Domingo, 22 de maio de 2016

Mensagens diárias
MENSAGEM DIÁRIA DE SÃO JOSÉ, TRANSMITIDA NO CENTRO MARIANO DE FIGUEIRA, À VIDENTE IRMàLUCÍA DE JESÚS

Contempla a infinita Misericórdia de Deus e dá a conhecer ao mundo esse Manancial Divino, que resgata as almas e as conduz ao caminho da redenção.

Anuncia a Divina Misericórdia não só com palavras e orações; sê um anunciador dessa Misericórdia com tuas ações, com teus gestos, com teus sentimentos, com teus pensamentos.

Sê misericordioso; doa-te a todos os necessitados e, inclusive, àqueles que não merecem – sobretudo a estes últimos, doa o melhor.

Deus é pura e infinita Misericórdia. Este mundo é o fruto vivo da Misericórdia Divina e todas as almas que nele habitam são filhas da Divina Misericórdia.

Tu, filho, desde o espírito até a matéria, és o resultado da infinita Misericórdia do Criador e hoje Ele te chama a não apenas receber Misericórdia, mas também a doá-la. Doa Misericórdia e descobre, assim, a essência do Amor de um Deus que espera estar unido às Suas criaturas.

Sê misericordioso, buscando a necessidade do próximo, perdoando e tendo piedade de todas as almas e de todos os Reinos da Natureza.

Sê compassivo e, mais do que isso, sê misericordioso. Dá o melhor aos que não o merecem. Em troca de um justo castigo, dá o teu amor.

Quando as criaturas são misericordiosas, elas enviam um sinal vivo para o Universo, para que o Criador abra as portas do manancial de Sua Divina Misericórdia. Mas se a humanidade não busca, não clama e não vive a Misericórdia uns com os outros, como poderá essa Fonte Divina derramar o seu bálsamo sobre a Terra?

Se a humanidade apenas segue cometendo os mesmos erros, sem arrependimento verdadeiro; se não conhece e não busca o Criador, nem nos Céus nem no próximo; se apenas julga os seus irmãos e não perdoa os seus erros, como poderá descer outra Lei senão a Justiça Divina?

Sê semelhante ao Pai não só em essência, mas também em ações e, assim, Ele enviará ao mundo – através da porta de teu coração – aquilo de que o mundo necessita.

A Misericórdia é a Lei que nunca deixa de existir, mas – para que ela se expresse e entre em ato – tu deves clamar por ela, buscá-la e vivê-la.

Teu Pai Misericordioso, servo do Deus da Misericórdia,

São José Castíssimo