MENSAGEM ESPECIAL DE CRISTO JESUS, TRANSMITIDA PARA A 61ª MARATONA DA DIVINA MISERICÓRDIA, NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN DE JESÚS

Segunda Mensagem

Hoje Minhas Palavras devem ressoar no profundo dos seres para que os seres compreendam o que está acontecendo.

Do Grande Conselho da Hierarquia hoje venho visitá-los e emitir Minha Mensagem ao mundo, a todos os que seguem Meus Passos e também aos que deixaram de Me seguir.

Hoje não venho falar de ninguém em particular nem de alguma situação específica que corresponda ao planeta ou à humanidade.

Hoje venho falar do Projeto de Deus que deverá cumprir-se por intermédio de todos os que são autoconvocados pela Hierarquia.

Como em outras ocasiões, venho de um lugar especial, onde o Grande Conselho da Hierarquia está reunido neste momento pela evolução deste planeta e desta humanidade.

Estamos às portas de um novo ciclo, estamos às portas de um próximo 8 de agosto, em que o Céu, o Universo, desce à Terra e à humanidade para voltar a fazer sua síntese e para meditar nos próximos passos.

A humanidade mudou os acontecimentos, por isso há que meditar para perceber o que é que está acontecendo verdadeiramente.

Hoje venho de um lugar no Deserto de Chilca, no Peru, onde os grandes Conselheiros do Universo estão reunidos, preparando-se para esse momento.

Como Mestre entre os mestres, como Guia entre os guias, como Mensageiro entre os mensageiros da Hierarquia, venho anunciar-lhes este importante momento, para que não apenas sejam conscientes, mas também responsáveis perante o Plano.

Cada um sabe o que pode dar-Me. Cada um sabe com o que pode contribuir para que a manifestação se realize.

Não busco o perfeito nem o imperfeito. Não busco o que é avançado ou moderno.

Busco a verdade de cada coração humano, de cada servidor desta Terra, de cada autoconvocado que foi chamado ao longo dos tempos para servir e se unir à Hierarquia.

Devem manter-se no caminho para os próximos acontecimentos. Não se devem permitir sair da Hierarquia, porque a Hierarquia necessita estar nesses acontecimentos para poder acompanhar a humanidade e o planeta.

Os tempos de hoje não são os mesmos tempos que aconteceram ontem.