Sábado, 20 de agosto de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Filhos, tudo está cumprido quando o coração é humilde diante de Deus e do próximo.

Tudo está cumprido quando a consciência compreende a importância de cada Reino da Natureza e de cada essência viva na manifestação do Plano de Deus.

Tudo está cumprido quando a fé transcende as aparências.

Tudo está cumprido quando o amor vence a individualidade e o egoísmo e os seres compreendem e vivem o princípio da unidade.

Tudo está cumprido quando a mente silencia e dá espaço à voz do coração.

Tudo está cumprido quando a ignorância cede o seu lugar para a verdade e as dúvidas são dissipadas diante da expressão da luz.

Tudo está cumprido quando a busca pela felicidade dá espaço ao encontro com a verdadeira alegria de cumprir a Vontade Divina.

Tudo está cumprido quando a matéria se rende e, entregando os seus aparentes limites, descobre em si mesma o Infinito.

Tudo está cumprido quando a transformação alcança a consciência e o espírito se encontra pronto para recordar sua Origem.

Tudo está cumprido quando os seres aprendem a perdoar e este perdão abre as portas para a redenção planetária.

Tudo está cumprido quando a paz triunfa no interior dos seres e os pacificadores a instituem no solo sagrado da Terra.

Tudo está cumprido quando a oração se torna o único idioma, a única forma de expressão do verbo humano, extirpando de sua boca e de sua consciência toda crítica, todo julgamento e toda separatividade.

Tudo está cumprido quando os homens escutam a Voz de Deus e respondem ao Seu Chamado.

Tudo está cumprido quando os corações se reconhecem jardineiros da nova vida neste mundo e preparam, com virtudes e Leis divinas, o solo fecundo da Terra.

Filhos, tudo estará cumprido quando lerem Minhas Palavras e as viverem. Vocês poderão, um dia, olhar para si mesmos e compreender que ali se encontra o livro vivo que, a pedido de Deus, escrevi na consciência humana.

Seu Pai e Companheiro,

São José Castíssimo