Sexta-feira, 24 de julho de 2015

Vigília de Oração

Eu Sou a Mãe da Divina Misericórdia. Sou a que traz em Suas mãos o Sangue Divino de Cristo, que limpa toda mancha, dissolve toda dor, perdoa todos os pecados, porque é a própria Redenção que se manifesta neste Sangue.

Trago entre Minhas mãos um cálice, para derramá-lo sobre Meus filhos deste lugar e do mundo inteiro, porque assim o Senhor me pediu.

Venho ao seu encontro para que descubram o poder do Sangue do Meu Filho, o poder da união com Seu Corpo Eucarístico, que veio instituir no mundo. Porque a Comunhão com Cristo, filhos Meus, redime todos os espíritos, até os mais pecadores, aqueles que pecaram tanto no Céu como na Terra e que neste tempo de salvação, recebem sua última oportunidade.

Venho a este mundo de forma extraordinária,  porque já não há mais tempo, não há mais tempo para perder nas ilusões.

Venho trazer os selos de Cristo para colocar na fronte dos que responderam ao Meu chamado.

Já chegou o tempo, Meus amados, de se cumprir o Apocalipse deste mundo. As Escrituras Sagradas não ficarão  mais guardadas nos livros. O tempo que tanto esperaram  não será mais um anúncio para a consciência humana.

Despertem deste sonho que vivem! Despertem para a nova Terra, para a Nova Humanidade! Porque será feita de corações redimidos, corações que testemunharão o Projeto Perfeito de Deus.

Despertem das ilusões deste planeta! Entreguem nos altares do Criador todas as aspirações, os falsos desejos, desejos mundanos  que os atam a este mundo.

Venho mostrar-lhes, Filhos Meus, que uma verdade superior existe; que todo o Cosmos aguarda a resposta deste planeta, a tão esperada Redenção da Terra.

As trinta e duas civilizações do Universo aguardam que este planeta viva a Redenção, e como Rainha do Céu venho ao mundo, para conduzi-los a esse destino. Já é hora Meus amados, de que um verdadeiro despertar suceda na consciência humana.

Por isso, Meu Raio de Luz penetra a Terra, redime as consciências e as chama, definitivamente, a soltar as amarras deste planeta, a tomar consigo as asas divinas e a seguir com a Ave do Sol rumo ao Coração de Deus.

Meu Reino os aguarda, o Reino de Deus, o Reino do Pai, onde cada consciência responde à Sua Divina Vontade.

Meus amados, este planeta existe para demonstrar um verdadeiro milagre, para demonstrar ao Cosmos que é possível viver a Redenção; que não há pecado que não possa ser perdoado, quando a consciência diz “sim".

Mas é necessário que se decidam, inclusive com suas mentes e corações tão pequenos; que decidam dar este “sim" a Deus, porque Ele os aguarda. Aguarda que se definam como seus soldados, que se consagrem como Seus filhos, que proclamem o Seu Reino neste mundo. Porque este sempre foi o Reino de Deus, ainda que os seus olhos não o possam ver e seus corações muitas vezes estejam presos das energias capitais que circulam por este mundo.

Este é o Reino de Deus e, como tal, deve manifestar-se não só no interior da Terra, senão nos quatro pontos deste planeta. Céu, Terra, superfície do planeta, deverão glorificar o Criador, porque assim o dita a Lei.

Basta um só coração Me abrir a porta, e poderei operar milagres celestiais neste planeta. Poderei derramar sobre as almas o Sangue precioso de Cristo.

Digam “sim" ao Meu chamado. Clamem pela infinita Misericórdia, porque o tempo da Justiça já chegou a este mundo, e necessito de corações misericordiosos, corações que aceitem viver a Vontade de Deus, embora não a compreendam.

Orem Comigo. Clamem pela Redenção deste mundo. Deus escuta nossas orações.

Que o mal seja elevado e transmutado pelo Poder da Luz.

Que os pecados sejam dissipados, porque o Coração da Mãe do Universo ficou impresso no solo desta terra.

Que Minha imagem sagrada redima e consagre esta terra, que deve ser o berço da Nova Humanidade. Esta é a Nova Terra, que representará para o mundo o poder do Amor e da Redenção, sempre e quando Me digam “sim" e  vençam a si mesmos para responder ao Meu chamado.

Eu os congreguei sob o espírito da salvação, porque lutarei até o fim, com mais de sete espadas, para cortar o mal que os ata à escuridão deste mundo e levá-los à salvação, à redenção, à eternidade, permeados pelo Espírito Sacratíssimo de Deus.

Este Coração, que Minha Vontade imprimiu no solo da Nova Terra, deverá permanecer aqui perpetuamente. Quando necessitarem, ajoelhar-se-ão diante dele, porque aqui estabeleci Minha Porta de Paz, Minha Porta de Salvação para os que mais necessitam de redenção.

Neste Coração Imaculado encontrarão Meu Coração Sacratíssimo e, onde Eu estiver, escutarei suas orações.

Dentro do Meu Coração os enfermos se curarão, os pecadores se redimirão e os que nunca encontraram o perdão, serão perdoados pela força do Meu Amor.

Consagro esta imagem, assim como todas as outras que estão no solo da Nova Terra. Os que rezarem verdadeiramente diante delas encontrarão Minha Divina Intercessão. Amanhã, espero encontrá-los mais puros de coração, porque Eu os lavei de toda mancha, de todo pecado e de toda dor. Essa foi a Vontade de Deus para este dia, porque no dia que  se seguirá, esta Misericórdia deverá transpassar seus seres e suas consciências e chegar ao mundo inteiro.

Também quero, neste lugar, uma fonte com o Sagrado Coração de Jesus, com água pura e cristalina, com a qual curarei os enfermos e redimirei os espíritos que por tanto tempo aguardam a Redenção. Aqueles que para o Universo pareciam irredimíveis se redimirão, banhados na Água de Vida do Meu Filho.

Peço-lhes que todos os que escutam Meu chamado lutem para que a Minha Casa de Oração esteja logo aqui, onde amparará as almas do mundo inteiro.

Quero este Centro Mariano resplandecendo, porque aqui chegarão os mais pecadores buscando a Fonte de Amor, que Eu instituí e que será inesgotável.

Agora cantem e louvem a Deus. Tragam para o mundo o arquétipo da Nova Terra, a perfeita Redenção que se esperava no Cosmos e que se manifesta na Terra.

Eu os aguardo em oração e em perfeita entrega, para que sigam liberando suas vidas e esta humanidade do passado.

Que a benção do Pai, do Filho e do Espírito Santo se perpetue em todas as almas que respondam ao chamado da Mãe Universal.

Agradeço-lhes por orarem com fervor pela liberação deste mundo.


Fim da Aparição

 


A Irmã Lucía de Jesús dirige-se aos presentes.


Vamos fazer um pequeno relato, sobre esta Presença inesperada de Nossa Mãe Santíssima.

Quando estávamos orando a Ave Maria em idiomas, quando íamos dizendo a todos que imaginassem uma ave com asas divinas, era porque Ela já estava presente aqui.

Desde o início da nossa oração, os portais do Céu foram-se abrindo e muitos anjos se apresentaram neste lugar. Realizavam uma grande tarefa de liberação, até que uma ave de fogo começou a sobrevoar os céus da Nova Terra e expandir uma energia dourada como ondas de luz, por todos este lugar e além dele.

E, em certo momento, essa ave foi-se aproximando cada vez mais, e os anjos nos chamaram para que ajoelhássemos aqui, frente ao altar, até que essa ave parou no Céu, rodeada de anjos. E foi-se desenhando a silhueta de Nossa Senhora.

Ela tinha em Suas mãos um grande cálice dourado, com o Sangue de Cristo. E esse Sangue, enquanto falava, Ela derramava sobre nós e sobre a Terra. Esse Sangue penetrava quase fisicamente e se expandia por dentro da Terra, além deste Centro Mariano.

Nossa Senhora foi pronunciando Suas palavras, que pudemos escrever, e pediu que nos preparássemos com fervor para recebê-la amanhã.