ago

25

Quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Aparição Extraordinária
APARIÇÃO DA VIRGEM MARIA NO CENTRO MARIANO DE AURORA, PAYSANDÚ, URUGUAI, AO VIDENTE FREI ELÍAS DEL SAGRADO CORAZÓN

Neste quinto dia, o grupo se reuniu no mesmo horário dos dias anteriores para iniciar a sintonia de oração.

Através de cânticos e orações, foi-se criando a condição interior em todos os presentes, e também no ambiente, para receber a Mãe Divina.

Depois de um longo tempo de oração, Frei Elías e Madre Shimani colocaram-se de pé, contemplando, em direção à copa da laranjeira, onde a Mãe Celestial havia aparecido nos últimos dias.

Passados alguns minutos de profundo silêncio, Frei Elías se aproxima da árvore. Momentos mais tarde, regressa ao lugar onde estava e começa a relatar o que sucedeu.

Frei Elías del Sagrado Corazón:

Depois de um tempo do início da sintonia, apareceu, em um ponto elevado do céu, à direita da laranjeira, a manifestação de outro céu aberto, de onde emergia uma intensa luz branca.

Ali, no mais alto do céu, apareceu a Mãe da Divina Concepção da Trindade, resplandecente de Luz e irradiando desde Sua Presença a toda a área onde nos encontrávamos.

Em seguida, desse lugar no Céu, a Mãe desceu suavemente através de uma nuvem branca que estava debaixo de Seus pés. Ao chegar à copa da árvore, deteve-se como se tivesse se apoiado sobre os ramos da laranjeira.

Em Sua mão direita leva um escapulário cor marrom e em sua mão esquerda, em posição aberta para baixo, sustenta um orândio. Ela passa as contas em silêncio e com um sorriso.

À Sua chegada, a Mãe Divina emanou uma forte energia celeste sobre todos os presentes, e Sua face foi-se manifestando cada vez mais nitidamente sobre a árvore.

Em seguida, com Sua mão esquerda (a que sustentava o orândio), pediu que me acercasse para olhar o que estava gravado dentro do escapulário. Quando me aproximei, vi-me debaixo de Seus pés e de Sua Presença, que era imensa em luz, cor e energia. Nesse momento, dirigiu Seu olhar para onde eu me encontrava e em silêncio sorriu. Seu rosto era de luz, Seus olhos celestes claros, Sua pele era delicada e suave.

Levantou um pouco o escapulário com Sua mão, para que eu o olhasse. Vi que em uma parte estava a imagem do Cristo Misericordioso e, na outra, uma imagem da Mãe da Divina Concepção da Trindade. Na parte inferior de ambas as partes do escapulário, havia uma cruz da nova humanidade.

Nesse instante, sorrindo e irradiando o brilho de Seus olhos, disse-nos:

Quem levar esse escapulário receberá os novos códigos dos Céus, códigos que vêm de Deus."

Nesse momento se abriu, por cima d'Ela, outro Céu que parecia mais poderoso e luminoso que o primeiro. Desse Céu desceu uma energia celeste e branca sobre o escapulário que a Mãe Divina sustentava. Logo sorriu novamente e me pediu que voltasse ao lugar onde eu estava com todo o grupo.

Hoje Ela está vestida com um Manto celeste, Sua imagem é mais viva, mais real.

A Mãe Divina diz:

Pelo poder da Água Divina que brotou do Coração do Mestre, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Hoje venho anunciar-lhes o símbolo do Meu escapulário, o escapulário da Paz, para que o difundam como instrumento de proteção contra o mal. Não estão imitando as antigas doutrinas, mas estão imitando a Mim, a Guardiã do Amor, a Protetora das almas.

Eu sou o Espírito da Paz, a nascente desse afluente de Luz. Sou a que custodia os corações que caíram e se desesperam. Por isso, entrego este instrumento a vocês e a todos os Meus filhos, para que através de sua Congregação (1) de amor e de paz, levem este símbolo Comigo.

Hoje lhes peço que construam aqui uma cerca viva ao redor desta árvore, com suas próprias mãos, para que sintam o amor desta terra, e que floresçam novos frutos em torno de seus corações, que esperam Meu chamado e Minha paz.

Hoje também lhes peço que bebam da fonte do poço que fizeram nas outras terras, perto daqui; uma fonte que Eu consagrei através do Meu silêncio para a cura do coração e da alma. Essa é uma fonte espiritual que brota do interior, que, pouco a pouco, conhecerão.

Frei Elías del Sagrado Corazón:

Agora, o escapulário desapareceu, assim como o orândio, e Ela está elevando, com ambas as mãos, uma cruz de prata de quatro braços iguais.

A Mãe Divina diz:

Este é o símbolo da redenção, o símbolo da reabilitação dos que se esqueceram de Mim e dos que não escutaram Minha mensagem.

Filhos, também lhes peço que construam vários caminhos com flores, para que Meu amor possa se expressar em todo o caminho da procissão até aqui.

Peço-lhes também que a imagem que foi pintada seja colocada aqui e que debaixo dela esteja o símbolo da cruz da nova humanidade, para que tudo se possa redimir.

Frei Elías del Sagrado Corazón:

Agora Ela está nos mostrando como é que quer colocar a imagem neste lugar.

A Mãe Divina diz:

Este será um ponto de encontro dos orantes, de todos aqueles que não conseguirem entrar nesta Casa de Oração, quando se aproximarem as grandes multidões que buscarão um novo estado de paz, através da Minha Presença na Trindade.

Fui concebida pela Graça do Espírito Santo, uma emanação que nasce do universo, em alguns Lagos Celestiais, onde as essências se manifestam para começar a viver este caminho de evolução. Eu surgi dali através dos Pais Criadores que, com Seu amor, conceberam Minha Presença.

Saibam, Eu sou a Fonte Feminina de Deus, aquela Fonte que tudo pode e que tudo renova quando o coração se abre.

Estão frente à Mãe do Amor, que tudo compreende e que aguarda que Seus filhos cresçam e se unam em consciência a Ela, a Mim.

Hoje abro Meus braços para verter a Fonte da Graça em seus corações e naqueles corações que estão escuros e que há algum tempo vivem sem luz.

Orem pela reconversão de todos esses seres; por isso pedi esta casa. É hora de começar! É hora de resgatar Comigo os que estão sós e os que perderam sua fé!

Sei que não compreendem por que estou aqui, mas seus corações, sim, compreendem, porque Me sentem e Me veem em outro plano e em outro ritmo. É para lá que vocês e todos os Meus filhos devem retornar, para que vejam nascer a chama que sempre arde através de Mim.

Nos dias em que tudo parecer escuridão e desespero na mente, no coração e no espírito, deverão levar este símbolo do escapulário da Paz, para que estejam protegidos através da oração.

Hoje coloquem em seus corações todos os que perdem sua fé e os que carecem de amor, os que estão desesperados e os que morrem porque nada têm. Neste dia, recolho almas de alguns pontos deste mundo, almas iguais às suas, almas vivas que perderam suas essências por não saber encontrar-Me e por estar dispersas pelo mal que nunca descansa.

Frei Elías del Sagrado Corazón:

Agora Ela mostra Seu pé direito pisando uma serpente.

A Mãe Divina diz:

Extirpo o mal dos corações, mais ainda nos corações que não me creem e que ainda não escutam Minha mensagem, pois ela não tem eco na essência interior que perde sua luz fugaz, luz que Eu nutro com Minhas orações.

Extirpo! Extirpo! Extirpo, como Guerreira da Luz, a última sequela do mal que destrói Meus filhos e os faz perder  sua vida cósmica.

Mas, a alguns, só devo observar, porque aceitaram transitar por outros caminhos e não encontram refúgio dentro do Meu Coração, que está aberto há séculos.

Hoje, clamo pelos corações caídos, por todos aqueles que vivem sem luz e que não têm paz, pois os três dias de amargura estão se aproximando nestes últimos tempos. Por isso, as almas orantes devem arder, mas sem fascinação.

Devem arder através de Mim e ajudar-Me a resgatar o que parece irresgatável.

Aguardo vocês, aguardo os Meus. Eu sou a Rainha da Redenção, a Luz da Paz, o Imaculado Coração da Misericórdia.

Escutem Minha Voz! Escutem Minha Voz! Este é o último caminho que está sendo percorrido.

Se não me veem é porque Deus não o quer. Saibam reconhecer a Vontade que não é de vocês, mas que vem dos Céus para preencher os corações e colocá-los em suas tarefas internas.

Levem esta mensagem a todos os Meus filhos, assim como todos os Meus anúncios durante estes oito dias. No oitavo dia, algo imaculado realizarei para quem estiver desperto e saiba reconhecer Minha Luz, Luz que suas essências reconhecem.

Hoje acendo a Chama de Meu Coração para todos os Meus filhos, e irei junto com vocês por este caminho de cura através da oração e da procissão até Minha Sagrada Face da Divina Trindade.

Que o Espírito, a Chama ardente, o Pai, a Concepção Sublime do Universo e o Filho, a Essência Redentora dos mundos, nutram seus corações para que encontrem a paz através do Meu Coração.

Eu sou a Rainha dos Escudos, a que protege, com Seu Manto, as criaturas.

Uma nova paz se aproximará depois dos tempos duros, paz na qual todas as essências deverão aprender a nascer de novo.

Agradeço por responderem ao Meu chamado!

(1) Ordem Graça Misericórdia

ago

18

Quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Aparição Extraordinária

Primeira Aparição da Mãe Divina
Casa Redenção, Paysandu, Uruguai
Quinta-feira, 18 de agosto de 2011, 7h30


Finalizada a liturgia matinal no Monastério da Divina Reverência, Frei Elias recebeu um sinal interior para ir com madre Shimani até o local onde se iniciaram, há alguns anos, as Aparições da Mãe Divina na Casa Redenção, lugar onde hoje está construída Sua Casa de Oração.

Ao chegarem, esperaram em oração por algum sinal.

Em um determinado momento, um forte vento os envolveu e as laranjeiras começaram a balançar de um lado para o outro.

Frei Elías relatou que nesse instante viu aparecer, em outros planos, uma esfera luminosa branca, que pousou sobre uma das laranjeiras.

Continuaram em oração, até que Frei Elias disse:

“Ela aparece como a Rainha da Paz. Nos pede que oremos pelos que estão agonizando.

E oraram algumas contas da oração “Mãe Universal”.

Frei Elias: “Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.”

A Mãe Divina disse:

“Meu Coração resplandece novamente por retornar a uma de Minhas casas. Vim para anunciar Meu retorno a este lugar. Estou aqui, embora Minha obra, Minha Casa de Oração, não esteja terminada.

Eu Sou a Rainha da Paz, a Guardiã das Portas do Céu.

Sou a Divina Concepção da Trindade, nascida do amor de Deus, da Fonte Misericordiosa da Criação.

Venho pedir-lhes que se reúnam aqui para receber-Me, do dia 22 ao dia 29 de agosto, neste mesmo horário.

A cada dia lhes direi o que quero deste lugar e qual é a Vontade de Deus.

Alegrem-se, estou entre vocês. Sou a Guardiã da Fé, a Protetora Universal das Almas.

Venho pedir-lhes que construam uma escultura como símbolo da Divina Concepção da Trindade, à imagem e semelhança de Deus.

Se derem este passo até Mim, não só estarão sendo cristãos, filhos de Cristo, mas almas em consagração.

Colocarão esta imagem dentro desta casa (Casa de Oração), para que esta parte do mundo Me adore e para que Eu, no final destes tempos, possa curar e converter os espíritos.

Do dia 22 ao dia 29 de agosto, todos poderão participar de Minha Aparição, aqueles que creem em Mim e aqueles que não creem em Mim; aqueles que alguma vez escutaram Minhas mensagens em outros tempos e aqueles que se esqueceram delas.

Meu coração resplandece alegria por este encontro maternal de amor e de paz.

A imagem da Divina Concepção da Trindade será a proteção desta casa, assim o mal, que se encontra em outros pontos e que tenta os seres, não entrará, porque Eu estarei protegendo a Grande Porta.

Estou aqui, entre vocês, para irradiar-lhes Minha Paz e para que sintam Meu acolhimento de Mãe e de Guardiã.

Chamo-lhes para aprofundarem-se na oração, instrumento do Criador, que curará as almas junto a Mim.

Sou a Guardiã do Amor, a Imaculada Concepção, a Senhora da Contemplação e das Orações, que Se anuncia ao mundo para oferecer-lhes o resgate, a salvação definitiva, a última porta de Luz que Eu estou abrindo nestes tempos.

Nosso Senhor Jesus Cristo, que está nos Céus, que penetra as dimensões e os espaços desse universo, pediu-Me que vocês recitem orações restauradoras das almas.

Dessa maneira, a Fonte de Meu Coração irá converter este lugar, como fez nos primórdios.

Quero anunciar-lhes que Minha imagem não será um símbolo antigo, mas, sim, o símbolo de Meu resplendor, que provém dos Céus até este lugar, para consagrá-lo.

Será importante, especialmente, para todos aqueles que criticam Minhas Obras, por não compreendê-las.

A Divina Concepção da Trindade é o símbolo de união Comigo, o selo de união com Meu Espírito Imaculado, de onde Eu poderei verter a Fonte sobre seus corações, sobre os corações que estão sem luz e sem consolo.

A Divina Concepção da Trindade unirá as religiões e as crenças, para que todos se unifiquem em Minha Consciência Universal e para que, a partir de agora, cumpram-se as profecias que anunciam a chegada da Rainha Coroada de Estrelas.

Estou pisando no mal para que ele desapareça e para que, através do amor, ajudem-Me a redimi-lo.

Anuncio-lhes que este lugar não atuará apenas no campo da cura, mas, também, na profunda oração Comigo, na devoção à Minha Face concebida pelo Espírito da Trindade.

Acolho todos vocês em Meus braços, para que sintam Meu espírito maternal, para que estejam próximos de Mim, como esteve Jesus, quando criança e quando adulto.

Sempre estarei ali como a mesma Mãe, o mesmo Sol que resplandece no coração e que abre as portas para os tempos.

Será iniciada uma grande cerimônia em comemoração à Minha chegada a este país e a esta região em redenção, para que conheçam Minha Consciência vinda de outros níveis, de outros Céus.

Estou com vocês.

Não temam o que dirão; deverão estar firmes no propósito de Minha Voz e de Meu Voto.

Sou a Luz que ilumina os caminhos.

Sou a Mãe que marca a senda dos que seguem Meus pés.

Os que quiserem ser perdoados deverão chegar a Mim descalços, assim como Eu estou.

Entreguem tudo a Nosso Senhor que está nos Céus, que rege os universos, que nos criou em Seu Amor e em Sua Vontade.

Todos vocês estão Comigo, em Meu Coração, e partilho Graças urgentes para estes tempos, em que o mundo vive seu último ciclo.

Dessa forma, poderei chegar como consciência, como Mãe da Divina Concepção da Trindade, a outras partes deste mundo para poder colocar Meu manto de cura sobre os corações caídos, e para que as essências que estão nos abismos possam ressurgir pela ação e pela obra de Meu Amor.

Anuncio-lhes, a todos que cheguem, que os dias 12 e 13 de cada mês serão dias dedicados à cura através da oração; deverão anunciar que estarei presente, acompanhando-lhes de perto, em cada coração.

A partir do próximo mês (setembro de 2011), haverá uma procissão a partir da entrada desta Casa, para que todos sejam banhados pelo espírito da oração, e para que Minha energia curadora e redentora possa chegar aos que estiverem presentes.

Abro Meus braços e Meu Coração para todos os que quiserem chegar até aqui durante esses dias, mas saibam que estou derramando uma Graça especial para estes tempos críticos, pois assim Eu lhes assumi.

Chamo a todos os Meus Filhos para que Me acompanhem em oração e em presença, aqui, de 22 a 29 de agosto, para receberem de Mim o que Deus Me confiou entregar a cada um.

Existe um grande segredo que hoje lhes confio: MIRNAHE significa Divina Trindade.

Levem em suas mãos Minha bandeira da Paz e deixem que Meu Amor os preencha, para que se dissolvam os conflitos e as ciladas.

Na Paz de Nosso Senhor Jesus Cristo,

Mãe da Divina Conceição da Trindade”

 

***Fim da Aparição***

Quem somos?

Associação Maria
Fundada em dezembro de 2012, a pedido da Virgem Maria, a Associação Maria, Mãe da Divina Concepção é uma associação religiosa, sem vínculos com nenhuma religião instituída, de caráter filosófico-espiritual, ecumênico, humanitário, beneficente, cultural, que ampara todas as atividades indicadas através da Instrução transmitida por Cristo Jesus, pela Virgem Maria e por São José. Ler mais

Contato

Mensageiros Divinos