onde ou quando. Que teu tempo e tua vida sejam o tempo e a vida de Deus.

Ama, pois tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo, 

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Assim como em um ciclo anterior Eu os conduzi pelo caminho da humildade, do serviço, que vai além das obras de caridade, e também lhes ensinei sobre o amor aos Reinos da Natureza, agora, filhos, venho para ensiná-los a se elevarem além de sua condição humana.

Venho quando o peso de seus corações parece ser maior do que nunca e as “toneladas” de sua condição mais retrógrada parece ancorá-los no profundo da Terra.

Como uma contradição divina, em realidade venho, filhos, para que conheçam a Verdade e destituam o poder da ilusão. Seus corações estão ancorados na Terra porque não conhecem a Verdade sobre si mesmos, nem sobre Deus, Seu Reino, Seu Plano; não sabem a Verdade sobre a Vida e passam os dias de um ciclo único de definição identificados com algo que não é real.

O Tempo de Deus está chegando e nada, nem ninguém, poderá deter esse acontecimento. A definição que marca este ciclo fala sobre como cada ser e a própria consciência do planeta cruzarão o umbral para a Nova Vida. Tornar-se-ão pó como tudo o que dele provém? Ou deixarão ao vento o pó e permitirão que o nada que pareciam ser revele a unidade com Deus e os torne parte de um Todo infinito?

Venho, neste ciclo, ajudá-los a definir os seus caminhos. E não que a voz de um só Mensageiro não seja suficiente, porque Deus, em Si mesmo, em Seu silêncio, é suficiente, mas a presença dos três Mensageiros Divinos, instruindo a humanidade de uma forma única, extraordinária e nunca antes vista, é o símbolo da perpétua Misericórdia de Deus, em um tempo em que os traços de Sua Justiça já começam a aparecer nos escritos dos Livros Sagrados, que ditam o destino da humanidade.

Por isso, filhos, neste ciclo, deixem que a gratidão permeie seus corações e bebam das Palavras de Deus como um sedento, que sabe valorizar cada gota d’água que lhe é oferecida. Esta é a Água de Vida em um tempo de sede espiritual. Bebam e multipliquem esta dádiva para o mundo.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quando Deus os chama a servir, escutem Sua Voz e sigam-na. 

Cada dia mais aumentará a necessidade de serviço neste mundo, e à medida que o tempo passa e os seus corações se abrem, mais aptos e preparados estarão para servir porque, em verdade, estarão prontos para amar e doar de si aquelas coisas que são o verdadeiro tesouro do coração humano, que tantas vezes desconhecem.

Não serão conhecidos neste mundo pelo seu serviço, mas pelo amor que há nele; amor esse que surge do Coração de Deus e flui, indistintamente, ao coração de todos os que se abrem para responder com sinceridade ao Seu chamado.

Através desta Obra, Deus quer ensinar-lhes e ensinar a toda a humanidade que, quando se responde a um chamado divino, não há mérito sobre uma única alma, não há Graça sobre um único ser, mas sobre todos que se abrem para deixar de ser o que são e passar a ser instrumentos de Deus.

Uma missão pedida pelos Mensageiros Divinos é o anúncio do Amor de Deus à humanidade; Amor que flui através do coração humano e permeia nações inteiras em seu silêncio; abraça almas e corações com a Sua Graça, ainda que tudo isso seja invisível aos olhos humanos.

Uma missão pedida pelos Mensageiros Divinos é o sinal de Deus de que Sua Misericórdia ainda está atuando no mundo, tanto no coração que é chamado a servir, e que recebe a Graça de redimir-se através do serviço, como para aqueles que são servidos e que pareciam estar esquecidos por Deus e pelo mundo, mas não estão.

Seu Pai e Criador quisera ter muitos braços, muitos pés e, sobretudo, muitos corações para enviar àqueles lugares do mundo mais necessitados, como um sinal do Seu Amor e da Sua Misericórdia para os corações que perderam a esperança. Mas, enquanto não muitos corações se abrem para doar a si mesmos, os que já o fazem devem se multiplicar em uma doação extrema que, no silêncio das suas ações, gera méritos para a redenção daqueles que nada fazem por este planeta.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE BAD VÖSLAU, ÁUSTRIA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ora e, quando tua prece for verdadeira, chegará aos Céus e unirá não só teu coração a Deus, mas o coração de todos os que necessitam de Sua Presença.

Serve e, quando teu serviço for verdadeiro, não importa o que faças, terá repercussões espirituais que te serão desconhecidas, mas que no invisível de tuas ações, se tornarão o motor da transformação do mundo.

Ama e, quando teu amor for verdadeiro, curará as feridas do passado, do presente e preparará para o futuro uma vida de aprendizados no amor e não no sofrimento. 

Canta e que teu canto seja verdadeiro, uma prece com melodias que elevam teu coração ao Pai como o fazem os pássaros, entregando a Deus o dia, no início de cada manhã. 

Silencia e que teu silêncio seja verdadeiro, que não esteja preenchido por angústias, rancores, mágoas ou sentimentos que fecham tua boca para ferir teu coração.

Que teu silêncio seja curador e traga paz, primeiro ao teu interior, depois ao mundo.

Escuta as palavras de Deus, aquelas escritas nos Livros Sagrados deste mundo e transmitidas por Seus Mensageiros. 

Se tua leitura for verdadeira, abrirá teu coração para que saibas reconhecer a Voz do Pai em teu interior, quando a Voz de Seus Mensageiros já não ecoem sobre o mundo.

E assim, filho, tudo o que fizeres, faz de verdade, faz com verdade e pleno de uma transparência espiritual.

Transforma tua vida em um ato sagrado e, assim, verás se cumprir em ti como foi dito no princípio; verás emergir em ti o que te faz semelhante a Deus; verás dissolver-se a ilusão, para que viva em ti o que verdadeiramente és.

Teu Pai e Amigo, 

São José Castíssimo

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A recompensa do servidor de Deus é o eterno serviço. O Criador renova Seus servos no ato de servir, e a certeza de estar cumprindo com o Seu Plano os nutre.

Filhos, a grande escola dos discípulos de Cristo, neste tempo, é a eterna renúncia. Porém, lhes falo da renúncia das coisas deste mundo, das comodidades e dos prazeres que a humanidade como um todo prezou muito por manter.

Aqueles que temem a renúncia é porque, em verdade, jamais conheceram a Graça de servir a Deus, porque é renunciando a tudo o que é passageiro que se encontra aquilo que é eterno e que nutre a alma, o corpo e o espírito, deixando-os plenos em Deus, além das aparências do mundo.

Aqueles que querem sustentar-se durante a própria purificação devem encontrar a sua paz na renúncia de todo resultado acerca de si mesmos, pois muito sofre aquele que todo dia olha para a própria ferida e não permite que ela cicatrize, pelo poder de seu pensamento sobre ela.

Vocês devem reconhecer que as feridas estão ali, mas para que a dor não lhes atormente a vida e lhes impeça de fazer tudo o que são chamados a fazer neste tempo, vocês têm que tirar os olhos de si mesmos.

É por isso, filhos, que quanto maior for o grau de consagração, maior deve ser a renúncia, porque uma lapidação profunda lhes será cobrada e serão levados a vivê-la além da própria vontade; porém, não é nisso que deve estar a sua consciência, porque o Plano de Deus se manifesta vivendo-o e não pensando nele.

Dessa forma, vocês devem saber que aquele que dá tudo também receberá tudo e aquele que põe de lado os próprios processos, suas purificações e, inclusive, as suas necessidades, para ajudar aos outros, será por Deus recompensado e alcançará a expressão de Seu Plano sem que se dê conta.

Por isso, hoje lhes assinalo o caminho do serviço e da transcendência e lhes agradeço por tentarem se superar por amor ao Plano do Criador. É nesta eterna tentativa e verdadeira aspiração que ele se cumpre. Sigam adiante.

Seu Pai e Companheiro no caminho de ascensão,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Filhos,

Cada missão lhes trará um novo aprendizado e uma nova forma de compreender a vida.

A verdadeira razão da existência do grupo de missionários não é tanto o serviço material que prestam, mas, sim, o ato de ir em direção à necessidade do próximo para curar as raízes dos males que o colocaram nessa condição de necessitado.

O mais importante é a atuação com o coração e a experiência que depositam na consciência humana desse aprendizado de serviço.

Com os seus irmãos indígenas, aprenderam a mansidão, mansidão que transcende a realidade material em que vivem.

Esses seus irmãos tinham tudo, porque estavam unidos a todas as coisas, a toda a vida, ao Criador, e tudo lhes foi retirado, porque perderam quase toda a possibilidade de se expressarem e, em muitos casos, já não têm um veículo para se unirem a Deus, ou seja, um ambiente natural, preservado e harmonioso; apenas têm o próprio mundo interior.

A consciência indígena, apesar de tudo, não deixa de ensinar alguma coisa ao coração humano, pois neste tempo, filhos, mesmo sem poder expressar-se como povo, como cultura e como essência, eles estão colocando na consciência da humanidade os princípios da perseverança, da fortaleza e da paz, independentemente do estado em que se encontra o mundo ao redor.

Não lhes digo com isso que seus irmãos não sofrem com o estado de degeneração do planeta, porque o pesar desses corações, o que carregam como dor na essência indígena, não é compreensível para o homem moderno de hoje.

O que lhes digo é que a paz interior deles, apesar do sofrimento, da miséria e da opressão é algo que permanece. A luta para não serem corrompidos pelas forças de hoje é constante e dura para todos, mas eles não perdem a fé em que permanecerão como povo na Terra e, inclusive, em que poderão um dia voltar às origens e recobrar a pureza que estão perdendo.

Aprendam com essa fé para, quando chegar a hora de reconstruir a Terra, vocês não perderem a paz nem a certeza de que são capazes de se manterem de pé e de recobrar a semelhança com Deus, que perderam por tantos descaminhos.

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Aos Meus filhos missionários

Filhos,

Como síntese interior da missão no Paraguai, reconheçam tudo aquilo que nos últimos dias foi transformando-se dentro de cada um de vocês e ofereçam isso a Deus.

Ofereçam ao Pai suas expectativas, suas aspirações a terem feito mais do que fizeram, a levarem a seus irmãos um auxílio mais concreto que lhes trouxesse uma vida mais digna e mais sã.

Ofereçam ao Pai a aspiração a ter ensinado e a ter aprendido com os povos originários, de entregar-lhes o amor e a caridade e receber o aprendizado da simplicidade e da pureza.

Ofereçam ao Pai tudo o que nos últimos dias foi curado e transmutado na consciência humana, como os erros do passado.

Ofereçam ao Pai seus esforços de cada dia para seguir o que Eu lhes disse e também todas as vezes em que se esqueceram de Minhas palavras.

Quisera que essa missão marcasse um aprofundamento interior da tarefa missionária, uma maior disposição dos aprendizes da caridade crística em cumprir com um papel espiritual e não apenas material. Que a missão, que acontece no espírito, seja cada dia mais a prioridade de suas vidas.

Cada vez que vocês aprendem a valorizar o que acontece nos mundos invisíveis e compreendem que é ali que a verdadeira missão tem o seu resultado, como Divindade podemos abrir outros caminhos na consciência humana e liberar situações cada vez mais profundas e arraigadas, antigas e inconscientes para a humanidade atual.

Filhos, não são muitos os missionários de hoje que servem na matéria conscientes do reflexo espiritual de sua missão. É por isso que o Criador está tão atento aos seus movimentos e com tanto amor os acompanha por intermédio de Nossa presença e de Nossas palavras.

