Aparições da Virgem Maria

jun

17

Domingo, 17 de junho de 2018

Aparição Extraordinária
Aparição extraordinária da Virgem Maria na cidade de Cracóvia, Polônia, ao vidente Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús

Não venho somente pelo amor da Polônia, mas também venho por sua Igreja e pela Igreja de toda a Europa Central, a fim de que também ali muitas coisas mais possam ser reparadas, porque isso é importante para Meu Filho, sabendo que ainda há tempo para Sua Misericórdia, para poder ingressar em Sua Piedade e em Sua Compaixão.

Assim como ontem Meu Filho lhes deu a bênção de Seu Reino, hoje Eu lhes dou a bênção de Minha Graça, a Graça que sempre permeou, apesar dos acontecimentos, todos os corações da Polônia e da Europa Central.

É essa Graça da Fé que permitiu a todo o seu povo e a toda a Europa Central poder seguir adiante, sob o espírito da perseverança e da constância.

Assim, hoje Me apresento ante vocês como a Virgem de Czestochowa, trazendo entre Meus Braços o Menino Jesus, para que Ele, do seio de Sua Pureza, do centro de Seu Coração, possa transmitir Sua Misericórdia sobre toda a Igreja do mundo e especialmente sobre todos os crentes.

Ainda é necessário a cura para este planeta e, mediante suas orações e súplicas, essa cura espiritual pode descer à humanidade.

Por isso estou aqui, queridos filhos, para poder rememorar o Poder da Virgem de Czestochowa em toda a sua Pátria e em todo o seu povo; para recordar-lhes a importância deste ícone espiritual e divino, que une muitas almas no mundo, não só por sua cor ou por sua raça, mas também por suas almas, pelas almas às quais Deus concedeu estar aqui para levar adiante uma parte de Seu Divino Plano.

Com esse espírito, Eu os convido à renovação de sua Igreja e de seu povo; que sua cultura seja conservada, que sua fé seja expandida e o mundo assim receba um pouco mais de paz; não só a paz nos corações, mas também nas nações, que necessitam da oração de seus seres para poder estabelecer a paz.

Convido-os a dar esse passo, queridos filhos, a poder conceber em seus corações a necessidade de toda a humanidade e de todo o planeta, sabendo que são uma só civilização que necessita renascer não só na vida do espírito, mas também na vida material, mediante as obras de serviço e de caridade incondicional.

Quero que a Polônia leve esse espírito obreiro ao mundo, que ensine aos demais povos como renascer no espírito da fé e da devoção, porque há muitas nações que necessitam disso para poder seguir adiante espiritualmente, para poder estabelecer em seus Reinos, em sua cultura e em seu povo, os Desígnios de Deus.

Com esse amor que hoje lhes traz Meu Coração, convido-os à renovação de seu compromisso Comigo, porque Eu sempre serei a Mãe de sua Pátria, sempre serei a Luz para seus corações, Luz que os levará a Cristo, Meu Amado Filho, para que entrem em comunhão com Sua Consciência Divina e sempre recebam a bênção de Seu Espírito, sabendo que é necessário, filhos Meus, despertar os dons e os talentos no coração, atributos tão imprescindíveis que Cristo necessitará de vocês, para preparar, nesta parte do mundo, seu segundo retorno à humanidade.

Por isso Eu quero tê-los sempre, filhos Meus, em Meus Braços, como Jesus, para que sintam o pulsar de Meu Coração Maternal, para que sintam o gozo de Meu Espírito e a alegria de Minha Alma por estar perto de Meus filhos, não somente da Polônia, mas também do mundo inteiro.

Por meio da Virgem de Czestochowa, Eu venho unir todas as culturas e todos os povos, para que cada nação siga reconhecendo-Me como sua Mãe e sua Padroeira, porque, dessa forma, com a devoção de Meus filhos, Eu poderei seguir intercedendo não só pela Polônia, mas também por toda a Europa Central.

Convido-os a seguir os passos do Redentor: A Eslováquia é uma pátria que necessita de uma cura milagrosa, especialmente em seu espírito. Por isso Eu os convido a seguir a Cristo, para que Suas Obras possam manifestar-se no mundo, por meio de sua colaboração e de sua cooperação com esta Obra que, nos planos internos, constrói Catedrais de Luz em que as almas podem-se refugiar para voltar a encontrar-se com o Pai Celestial.

Quero levá-los de novo a Deus, reconciliados por Sua Graça e abençoados por Sua Misericórdia, para que esta mesma Graça e esta Misericórdia cheguem às almas que mais necessitam despertar nesta parte da Europa.

Por meio da Senhora de Czestochowa, trago-lhes a Sabedoria de Deus necessária para estes tempos críticos, imprescindível na essência de todas as almas, para que as nações do mundo, depois de tudo o que viveram, aprendam a tomar decisões corretas e sábias que contribuam para a solidariedade e o bem das almas e não para a exploração nem para a escravidão.

Esta renovação, por meio da Sabedoria, que a Virgem de Czestochowa hoje lhes traz, sucederá nos corações simples, se dará nas almas humildes, reverberará nos corações mansos. Esta é a promessa que Eu trago para o seu povo. E esta promessa, que espera descer ao mundo e se fazer viva nos corações, é motivo da visita de Meu Amado Filho à Pátria da Eslováquia, para que mais valores espirituais e internos possam ser recuperados.

De novo volto a dizer-lhes, filhos Meus: sigam os passos de Cristo para reencontrar o caminho para o Pai Celestial.

Que o espírito da fé da Polônia sempre se conserve; que o espírito da devoção da Polônia algum dia se torne eterno, para que as almas sejam levadas a Deus e sintam do Pai Celestial Sua Misericórdia; Misericórdia que repara as almas, Misericórdia que repara os corações, Misericórdia que submerge as nações no oceano da Compaixão de Deus e no Espírito de Sua Piedade.

Que estes Dons do Espírito, que a Polônia deverá seguir cultivando como povo, despertem novas vocações à vida de Cristo e especialmente ao Espírito da Santidade, que permitirá transformar o mundo pelas almas que renunciam a si mesmas para viver em Deus e cumprir Sua Vontade, assim como todos os Santos a cumpriram através dos tempos.

Hoje ao Meu lado, acompanha-Me São João Paulo II e, como Ele sempre fez com toda a humanidade, de uma maneira simples mas verdadeira, hoje Ele lhes dará Sua bênção, em nome da Virgem de Czestochowa.

Diz João Paulo II: "Que Deus sempre lhes dê o Bem e a Caridade, para que conheçam o espírito imperioso de Sua Misericórdia, e a Fonte que derrama do Coração de Cristo possa banhar todas as criaturas da Terra, a fim de que alcancem a felicidade celestial e a união interna com o Divino e Sublime Filho. Que os poderes da Graça de Cristo, que o manancial inesgotável de Sua Misericórdia, desçam sobre a Polônia e toda a Europa Central e que, assim, se estabeleça a Graça da Redenção. Que assim seja".

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Agradeço-lhes por responderem ao Meu chamado!

Sigamos caminhando pela Paz, para que a Paz se estabeleça na Terra e em todos os homens. Amém.

jun

29

Sexta-feira, 29 de junho de 2018

Aparição Extraordinária
Aparição extraordinária da Virgem Maria em Genebra, Suíça, ao vidente Frei Elías del Sagrado Corazón de Jesús

Quando o mundo compreender que somos um só, a humanidade se salvará e não haverá mais sofrimento, tampouco desespero nos corações.

Quando a humanidade compreender que somos um, a alegria voltará aos corações e a esperança fará as almas renascerem.

Quando a humanidade compreender que somos um, uma nova humanidade nascerá e não será mais necessário viver no passado, mas sempre olhar para o futuro: o mais alcançável, o imediato, o que está disponível a todas as almas e que provém do Reino de Deus.

Quando a humanidade compreender que somos um, não será mais necessário guardar mistérios do Universo, porque tudo será revelado e o conhecimento divino estará aí para todos. A ciência humana, algum dia, compreenderá que Deus, Nosso Pai, é o grande Gestor da Criação e da Vida; que todos provimos d'Ele e que algum dia deveremos voltar a Ele para realizar a síntese desta experiência e, assim, recriar a Criação.

Por isso venho a Genebra, buscando unir todos os cristãos sob o Espírito Puríssimo do Meu Filho, onde tudo se realizará e se poderá levar tudo adiante, seguindo os passos da Luz do Senhor.

Venho, desta forma, estabilizar tudo que se mobiliza contra a evolução de Deus. Por meio da neutralidade divina, venho pacificar os corações necessitados e despertar as almas que devem abrir os olhos à Verdade de Deus.

Por meio da Paz, venho conceder estas Graças ao mundo, sabendo que para Deus nada é impossível, e isso é um exemplo do que sucede hoje; nada é impossível para Deus quando Ele o deseja com o ardor do Seu Coração.

A espiritualidade que o mundo não vive conscientemente, que é grandiosa e infinita, é muito simples e humilde. Tão simples e humilde que a sempre Virgem Maria, Mãe de Deus, vem ao seu encontro para testemunhar e confirmar a importância desta união ecumênica entre os servidores de Cristo. Porque, estabelecendo-se esta união ecumênica, abrir-se-ão portas em todo o mundo, cuja abertura não estava prevista; portas pelas quais se derramarão muitas Graças e se concederão muitas expiações a lugares do mundo que estão considerados a desaparecer.

Por isso, filhos Meus, quando se dá o primeiro passo em direção ao Chamado de Deus, muito mais coisas que as que estavam previstas podem suceder.

Quando a resposta é verdadeira, cheia de amor e de simplicidade, Deus pode seguir obrando nos corações e pode trazer mais Misericórdia ao mundo.

Por isso estou aqui, filhos Meus, em Genebra, à espera deste grande momento que antecipa a vinda de Cristo de forma surpreendente e nunca vista por esta humanidade.

Enquanto isso, filhos Meus, sigam o caminho que Eu estou-lhes indicando. Sigam construindo em vocês o espírito ecumênico de que necessito para levar adiante os Planos de Paz do Meu Amado Filho.

Eu necessito de vocês nesse caminho e nessa realização, sabendo que é importante e imediato responder às necessidades da humanidade, para que mais corações possam se curar e redimir.

Eu os animo a viver esse espírito do ecumenismo cristão que unirá ainda mais as raças e os povos, que derrotará os projetos do Meu inimigo e fará triunfar o Sagrado Coração de Jesus em todas as almas.

Por isso a importância deste momento, filhos Meus, porque enquanto a Mãe de Deus está presente aqui, com vocês e com o mundo, com cada coração devoto e crente, a onipresença da Mãe de Deus pode destruir as grandes correntes do mal, que pervertem as almas e as retiram do caminho do Amor do Meu Filho.

Por isso, se Eu estou aqui, por que deveriam temer?

Eu estou aqui e Sou sua Mãe, e quem está perto da Mãe de Deus não tem porque temer o mal, porque o mal não existe, o mal é criado pela indiferença e pela ignorância dos homens.

O amor de Deus existe sim; tudo neutraliza, tudo harmoniza e traz paz aos corações.

Aferrem-se ao Amor de Deus e suas vidas triunfarão na conversão, não só pela oração diária, mas também pelos Sacramentos que Meu Filho lhes oferece, que devem ser valorizados e contemplados como verdadeiras jóias do Universo Espiritual.

Então, filhos Meus, Eu os convido ao espírito do ecumenismo, porque o mundo necessita dele para dar-se conta e perceber onde se encontra a atual humanidade e que caminho tão afastado de Deus está percorrendo.

Convido-os a fazer todos os esforços necessários, porque isso ajudará o Plano de Deus e constituirá, em seus corações, um propósito verdadeiro, que os levará a caminhar pelo Caminho de Cristo e os impulsionará à transformação interior.

Seguindo esses passos, respondendo aos Meus pedidos, tudo estará dito.

Enquanto estou aqui, estou com o povo da Suíça, de Norte a Sul e de Leste a Oeste, plantando a cruz da vitória de Cristo no ponto mais alto dos Alpes, para que todos os espíritos, todas as consciências e todos os corações, por meio da Cruz Redentora de Nosso Senhor, reconheçam o Advento de Cristo em Sua segunda gloriosa Vinda ao mundo.

Sigam orando pela paz e a paz será concedida ao mundo por um tempo mais, e os grandes representantes desta humanidade tomarão decisões corretas, que estarão de acordo com a vontade de Deus e, especialmente, com a necessidade dos povos mais humildes e pobres.

Como Senhora de todas as nações, venho chamá-los à solidariedade e ao bem porque, assim, os corações também se curarão e as almas mais solitárias deste mundo reencontrarão a esperança que necessitam para voltar a ver a Cristo.

Vou-Me daqui com uma etapa cumprida por todos que responderam ao Meu Chamado. Porque não importa a quantidade, mas a verdade, o que traz aqui os corações que escutam o chamado interior da Mãe de Deus. Isso construirá o plano de Deus nas almas e trará Luz a todas as essências do mundo.

Com tão pouco Eu posso fazer muito, porque no pouco está o simples, o que é humilde e sincero.

Graças, Mãe Divina, por quanto nos dás!

E Eu lhes dou a Luz da Minha Esperança.

Em Nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Agradeço-lhes por este importante momento porque depois o verão. Amém.

Quem somos?

Associação Maria
Associação religiosa cristã e ecumênica que tem por finalidade difundir a mensagem universal de amor e de paz que Cristo Jesus, a Virgem Maria e São José transmitem aos monges da Ordem Graça Misericórdia, estimulando o crescimento espiritual através da oração e do serviço altruísta.

Contato

Mensageiros Divinos