Quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO ÔNIBUS ÁGUIA DE LUZ, DURANTE A VIAGEM DA CIDADE DE CÓRDOBA ATÉ A CIDADE DE CAPILLA DEL MONTE, ARGENTINA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Cada serviço prestado pelos servidores e consagrados ao Plano do Deus Altíssimo seja o motivo para gerar o equilíbrio necessário e curar os males do passado de uma humanidade tão transgressora.

Que suas mãos comecem desde já a reconstruir o mundo com atos de serviço, a reparar o mal causado no princípio e a aplacar o caos que se precipita sobre a Terra.

Existem muitos lugares do planeta que não estão destruídos pela guerra ou tomados pelos conflitos armados, mas que estão espiritualmente tão feridos como estes que estão em guerra.

A humanidade, como consciência, agrediu tanto a vida plane­tária que uma grande parte do espírito do planeta está deterio­rado e padecendo como um moribundo que dá os seus últimos suspiros de vida.

A maneira de curar este mundo enfermo é apenas com o amor, o amor em todas as suas expressões: amor com atos de caridade fraterna, amor irradiado na oração, amor irradiado no silêncio, amor que se manifesta no coração que se transforma por amor ao Plano de Deus.

Um servidor que se encaminha a uma missão pedida por Deus deve ser como o obreiro que leva em suas mãos o tijolo e o cimento para reconstruir a consciência planetária*. Em cada pequena ação deve estar o amor pleno e absoluto, que transcende as condições, as diferenças, os erros, o medo e a dor. Assim, aos poucos, vocês poderão se converter em verdadeiros instrumentos de Deus.

Que esteja na intenção de cada missionário a reconstrução ativa e luminosa da vida espiritual da humanidade.

A consciência humana foi criada com base em princípios divi­nos e puros, o que dava a ela a particularidade de poder unir-se diretamente ao Criador, sem intermediários. Esses princípios foram atacados desde o início deste Projeto, e as forças do adversário trataram de convertê-los no que vocês conhecem como energias capitais, que hoje são muito mais do que sete.

Para voltarem a ser cristalinos como Deus pensou e para alcan­çarem o Propósito Divino, chegou a hora de ir fazendo crescer os princípios divinos no seu próprio interior e no interior de seus semelhantes e, assim, ir enfraquecendo aquelas forças escuras que tanto cresceram na consciência humana.

É por isso que lhes peço que comecem cada dia de serviço rogando a Deus a Graça da humildade e da unidade com Ele. Assim, dando o primeiro passo de seus dias na intenção de serem puros, vocês serão ajudados pelos anjos a servir de forma cristalina e a ser verdadeiros instrumentos do Criador do mundo.

Pela reconstrução da consciência espiritual do planeta,

São José Castíssimo