Que o espírito missionário possa expandir-se na consciência humana e que a sua disposição em aprofundar-se na transformação interior, como forma de prestar um serviço cada dia mais cristalino, seja como um código que impulsione a humanidade, um exemplo que dê a outros servidores um sentido espiritual para o próprio serviço.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CASA DE COSTURA OFICINA SÃO JOSÉ, COMUNIDADE-LUZ FIGUEIRA, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

O serviço dignifica a alma e traz ao mundo o espírito da caridade, tão escasso entre todos. Quando um coração desco­bre o amor ao serviço, ele se plenifica e encontra um caminho seguro para a sua consagração.

O segundo passo depois do serviço abnegado, sob o espírito da caridade, é o sacrifício consciente em nome dos padecimentos de Cristo. Por mais simples que lhes pareça o que realizam, sempre que oferecem ações em reparação do Coração de Cristo, suas ofertas são aceitas e o Sagrado Coração é aliviado.

Consagrei esta casa ao Meu Casto Coração para que aqui vivam a simplicidade, a caridade e o amor entre todos. Quero fazer de cada coração servidor uma fonte de paz para este planeta.

Muitos pensam que é necessário realizar grandes obras e ir mui­to longe para que o serviço seja válido e verdadeiro, mas Eu lhes digo que foi dentro de uma simples carpintaria que prestei o maior serviço de Meu pequeno Espírito e ali encontrei a santi­dade e a porta à Divindade, que alcancei ao lado de Meu Filho.

A santidade na vida de cada ser não depende das circunstân­cias externas em que vive; depende apenas de cada coração, da disposição de cada um para tornar sagrada a própria existência.

Se, no serviço que prestam, oferecerem a Deus os seus atos, descobrirão muitos mistérios que lhes serão revelados como compreensões, às vezes inexplicáveis, que provêm do coração e apenas para ele serão claras.

Comprometo-Me, como pai de todos os servidores, a estar pre­sente entre vocês sempre que invocarem Minha Presença pela oração, pela caridade e pelos atos de compaixão e fraternidade.

Comprometo-Me a interceder pelas almas e pelos Reinos da Natureza neste oratório de caridade.

Apenas lhes pedirei que se lembrem de Mim e que façam deste espaço um lugar de alegria, de caridade e de unidade entre os homens e Deus.

Quisera que na entrada desta casa estivesse a imagem de Meu Casto Coração, consagrando e abençoando este lugar, que irra­diará a inspiração ao serviço para as almas que devem aproximar-se nestes tempos.

Eu os abençoo e os guardo.

Seu pai e amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DO ESPÍRITO SANTO, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filho,

Descobre no serviço o enobrecimento da alma e do espírito, o nascimento do amor universal, porque só quando a necessida­de do próximo transcende as tuas é que podes compreender um pouco a essência do verdadeiro amor que vieste aprender neste mundo.

Compreende que, quando serves, não é apenas o ato de servir o que libera as almas dos infernos deste mundo, mas, também, o amor e a caridade fraterna que imprimes em tuas ações e a sinceridade com a qual transcendes os teus medos e limitações; é fazendo o que jamais pensaste em fazer, o que realmente une as tuas mãos às Mãos do Criador e torna sagrado o teu serviço.

Vai, sim, ao encontro dos mais pobres; vai longe, buscando nos abismos os que necessitam de tua união com Deus. Vai onde os desamparados não conhecem a esperança, onde os enfermos não conhecem a fé, onde os famintos não conhecem a mise­ricórdia, onde os pobres não conhecem a riqueza que é viver pleno no Espírito de Deus. Imprime todos esses atributos no silêncio de tua boca e nos atos sinceros de tuas mãos, no pulsar profundo de teu coração.

Coloca no serviço a esperança de que este mundo alcance a redenção, de que as almas reconheçam a unidade e o amor.

Não precisas predicar, porque as palavras, nestes tempos, às vezes, são muito imperfeitas. Opta por dar um exemplo de pacificação, de fraternidade, de entrega abnegada.

Não esperes jamais que agradeçam pelo serviço que prestas. Não esperes retornos, não busques resultados. Coloca no solo a semente de uma árvore que talvez não verás crescer, mas confia que ela dará frutos para os famintos de um tempo futuro e fará sombra para que os cansados de tanto andar encontrem nela um lugar de repouso.

Assim como acendes o teu coração no serviço aos mais pobres, acende-o também no serviço aos que tens ao lado. Muitas vezes te preocupas com as almas que se perdem ao longe, mas não vês as que estão se perdendo por não encontrarem em ti um pouco de sustento, de apoio, de compaixão e de fraternidade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE LOS COCOS, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Os Céus se abrem para receber as ofertas da humanidade.

Sendo sinceros de coração é que a Misericórdia volta a descer em terras que já vivem a Justiça Divina. Os atos misericordio­sos são os que os unem à Consciência de Cristo, Aquele que é a própria Misericórdia.

Uma missão humanitária, filhos, é mais do que um ato social, porque lhes falo de um pedido de Deus, uma renovação e um despertar do compromisso que Suas criaturas têm para com Ele.

Por mais que vocês estejam diante de duas missões nas quais se encontram com culturas extremamente diferentes das suas, as almas reconhecem a unidade, e os espíritos são tocados pelo amor que permeia os seus atos.

Quando servem de coração, equilibram muitos males, não apenas os daqueles a quem estão servindo. O amor que vocês irradiam toca os que estão ao seu redor e permeia a vida do espírito; substitui os erros e as dívidas das nações por méritos divinos de Redenção, de Salvação e de Misericórdia.

Se, em verdade, todos se abrissem ao espírito missionário, com­preenderiam o que lhes digo.

Hoje quero que saibam que os missionários na Turquia já se tornaram um instrumento nas Mãos de Deus, porque seus espíritos reconhecem que o serviço que prestam não é para si mesmos. A experiência e os anos os encaminharam para con­sagrar a vida aos atos de Misericórdia e, assim, tornaram-se, como grupo, uma ponte para que a Misericórdia do Criador desça à Terra. Mas eles são apenas 14 e não podem se multi­plicar em todas as nações que devem se consagrar a Deus pelo serviço e pela oração. Por isso, quando os chamo ao serviço, escutem Minha voz.

Nenhum dos missionários na Turquia é perfeito; nenhum deles sabia servir no princípio, mas as resistências foram sendo que­bradas pelo amor e, hoje, quando estão diante de uma missão pedida por Deus, eles podem transcender as individualidades e misérias para serem portadores da Divina Misericórdia.

Não esperamos que as diferentes missões que pedimos tenham o mesmo êxito, mas, sim, que vocês se abram ao espírito missionário que a consciência-grupo desta Obra de Amor já alcançou ao longo dos últimos anos.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE LOS COCOS, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Enquanto o mundo começa a tomar consciência da necessidade do serviço e a Argentina dá os primeiros passos no equilíbrio ativo de suas dívidas para com Deus, chamo-os para que vocês não detenham os seus passos. Que cada missão seja uma porta que se abre para uma maior possibilidade de redenção no mundo.

Meus missionários no Chaco estão começando a tomar consciência da tarefa espiritual que realizam e seus corações já podem sentir um pouco mais o Propósito de Deus.

O sofrimento da consciência indígena está sendo aliviado, mas, como lhes disse, esta é uma porta que foi aberta, para que continuem em um longo trajeto de reparação e de redenção.

Para que a Argentina se torne uma nação apta para ser o berço da Nova Humanidade, assim como o Brasil, o Uruguai e outros países da América do Sul, deve existir um maior espírito de amor e de fraternidade.

Com os pequenos atos de serviço, a consciência se amplia para a conhecer a verdade, que é a presença de Deus dentro de todas as criaturas viventes. O serviço, filhos, dignifica o espírito e ativa o amor latente no coração humano. É por isso que, agora que vocês deram os primeiros passos com uma maior consciência, Eu lhes pedirei que não se detenham.

Os missionários sentirão, em seus corações, a necessidade de que este serviço tenha um prosseguimento, e Eu lhes digo que esse sentir é verdadeiro. Gostaria que outros membros desta Obra tivessem a oportunidade de aportar o seu amor em atos de caridade fraterna, mas, para isso, necessito da disposição interna e material de todos.

À medida que o desajuste espiritual for se equilibrando e se transmutando no Chaco, pelas simples e sinceras ações dos servidores, na matéria, os caminhos se abrirão e encontrarão aqueles intercessores enviados por Deus, que os ajudarão a proporcionar uma vida materialmente mais digna para os povos do Chaco.

Mas, antes disso, vocês ainda deverão esforçar-se muito para que o amor possa dissolver a dor que impregna a consciência indígena há tantos séculos.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE LOS COCOS, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

A maturidade na hora de servir surge da compreensão de que um serviço que se presta respondendo a um pedido de Deus transcende a matéria e tem o seu verdadeiro propósito no espírito.

Quando o Criador os envia a servir, devem ter consciência de que são meros instrumentos em Suas Mãos, já que, para equi­librar o grande carma humano, é necessário que sejam os pró­prios membros da humanidade os atuantes e intercessores deste ato de equilíbrio.

O que temem quando os enviamos a servir? Acaso estão pen­sando que serão as suas mãos a agir?

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM DA CIDADE DE CÓRDOBA ATÉ A CIDADE DE CAPILLA DEL MONTE, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Cada serviço prestado pelos servidores e consagrados ao Plano do Deus Altíssimo seja o motivo para gerar o equilíbrio necessário e curar os males do passado de uma humanidade tão transgressora.

Que suas mãos comecem desde já a reconstruir o mundo com atos de serviço, a reparar o mal causado no princípio e a aplacar o caos que se precipita sobre a Terra.

Existem muitos lugares do planeta que não estão destruídos pela guerra ou tomados pelos conflitos armados, mas que estão espiritualmente tão feridos como estes que estão em guerra.

A humanidade, como consciência, agrediu tanto a vida plane­tária que uma grande parte do espírito do planeta está deterio­rado e padecendo como um moribundo que dá os seus últimos suspiros de vida.

A maneira de curar este mundo enfermo é apenas com o amor, o amor em todas as suas expressões: amor com atos de caridade fraterna, amor irradiado na oração, amor irradiado no silêncio, amor que se manifesta no coração que se transforma por amor ao Plano de Deus.

Um servidor que se encaminha a uma missão pedida por Deus deve ser como o obreiro que leva em suas mãos o tijolo e o cimento para reconstruir a consciência planetária*. Em cada pequena ação deve estar o amor pleno e absoluto, que transcende as condições, as diferenças, os erros, o medo e a dor. Assim, aos poucos, vocês poderão se converter em verdadeiros instrumentos de Deus.

Que esteja na intenção de cada missionário a reconstrução ativa e luminosa da vida espiritual da humanidade.

A consciência humana foi criada com base em princípios divi­nos e puros, o que dava a ela a particularidade de poder unir-se diretamente ao Criador, sem intermediários. Esses princípios foram atacados desde o início deste Projeto, e as forças do adversário trataram de convertê-los no que vocês conhecem como energias capitais, que hoje são muito mais do que sete.

Para voltarem a ser cristalinos como Deus pensou e para alcan­çarem o Propósito Divino, chegou a hora de ir fazendo crescer os princípios divinos no seu próprio interior e no interior de seus semelhantes e, assim, ir enfraquecendo aquelas forças escuras que tanto cresceram na consciência humana.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Busca, filho Meu, em tudo vencer-te a ti mesmo. Exercita a renúncia, deixando que os demais expressem suas ideias e seus sentimentos, e experimenta ser conduzido por teus irmãos a novos caminhos.

Se para ti é muito fácil e simples estar em silêncio e deixar-te conduzir, então exercita o contrário e permite que aqueles que tanto se expressam aprendam contigo; coloca à disposição do universo teus pensamentos e sentimentos e deixa que o Criador te mostre um caminho diferente a seguir, para que assim descubras espaços de tua consciência que, até agora, não conheces.

Como falo ao mundo e a diferentes criaturas desta Terra, necessito instruir aqueles que silenciam pela comodidade de não se expressar e aqueles que se expressam todo o tempo pela necessidade de impor seus pensamentos.

A humanidade necessita encontrar o equilíbrio e aprender a comungar com o que cada criatura contribui para o mundo, incluindo aqui todos os Reinos da Natureza.

Para que encontres o equilíbrio, necessitas ir por caminhos que desconheces, caminhos opostos aos que trilhas sempre, para que, assim, descubras dentro de ti outras formas de viver e de se manifestar, até que encontres o perfeito equilíbrio com tudo e não haja diferença para ti entre falar ou estar em silêncio, ensinar ou aprender, porque as duas coisas são necessárias, cada uma em seu momento.

Exercita esses pequenos exemplos e encontrarás amplos cami­nhos diante de ti.

Pelo equilíbrio do coração humano,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Ama o próximo sem limites, como se Deus mesmo Se multi­plicasse em cada um de teus irmãos e te chamasse a servi-Lo e a acompanhá-Lo em Seu desenvolvimento dentro dos seres.

Ama o próximo sem limites, para que teu amor fecunde nos corações de teus irmãos a semente da esperança de um dia viverem plenamente a fraternidade e a unidade entre todos.

Ama o próximo sem limites e, ainda que tuas obras às vezes não possam chegar a todas as criaturas da Terra tão direta­mente, ama assim mesmo e, em teu espírito, deixa que o amor permeie todos os seres, assim como faz o Senhor teu Deus e teu Pai, que te chama a seguir os Seus passos.

Ama o próximo sem limites, com um amor verdadeiro, espiri­tual, maduro, simples, serviçal e fraterno, porque dessa forma Deus mesmo poderá amar por intermédio de ti.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

Para que a paz seja uma realidade no mundo, ela deve come­çar a existir no coração e na vida de alguns homens, ainda que sejam poucos.

Para serem pacíficos, devem aprender a dissolver os obstáculos que a própria consciência coloca no caminho dos que tentam viver em paz. E isso se alcança de duas formas: no silêncio e no serviço.

O silêncio deve ter como base a humildade e como meta a paz. O serviço deve ter como base a fraternidade, para chegar à meta da paz.

O coração que se dispõe a silenciar-se alcança a paz para si e para o próximo, evitando conflitos, desavenças e discussões incentivadas pelo inimigo. O coração que se dispõe a servir, que toma para si aquilo que ninguém quer fazer e, de boa vontade, traz a paz à vida diária ao seu entorno, sem perceber está sendo um canal de Deus no mundo, para dissolver conflitos distantes e aplacar a ira de muitos corações que ele desconhece.

Quando vocês consagram a vida a Deus, tudo o que fazem com consciência e em oferta torna-se um serviço para toda a humanidade.

Agora lhes faço uma advertência: não sejam indiferentes em seu silêncio nem deixem que suas mentes critiquem ou julguem quando fizerem algo que ninguém quis fazer. Se não há amor nem gratidão em suas ações, é melhor ser como a maioria da comum humanidade, porque pior do que não fazer é fazer sem ser verdadeiro.

Trago-lhes essas instruções não para que mudem suas próprias vidas, mas para que mudem a vida planetária, porque vocês são células vivas do corpo deste planeta. Por isso, tudo o que fize­rem repercutirá em toda a consciência planetária.

Eu os amo e lhes agradeço, desde já, sua resposta e a consciência que terão voltada para o cumprimento dos Planos de Deus.

Seu amado pai,

São José Castíssimo, guiando a humanidade nas coisas simples, para que um dia vocês alcancem o Reino de Deus.

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos