MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS​

 

Queridos servos de Cristo,

Hoje venho para rogar ao mundo que auxilie as almas dos pequeninos, das crianças que estão sobre a Terra e não encontram uma razão para sua vida.

Peço-lhes que sirvam às crianças, não somente com um pra­to de comida, mas também que, em união com suas almas, ajudem-nas a encontrar o caminho evolutivo.

A degeneração da consciência humana atual está construindo uma juventude vazia de Deus e, em consequência, as crianças estão trilhando o mesmo caminho.

Por esse motivo, rogo aos mais conscientes neste ciclo planetá­rio que se preocupem menos com os próprios processos inter­nos, e ajudem mais para que o Plano de Deus se cumpra e, assim, encontrem nas crianças um berço para as sementes da Nova Humanidade

Hoje lhes pedirei que deem um passo a mais e que não somente eduquem com amor seus filhos e familiares, mas que possi­bilitem que outras crianças, esquecidas e solitárias, também possam ser educadas para a construção do novo futuro.

Ensinem aos pequenos a amar os Reinos da Natureza, a cuidar deles e a importância de ajudá-los em sua evolução. Ensinem-lhes da importância de compartilhar com o próximo aquilo que ele necessita, seja algo material ou mesmo um atributo interno da consciência, como a mansidão, a caridade, a inte­ligência, a alegria. Que as crianças saibam se ajudar umas às outras e dissipem de sua consciência a competição e o orgulho.

Queridos, ensinem os pequenos a orar; ensinem o poder da oração e a graça que ela concede aos mais necessitados nos quatro cantos do mundo.

Conscientizem as crianças, desde pequenas, sobre a realidade planetária, não para amedrontá-las, mas, sim, para que sai­bam que a oração, o serviço, o amor e a unidade entre todas as criaturas são os remédios infalíveis para os males do mundo.

A purificação planetária se acelera e dentro das crianças deverá estar plantada a semente correta, para que floresça um mundo redimido.

São José Castíssimo, pai de todas as crianças do mundo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Quero trazer-lhes, a cada dia, mais do que palavras, porque tenho a possibilidade de levá-los a viver o que verdadeira­mente são, não apenas como indivíduos, mas também como humanidade.

Por isso insisto, repetidas vezes, que em cada momento de suas vidas ofereçam tudo o que fazem pela consciência humana, sobretudo por todos aqueles que não conhecem a Deus e que, independentemente da classe social e da situação física, vivem na ignorância e na plena ilusão.

Meus amados, quando estive neste mundo como José de Nazaré, em tudo o que Eu fazia em Meu trabalho, no descanso ou nas liturgias diárias, a oração era sempre o que movia Meu Casto Coração e, assim orando, oferecia tudo pelos demais irmãos do mundo.

Eu trabalhava pelos que não o faziam; repousava pelos que não podiam repousar; era verdadeiro e simples pelos que não podiam sê-lo. E assim era com tudo. Então, fui descobrindo como amar as imperfeições dos homens. Dessa forma, enquan­to trabalhava por alguém que não o fazia, comecei a compreen­der porque aqueles que não trabalhavam estavam nessa situação e, em Minhas intenções, oferecia sempre a Deus as dificuldades de Meus irmãos.

Vendo a pureza de Seu servo, que não orava para si, mas para que o reinado de Deus se expandisse pelo mundo, o Senhor começou a mostrar, aos olhos do Meu Coração, diferentes situações do planeta em lugares que, em vida, Eu não havia conhecido, mas sabia da realidade de tudo o que via.

Deus Me deu a Graça de servir mais profundamente e de ter a certeza de que, a cada instante de Minha vida, Ele poderia interceder por alguma alma. Dessa forma, fui aprendendo a arte de interceder perante Deus pelas almas e pelos seres da natureza, que nunca eram esquecidos por Meu Coração Castíssimo.

Hoje lhes digo que o segredo para ser um intercessor diante de Deus é jamais perder a pureza de intenção e não crer que se é coisa alguma, mas apenas um servo de Deus. Onde houver orgulho por alguma obra ofertada a Deus, essa obra já não alcançará o Céu.

Muitos creem que intercedem pelas almas quando, na verdade, estão perdendo um precioso tempo de orar com o coração para alimentar o próprio orgulho e a vaidade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Ao longo da história da humanidade, poucos foram os cora­ções que se abriram para descobrir a verdade da vida superior, porque a humildade sempre foi um atributo muito raramente encontrado no coração humano.

Foi assim que muitos preferiram acreditar que não existia nada além da própria existência, e até mesmo Deus era um mito para esses corações, tamanha era sua ignorância, seu orgulho e sua arrogância. Muitas vezes, os poucos que puderam encon­trar um raio de luz deste grande Sol, que é Deus, caíram no orgulho e na ignorância de se acreditarem sabedores de todas as verdades. Tão grande foi o orgulho desses seres, que se sepa­raram de Deus, acreditando que viviam plenamente dentro de Seu Coração.

É por este motivo que hoje os Mensageiros Divinos vêm falar aos humildes, aos mansos e aos simples. É por este motivo que nos aproximamos de vocês, falando-lhes como se falássemos a pequenas crianças, porque assim vocês deveriam ser para estar diante do Ensinamento que traríamos no final dos tempos.

Os arrogantes acreditaram que já sabiam tudo o que lhes dizía­mos e não perceberam que poderiam saber o caminho, mas que, chegando às portas do Céu, não teriam as chaves para abri-las, porque a humildade é a chave mestra que une os cora­ções a Deus.

Compreendam que sem a humildade vocês jamais poderão seguir os Planos de Deus, porque apenas um coração humilde pode seguir indicações que ele não compreende, não aceita e que, às vezes, vão contra tudo em que sempre acreditou.

Agora que muitos já foram fiéis às indicações celestiais, poderão começar a compreender algumas verdades e o quebra-cabeça irá se montando diante dos seus olhos, para que fortaleçam, assim, a confiança em Deus. Provas maiores de fé chegarão a suas vidas, e os pequenos testes que vocês experimentaram até hoje os prepararão para os dias que virão.

Jamais se esqueçam de que vocês devem ser como crianças, que não podem perder jamais o espírito da humildade, pois, assim, poderemos revelar-lhes grandes mistérios desta Criação Divina.

Eu os amo e os abençoo sempre.

São José Castíssimo

 

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Para que não se estabeleça o ódio nas almas, é necessário que se viva o amor.

Hoje Meu Casto Coração lhes mostra a dor que sente pelo que está sendo semeado no interior de todas as crianças que, sem compreender, padecem o terror das guerras no mundo.

Apenas a vivência de um amor profundo e verdadeiro é capaz de equilibrar essas ações da humanidade. Por isso, hoje lhes peço que, como um ato de paz pela humanidade e sobretudo pelas crianças do mundo, dissolvam o ódio de seus corações e amem aqueles que sabem que guardam algum tipo de rancor em seus corações.

Façam isso como um serviço, indo a um lugar que necessite de muito amor ou mesmo dentro de suas famílias; vençam o orgulho e o temor e realizem um ato de amor como seus cora­ções indicarem.

Peço-lhes que sejam verdadeiros e que não se movam com base nas emoções, mas, sim, com base no sentir profundo do coração.

Por mais que sintam que o que vivem não está ligado ao que acontece em outras regiões do mundo, vocês verão que, ao realizar um ato verdadeiro de amor, apagarão de uma parte da consciência humana o ódio que existe e também este que está sendo semeado pelas atuais guerras do mundo.

Convido-os a uma campanha que se chamará Semeando o Amor na Humanidade. As experiências que se viverem duran­te a campanha poderão ser registradas como cada um sentir e serão reunidas e levadas às crianças que emigram de seus países no Oriente Médio e que hoje necessitam ver que uma parte da humanidade está fazendo algo para equilibrar a dor de seus corações.

Será um ato simples, mas levará o princípio de uma cura para muitos corações.

Difundam este chamado como uma grande rede de amor e de serviço para apagar o ódio dos seres humanos.

Eu os amo e os acompanharei nesta missão.

São José Castíssimo

Irmã Lucía de Jesús: Estávamos orando o Devocionário de São José com alguns irmãos do monastério, aguardando Sua mensagem diária. Ao terminarmos, São José aproximou-Se e pediu que orássemos com Ele o rosário pelas crianças do Oriente Médio.

Quando começamos, vi que Ele estava chorando. Foi a pri­meira vez que O vi chorar, em todo este tempo de aparições.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ingresse na plenitude de Deus existente em seu coração e jamais perca a esperança de alcançar o Seu propósito.

Quando estive sobre a Terra como José de Nazaré, o caos de Minha época e a ignorância dos que Me rodeavam Me leva­vam a buscar ainda mais assiduamente o Espírito Divino. Compreendi, em Minha busca, que Eu deveria ser o motor para a elevação e a transformação de todos os que conviviam Comigo.

Era a própria fé que habitava em Meu interior que, por si só, tocava os corações dos homens e os fazia perguntar interna­mente qual era o mistério que se vivia naquela Família e se não era Deus mesmo que estava em pessoa entre Eles.

Saibam que Deus mesmo está entre vocês, e que devem anun­ciar essa graça no silêncio da transformação e na vivência dos atributos sagrados que o Senhor infundiu em suas consciências.

Que todas as almas que se aproximarem de seus seres sejam impulsionadas a buscar o Divino e, ainda que não saibam bem o foco dessa busca, sintam que ela as conduz ao Alto, ao Universo, ao Infindável.

Vocês vivem hoje, como grupo, uma das maiores graças já entre­gues à humanidade.

O espírito do Amor deve fazer-se carne em cada um dos que acompanham os Mensageiros Divinos e, dessa forma, esse Amor irá se expandir por toda a humanidade.

Cada passo que derem ao longo dos dias vocês devem ofertar a Deus, conscientes de que muitas essências dependem deste despertar e deste caminho evolutivo que estão trilhando.

Bebam da Fonte das Palavras Divinas de Cristo e preencham seus seres da certeza de que Ele é quem as pronuncia. Deixem-se moldar e amadurecer pelos impulsos espirituais de Maria e consagrem, pouco a pouco, toda a consciência ao Divino. Mergulhem na simplicidade de Minhas palavras e façam delas um manual para a vida sobre a Terra.

Sejam simples de coração e nunca se cansem de buscar o espí­rito da simplicidade. É apenas dessa forma que cruzarão os Portais Celestiais com a humildade de uma criança.

Não percam a fé e confiem na imprevisibilidade do coração humano. Busquem o potencial que desconhecem de si mesmos e, em oração e reflexão, desvendem os mistérios do próprio mundo interior.

Deixo-lhes Minha paz.

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos