MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ora e une teu coração ao Coração de Deus, porque já não há mais o que dizer ao planeta, senão que aprofunde em sua oração e união com o Pai.

As almas ainda não perceberam os tempos em que vivem e seus olhos ainda não se abriram para ver a agonia do mundo e, sobretudo, a agonia do Coração do Pai diante de tudo o que se vive na Terra.

Os seres seguem presos em seus problemas e necessidades, seguem aferrados aos seus planos, como se o tempo fluísse de acordo com sua vontade.

Filho, sei que não escutas, mas a Terra grita e geme, e seu grito se manifesta nos corações que padecem em guerras e conflitos e nas almas que estão presas em suas ilusões. 

Sei que não percebes, mas, diante de tudo isso, o Coração de Deus silencia e em Seu Silêncio ora para que os seres encontrem a paz dentro de Seu Coração.

Quão pouco necessita o planeta para encontrar a paz! Se todos os seres descobrissem que na oração verdadeira se encontra o princípio de toda a transformação e de todo o bem, haveria paz.

Se cada ser orasse a Deus, Único e Criador, presente em toda vida, ainda que segundo a compreensão de cada religião e caminho espiritual verdadeiro, poderiam compreender e respeitar as escolas que vivem os seres para encontrar a paz; saberiam que, estando cada ser em um degrau evolutivo diferente, são necessários muitos caminhos que conduzam ao Pai. Mas um dia, filho, todos esses caminhos se encontrarão no ápice da evolução humana, que é o Amor.

Quando o coração ora, ingressa na Sabedoria de Deus e compreende estas e muitas coisas. Pela ignorância humana, há guerras, desrespeito e desamor.

Ora, e encontrarás sabedoria. Ora, e encontrarás a paz.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA SAGRADA CASA DE MARIA, MÃE PAULISTA, SÃO PAULO, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Aos Meus pequenos e grandes filhos da África

Acalmem seus pequenos corações em Meu paterno e manso Coração, para que Eu lhes devolva a paz e a esperança, e que assim não se deixem esmorecer pelos desafios destes tempos.

Os caminhos de Deus são desconhecidos, e as formas como Ele conduz este, que é Seu Plano, sempre foram incompreensíveis para a humanidade.

O Pai Criador honra e ama os corações pacíficos que não temem entregar a própria vida para estabelecer a paz, que não temem ir de encontro ao caos para manifestar a verdade que habita em seu interior.

Cada alma nesta Terra tem um aprendizado único para viver, e ele tem um tempo e um lugar para se cumprir. Neste dia um filho de Deus cumpriu o seu ciclo e adentrou em outras escolas, onde continuará aprendendo sobre o amor e a paz.

Coloquem seus corações apenas no Amor com o qual Deus acolhe os Seus filhos e tenham certeza de que um tempo de maior paz chegará para aqueles que, em vida, aspiravam a cumprir a Vontade de Deus além de suas dificuldades, além de seus sofrimentos e do peso que carregavam em seu coração, por uma história milenar de angústia e de dor.

Hoje Meu Coração se expressa porque vejo todos os dias o esforço de Meus pequenos filhos da África que, apesar de tudo, amam e servem a Deus. Os méritos desse serviço tocam os Céus e abrem as portas para que um filho de Deus chegue ao Pai.

Não se entristeçam nem temam. 

Este é o tempo da purificação da Terra como do coração humano, e muitas provas estão por vir, mas, se estiverem fortalecidos no amor e permeados pela aspiração da paz, sempre terão, como hoje, as portas abertas para o Céu.

Dedico esta mensagem para almas que se esforçam em transcender a condição humana e transformar a história deste mundo com sua persistência e, apesar de saber que muitos não Me compreenderão, falo por uma Vontade Divina, porque o Senhor quis dar a conhecer Seu Amor pelas crianças e jovens da África, pelos servidores e adultos que O buscam. O Senhor quis pronunciar-Se na voz de Seu Servo Humilde porque, como Pai do serviço e da caridade, venho amparar os que servem a este mundo, apesar de não o saberem.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Vigia e observa teu coração e tua consciência, para que conheças a ti mesmo e não apenas as situações da vida humana.

Vigia e observa teu coração e tua consciência, para saberes como reages aos estímulos do mundo e como respondes aos impulsos de Deus.

Vigia e observa teu coração e tua consciência, para que conheças a ti mesmo cada vez mais profundamente e não te deixes enganar, acreditando ser algo que não és.

Vigia e observa teu coração e tua consciência, com amor, com paz, com a simples intenção de saberes quem és, como atuas, como vives e que, assim, filho, tomes consciência de tudo o que deves transformar.

Não estejam teus olhos apenas no Céu ou nos defeitos e nas virtudes do próximo. Vigia e observa teu coração e tua consciência, abrindo-te para um autoconhecimento verdadeiro. Dessa forma, abrirás as portas para te aprofundares na ciência da vida e permitirás que Deus não apenas te transforme, mas te mostre o teu verdadeiro ser, impulsionando-te a chegar a isso que, em verdade, és.

Vigia e observa teu coração e tua consciência, para que não enganes a ti mesmo e para que, nestes tempos de ilusões e de miragens, teus olhos estejam fixos na Verdade e, sabendo quem és e o que não és, possas assim encontrar o que Deus espera de ti desde o princípio.

Tens a Minha bênção para isso.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Clama pela paz no mundo, mas também vive a paz em teu coração. Une-te à Fonte de Paz do Universo, à Consciência de teu Deus e Senhor, ao Coração de tua Mãe e Senhora.

Une-te Àqueles cuja paz é inalterável e nem a maior das indiferenças ou o mais grave dos ultrajes pode fazer extinguir a paz em Seu interior.

A paz é a certeza do triunfo de Deus, além das aparências e além das possíveis derrotas no caminho.

A paz é a sabedoria e o conhecimento de Deus. Quem sabe Deus e n'Ele vive não perde a paz, porque reconhece que Sua Vontade está além de toda Vida; tudo o que foi criado pertence a Seu Coração. Para renovar-Se e para deixar que Seus filhos cresçam, o Criador observa e respeita a atuação das Leis; porém, com um sopro Seu a Vida se faz e se desfaz.

Une-te então a esta Fonte inalterável de Paz, não para que sejas indiferente ao que acontece ao teu redor, no mundo ou dentro de ti, mas para que cresças e possas retirar de teus olhos as nuvens e obscuridades que a falta de paz trazem e, assim, possas ver os acontecimentos com olhos de Verdade e contemplá-los com compreensão e sabedoria.

Une teu coração à Fonte inalterável de Paz, para que possas olhar para o teu próprio interior e saber por onde começar. Se teu coração está em paz, poderás dar um passo de cada vez, sem pressa e sem temor, nesta grande escada que te leva ao Céu, que é a escola na Terra.

Busca, filho, estar sinceramente na Paz de Deus. 

Quando vês teu coração perturbado e tua consciência adentrando nos abismos da incompreensão humana, que começam pequenos e rapidamente se tornam grandes, ora a Deus e pede:
 

Senhor, coloca meu coração em Tua Fonte de Paz.
Faz-me sentir um pouco de Tua Paz dentro de mim.
Eu, que sou Teu fruto, parte viva de Tua Criação,
célula Tua, buscando a renovação e a superação no Teu Amor.
Ajuda-me a estar em Ti, para que em Ti supere estes tempos.
Traz Tua Paz ao Meu Coração e, através de mim, irradia Tua Paz ao mundo.

Amém.

 

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Ama orar, não apenas para pedires algo a Deus, mas, sobretudo, para reparares o Seu Coração.

Ama orar, não apenas para te elevares aos Universos Superiores, mas para que, estando tu nas Alturas Celestiais, ofereças reparação ao Coração do Pai.

Ama orar, não apenas para construíres em teu interior a Santidade, mas, sobretudo, para consolares o Coração de Deus.

Ama orar, não apenas para sentires em teu coração a paz, mas para ofereceres paz ao Coração de Deus.

Ama orar, não apenas para experimentares o Amor, mas para que seja o teu amor uma esperança para o Coração de Deus.

Ama orar, para reparares, consolares e trazeres paz ao Coração do teu Pai e Senhor.

Ama orar, para clamares pelas almas que, dia a dia, ultrajam o Criador com sua ignorância.

Vive para que não sejas tu também um motivo para ferir o Coração de Deus. 

Lembra, a cada instante, dos Olhos do Pai postos sobre o mundo e de como uma simples e verdadeira ação de amor pode consolar Seu Coração.

Ama, filho, orar e viver para ofereceres a Deus uma esperança: esperança de renovar-te no Amor, esperança de triunfar com Seu Projeto Redentor, esperança de ver Seus filhos retornarem ao Seu puro e grandioso Coração.

Não seja Deus uma realidade distante de ti. Descobre um Pai próximo e acessível ao teu interior, um Pai que não apenas tem tudo para te dar, mas que também te espera em uma oração sincera, para reparar o Seu Coração.

Contempla um Deus silencioso e humilde, que se faz pequeno entre os homens, dentro de seus corações, e esconde Sua Grandeza e Seu Poder no oculto dos seres humanos, para dar-lhes uma oportunidade de crescer e descobrir o Amor por si mesmos.

Ama conhecer a Deus, ama buscá-Lo e, acima de tudo, ama reparar o Seu Coração.

Teu Pai e Amigo,

São José Castíssimo

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NA CIDADE DE FÁTIMA, PORTUGAL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Paz, filho, é o estado que teu coração alcança quando se une à Verdade de Deus.

Paz é o estado inalterável que nasce da certeza de uma realidade superior que transcende a existência humana.

Paz é um estado que desperta ou nasce nos corações quando eles se abrem para amar e conhecer o Plano de Deus, reconhecendo sua grandeza e perfeição e, em decorrência disso, reconhecendo a pequenez humana.

Paz é um estado que o coração encontra quando sabe que está cumprindo com sua parte todos os dias e que faz tudo quanto pode pela evolução dos seres, pelo despertar do amor, pela expansão da fraternidade.

Quando o coração não está em paz, não é porque a paz falta no mundo, não é porque Deus lhe priva da paz; é o próprio ser que se afasta dela por saber que está em falta, por saber que não faz tudo o que pode estar fazendo, por saber que não está dando tudo de si.

Descobre o caminho para a paz através da transparência, da sinceridade, da verdade, da doação. 

O coração que se confessa encontra a paz porque retorna à Verdade, porque desnuda suas mentiras e vaidades diante de Deus e se renova, torna-se digno de reconhecer a paz, de estar nela e multiplicá-la.

O mundo está no caos, na dor e no sofrimento. As almas estão em agonia, em definição, no medo, mas é possível, apesar de tudo isso, estar em paz, encontrá-la e vivê-la, porque a paz não depende do mundo, depende apenas de ti.

A paz não é o fim das guerras e de uma humanidade vivendo segundo suas tendências e necessidades superficiais, porque um coração pode ter tudo, todas as coisas que deseja, não viver em meio a conflitos e, no entanto, não conhecer, não encontrar e não viver a paz.

A paz é um estado interno, fruto da união com Deus e da transparência diante dEle. 

Por isso, filho, hoje Eu te convido a redescobrir a paz dentro de ti, confessando tuas misérias diante de Deus, desnudando os teus personagens para dar lugar a uma transparência desconhecida que é a porta para a verdadeira liberdade.

Experimenta ser livre em um mundo que se tornou o cativeiro de si mesmo. Experimenta estar em paz e ser um instrumento para que Deus dê a conhecer ao mundo a paz através de ti.

MENSAGEM SEMANAL DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA DURANTE A VIAGEM ENTRE AS CIDADES DE SÃO PAULO E FOZ DO IGUAÇU, BRASIL, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESÚS

Aprende a estar em Minha Paz, apesar do caos e dos conflitos do mundo. Aprende a olhar os acontecimentos com olhos de misericórdia e com um coração pleno de piedade.

Aprende a estar diante de um planeta em transição, mantendo a harmonia e a paz de teu pequeno coração, porque – ainda que se arme na Terra o “palco dos horrores e do temor humano” – teu coração deve estar em paz.

Aprende, filho, que estás no mundo neste tempo para ser instrumento de uma Vontade Superior, de uma Vida Maior, que se instituirá na Terra quando ela tiver se purificado. Essa Vida surgirá de dentro dos seres e se estenderá ao seu redor. Ela será o resultado da fortaleza do coração humano que souber expressar o que ele verdadeiramente é: uma pequena parte viva da Consciência Divina.

Cada dia forjará, no interior dos seres, uma maior fortaleza. Tudo acontecerá, para uns, pouco a pouco e, para outros, bruscamente, mas as mudanças e as provas ditarão o crescimento dos corações e o fortalecimento de seu compromisso com o Plano de Deus.

Cada dia será mais necessário servir e doar de si aquilo que parece não existir na própria consciência, porque haverá aqueles que necessitarão com urgência da doação dos servidores de Deus. Por isso, filho, prepara as tuas mãos e deixa que teu coração cresça sem medo.

Nem sempre te será simples, fácil ou agradável servir. O sacrifício retira a consciência humana de seu ponto de comodidade e infantilidade espiritual, a chamada “ilusão mundial”; porém, esse mesmo sacrifício eleva a consciência humana e a conduz à Vontade e ao Pensamento Divino, ao que ela é em essência e em espírito.

Deixa-te, então, elevar e conduzir pela mudança dos tempos, porque as próprias consequências da transformação da Terra te farão dar passos, se não resistires e se não fechares o teu coração.

Eu estarei contigo.

Teu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo                                       

MENSAGEM DIARIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMÃ LUCÍA DE JESUS

Filho,

Que tua vida seja para a concretização de um Plano superior. Que tuas ações, teu verbo, teu pensamento e teu sentimento estejam impregnados de um sentido verdadeiro, sentido que te conduza ao Plano divino, ao encontro do Criador.

Faz com que tua vida seja permeada pelo sagrado, com ações conscientes que te levem à transformação não só pessoal, mas também dos velhos padrões humanos.

Recebe de Deus, com alegria, a graça de ser consciente da realidade planetária e da vida superior, consciente da purificação e do caos que se alastra pelo mundo. Porque, ao mesmo tempo em que tu estás aqui diante destas palavras, existem muitos irmãos teus no mundo que não compreendem o que vivem, que não aceitam as suas enfermidades nem sabem como revertê-las; não compreendem os movimentos da Natureza nem compreendem o ódio no coração dos homens, que causa as guerras e os conflitos; não sabem como ou onde encontrar a paz.

Que tua vida seja uma oferta permanente ao Criador, em reparação ao que ocorre no mundo.

Filho, nunca vivas apenas para ti, porque senão as Graças do Pai em tua vida não teriam sentido. Quanto mais recebes de Deus, tanto mais deves atrair um novo princípio de vida para a Terra; deves preparar, em ti e ao teu redor, a chegada do Reino Celestial.

Deves, a cada dia, transcender um pouco que seja a condição humana, para que outros que estão do outro lado do planeta possam receber o reflexo de tua transformação e, assim, receber uma oportunidade.

Filho Meu, seja lá o que fizeres, faze-o com alegria. Não deixes que o caos nem a opressão do mundo desanimem o teu coração. Não deixes que a purificação que vives e a purificação da Terra te façam desistir de encontrar o que de mais maravilhoso existe no universo.

Detrás de todo o lodo da consciência existe algo puro e límpido escondido em todos os seres. Por isso, filho, lembra-te do tesouro que há dentro de ti e, ainda que te cause dor ou incô­modo, não te entristeças ao purificar-te.

MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, MINAS GERAIS, BRASIL, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚSLeis

Estabelece o Reino de Deus em teu interior, esse espaço de paz onde as Leis Universais encontram a sua manifestação.

Estabelece em ti a união com o Pai e deixa-te assemelhar a Ele, dando-Lhe a potestade de transformar-te segundo a Sua Vontade.

O Reino de Deus não é como os reinos deste mundo, onde alguns desfrutam das riquezas e a maioria sofre e trabalha para servir aos primeiros.

No Reino de Deus tudo está permeado pela Consciência Divina. O Criador está em todos os Seus servos. Ele mesmo é a essência da humildade, vivendo no menor de todos como em nenhum outro.

No Reino de Deus apenas triunfam a paz, o bem, o amor e a unidade, princípios que se tornam leis manifestadas na vida de todas as criaturas que compartilham este estado de consciência, que é o Reino do Criador.

Vive esses princípios em ti e torna-te digno de ser portador do Reino de Deus, que primeiro emerge no interior dos seres, a partir da união com o Pai, e depois se estabelece fora, na vida material deste mundo.

Todo princípio, lei ou manifestação da Consciência Divina, antes de se plasmar externamente na vida planetária, primei­ro encontra sua morada no coração de cada ser. O coração é a ponte com Deus, é a porta para o Céu, é o grande manifes­tador da Vontade Divina. Todo aquele que tem uma missão, primeiro a conhece no coração, sente, compreende e a aceita para depois vivê-la.

Cristo, primeiramente, virá aos corações em Espírito e Divindade; depois Se manifestará em Corpo e Alma, quando a Sua morada já estiver estabelecida nos corações daqueles que, havendo reconhecido a Sua Presença nos próprios corações, O reconhecerão quando retornar e cumprirão com Ele o final des­ta Obra Redentora. Por isso, traz o Reino de Deus para dentro de ti; faze-o sendo consequente com ele, vivendo a paz, o amor, a unidade e a humildade, como premissas.

Deixa, filho, que as Leis Superiores atuem em teu coração e, a partir de ti, cheguem ao mundo inteiro. Deixa-te ser moldado, transformado, corrigido. Prepara-te e consolida em ti o Reino de Deus, morada segura para o Redentor.

São José Castíssimo,

Aquele que prepara o retorno de Cristo no interior dos seres.

Páginas

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos