MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Cristo lhes ensinou a amar não apenas para que conhecessem e experimentassem o Amor, mas sobretudo para que o multiplicassem e levassem a todos os que não o conhecem, não o vivem e não o sabem.

Por isso, depois de tantos impulsos, vão e deem testemunho do Amor que lhes tocou o coração. Deem testemunho da Presença espiritual e divina de Cristo, através de suas ações, suas palavras, seus sentimentos e seus pensamentos.

É na expressão de uma nova conduta, diferente de tudo o que a humanidade já conhece, que vocês farão com que os que estão cegos possam ver que o Retorno de Cristo se aproxima e, com ele, uma nova vida.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Quanto mais te dedicas a Deus, mais unido estarás ao Seu Coração e mais poderás perceber Seu Propósito e Sua Vontade para este mundo.

O que a humanidade chama de intuição vai se sublimando, aprofundando-se e se transforma em união com a Vontade Divina. Aquele que está plenamente unido a Deus já não intui; ele sabe, porque sua união com o Pai o faz partícipe do Plano e da Vontade do Criador.

Une-te, filho, cada dia mais, a Deus, porque chegará o dia em que tua vida e a vida neste mundo serão levadas adiante através dessa união profunda, porque nem fora nem dentro de ti encontrarás uma resposta para o que acontecerá no mundo se teu coração não estiver unido à Fonte e dela receber as instruções e indicações para a vida.

A união com Deus começa na oração, mas se constrói na consciência. Não basta apenas um momento diário de oração para chegar a isso que te digo. Precisas amar e querer estar unido a Deus acima de todas as coisas, sabendo que esta é a urgência de tua vida e da vida sobre a Terra.

Dia a dia, em tuas ações, em teus pensamentos, em teu relacionamento com o próximo e com a vida, manifesta os frutos de tuas orações e traz a união com Deus para a tua consciência. Assim, algum dia, experimentarás o que te digo.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para que haja a unidade no planeta, há de haver unidade nos corações, entre cada ser e Deus e entre os construtores da nova vida, os chamados servidores e consagrados deste tempo.

Não temam. O mundo agoniza e as nações estremecem, as provas do planeta já começaram, mas, se em seus corações habitam a paz e a unidade, nada do que acontecer no mundo os abalará ou destruirá sua fé.

Venho para ajudá-los a colocar os seus olhos e seus corações no alto, no Propósito Divino e no Plano de Deus, que se desenha através de suas vidas.

Não lhes digo que estejam alheios ou ignorantes diante do que acontece e acontecerá no mundo, mas apenas lhes peço que mantenham seus corações em Deus, porque o momento e a hora de carregar a cruz do mundo e a cruz do triunfo do Amor, dentro e fora de vocês, já chegaram.

Assim como seu Senhor, Jesus Cristo, viverão humilhações e solidão, viverão agonias e tristezas, mas, acima de tudo, viverão a unidade com a Mãe de Deus, viverão o amor e a fidelidade dos que acompanharão os seus passos até o fim.

Cresçam e coloquem o propósito de suas vidas no estabelecimento de um Plano Maior. Já não são crianças diante do Pai. Cristo os chama de companheiros; Eu os chamo de amigos, porque isso é o que devem ser neste tempo: fiéis diante da Vontade Maior, destemidos diante das provas e dispostos a carregar com Cristo Sua última cruz, que é a cruz do mundo.

Quando seu Senhor carregou a Cruz no Calvário, abriu as portas de um novo tempo, instituiu para o mundo a Graça e a Misericórdia e concedeu para a humanidade uma nova oportunidade, para que pudessem construir em seu interior um novo homem, uma nova vida.

Muito tempo já passou desde esse acontecimento; muito já aprenderam como seres e como humanidade. Agora é tempo de selar o seu compromisso e abrir as portas para que seu Senhor retorne ao mundo não apenas para trazer a Paz, mas para lhes ensinar a carregar com Ele a cruz dos últimos dias.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA SAGRADA CASA DE MARIA, MÃE PAULISTA, SÃO PAULO, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Aos Meus pequenos e grandes filhos da África

Acalmem seus pequenos corações em Meu paterno e manso Coração, para que Eu lhes devolva a paz e a esperança, e que assim não se deixem esmorecer pelos desafios destes tempos.

Os caminhos de Deus são desconhecidos, e as formas como Ele conduz este, que é Seu Plano, sempre foram incompreensíveis para a humanidade.

O Pai Criador honra e ama os corações pacíficos que não temem entregar a própria vida para estabelecer a paz, que não temem ir de encontro ao caos para manifestar a verdade que habita em seu interior.

Cada alma nesta Terra tem um aprendizado único para viver, e ele tem um tempo e um lugar para se cumprir. Neste dia um filho de Deus cumpriu o seu ciclo e adentrou em outras escolas, onde continuará aprendendo sobre o amor e a paz.

Coloquem seus corações apenas no Amor com o qual Deus acolhe os Seus filhos e tenham certeza de que um tempo de maior paz chegará para aqueles que, em vida, aspiravam a cumprir a Vontade de Deus além de suas dificuldades, além de seus sofrimentos e do peso que carregavam em seu coração, por uma história milenar de angústia e de dor.

Hoje Meu Coração se expressa porque vejo todos os dias o esforço de Meus pequenos filhos da África que, apesar de tudo, amam e servem a Deus. Os méritos desse serviço tocam os Céus e abrem as portas para que um filho de Deus chegue ao Pai.

Não se entristeçam nem temam. 

Este é o tempo da purificação da Terra como do coração humano, e muitas provas estão por vir, mas, se estiverem fortalecidos no amor e permeados pela aspiração da paz, sempre terão, como hoje, as portas abertas para o Céu.

Dedico esta mensagem para almas que se esforçam em transcender a condição humana e transformar a história deste mundo com sua persistência e, apesar de saber que muitos não Me compreenderão, falo por uma Vontade Divina, porque o Senhor quis dar a conhecer Seu Amor pelas crianças e jovens da África, pelos servidores e adultos que O buscam. O Senhor quis pronunciar-Se na voz de Seu Servo Humilde porque, como Pai do serviço e da caridade, venho amparar os que servem a este mundo, apesar de não o saberem.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Do mais profundo Amor do Coração de Deus, provêm os homens. A humanidade é a Revelação do Amor do Pai, e ao longo dos séculos Ele lhes recorda isso, através das diferentes expressões de Sua Presença.

Deus lhes recordou o Seu Amor através dos patriarcas e dos profetas, por meio do Sopro de Seu Espírito, de Seu perdão e de Sua reconciliação com a consciência humana, através de Abraão e de Moisés.

Deus lhes recordou o Seu Amor através de Buda, que compreendeu que a humanidade era a expressão do mais profundo Amor do Pai e despertou em si a compaixão, como símbolo, da forma mais elevada que podia alcançar, de imitar esse Amor naquele tempo.

Buda buscava na verdadeira expressão da consciência humana o objeto do Amor de Deus e, buscando esta Verdade, encontrou não apenas a si mesmo, mas a própria Consciência Divina. Quando conheceu a verdade sobre si, Buda encontrou, dentro de si mesmo, a Deus.

A Revelação máxima de Deus foi através de Jesus, quando o Pai não apenas amou a humanidade, mas experimentou a humanidade e viveu a condição humana. Deus manifestou-Se em plenitude, despertando assim a plenitude do homem e revelando Sua semelhança com ele. Jesus é a manifestação da semelhança entre Deus e os homens. Ele é a nova e eterna aliança, a Revelação de Deus mesmo.

A semelhança com Deus é o Amor revelado em Cristo. Cristo é a aliança feita Vida. Deus pleno, criando o Homem pleno, e tudo isso só é possível através do Amor.

A partir de então, a Revelação já foi feita; a Verdade já foi desvelada e precisa apenas ser recordada e aprofundada na consciência humana.

Deus então recordou o Seu Amor a Maomé, para que ele recordasse esse Amor aos homens que se perdiam em sua época. E assim, ao longo de toda a evolução humana, o Pai vem recordando o Seu Amor aos Seus filhos.

O que chamamos de Revelações nestes tempos é o aprofundamento da Revelação primeira de Deus em Jesus. A verdade, filho, é única, e hoje ela é novamente trazida aos homens porque chegou o momento de aprofundarem ainda mais, não apenas na compreensão sobre ela, mas na experiência e vivência dela, porque nestes tempos o Pai aspira a retirar os véus de seus olhos e de seus corações para que, conhecendo-se a si mesmos, reconheçam a Deus em seu interior.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A vida passa, efêmera e simples no que lhes é palpável, para revelar uma Eternidade e uma Verdade sublime. Toda expressão da vida que não é material não perece e perdura, para demonstrar aos homens onde deve estar seu coração.

As memórias, os aprendizados, os exemplos, os ensinamentos, os verdadeiros sentimentos de Amor, tudo isso permanece vivo, dentro e fora dos homens e também no Coração de Deus e nos Livros Sagrados, como parte da história da humanidade, como parte da história da renovação do Coração do Pai.

A vida passa de forma tão ligeira para revelar uma Verdade e um mistério que transcende o corpo e o entendimento humano: há uma realidade que excede toda a sabedoria que a humanidade já conheceu; há uma Vida que transcende tudo o que hoje compreendem como vida.

Vejam, filhos, que o Eterno bate em sua porta para que entrem no Tempo do não tempo, no Tempo Real.

Deixem que este momento não seja para vocês uma perda, mas um elo com a Verdade, porque seu instrutor em Terra deixa o mundo para alçá-los ao Universo. Tudo quanto ele aprendeu em vida elevará para uma Vida Maior, e os aprendizados sublimes que viver no Universo lhes revelará ao coração, como um ensinamento superior.

Por isso, abracem este momento como um passo ao Infinito. Deixem que este novo ciclo de seu instrutor e mestre, nesta e em muitas vidas, os eleve a novos ciclos, como Obra e como seres em evolução.

Aquele que acompanhar este momento com gratidão dará um passo ao Infinito e colocará não apenas o seu coração, mas uma parte da consciência humana, mais perto de Deus, em Sua Eternidade.

A Eternidade, filhos, não é a morte. A Eternidade é a Vida revelada.

Seu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE O MUTIRÃO DE SÃO JOSÉ*, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

A Renovação é um atributo espiritual que provém do Coração de Deus. Apenas o Pai e Criador de todas as coisas pode prover a Renovação verdadeira para os Seus filhos, porque neste momento Ele restaura em seus espíritos os princípios originais dos quais vocês se desviaram como humanidade e restitui às suas consciências parte da pureza e da essência original com as quais vocês surgiram nas Fontes do Universo Celestial.

Com as coisas simples da vida, nas quais o coração humano se plenifica, Deus atua e opera os milagres espirituais, que de tantas formas as consciências buscam e não encontram.

O coração humano é um grande mistério. Mas mais misterioso e incompreensível do que esse coração é Aquele que o criou e pensou à Sua Imagem e Semelhança.

As Coisas de Deus são alcançadas com o coração e, para despertarem o coração humano e uni-lo ao Coração de Deus, vocês não precisam fazer mais do que ser sinceros e verdadeiros e esforçar-se para estar dentro da Lei única e primeira, que os faz retornar à sua Origem celestial, que é o Amor.

Com os atos simples, nos quais vocês se esforçam para sair de si mesmos e oferecer um pouco de suas ações ao Plano de Deus, é que seus espíritos encontram as oportunidades perfeitas para chegar ao Pai.

Esta Criação, filhos, é maravilhosamente simples, por mais que as mentes dos seres humanos os façam sentir-se complexos e difíceis e criem dificuldades para retornar a Deus.

Deus sempre está com vocês.

Recordem todos os dias que os atos verdadeiros – por mais que não sintam e não vejam – unem vocês ao Pai; vivam esta união em nome de toda a humanidade.

Vocês foram chamados a serem precursores da Nova Vida, em que a humanidade poderá expressar o seu potencial e o verdadeiro motivo pelo qual foi criada; poderá estar unida permanentemente a Deus, e isso pode acontecer no serviço, na oração, no silêncio, no compartilhar da alegria e da fraternidade. Isso pode acontecer em qualquer momento se tão somente vocês forem sinceros e verdadeiros.

Hoje Eu os abençoo e lhes agradeço, com Meu Coração e Espírito, por tentarem construir a fraternidade e reparar o coração humano. 

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA LOCALIDADE DE LOS COCOS, CÓRDOBA, ARGENTINA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Para seguirem os passos de Cristo, digo-lhes: haverão de renunciar a todo caminho pessoal. O Senhor virá ditar os seus passos e não serão aqueles que vocês querem seguir, porque esses, filhos, engrandecem sua condição humana e não lhes conduzem à Verdade.

Para seguirem os passos de Cristo, digo-lhes: haverão de deixar para trás suas aspirações, “sonhos” e quereres humanos, para encontrar assim Sua Vontade Divina, Perfeita e única para as suas vidas.

Para encontrarem o Caminho de Cristo, digo-lhes: haverão de fechar os olhos à cobiça da vida alheia e já não desejarão viver como “este” ou “aquele”, porque para cada ser o Pensamento Divino é único, e cada filho Seu deve buscar o que lhe pertence e almejar nada mais que a Vontade Divina para si mesmo.

Para encontrarem a Verdade de Cristo, digo-lhes: haverão de renunciar a todo conhecimento vão, a toda busca desmedida por engrandecer suas mentes e egos espirituais com meias verdades e muitas vaidades. Grande parte da humanidade, filhos, precisaria da “ciência do nada saber”, para chegar à verdadeira essência do Conhecimento Divino. Enquanto buscam e buscam, bebem e se fartam em falsas fontes, jamais darão espaço em seu interior para o que é Verdadeiro e Puro, e que sacia e cessa essa sede desmedida pelo que não é real.

Para estarem no Amor de Cristo, digo-lhes: haverão de renunciar a todo amor vão, sobretudo a si mesmos; àquilo que chamam de amor, e que Eu chamo de vaidade e zelo pela ignorância e pela ilusão. Porque aquele que alimenta o amor à própria imagem e às coisas deste mundo não faz outra coisa, senão zelar por sua condição de ignorância.

Para encontrarem o Silêncio de Cristo, digo-lhes: haverão de silenciar por dentro, no profundo do coração e buscar essa união mais na solidão que na aparência; mais na ação que nas palavras; mais na Verdade que na ignorância espiritual.

Se estão cansados de si mesmos e querem sair do ponto em que se encontram, digo-lhes: amem e em tudo busquem amar. Que suas ações sejam movidas pelo amor, corrigidas pelo amor e refletidas com amor, quando errarem. Que seu verbo e pensamento nasçam do amor e, ainda que sintam que não têm o que amar, amem a Deus, o Seu Plano, e n'Ele, amarão todas as coisas.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

Queridos companheiros em Cristo,

Quero trazer-lhes, a cada dia, mais do que palavras, porque tenho a possibilidade de levá-los a viver o que verdadeira­mente são, não apenas como indivíduos, mas também como humanidade.

Por isso insisto, repetidas vezes, que em cada momento de suas vidas ofereçam tudo o que fazem pela consciência humana, sobretudo por todos aqueles que não conhecem a Deus e que, independentemente da classe social e da situação física, vivem na ignorância e na plena ilusão.

Meus amados, quando estive neste mundo como José de Nazaré, em tudo o que Eu fazia em Meu trabalho, no descanso ou nas liturgias diárias, a oração era sempre o que movia Meu Casto Coração e, assim orando, oferecia tudo pelos demais irmãos do mundo.

Eu trabalhava pelos que não o faziam; repousava pelos que não podiam repousar; era verdadeiro e simples pelos que não podiam sê-lo. E assim era com tudo. Então, fui descobrindo como amar as imperfeições dos homens. Dessa forma, enquan­to trabalhava por alguém que não o fazia, comecei a compreen­der porque aqueles que não trabalhavam estavam nessa situação e, em Minhas intenções, oferecia sempre a Deus as dificuldades de Meus irmãos.

Vendo a pureza de Seu servo, que não orava para si, mas para que o reinado de Deus se expandisse pelo mundo, o Senhor começou a mostrar, aos olhos do Meu Coração, diferentes situações do planeta em lugares que, em vida, Eu não havia conhecido, mas sabia da realidade de tudo o que via.

Deus Me deu a Graça de servir mais profundamente e de ter a certeza de que, a cada instante de Minha vida, Ele poderia interceder por alguma alma. Dessa forma, fui aprendendo a arte de interceder perante Deus pelas almas e pelos seres da natureza, que nunca eram esquecidos por Meu Coração Castíssimo.

Hoje lhes digo que o segredo para ser um intercessor diante de Deus é jamais perder a pureza de intenção e não crer que se é coisa alguma, mas apenas um servo de Deus. Onde houver orgulho por alguma obra ofertada a Deus, essa obra já não alcançará o Céu.

Muitos creem que intercedem pelas almas quando, na verdade, estão perdendo um precioso tempo de orar com o coração para alimentar o próprio orgulho e a vaidade.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS​

​São José hoje demorou a aparecer e, quando os portais começaram a se abrir no Céu, vi que Ele vinha de alguma parte do planeta. Vi um lugar destruído, um cenário de cor cinza, e São José apareceu com um jovem negro nos braços, desfalecido. Senti muita tristeza em Sua face. Durante um tempo, São José me mostrava que estava retirando muitas almas daquele lugar, que eu não sabia onde era. Até que começou a entregar-nos Sua mensagem diária:


Filhos de Deus e companheiros de Meu Casto Coração, hoje lhes digo que Meu Espírito de Amor recebeu do Pai a possibilidade de interceder por uma parte da humanidade.

Frente aos Altares Celestiais, depositei aos pés do Criador Meu Coração, como forma de oferecer-Lhe o que de mais puro existe em Minha Consciência, para assim equilibrar as impurezas da humanidade.

Como parte espiritual do coração humano, abro as portas do Reino de Deus para todos aqueles que seguirão Meus passos, na esperança de encontrar Cristo e fundir-se com Ele, em Seu Espírito Resplandecente.

Digo-lhes que, por suas orações, Minha oferta foi aceita pelo Altíssimo e estarei, nos próximos dias, ingressando em Espírito de Divindade aos continentes africano e asiático, para permanecer, no mundo interno do planeta, em vigília e oração pela Paz no mundo.

Peço-lhes que, com seus corações, Me acompanhem e jamais esqueçam que as dores e os sofrimentos que a humanidade causa a Deus são responsabilidade de todos os seres do mundo.

Ao orarem juntos com Maria Santíssima, ofereçam também a intercessão de Meu Casto Coração e, como humanidade, elevem um pedido de Misericórdia todos os dias. Todas as ofertas, por menores que sejam, serão aceitas, porque a urgência é infinita e a necessidade do planeta transcende a sua compreensão.

Apenas lhes peço que orem Comigo e permitam que Minha presença os faça compreender que já são tempos agudos da purificação do planeta.

Tomem consciência da vida superior, das necessidades espirituais, mais além das físicas. Saibam que tudo o que acontece no plano físico tem uma contraparte espiritual, ainda pior de ser curada.

Com a consciência no Plano de Resgate de Cristo, orem de coração, unam-se a Mim e ajudem-me a interceder pelo mundo.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Santifiquem suas vidas, adorando ao Deus Vivo que habita em tudo o que foi criado.

Na essência do ato de adorar, puramente interior, encontrarão o verdadeiro sentido do serviço e da caridade, que é a busca da unidade com o Deus existente em todas as coisas.

Em um passado longínquo, os seres humanos reconheciam o sagrado como algo mais natural e podiam senti-lo como parte de suas vidas. Hoje em dia, ensiná-los a reverenciar e a adorar a Deus, internamente, é como oferecer-lhes um grande desafio.

Em Jerusalém, assim como em todo o Oriente, muitos passa­ram a vida inteira buscando o Salvador e esperando o Messias, acreditando que viviam e respiravam apenas para encontrá-Lo.

Quando, porém, estiveram diante d’Ele, não O aceitaram e negaram a Humildade de Deus, que era o símbolo puríssimo de Sua manifestação entre os homens.

Não corram o risco de viver o mesmo que a humanidade de tempos atrás viveu. Ela acreditava que buscava Deus e que vivia para Ele e, no entanto, nunca acreditou na veracidade de sua busca e menos ainda de sua meta. Recebia o ensinamento como algo sagrado, mas apenas para manter-se na teoria e organizar a vida social e eticamente, de forma que pudesse viver com um pouco mais de paz em tempos de tantas guerras, conflitos e busca incessante de poder.

Que as palavras dos Mensageiros Divinos, hoje sagradas para muitos, não sejam apenas belas teorias, mas que os tornem mais pacíficos diante da comum sociedade em que vivem.

Desterrem do seu interior a dúvida oculta sobre a veracidade do ensinamento e não permitam que o inconsciente da huma­nidade os faça acreditar que Cristo nunca retornará, porque, se refletirem e buscarem no profundo da inconsciência, encontra­rão em vocês muitos aspectos que negam a existência de Deus e de Seu Plano, assim como o retorno de Seu Filho. Esses são resquícios de uma humanidade degenerada que, há mais de 2.000 anos, não acreditou na encarnação do Messias.

Abram os olhos e purifiquem-se. Caminhem verdadeiramente à transformação, para que assim não sejam surpreendidos por si mesmos em um futuro próximo.

Eu os amo e os conduzo à transparência interior, para que conheçam a si mesmos e desterrem o velho ser.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Fui criado em espírito de humildade no Reino dos Céus, tendo esse atributo como primordial para a história que escreveria no mundo. Assim como trago esse atributo divino, cada alma e cada essência traz em seu interior um atributo para manifestar.

Minha criação não foi diferente da de vocês; apenas tive a missão de ser um exemplo para a humanidade e, ao longo de Minha existência no mundo, fui ajudado nisso.

Desde criança, sabia que algo dentro de Mim não podia viver a mesma vida que vislumbravam Meus irmãos. Essa busca pelo propósito que o Criador tinha para Mim, muitas vezes Me fez afastar do mundo e mesmo dos que Eu amava.

Vivi muitos momentos de solidão, tentando encontrar o senti­do da vida e, quando o encontrei na união com Deus, descobri que em Minha solidão se encontravam todos aqueles que Eu amava.

Apesar de não ter sido compreendido por muitos, sustentei-Me na fé e na confiança de que aquela vida era vivida pelo bem e pela evolução de todos os que estavam ao Meu redor e que, sem saber exatamente como, o que Eu vivia os estava ajudando.

Eu tinha doze anos quando fui buscar no silêncio o que Deus tinha para Mim e que não encontrava na vida cotidiana que levava junto a Meus irmãos. Em silêncio e oração, comecei a crescer em espírito e a descobrir que a maturidade não estava na idade que Eu tinha e que, apesar de ser tão pequeno, encon­trava no espírito todas as compreensões de que necessitava para crescer.

Foi assim que consagrei a existência a Deus. Ele Me escutou e aceitou Minha oferta, mostrando-Me o plano que tinha para Mim nesta e em outras vidas. Naquele momento, Eu ain­da não sabia da magnitude da missão que Me esperava e foi apenas diante de Jesus Menino que pude compreender e supe­rar provas maiores.

Conto-lhes tudo isso porque Deus também veio ao encontro de vocês, colocou-os diante de todos os absurdos deste mundo e os impulsionou a buscar um sentido verdadeiro para a vida. Levou-os ao caminho da consagração da alma; alguns, do espí­rito, e outros, de todos os aspectos do ser.

Por meio de Seu Espírito Trino, revelou-lhes uma missão: pre­parar o retorno de Cristo e tornarem-se um exemplo para as almas que não terão um rumo nestes tempos de tanta confusão.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Sejam gratos e tornem-se dignos de escutar as Palavras de Deus por meio de Seus Mensageiros.

Na simplicidade do coração, agradeçam por não estarem submersos na comum humanidade que ignora a existência de Deus.

Enquanto estão hoje diante de Meu Coração, existem muitos outros que deveriam estar ao seu lado e, no entanto, ignoram o próprio compromisso com Deus e com Seu Plano.

Enquanto a humanidade se purifica através do sofrimento e do caos, vocês se purificam pela consciência.

Enquanto o mundo se perde nas tecnologias e nos supostos avanços materiais, seus espíritos tentam crescer e avançar no cumprimento de um Plano Superior.

Os Olhos de Deus estão fixos na pequena parcela da humani­dade que ainda terá uma chance de manifestar Seu Propósito, mas, para isso, vocês devem assumir a própria transformação com maturidade e não com pesar.

Não chorem mais nem peçam perdão pelos erros cometidos. Reconheçam a graça que receberam de dar novos passos e não percam a oportunidade de crescer.

A Voz de Deus sempre se pronuncia para levá-los à evolução. Escutem com atenção as correções da vida e sigam o caminho assinalado pelo Criador e não os próprios caminhos.

A cura de todos os males está em jamais perder a fé do coração e, com essa fé inquebrantável, dar os passos rumo à transfor­mação, sem lamentar-se, apenas com profunda gratidão.

A gratidão é a chave para viver a Vontade de Deus e deixar-se moldar por ela. Nunca a percam de vista.

Se tomarem com seriedade e maturidade as metas propostas pelo Senhor e caminharem decididos para elas, tudo o que acontece ao seu redor se acomodará, porque o Raio da Vontade de Deus virá em seu auxílio.

Cada um tome para si todas as palavras proferidas até o dia de hoje e caminhe sem medo de perder-se a si mesmo.

Pelo crescimento espiritual da humanidade e pelo despertar de todos os seres, Eu os abençoo.

São José Castíssimo, servidor do Supremo Deus

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos